sábado, 15 de outubro de 2011

Ulo dos assistidos

Caros Colegas,

É chegada a hora de partirmos do discurso à ação. Está comprovado que a PREVI não atende à razão no diálogo pautado em pedidos educados e formais. Sua postura de insensibilidade alcançou as raias do incompreensível, pela aparente determinação em fazer ouvidos de mercador às súplicas dos seus dependentes.

Por isso, proponho a feitura de um ABAIXO ASSINADO para ser levado ao Presidente Flores, contendo reivindicações prementes, de modo a modificar a postura de deslavado desdém imposta às necessidades de todos nós, relativamente ao direcionamento de atendimento condigno de que somos merecedores.

Para tanto, se faz necessário encontrar quem assuma a responsabilidade de emprestar seu nome para dar crédito ao feito, no que me excluo, por motivos óbvios.

Parodiando antigo reclame do sabonete Lever, posso afirmar que o meu nome é unanimidade na boca de nove entre dez dirigentes de associações de aposentados e pensionistas do nosso meio. Porém, a preferência no meu caso tem conotação de repulsa e ódio. Haja vista que fui citado por 21 lambe botas numa Moção de Profundo Repúdio que assinaram lá em Xerém, com o tácito aval da Federação que os congrega. E também serei igualmente lembrado pelo cabalístico número sete multiplicado por três que compõem determinada “chapa”, ora enfeando a Internet com pedido de votos. De se notar que todos os suplicantes pertencem ao time do meu maior detrator, que conta com inúmeros seguidores da sua marca, o senhor Valmir Camilo. Este até me “nomeou” um Sócio – ilustre, por sinal - com acusações infundadas de compormos negócio escuso, talvez se mirando no espelho da vida ou na sua agenda de compromissos.

Por estes motivos, proponho que a bandeira do nosso abaixo assinado seja levantada por nome melhor aceito entre os participantes e assistidos da PREVI, para alcançar quantidade suficiente que o leve ao fim a que se presta. Também, despido de vaidades, não gostaria de ter meu nome associado à estrondosa vitória que certamente obteremos, deixando essa glória para quem melhor se apresente.

A escolher, cito Ari Zanella, Carlos Valentim Filho, Cleide Fernandes, Daisy Saccomandi, Edgardo Amorim Rego, Edison de Bem e Silva, Elisabeth Oste, Elvira Motta, Faraco, Giongo, Holbein Menezes, Jane Torres de Melo, Jaym Vasconcellos, João Rossi Neto, Jorge Teixeira, José Chirivino Álvares, José Domingos Moreira Filho, José Gilvan Pereira Rebouças, Juarez Barbosa, Lázara Rabelo, Lena, Leopoldina Corrêa, Luiz Dalton, Mauro Passavais, Paulo Motta, Raul Avellar, Raposo, Rosalina, Tollendal e muitos outros bem colocados na preferência.

Ou todos juntos, representados por um dentre eles. E este escolhido seria, também, o indicado para levar ao destinatário o abaixo assinado, contendo as reivindicações a seguir enumeradas, cujo rol pode ser melhorado com mais pertinência:

1) Imediato realinhamento do ES em bases honestas e definitivas (150 x 150);
2) Viabilizar o atendimento de propostas anteriores (360/360, renda certa, cesta alimentação, P-220, IR cobrado sobre o BET, etc.);
3) Cumprir o acordo assinado em 24/11/2010, no que tange ao realinhamento do Plano;
4) Indicativo da propensão de recorrermos à Justiça enquadrando os gestores do Fundo por improbidade administrativa;
5) Imprimir transparência nas informações aos participantes e assistidos, notadamente a veiculação no site com respostas tempestivas e claras aos questionamentos feitos;
6) Cumprir as decisões Judiciais dos processos em curso;
7) Adotar providências que viabilizem a reforma do Estatuto para:
Extinguir o Voto de Minerva;
Elevar o teto de benefício das pensões;
Trocar o índice de reajustes dos benefícios por outro menos danoso que o atual;
Permitir a portabilidade bancária.

E todas as demais coisas.

Marcos Cordeiro de Andrade – Curitiba (PR) – 15/10/2011.

127 comentários:

jeanne disse...

Adorei sua idéia do abaixo-assinado.Pode contar comigo.Jeanne.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Notícias da Greve dos bancários:
14/10/2011

Unidade da categoria conquista aumento real, valorização do piso e PLR maior

Crédito: Jailton Garcia - Contraf-CUT
Nova proposta foi apresentada após 18 dias de greve nacional

Após 18 dias de greve nacional dos bancários, a maior dos últimos 20 anos, a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) apresentou nesta sexta-feira (14) uma nova proposta que inclui reajuste salarial de 9% (correspondendo a um aumento real de 1,5%), valorização do piso da categoria que passaria a ser de R$ 1.400 (aumento real de 4,3%) e melhorias na PLR, com aumento da parcela fixa da regra básica para R$ 1.400 (reajuste de 27,2%) e do teto da parcela adicional para R$ 2.800 (reajuste de 16,7%). A proposta inclui ainda cláusula que coíbe o transporte de numerário por bancários e o fim da divulgação de rankings individuais dos funcionários, combatendo o assédio moral.

Na avaliação do Comando Nacional dos Bancários, a proposta apresentada atende às principais reivindicações dos bancários: aumento real de salário pelo oitavo ano consecutivo, valorização do piso, distribuição de um valor maior de PLR e avanços nas cláusulas de segurança e saúde do trabalhador. Dessa forma, o Comando recomenda a aprovação da proposta pelas assembléias que serão realizadas pelos sindicatos na segunda-feira (17), em todo o país.

Fonte: Site Contraf-CUT - http://www.contrafcut.org.br/

Carlos - Santa Cruz do Sul(RS) disse...

Concordo plenamente com a idéia. E fica aqui uma sugestão: Porque a Previ já que não altera o prazo/valor do Es, ao menos, emergencialmente não suspende algumas prestações, ao menos para dar um alívio....Um abraço,Carlos

Anônimo disse...

Sr. Marcos ,

Bom Dia.

Também acho ótima esta iniciativa de um abaixo assinado e futuramente (caso não sejamos ouvidos),entrarmos com uma ação judicial contra a Previ.
Conte comigo.

Joaquim - Varginha / MG

Anônimo disse...

Caro Marcos e demais Colegas do Blog.

Apoio a inciativa,temos que encontramos uma forma de pressão dentro da Previ.

Esse seria o papel dos nossos eleitos,mas com eles não se pode contar.

Meu exemplo não deve ser seguido,chegando ao extremo limite do endividamento,mas cheguei agora é a hora de buscarmos forças para sairmos desta situação.

Adiante com o Abaixo Assinado temos que unir as forças neste momento buscar-mos todo o apoio necessário dos BLOGs e de todos os participantes do PB-1 da Previ.

Vamos a Luta pessoal,chega de ficarmos apenas expectadores da nossa desgraça,temos que reagir.

Respeitosamente

Rosalina de Souza

Pensionista

Matrícula 18.161.320-4

Antonio Fuzinelli disse...

Concordo, até mesmo para mensurar o nível de comprometimento dos participantes do PB1.

Julita disse...

Bom dia, Sr Marcos!
Achei ótima a sua iniciativa.
Pode contar comigo!
Um grande abraço, Julita

Anônimo disse...

Os da ativa conseguiram um belo aumento e nós aposentados com essa MERRECA.Que vergonha, PREVI
ACORDA PREVI!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Onde devo assinar?
Claudia do rio

Anônimo disse...

Sr. Marcos,

É excelente a proposição desse abaixo-assinado. Com ele volta a esperança de melhora em nossos benefícios. Chega de exploração por parte da Previ. O reajuste que ela nos concede a cada ano é insuficiente para repor a inflação real. Pode-se incluir a solicitação de antecipar o reajuste dos aposentados e pensionistas para o mes de JANEIRO de cada ano, para coincidir com o reajuste do INSS.

VAMOS TODOS ASSINAR.

Anônimo disse...

Prezado Marcos, em nome dos colegas necessitados e das queridas pensionistas, vamos ter de alguma maneira exigir pelo menos uma SATISFAÇAO dos dirigentes da Previ, se eles nao vao conceder melhorias no ES em 2011, que venham a publico informar isto, ja virou mesmo um desrespeito conosco.
Quem sabe algum colega do Rio, faça a gentileza de publicar no jornal O GLOBO, um pedido de esclarecimentos da PREVI sobre melhorias no ES, ja que no site oficial DELA, näo dá nenhuma noticia e nem satisfaçao de como estao tratando este assunto, acho que devemos partir para tal publicaçao na imprensa cobrando muitas questöes nao cumpridas.
Nao vejo outra alternativa, a PREVI precisa e deve dar esclarecimentos, temos que usar meios para isto.
Devemos começar a denunciar tal postura de silencio que esta sendo prejudicial para todos.
Colegas do Rio, se unam e soltem uma nota no Jornal O Globo, peçam esclarecimentos, senao um dia na calada da noite quem sabe nao tirem o nosso BET em silencio e fique por isto mesmo.
Esta postura da Previ silenciosa é extremamente perigosa.


Dilson

Anônimo disse...

Alguém poderia me informar se há alguma possibilidade de eu limitar minhas consignações em 30% do meu salário ? Hoje, juntas, elas perfazem muito mais... Na verdade o que eu queria era aumentar o prazo e diminuir a prestação . Como a previ não dá mostras de alongar nenhum prazo para eu quitar as dívidas, minha única opção será diminuir os valores das prestações.(Marcos, se você não quiser publicar, não tem problema pois eu só queria uma orientação).

Antonio Fuzinelli disse...

Prezado Marcos
Ao receber a cédula eleitoral 2011 e conjugando nomes, propagandas, canael, percebi que a coisa é feia. A ANABB através das AFAS, representantes Estaduais, regionais, Sindicalistas e pessoas da alta cúpula do Banco, na ativa ou aposentados, dominam todas as chapas, isoladamente poucos se salvam, e sem a máquina não serão eleitos. Infelizmente tudo continuará na mesma. estou sem coragem para assinalar 21 nomes pois a cédula cheira cocô.

Anônimo disse...

Rosalina, você não é a única pessoa a estar endividada.Eu sou o anônimo das 6:18 e só agora li seu comentario. Mas algum jeito deve ter de reverter a situação. Não podemos ser condenados a nem comer direito por causa de dívidas. Sou pós=97, salario achatado ,nome no serasa, QUE ALTERNATIVA TENHO HOJE? SERIA O ES DA PREVI, MAS ELES NÃO TEM INTERESSE EM mim...Por enquanto anônimo. Não tenho ainda a coragem da nossa querida Rosalina...

Anônimo disse...

AOS COLEGAS FALO QUE GOSTEI DAS IDEIAS SO ME FALEM ONDE DEVO ASSINAR TEM QUE IR PRA CIMA MESMO DA PREVI,OS DA ATIVA CONSEGUIRAM UM AUMENTO E NOS APOSENTADOS?SEMPRE NOS MANIPULAM COMO QUEREM, DESTRATO, DEBOCHE, INDIFERENCAS,ABAIXO ASSINADO SIM E PUBLICACOES EM JORNAL.
SO ME FALEM COMO EU POSSO ASSINAR.

APOSENTADA MARIA LUCIA/FALEM COMO EU POSSO MANTER CONTATO COM ESSA FINALIDADE
ESTOU PENSANDO SERIAMENTE EM SAIR DA ANABB CHEGAAAAAAAAA!!!!!!!!!!!

SO ESPERO QUE NAO SE DEIXE PRA LA TAIS INTENCOES.
OBRIGADA/aguardo

ANTONIO CARLOS FERREIRA MACEDO disse...

Prezado Marcos, sem duvida serei um dos que assinara este abaixo assinado. Concordo com alguem que disse tambem que sente um cheiro ruim nesta chapa da ANABB. Enfim, a gente escolhe alguem que não participa atualmente de naaaaada e vota nele ou nela. um abraço

antonio carlos ferreira macedo

Anônimo disse...

Colegas, o folclorico Romário, hoje deputado, nos seus tempos de jogador disse que o seu técnico que mal havia chegado ao Fluminense já queria tomar o assento próximo à janela do ônibus que devia ser dos dirigentes ou dos craques. Peço que não me julguem por presunçoso, mas acho que no momento que vivemos se você pode ajudar e não o faz passa por omisso. Minha idéia é a seguinte: porque não escolhermos os seguintes representantes para este mister de indiscutivel import^ancia: Ari Zanella, Edgard Amorin, Edson do Bem, João Rossi ePaulo Motta . Alguém pode divergir da minha escolha mas ninguem pode negar que qualquer um deles isoladamente pode dar conta da missão. Entretanto, considerando a idade, ocupaçao de cada um, lugar de residência,etc,etc é melhor formar uma comissão, onde as atividades podem ser dividas, sem sacrificio maior para um ou dois. No mais, pararabenizar a idéia deste monstro da AAPREVI(parodiando o locutor de basquete do Sportv), Marcos Cordeiro, que sempre tem idéias brilhantes e cujas razões para não aceitar cargos, além da humildade, são justas.Um abraço a todos do Divany Silveira - S. Lagoas(MG). PS- Se a AAPREVI achar que tal jornada vai envolver maiores custos, e certamente vai, me proponho a contribuir no que for necessário. -DSS-SL

Anônimo disse...

Marcos, a idade as vezes é madastra. Esqueci de dizer que, dependendo das condiçoes jurídicas, esta lista constante do seu post não constituiria uma chapa para concorrer às eleiçoes da Anabb.? Divany Silveira -SL

Anônimo disse...

O problema Antonio Carlos, é que não existe na lista alguem que não participa de nada. O CANAEL está desatualizado, pois só pega peixe grande. Tem arraia miúda lá que está fora do CANAEL mas está no Governo. Quer exemplo? Riede, Deli Soares, Paulo Muradas, e um monte de outros, ENFIM: Só tem uma pessoa que não tem cargo no Governo é a Ilma, mesmo assim é esposa do Aldo Alfano da AAFBB. Se bem que escolher quem nunca foi eleito a nada não é garantia de que seja probo, olha ai a Dilma? Olhe ai o Lula? Umas boas drogas que estrearam de cara na Presidencia.

Paulo Beno e Leda Goellner disse...

Concordamos e assinaremos o ABAIXO ASSINADO Á PREVI.
Opino que a PREVI receba o documento, como notificação extra-judicial, feita por cartório, bem documentado e bem recebido.
Após, PUBLIQUE-SE nos sites e imprensa.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

DAS PALAVRAS ÀS MÃOS
(Ari Zanella)

Belíssimo o "grito dos assistidos" ora em foco no blog previplano1 do meu preclaro e dileto amigo Marcos Cordeiro de Andrade. Sempre sou favorável a que se abandone o discurso para abraçar as ações. De nada adianta apenas escrever bem. É preciso arregaçar as mangas e trabalhar. O único lugar onde o sucesso vem antes do trabalho é na ordem do dicionário. E já que o autor da ideia declina da ideia de ser o "porta-voz" por que não o versátil Juarez Barbosa? Ele já tem o "know-how" de abaixo-assinados em relação a diversos assuntos. Meu voto é para que ele encabece o abaixo-assinado e seja o interlocutor. Aliás, poderíamos ter outros interlocutores na entrega ao presidente Flores. Alguns mais daqueles que o Marcos citou em sua postagem. Uma das minhas preferidas é a Cláudia do Rio. Porém, quantos mais presenças, tanto melhor. Claro que de acordo com a disponibilidade de tempo de cada um. As viagens ao Rio deveriam ser por nós custeadas, inclusive com pequena ajuda da própria Aapprevi, dentro das possibilidades.
O importante é fazer e não podemos mais nos omitir!!!

http://www.arizanella.blogspot.com/

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Amigo Juarez,

Se não for pedir muito, gostaria que assumisse a iniciativa de dar corpo e vez ao ABAIXO ASSINADO DOS ASSISTIDOS da PREVI, como proposto, com as melhorias convenientes que sua experiência saberá dosar.
Desnecessário dizer que a implementação do ato é "para ontem".
Peço-lhe, por favor, não deixar arrefecer o ânimo deste projeto - oportuno e determinante.
Havendo necessidade de comunicação, e para não ferir suscetibilidades, apelo aos nominados no post "Ulo dos assistidos" pronunciar-se a respeito. Se possível, em mensagem dirigida ao Colega Juarez, ora nomeado minha tábua de salvação - juarez_barbosa@oi.com.br
Aguardo seu urgente pronunciamento no Blog Previ Plano 1 (contato@preeviplano1.com.br)

Conto com o seu costumeiro e indispensável apoio.

Abraços,

Marcos Cordeiro de Andrade

Anônimo disse...

Otima ideia!
vamos agilizar isso logo
como assino , onde assino
mais detalhes de como vai ser
to precisando muito...

Anônimo disse...

Tem é que fazer este abaixo assinado e publicar tambem no jornal O Globo, para a Previ saber que ninguem aqui esta para brinquedo, todos tem que saber da forma que os dirigentes da Previ estao nos tratando.
É urgente tornar publico o descaso e a indiferença da Previ aos nossos interesses.
Temos que mostrar a verdadeira FACE DA PREVI.

Armando Fugueredo.

Anônimo disse...

A impressão que eu tenho é que a PREVI está nos levando no bico.

É necessário, já se tornou de caráter urgente urgentíssimo o pronunciamento dos Eleitos da Previ, do Diretor de seguridade, e da própria Diretoria da previ.

Eu, particularmente, não gosto de frustrações, ultimamente tenho tidos muitas com o compromisso de honrar minhas dividas.

Diante do Quadro Conjuntural em que nos encontramos, em razão das Eleições esta da ANABB e a vindoura da PREVI, bem como o Cenário financeiro que se desenha no Mundo. É de se compreender que a Previ pode até negar a aumentar prazos e limites, mas pode e deverira deixar de cobrar as prestações do ES simples por até 12 24 ou 36 meses.

Me lembro perfeitamente de ter obtido emprestimo da PREVI, e que esta nos presentou com uma liquidação antecipada dos nossos saldo devedor.

Ah se isso acontecesse, mas para agora, hoje, nao por ocasião da eleição da PREVI.

Anônimo disse...

Paulo e Leda (08:32),

"Notificação extra-judicial feita em cartório e publicar". ÓTIMA SUGESTÃO.

Vamos pressionar para que o REALINHAMENTO DO PLANO se realize urgentemente.

Ademar disse...

Concordo plenamente com abaixo assinado.

Quando e onde assino?

paraguassu disse...

Mais uma brilhante sugestão do Presidente Marcos, contem comigo pro que der e vier. Ainda vamos virar esse jogo, tenho total convicção, pois a justiça de Deus sempre estará conosco.

Anônimo disse...

É sabido que infelizmente neste Pais, qualquer melhoria referente a salarios, beneficio, aposentadoria e etc..., so se consegue abaixo de muita pressao, com a Previ nao vai ser diferente, ja que ELES com seus GORDOS salarios, nao tem pressa de nada, ainda sao PAUS MANDADOS do Banco, entao, sem pressao, nao sai nada de melhoria em nenhuma questao.
Concordo que o negocio é nos unirmos e publicarmos uma nota da AAPPREVI no jornal O Globo, pedindo que a Previ nos dê satisfaçao para as questöes que foram esquecidas, promessas nao cumpridas e esclareça tambem de imediato sobre o ES.
ELES tem pavor quando a imprensa cita nomes, é a unica coisa que balança o CASTELO DELES.

Armando Figueredo

Eliana Maria - Minas Gerais disse...

Paz e Bem!
Brilhante ideia de nosso guerreiro Marcos, dou meu maior apoio a esse abaixo assinado, onde assino?
Quanto à indicação de um nome sou a favor de todos aqueles indicados na postagem, mas reforço os nomes de Ari Zanella, Edgardo Rego, João Rossi Neto, Holbein Menezes, Jane Tores de Melo, Rosalina, Cláudia do Rio, José Gilvan Rebouças, Lázara Rabelo, Leopoldina Corrêa.
E como um colega escreveu, que este abaixo assinado seja entregue à PREVI com uma "Notificação extra-judicial feita em cartório e publicar".
Que Deus nos abeço e o divino Espírito Santo nos ilumine.
Paz e Bem
Eliana Maria

Anônimo disse...

Foi um prazer, chegar em casa e ver que fui citada por voce Ary Zanella. Thank you very much.
Desde o primeiro momento em que me filiei à AAPPREVI, estava me colocando à disposição para o que desse e viesse.
Estava querendo fazer parte da turma.
òtima escolha do Juarez, salvo melhor juízo, o mais gentil e romantico guerreiro que já conheci. E com o adendo de que sabe o que quer.
Não sei quem escreveu que as pessoas que estiveram no vassouraço do Rio eram feias e velhas.
Este alguem esqueceu de dizer: e combativas.
Chega uma altura de nossas vidas em que deixamos que a beleza que nos cerca fale por nós.
E somos abençoados por que o Brasil é pródigo delas.
Só não abrimos mão de continuarmos lindos dentro de nós, onde o tempo tenta, mas não pode fazer os seus estragos.
Um grande abraço a todos e vamos à luta!
Eu estarei lá!

Anônimo disse...

Pessoal,
Em vez do abaixoassinado,
acho que surtiria mais efeito e arrancaria resposta mais imediata da Previ se a Faabb fizessse uma lista de todos os aposentados que necessitam do ES e a anexasse a um oficio formalizando solicitação urgente na liberação do emprestimo para atender as necessidades do pessoal relacionado na lista.

O ofício, com a lista de solicitantes do ES, poderia ser encaminhado também pela Anabb, ou a que tiver mais poder de prssão sobre a Previ.

Anônimo disse...

Alguem poderia me informar o e-mail do Sr. Sasseron?
E-mail dele, lá da Previ!

Anônimo disse...

Pessoal,

Com todo respeito aos que estão aprovando a idéia de publicar nossos pedidos nos principais jornais, mas essa mesma proposta foi por mim registrada seguidas vezes neste mesmo blog, desde que o Governo/BB/Previ começou a nos sacanear.
Em todo caso, parabens aos que só
agora estão percebendo que a idéia de denunciar na imprensa é a saida mais óbvia para o nosso caso.

Anônimo disse...

Prezado Marcos,
Excelente ideia, que espero ver posta em pratica, para antes de ontem.
Seria bom tambem se pudesemos questionar como é que colocam à frente do maior fundo de pensao da America do Sul uma pessoa tão APAGADA quanto o tal do Flores.O cara fica totalmente alheio ás questoes que afligem a razao de ser do plano que prteside(nós os assistidos e as pensionistas). Será que ele sabe sequer, o que significa um fundo de pensao...?

Anônimo disse...

Anonimo das 12:43

Com todo o respeito a sugestao do colega, mas ANABB encaminhando oficio para pedir liberacao urgente do ES em epoca de eleicoes?
Colega, é melhor pedir ao Papai Noel, ja esta quase na epoca dele.
Nao caiu a ficha que com raras exceçöes é tudo farinha do mesmo saco, so muda o ROTULO.
Fico com o abaixo assinado e se possivel publicaçao num grande jornal do Rio, onde fica a sede da Previ, acho que a pressao deste jeito sera excelente, vamos dar mais um RECADO, gostei das sugestoes.

Viana

Herberto disse...

Parece-me que esse abaixo-assinado, qualquer que seja a sua forma, deveria ser entregue em mãos ao presidente Flores, e a ninguém menos.

Para que se evite a decepção de sermos recebidos por componentes do segundo escalão ou até por simples funcionários da Previ, claro está que uma audiência deverá ser previamente solicitada.

No caso da notificação extrajudicial, desconheço se será possível levá-la em mãos ou se ela deverá ser entregue por oficial de justiça, ou mesmo encaminhada por via postal com aviso de recebimento.

Nesse caso, pelo menos uma cópia poderia ser entregue pessoalmente pela comissão, mesmo sabendo que só o destinatário, que é personalíssimo nesse caso, é pessoa qualificada para receber o original.

Perder tempo com subalternos é perder a oportunidade.

Saibam quem é o Presidente da Previ disse...

Para quem acha que abaixo assinados, vassouradas e xororo de aposentados vai abalar o home, eis ai quem é RICARDO JOSÉ DA COSTA FLORES

Economista, exerceu no Banco do Brasil os cargos de vice-presidente de Crédito, Controladoria e Risco Global; vice-presidente de Governo; diretor de Seguros; Previdência e Capitalização; e diretor de Reestruturação de Ativos Operacionais. Atualmente, é presidente dos Conselhos de Administração da Vale S.A. e da Brasilcap Capitalização S.A.; presidente da Federação Nacional de Capitalização (Fenacap); e vice-presidente da Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNSeg). Tem pós-graduação em Projetos de Investimentos, MBA em Controladoria e MBA em Formação de Altos Executivos. É funcionário de carreira do Banco do Brasil desde 1978. Aos 45 anos, Flores é um funcionário de carreira que galgou postos na hierarquia do BB como homem de confiança do ex-presidente Lula padrinho de sua indicação para a presidência da Previ. Em junho de 2008, Flores foi convidado a assumir a vice-presidência de Crédito do BB. Poucos meses depois, eclodiria a crise do crédito que secou fontes de financiamento no mundo e no Brasil.No BB, a gestão de Flores no cargo foi considerada competente, principalmente por atender a um pedido do presidente Luiz Inácio Lula da Silva que, irritado com a redução do consumo e desaquecimento da economia, instou os bancos oficiais a puxar a retomada do crédito. Em março, a carteira total do BB chegou a R$ 305,6 bilhões, um crescimento de 26,3% em relação ao mesmo mês de 2009, consolidando o banco como principal fonte de financiamentos do País.

raul avellar disse...

Presidente Marcos
Atendendo ao seu apelo, já me coloquei à disposição do colega Juarez Barbosa para o que ele possa
precisar, com vistas a confecção e
publicação do ABAIXO-ASSINADO que
se pretende assinar.
Raul Avellar

Anônimo disse...

Estou pronto para assinar este documento e aguardo apenas o momento em que estiver pronto.
Considero que a formação de uma comissão constituida pelas melhores cabeças que têm postado, por muitas vezes, documentos, cartas e etc, cobrando atitudes da Previ,é uma ótima idéia.
Este Flores já disse que não vai mexer no ES e alega que é devido à crise mundial e que são poucos os que utilizam o ES.
Temos que partir para a ação,acho que já passou da hora.
Em 1995 teve o início do massacre dos funcis da ativa, agora chegou a vez do massacre dos aposentados.
Não podemos permitir.
Temos que lutar até o fim.

Anônimo disse...

Anônimo das 13:09,

A PREVI DE ANTES - A PREVI DE AGORA

O "tal do Flores" e demais membros da diretoria sabem que a Previ já não é um Fundo de Pensão destinado somente a atender os aposentados e pensionistas. Eles têm ciência de que estão administrando um Fundo de Pensão para atender as necessidades do governo e salvar as grandes empresas que devem ser privatizadas e, ainda, custear os grandes projetos nacionais (hidrelétricas, trens-balas, etc.). Se são fosse tão inescrupuloso diante da ordem social, eles já teriam mudado os estatudos e passado tudo para o BB, quer dizer, para o governo.
É por isso que não dão ouvidos aos nossos lamentos e pedidos de socorro. Os aposentados e pensionistas só os incomodam. É melhor ignorá-los, pensam. Eles lembrarão de nós com certeza, mas somente 90 dias antes das eleições da Previ.

CADÊ OS ELEITOS DA CHAPA 3. Porque sumiram? E as promessas de campanha em que pé estão?

Anônimo disse...

Marcos,
Excelente a idéia do abaixo assinado.
Entretanto entendo que o mesmo deve ser endereçado a PREVI e ao BB que é quem manda de fato na PREVI e quem decide.
Não adianta ficar batendo só na PREVI, o alvo principal é o BB, único responsável por tudo que está acontecendo.

jvasconcellos disse...

Presidente Marcos

Estou a disposição

Avante
JVasconcellos

wania carrara disse...

Que se inicie o abaixo assinado!
Que se divulgue na imprensa, se possível !
Que façamos outro abaixo assinado:
à ANABB, questionando a transparência e exigindo sua intervenção em nossos questionamentos junto à PREVI.
Vamos obrigá-los a mostrar a cara.
Ou nos desassociamos !!!

Anônimo disse...

Marcos, como filiado da AAPREVI estou convicto e pronto para assinar esse documento pois nossa situação é cruciante e o tempo se esvai celeremente.
João Batista - Piracicaba

Eliana Maria - Minas Gerais disse...

Paz e Bem!
Aviso no site da PREVI
"Site temporariamente indisponível. Por favor, tente mais tarde", não sei porque, sempre avisam com antecedência que ficará indisponível.
Vamos fazer o abaixo assinado, conte comigo.
Fraternal abraço,
Paz e Bem!
Eliana Maria

Lázara Rabelo disse...

Caro Marcos,

Vamos conseguir muitas assinaturas nesse abaixo-assinado. Não podemos permitir tamanha indiferença por parte desses dirigentes do BB/Previ. Até parece o mesmo "modus operandi" ocorrido dentro do BB em 1995/96, com vários colegas se suicidando, adoecendo, sendo demitidos sem justa causa, e o Governo/BB só contabilizando quantos a menos estavam deixando de ser funcis do BB. Agora contam quantos aposentados e pensionistas estão deixando de viver, sem direito a nem um ES melhorado.
Estarei fazendo a minha parte, divulgando para o maior número possível de participantes. Vamos em frente! Não aceitamos esta postura dos dirigentes!

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

PREVI

Site temporariamente indisponível. Por favor, tente mais tarde.

Anônimo disse...

Domingo chuvoso 16 10 2011

07 48 00 h.

SITE DA PREVI AINDA CONTÍNUA TEMPO-

RARIAMENTE INDISPONÍVEL .

Ezequiel Damasceno S de Oliveira disse...

Caro Marcos Cordeiro,

A indicação do colega Juarez Barbosa para coordenar o processo do ABAIXO ASSINADO foi de uma clara evidência digna de nota. Resta-nos esperar a sua aceitação para coordenar tão nobre empreitada.

Indiscutível a competência e o zelo que serão dispensados nos trabalhos relacionados à missão por este altruístico defensor dos assistidos da PREVI.

Estou junto nesta caminhada.

Lena. disse...

Bom dia a todos!

Marcos amei essa ideia do abaixo assinado. Estou com vc e todos, para tudo que for preciso.


mh.leal@ig.com.br

Anônimo disse...

logyColegas, o anônimo das 16,27 hs sugere que vá copia do futuro abaixo assinado ao Banco do Brasil, pois e lá que está o poder. O anonimo mencionado não está errado, mas acho que quem tem poderes para PODAR as flores e combater os insetos do nosso caminho é D. Dilma; assim, quando ela souber que este assunto envolve um universo de quase um milhão de pessoas(se contarmos ativos, aposentados , familiares e outros parentes)com certeza vai agir.No mais, nossa comissão é de notáveis e só temos de torcer. Divany Silveira - S. Lagoas(MG)

Anônimo disse...

Caro Marcos,
Ótima idéia do abaixo assinado e o Juarez Barbosa encabeçando a organização do mesmo perfeita não poderia ser melhor. Contem comigo para a divulgação do mesmo.
Creio ser esse o início da ação de retomada de nossos direitos na Previ, não me conformo com a situação em que deixaram os aposentados a começar pela expressão "ASSISTIDOS", ora no mínimo associados, afinal pagamos a nossa parte, nenhum de nós está aqui para receber o mínimo possível e sim o máximo dessa instituição, pelo menos paguei prá isso. Está fazendo um ano que assinaram aquele acordo, CADE O CUMPRIMENTO do acordado.
Elisabeth

Anônimo disse...

Este sr. Ricardo Flores deve se achar o tal, tamanho é sua ficha, isto é, seu curriculum.São muitos atributos.
Isto não me causa inveja nenhuma e digo que temos entre nós, aposentados, colegas, ex-funcionários, com curriculum até melhor que o dele.
Ele devia é se envergonhar do que está fazendo com a Previ. Enganando aqueles que a construiram.
De que adianta esses títulos, se não são utilizados para o bem do próximo.
Cuidado Flores!
Saia deste pedestal! Lembre-se que voçê também é um mortal.

Jane Torres de Melo disse...

Queridos colegas e Queridas pensionistas,

Todo o meu apoio ao Abaixo Assinado.
Espero que o Juarez aceite encabeçar mais essa tentativa de levar aos Dirigentes da Previ a nossa realidade.
Coloco-me à disposição para conseguirmos o maior número de adesões possíveis.
O que está acontecendo é inadmissível !!!
Estão preocupados com eleições e nessa hora enchem o nosso e-mail de blá blá blá e agora que a Greve dos Correios acabou, haja espaço na caixa de correspondência para tanta hipocrisia.
Vamos dar um basta nessa situação !!
Vamos agir fazendo valer os nossos direitos !!
Contem sempre comigo !!!
Jane

Anônimo disse...

Para "Saibam quem é o..." das 14:55, de 15.10.2011:

É por isso que o tememos.Como você mesmo diz, ele reúne enorme bagagem profissional como bancário, ocupação de cargos no governo e nas estatais. Em resumo, possui todos os predicados necessários para favorecer o Banco repassando-lhe a metade do superávit da Previ, e, se quiser, saberá muito bem como "enrabar" os aposentados e pensionistas, porque jamais dependerá do salário de aposentado. Conhecimentos, sabedoria e influência não lhe faltam.

Anônimo disse...

Aguardo o abaixo assinado.
DEUS E JUSTO!
Duda

Anônimo disse...

Colegas,sei que estamos todos desesperados mas o site da Previ, pelo menos no momento,esta normal.
Sao 13:52
Duda

Anônimo disse...

E voce de 08:23 que diz a asneira - e por isso que o tememos....So se for voce, que eu saiba,ninguem tem medo de ninguem que ESTA presidente,amanha sera outro, e outro e outro....
Voce e que e um puxa saco,babaca.
O que exigimos e informaçao,clareza,honestidade no tratamento com os DONOS DA PREVI e nao o descaso que estamos sofrendo, o deboche.
Medo?Ah,Ah,AH!!!!!!
Duda

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caros Colegas,

O Blog Previ Plano 1 não faz propaganda de candidatos nesta eleição. Nem indica em quem votar.

Mas, fiel ao que prega o CANAEL, dá uma dica de como ajudar a ANABB a sair da situação em que se encontra e trilhar o caminho do bem, passando a defender, também, os aposentados e pensionistas:

Não votem nos seguidores do associado Valmir Camilo, um dos responsáveis pelo atual estado de coisas em todos os pontos negativos registrados, nem nos indicados pelos membros da atual diretoria compromissados com ele.

Assinado,

Marcos Cordeiro de Andrade
Mantenedor independente do Blog Previ Plano 1
Sócio do ANABB
Matrícula 6.808.340-8

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Nota da AAPPREVI

A Associação dos Aposentados e Pensionistas da PREVI – AAPPREVI declara publicamente que não se imiscui nas atividades de outras Associações, nem procura interferir nas suas atividades por questão de ética e de respeito ao Estatuto. Em função disto, não pode nem deve emitir opinião no que diz respeito aos assuntos internos de outras Entidades.

Todavia, também ao amparo do Estatuto vigente, não lhe cabe o poder de polícia para impedir que seus dirigentes, todos nominados no site http://www.aapprevi.com.br/associacao.html, emitam opinião pessoal onde quer que queiram manifestar seu entendimento, salientando que estas, pelo caráter particularíssimo não espelham necessariamente o que pensa e o que prega a Associação.

Atenciosamente,

Marcos Cordeiro de Andrade
Presidente Administrativo

Ari Zanella
Vice Presidente Administrativo

José Gilvan Pereira Rebouças
Vice Presidente Financeiro

Anônimo disse...

CHACAL...
Anônimo das 14:55 de 15.10.11
Como diz Roberto Carlos numas de su
as letras: DE QUE VALE TUDO ISTO SE
ELE NÃO ESTÁ NEM AÍ. Pra MIM de na-
da vale este rosário de cargos, e
não vejo competência nenhuma da par
te dele, ainda mais apadrinhado pe
lo SAPO BARBUDO. Ninguem pode ser
tão bom em tudo em que se propõe a
fazer, mas se concentrar todo seu potencial em um só objetivo, será imbatível.

Anônimo disse...

CHACAL...continua
Anônimo das 14:55 do dia 15.10.11
Concluindo meu comentário devo di-
zer que quem ocupa uma variedade de
cargos em tão pouco tempo não deve
ter tido oportunidade de nada produ
zir.Só agora percebo o porque desta
atuação apática pela nossa PREVI ,
pois será mais uma no seu PRETENSO
e invejável curriculum. Assim,espe-
ro, que ele num momento de lucidez,
perceba que esta num cargo que tem
por obrigação do estatuto, gerenci-
ar em beneficio dos aposentados e
pensionista, e não fazer única e ex
clusivamente a vontade de quem o
indicou.Aí está a prova de como foi conquistado todos estes cargos
que alcançou. GRANDES COISAS.
Abraços a todos
SEM MEDO DE DIZER QUEM SOU
Mrilo CHACAL Hallak
São joão del Rei-MG

Paulo Motta disse...

Marcos,

Apoio a ideia do abaixo-assinado. Gostaria de ajudar na elaboração e assinar embaixo. Só não me ofereço para tomar parte na Comissão que iria à PREVI. Não tenho condições, atualmente. Qualquer viagem além de 100km me desativa por vários dias. Estou a quase 300km do Rio. Sobre o teor de sua proposta, acho tudo muito bem pensado. Apenas quanto ao item 4, pergunto se não seria o caso de evitarmos qualquer tipo de ameaça. Em outros expedientes, tudo bem. No caso de um abaixo-assinado, contudo, parece conveniente apresentarmos uma petição firme, seca, sem afagos nem bajulações, mas também despida de pretextos para armar nossos adversários, que outra coisa não o são. Mas assino de qualquer jeito. Há muita gente boa para presidir a comissão e portar o documento. O Juarez, por exemplo, seria ótimo.

Paulo Motta.

Anônimo disse...

Não quero fugir do foco, e também aguardo ansiosamente o abaixo assinado.
Gostaria de mandar um recado ao Sérgio Inocêncio.
Caro colega,
entro no seu blog mas não existe 'espaço' para anônimo.

Porque não nos ajuda como fez todos?
Transforme o seu blog, em prol de toda uma classe desesperada, fruto da ganancia de um ser sem coração.

Anônimo disse...

Não suporto mais essa situação, em que a Previ nos coloca.
Não tenho animo e a depressão tomou conta da minha alma.

Anônimo disse...

Estou de pleno acordo com Paulo Motta.


150 x 150 já!!

Anônimo disse...

Alo Juarez!! Responde véio.
Que já conversou com seu Marcos no e-mail a gente sabe, mas precisamos de notícias URGENTES. OU
VAI DAR UMA DE PREVI TAMBÉM?

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

---------- Mensagem encaminhada ----------
De: ho.menezes Data: 14 de outubro de 2011 22:01
Assunto: Crime de discriminação contra idosos hediondo e inafiançavel.
Para:
Sr.José Sasseron,
Meu negócio é com você, por isso trago-lhe ao conhecimento a mensagem que o Colega EDISON DE BEM E SILVA está a dirigir ao Exmo. Sr. Presidente da PREVI, Sr. Ricardo Flores:
“PRESIDENTE FLORES,

EU ATÉ JÁ TINHA DESISTIDO DE QUALQUER MANIFESTAÇÃO EM FAVOR DE NOVOS VALORES E PRAZOS PARA O "EMPRÉSTIMO COMPLICADO".
SENTI QUE O SEU COMPANHEIRO DE ADMINISTRAÇÃO, JOSÉ RICARDO SASSERON, POR PURA BIRRA, MALDADE E TEIMOSIA HAVIA ARQUIVADO O ASSUNTO.
COM ISSO, NATURALMENTE, SE SENTE PODEROSO, VERDADEIRO DEUS. IMAGINEM SÓ, MAIS DE CEM MIL COLEGAS APOSENTADOS, PENSIONISTAS E DA ATIVA, AGUARDANDO UMA DECISÃO, E ELE, SIMPLESMENTE, DIZ: NÃO! NÃO!
JÁ HAVIA DITO EM ALGUMAS "RODINHAS", EM REUNIÕES POR AÍ, QUE ESTE ANO NÃO HAVERIA RENOVAÇÃO DO EMPRÉSTIMO, ATÉ PORQUE ESSE "BANDO" DE VELHOS "TRAMBIQUEIROS" AGUARDAVAM O LANÇAMENTO DO NOVO VALOR PARA TOMÁ-LO, FAZENDO DA MODALIDADE UMA ESPÉCIE DE SEGURO DE VIDA EM VIDA.
DEPOIS, MORRIAM EM SEGUIDA, RESTANDO O SALDO DEVEDOR A DESCOBERTO. MAS, CONVENIENTEMENTE, ELE OMITE A EXISTÊNCIA DO SEGURO, EMBUTIDO NA MODALIDADE, COMO CONVÉM AS SUAS INTENÇÕES FALSAS E PREDADORAS.
COLEGA FLORES, NOSSA ÚLTIMA ESPERANÇA É A SUA INTERFERÊNCIA.
POSSO E DEVO LHE ADIANTAR QUE, SÓ NESTA SEMANA, RECEBI MAIS DE TREZENTOS "MAILS" DE COLEGAS DESESPERADOS, PEDINDO QUE EU VOLTASSE A CARGA.
AQUI, PELO "PLANETA REAL" A PANELA ESTÁ FERVENDO.
A REVOLTA É MUITO GRANDE. ATÉ PORQUE NINGUÉM DE SÃ CONSCIÊNCIA CONSEGUE SABER OS MOTIVOS QUE LEVAM A
PREVI A NÃO REITERAR UMA PROVIDÊNCIA QUE ANUAL E TRADICIONALMENTE ADOTA.

Continua na Parte II

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Parte II – Final

SÓ PARA QUE ESSA PRESIDÊNCIA AVALIE A GRAVIDADE DA SITUAÇÃO AQUI NO "MUNDO REAL", VOU FOCAR O MAIL DE UM COLEGA, DENTRE TANTOS, QUE DIZ SÓ TER ESSA SAÍDA PARA SE EQUILIBRAR E VIVER MAIS UM ANO, SEM ESTA VÁLVULA DE ESCAPE RESTA-LHE ACABAR COM A VIDA.
E ASSIM TANTOS E TANTOS OUTROS ESTÃO A AMEAÇAR MEDIDAS EXTREMAS, DEIXANDO-NOS EM DIFÍCIL SITUAÇÃO PARA LHES ACONSELHAR UMA HONROSA SAÍDA.SÃO COLEGAS, SERES HUMANOS, PESSOAS QUE DERAM A SUA JUVENTUDE PARA CONSTRUIR O BANCO DO BRASIL FORTE E PODEROSO.
E VOCÊS DA PREVI FRIA E CALCULADAMENTE PARECEM NÃO TER A MÍNIMA SENSIBILIDADE COM A VIDA DOS SEUS SEMELHANTES, BRINCAM COM A PREMÊNCIA, A NECESSIDADE E ATÉ COM A MORTE.
E O PIOR É QUE INEXISTE EXPLICAÇÃO PLAUSÍVEL PARA NÃO SE RENOVAR ESTA MODALIDADE DE EMPRÉSTIMO, DE FÁCIL EXECUÇÃO, BAIXAS TAXAS E INADIMPLÊNCIA TRADICIONALMENTE ZERO.
SE ESTA SITUAÇÃO ASSIM CONTINUAR POR MAIS TEMPO, CADA COMPANHEIRO QUE FICAR PELO CAMINHO, NÃO RESISTINDO ESTE PERÍODO DE INDEFINIÇÕES, TERÁ SEU NOME LIGADO PARA SEMPRE A INSENSIBILIDADE E A FRIEZA DE UMA DIRETORIA OMISSA E CRIMINOSA. OS ANAIS DE NOSSA HISTÓRIA SERÃO MANCHADOS DE SANGUE, FRUTO DO HUMOR DE UM DIRETORZINHO DE SEGURIDADE QUE QUER SER DEUS E, INFELIZMENTE,FOI ELEITO PELO NOSSO VOTO.
VOU REZAR PELA ALMA DE CADA UM DE VOCÊS, TENHO CERTEZA DE QUE NECESSITARÃO.

EDISON DE BEM E SILVA
PELOTAS (RS)”.
Sasseron, a expressão atribuída a você, que a teria proferida em conversa, conversa não tão difícil de ser investigada e comprovada pela Promotoria Pública e pela Polícia Federal, de que somos os aposentados da PREVI um "BANDO" DE VELHOS "TRAMBIQUEIROS", pode vir a causar a você sérios aborrecimentos senão penalidades porquanto é discriminatória e fere a Lei Nº 10.741, de 1º de outubro de 2003, discriminação posteriormente considerada crime hediondo e nessa qualidade, inafiançável.

E fique certo, Senhor, que vou tentar influir, com o prestígio que minha ancianidade me concede, vou tentar unir as associações de aposentados para um memorando coletivo, de denúncia à Promotoria contra sua monstruosa e insultuosa discriminação.
Holbein Menezes, 4.229.340-5 = autenticação.

Anônimo disse...

Como podem fazer tudo isso com a gente, e sem ter ninguém para nos socorrer? Coloco vc também nesse meio seu Marcos, pois é tão vítima quanto nós. Ainda bem que temos o senhor para lutar. Mais sinto uma grande revolta por esses dirigentes de merda e ladrões, que nunca fizeram nada por mim, por nós.
Bando de morcegos a chupar o sangue dos seus "assistidos".
Vacabundos ordinários!! Continue tranguilo Sasseron, continue...

A onde está o senhor JUAREZ que não responde?
NEM NO BLOG DELE...

raul avellar disse...

Colegas
São 19:15 hs e o espelho já está disponível no site da Previ.
Sem novidades.
Raul Avellar

Anônimo disse...

GENTE,

Quando soube que o Paulo Paim é candidato nas eleições da Anabb, caiu-me a ficha. Descobri os motivos pelos quais o citado postulante não deu a menor bola às nossas denuncias e reivindicções.

ESSES CANDIDATOS E SEUS AUXILIARES SÃO TÃO INSENSÍVEIS QUANTO DESATUALIZADOS EM RELAÇÃO AOS NOSSOS PROBLEMAS. É QUE EMBORA NÃO PERTENCER MAIS A ANABB, HÁ MAIS DE QUATRO ANOS, RECEBO MENSAGENS QUE ELES, DE FORMA ALEATÓRIA E IRRESPONSÁVEL ME MANDAM.

POR ISSO, DECIDIDAMENTE, EU OS ABRENUNCIO.

Anônimo disse...

Raul, nem dou-me ao trabalho de olhar o espelho, ou contra-cheque. Para que?
Não tenho mais salário. E o meu líguido depois de TUDO descontado é de 120 reais.
Teria que fazer compras de mercado, farmácia, e outras tantas coisas. Mas não da.
Quem me ajuda é minha mãe, e eu trabalho.

Eu sou pensionista( coitado do meu falecido)

Do ES, nem vale a pena pegar.
O aumento de salário para mim seria muito bom, e entendo a situação de todos.
Como entendo!

Juarez Barbosa disse...

Prezado Marcos e demais colegas,

Desculpe a demora em me pronunciar a respeito de sua idéia do Abaixo-assinado. Andei refletindo muito, neste fim de semana, sobre ela.

Abaixo enumero algumas questões:

1.Temos produzido ultimamente inúmeros documentos direcionados aos gestores da Previ sem obtermos nenhum retorno da parte deles;
2.Na ocasião das 2 comissões que estiveram fisicamente presentes lá, fomos recebidos apenas por funcionários subalternos, atitude de profundo desrespeito para conosco;
3.Podemos sim redigir conjuntamente um bem elaborado Manifesto dos Assistidos e hospedá-lo no site da petição pública para colher as assinaturas dos interessados;
4.Penso que os assinantes devem colocar seus respetivos números de matrícula na Previ, bem como seus nomes completos;
5.Posso "tentar" entregá-lo diretamente ao Sr. Flores, pois resido nas proximidades do Castelo da Previ. Não sei é se em lá comparecendo, vão me permitir proceder a esta entrega pessoal;
6.Mesmo que eu consiga esta entrega, será que alguma coisa vai mudar e eles se pronunciarão a respeito?
7.Será que não estaremos mais uma vez envidando esforços numa direção errada?
8.Preocupa-me também a quantidade de assinaturas que conseguiremos reunir; 1000, 1500, 2000???? Mas acho interessante obtermos uma avaliação quantitativa dos colegas que realmente estão preocupados;
9.Nossas reivindicações já estão todas exaustivamente colocadas em outras infrutíferas negociações;
10.Seria este um meio eficaz de conseguirmos reabertura de negociações sérias com aquela gente lá da Previ;
11.Será que apenas um contingente pequeno de assistidos reunidos em torno de um Manifesto com abaixo-assinado teria algum efeito ou municiaríamos o "inimigo", informando o número de combatentes de "nosso exército"?

São essas as considerações que faço e que apresento para o debate de todos. Inclusive poderíamos marcar este debate em nossa "sala de reuniões", bastando apenas marcarmos o dia e o horário para promovê-lo.

Anônimo disse...

SENHOR EDISON DE BEM.

EU TENHO 62 ANOS E ESTOU MUITO CHATEADO, E COM DEPRESSÃO.
TODO ESSE APERTO TIRA QUALQUER SER HUMANO DO SÉRIO. VIVO NUMA ANGÚSTIA E NÃO SEI MAIS O QUE FAZER.
TENHO PENSADO MUITO, SE VALE CONTINUAR A VIVER ASSIM.
PENSO EM MORRER, E SE JÁ NÃO O FIZ, FOI PORQUE TEMO A MÃO DE DEUS.
MAS TEM HORAS, QUE O DESESPERO BATE TÃO FORTE, QUE ME ENTREGO A PRÓPRIA SORTE.
O QUE O SENHOR FALA CARO COLEGA, É A MAS PURA VERDADE, VEJO COLEGAS COMO EU, E UM JÁ DESISTIU DESSA VIDA.
PASSO POR IMENSA DIFICULDADES FINANCEIRAS JUNTO A MINHA ESPOSA, QUE TEM SIDO O MEU AMPARO MAIOR DEPOIS DE DEUS.

NÃO QUERO RESPOSTA E NEM CONSELHOS. SÓ PRECISO QUE ME LEIAM.
OBRIGADO.

Santos. S.P.
São Paulo.

Anônimo disse...

Sala de bate papo? Vc está brincando Juarez. Não posso acreditar.

Anônimo disse...

Depois dessa do JUAREZ todos vão entrar como anônimo.
Querem apostar?

Angela.

Anônimo disse...

Sem comentários.

Abraços, meu querido Marcos.

Profº Ari Zanella disse...

De fato precisamos debater a melhor estratégia.Manifesto na imprensa? Manifestação em Brasília? Notificação Extra-judicial?
Enfim, a sala de reuniões deveria ser acionada marcando o debate on line, e sugestões de estratégias que poderão ser colhidas nos comentários. Precisamos de criatividade para não errar ou errar o menos possível.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

De Edison de Bem para Holbein Menezes:

Meu querido Chefe e Guru Holbein,
A coisa é assim mesmo.
Eu já estou vacinado, faço e não espero qualquer reconhecimento ou apoio, as vezes ainda tomo alguns "tocos".
Nesta semana, por exemplo, andei tentando levantar proposição para "abaixo assinado" em favor de novo EMPRÉSTIMO EX-SIMPLES, hoje transformado em "EMPRÉSTIMO COMPLICADO", pelo Sasseron e sua "gang".
Recebi de volta somente cinco resposta de colegas, dentre as quais a sua. Pela premência, deveria ser implantada rapidamente, com vivo entusiasmo e contando com maciço apoio de todos, até daqueles que não necessitam, em solidariedade aos demais, demonstrando união e companheirismo. SIMPLESMENTE DESISTI.
Quanto as suas denúncias e as minhas, abaixo listadas, estou descobrindo endereços eletrônicos de autoridades, políticos e julgadores para encaminhá-las, DENUNCIANDO como somos tratados pela PREVI, que é nossa, mas hoje está infestada de "COLARINHOS ENGOMADOS", pessoas frias, demoníacas e mal intencionadas.
Eles brinca com a necessidade premente, com a dor, e até com a morte.
Até porque, a bem da verdade, inexistem motivos plausíveis para não haver renovação na modalidade de empréstimo, de fácil execução, baixas taxas e, IMPORTANTE, com inadimplência tradicionalmente ZERO.
UM ABRAÇO, MEU GRANDE HOLBEIN, E AGUARDE MINHAS PROVIDÊNCIAS.

EDISON DE BEM

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Mensagem recebida

Caros colegas,
Hoje um domingo chuvoso, chuva calma, mansa, do jeito que a terra gosta.
E nós, aposentados do BB, recolhidos em suas casas em razão da chuva, preferimos ver televisão, olhar os e-mails e ficar calado diante da impotência que temos em enfrentar os poderosos da PREVI e da ANABB, onde a injustiça campeia. Eles fazem o que fazem por ter certeza de que não haverá processo que os condene e faça pagar pelos desmandos cometidos.

Na última revista da PREVI, o Sasseron diz que: "o participante tem que pensar no longo prazo". Qual longo prazo, ô cara-pálida, a grande maioria dos aposentados do Plano 1, já dobrou o cabo da Boa Esperança, Necessitamos do dinheiro hoje, agora, e não daqui 20 anos, ou 10 anos, quando não teremos força ou vontade para mais nada.

Todos estão indignados pela discrimnação, pergunto o que fazer?
A minha admiração pelo Holbein é enorme, assim também como por todos aqueles que lutam pela nossa causa.
HOLBEIN, não desista, embora distante, em Rio Verde, Goiás, receba o meu fraterno abraço por sua luta que também é nossa.

Ademir
0.126.291-2

Anônimo disse...

Senhor Holbein, por favor não desista.
E lhe peço, mande tudo que tenha já escrito para o Marcos para que possamos te-lo mais perto.

Muita saúde, paz, e amor.

Abraços.

Anônimo disse...

-Pessoal, onde posso ver a relação dos PeTralhas indicados por Valmir Camilo e os indicados pela atual direção da ANABB.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Fim da greve dos bancários nesta segunda-feira em pauta na assembleia da categoria

16/10/2011 16:13, Por Redação - de Brasília e São Paulo

A greve dos bancários tende a ser encerrada nesta terça-feira
As assembleias dos bancários tende a decidir, nesta segunda-feira, se os 483 mil sindicalizados de todo o país voltarão ao trabalho nesta segunda-feira. Marcadas para as 18h, as votações deverão encerrar a greve, que vai completa 21 dias, no mais longo movimento paredista da categoria desde desde 2004, quando o movimento durou 30 dias.
Representantes dos trabalhadores e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) chegaram a um acordo, na sexta-feira, para encerrar a greve com a proposta de um reajuste salarial na ordem de 9%, que inclui a inflação dos últimos 12 meses até setembro último mais 1,5% de aumento real, além de outras melhorias financeiras.
Na reunião de sexta, também foi proposta a valorização do piso com correção de 12%. Com isso, ele passará para R$ 1.400 (aumento real de 4,3%). Ficou acertado ainda uma elevação do percentual para o cálculo da Participação nos Lucros e Resultados (PLR).
– Houve avanço nos pontos que considerávamos essenciais, como aumento real, melhoria do piso e do PLR – disse a presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Juvandia Moreira. A entidade representa 16 municípios, com 138 mil trabalhadores.
Além de concordar em não descontar os dias parados, assinalou Juvandia, os representantes dos banqueiros assumiram o compromisso informal de ampliar o número de vagas nas agências.
– No caso da Caixa Econômica Federal [CEF], tivemos a garantia de 5 mil novas contrações – disse.
A dirigente sindical apoiará a aprovação da proposta patronal. Em nota, distribuída logo após o encontro, o presidente do Comando Nacional dos Bancários, coordenado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Carlos Cordeiro, também apóia o fim da greve.
“As novas propostas são resultado de um intenso processo de mobilização e negociação, que é o caminho que sempre defendemos, sem interferência de atores externos, para que os trabalhadores possam consolidar e avançar nas suas conquistas”.
No comunicado, a Contraf-CUT informou ainda que foram obtidas outras conquistas, como a proibição de que seja divulgado rankings individuais dos funcionários, o que permite coibir a cobrança das metas abusivas. Os dias parados deverão ser compensados
com a extensão de duas horas nas jornadas até o próximo dia 15 de dezembro.
Fonte: Correio do Brasil

Anônimo disse...

Colegas recebi sexta feira uma porção de propaganda da ANABB, sabe o que fiz? Piquei e joguei no lixo. Não merecem, pois não acredito mais nesssa corja de vagabundos.

Anônimo disse...

CHACAL...
COLEGAS
E por falar em ESPELHO... Bastante
tempo que êle mais parece com a his
tória da BRANCA DE NEVE.E EU pergun
to: ESPELHO, ESPELHO MEU. SERÁ QUE
TEM ALGUEM GANHANDO MENOS QUE EU?
A resposta veio curta e rápida;90%
(noventa por cento) dos aposentados
e pensionistas da PREVI.
Abraços a todos.
Murilo CHACAL Hallak
São joão del Rei-MG

Anônimo disse...

Então Juarez, vamos morrer na praia?

Vc aceitou ou não?

Anônimo disse...

Direito de resposta:

Ao Duda, das 09:08:

Aonde você viu puxa-saquismo em meu comentário? Eu apenas disse que o "homi" poderá entregar nosso patrimônio ao BB em troca de cargos, e "enrabar" os aposentados e pensionistas. E é por isso que devemos TEMER a sua gestão no cargo de presidente. BABACA É VOCÊ QUE NÃO SABE INTERPRETAR O QUE LÊ.

Anônino das 08:23

Anônimo disse...

Caros colegas,


A coisa começa assim, vamos reunir um pequeno grupo que esteja mesmo interessado nas modificações no qual os aposentados tem direito e fazer uma pequenina reunião.
Daí o segundo passo será a 2ª reunião.
Em um lugar onde as pessoas que se interessem possam se locomover.
A primeira nós nos reuniriamos para conseguir entrar em contato com mais pessoas e discutirmos todos os assuntos em pauta.
Onde moro é sul de minas e consigo juntar um ônibus de aposentados para a 2ª pequena reunião.
O que vocês podem fazer por ai.
Se tiverem interessem deixem vosso telefone aqui neste espaço de mensagem que estou todos os dias acompanhando, que irei providenciar tudo com bastante interesse.
Assim começaremos um grande movimento.
Quero ver se eles tem tudo isso para parar eese movimento.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Curitiba (PR), 17 de outubro de 2011.

Caros Colegas,

Disposto a emprestar seus conhecimentos e experiência, o Colega Juarez Barbosa enviou a mensagem abaixo, onde manifesta apoiar o abaixo assinado proposto no artigo anexo que, igualmente, levo à apreciação de todos.
Pela urgência que o assunto requer, encareço o empenho individual dos citados para que se dirijam ao Juarez expondo seus pontos de vista, mesmo discordando com a proposição sob avaliação.
Atenciosamente,
Marcos Cordeiro de Andrade.
=============================================================================
Eis a mensagem do Colega Juarez Barbosa:
Prezado Marcos e demais colegas,

Desculpe a demora em me pronunciar a respeito de sua idéia do abaixo assinado. Andei refletindo muito, neste fim de semana, sobre ela.

Abaixo enumero algumas questões:

1. Temos produzido ultimamente inúmeros documentos direcionados aos gestores da Previ sem obtermos nenhum retorno da parte deles;
2. Na ocasião das 2 comissões que estiveram fisicamente presentes lá, fomos recebidos apenas por funcionários subalternos, atitude de profundo desrespeito para conosco;
3. Podemos sim redigir conjuntamente um bem elaborado Manifesto dos Assistidos e hospedá-lo no site da petição pública para colher as assinaturas dos interessados;
4. Penso que os assinantes devem colocar seus respectivos números de matrícula na Previ, bem como seus nomes completos;
5. Posso "tentar" entregá-lo diretamente ao Sr. Flores, pois resido nas proximidades do Castelo da Previ. Não sei é se em lá comparecendo, vão me permitir proceder a esta entrega pessoal;
6. Mesmo que eu consiga esta entrega, será que alguma coisa vai mudar e eles se pronunciarão a respeito?
7. Será que não estaremos mais uma vez envidando esforços numa direção errada?
8. Preocupa-me também a quantidade de assinaturas que conseguiremos reunir; 1000, 1500, 2000???? Mas acho interessante obtermos uma avaliação quantitativa dos colegas que realmente estão preocupados;
9. Nossas reivindicações já estão todas exaustivamente colocadas em outras infrutíferas negociações;
10. Seria este um meio eficaz de conseguirmos reabertura de negociações sérias com aquela gente lá da Previ;
11. Será que apenas um contingente pequeno de assistidos reunidos em torno de um Manifesto com abaixo-assinado teria algum efeito ou municiaríamos o "inimigo", informando o número de combatentes de "nosso exército"?

São essas as considerações que faço e que apresento para o debate de todos. Inclusive poderíamos marcar este debate em nossa "sala de reuniões", bastando apenas marcarmos o dia e o horário para promovê-lo.

Juarez Barbosa - 16/10 – 16h01min

Anônimo disse...

PESSOAL,


Quando estava na ativa, contribuuia financeiramente com o sindicato para ele ir brigar por mim durante as greves. E funcionava. Como não contribuo mais, o sindicato não tem mais essa obrigação de me defender.

MAS AFINAL, PARA QUE SERVEM MESMO AS ASSOCIAÇÕES?

ELAS RECEBEM DINHEIRO DOS APOSENTADOS, PARA QUE?

PORTANTO, REITERO A SEGUINTE SUGESTÃO:

TODAS ELAS (ASSOCIAÇÕES) DEVEM ENDEREÇAR OFICIO COM LISTA ANEXA DE TODOS OS APOSENTADOS QUE PRECISAM DO EMPESTIMO PARA A FAABB OU DIRETAMENTE PARA A PREVI, SALVO MELHOR JUIZO, AÍ, CERTEZAS HÁ DE QUE É MAIS FÁCIL O SENHOR FLORES RECEBER O DOCUMENTO DAS MÃOS DE VALMIR CAMILO OU DA ISA MUSA, POR EXEMPLO, DO QUE DE UM APOSENTADO VELHO QUALQUER, E QUE AGORA ESTA SENDO CHAMADO DE
"VELHO TRAMBIQUEIRO"!

Um abraço.

Anônimo disse...

Eu, particularmente, tenho vivido nestes ultimos tempos, a mesma rotina de assinar manifestos. O ultimo foi a favor do voto distrital.
Assinei todos os referentes aos nossos problemas.
Vejo que já enviamos cartas expondo nossas adversidades a todos de direito.
A unica experiencia que ainda não tive e que gostaria de ter, é pegar pela mão um dos que se comprometeram a lutar pelos nossos direitos e que vergonhosamente se omitiram de faze-lo e levá-lo às barras dos tribunais.
Poderia dar em nada. Ou em tudo.
Mas seria sem dúvida uma experiencia nova.
Um sopro de ar.
Claudia do rio

Anônimo disse...

Só um alerta não votem na CECÍLIA GARCEZ, todos deveriam saber porque, mas só dou um motivo, é um dos filhotes do Valmir.

Vocês sabem filhote de abutre, abutre é.

elvira disse...

Marcos,

Já escrevi ao Juarez, me colocando à disposição sobre o assunto.
Abraços

Jane Torres de Melo disse...

Ouvi essa música ontem, num documentário em que a Prefeitura de Belo Horizonte está desmoralizando, prendendo, fazendo e acontecendo com os artesãos da cidade. Vem bem a calhar com o nosso momento. SÓ QUEREMOS O QUE É NOSSO !!

SÓ QUERO O QUE É MEU (Ponto de Equilíbrio)

Nas ruas da cidade os homens continuam a lutar como dragões
Cuspindo fogo, canalizando negativas vibrações.
Estranhos semelhantes, disputando o poder
Dispostos, postos a derrubar, acostumados a se esconder.
Falsos e covardes tentando sugar dos demais
A força e a vida esquecida em seu interior.
Fracos invejosos, incapazes de apreciar
Qualidades e de reproduzir o amor.
Só quero o que é meu, não quero o de mais ninguém.
Só vou buscar o que Deus me deu, eu não quero roubar o que é seu.
Ainda acredito que o bem pode se propagar,
Quando os homens deixarem o egoísmo de lado.
Reconquistarem a humildade e aprenderem a se respeitar.
Quebraremos as barreiras que nós mesmos erguemos, quando sinceramente apreciarmos os demais e a nós mesmos.
Ai, ai, ai a nossa própria história encontrará no caminho da verdade o sentido da vitória.
Só quero o que é meu, não quero o de mais ninguém.
Só estou indo buscar o que Deus me deu, eu não quero roubar o que é seu.

VAMOS LUTAR PELOS NOSSOS DIREITOS !!

Jane

jvasconcellos disse...

Ao Colega e amigo Juarez



Estou nesta...bola pra frente
Iniciamos logo
Darei minhas humildes sujestões.
JVasconcellos

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Mensagem recebida, e encaminhada:

Senhor Juarez Barbosa, concordo com suas colocações, inclusive quanto ao Bem Elaborado Manifesto dos Assistidos, hospedando-o no site da Petição Pública para colher as assinaturas dos interessados. Esse manifesto deverá conter, sim, nomes completos, matrículas na Previ, etc...
Agora, caso este Manifesto, ao ser entregue ao sr. Flores, não surta efeito, um outro documento bem fundamentado, contendo uma cópia deste, deverá ser encaminhado à Justiça.

Estou à disposição

Abraços

Maria Helena Gonçalves Leal (Lena)
Matrícula: 17055020-6



Marcos, esta é a cópia do e-mail que enviei ao Juarez.

Lena.

Juarez Barbosa disse...

Prezado Marcos e companheiros,

Elaborei uma Proposta editável do Manifesto dos Assistidos.

Está disponibilizada no meu Blog.

Notem bem que é apenas uma proposta e editável (sujeita a alterações consensuais).

Penso que deve ser dirigido, após colhermos as assinaturas, ao Patrocinador, as entidades representativas que o Patrocinador aceita negociar e os Diretores e Conselheiros eleitos da Previ.

Para a análise, reformulação, aprovação e publicação no Site da Petição Pública.

fuzinelli disse...

Valeu garotos! É isto aí...
Conte comigo.
Antonio fuzinelli
Arapongas PR

Anônimo disse...

Façam
como a dona Lena fez. Enviem para JUAREZ e mandem a cópia para o blog.

Mostrem a cara, e atendam ao manifesto.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

http://previpb1emfoco.blogspot.com/
Proposta editável do Manifesto dos Assistidos
MANIFESTO DOS ASSISTIDOS DO PLANO DE BENEFÍCIOS 1 DA PREVI PARA REABERTURA DE NEGOCIAÇÕES ENTRE O PATROCINADOR E AS ENTIDADES REPRESENTATIVAS DOS PARTICIPANTES E ASSISTIDOS
Os assistidos do PLANO DE BENEFÍCIOS 1 DA PREVI que participam deste Abaixo-assinado, solicitam a imediata retomada das negociações entre o Patrocinador – Banco do Brasil S/A e suas entidades representativas: Contraf-CUT, dos Sindicatos e da Comissão de Empresa dos Funcionários do BB, da AAFBB, da ANABB, da FAABB e dos Diretores e Conselheiros eleitos da PREVI.
Decorridos 5 meses da última reunião entre as partes, em maio do corrente ano, em alguns dos temas que foram tratados, temos a convicção de que poderão existir avanços, basta que todos os negociadores se empenhem em suas obtenções.
Naquela ocasião, os negociadores que representaram o Patrocinador, acenaram serem possíveis os 9 itens abaixo reivindicados. Aproveitamos para acrescentar um ítem, o décimo, que julgamos também importante e de fácil entendimento entre as partes:
1. Aumento do teto de contribuição e benefícios para 100% da remuneração da ativa;
2. Nova redução da Parcela PREVI;
3. Aumento no valor do benefício mínimo;
4. Abono anual para aposentados e pensionistas;
5. Aumento no valor das pensões;
6. Melhorias nos benefícios de complementação de aposentadoria;
7. Concessão do Benefício Especial Temporário sobre as verbas P210 e P220;
8. Concessão do Benefício Especial Temporário do grupo 67;
9. Reajuste anual dos benefícios ser transferido para Janeiro de cada ano.
10.Introdução da temática sobre Empréstimos Simples – Renovações – automatização de procedimentos e outros quesitos sobre a matéria;
(A PREVI avaliará dentro da brevidade possível, os custos de cada uma das propostas rediscutidas, para levar à mesa de negociações em reunião seguinte e que, após analisados, tais propostas possam ser aprovadas ou não, após o aval dos órgãos governamentais competentes).
Os itens reivindicados e que não houve consenso entre as partes foram apartados momentaneamente para facilitar os entendimentos, e serão objetos de negociações futuras, quando as condições forem adequadas para suas análises.
Temos a convicção de que a melhor forma de tentarmos promover a outrora existente harmonia nas relações entre o Patrocinador e seus assistidos, por via de suas entidades representativas é através da promoção de negociações sérias, transparentes e justas.
E é com este inatacável propósito que nós trabalhamos na construção deste Manifesto e em sua promoção junto aos nossos pares, ex-funcionários do Banco do Brasil, que formamos uma grande família e que estamos aguardando ansiosamente o retorno de tal harmonia em nossas relações presentes e futuras.
Que se reiniciem já as negociações solicitadas.
Os abaixo-assinados...

Mariano Branquinho disse...

Aante Juarez, estamos prontos para assinarmos e conseguir muitas adesões.Que DEUS nos proteja e ilumine sempre pessoas como você e todas as outras que o Marcos sugeriu para ficarem na comissão de frente ( se for o caso ).Abraços Mariano Branquinho

Anônimo disse...

Seu marcos permita-me dizer o seguinte:

Haja vista que o abaixo assinado
elaborado pelo Sr. Juarez inverte a ordem de prioridade, se assim podemos entender, s.m.j.,desejaria que,ao tempo em que fosse levado ao Presidente
Ricardo Flores, se possível em mãos (PREVI), por quem nos represente, que seja o EMPRESTIMO SIMPLES o item nº. 01, primeiro a ser descrito para as tratativas, dada a urgência da resolução dos problemas dos nossos endividamentos, suplicando o realinhamento para 150/180, penso que os demais itens serão postergados para quando do acontecimento das reuniões.

Anônimo disse...

Tudo muito bom.
Mas faltou nessa palta a estinção do voto minerva e a liberdade para escolhermos o banco que queremos receber os nossos proventos acabar com a obrigatóriedade de termos que receber pelo BB.

Já estive na PETIÇÃO e estou no aguardo.

Manda logo Juarez!!

Anônimo disse...

A IMPORTÃNCIA DO ABAIXO-ASSINADO

Pessoal,

Com o abaixo-assinado estaremos novamente retomando o rumo para a reabertura das negociações, que estavam ficando propositalmente no esquecimento daqueles que elegemos na Previ e deveriam nos representar. Chegou a vez de cutucarmos a "onça" novamente. Ela reagirá com certeza.

Aproveito para perguntar se algum aposentado ou pensionista tem notícias do Sr. Vitor, Diretor de Planejamento da Previ? Como sua área é planejar, estará ele planejando o quê? Não sabemos, pois depois de eleito ele sumiu, não deu mais notícias.

Anônimo disse...

Marcos, aqui são duas assinaturas, a minha e a da minha esposa. Estamos ansiosos.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

NOTA DA AAPPREVI

Foi ajuizado mais um lote da Ação RMI – Renda Mensal Inicial (revisão do complemento pago pela PREVI), patrocinada pela AAPPREVI, sem custos para seus associados participantes:

Grupo “Z” - Processo nº 0001286-59.2011.5.01.0056 – TJRJ.

Todos os autores relacionados já foram informados individualmente, por mensagem de e-mail.

Para maiores esclarecimentos acesse:

http://www.aapprevi.com.br/assessoria_juridica_acao_rmi.html

Anônimo disse...

Maarcos, não sei se estou falando bobagaem, mas não seria interessante fazer um chamamento aos nossos coirmãos no sentido de reunirmos milhares de assnaturas. Assim, em cada cidade um ou dois socios procurariam assinaturas dos demais aposentados do BB. Minha preocupaçao e que muitos com os quais converso mostram não ter conhecimento, embora se mostrem interessados. Continuo preocupado em estar falando abobrinha mas não seria bom fazermos um folder divulgando os propósitos da AAPREVI, suas lutas. suas vitorias e convidar os ¨viciados do blog¨¨¨(qui não tem só leitor mas dependente) para distribuir?. Aqui em Sete Lagoas tem um numero expressivo de white reads (gente cuidado com expressão inglesa porque o Prof. Ary Zanella corrige tudo)e se a ideia for boa me proponho a pegar a adesão.Cordialmente, Divany Silveira-S.L.-, P.S. quando a anabb souber que estamos pegando adesões vai ficar com a pulga na orelha.

Paulo Motta disse...

Caro Juarez,
ABAIXO ASSINADO - A partir da proposta do Marcos, passando por sua experiência, a ideia vai tomando corpo. Em condições normais, você e ele bastariam para produzir um trabalho de alto nível. No entanto, em face da celeridade com que o trabalho está sendo desenvolvido, seria bom submetê-lo a mais alguns dos nossos. Gostaria apenas de contribuir com algumas observações. No fecho, à parte da recomendação explicitada no item 10 de seu texto, parece-me oportuno fazer constar a importância da urgente necessidade de alteração do ES, nas bases mínimas de 150/150, que são os números consagrados pela maioria dos comentaristas dos blogs. Se não enfatizarmos isso, pode ser que os dirigentes da PREVI acabem encontrando motivos para adiar ainda mais uma resposta concreta, alegando serem muitos os itens a analisar. Outra sugestão seria encaminhar a peça à ANABB, solicitando-lhe que a faça correr entre suas dezenas de milhares de associados. Como a época é oportuna (eleições), é de se acreditar que atenda. Caso não o faça, teremos uma manifestação concreta de que não se integra em nossa causa. No item 9, não ficaria melhor a expressão “antecipado” que “transferido”? O Voto de Minerva, lembrado pelo Marcos, também poderia ser inserido no texto. No mais, estou plenamente de acordo, inclusive com sua indicação para presidir a Comissão e portar o documento, acompanhado de mais dois que se disponham. O Presidente não é um rei e não pode se recusar a recebê-los pessoalmente. Tal atitude seria uma desfeita imperdoável.
Paulo Motta.

Paulo Motta disse...

Holbein,

Essa expressão "bando de velhos trambiqueiros" é pesada demais para a boca de um dirigente de entidade. Se outras minorias, com justa razão, não toleram ofensas até menos contundentes, não podemos nos calar diante dessa pérola sasserônica.

Paulo Motta.

marques7689520 disse...

Achei interessante a sugestão do "anônimo das 14.41", pois neste momento todas as idéias deverão ser consideradas. Estou em Juiz de Fora e podem contar comigo pro que der e vier.

Anônimo disse...

Marcos Cordeiro,

Acho louvável essa idéia de abaixo assinado, todavia, no meu entendimento acredito que isto não daria certo. O pessoal da Previ está insensível, embora já foram entregues várias propostas para o realinhamento do empréstimo simples. Eu acredito que, se puderemos organizar caravanas de vários lugares para ir ao castelo da Previ para reinvidicar os nossos direitos seriam bem mais producente. A Diretoria está nos tratando como palhaços.Vamos dar o troco de uma forma bem organizada, de forma que levemos o maior número possível de aposentados na sede da Previ. Somente através de pressão poderíamos conseguir alguma coisa. Precisamos sim unirmos para que a caravana aconteça com o maior número de associados e, não gatos pingados. Não adianta ficarmos aqui lamentando e esperando que alguém faça alguma coisa por nós. Chega de comodismo. Será que não poderiamos contar com pelos um associado de cada região para organizar uma caravana de cada capital/cidade para encontrarmos no Rio e podermos reivindicar nossos direitos e não ficar numa simples reunião com a Previ, que só querem nos enrolar. Temos que partir para ação o mais rápido possível, todavia bem organizada e ordeira. Até agora não conseguimos nada porque nós aposentados não somos unidos e só sabemos reclamar.A propósito, não saberia quem poderia levantar essa bandeira.

Anônimo disse...

Acho que ja esta caindo a ficha de todos que este ano nao teremos revisao no ES.
Alias nao teremos mais NADA!!
E se continuarmos na onda da Previ na base do silencio, qualquer dia ainda amanhecemos sem o BET e fica por isto mesmo.

Arnaldo Campello

Eliana Maria - Minas Gerais disse...

Paz e Bem!
Marcos já havia comentado no blog do Ari Zanella a sugestão da colega Divany ( anônimo 14:41) também estou disposta a recolher as assinaturas em minha cidade e se possível até as mais próximas. Moro em São João deç-Rei (MG). Conte comigo abaixo assinado já.
Paz e Bem!
Eliana Maria

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

17/10/2011
Maioria dos bancários aprova propostas da Fenaban, BB e Caixa e encerra greve

Crédito: Seeb São Paulo
Assembleia dos funcionários do BB em São Paulo

Em assembleias realizadas nesta segunda-feira (17), 21º dia de greve nacional, a maioria dos sindicatos de bancários do país aprovou a nova proposta apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), bem como as específicas do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal. As três propostas foram aceitas em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Bahia, Mato Grosso, Pernambuco, Alagoas, Campinas, Uberaba, Londrina, Criciúma, Blumenau, Teresópolis, Vitória da Conquista, Dourados e Campina Grande, entre outros sindicatos.

Várias assembleias ainda se encontram em andamento. Com isso, os bancários que aprovaram as propostas suspendem as paralisações e retornam ao trabalho nesta terça-feira, dia 18. A greve foi a maior realizada pela categoria nos últimos 20 anos.

Poucas assembleias rejeitaram as propostas do BB e Caixa e permanecem em greve. Os funcionários do Banrisul, Banco da Amazônia e Banco do Nordeste do Brasil (BNB) continuam paralisados, cobrando avanços nas negociações específicas.
Fonte: Site Contraf-CUT

Anônimo disse...

Vocês podem mandar pombo-correio, cartas, telex, fax, e-mail, petição, abaixo assinado, qualquer coisa que queiram dar nome para os dirigentes da Previ que todos terão destino certo: lixeira.

Eles não dão a mínima para nós, eles estão preocupados com eles mesmos. Somos apenas parte de um processo que os colocaram lá. Infelizmente isso ainda vai continuar por bastante tempo.

Temos que pegar pesado com essa turma. Temos que ter acesso aos e-mails dos colegas aposentados e os da ativa do Plano 1.

Estou recebendo e-mails de desconhecidos que pedem voto nas eleições da ANABB.

Essa turma que domina é da pesada e não deixam por menos.

Infelizmente não tenho um idéia para bater de frente com essa gente. Quem tem, por favor, apresente alguma mesmo que ache estapafúrdia.

Vou pensar em algo, quem sabe?

Pedro disse...

CARAVANA DO PROTESTO

O Anônimo das 17:05 sugeriu a formação de caravanas nacionais rumo ao Mourisco como forma de protesto. Acho muito boa essa sugestão, pois é uma forma de manisfetação pública, ao vivo, e que lavaria preocupação aos dirigentes da Previ, pois ficariam expostos à imprensa. Mas tudo dependerá do número de manifestantes. Se forem poucos, não trará resultados. Mas há de existir um meio de mobilização nacional para reunir um grande número de aposentados e pensionistas a participarem. Também a presença de parentes destes (esposa, esposo, filhos, netos, avós, etc) seria interessante. Moro em Goiania e irei, se mais colegas forem. Considerando que o RJ fica muito longe para a maioria, o correto seria haver manifestação de pelo menos 2 dias, todos acampados em barracas perto do Mourisco, portando muitas faixas com dizeres que evidenciem o motivo da manifestação. Aí, então, a imprensa se fará presente, com certeza. Lanches, água e sanitários móveis, dariam condições ao acampamento.

Porém, considero imprescindível ao realização do ABAIXO-ASSINADO. Essas duas formas de manifestação somam-se e são necessárias para que nunca mais os aposentados sejam levados ao esquecimento e à insignificância, pela Previ.

SE NÃO AGIRMOS, NUNCA MAIS VEREMOS O REALINHAMENTO DO PLANO, E O DINHEIRO VAZARÁ PELA TORNEIRA PÚBLICA.

Pedro - Goiania

Anônimo disse...

Concordo com o anônimo dás 12:32.
A prioridade no momento é o ES.

paraguassu disse...

Matéria interessantíssima no CQC (band) desta segunda-feira. No quadro "proteste já" denúncias sobre "golpe nos aposentados". Vamos entrar em contato com esse programa urgentemente. Alguém aí tem alguma sugestão de como fazer denúncia do que VEM ocorrendo na PREVI???????

Juarez Barbosa disse...

Caríssimo colega Paulo Motta,

Algumas considerações sobre suas sugestões:

1.Foram enumerados somente os itens que o Patrocinador aceita negociar neste momento, o que não é o caso da extinção do "Voto de Minerva"(vide postagem anterior a do Manifesto feita no meu Blog);

2.Quanto ao Empréstimo Simples, acho que o mais importante é se eliminar esta "novela" anual plena de sofrimentos. Que se definam claramente e invariavelmente as regras de renovação e se automatize os procedimentos. Cultivou-se uma falsa expectativa nas mentes de muitos colegas de que os aumentos de limite e de prazo poderiam acontecer para sempre e de forma descabida.

Este é meu pensamento, salvo melhor juízo.

paraguassu disse...

Descobrí so site do programa CQC, "proteste já@band.com". quem se habilita a fazer as denúncias??/

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

De José Chirivino Álvares

Brasília-DF, 17 de outubro de 2011.
Senhor

José Ricardo Sasseron
Diretor de Seguridade da PREVI
ES - EMPRÉSTIMO SIMPLES 150X150

Tenho notado que as consultas dos integrantes do BP1 a essa PREVI sobre alterações no ES, invariavelmente recebem como resposta esse texto-padrão de quatro parágrafo:
A PREVI realiza revisões permanentes nos parâmetros do Empréstimo Simples, visando a atender os interesses do conjunto dos participantes e mantê-lo como produto mais barato do mercado.
Para alongar prazos ou aumentar o valor dos empréstimos, é comum no mercado a prática da compensação do custo ou do risco, por meio da elevação de tarifas, da taxas de juros e de descontos sobre o valor do crédito. Para não onerar os seus participantes, a PREVI não segue tais práticas.
No Empréstimo Simples, são aplicadas as menores taxas permitidas aos fundos de pensão, conforme a legislação vigente, que é a Taxa Mínima Atuarial atualmente, o INPC mais juro atuarial de 5,0% a.a. (para o Plano 1) e 5,50% a.a. (para o Previ Futuro).
Para manter essa vantagem para os participantes, constantemente são monitoradas as variáveis que compõem o Empréstimo Simples, de modo que assim que algum fator propiciar o redimensionamento das condições do empréstimo, a PREVI envidará esforços para a implementação da melhoria.
Permanecemos à disposição.
LUIZ ALEXANDRE SANTOS GOMES - Gerência de Atendimento – PREVI.
Gostaria – relativamente ao primeiro parágrafo -, de saber:
Quais são os parâmetros permanentemente revisados por essa PREVI para manter o ES como o “produto mais barato do mercado”?
Quais os produtos do mercado utilizados como base de comparação ao ES e quais os preços por eles praticados?
Relativamente ao segundo parágrafo, concordo com as assertivas ali postas de que “no mercado”, a compensação para os aumentos de custos e de riscos se faz pelo correspondente aumento de tarifas, das taxas de juros e de outros mecanismos financeiros.
Louvo a iniciativa dos Dirigentes da PREVI pelo estabelecimento de política que “teoricamente”, ao não adotar aquelas práticas, não onera os participantes.
Então vamos por partes:
Onde, segundo a metodologia utilizada por essa PREVI, se encontra o incremento do risco nas novas e propostas operações, se os fatores citados como a ele inerentes – alongamento dos prazos e aumento dos valores – estão pacificamente cobertos por capital oriundo das poupanças previdenciárias dos próprios participantes que só serão demandadas, no mínimo, ao longo dos próximos 40 anos?
Onde, segundo a metodologia utilizada por essa PREVI, se encontra o incremento do risco nas novas e propostas operações se elas estarão como sempre estiveram as anteriores operações, cobertas por seguros decesso que previnem o cessar de reembolsos pelo falecimento dos tomadores?
Tratado o risco, vamos ao custo:
Onde, segundo a metodologia utilizada por essa PREVI, se encontra o incremento do custo nas novas e propostas operações, se os fatores que os onerariam – custo do capital e custos administrativos - em nada se alterarão?
Embora aparentemente coberta de boas intenções, a política e a prática de não onerar os participantes com taxas mais altas, na prática se revela perversa e produz essa celeuma toda por estar afogando em dívidas e angústias aqueles que - como no caso dos sedentos que se encontram à palmos de um riacho límpido e cristalino que lhes é interditado – por falta de discernimento dos que decidem, estão afogados na insalubridade das taxas praticadas pelo mercado que como única alternativa são obrigados a acessar.

Continua na parte II

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Parte II – Final

Senhores. Do mercado só queremos distância.
A fonte que nos saciará já nos pertence – a alguns, há mais de 60 anos –; o custo para extrair o precioso líquido - pelo trabalho desenvolvido a décadas -, é irrisório; o risco da perda de parte do capital - pelo falecimento de alguns tomadores – inexiste diante do seguro decesso que já é, e certamente continuará sendo, praticado à custa da coletividade.
Onde então, com relação a riscos e custos, estão os óbices?
Vamos ao terceiro parágrafo.
Diante do que já foi colocado relativamente à origem dos recursos; aos custos financeiros e operacionais; à ausência de riscos operacionais; aos níveis mínimos de taxas e juros praticados – que os leva a ter o produto mais barato do mercado -, nada mais lógico e louvável do que o anunciado no terceiro parágrafo.
Que problemas então persistiriam para que sejam praticadas as adequações necessárias à implementação do ES nos patamares pretendidos?
Senhores.
O excesso de zelo com o bolso dos participantes está se revelando um verdadeiro “tiro no pé”.
Essa sistemática - como já foi dito - antes de aliviar o sufoco por que passam, os está empurrando para o “mercado selvagem” que pratica taxas, pelo menos, três vezes mais altas do que poderiam estar pagando.
E se interesse outro não existir: persistir nessa política, quando a alternativa em suas é evidente; está claramente definida pelos melhores padrões de rentabilidade, liquidez e segurança; e não depende de poderes exógenos para ser adotada, é de uma insanidade – desculpe-me o pleonasmo - inexplicável.
Senhores.
Os participantes agradecem muitíssimo por suas preocupações.
Mas vejam: é possível, paralelamente ao zeloso monitoramento dos indicadores de “mercado”, propiciar imediata solução para o problema dos afogados.
Eles não estão pedindo uma lancha oceânica de 30 pés do salva-mar; com sonar ativo; posicionamento por satélite; dois motores de 500kwa e uma equipe de 50 para-médicos a bordo...
Basta jogar a bóia!!!



----- FIM DA MENSAGEM -----
JOSÉ CHIRIVINO ÁLVARES

Anônimo disse...

Marcos, Juarez e demais colegas

Acho que o Juarez produziu algo socialmente aceitável e até louvável. Entendo, todavia, que se trataria de uma atitude quixotesca nossa tentar levar esse Manifesto ao Presidente do BB. Penso que ele não identificará qualidade de representatividade. Nem mesmo se fosse apresentado pela FAABB. Diferente seria, por exemplo, no caso da Contraf... Assim mesmo, eu o assinaria por solidariedade tão somente. Precisamos entender que somos uma minoria, a minoria consciente, a sementinha, o fermento da grande massa. Temos que esperar pela hora que essa massa adormecida desperte. Será que despertará um dia?
Edgardo Amorim Rego

Anônimo disse...

Colegas.
UMA DICA IMPORTANTE para aqueles que desejam renovar o Empréstimo Simples, nas condições atuais e não possuem margem consignável.
Acessem o site da Previ, abram sua pagina mediante matricula e senha, e na esquerda acessem o ítem CAPEC.
Ali, entre os modelos disponíveis para impressão , tem uma carta que autoriza o débito da CAPEC em conta corrente no Banco do Brasil.
Preencham esta carta,imprimam e levem a agencia de relacionamento do interessado, peçam o abono da assinatura por um gerente ou comissionado, e enviem através do Banco mesmo para a Capec. No próximo mês, o valor que pagam a CAPEC passará a ser debitado em conta e não mais onerará sua margem.
Esta informação me foi passada por um atendente da própria PREVI. Se tiverem dúvidas, confirmem.
Mas por favor pensem bem, não se precipitem.
Se isto ajudou, aproveitem.
Rovere

Anônimo disse...

Colega Rovere, no meu caso o seguro é mantença(sou pensionista)eu posso fazer?
Agradeço a resposta.

Coloca a foto do vovô ai de novo.Estava bacana, hehehe!!