sábado, 28 de janeiro de 2012

Nomes para expurgo

Caros Colegas,

À sombra do dístico “Um Manifesto a título de desabafo”, o Blog do Juarez Barbosa dá sobrevida a uma figura que faz por merecer o esquecimento. E inadvertidamente reaquece superado e caduco texto da lavra de Isa Musa de Noronha publicado no site da AFABB-ES em data esquecida no tempo, o que bem demonstra o lamentável enunciado:

“Tem surgido aqui e ali, estéril discussão a propósito da inoperância das associações e da necessidade de se criar uma nova entidade. A Federação, de sua parte, dá por encerrado esse assunto.”

No entanto, no fecho do desditado escrito faz uma declaração reticente, pressupondo a certeza de que o assunto estava longe de se encerrar e, demonstrando insegurança pela falta de convicção, titubeou:

“Com toda a tranquilidade e franqueza, caros amigos... . Não precisamos de uma outra nova associação.”

Como está patente, o assunto primeiro do pretenso “Manifesto” era desqualificar a criação da AAPPREVI, cujos mentores não se deixaram abalar pela verborreia clássica da articulista e seguiram em frente. E foi graças a essa nova associação, já então temida, que os aposentados e pensionistas passaram a conhecer o porquê do ilusório prestígio da Federação e das associações a ela atreladas, algumas delas alimentando subservientes, inoperantes e fuxiqueiros dirigentes. Neste particular, que o digam os resultados por eles alcançados na AGE de 16/07/2011, em Xerém, onde articularam e executaram a sórdida e dupla trama: Moção de Profundo Repúdio ao Presidente Marcos Cordeiro de Andrade e expulsão da AAPPREVI do bloco das filiadas à FAABB, com o intuito de livrarem-se da incômoda presença.

http://www.aapprevi.com.br/documentos/pdf/mocao.pdf

Por isso mesmo, não podemos esquecer os 21 nomes ali presentes, muitos dos quais estão registrados no “Termo de Doação de 7,5 bilhões de reais ao BB”, ocorrido em 24/11/2010.

http://www.aapprevi.com.br/memorando.pdf

Claro está que o pensamento e modo de agir das figuras que doaram os sete bilhões e meio ao BB não são hoje os mesmos de dois/três anos atrás. Naqueles idos ainda conseguiam nos enganar vendendo a figura de bons moços defensores dos nossos direitos.

Portanto, seria altamente recomendável que notícias requentadas remontando a esse período contivessem a data da veiculação original e a motivação do enfoque para que ninguém se engane. Trazer de volta a presença dos execráveis doadores ao nosso meio, no cenário dos veículos acessados pelos participantes e assistidos da PREVI, não ajuda ao entendimento do que pensam hoje - e como agiriam em situação idêntica àquela em que nos traíram. Disso somente eles podem tratar se, e quando, tiverem a coragem de tocar no assunto publicamente.

É bom lembrar que estamos em véspera de eleições para a direção da CASSI e da PREVI. Por isso devemos estar atentos para o fato de que esses indesejáveis protagonistas estarão empoleirados nas chapas que serão formadas – prontos para nos trair novamente.

Também devemos ter presente que esses indivíduos até hoje não forneceram explicação plausível para a aposição de suas assinaturas nos espúrios documentos de 24/11/2010, onde consumaram a traição que permitiu ao Banco se apossar de substancial parte do nosso patrimônio. Nessa ocasião perderam o bonde da história e se deixaram enganar pela promessa vã de que seriam reabertas negociações para melhorar nossos defasados benefícios, mesmo se somente isso explicasse seus atos e atitudes – assunto soterrado sob o peso de comportamento ominoso.

Lamentavelmente, na oportunidade foram autossuficientes para fazer gentileza com o chapéu alheio doando, não se sabe a troco do quê, o que não lhes pertencia. Mas, ainda mais lamentável é a constatação de que não tiveram a hombridade de cobrar ao Banco o cumprimento das promessas feitas na mesma data, apresentadas como barganha envolvendo a consumada traição, supõe-se.

Portanto, se estão em débito para conosco não devemos lhes dar trela – s.m.j. (como costuma arrematar o Colega Juarez Barbosa).

Marcos Cordeiro de Andrade – Curitiba (PR) – 28 de janeiro de 2012.

37 comentários:

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

----------
De: Macilene Oliveira
Data: 28 de janeiro de 2012 18:18
Assunto: [unapbbcolaboradores] ENCONTRO EM GOIÂNIA - ( PREVI - CASSI )
Para:


C O N V I T E


CONVIDAMOS os(as) colegas da ativa, aposentados(as) e pensionistas associados(as) da CASSI e da PREVI para um ENCONTRO que será realizado no próximo dia 08.02.2012, quarta-feira, das 14 às 18h, quando trataremos da seguinte pauta:

a) Reajuste dos benefícios em junho/2012
b) Eleições da CASSI e da PREVI
c) Resolução 26
d) Mobilização e formas de luta
e) Debates em geral.

Referido ENCONTRO será realizado no salão de eventos do Hotel SERRAS DE GOYAZ, situado na Av. Paranaíba, n. 1445 - Centro - em frente ao Ginásio Rio Vermelho - Goiânia (GO).
Para melhor nos prepararmos em relação a material e ambiente, solicitamos o obséquio de confirmar presença ATÉ O DIA 06.02, através do e-mail maci_oliveira@hotmail.com ou do telefone celular (62) 9976-5072.
Por favor, repasse este convite a todos os seus contatos. Venha e traga pelo menos um(a) colega com você.

Macilene Rodrigues de Oliveira
P/ Comissão Organizadora

Juarez Barbosa disse...

Prezado Marcos,

Já faz algum tempo que acompanho sua obstinada campanha no sentido de execrar injustamente a nossa colega Isa Musa de Noronha de nosso movimento em busca de dias melhores para todos nós.
No meu Blog, porém, você não encontrará mais espaço para este seu intuito.
A colega Isa tem um passado de lutas em prol dos participantes e assistidos do PB-1 da Previ que, por si só, devemos todos respeitar e admirar. Não podemos, de maneira nenhuma, como você propõe, elegermos ela como nosso “Judas”, pelo simples fato dela ter se manifestado favoravelmente ao acordo do BET, em função do que estabelece, por enquanto, a RES-CNPC-26/2008.
Infelizmente colega, nos colocamos neste particular em rota de colisão.
O momento é muito grave, todos sabemos. Mas não é hora de demonstrações de radicalismos exacerbados e ainda, desferidos contra pessoas que temos inequívoco interesse de atrair para nosso movimento. A hora é de arregimentarmos forças para combater um inimigo comum, que sabemos ser o Governo e suas ideologias quanto aos destinos que se deva dar ao expressivo patrimônio alcançado em particular pelo nosso Fundo de Pensão.
Pouco devemos nos importar se, por uma questão pessoal de antipatia, todo um movimento em prol de promovermos a necessária união de todas as associações, seja comprometido.
Também não podemos condenar “ad eternum” nossa colega, que tenho a convicção de que assinou aquele acordo, porque está do lado oposto ao nosso, em cumplicidade com os oportunistas de ocasião.
Até mesmo no episódio da expulsão da AAPPREVI dos quadros da FAABB, você despejou a culpa nela. O que ela fez foi fazer uma representação junto ao Conselho da entidade quanto a forma pela qual ela se sentiu ofendida por você. E o Conselho decidiu por excluir a AAPPREVI de seus quadros. Não foi ela que excluiu a AAPPREVI, como você induziu todos a pensar desta forma.
Lamento colega, que é chegada a hora de cada um, através de seus meios de comunicação (nossos Blogs), trilharmos caminhos distintos. Não posso mais me calar frente às injustiças que você anda cometendo. Aliás, o propósito deste Blog é justamente este. O de combater injustiças.
Devemos, outrossim, buscarmos o consenso, sabendo falar e ouvir, e buscarmos um denominador comum dentre todas os pontos de vista existentes. Só assim alcançaremos a união necessária que o momento requer, inexoravelmente.
Sinto muito, mas esta é a expressão de meu mais humilde pensamento acerca do que acontece, e que ele me convenceu a externar para todos os nossos pares.

Anônimo disse...

Marcos,

Jamais esquecerei da entrega de 7,5BILHÕES. O dinheiro era nosso e deveria estar no nosso bolso. Entregaram o dinheiro através de um acordo que nunca saiu do papel e que há muito tempo deveria ter sido cumprido. Mas nem na justiça esse documento tem valor. Se tivesse algum valor legal, já teriam tomado alguma providência. Ou então, realmente não há o mínimo interesse por parte daqueles que o assinaram, para que o acordo seja realmente cumprido.

Deveriam ter vergonha na cara e não se canditar a nenhum cargo nas próximas eleições da Previ e nem da Cassi, que também é nossa.

QUE TRAPALHADA FIZERAM! Entregaram nossa única esperança; anularam nosso único meio de conseguir alguma melhoria nos benefícios, e ainda terão a cara de pedir nosso voto. SAI URUBÚ!!!


Não venham me dizer que o BET é suficiente. Sua criação foi cartada para entregar nosso patrimônio. Só beneficiou os que ganham muito. Ele é temporário. Eles beneficiaram a sí próprios e nós recebemos uma merreca. Quando um ser humano está faminto, qualquer pão seco é bem vindo. Foi nisso que apostaram quando criaram o BET.

URUBUZADA!!!!!!

Anônimo disse...

A ANABB já tem a resposta pronta.
Solicitei na semana passada,via autoatendimento, um pedido de Exclusão de uma dependente (prima) no plano Odontológico. Imediatamente me responderam que o pedido de DESFILIAÇÃO, deveria ser feito de maneira formal e delineou uma série de propagandas para enaltecer o trabalho daquela entidade. Voltei imediatamente ao assunto e a mesma pessoa se desculpou e justificou que todos somos sujeitos a falhas, fazendo as devidas orientações para a exclusão pretendida.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

José Chirivino Álvares, Antonio Elias e Lázara Araújo:

Caro Antonio Elias,

Leio atentamente a todas as suas mensagens.
De modo geral o amigo é muito claro nos seus posicionamentos e não fico com dúvidas sobre eles.
Mas nessa resposta ao Marcos Cordeiro, se não for tomar seu tempo e paciência, gostaria que o amigo complementasse alguns pensamentos e afirmativas, para que eu possa melhor discernir sobre eles.
1. O amigo acha mesmo que os 65% de ganhos reais apresentados nos últimos anos pelo salário mínimo são frutos e conquistas únicos e exclusivos da CUT?
2. Se sim, que lideranças e facções do PT estariam “dominadas pela CUT”, a ponto de gerar poder e pressão suficientes de não deixar alternativas ao partido e a seus aliados – principalmente ao PMDB majoritário?
3. Não seria mais provável – e real, do ponto de vista das forças políticas em jogo - que o governo e seus aliados, ao adotarem uma política de crescimento real do salário mínimo, tenham deixado cair “de grátis” no colo da CUT essa valiosa moeda política e sindical?
4. Se eu estiver errado em minha análise - será constrangedor, eu sei -, mas muito provavelmente a partir de agora, terei que admitir que:
“o rabo poderá vir a abanar o cachorro sempre que quiser”;
5. O que de tão bom significa para a ANABB – favor listar os fatos concretos e práticos dessa “coalizão” – o fato de sua direção vir a apoiar o Sr. Jacy para Presidente da CUT?
6. No seu entender, que mudanças reais e positivas estariam acontecendo na Direção da ANABB com relação à sua aproximação com a CUT e seus futuros dirigentes, que mereçam os nossos aplausos e encômios?
7. Que mudanças de políticas internas o senhor proporia para a “ANABB – Agora sob nova Administração”, no sentido de colocá-la realmente a serviço e com foco único na satisfação das necessidades daqueles que pagam R$ 32,6 bilhões de anuidades a ela (isso para quem ainda não se deu ao trabalho de fazer as contas, equivale a ganhar três vezes por ano na Mega Sena - até hoje, o premio médio é de R$ 11 bí, aproximadamente).
Favor dividir a lista em três grupos: Imediatamente; em seis meses; e, na próxima Assembléia Geral.
Desde já me desculpo por tomar seu precioso tempo e agradeço pelas detalhadas, bem embasadas, e minuciosas resposta que, por certo, receberei.
Bem informado que é no meio sindical, não esqueça dos colegas e passe, se puder é claro, alguma informação de "cocheira" que os faça sorrir.
Um grande e forte abraço

José Chirivino Álvares

Continua na Parte II

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Parte II - Final

To: lazara.ok@googlemail.com
From: antonioeliassoares@uol.com.br
Date: Fri, 27 Jan 2012 14:05:51 -0200
Subject: [bbfuncionarios] Preconceito ou desinformação? Enganar a quem? Post do Blog Previ Plano 1

Caro Marcos Cordeiro,

Eu até concordo que até agora a ANABB, exceto as milhares ações judiciais que lhe renderam milhões de sucumbência, não fez absolutamente nada em defesa dos seus filiados. E enquanto não for democratizada mediante uma profunda reforma dos seus normativos, do sistema de eleição e da inclusão de mecanismo que garantam o controle e a transparência administrativa, é pouco provável que mude substancialmente alguma coisa. Entretanto, discordo totalmente das acusações que você faz a CUT.

Os 65% de ganhos reais do salário mínimo, a partir do governo Lula, foi uma grande conquista da CUT para milhões de brasileiros, em atividade ou aposentados, que ninguém pode negar. Se você acha que isto não vale n ada, paciência. Ninguém é obrigado a gosta de nada, mesmo que seja uma coisa muito boa como esta.

Ao contrário do que você acha, o apoio a candidatura de Jacy Afonso, para presidente da CUT, é uma mudança significativa na visão política da ANABB que merece nossos aplausos.

Com relação à luta em defesa dos nossos direitos como aposentados da PREVI e a disputa com o BB sobre os 50% do superávit, você precisa entender que não venceremos essa guerra se não contarmos com fortes aliados que tenham força política junto ao governo e consequentemente junto às entidades que podem realmente resolver o problema, como sindicatos, associações, inclusive a que você preside, centrais sindicais, parlamentares e partidos políticos. Você demonstra uma grande aversão às organizações sindicais de esquerda, que são as maiores credoras de todas as conquistas trabalhistas que tivemos em nosso país, não apresenta outra alternativa melhor e nem participa das que temos para que com a sua colaboração, tornem-se mais eficazes.

Pense bem e mostre o caminho das pedras!!!

Atenciosamente,

Antonio Elias
________________________________________
Em 27/01/2012 12:46, Lazara Araujo < lazara.ok@googlemail.com > escreveu:


Caro(a)s colegas,

Mais um texto do grande colega Marcos Cordeiro de Andrade.
www.previplano1.com.br

Lázara Rabelo de Araújo
Enganar a quem?

Anônimo disse...

Parabens pelo blog sr.Marcos, estou na casa de um colega que estava lendo o seu blog e me repassou.
Resido em Florianopolis, confesso que tenho vontade de participar deste encontro para conhecer os colegas e debatermos fatos e situaços, mas vamos ser bem francos, nao sei da situaçao financeira dos outros, porem a minha para viajar ate Goiania, com os proventos atuais e descontos, seria como uma menina de periferia querer ir a Disneylandia. Foi-se o tempo que a hora que bem quisesse compraria minha passagem, reservaria meu hotel e saia tranquilamente sem preocupaçoes, hoje isto é quase impossivel, ganhamos para pagar contas e garantir a sobrevivencia da familia, e digo aos colegas que ganho acima da media de muitos e mesmo assim vivo no limite.
Confesso que nem espero mais com alegria reajustes da Previ, porque a conta gotas muda pouco a situaçao.

Abraço a todos, Silvana Couto

Fuzinelli disse...

"Caminhos distintos a serem trilhados doravante"

Caro Marcos,

Nada como um processo eleitoral para separarmos o joio do trigo.Quem sempre ficou em cima do muro agora vai ter que pender para um lado. O joio vai para o lado fácil, o lado dos conluios. O trigo continuará a alimentar a esperança, sempre no mesmo terreno, fértil, próspero, flóreo.

Leopoldina Corrêa disse...

Meu caro amigo,

Às vezes, perder é ganhar. Você não precisa de mais espaço, o seu já é enorme e consequentemente, cobiçado por muitos... seu nato poder de usar as palavras é tão espontâneo que parece fácil, porém, são poucos, que como você sabem usá-la tão bem. Ainda mais com a ajuda de uma memória fotográfica, aí não tem pra ninguém. Embora quase não venha aqui no blog, leio todas os seus textos que me chegam via iPhone em qualquer lugar que eu esteja. Então amigo, para aumentar um pouquinho mais o seu espaço, humildemente, deixo à sua disposição a TV UNAP-BB NO YOU TUBE.

ESTAMOS JUNTOS!

Receba o meu mais fraterno e carinhoso abraço.

Leopoldina Corrêa

Anônimo disse...

Caros colegas, sem entrar no mérito dos posicionamentos, penso que, assim, a futura chapa da situação(PREVI/CASSI) é quem ganha firmeza.

Grato e PAZ E BEM!

Fernando Lamas
Valinhos(SP)

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caro Fuzinelli e demais Colegas.

Com declarada tristeza agradeço seu comentário, vindo em razão da inusitada situação de repulsa ora enfrentada por conta da incompreensão de quem se aproveitou da minha boa fé.

Jamais escondi que o Blog Previ Plano l nasceu do Blog da Cecília, por isso mantemos uma grata relação de respeito e distanciamento. Diferentemente, quantos reconhecem que os espaços que administram nasceram deste nosso Blog, e que, por isso mesmo, o respeitam, imitam e admiram?

Aos que se achegam damos sempre as boas vindas sem medir esforços no direcionamento da experiência que levamos às costas. Aos que se afastam - coisa rara - registramos nosso pesar, embora não os tenhamos como inimigos em respeito ao suposto entendimento compartilhado um dia.

Todavia, o destino é testemunha do que cada um leva em si. E às consciências cabem seus propósitos, com o reconhecimento de que mais vale mostrar o lado diferente no momento próprio do que permanecer lutando contra si mesmos durante a eternidade.

A honestidade, a lealdade e o amor ao próximo são demonstrados de várias maneiras. Uma delas é reconhecer que não somos iguais aos iguais na honestidade, na lealdade e no modo de distribuir amor ao próximo.

Boa sorte ao Juarez Barbosa. E vida longa ao “seu” Blog.

Anônimo disse...

PESOAL,

SE O GOVERNO É NOSSO INIMIGO E A ISA MUSA DEFENDE O GOVERNO, ENTRA EM CONTRADIÇÃO QUEM SE DIZ DEFENSOR DOS APOSENTADOS E AMIGO DA PRESIDENTE DA FAABB.

DESTARTE, PASSAREI A FREQUENTAR O BLOG DO JUAREZ BARBOSA COM MAIS PARCIMÔNIA.

Digito do Ceará.

Anônimo disse...

Marcos - ref. seu comentário 13:35:

A grandeza de sua personalidade, sua humildade, sua perseverança e seu poder de luta, estão expressos nesse seu comentário dirigido ao colega Fuzinelli.

Parabéns! É por isso que o admiramos. Você é nosso verdadeiro líder e representante. Não se preocupe com a saída do Juarez. Ele só tem a perder.

O Juarez me decepcionou. Sinceramente!!!!

Anônimo disse...

Para Silvana Couto (Florianópolis) 11:00:

Resido em Goiânia e tenho 2 quartos disponíveis para hospedar a quem quiser participar do encontro do dia 08.02.2012. Cada quarto tem uma cama de casal, podendo acomodar até quatro pessoas se concordarem em dividir o leito. Portanto, minha casa fica à sua disposição e também à disposição dos demais que queiram participar do encontro sem ter a despesa de hospedagem. Não se preocupe(m) com os translados (rodoviário, aeroporto, local do encontro, etc.). É so confirmar/avisar que buscarei e levarei. A única exigência será a sua identificação na chegado, por motivos óbvios.

Um abraço.

pathomas@bol.com.br

Anônimo disse...

Boa tarde querido Marcos.

Sempre estive e estarei do seu lado e a AAPPREVI do meu. Eu desejo paz, harmonia e muita compreenção entre todos nós. Abraço a todos.

Lena.

Ivan Rezende disse...

Também coloco à disposição, aqui em Goiânia, um quarto no ap onde moro,com duas camas, perto do local do evento (ivanrezende07@hotmail.com)

sergioinocencio disse...

Marcos,

olhei hoje pela primeira vez o tal blog do juarez, bom, ele n ão tem nada de seu, tudo é dos outros, não vai fazer falta com toda certeza, tambem nao vai fazer falta daquele outro sr da tal bola de cristal, que nada acertava, e daquela sra que hj é avó e que devia ficar brincando com a netinha.
bom, sobrou o seu, alias o nosso, é o único que apresenta idéias e noticias originais, comentários idem, mesmo os contra, os outros deviam ser deletados, só ocupam espaço no jundo cibernético.
sou educado, mais a tolerancia é zero com esses baba ovos.

sergioinocencio

Anônimo disse...

Caro Marcos Cordeiro, lamentamos os últimos acontecimentos e estranhamos bastante a intenção do Juarez ao trazer à baila antigos posicionamentos da Sra. Isa Musa, que jamais se repetirão, haja vista os seus " ultimos feitos ".
Agora já conhecemos melhor as intenções dele e, quanta decepção!!! Vamos ver como virão constituídas as chapas para as próximas eleições Cassi e Previ - acho que teremos grandes surpresas!!! e, como disse o Dr. Medeiros, as primeiras notícias são alarmantes...
Um forte abraço e continue contanto sempre conosco!!!

Anônimo disse...

Concordo com alguns posts aqui no blog, entretanto penso - disse penso - que quando se enaltece uma pessoa denegrindo outras, aí não é elogio, é simplesmente bajulação, o que tem havido por aqui. Para se reconhecer o mérito do Marcos não é necessário se atacar Isa Musa, Dr. Medeiros ou Juarez Barbosa. Temos todo direito de concordar e/ou concordar. Por favor, não nos tire esse direito

Anônimo disse...

Marcos, quando nossas atitudes e nossas palavras incomodam muuuuuito,e certo vai sempre aparecer aquele que se sentira atingido e nao suportara.O sucesso dos outros sempre vai incomodar aquele que tenta copiar,copiar...mas nao fica igual.
Acho que no caso do Juarez,ouve a tal "Proposta Indecente".Eleiçoes a caminho e consequentemente....cargos,muitos cargos.
Duda

Anônimo disse...

Um certo anônimo disse uma vez no blog de alguém que esse senhor não queria trabalhar ou ajudar os aposentados. Eu não fiz nenhum comentário, mas concordei. Há tempos ando percebendo que esse senhor tem uma grande e má vontade. Quando ele compareceu no prédio da PREVI lá no tal Rio de Janeiro, e constatou que quase ninguém compareceu; fez questão de afirmar no blog dele com fotos e comentários que ELE fez a parte que lhe coube, como se o restante do crupo não tivesse feito nada.

Como aguas passadas não movem moinhos, vamos esquecer tudo isso e continuar lutando por dias melhores.

Senhor Marcos, não precisamos além de Deus e alguns amigos SINCEROS para nos ajudar. Um grande exemplo é o Raul Avellar, esse sim, sabemos que com ele podemos contar. Outros não conheço mas com certeza existem. Não vai demorar {dizem} que esse senhor vai estar na ANABB, CASSI, ou PREVI. Para muitos, isso é uma jogada, armadilha preparada. {não creio}

Sabemos o quanto o senhor e a AAPPREVI trabalham para os seus sócios. Sabemos também que pega PESADO, mas como não faze-lo se querem tirar o seu couro? OS INCOMODADOS QUE SE MUDEM incluindo TODOS que aqui na tela ocupam espaço e não fazem nada.

Outra: a onde estão os chamados colegas e amigos virtuais que na hora do 'pega prá capar' SOMEM? CADÊ!???

Tem blog fechado há um mê! E TODOS eles não tem força nenhuma. Foi como disse o Sérgio, tudo copiado. O que relemos nos blogs desses colegas é cansativo, e chato. Tem gente falando de meme, pelo amor de Deus...

Anônimo disse...

CONCORDO COM VC ANONIMO 11:39.

ME PERDOE MAS VC EH DO SEXO MASCULINO OU FEMININO? COLOCA UMA FOTO.
ABRAÇO E PAZ.


FIRME MARCÃO!

Fuzinelli disse...

Caro marcos.
Sei de sua tristeza, da mesmo forma estamos todos indignados com certos acontecimentos. Não queria voltar ao assunto, mas não me contive ao ler o e-mail de carinho que a senhora Isa de imediato encaminhou ao Juarez. Ficou tudo muito bem evidenciado sobre o que pensamos de algumas pessoas e associações. Entre outras,novamente não soube separar o blog ou a pessoa do Marcos, da Associação AAPPREVI quando diz "postagens agressivas daquele entidade", querendo novamente induzir as pessoas de bem a acreditar em suas mentiras.Acredito que não será a ultima decepção,pois a pilantragem nunca acaba. Temos uma única Certeza - a nossa Associação AAPPREVI seus dirigentes e Associados jamais se curvarão aos oportunistas de plantão. Abraço a todos.

Anônimo disse...

Sr. JUAREZ,

Me desculpa, mas que mancada!

Sabemos todos da posição do Sr. Marcos, e o Sr. também, há muito e muito tempo.
Sua atitude me dá o que pensar, na questão de apoios daqui apoios dalí.
Não devemos percorrer, jamais, os caminhos semelhantes aos dos governos que aí estão, sob pena de sermos envolvidos em gigantescas maracutaias/acordos, muitas já descobertas pela Polícia Federal e outros órgãos/Ministério Público/outros.
Até a leitura de sua manifestação o tive em alta conta, agora dúvidas MIL!
Meus respeitos aos puros de coração!

Anônimo disse...

Parabéns colega dás 12:54 por tamanhas verdades

Caro Marcos, sei como deve está seu coração, e pior que deve estar sofrendo por causa do Juarez pois sei o quanto o admirava. Ele não esta publícando nenhum cm
Mas se elogiar......
Fica com Deus.

Anônimo disse...

Sou o anônimo do dia 29, 22:05 e hoje voltei aos blogs para continuar acompanhando os acontecimentos e reler os meus comentários e qual foi a surpresa - o Sr. Juarez não os publicou. Um foi depois da mensagem dele e o outro, após a imediata resposta da Sra Isa Musa - assim é fácil administrar um blog, onde está o tal espaço democrático??
ele tem que saber ouvir as críticas e também a nossa justa indignação - foi ele quem surpreendeu "negativamente", não foi??? e a Sra. Musa que disse não frequentar tais ambientes, logo em seguida se serviu deste mesmo espaço para agradecer o favorsinho recebido, pois, como dizem, a propaganda é a alma do negócio. Fiquemos atentos !!!

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Controvérsias? Como?!

por Edgardo Amorim Rego

Sem dúvida, o conhecimento é relativo. A Filosofia e a Ciência contemporâneas explicam até que o conhecimento é SEMPRE uma construção da MENTE. Nem por isso elas rejeitam a possibilidade do consenso. E isso tem um motivo: as Mentes humanas, por mais singulares que sejam, apresentam-se estruturadas de acordo com um modelo genético bem amplo e com circunstâncias ambientais abrangentes a cada geração.
Aliás, muitos filósofos e cientistas modernos admitem que a SOCIEDADE e o DIREITO se fundamentam, ou pelo menos deveriam fundamentar-se, no CONSENSO de todos os indivíduos humanos de um determinado espaço territorial, não apenas na VONTADE DA MAIORIA. Estes filósofos e cientistas repelem a sociedade governada pela vontade da maioria como uma sociedade autoritária, a DITADURA DA MAIORIA.
Há certos conhecimentos que ninguém ousa deles discordar, de tão congruentes com o modo filosófico e científico de pensar da sociedade de uma época. Por exemplo, que a Terra é um astro em movimento, ninguém ousa hoje negar. Houve época, porém, que esse pensamento era até criminoso. Até heresia era! Externá-lo provocou anos de cadeia para um dos maiores cientistas de todos os tempos e condenação à morte na fogueira para um filósofo dos anos finais da Idade Média!
Sinceramente, acho que essa "Reversão de Valores" para benefício do Patrocinador, instituto inventado pela Resolução CGPC 26, de tão incongruente com a natureza da Previdência Social, com a Constituição Federal Brasileira, com LBPC e com o Código Civil, como constatamos há poucos dias num estudo, não pode admitir controvérsias: só existe lugar para o repúdio a essa perversão.
Volto a tratar dessa matéria tão somente para ressaltar certa passagem daquele texto "Hermenêutica ou Fórceps?". Atente-se para o que ensina o Mestre Wladimir Novaes - citado pela INFORMAÇÃO nº 58/2008/SPC/GAB/AG da SPC - no Capítulo CLXXXIV, página 1284, de seu "Curso de Direito Previdenciário": "DIFICILMENTE, SE PODERÁ CRIAR PRESTAÇÃO POR VIA DE INTERPRETAÇÃO EXTENSIVA, MAJORÁ-LA OU ESTENDÊ-LA A OUTRA PESSOA NÃO BENEFICIÁRIA."
Pode-se ser mais claro e contundente no que tange ao PODER LIMITADO DA INTERPRETAÇÃO EXTENSIVA, exatamente o ESTALO MÁGICO, que a Informação da SPG afirma ter sido utilizado para a desditosa criação da "Reversão de Valores" em benefício do Patrocinador da EFPC? Não, não pode!

Continua na Parte II

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Parte II - Final

E a prestidigitação da Resolução envolve-a em tal halo de incongruência que a potencializa ao ponto de assumir poderes ultralegais e ultraconstitucionais! Proteção alimentar só cabe a pessoa física que vive e, vítima de uma desgraça de invalidez, se incapacita para o trabalho, a ocupação que gera a alimentação, ou, vítima da morte, à pessoa física de um seu dependente. Pode existir controvérsia sobre isto?
Pois bem, a Interpretação Extensiva apresenta a Resolução com a inaudita onipotência de ENQUADRAR, SOB A PROTEÇÃO ALIMENTAR DO REGIME DA PROVIDÊNCIA COMPLEMENTAR, O PATROCINADOR, PESSOA JURÍDICA, QUE NÃO PODE SER DE FORMA ALGUMA ASSISTIDO, PORQUE NÃO VIVE, NEM SE ALIMENTA, NEM SE INCAPACITA PARA O TRABALHO, NEM MORRE! Outra vez indago: pode-se admitir controvérsia sobre isso?
Se a Interpretação Extensiva, porém, como diz o Mestre Wladimir, já é assim tão pouco potente que não pode introduzir SOB A UMBRELA DA PROTEÇÃO PREVIDENCIÁRIA UMA PESSOA FÍSICA QUE, NECESSITADA DE ALIMENTAÇÃO, CARECE DA PROTEÇÃO DA PREVIDÊNCIA, - noutras palavras, SE A INTERPRETAÇÃO EXTENSIVA DIFICILMENTE PODE IMPEDIR QUE MORRA POR CARÊNCIA ALIMENTAR UMA PESSOA FÍSICA -, COMO SE PODE ADMITIR QUE POSSUA ELA O PODER DE ESTENDÊ-LA A UMA PESSOA JURÍDICA, QUE ABSOLUTAMENTE NADA TEM A VER COM CARÊNCIA ALIMENTÍCIA?!
Milhões existem ao nosso redor, sob extrema necessidade alimentar, e ninguém, nem mesmo as autoridades que sancionaram a Resolução CGPC 26 nem as que redigiram a indigitada Informação, ousaria afirmar que elas têm o direito de obter benefício concedido pela PREVI, mediante um INTERPRETAÇÃO EXTENSIVA. Agora mesmo, estamos assistindo à PREVI nos tribunais alegando que os Participantes, isto é, as pessoas físicas que pagam as contribuições que formam as Reservas Previdenciárias, não terem direito à Cesta Alimentação! Oh, tempora! Oh, mores! Estas, pessoas físicas e contribuintes da PREVI, veem limitado o seu direito à subsistência, enquanto o Patrocinador, pessoa jurídica, teria o direito à metade da Reserva Previdenciária Especial?!
Pode, então, haver controvérsia neste assunto da impossibilidade de estender o benefício previdenciário, a proteção alimentar, a uma pessoa jurídica? Alguém, em sã consciência, pode abrir dissenso nesta matéria? O leitor ousaria apresentar-se em defesa desta tese: "O PATROCINADOR, PESSOA JURÍDICA, TEM PLENO DIREITO, TANTO QUANTO O PARTICIPANTE, PESSOA FÍSICA, DE PERCEBER UMA VANTAGEM, UM BENEFÍCIO, UMA QUANTIA EM DINHEIRO, UM ATO PROTETIVO DAS RESERVAS PREVIDENCIARIAS?!" Outra expressão mais contundente da antinomia estrondosa: "O PATROCINADOR, PESSOA JURÍDICA, TEM TANTO DIREITO DE RECEBER DO PLANO DE BENEFÍCIO DA EFPC ALIMENTAÇÃO QUANTO O TEM A PESSOA FÍSICA DO PARTICIPAANTE!
A mudança de nome não muda o conceito. Nomes diferentes que se reportam ao mesmo conceito são meramente sinônimos, isto é, significam o mesmo conceito. Nome é mera representação vocal, oral, ou escrita, de conceitos. Se os nomes representam os mesmos conceitos eles são sinônimos, isto é, representações, orais ou escritas, diferentes do mesmo fenômeno mental, conceitual. O GASTO DE RESERVAS PREVIDENCIÁRIAS SÃO SEMPRE UM ATO DE PROTEÇÃO PREVIDENCIÁRIA, isto é, ALIMENTÍCIA, QUER ASSUMA O NOME DE BENEFÍCIO PREVIDENCIÁRIO OU DE "REVERSÃO DE VALORES".
Neste segundo caso, quando a "Reversão de Valores" beneficia o Patrocinador, beneficiou a pessoa errada, indevida. Perverteu-se o beneficio. Cometeu-se uma perversão!

Aposentado gay do Rio disse...

É verdade eu também meninosss estive no blog e postei. Mas ele nosssa!!Nem publíca.
Claro que foi para chama-lo de traírinha

Agora ele reclama, reclama e pede para ninguém falar mal do Marcos.

Vcs acreditam nisso? Lá só tem um comentário que é o dele.

By bay. Beijinhos a todos e todas as amigas desse maravilhoso blog.


Vcs acham que se tivesse alguém malhando o MARCOS ele não ia publícar????

Juju, me engana que eu gosto.

ENTREI UMA VEZ SOMENTE COMO: aposentado gay do BB PRÁ QUE...
ele postou o meu comentário e e tirou rapidinho rapidinho. Fui descriminado. A onde está a DEMOCLACIA?

Aposentado gay do Rio disse...

É verdade eu também meninosss estive no blog e postei. Mas ele nosssa!!Nem publíca.
Claro que foi para chama-lo de traírinha

Agora ele reclama, reclama e pede para ninguém falar mal do Marcos.

Vcs acreditam nisso? Lá só tem um comentário que é o dele.

By bay. Beijinhos a todos e todas as amigas desse maravilhoso blog.


Vcs acham que se tivesse alguém malhando o MARCOS ele não ia publícar????

Juju, me engana que eu gosto.

ENTREI UMA VEZ SOMENTE COMO: aposentado gay do BB PRÁ QUE...
ele postou o meu comentário e e tirou rapidinho rapidinho. Fui descriminado. A onde está a DEMOCLACIA?

Aposentado gay do Rio disse...

É verdade eu também meninosss estive no blog e postei. Mas ele nosssa!!Nem publíca.
Claro que foi para chama-lo de traírinha

Agora ele reclama, reclama e pede para ninguém falar mal do Marcos.

Vcs acreditam nisso? Lá só tem um comentário que é o dele.

By bay. Beijinhos a todos e todas as amigas desse maravilhoso blog.


Vcs acham que se tivesse alguém malhando o MARCOS ele não ia publícar????

Juju, me engana que eu gosto.

ENTREI UMA VEZ SOMENTE COMO: aposentado gay do BB PRÁ QUE...
ele postou o meu comentário e e tirou rapidinho rapidinho. Fui descriminado. A onde está a DEMOCLACIA?

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

---------- Mensagem encaminhada ----------
De:
Data: 30 de janeiro de 2012 21:08
Assunto: ATENDIMENTO PREVI
Para: Agenor Soares de Almeida (e-mail)

Senhor Agenor,

Registramos sua sugestão de alteração do índice previsto no artigo 27 do Regulamento do Plano de Benefícios 1 e informamos que foi encaminhada aos órgãos sociais para conhecimento.

Esclarecemos que as propostas de alteração no Regulamento de Plano de Benefício administrado pela PREVI devem ser submetidas à apreciação do Conselho Deliberativo da PREVI, ao Banco do Brasil, ao Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais e, finalmente, à Superintendência Nacional da Previdência Complementar (PREVIC), conforme determina a legislação.

Permanecemos à disposição.

GISELE SERRA SEPEDA MACHADO
Gerência de Atendimento
PREVI

O retorno desta mensagem não é monitorado. Caso necessite respondê-la, encaminhe sua mensagem por meio da seção Fale Conosco, opção Participante.

-----------------------------------

Data: 19/01/2012 19:14:23
Assunto: Aposentadoria
Tipo: Solicitação

Mensagem:
Aos Conselheiros Mirian Cleusa Fochi, Celia Maria Xavier Larichia e William José Alves Bento:
solicito que analisem a possibilidade de rever o índice previsto no Art. 27 do Regulamento do Plano de Benefícios atual, de forma a nos conceder um reajuste, em junho, mais consentâneo com o custo de vida.
obrigado

Matrícula:
Nome: AGENOR SOARES DE ALMEIDA

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Subsídios para apoiar o próximo encontro em Goiânia, fornecidos pelo Colega Giongo:

Prezado Macilene,

Como sabemos e infelizmente, o processo ADI/4644 (Relator: Min. Celso de Mello) é de autoria da Anapar-Sasseron (a mesma que cobrou a criação do cabide milionário - a nossas expensas - da Previc, pelo qual pagaremos cerca de 2 milhões/mes), e estimulou a criação da resolução 26, na forma abaixo) (1) e da Contraf-Cut (atrelada ao governo de plantão), que apoiaram gostosamente o acordo que entregou 7,5 bilhões ao ex-Patrocinador.
Todos os detalhes da ADIN (2) podem ser vistos neste endereço

http://redir.stf.jus.br/estfvisualizadorpub/jsp/consultarprocessoeletronico/ConsultarProcessoEletronico.jsf?seqobjetoincidente=4131503

O andamento pode ser visto por aqui:

http://www.stf.jus.br/portal/processo/verProcessoAndamento.asp?incidente=4131503

Seria interessante obter analise técnica da peça inicial, que não fala em retroatividade, que implicaria em devolução dos 7,5 bi apropriados pelo BB, assim como das primeiras parcelas distribuídas aos colegas.

Artigos matadores de mestre Marcos Cordeiro podem ser vistos aqui e incorporados a discussão:

http://www.previplano1.com.br/2011/08/adin-corre-perigo.html

http://www.previplano1.com.br/2011/08/imprestavel-adin.html
g.

(1)

Anapar cobra criação da PREVIC -

A Anapar reuniu-se, no dia 27 de julho, com o Ministro da Previdência Social, Luiz Marinho, para mais uma vez cobrar dos representantes do governo agilidade na criação da PREVIC, o novo órgão de fiscalização das entidades fechadas de previdência complementar...
Os representantes da Anapar – José Ricardo Sasseron, Cláudia Ricaldoni e Antônio Bráulio de Carvalho – entregaram documento ao Ministro, defendendo a necessidade urgente de que o novo órgão fiscalizador seja criado ... O novo órgão precisa contar com uma estrutura maior...
Luiz Marinho se mostrou sensibilizado com os argumentos apresentados e concordou com a necessidade de agilizar o processo.
Novos passos – A Anapar procura agendar reunião com o Ministro do Planejamento, para apresentar a mesma demanda...

Fonte: Boletim Eletronico Anapar - 10/09/2007 - Ano VII - Nº 257 e

Anapar apresenta prioridades a Secretário da SPC


Na última quarta-feira, dia 12 de março, diretores da Anapar estiveram reunidos com o novo Secretário da Previdência Complementar, Ricardo Pena, quando apresentaram as prioridades da entidade para os trabalhos de regulamentação do Conselho de Gestão da Previdência Complementar...
Os pontos destacados pela Anapar foram: ... destinação de superávit, ...
A destinação do superávit é uma questão mal definida pela legislação e carece de manifestação do Conselho ...
Fonte: Boletim Eletrônico Anapar - 20/03/2008 - Ano VIII - Nº 273

(2) Petição inicial, procurações e substabelecimentos, documentos comprobatórios, legislação - Resolução Cgpc 26, instrução - moção - atos, etc. Há ali, menção a ausência de duas peças: "Petição 70753/2011" e "Incidente Julgamento (ADI-MC)"

Anônimo disse...

Colega e Respeitado Juarez,


Aiaiaiai foi mal a maneira como defendeu a Sra e ....... hostilizou o Sr. Marcos.
anônimo

Anônimo disse...

Morri de rir com o colega gay do banco.
Juju?! foi demais rsrs.

Abraços aos três.

Vamos parar com isso gente!!
É muita sacanagem...

Pau que da em chico da em francisco rsrs, mas não tem como não rir nesse blog.......

Para sempre anônimo amém.

raul avellar disse...

Presidente
arcos e amigos

Estou embarcando para Braspilia levando a documentação necessária
para a Inscrição da CHAPA SEMENTE
DA UNIÃO - CASSI.

Raul Avellar

Anônimo disse...

Marcos e Colegas,

Querendo ou não, temos em nosso meio uma luta política.

O objetivo pode ser o mesmo, porém muitas são as cabeças com diferentes sentenças acerca dos meios de como proceder a essa abordagem.

Em contrapartida, não devemos ter a ideia pessimista de que as coisas sejam diferentes do lado de lá, e que os nossos oponentes estejam unidos e coesos.

Ao contrário, a luta é tão ferrenha no meio sindical como nessas associações, e a eleição da Anabb, também agora a da CUT, nos demonstram essa realidade.

Se até o consenso é difícil, o que se dirá da maioria ou, pior ainda, da unanimidade.
Não temos por que nos indignarmos, já que a discordância é normal, esperada e até saudável.

Mesmo o que não desejaríamos que fosse usual, como estranhas alianças, conchavos, falsidades e traições, tudo isso costuma permear o processo, já que se trata de uma luta, como disse.

As Escrituras nos ensinam que, se muitos são os chamados, poucos são os escolhidos.

O próprio Cristo precisou selecionar apenas doze entre a sua legião de discípulos.

Ainda assim, mesmo com a dissidência de Judas e as vacilações de Pedro, nada impediu que o movimento não apenas viesse a triunfar, como a servir, no mínimo, de marco referencial para a história da Humanidade, que ficou dividida entre o antes e o depois.

Portanto, a peneirada é necessária, é essencial.

Mas aqueles que conseguirem sobreviver a essa depuração, sairão fortalecidos e com maior respaldo para o enfrentamento dos nossos grandes desafios.

O primeiro grande inimigo pode ser o tempo, já que a travessia é longa.

Herberto