quinta-feira, 15 de março de 2012

Ajuizamento de Ações

Caros Colegas,

Foram encaminhados hoje para ajuizamento os documentos dos sócios habilitados às Ações Judiciais abaixo, patrocinadas pela AAPPREVI, recebidos dentro do prazo estipulado:

- RMI – Renda Mensal Inicial – PREVI – 5º lote,
- IR 1/3 PREVI (Bitributação) – 5º lote,
- Reajustes 95/96 – 2º lote,
- l00% para Pensionistas – 2º lote, e
- Vale Alimentação – 1º lote.

Permanecem abertas as inscrições para compor os lotes seguintes a esses, cujas Ações estão a cargo do Escritório Sylvio Manhães Barreto, do Rio. Também continua disponível o acesso aos 6ºs lotes das Ações Cesta Alimentação e Renda Certa, sob a condução da Advocacia Almeida Brito, de Curitiba.

Lembramos que permanecem inalteradas as condições para participação dos interessados. A Associação cobra apenas a mensalidade de R$ 10,00 devidos pela condição de sócio, o que dá direito ao ingresso nas Ações patrocinadas sem maiores despesas, pois a AAPPREVI custeia todo o processo compreendendo o pagamento dos horários advocatícios, Custas Judiciais e eventuais perícias; sem exigência de contratos de adesão e sem cobrança de taxas e comissões – tudo de acordo e em obediência às normas e tabelas do Judiciário e da OAB.

Para obtenção de informações sobre quem tem direito a ingressar com as Ações, fundamentação jurídica, documentação necessária e forma de envio, clique no link

http://www.aapprevi.com.br/assessoria_juridica.php


Atenciosamente,

Marcos Cordeiro de Andrade
Presidente Administrativo

José Gilvan Pereira Rebouças
Vice Presidente Financeiro

AAPPREVI – Associação dos Participantes, Assistidos e Pensionistas do Plano de Benefícios Nº Um, da Previ - www.aapprevi.com.br

63 comentários:

WILSON LUIZ disse...

Todos estes escândalos envolvendo o Banco do Brasil nada mais são que mais do mesmo. Lá pelos anos 70, era o agora ingênuo "escândalo da mandioca"; já no governo FHC a coisa começou a aumentar de tamanho, com vice-presidente do Banco operando "no limite da irresponsabilidade", no processo de privatizações. Agora, são imóveis de luxo adquiridos com recursos de origem obscura, pagos em dinheiro vivo. Não escapa ninguém, petistas, tucanos, demos, pêmêdêbês, cumunistas, e outros bichos esquisitos que habitam a selva da política brasileira.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

IR SOBRE O BET

Caros Colegas,

Procurada pela associada Daisy de Freitas Saccomandi para se posicionar sobre o questionamento do IR SOBRE O BET, a AAPPREVI encaminhou pedido de análise aos seus Advogados.

Antes de conhecer o resultado da consulta, o seu Presidente sugeriu que o assunto fosse levado á alçada da FAABB, merecendo pronta resposta da Presidente Isa Musa de Noronha.

15/03 – 18:06

Daisy,

Antecipando o posicionamento dos nossos advogados, permita-me opinar sobre o assunto que requer urgência em ser abordado na esfera própria.

Em se tratando de questionamento envolvendo todo o universo dos participantes do PB1, da PREVI, a ser direcionado à Receita Federal, creio que o melhor veículo a cuidar do assunto seja a FAABB, pela ampla e reconhecida representatividade que ostenta, a quem peço se reportar, também, ou diretamente à Presidente Isa Musa de Noronha.

faabb@hotmail.com,

Atenciosamente,

Marcos Cordeiro de Andrade
www.aapprevi.com.br
c/cópia para a FAABB

=================

15/03 – 22:11

Sr. Presidente

A FAABB encaminhou a sugestão ao escritório de advocacia que nos presta serviço para exame.

Atenciosamente
Isa Musa de Noronha

Anônimo disse...

Eleiçoes

Os colegas da ativa na minha agência, acho que já começaram a a abrir o olho.
Sabendo que eu leio os blogs, pois vivo a lhes dizer, ontem, após o expediente, cheguei no Auto atendimento, me viram, e um disse a outra que ia saindo:
PERGUNTA PRÁ ELA PRÁ QUEM NÓS DEVEMOS VOTAR NA CASSI.
Disseram que estão tão esgotados, que não têem tempo de acompanhar o que se passa, mas tão sabendo que tem coisa errada em tudo.

Anônimo disse...

"Ai se eu te pego,ai se eu te pego".Só faltou Dimas, o bom ladrão,pegar essa dupla avalizada por Mantega.Edmílson de Januária mg.

Anônimo disse...

Pra CASSI E PREVI

Aceito discutir de PARTICIPAÇÃO à SEMENTE DA UNIÃO, Mas esta turma que está nos jornais, COM CERTEZA...NÃO.
Dizem que somos FORTEs, que temos UNIDADE e que o futuro é agora, mas eu continuo pensando como disse acima.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

From: FAABB Federação
Sent: Friday, March 16, 2012 12:50 PM
To: cordeiro@marcoscordeiro.com.br
Subject: RE: IR sobre o BET

Prezado Presidente,

Hoje, no mais tardar amanhã, manteremos contato com a Receita Federal para esclarecer sobre a natureza do BET de modo a dar substância a qualquer medida que possa ser viável.

Atenciosamente

Isa Musa de Noronha
----------------------


Prezada Presidente Isa Musa,

Agradeço pela informação e pelo interesse demonstrado em cuidar pessoalmente do assunto. Na medida do possível, e com sua permissão, daremos publicidade aos seus esforços no sentido. Para seu conhecimento, é imenso o número de mensagens pedindo orientação de como fazer a declaração do IR com os dados distorcidos, fornecidos pela PREVI com a Declaração Anual de Rendimentos.

Atenciosamente,

Marcos Cordeiro de Andrade
p/AAPPREVI

Anônimo disse...

Valeu Isa Musa! Grande mulher.

Da uma ajudinha TAMBÉM para que eles da PREVI, antecipe o BET, estamos precisando muito. Sou pensionista dona Isa, tenha piedade 'dessa' sua colega e pobre mulher que sou. Beijo no seu coração e que Deus lhe abençoe abundantemente com muita saúde e muitos anos de vida.

WILSON LUIZ disse...

GUERRA SUJA BB X PREVI sei lá que número, perdi a conta

VERA MAGALHÃES - painel@uol.com.br

Gota d'água

A presidente Dilma Rousseff já avisou a ministros próximos que Ricardo Oliveira será exonerado da vice-presidência de Governo do Banco do Brasil e que vai atuar para apear Ricardo Flores do comando da Previ.

O Planalto responsabiliza a dupla por alimentar a guerra entre o BB e o fundo de pensão. Eles foram alertados no auge da crise pelo ministro Guido Mantega (Fazenda) de que seriam demitidos se a troca de acusações prosseguisse. A divulgação de que Flores comprou uma casa com parte dos recursos em dinheiro vivo fez o governo concluir que o recado foi ignorado.

O presidente do BB, Aldemir Bendine, será mantido.

Anônimo disse...

JÁ ARRANCARAM AS ROSAS, VÃO ARRANCAR AS FLORES E OLIVEIRAS E NÓIS Ó ...

Anônimo disse...

Creio que todos receberam em seus e-mails, o comunicado da Anabb sobre as eleições Cassi 2012. Para quem quiser fazer perguntas aos candidatos.

Eu pergunto: Os candidatos são os da SEMENTE DA UNIÃO?

Grato.

JVasconcellos disse...

COLEGA DAS 23:59

Tenho certeza que os Candidados da chapa SEMENTE DA UNIÃO.
São os que melhores representarão nossas REENVINDICAÇÕES.
JVasconcellos

mariano branquinho disse...

E isso aí. Vamos de Semente da União.Mariano Branquinho

Anônimo disse...

Cuidado pessoal, na turma do Valmir (Denise, Cecilia, etc).

Anônimo disse...

Caros Colegas,
Todas as 5 chapas foram convidadas para o debate. Podemos formular nossas perguntas no site da Anabb que serão sorteadas.
Estou com a Semente da União.

Anônimo disse...

Recebi um e-mail da quadrilha, digo, time da anabb, descendo o porrete numa manobra feita por amaral e cia. Alguém faria a gentileza de explicar a situação? Esses ex-garefs representam o pt? Não comem no mesmo prato do valmir? Minha falta de percepção não visualiza o que está no fundo dessa latrina...

Anônimo disse...

Pois é,o que será que aconteceu lá na Anabb? Estão comentando sobre manobras, anti-ética, falta de transparecência, conchavos. O diretor Fernando Amaral explica em carta o que aconteceu.Como ter acesso a essa carta? P.S. No interesse das eleições Previ/Cassi.

Lena disse...

Para todos uma boa tarde!

Que os anjos do Senhor entre em cada lar. Abençoando todas as famílias. Trazendo saúde, paz, união, amor e esperanças.

Que Deus seja louvado.

Abraços Marcos, da Lena e família.

Anônimo disse...

Valeu dona Lena, como é bom sermos abençoados por criaturas de DEUS. Pessoas como a senhora, que sempre estão a nos incentivarmos, é uma benção. Ganhei a semana com suas palavras de conforto e muito carinho. Que DEUS retribua tão confortantes palavras. Sinceramente, eu estava muito mal e com enorme depressão. Muito OBRIGADA!! Abraços mil.

Jandira.
Moema. São Paulo.

Anônimo disse...

Colegas,

CARTA DE FERNANDO AMARAL BATISTA FILHO DA ANABB

Parte I

Brasília (DF), 15 de março de 2012

Prezados Amigos,
Prezados Companheiros,
Prezados Colegas do Banco do Brasil,

Na noite do dia 13/03/2012 decidi renunciar ao cargo de Vice-Presidente de Relações Institucionais da Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil.
Para registrar esta decisão, enviei, às 22h31minh, e-mail comunicando esta decisão aos Srs. Presidente da Diretoria Executiva e Presidente do Conselho Deliberativo da entidade e posteriormente, às 23h08minh, fui ao encontro do Senhor Presidente do Conselho Deliberativo para pessoalmente também colher seu recibo ao citado pedido de renúncia.
Entendo que uma vez eleito para representar quem quer que seja, em qualquer que seja o fórum, assumo a obrigação de agir com legalidade, transparência e ética para atingir os objetivos pelos quais fui eleito para a função.
Entendo também que devo dar, durante o exercício da representação, total transparência de meus atos àqueles que me elegeram, para que estes possam avaliar e julgar estes atos à luz da legalidade, da transparência, da democracia e da ética.
Por este motivo, dirijo a vocês esta mensagem.
O processo eleitoral para a escolha da nova gestão da ANABB para o período 2012/2016 apontou a vontade dos associados em substituir uma gestão de 18 anos de grupo monolítico, por um novo grupo que se ofereceu para a missão, com a promessa de tornar a ANABB uma entidade com pluralidade política, democrática para todos os seus associados e transparente e ética em seus atos.
Esse grupo, do qual faço parte, assumiu ainda constituir uma Comissão de Ética para apurar as denúncias de possíveis irregularidades que o antigo Conselho Deliberativo, por maioria, recusou-se a examinar.
Foram sábios os associados. Ao mesmo tempo em que determinaram a mudança na maioria da gestão (15 membros em 26), também mantiveram na gestão, de forma minoritária (11 membros em 26) colegas alinhados com a gestão anterior.
Dessa forma, entendemos, quiseram os associados viabilizar as mudanças para resgatar a credibilidade abalada da entidade, porém sem criar situações que impedissem a continuidade dos bons serviços que presta a seus associados.
Tomei posse como Conselheiro Deliberativo da entidade, junto com os demais eleitos, no dia 12/12/2011. Naquela ocasião, apesar de termos a maioria do Conselho Deliberativo, podendo escolher toda a Diretoria Executiva, optamos por respeitar o que entendemos ser a intenção dos associados e decidimos compor, de forma democrática, todas as instâncias deliberativas da entidade com a mesma proporção de votos dados pelos associados aos grupamentos eleitos.
Dessa forma, no Conselho Deliberativo, a composição ficou de 12 membros do grupo majoritário e 9 membros do grupo minoritário.

Anônimo disse...

Parte II

A Diretoria Executiva, por sua vez, ficou composta por três membros do grupamento majoritário:
Srs. Sérgio Riede (presidente);
Reinaldo Fujimoto (vice-presidente de administração e finanças); e,
Fernando Amaral (vice-presidente de relações institucionais)
E dois membros do grupo minoritário:
Sra. Cecília Garcez (vice-presidente de comunicação); e,
Sr. Emílio Rodrigues (vice-presidente de relações funcionais).
Esses 5 (cinco) dirigentes tomaram posse no dia 13/01/2012 e, nesses 39 dias úteis de trabalho, realizou 6 reuniões de Diretoria, com duração de 4 a 6 horas cada uma, tendo-se analisado e decidido cerca 100 itens de pauta, debatendo e esgotando argumentações, tornando possível chegarmos a cem por cento das decisões por decisão unânime e apenas uma pendente de decisão, ainda sem consenso.
Uma dessas decisões, tomadas por consenso, foi a proposta de Código de Ética, Comissão de Ética e Regimento da Comissão de Ética, a ser encaminhada para análise e debate no Conselho Deliberativo.
Nesse caso específico, após uma série de debates, a Diretoria Executiva tomou por base da proposta de Código Ética a proposta apresentada pela Vice-Presidente Cecília Garcez que fez um excelente trabalho de pesquisa em Códigos de Ética de empresas e entidades, tendo compilado o que havia de mais moderno e efetivo nesses documentos para apresentar à nossa Diretoria.
O trabalho mereceu a aprovação de todos e passou por debates pontuais de adendos e ajustes, tendo sido finalizado, aprovado por unanimidade na Diretoria Executiva e sido encaminhado para apreciação, análise e deliberação do Conselho na reunião do último dia 14/03/2012.
No dia 13/03/2012, dia anterior à reunião do Conselho Deliberativo, por volta das 16h30minh, o Sr. Valmir Camilo, ex-presidente da entidade, compareceu à sede da ANABB e solicitou ser recebido pelo atual presidente da Diretoria Executiva e pelo atual presidente do Conselho Deliberativo que estavam reunidos com o conselheiro Luiz Careli, secretário do Conselho Deliberativo.
Nesse contato, o Sr. Valmir Camilo disse estar ali representando o “Time da ANABB” (grupo da gestão anterior, neste momento com participação minoritária nesta gestão), e comunicou que após a sua saída os Vice-Presidentes Cecília Garcez e Emílio Rodrigues protocolizariam suas cartas de renúncias na Presidência da entidade.
Esclareceu que, em seu ponto de vista, a tentativa de gestão compartilhada, apesar dos cem por cento de consensos em todos os pontos debatidos até aquele momento, não havia dado certo e que não permitiria que fosse aprovada pelo Conselho Deliberativo a proposta de Código de Ética, Comissão de Ética e Regimento da Comissão de Ética.
Informou que com a renúncia dos dois Vice-Presidentes, estes passariam a membros do Conselho Deliberativo automaticamente, conforme previsão estatutária vigente, fazendo que os senhores Claudio Lahorgue e José Branisso, conselheiros suplentes eleitos, que assumiram as funções de Conselheiros Titulares quando da posse dos Vice-Presidentes, perdessem seus cargos no Conselho Deliberativo.
Dessa forma, segundo o Sr. Valmir, a maioria do Conselho Deliberativo da ANABB passaria a ser do “seu” grupo (11 x 10) e que ele, para ser transparente, estaria informando com antecedência, que na reunião do dia seguinte:
a) Seu grupo estaria destituindo o Presidente do Conselho Deliberativo Sr. João Botelho e, no seu lugar, estaria assumindo a presidência do Conselho Deliberativo o Sr. Cláudio Zucco (ex-presidente do Conselho Fiscal na gestão anterior);
b) Todos os pontos aprovados na Diretoria Executiva e encaminhados para aprovação do Conselho Deliberativo, exceto a Comissão de Ética, seriam aprovados;

Anônimo disse...

Parte III

c) Na ANABBPREV não iria entregar a gestão ao grupo majoritário na ANABB, assunto que sequer estava em pauta para deliberação, uma vez ser exatamente o assunto que ainda está na Diretoria Executiva, em processo de debate na tentativa de, também nesse ponto, chegarmos a uma decisão unânime;
d) Orientaria a todos os membros de seu grupo a não aceitarem assumir qualquer cargo na Diretoria Executiva da entidade, ficando, assim, com a maioria do Conselho Deliberativo, passando a dar os limites da atuação da Diretoria Executiva da ANABB.
Surpreendido que a comunicação recebida, o Presidente da ANABB, Sr. Sérgio Riede, tentou demonstrar, sem sucesso, ser incoerente, insustentável pelos fatos e inoportuna a decisão que o Sr. Valmir Camilo comunicava em nome do que ele chamou de “SEU” grupo.
Pouco depois da saída do Sr. Valmir, chegaram à ANABB as cartas de renúncia da Sra. Cecília Garcez e do Sr. Emílio Rodrigues, dos cargos de Vice-Presidente de Comunicação e Vice-Presidente de Relações Funcionais da ANABB, respectivamente.
Com esses fatos definidos e com os conselheiros deliberativos chegando em horários diferentes durante a noite, para a reunião marcada para às 8 horas em primeira convocação, organizamos, com os conselheiros já presentes, uma reunião para avaliar a situação, garantir a governabilidade do grupo majoritário em respeito a decisão dos associados eleitores, garantir o andamento da gestão, até aqui sem qualquer crise, e com tudo sendo decidido de forma unânime, e garantir que os compromissos de campanha com a democracia, a transparência e a ética pudessem ser confirmados.
Nessa reunião, verificamos que o artifício regimental utilizado pelos ex-vice-presidentes – renúncia e retorno ao Conselho Deliberativo – também poderia ser usado por um dos três membros remanescentes na Diretoria Executiva, uma vez que essa renúncia faria ser substituído no Conselho Deliberativo, o Sr. Willian Bento, membro do que o Sr. Valmir Camilo denominou “seu grupo”.
Entretanto, esta deveria ser uma decisão a ser tomada e implementada até a 00:00h do dia 14/3, para evitar-se que o renunciante ocupasse os cargos de Vice-Presidente e Conselheiro Deliberativo, no mesmo dia.
Decidi ser aquele que renunciaria ao cargo para garantir a governabilidade da entidade, pelos seguintes motivos:
a) Julguei ser, dentre os três, aquele que mais tinha experiência em enfrentar situações de tal gravidade política, fruto de minha passagem como coordenador da Executiva Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil, Presidente do Sindicato dos Bancários do Rio de Janeiro, Conselheiro de Administração do Banco do Brasil, eleito pelos funcionários, Diretor de Seguridade da PREVI dentre outros cargos, de enorme disputa política;
b) O COMPANHEIRO Fuji, com quem tenho tido o maior orgulho em trabalhar, estava com sua esposa em sala de cirurgia naquele mesmo dia e não poderia estar o dia todo numa reunião tensa como a que se avizinhava;
c) O COMPANHEIRO Sérgio Riede, que tem dado exemplos cotidianos de coerência, de caráter, de seriedade e de um enorme senso de justiça, é o presidente da entidade e a notícia da renúncia de um presidente poderia abalar ainda mais a credibilidade da ANABB.
Por outro lado, ciente de que esta atitude poderia ser apresentada por nossos opositores como “golpe da atual diretoria sobre o conselho deliberativo”, deixei claro que, após a renúncia só aceitaria retornar ao cargo caso obtivesse o voto da maioria do Conselho Deliberativo (11 votos), o que significaria merecer os votos de todo o meu grupamento, exceto o meu – que me absteria de votar em mim mesmo – e, ao menos um voto dentre os conselheiros do outro grupo.
Tendo sido aceita a condição, renunciei ao cargo de Vice-Presidente de Relações Institucionais, formalizando minha renúncia por e-mail enviado às 22h31minh aos Srs. Presidentes do Conselho Deliberativo e da Diretoria Executiva, bem como por entrega pessoal ao Senhor Presidente do Conselho Deliberativo à 23h08minh.
A reunião do Conselho Deliberativo do dia 14/03 transcorreu sob enorme tensão.

Anônimo disse...

Parte IV
Apesar dos inúmeros insultos e agressões verbais acusando-me de “golpe” para tirar a maioria do conselho “dos que a detinham”, procuramos levar até o final o debate específico de todos os temas pautados sem responder às agressões e acusações.
Com relação ao Código de Ética, a Comissão de Ética e ao Regulamento da Comissão de Ética, apesar de termos maioria suficiente para aprovar os três documentos na forma em que estavam, optamos por manter o ritmo democrático nos processos de construção desses instrumentos e, considerando que:
a) A Diretoria Executiva havia levado 29 dias para elaborar as referidas propostas;
b) Os conselheiros deliberativos tiveram apenas 5 dias para examinar, avaliar e propor destaques aos textos;
c) Algumas definições necessitariam de mais debates entre os senhores conselheiros, tal como a composição da Comissão de Ética com membros permanentes ou com membros escolhidos a cada eventual necessidade;
d) Alguns conselheiros pediram um parecer jurídico que comprovasse que as propostas não feriam preceitos legais;
Propusemos a criação de uma comissão de 5 membros do Conselho para receber e sistematizar as propostas de destaques que porventura forem feitas aos textos propostos, dando prazo de 15 dias para que os senhores conselheiros apresentem seus destaques, e que a Diretoria Executiva, no mesmo prazo, apresente o solicitado parecer jurídico para dar conforto sobre a legalidade dos documentos a alguns conselheiros.
A proposta foi aceita e aprovada por unanimidade.
Da mesma forma, todos os pontos de pauta originalmente apresentados pela Diretoria Executiva tiveram decisão APROVADA POR UNANIMIDADE.
Ao final da reunião, entramos no último ponto de pauta que foi a recomposição da Diretoria Executiva da ANABB.
O Sr. Luiz Oswaldo fez um apelo aos Srs. Emílio e Amaral e a Sra. Cecília, para que os três aceitassem se candidatar novamente aos cargos a que haviam renunciado, em função da unidade que estavam conseguindo construir, conforme se percebia na elaboração das propostas que estavam sendo encaminhadas para apreciação do Conselho.
O Sr. Emílio e a Sra. Cecília disseram não poder aceitar a sugestão porque estavam se afastando para iniciar processo de viagens em função de suas candidaturas em chapa que concorriam a PREVI.
O Sr Luiz Oswaldo insistiu na idéia de manutenção dos dois na Diretoria da entidade, propondo que os mesmos apenas se licenciassem dos respectivos cargos, sem vencimentos, para manter a possibilidade de retorno a atual composição da Diretoria.
Novamente os dois agradeceram a proposta, mas a recusaram.
De minha parte, respondi ao Sr. Luiz Oswaldo e ao coletivo do Conselho Deliberativo da minha decisão da noite anterior de aceitar a indicação para ser submetido à nova eleição para o cargo que ocupava, mas que só reassumiria se recebesse o voto da maioria do Conselho, sem o meu voto.
A primeira vice-presidência a ser recomposta foi a VICOM (Vice-Presidência de Comunicação).
Foi indicado para o cargo o conselheiro Douglas Scortegagna que, após aceitar a indicação, recebeu 11 votos.
A segunda vice-presidência a ser recomposta foi a VIREF (Vice-Presidência de Relações Funcionais).
Foi indicada a conselheira Tereza Godoy que, após aceitar a indicação, recebeu 12 votos.
E a terceira vice-presidência a ser recomposta foi a VIRIN (Vice-Presidência de Relações Institucionais).
Fui indicado para o retorno ao cargo e aceitei a indicação.
Abstive-me de votar em mim mesmo, mas recebi o voto de um dos membros do grupo minoritário e obtive os 11 votos (maioria do Conselho), o que me permitiu voltar ao exercício desta Vice-Presidência.
Isso mesmo.
Todos os pontos da pauta original foram APROVADOS POR UNANIMIDADE.
Só não foram aprovadas por unanimidade as escolhas dos nomes para recompor a Diretoria Executiva.

Anônimo disse...

Parte V

Se era verdade que existia confronto e desunião entre os conselheiros eleitos; se era verdade que a relação de parceria existente na Diretoria Executiva “não havia dado certo” (conforme dito pelo Sr. Valmir Camilo); como explicar que nenhum tema de interesse da ANABB mereceu a votação de 11 a 10?
Como explicar que nenhum tema de interesse da ANABB mereceu uma abstenção sequer?
Como explicar que nenhum tema de interesse da ANABB mereceu um único voto contra de qualquer dos 21 conselheiros?
Esta é uma crise fabricada por quem está querendo evitar a aprovação de um Código de Ética, previsto no estatuto da entidade.
Esta é uma crise fabricada por quem está querendo evitar a nomeação de qualquer nome para compor uma Comissão de Ética para evitar a sua existência.
Esta é uma crise fabricada por quem, apesar de não estar acusado de coisa alguma pela entidade, se sente ameaçado pela simples apuração de fatos.
E o jogo é pesado.
Logo após o final da reunião, recomposta a Diretoria Executiva, a Sra. Tereza Godoy foi chamada para conversar com o Sr. Valmir Camilo.
Ao final da conversa, apresentou à ANABB sua carta de renuncia ao cargo de Vice-Presidente de Relações Funcionais, para o qual havia sido eleita.
A Diretoria Executiva, em reunião desta data, optou pela indicação de meu nome para acumular as Vice-Presidências de Relações Funcionais e Institucionais, até o Conselho Deliberativo, na próxima reunião, nomeie outro Conselheiro para o exercício do cargo.
Era o que tinha a relatar.
Espero, com este relato, ter cumprido com o meu dever de agir com transparência, dando satisfação de meus atos àqueles que represento e, desde já aceito os diversos julgamentos que podem ser feitos com relação à minha conduta neste episódio.
Grande abraço a todos e a todas.


Fernando Amaral Baptista Filho

Jose Roberto Eiras Henriques disse...

Ao Anonimo das 12:07 H de 17/03:

Veja no blog dos Bancarios:

ANABB - Articulação da Antiga Gestão

http://blogdosbancarios.wordpress.com/

Anônimo disse...

EH

....Eu não estava lá, não sei o que aconteceu, sei que foi grave, pois ninguém abandonaria um salário daqueles para participar de uma eleição que todos sabem que vai ser duríssima.
.... Fico imaginando a seguinte discussão:
- Vinte cargos pra mim e 5 pra você.
- Não, não aceito, eu quero é 15 cargos, pois tenho muitos amigos e companheiros que precisam ganhar dinheiro.
- Então, deste jeito eu saio, e quem sabe ganho em outro lugar, até porque só tem trouxa mesmo votando, e coloco lá todos os meus cumprices.
- Assim, não aceito....então nós saimos... mas fique sabendo...vamos voltar.

Obs. Trecho do livro: A volta dos que não foram (não adianta procurar nas livrarias, pois não lancei ainda).

Anônimo disse...

Vinte ecinco anos atrás tomei uma decisão importante para mim hoje.Não me filiar à Anabb. Aqueele dirigente que se retirou voltou a participar ? Por que? E os que estão com ele, estão por que ? O pior é que nas eleições, graças à ingenuidade, graças à alienação e a "fé cega" dos eleitores ainda são um risco para Previ e Cassi.Mudança total já.

Anônimo disse...

Obrigado ao Sr.Jose Roberto.

Anônimo disse...

Reunião Diretoria ANABB. TEREZA GODOY indicada por ISA MUSA aceitou a indicação, foi eleita por 12 votos e após ter sido chamada para "conversa",renunciou ao cargo ao qual tinha sido eleita. Em 2010 aconteceu a assinatura do memorando/acordo com o BB. Depois Xerem e sanção à expulsão da AAPPREVI.Agora indicação furada. As decisões de Dona Isa estão precisando de maiores analises.

Anônimo disse...

Caro Marcos,

Permita-me expor o que penso:

Depois da criação desse blog muita coisa boa está acontecendo para nós aposentados. Ele tem sido o único meio de podermos expressar nosso descontentamento em relação ao que tem acontecido últimamente nos bastidores do nosso Plano de Previdência. Principalmente, no que diz respeito a DANÇA DE CADEIRAS, tática dos experts, prática que deveria ser abolida defenitivamente. Não tivemos ainda benefícios financeiros em nossos proventos de aposentadoria, mas acredito que de agora em diante não haverá mais entrega gratuíta do nosso superávit. Haverá, sim, mais respeito em relação ao nosso patrimônio (PREVI). Antes não existiam as turbulências e nem agitação nos bastidores da Anabb ou da Previ. Mas foi a partir do espaço criado com esse blog, que nosso pedido de socorro criou eco.

Obrigado.

Anônimo disse...

Colegas,

A CECÍLIA GARCEZ continua o mesmo pau mandado do VALMIR CAMILO.


É como eu sempre digo: "CECÍLIA CONTINUAS A MESMA"

Anônimo disse...

A única conclusão a que chego depois de ler esta carta do Amaral é que a sra. Cecilia Garcez continua garota de recados do Sr. Valmir Camilo.
Não acho que deva chegar à Previ.
Esta turma é perigosa.

Abraços a todos

Anônimo disse...

AO GUERREIRO IMPACIENTE SR. MARCOS CODEIRO como também ao Jurídico da AAPPREVI: (Só vai assim...Se bater tb. leva....)
Desde já agradeço ajuda.
Seguinte:
Minha mensagem/arrazoado abaixo se refere tão-somente aos "APOSENTADOS PELO INSS POR INVALIDEZ PERMANENTE".

PEC-05/12 (protocolo atual, Vide site do Senado Federal,07.03.2012:
...."os aposentados por Invalidez Permanente do INSS passarão a recebr benefícios INTEGRAIS...."-Hoje em torno de R$ 3.900,00-grifo meu.
PERGUNTO AOS DOUTOS COLEGAS: Nós, aposentados do BB/PREVI/INSS seríamos BENEFICIADOS? A PEC nos alcança? Ora somos funcionários públicos, ora de uma empresa estatal/Economia Mista. Sei não: Nunca ficou claro. Daí minha pergunta.

HISTORICO DA PEC 05/12:
É originária, em boa hora, reparando injustiça ao longo tempo, pela Deputada Federal Andreia de Tal. Foi debatida e APROVADA na Camara Federal. Foi ao Senado na Comissão de Constituição e Justica, também APROVADA, desta vez por unânimidade. O honorável relator foi o Senador ÁLVARO DIAS e como Presidente o Senador Eunício de Tal.
A PEC em foco só será validada/terá ÊXITO SE,E SOMENTE SE,APROVADA pelo "PLENÁRIO" do Senado em 02 (dois)turnos. Não saberia dizer se ainda teria que ser submetida aa Presidente da Repúlica. (veto..)

EM TEMPO:A referida PEC tramitará em "Regime de Urgência", aa pedido do Sr. Álvaro e prontamente atendida pelo Sr. Eunício.
MARCOS/GILVAM E COLEGAS BB: Sei que falei do "SE". Porem, vamos barganhar. A causa é justa. "QUEM SABE FAZ A HORA/AGORA,,,,,"
Peço desculpas por "esquecer" o sobrenome dos citados e ao Marcos pelo mal uso da língua pátria.
É ruim escrever pro Marcos....hahah..

SAUDE A TODOS
LUIZ

Mariano Branquinho disse...

Colegas aposentados e pensionistas, vamos votar na chapa 4 Semente da União. Abraços Mariano Branquinho

Anônimo disse...

Eu só queria entender uma coisa, o que é que o Sr Valmir Camilo ainda tem a ver com a Anabb? Pelo relato do Amaral até parece que ainda tem uma cadeira lá dentro, dá e tira cargo, quer que vote e não vote.
Ele não está precisando de uma situada não?
Quanto aos que o informam e obedecem, SE ORIENTEM, tem gente disposta a fazer voces tomarem do seu próprio remédio, bem feito, amargo.

Anônimo disse...

Dona Isa Musa foi coerente ao indicar a Teresa, pois ela é do grupo do Valmir. Se aceitasse (como aceitou) e continuasse no cargo, o grupo do Valmir perderia a maioria no Deliberativo. Ocorre que a Teresa cedeu aos apelos ou sabe-se lá o que mais, do Valmir

luiz carlos disse...

Caros colegas,

É realmente surpreendente como as pessoas se apoderam das ]Associaçoes, das estatais, dos sindicatos.... A Anabb parece ser propriedade particular do Sr Valmir Camilo, entra qdo quer, sai qdo quer e la so ficam as pessoas que comungam com seus interesses particulares. È o caso de mudar, talvez, o nome de ANABB para VALNABB (assoc dos amigos do Valmir). Hoje o BB nao é mais uma Sociedade de Economia Mista: é o BB do Bendine e a Previ é do Ricardo Flores com qual com o seu respectivo grupinho.E assim as forças retrogradas acuparam de vez o pais e estao, como nunca, usufruindo dos despojos de guerra.

Anônimo disse...

Depois do relato do Amaral ficou tão clara a jogada do Valmir e seu grupo de paus mandados, que o melhor que temos a fazer é campanha contra esta chapa na PREVI.
Se na Anabb já fizeram o que fizeram, imaginem na PREVI.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Mensagem de Leopoldina Corrêa.

Meus saudosos colegas,

Como os mais chegados sabiam que eu estava viajando, portanto, ausente do convívio com esta linda segunda família que somos aqui na internet, no entanto, um aparelhinho espetacular chamado “iphone” não me deixou perder nada do que estava acontecendo nesta roda-viva a que pertencemos, principalmente, a queda-de-braço entre os presidentes do nosso algoz BB e o presidente da nossa Caixa-mãe: PREVI.

Sobre a minha ausência, sei que deixei saudades em alguns e alívio para outros. Fiz uma viagem ecológica, uma vez que nem precisei sair do meu amado país para admirar tanta beleza natural. Junto com uma amiga que também houvera completado seus 60 anos, resolvemos comemorar o que denominamos Tour dos 60 anos na "Rota das Emoções", ou seja, a bela praia de Jericoacoara, o maravilhoso Delta do Rio Parnaíba e o histórico Parque Nacional de 7 cidades.

Mesmo de férias, não deixei de trocar algumas palavras com meus amigos-irmãos de luta Marcos Cordeiro, Luiz Dalton e Geraldo Mesquita que iam me colocando a par dos últimos acontecimentos e o mais vergonhoso deles é, sem dúvida nenhuma, a explícita demonstração de poder entre os dois presidentes que são os principais responsáveis pelos nossos destinos, o BB onde trabalhamos e a Previ que sustentamos para pagar nossas aposentadorias. E como diz o meu amigo Marcos Cordeiro "a imprensa está nos servindo um prato feito" e eu concordo com ele.

E aí meus colegas da Ativa e Aposentados, estamos em ano de eleições para elegermos os melhores nomes para a nossa Previ, vejam que os homens estão brigando para ver quem vai administrar os nossos 160 bi, sem nem se preocuparem com as condições miseráveis que estamos vivendo. Melhorias para os nossos benefícios: zero. No entanto, por decisão do presidente do BB Aldemir Bendine e da cúpula do banco, diretores e vice-presidentes puderam se aposentar com todos os benefícios incorporados aos salários, auxílio-alimentação, licença-prêmio, férias, bônus e 13º coisa que nós aposentados de carreira precisamos ir buscar na justiça à duras penas.

Já o presidente da Previ, Ricardo Flores, tem nas mãos o poder de trabalhar para derrubar a Resolução 26, assinada na gestão anterior a dele e, no entanto, finge que nem é com ele. Ele está lá para defender e proteger nosso patrimônio dos olhos gananciosos dos abutres de plantão e nós os aposentados, é quem estamos nos mobilizando em todas as direções para reverter esta injustiça enquanto ele se finge de morto!

No entanto, o mesmo Ricardo Flores que esquece defender os interesses dos aposentados da Previ, pelos quais é muito bem pago por eles, não esquece de defender os seus interesses escusos, pois conforme noticiou a Folha de São Paulo o ex-vice-presidente do Banco do Brasil, hoje presidente da Previ, Ricardo Flores, pagou em espécie R$ 190 mil para comprar uma casa, da dentista Angela Françolin, por R$ 1,65 milhão em Brasília em 2010, segundo informou o jornal Folha de S.Paulo e segundo ele, Ricardo Flores, esta quantia foi emprestada de um empresário famoso, que nega a informação.

Continua na Parte II

Anônimo disse...

Senhores

Depois de tanta confusão, respeito áqueles que vão pela SEMENTE DA UNIÃO, mas para mim ficou decidido pelo perfil dos aposentados candidatos vou de PARTICIPAÇÃO. Tô com o Urbano, aqui em São Paulo, pesquisei e ví que é ele mesmo.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Parte II - Final

Vejam bem, meus caros colegas, em entrevista, Flores afirmou ter pago R$ 900 mil com empréstimo da Previ, de recursos "disponíveis" e R$ 750 mil com os próprios recursos.

Vamos pedir umas aulinhas para o nosso presidente Ricardo Flores para também, conseguirmos uma proeza desta, já que atualmente, ele ganha R$ 50 mil bruto por mês.

E isto sem levarmos em conta que, no ano passado, fizemos uma campanha feroz e muitos foram os apelos para ao Sr. Ricardo Flores, Presidente do nosso fundo de pensão, a Previ, na renovação anual de empréstimo simples aos participantes daquele Fundo de Pensão, que aumentasse tanto o teto quanto o número de parcelas de 150 X 150. E o que aconteceu? Todo mundo sabe, não é? Ele não aumentou o número de parcelas e aumentou o teto para apenas 10 mil reais a mais. No entanto, para ele, como se vê, o empréstimo foi de 900 mil, sabe-se lá em quantas parcelas ou a perder de vista.

Gente, é preciso que aprendamos a votar para tirar esta trupe de sinecurados dos quadros da diretoria da Previ e é urgente que se peça uma auditoria e que se mostre aos seus verdadeiros donos o que realmente está acontecendo ali.

Bem meus colegas de infortúnio, é o que tem pra hoje, ainda estou me inteirando dos assuntos para voltar à baila.

Não se esqueçam de clicar nesta mãozinha aqui embaixo para dizer se gostaram ou não. Também é importante opinar e sugerir outros assuntos, também é aqui embaixo. Enfim, comentem, compartilhem, twitem, mandem para o facebook, pois é muito importante para o sucesso do nosso canal.

Meus colegas, você não têm ideia do trabalho que dá fazer vídeos, principalmente, como os que eu faço. Cheios de edição por gosto de oferecer um bom trabalho aos visitantes do meu canal, por isso quero saber a opinião de todos, e principalmente saber se estou agradando. Fiquei um pouco ausente, porque além da viagem que fiz, estou fazendo um curso animação em flash cs 5 para melhor atender as minhas próprias exigências e consequentemente, a do meu público.

Bom gente, agora deixo vocês este videozinho de 5 min. eu por que quero mostrar um pouco do nordeste pra vocês e deixar aqui um convite: o nordeste é lindo, visitem!

Não andamos em jatinhos nem helicópteros e muito menos de aviões… nem que quiséssemos. Andamos de ônibus… pau-de-arara… de jegue… de charrete… de canoa… de jangada… de bicicleta… de balsa… de barco… de “esquibunda”... e muito “cooper”. Mas, para se fazer isto precisa-se de uma coisa fundamental: mudar o chip.

Muito obrigada,

Leopoldina Corrêa

Anônimo disse...

Precisamos refletir

Nós, falo dos aposentados, temos uma certa vivência no mundo político. Sempre vimos a turma da Contraf junto com a turma da Anabb, agora por um desentendimento na hora de repartir o butim, eles racharam, e racharam feio. No entanto, se não fizermos nada, eles vão tomar conta de nossa CASSI e de nossa PREVI, vocês podem até chamá-los de desonestos, se são, são desonestos profissionais, são bons na arte de captar votos e vender sonhos.
Estou vendo colegas se definirem pela chapa participação e outros pela semente da união, são boas chapas eu concordo, no entanto, não basta escolher estas chapas, temos que ser combatentes juntos aos nossos colegas, pois senão, eles vão levar a turma no bico, de novo.

Anônimo disse...

Palavras de uma certa candidata:

"Pode ter certeza que eu sou a favor de que se apure tudo o que se tem a apurar, porém tudo e não tentar crucificar uma única pessoa. Nesse período que estive na Anabb não nos chegou nada que pudesse realmente incriminar alguém,"
E tem gente que tá pensando em votar nela pra PREVI.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Jornal da Eleição CASSI

http://www.cassi.com.br/pv_obj_cache/pv_obj_id_0482E356374F876CB987F3D8B52E662129BE1500/filename/JornalEleicao2012.pdf

Site Cassi: www.cassi.com.br

Anônimo disse...

Estou de acordo com o anônimo de 12:24.

No entanto, acho que não deveríamos nos dispersar agora, pois a eleicao da CASSI é agora, e nela não tem a chapa Participação, nela temos que ir de SEMENTE DA UNIÃO, quando chegar a vez da eleicão da Previ, aí eu também estou com a PARTICIPAÇÃO.
Agora, repito, não vamos nos dispersar, a chapa é sememte da União.

Anônimo disse...

Um estudioso me falou que tem uns "doido" mandando em tudo (PREVI,VALE,BB, COSTA DO SAUÍPE.....+ PREVIC....+ BELO MONTE, TREM BALA, AEROPORTOS e outras...). Quando saem de uma entram noutra. Não ficam desempregados. E ganham muiiito. Até brigam pelo poder. Falou que aprenderam com o sindicalismo.
São sempre os mesmos que mandam em tudo isso, dão ordens e se acham os donos. É a famosa dança de cadeiras. Quem sai da Previ, vai pro Banco; quem sai do Banco vai pra Previ; que sai da Previ ou do Banco vai pra Vale; que sai da Vale vai pro Banco ou pra Previ; quando passaram por tudo isso, vão pra Belo Monte e assim sucessivamente. Se todos esses cargos já foram po eles ocupados, só restam-lhes agora a administração dos aeroportos. Isso, até outras coisas serem adquiridas.
A dança das cadeiras pertence a um grupo fechado, e tão cedo não se abrirão vagas a novos interessados. A não ser que a idade avançada dos atuais assim o exija.

Óh aposentados....Óh COITADOS!!!
O patrimônio é vosso mas não lhes pertence! Ele ficará para a UNIÂO quando o último velhinho do Plano 1,da Previdência Terrestre, partir para o Plano da Providência Celestial.

Êta estudioso esperto esse, hein?

Anônimo disse...

Pessoal,

Cotejando a lista dos nomes dos candidatos da chapa SEMENTE DA UNIÃO com o CANAEL, vi que alí não consta ninguém.

Isso é positivo!

Pelo menos não são candidatos a mais um cargo para sua coleção.

E é por isso que SEMENTE DA UNIÃO
terá meu voto.

Um abraço.

Anônimo disse...

QUAL O PARTIDO POLÍTICO DESSE SR. AMARAL?
ELE ERA PT, CONTINUA?
SENDO PT, ACHAM QUE NA ANABB AJUDARÁ PENSIONISTAS E APOSENTADOS?
ENTÃO TÁ, AGORA CONTA A DO PAPAGAIO...

Anônimo disse...

Colegas,

O meu voto exclui sempre qualquer chapa onde apareça o nome da corja apoiada na moita pelo VALMIR CAMILO, como por exemplo a CECÍLIA GARCEZ.

Anônimo disse...

É isso, aí!
Vamos todos de Semente da União!

Anônimo disse...

MARCOS CORDEIRO DE ANDRADE


JURIDICAMENTE os aposentados por invalidez do BB teram direito a PEC 05/12, se aprovada definitivamente ?

Muito obrigado se poder informar.

Anônimo disse...

Anônimo disse...

Sr. Marcos Cordeiro.

Sugiro-lhe a comentar a data das eleições tanto da CASSI como da PREVI para não deixar nenhum incauto sem votar.
Por favor, faça logo o modelo do panfleto para que todos façamos os mesmos iguais e juntos espalharmos pelas cidades desse Brasil afora.

SEMENTE DA UNIÃO.

PS: Meu orientador, creio, com mil desculpas, que estamos perdendo tempo. Os da ativa saberiam das informações e vamos ver se nós os aposentados levantemos do sofá e vamos em frente votar, que saindo do sofá por dois dias, nos revitalizaremos e seremos campeões.
E viva a democracia da internet, ora Uganda... Não há dúvida, SEMENTE DA UNIÃO vence, mas não esperemos pelos outros votarem por nós. Vamos sentir que nossa união criado pelo Sr. Marcos Cordeiro, rendeu frutos. POR FAVOR APOSENTADOS SAIAM DE CASA PARA VOTAREM, só saiam da Agência, após votarem, pois o sistema pode cair, o telefone ficar ocupado.Não tenham vergonha é a sua vida em jogo...


Sr. Marcos, não recordo se no autoatendimento os aposentados podem votar, por telefone sei que podem. Como sugestão criem um 0800 que seria um termômetro diante das doações, só para este fim.Pois a minha parte já fiz com R$ 100,00 reais nas doações anteriores, (participaremos do valor, também no 0800)para ligarmos para voçês e informarmos das dificuldades criadas para a votação, se caso existirem ,anularemos as eleições. O momento da vitória é este, devemos fazer de tudo. Desculpe a longevidade do texto.

Abraços: RUMO À VITÓRIA !!!
De seu grande seguidor, desculpe a humildade, mas só sigo quem julgo grande de espírito e isto é que vale.

Anônimo disse...

Como dizem que perguntar não ofende, eis a questão: Se é função pelo estatuto da Anabb defender os interesses do bb, por sua vez, contrários aos dos aposentados e pensionistas do PB1; pq as associações de aposentados ficam se matando para ocuparem cargos lá?
PERGUNTAR NÃO OFENDE!

Anônimo disse...

Caros colegas,


VOTAREI
CHAPA 4 - SEMENTE DA UNIÃO.

A votação ocorrerá das 8,00 hrs. do dia 2/04/2012 às 18,00 hrs. do dia 13.04.2012

Funcionários da Ativa votam pelo SisBB.

Aposentados, nos terminais de autoatendimento (TAA) do BB, como segue:

"O cartão de movimentação da conta corrente é o documento válido de identificação e acesso à votação para votar na chapa escolhida ( 4 ), o aposentado deve procurar um terminal de autoatendimento (TAA), com o cartão do Banco do Brasil e a senha alfabética (código de acesso), usados nas operações feitas no TAA."

As telas a seguir apresentam os passos necessários para conlcuir a votação:

1 - TELA: INICIAL - Selecionar - OUTRAS OPÇÕES

2 - TELA: OUTRAS OPÇÕES - Selecionar - DEMAIS SERVIÇOS

3 - TELA: DEMAIS SERVIÇOS - Selecionar - VOTAÇÃO CASSI

4 - TELA: VOTAÇÃO CASSI - Selecionar - Eleições 2012

5 -TELA: APERTAR O BOTÃO AO LADO DA PRIMEIRA SEQUENCIA DO GRUPO DE LETRAS QUE COMPÕEM O SEU CÓDIGO DE ACESSO.

6 - TELA: ELEIÇÕES CASSI 2012 - Selecionar - CONFIRMAR

7 - TELA: ELEIÇÕES CASSI 2012
Selecionar CHAPA (Sugerimos selecionar chapa SEMENTE DA UNIÃO CASSI)

8 - TELA: ELEIÇÕES CASSI 2012 - VOCE SELECIONOU A OPÇÃO: X
Selecionar: CONFIRMAR

9 - TELA: CONFIRMARÇÃO VOTO REGISTRADO
Selecionar: IMPRIME E/OU ENCERRA

Obs: Quem se aposentou a partir de 1º de fevereiro de 2012, votará pelo SisBB,mediante chave e senha a ser fornecida por qualquer agência do Banco do Brasil.

raul avellar disse...

Anônimo das 16:11 hs

Nem eu diria melhor. Obrigado

Raul Avellar

Anônimo disse...

Aos Anônimos:
Luiz 18/03 01:17 e
18/03 19:44

A PEC 05/2012 que tramita no Senado não tem nada a ver com quem se aposentou pelo INSS = regime CLT. A referida PEC trata de aposentados pelo regime dos servidores públicos, inciso I do § 1º do art. 40 da Constituição
Federal.

Milton

Anônimo disse...

Blogueiros

Como todo aposentado que não quer ficar alienado, leio sempre todos os blogs que falam sobre assuntos do BB e da Previ. Não gosto de escrever, e está sendo muito forçoso para mim fazê-lo, no entanto, conhecendo bem este Blog, e acompanhando o posicionamento do querido Marcos Cordeiro, estou achando um absurdo uma grande parte dos colegas que escrevem fazendo propaganda explícita das chapas Semente da União e da Parcipação (duas das várias chapas concorrentes à Previ e à Cassi). Não concordo, não concordo porque estão fazendo de sua opinião uma espécie de propaganda destas duas chapas. Creio que este é um ótimo lugar para se discutir nossos problemas e sonhos como aposentados, mas não um palanque político destas duas chapas.

Onivaldo Lopes

Anônimo disse...

Ô Onivaldo, ô Onivaldo, te liga, ô rapaz.
Não é tanta gente assim não, isso é aquele truque dos espelhos, aquele jogo que multiplica poucas imagens numa sala cheia de espelhos.

Anônimo disse...

Caro Onivaldo

Absolutamente, não concordo com você, o homem é um animal político, somos políticos por natureza e se eu estou com a Semente da União, vou falar disto em todos os meus discursos, e se tem alguém da participação ou qualquer outra chapa, eles que vendam seu peixe.
Atitudes como a sua é que estão valendo hoje na China. Lá, todos os blogs estão sendo monitorados, cheios de regrinhas. Somos um povo livre.
E pra manter esta liberdadade, Semente da União neles.

Anônimo disse...

Caro Onivaldo, eu acho que tudo que excede torna-se inconveniente. Assim, considerando que você tem razão, eu proponho o seguinte: nós só vamos divulgar a CHAPA SEMENTE DA UNIãO entre os aposentados do Banco do Brasil; portanto ,colegas, niguém vai divulgar nosso trabalho para a turma do BACEN ou da CAIXA. Fica restrito ao grupo do BB. Outra cousa, Onivaldo, embora confiidencial estou lhe informando que é a única Chapa FICHA LIMPA, segundo relatos de entendidos. Cordialmente, Divany Silveira -S Lagoas-MG

Anônimo disse...

Atenção!!! SÓ entre os aposentados??? E os da ativa tambem votam e, considerando-se o numero de chapas inscritas só os aposentados não vão eleger a Semente da União. Os da ativa só no PB1 são 30 mil.Pé no chão.

Alvaro Fonseca disse...

EU VOTO NA CHAPA PREVI FORTE POR FAVOR DIVULGUEM MINHAS RAZÕES:
SUPERÁVITS: questionar a conveniência e necessidade das sucessivas e bilionárias reavaliações de ativos, inclusive como mecanismo para elevação artificial de superávits, de interesse especial para o patrocinador.
PARTICIPAÇÃO EM EMPRESAS: aperfeiçoar os critérios de seleção de conselheiros coibindo indicações políticas, acúmulo de cargos no processo seletivo, evidenciando aos participantes sua classificação e a dos demais inscritos que forem selecionados, para cada empresa.
FISCALIZAÇÃO INDEPENDENTE: segregar as funções de administrar e de fiscalizar, propondo alteração futura no regulamento de eleições, facultando ao eleitor votar em conselho fiscal distinto de qualquer chapa.

Anônimo disse...

Divany

Fiquei chocado com só uma chapa ficha limpa (por acaso a sua) gostaria de detalhes do referencial destes tais ENTENDIDOS (será?) de Sete Lagoas, por sinal terra muito boa.

Anônimo disse...

Onivaldo e os Espelhos

Tenho analisado a participação de vários comentários nos mais diversos blogs que tratam de nossa luta com aposentados do BB, e percebo que na verdade existe um grupo (ou quem sabe um só) falando muito sobre chapas concorrentes à Cassi e à Previ. No entanto, quando falo com outros colegas da ativa ou aposentados sobre o tema, percebo que eles estão pouco ligando para estas chapas. Eles não sabem, alguns nem querem saber destas eleições. Aí fico pensando meu caro senhor dos espelhos, quantos votos estamos ganhando, quantos estão se interessando por estas eleições.
Para o grupo (ou quadrilha) que está no poder, quanto mais silêncio melhor, quanto menos se falar melhor, pois eles se beneficiam da falta de conhecimento sobre nossas lutas.
Não consigo concordar com os espelhos (caso eles existam - e devem existir mesmo), mas pelo menos evocam a reflexão sobre esta Guerra. Espero que os senhores espelhados falem menos dos nomes das chapas, e muito mais sobre suas propostas.

Axel