sexta-feira, 3 de novembro de 2017

AAPPREVI - Consulta processual


COMUNICADO Nº 109
Curitiba (PR), 01 de novembro de 2017.


AAPPREVI - AÇÕES JUDICIAIS – ÁREA DO ASSOCIADO


Caros associados.

Há alguns dias nos deparamos com parcial inconsistência no nosso Sistema Informatizado, ocasionado por sobrecarga de informações aportadas em cadeia. Isso se deu por conta da implementação de novas Ações, comportando imprevisto número de processos ativados simultaneamente (ICMS, ANUÊNIOS, FGTS e READEQUAÇÃO DO TETO, principalmente).

Em vista disso, nosso DTI (Departamento de Tecnologia da Informação) achou por bem proceder a uma varredura em todo o Sistema, com o intuito de evitar o risco de repetição da impropriedade. Para tanto, foi necessário rever todos os elementos registrados na área afetada, excluindo parte deles para acurado exame e posterior realimentação, como no caso das Ações RMI e Readequação do Teto do INSS.

Mesmo assim, o incômodo é pontual e passageiro. Por isso mesmo, nada impede que os interessados continuem indagando dos seus processos junto aos Escritórios conveniados, cujos endereços eletrônicos estão disponíveis na página CONTATO do nosso site. Vale lembrar que toda consulta processual demanda pesquisas a cargo dos advogados condutores (que detêm a prerrogativa do conhecimento). Estes, por sua vez, dispõem de 5 (cinco) dias úteis para o atendimento, por força de cláusula contratual
.
Pelo ocorrido pedimos sinceras desculpas, ao tempo em que encarecemos aguardar o retorno à normalidade do Sistema, com a realimentação da Área do Associado do site www.aapprevi.com.br quando, então, todos os processos recuperarão a capacidade de consulta diretamente no Portal dos Tribunais, em tempo real sempre que possível.

Atenciosamente,

Marcos Cordeiro de Andrade
Presidente Administrativo
presidencia@aapprevi.com.br



AAPPREVI
Rua Padre Anchieta, 2540, Sala 1417
Bigorrilho - CEP 80730-000
CURITIBA (PR)

4 comentários:

Marcos Cordeiro de Andrade disse...


05/11/2017
Saiba fugir dos principais golpes contra aposentados
Marcela Marcos
do Agora

A aposentada Edda Leonor Sansoni, 85 anos, está processando uma associação que a enganou. Em 2013, ela recebeu uma correspondência com instruções para dar entrada em um processo que supostamente serviria para aumentar o benefício que recebe do INSS.

"No lugar indicado na carta, me disseram que eu teria que pagar R$ 1.000 para um perito e também assinei uma procuração. Eu não sabia, mas estava ficando sócia de um clube de luxo que a associação tinha." A cobrança pela sociedade só veio dois anos depois: R$ 3.000.

Edda é uma das centenas de aposentados que, mensalmente, procuram o Sindnapi (Sindicato Nacional dos Aposentados) para pedir ajuda em casos desse tipo. A Fundação ProconSP (Programa de Proteção e Defesa do Consumidor) também é acionada, mas com menor frequência.
Fonte: Jornal Agora S. Paulo.

Marisa Moreira disse...

Boa tarde Marcos !!


Gostaria de saber se posso mandar o link da Petiçâo da Suspensâo das Parcelas do ES para seu e-mail para que esta Presidencia o postasse aqui ou enviasse para os Associados. Não existe a obrigaçâo de suspender já é sabido.
Uma vez que com mais de 7400 associados, poderiamos contar com apoio e solidariedade de todos. Ja estamos com quase 2000 assinaturas em quase duas semanas. Caso me autorize aguardo sua resposta.
Obrigada. Saude e paz !!!

Marisa Moreira

Marcos Cordeiro de Andrade disse...


Prezada Marisa Moreira.
Boa tarde.

Você pode usar este mesmo canal ou, se preferir, encaminhe seu pedido para um desses endereços eletrônicos da AAPPREVI:

aapprevi@aapprevi.com.br
presidencia@aapprevi.com.br

Você será atendida com prazer. Eu mesmo me encarregarei do atendimento.

Atenciosamente,
Marcos Cordeiro de Andrade

Marisa Moreira disse...

Obrigada Marcos!
Só agora consegui enviar o link para o e-mail da presidencia@.

Amanhã falaremos sobre novas mudanças.

Deus nos abençoe !!