quinta-feira, 9 de agosto de 2012

A maldição da velhice


A maldição da velhice

Marcos Cordeiro de Andrade

Caros Colegas,

Enquanto o resto do mundo festeja o crescente índice de longevidade da espécie humana, no Brasil creditam-se insucessos exatamente a este “fator de risco”. No país do futuro que não chega nunca, é proibido ingressar na terceira idade para não provocar a falência dos órgãos – não dos humanos, mas os do Estado. Sem precisar ir longe, por enquanto fiquemos comentando sobre o nosso mundinho de longevos dependentes da PREVI e da CASSI, mais precisamente, subjugados por seus despreparados condutores – servis objetos dos patrões que lhes pagam nababescamente para servi-los.
   
Partindo do pressuposto de que dirigentes eleitos ao se apresentar em público em nome dos cargos que exercem expressam a vontade das Entidades representadas, concluímos que os aposentados e pensionistas oriundos do BB estão no mato sem cachorro, simplesmente porque envelheceram além da conta.

Em recente evento em que as duas Caixas que cuidam desses velhinhos foram convidadas para dar explicações o resultado foi catastrófico.  Acostumados às táticas de campanha em que estatísticas mascaram o pouco saber, os palestrantes não se fizeram de rogados na apresentação de percentuais comprobatórios da pujança de suas loas, segundo relato de quem esteve presente ao falatório, aqui reproduzido parcialmente.

A Diretora Mirian Cleusa Fochi, da CASSI, declarou com todas as letras que uma das razões principais das dificuldades atuais enfrentadas pela CASSI é “o elevado percentual de pessoas idosas atendidas (23%)”, acrescentando que “nos últimos três anos, a receita cresceu 33%, contudo a despesa aumentou para 57%” - provavelmente por conta do atendimento aos associados que envelheceram mais que o permitido pela lógica da Caixa de Assistência, deduz-se. Nesse ponto, culminou sua explanação recomendando que “todos devem zelar pelo equilíbrio tão necessário para a manutenção do Plano” - talvez insinuando que devamos morrer logo, enquanto há tempo para salvar a CASSI.

Já o Diretor de Seguridade da PREVI, Marcel Juviniano Barros, sindicalista de carteirinha, também usou e abusou de falsos percentuais para lançar culpabilidade sobre os velhos assistidos pela PREVI, o fundo que é responsável pelos benefícios previdenciários complementares, pagos com o fruto do que nós poupamos em décadas de contribuições mensais e ininterruptas. Com pompa e circunstância, alegou o ilustre dirigente que o ES chegou ao teto dos limites de concessão porque os velhos não têm capacidade de solver prestações mais altas, esquecendo que essas mensalidades são descontadas na FOPAG e enquadradas em margem consignável, sem a mínima chance de fabricar inadimplência. Reforçando a argumentação, acrescentou que o fundo de quitação por morte (FQM) amarga vultosos prejuízos porque morrem muitos desses velhos sem pagar por empréstimos contraídos. Neste ponto, mais uma vez mostrou desconhecimento do que ocorre em sua pasta: tal seguro tem essa destinação única e é bem remunerado por quem o administra com prêmios cobrados em taxas diferenciadas por faixas etárias, num crescendo escalonamento onde os mais velhos pagam mais, exatamente para neutralizar o risco – alegam.

No desenrolar do seu discurso cometeu outra impropriedade ao culpar os velhinhos que buscam na justiça reparação de danos materiais impostos aos seus benefícios. Certamente querendo dar recado dos seus patrões que tentam desestimular esses pleitos, por serem visíveis os sinais de sucesso, fez terrorismo com a falsa argumentação de que em 1187 casos das ações de recálculo da Renda Mensal Inicial (RMI) “93% vão ter seus benefícios diminuídos” numa flagrante demonstração de que fala sem conhecimento de causa, pois, com embasamento na Súmula 288 do TST e no Art. 468 da CLT, está assegurado que, se o cálculo da justiça for menor que o apurado pela PREVI por ocasião da aposentadoria, o judiciário descarta o participante da ação com a finalidade de não prejudicá-lo.

Súmula 288 do TST - COMPLEMENTAÇÃO DOS PROVENTOS DA APOSENTADORIA. “A complementação dos proventos da aposentadoria é regida pelas normas em vigor na data da admissão do empregado, observando-se as alterações posteriores desde que mais favoráveis ao beneficiário do direito.”

Art. 468 da CLT - “Nos contratos individuais de trabalho só é lícita a alteração das respectivas condições por mútuo consentimento, e ainda assim desde que não resultem, direta ou indiretamente, prejuízos ao empregado, sob pena de nulidade da cláusula infringente desta garantia.”

Como se vê, virou lugar comum por a culpa nos velhos assistidos para encobrir a incompetência de gestores da Cassi e da PREVI. E não é de hoje que os oriundos dos quadros do BB sofrem preconceitos nas mãos de quem deles deveria cuidar. Ontem, enquanto na ativa, os velhos de hoje foram taxados de marajás pelo Presidente Collor e, mais recentemente, já aposentados, um dirigente do Fundo nos rotulou de velhinhos trambiqueiros.

Por isso, repito, estamos no mato sem cachorro. Melhor dizendo, viver muito é prejudicial à saúde da CASSI e da PREVI.

Leia a Revista Direitos, da AAPPREVI:


Marcos Cordeiro de Andrade – Curitiba (PR), 09 de agosto de 2012. www.previplano1.com.br

34 comentários:

HELENO PINTO NOBRE disse...

BOM DIA; REALMENTE EU QUE ENTREI NO BB EM 1977 E SAÍ EM 2004 E JÁ FAZEM 08 ANOS QUE VENHO SOBREVIVENDO APÓS TER TRABALHADO 35 ANOS E PAGO A PREVIDÊNCIA OFICIAL TODO ESTE TEMPO JÁ CONCLUIA QUE O BB QUERIA QUE EU ESTIVESSE MORTO.

UM PEQUENO FATO QUE LEMBRO; EM CONTACTO COM UM COLEGA DE OUTRA AGÊNCIA MENCIONEI ESTE FATO ; VIA INTERNET E COMO TINHA A MANIA DE IMPRIMIR O QUE ESCREVIA ;COMO TENHO ATÉ HOJE; O GERENTE CASUALMENTE ENCONTROU O QUE TINHA FALADO PARA ESTE COLEGA ; E ME QUESTIONOU O MEU PENSAMENTO ; DIZENDO QUE NÃO ERA ISTO. EU O CONTESTEI E ENTENDO HOJE O QUE JÁ ENTENDIA NAQUELA ÉPOCA 08 ANOS ATRÁS.
REALMENTE BB/PREVI/CASSI; SEJA QUEM FOR; ELES REALMENTE QUEREM A NOSSA MORTE MESMO E DE PREFERÊNCIA PARA ONTEM. SABEM QUAL O MOTIVO : EU DIGO; E NÃO MANDO DIZER ; A DES-HUMANIDADE É CADA VEZ MAIOR. E NO BANANÃO ( O PAÍS EM QUE VIVEMOS ) VELHO É "BUCHA DE CANHÃO" E ESTA CANALHADA QUE GOVERNA QUER VER A NOSSA MORTE PARA PODEREM METER A MÃO NO QUE NÃO CONTRIBUÍRAM E SABEM QUE AINDA TEM UM PATRIMÔNIO QUE NÃO É DELES PARA PODEREM SE LOCUPLETAR.!
FINALIZANDO : ME IDENTIFIQUEI PLENAMENTE COM O TEU COMENTÁRIO E NÃO PUDE RESISTIR A VONTADE DE DECLARAR O QUE JÁ SENTIA ANOS ATRÁS .

HPN; MATRICULA 3984740-3; JAMAIS ANÔNIMO ; ESPERANDO NÃO TER OFENDIDO NENHUM SENTIMENTO E BASTANTE REVOLTADO VOU FUTURAMENTE ME RECOLHER AO TÚMULO INJURIADO COM O "BANANÃO"; O PAÍS EM QUE VIVEMOS .!
BANANÃO É O NOME QUE UM RADIALISTA DE PORTO ALEGRE; RÁDIO GUAÍBA ( HOJE COMPRADA PELA REDE RECORD );. CHAMADO ROGÉRIO MENDELSKI ; QUE APELIDOU O PAÍS EM QUE VIVEMOS .!

E EU REALMENTE ACHO QUE VIVEMOS NO BANANÃO. EMBORA O PAÍS NÃO MERECERIA ESTA ALCUNHA .

Anônimo disse...

Cade os juizes para punir a PREVI, BB?
Não seguem leis! Leis são para serem cumpridas.
Súmula 288 do TST - COMPLEMENTAÇÃO DOS PROVENTOS DA APOSENTADORIA. “A complementação dos proventos da aposentadoria é regida pelas normas em vigor na data da admissão do empregado, observando-se as alterações posteriores desde que mais favoráveis ao beneficiário do direito.”

Manoel Sales disse...

Sr. Marcos, meus parabéns pelo majestoso comentário. Gostaria de saber se o senhor permite que se faça edição dessa resenha sem alterar o texto original, mas apenas acrescentando pequenos parênteses aos mencionados gestores. Aguardando sua manifestação. Obrigado.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caro Manoel Sales.

De acordo.
Todos os meus artigos estão disponíveis para publicação.

Anônimo disse...

E pensar que somos nós que elegemos essas tranqueiras para nos representar. A foca e o Bareta tão seguindo direitinho a cartilha que o bb lhes entregou

Paulo disse...

Sr Marcos Codeiro e honrados diretores da AAPPREVI,
Como sempre faço, acabei de ler a sua postagem do dia.
É realmente uma temeridade para nos, associados e dependentes dos
serviços nas mãos da PREVI e da CASSI, ter essas duas entidades que segundo a Constituição Brasileira deveriam existir para nos ajudarem a ser felizes.

Estou aqui imaginando se a situação dessas dua entidades estão assim tão sombrias com que direito o BB tem constantemente se apropriado de nossas sagradas reservas inclusives o último assalto de 7,5 bi e tambem esse serviço de qualidade duvidosa que a Cassi tem nos prestado.

E esses canalhas ainda querem salarios e aposentadorias de 80 mil.

O mais triste ainda é uma imensa maioria de velinhos que por confiarem tanto naquele BANCO de antigamente, seguem alheios a beira de lugar nenhum.

Só podemos desejar, mesmo é que a Justiça Divina se faça sobre todos.

Anônimo disse...

Mais uma vez estao mudando o foco.No caso ES estao culpando os velhinhos que insistem em nao morrer e dao prejuizo a Previ e na Cassi, idem.
Colegas, o verdadeiro motivo para nao dilatarem o prazo do ES e aumentarem o limite e outro.Tem um percentual que a Previ pode usar para o ES e o que sabemos e que esta bem aquem, por que?
Tem que sobrar muuuuito para emprestar para a cupula comprar imoveis de R$900.000,00 ou voces ja esqueceram?????
Duda

Rogério Luiz Carvalho disse...

Caro amigo Marcos, excelente como sempre o post, parabens, acertou em cheio. Mas pelo que lí, o diretor Marcel comentou a pura verdade, quem manda na PREVI e, quem resolve a lenga lenga do ES é o BB, e para mim
já estava claro, o Sasseron nunca disse isso, mas o diretor Marcel nas entrelinhas disse. Marcos, acho que podemos contar é com a mudança da data base para janeiro. Abraços a todos e bastante Paz e saúde. Rogério Luiz Carvalho Pelotas .RS.

Cláudio Augusto Falco disse...

Preocupamo-nos muito em deixar um País melhor para nossos filhos, e, descuidamo-nos de deixar filhos
melhores para nosso País.
- É a velha máxima: A cria acabando com seu criador... Ou melhor: Os eleitos acabando com seus eleitores!

Chico Alves disse...

Haja desfarçatez! Quer dizer, então, que o Sr. Marcel, que hoje anda acocorado, não sabia que a Previ é ninho de cobras? Pede pra sair, Marcel!!

Anônimo disse...

Olá, Marcos!

A Palavra de Deus nos diz:

Devido ao aumento da maldade, o amor de muitos esfriará, mas aquele que perseverar até o fim será salvo.
Mateus 24:12

Uma sexta feira abençoada para voce e sua família.

Anônimo disse...

Dona Miriam, não envelheça para não dá prejuízo a Cassi.

Anônimo disse...

Estou decepcionado, pois se ficar VELHO é dar tanto trabalho assim, melhor é MORRER.Mas não se esqueçam que se vcs chegarem na nossa idade vão se lembrar do que fizeram para os VELHINHOS TRAMBIQIUEIROS. O castigo virá a CAVALO>

Anônimo disse...

É a mais perversa técnica de eutanásia induzida camufladamente, despojando o velho de seus direitos, remetendo-lhe ao abandono e à morte, para garantir o bônus demográfico, desonerar as contas previdenciárias e incrementar os desvios.
"O Estatuto do Idoso nada mais é do que medida pró forma política" (feito só para preservar a aparência frente à opinião internacional), porque na prática não existe.
Neste país, como na Holanda, ser velho é crime.

Anônimo disse...

Prezado Marcos Cordeiro, saudações cordiais.

Através de você, eu quero transmitir, para todos os seus seguidores que sejam pais, os melhores votos de coragem, serenidade e, sobretudo, fé no Senhor da Vida(Gênesis 1-2, 4), pela comemoração do Dia dos Pais, próximo domingo.

Caro amigo, permita-me considerá-lo, em certa medida, um pouco "pai" de muitos dos seus seguidores, pela dedicação integral, pelo idealismo de buscar a verdade e a justiça, enfim, por nos amar, gratuitamente, a distância, com tantos gestos de coragem, exposição pessoal e enfrentamento do mal que lhe custam muitos dissabores.

Grato por tudo e receba um sincero e especial PAZ E BEM!

Fernando Lamas
Valinhos(SP)

"PAI NOSSO que estás no céu,..."
Mateus 6, 9-13.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

COMUNICADO DA AAPPREVI

AÇÕES JUDICIAIS – Remessa de documentos.

Em virtude do elevado número de irregularidades consumadas, informamos que:

Os documentos encaminhados fora das recomendações registradas na página do site, correspondente a cada Ação pleiteada, somente serão processados depois do exame dos demais, corretamente acondicionados, o que obviamente redundará em atraso no ajuizamento dos processos na situação em desacordo.

Essa informação decorre do fato de que quem atende às recomendações não pode ser preterido na tempestividade do atendimento, em função do desvio de tempo necessário para atender e reparar irregularidades (substituir envelopes pequenos, tirar cópias de documentos originais, extrair grampos, clips, colagem indevida, padronizar cópias para o formato A-4, etc.).

Por tudo isto, agradecemos a compreensão dos pretendentes ao ingresso nas ações patrocinadas, prtometendo dar atendimento no mesmo dia em que os envelopes nos cheguem às mãos, como tem acontecido.

Atenciosamente,

Marcos Cordeiro de Andrade
Presidente Administrativo

sergioinocencio disse...

MARCOS,

elegeram, pq eu não votei neles, e agora como sinal de agradecimento aos tansos que votaram neles resolveram brincar de mudinho, nõ dizem nada e nada informam, mais quando tem oportunidade de uma mordomiazinha, usam de toda tecnologia e numerologia para explicar nada, e assim vamos, aguardando boas novas, que nuna chegam.
Quanto a atender o pedido deles , nada feito, pretendo ficar e muito por aqui.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

ATENÇÃO! Será que a CASSI vai incluir mais esse procedimento na TGA?

Locarno – exclusão e eutanásia dos velhos
9/8/2012 19:01, Por Rui Martins, de Locarno

A eutanásia dos velhos será uma economia para as caixas de pensão e seguradoras.

Locarno continua sendo o Festival da descoberta, do cinema independente e não comprometido. Esta nova safra de filmes mostra alguns temas dominantes. Muitos filmes tratam da velhice, um achado para os atores aposentados e marginalizados pela idade, vivendo um tipo de exclusão que se acentua em tempo de crise.
Essa exclusão de uma população inativa pode sugerir a idéia perigosa da sociedade se desfazer dos velhos, sugerindo-lhes a idéia de se suicidarem, a chamada morte ou suicídio assistido. Melhor coisa não poderia se inventar para se equilibrar os orçamentos das caixas de pensão estatais ou das seguradoras privadas, condenadas a pagarem rendimentos a idosos com esperança de vida cada vez mais longa.
Um filme francês Algumas Horas de Primavera, de Stéphane Brizé, mostra, como ocorre na intimidade, o suicídio dos que decidem colocar um ponto final na existência, seja pelo risco da fase final dolorosa de uma doença grave como o câncer, seja pelo receio de se tornarem velhos decrépitos, senis e dementes. Ou em consequência de uma depressão causada pela solidão.
Basta o candidato ao suicídio subir os Alpes e ir à Suíça, onde o decrépito segredo bancário começa a ceder lugar à eutanásia oferecida pelas associações Exit e Dignitas. Num ambiente de extrema frieza, mesmo cruel e asséptico, num pequeno quarto, quase isolado, o suicida toma suas duas poções com sabor de morango ou limão, pode escolher o gosto, perde gradativamente a consciência e morre, para ser logo depois incinerado e suas cinzas serem jogadas num lago ou rio suíço.
Algumas Horas de Primavera tem como tema as difíceis relações entre a mãe idosa e seu filho único de 48 anos, recém-saído da prisão e desempregado, que volta a morar com ela por falta de recursos. A incomunicabilidade total entre ambos reforça o desejo da velha senhora de por fim à vida, ao receber a confirmação de um câncer no cérebro.
Ao contrário de outros países latinos e dos países árabes, a cultura francesa privilegia a independência e a fragmentação familiar, com o hábito dos filhos irem viver sós ao chegarem a maioridade. O resultado dessa separação pode repercutir na época da velhice dos pais, praticamente abandonados pelos filhos sem vínculo familiar. É grande o número de idosos vivendo sós na França, sem contato com filhos e netos, em estado latente de depressão, presas fáceis para se desfazerem da vida pela eutanásia.
Rui Martins, de Locarno, convidado pelo Festival.

Fonte: Correio do Brasil - http://correiodobrasil.com.br/locarno-exclusao-e-eutanasia-dos-velhos/498988/

Anônimo disse...

Vai ser um dia dos pais amargurado: sofro um "intenso bombardeio" telefônico de credores(Financeira e cartões), além dos "troféus" SERASA, SCPC e CCF.
Tenho que aguentar!
Tenho que aguentar!
Vai passar.

Anônimo disse...

Enquanto não for levado ao conhecimento da mídia todas as falcatruas até hoje ocorridas na Previ, dificilmente o governo tomará qualquer atitude que venha beneficiar aposentados e pensionistas, únicos prejudicados.

Assim é que, sempre que alguém me vem com reclamações de mal atendimento na agência em que mantém conta, eu digo que continuará sendo mal atendido enquanto não denunciar para a superintendência. E explico: se de sua agência nenhuma denúncia de mal atendimento a superintendencia recebeu, fica claro que tudo alí ocorre dentro dos conformes, isto é, os funcionarios são atenciosos e competentes e os clientes estão satisfeitos e felizes.

No nosso caso, não é o governo que precisa saber da maldade que estão fazendo com os aposentados, pois ele sabe; quem tem que estar informado de tudo isso é a sociedade.

Para o povo, as relações entre o BB/Previ e seus associados transcorrem as mil maravilhas.

Por isso, meu amigo, vamos denunciar. Denunciando, o povo vai saber a verdade e sabendo a verdade, o governo será pressionado e, em sendo pressinado, ele nos atenderá.

Como algumuem sempmre diz smj.

Anônimo disse...

Ao Anônimo das 13:53 de hoje.Se formos à mídia,lá seremos chamados de aposentados marajás do banco do brasil.Para que classe mais sofrida que a dos professores:salários baixos,muita dedicação e o governo nem ai.Os pais dos alunos e apopulação também indiferentes.Veja,ontem , aqui no norte de minas,como a presidente da república foi recebida.A Popularidade de Dilma e do outro em torno de 70a 80%,fruto das cestas básicas.Não tem mais jeito:cesta alimentação,cesta cinema,cesta maternidade,cesta b otijão de gas,cesta presidiário para mulher e 4 filhos R$ 3.999,99 e o salário minimos de um pai de família 600,oo, pode isso?Edmílson de Januária mg.

Anônimo disse...

Tem razão o colega Edmílson. O Governo não tem protegido nem os menos favorecidos, a saúde está um caos, as universidades em greve pois professores estão ganhando miséria, os policiais em greve, etc. Se nós formos à mídia vão nos cair de pau isso sim.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

FELIZ DIA DOS PAIS!

Julita disse...

Feliz Dia dos pais, Sr Marcos!
Que Deus continue te abençoando!!!
Obrigada, por tudo o que tem feito por nós, PENSIONISTAS e APOSENTADOS!!!
Abraços, Julita

Anônimo disse...

Parabéns para todos os papais que frequenta esse, e outros blogs. Parabéns Marcos! E tudo de bom para você.

Lena,

Anônimo disse...

Parabens pelo dia dos pais para todos . Para o meu que está no céu tambem.

jeanne disse...

Marcos , Givan e demais meninos: Feliz dia dos pais.Abraços, jeanne.

JVasconcellos disse...

Grande Amigo Marco


Feliz dias dos Pais, que Deus o conserve, e te de bastante saude para continuar a LUTA por NOS APOSENTADOS

Jaym/Adelma

Rogério Carvalho disse...

Marcos, Gilvan Ari e toda a diretoria da AApprevi e demais blogueiros, um Feliz dia dos Pais,
bastante saúde para todos e, que
Deus nosso Senhor nos abençõe. Marcos, só espero que o meu xará, o
deputado Rogério Carvalho, de andamento sem cortes na PLP 161/2012, o que acho muito dificil,
mas vamos aguardar para ver como é que fica. Abraços, Rogério Luiz Carvalho. Pelotas.RS.

Anônimo disse...

Tio Marcos

o gatinho do post que segura uma
menininha é o mesmo que estava com
a boca amordaçada na capa da revista da AAPPREVI. Esse moço, que segura a menininha linda e loirinha é o Junior? E a menininha é a sua neta?

Se for, quero ser sua nora

Laís Santa Catarina. Parabéns tio, pelo Junior

Lázara Rabelo disse...

Caros Marcos, Gilvan, e D+ Pais,

Tudo de Bom para vocês! Muita Saúde, Paz, e Prosperidade!

Abs,
Lázara

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Laís,

Lamento desapontá-la. As fotos divulgadas não são pessoais. Todas as imagens da Revista foram tiradas do banco de imagens iStockphoto.com, mediante autorização e/ou pagamento.

As imagens do blog são procuradas aleatoriamente na internet – todas do domínio público.

Mas, não é por isso que deixamos de receber seu comentário como elogio sincero e carinhoso.

FELIZ DIA DOS PAIS junto aos seus familiares.

Abraços respeitosos,

Marcos e Júnior.

elvira disse...

Feliz Dia dos Pais, para todos os colegas. Muita paz!

Anônimo disse...

Marcos,parabens mesmo atrasado pelo Dia dos Pais e a todos os papais do blog e para as colegas que como eu foram papais e mamaes tambem.
O meu esta no ceu ha muitos anos e agora esta junto da minha mae, olhando por mim e por minha familia.
Duda.