quinta-feira, 25 de março de 2010

Recado do Ebenézer

Caros Colegas.

Ebenézer Aparecido disse:

Do alto da plataforma do pau de sebo galgado em oitenta e uma tentativas transformadas em anos, dou-me ao luxo de ter uma vida razoavelmente confortável sem ter tido a infelicidade de cometer desatinos. Sem receber renda certa, cestas ou comissões complementares ao salário digno, podem dizer também que embalo a velhice sem tropeços financeiros. Mesmo assim não me filiei à AAPPREVI, nem o farei para fugir à tentação de fazer interferências sob o julgamento de que me cabem direitos por dez reais ao mês, como muitos o fazem. Ajudarei muito mais não atrapalhando, embora reconheça que não é justo usufruir o que os outros pagam.

Durante manhãs rotineiras no aconchego da varanda, acomodado na espreguiçadeira egoisticamente pessoal – notebook no regaço das pernas bambas e ao som de pássaros desengaiolados - forço meu tempo transcorrer com a lentidão dos pensamentos bons, ao regalo de um dos poucos prazeres que a quase senilidade me permite com a novidade virtual: acompanhar o Previ Plano Um, bálsamo que unge minha decadente atividade cerebral sob os aplausos de Tico e Teco, meus dois neurônios remanescentes (comparação emprestada da linguagem dos netos).

No entanto, comentaristas gulosos e intrometidos me fazem cochilar por vezes.

Uns poucos deles, desrespeitando as regras da boa convivência, se aproveitam da honesta boa vontade do mediador e tentam tirar proveito para suprir a falta de espaços à propagação das suas preferências políticas, e até frustrações outras. São comentários de anônimos que tentam enganar, com começo e fim enaltecedores das virtudes do Blog, mas com miolo frouxo tratando de assuntos alheios ao que se quer e espera. E política é o que mais buscam, desconhecendo que é coisa que agrada a poucos, mesmo quando exposta na vitrine própria que, positivamente, não é esta em que estamos. Aqui é pouso e guarida de assuntos nobres e a política nos moldes atuais enoja.

Outros, desavisados e avoados, postam questionamentos já explicados e dissecados em respostas anteriores, num atestado do torpor ignorante em que vivem e insistem permanecer. Estes melhor fariam se, forasteiros que são, procurassem o inteiro saber do conteúdo e dos propósitos utilíssimos do Previ Plano Um, do CANAEL e, agora, da promissora e bem-vinda AAPPREVI – antes de cometerem absurdos com perguntas repisadas e de respostas conhecidas.

Assim agindo prestariam um excelente serviço a todos que se deleitam com o restante do que permitem ao Marcos produzir, sem roubar seu precioso tempo. E a mim sobraria o prêmio de redobrar o prazer ao acompanhar as novidades do meu mundo de aposentado do Banco do Brasil, na companhia virtual dos meus iguais - e sem cochilos de enfado.

Ebenézer Aparecido (que não é candidato a nada) pediu. E concordei em publicar.

Marcos Cordeiro de Andrade – Curitiba (PR), 25/03/2010.

29 comentários:

José Luiz disse...

Colega Marcos,

Nosso colega Elbenézer veio como um bálsamo e nos brindou com sua retórica eloquente. Quiçá, tivéssemos milhares iguais a ele, para alimentar nossa tão sofrida alma. Parabéns, Mestre Elbenézer,
pois assim devemos nos dirigir a um grande poeta.

José Luiz

Anônimo disse...

Prezado Ebenézer,

Lamento, mais ninguém é aposentado pelo Banco do Brasil, e sim pelo INSS, inclusive o ilustre. Todavia, gostei muito da quebrada de ritmo, do descanso justo e merecido. Saúde e Paz.

Anônimo disse...

Parabéns ao colega Ebenezer (espero que ele concorde, embora eu não o conheça, em tratá-lo assim
como um colega aposentado). Fico admirado em ver que uma pessoa com 81 anos tenha tamanha clareza e capacidade de expressão. Seu texto é admirável. Isso demonstra mais uma vez a qualidade dos funcionários que formaram o BB e a PREVI, nada a ver com os novos que dificilmente redigiriam um memorando. O BB nunca mais vai ser o mesmo

Anônimo disse...

Marcos,

sugiro ao Eenézer colocar um cinto de segurança em sua espreguiçadeira,afinal daqui para frente tudo vai se repetir, choros e choramingos, pois com toda certeza desta chuva de inicio de outono, colocarão a mão em nosso Superavit, e a nós restara apenas o muro das lamentações. Q se ha de fazer ??????????


sergioinocencio

Marcos Cordeiro (André) disse...

RESPOSTA DA PREVI:

Senhor Marcos,

Esclarecemos que não é prerrogativa da PREVI o reconhecimento ou não de entidades de classe ou representativas de participantes e assistidos. Sendo assim, não existem orientações a serem repassadas com esse objetivo.

Adicionalmente, informamos que desconhecemos o fato descrito no 2º parágrafo de sua mensagem.

GUSTAVO ROCHA LISBOA
Gerência de Atendimento
PREVI

----------------------------------------------------------------------------------------------

Data: 15/03/2010 17:57:18
Assunto: Outros Assuntos - Reconhecimento de Associação
Tipo: Solicitação

Mensagem:
Senhor Presidente,

Pedimos informar quais os procedimentos que devemos adotar para que a PREVI reconheça a existência da nossa Associação e qual a via para encaminhamento da documentação pertinente.

Um associado solicitou cancelamento da inscrição sob a alegação de que essa Caixa informou-lhe não reconhecer nossa Associação, muito embora tenhamos participado a fundação por meio de e-mail.

A Associação dos Participantes, Assistidos e Pensionistas do Plano de Benefícios N°1, da PREVI ¿ AAPPREVI, que também usa o nome fantasia Associação dos Aposentados e Pensionistas da PREVI, foi fundada em 10/02/2010 e está registrada no CNPJ sob o n° 11.632.592/0001-80, de 04/03/2010 com Alvará da Prefeitura de Curitiba n° 925.320, datado de 05/03/2010.

Todos os documentos comprobatórios da sua fundação, inclusive o Estatuto estão disponibilizados ao público no site da Associação www.aapprevi.com.br, em formato que permite impressão.

No aguardo de sua valiosa orientação, firmamo-nos, atenciosamente,

Marcos Cordeiro de Andrade
Presidente Administrativo da AAPPREVI




Matrícula: 6808340
Nome: MARCOS CORDEIRO DE ANDRADE
DDD-TEL: 41 Telefone: 32353340
E-mail: marcosmca@yahoo.com.br

Anônimo disse...

Marcos e pessoal do blog,

Acho que está na hora de eu me afastar de postagem aquí já que estam acontecendo renovados elogios para aqueles que uma forma ou outra querem gerar mais classes de participantes(até parece que não existe tantas: aposentados que entraram no BB antes de 67, aposentados que entraram depois e por aí vai). Agora querem a classe dos "anônimos" e no alto da soberba desprezam estes e dizem que vão responder (questionamentos nem um pouco ofensivos muito antes pelo contrário) mais tarde. Também estam criando a classe daqueles, que por qualquer motivo que seja, renovam suas perguntas e suas aflições. Aliás aquí é necessário se fazer um comentário: NINGUÉM NASCE SABENDO e muitos fatos aqui comentadas são novos para alguns colegas nossos da ativa ou não. Se são novos por que deveriam ter acompanhado o que acontecia, principalmente com a PREVI, e não o fizeram e agora correm atrás isto não é o mais importante. Devemos ter paciência e, se for o caso, explicar uma vez, duas e outras mais que forem necessárias. Aliás deduzo que nosso colega desta postagem não deva ter muita paciência. A vida está lhe dando oportunidades. Este blog é mais uma e pelo jeito não está aproveitando.
Penso Marcos que você, como moderador e presidente da nova associação, deveria se pronunciar se está sendo enfadonho para você e se você está sem paciência, também, para repetir esclarecimentos de alguns questionamentos do pessoal do blog.
Estava me esquecendo de duas coisas: a primeira: NÃO ESQUEÇAM que tem pensionistas acessando e perguntando sobre fatos, regras, normas etc que possivelmente não tinham conhecimento disto já que, normalmente, quem se inteirava dos fatos (quando faziam) eram seus esposos aposentados. A segunda: será que este blog e a nova associaçaão foram feitos para que deles participassem somente o pessoal aposentado há mais tempo. Se for isto por favor ME AVISEM porque, para no mínimo 50 colegas eu já mandei mensagem salientando que acessem o blog e o site da associação e que tomassem conhecimento deste novo movimento. E a sua grande maioria está aposentado entre três e cinco anos. Talvez alguns tenham se associado ou não.
Confesso que estou aposentado há três anos e muitas vezes não sinto que eu seja público alvo de ambas ferramentas recem criadas.
Uma obra não se faz sózinho ou somente com uma categoria profissional. Se vamos construir uma casa não a faremos somente com pintores de parede. São necessários os pedreiros, o pessoal da parte elétrica, da parte hidraúlica e assim vai.

Pedro.

Ex-anônimo e ex-escrevente de comentário. Quiça, talvez, um ex-leitor dependendo do andar da carruagem.

Anônimo disse...

Meu caro Ebenézer,
O espaço do PreviPlanoUm é para aqueles que ainda insistem em subir em riste no pau de sebo, na esperança de dias melhores. A AAPPREVI e o Previ Plano Um são campos de batalhas desprovidos de espreguiçadeiras. Infelizmente não é o campo para deleites. Se o senhor fosse menos egoista serviriam para auscutar as angústias dos gulosos e sedentos por justiça, dos desafortunados de reconhecimento pela vida dedicada à Empresa que consumiu os melhores anos de suas vidas. Talvez não seja o seu caso, hoje, do alto de sua varanda. Lutam, até desesperadamente, agarrando-se a tudo e a todos, em busca da tábua de salvação. O Mediador do Blog tem essa percepção e tenho a absoluta certeza que abraça a todos os questionamentos porque sabiamente conhece suas origens, de onde partem, até daqueles que o atiram pedras. O senhor já tem o merecido aconchego. Aproveite, e seus netos sabem, o bailar de seus dois últimos neurônios, para curtir o de mais belo que tem a sua volta. O mundo da Web é infinito. O senhor encontrará seu igual."Tire o seu sorriso do caminho que eu quero passar com a minha dor"

Marcos Cordeiro (André) disse...

Ao colega anônimo das 11:20.

Como a maioria de nós, da antiga, o octogenário Ebenézer usou um lugar comum. Ninguém se diz aposentado da PREVI ou aposentado do INSS, mas a regra geral é apresentar-se como "aposentado do Banco do Brasil", como a lembrar os bons tempos da ativa. Também boa parte das Associações com siglas terminadas em BB usa essa terminologia no enunciado.
Ainda bem que surgiu uma que se diz Associação dos Aposentados e Pensionistas da PREVI - AAPPREVI.

Anônimo disse...

Sou aposentado por invalidez e gostaria, se possível, que alguém tirasse algumas dúvidas:

1. Quando nos aposentamos por invalidez, independente do número de contribuições pagas à Previ, somos aposentados como se tivéssemos pago 360 contribuições?

2. A partir da data da aposentadoria, tudo o que for cobrado através das verbas C800 e C810 é considerado excedente? Pergunto isso já que quero entrar com a ação da Renda Certa.

Grande abraço e muito obrigado.

Marcos Cordeiro (André) disse...

Caro Colega Pedro.

Com pesar reconheço que seu comentário encontra sustentação no que tem ocorrido aqui ultimamente. Não sei qual a razão, mas o espírito fraterno existente preliminarmente vem sendo minado como que atingido por um rastilho de pólvora. As mensagens de otimismo estão rareando e o prazer antes demonstrado por todos em aprender e orientar tem sido substituído pelo revanchismo e exposição aos holofotes da vaidade. Honrosas exceções persistem graças a Deus. Isto de classes e castas não deve prosperar em nenhuma esfera da atividade humana. A igualdade entre humanos existe desde o berço e deve nos acompanhar até a morte. É necessário reacender o entendimento de que todo o experiente foi noviço um dia. Ninguém nasceu sábio. Mas todo sábio terá o mesmo fim terreno do ignorante.
Também não é abandonando o barco que faz água que o marujo terá a certeza de ele não afundará. Antes de deixá-lo à deriva deve tentar mantê-lo à tona. Por isso colega Pedro, peço-lhe continuar tentando mudar as coisas. Sabemos que não conseguirá mudar tudo a que se dispõe, mas com seu concurso muita coisa ficará melhor. Sua ajuda nos será muito importante, como tem sido até agora.
Eu, de minha parte, procurarei ser mais tolerante e cumprir a tarefa que me impus: tentar ajudar os aposentados e pensionistas do nosso meio sem me focar em idades, grupos, castas ou pseudo-supremacias. União é igualdade. E para ser igual é preciso união e respeito mútuo.
Continue conosco. Nosso barco não pode prescindir de marujos da sua cepa.

rosalina_de_souza disse...

Colega Pedro,faço as minhas as palavras do Presidente da AAPPREVI,temos muito que aprender,as vezes me sinto tão desesperada em como fazer isso ou aquilo,como buscar forças para lutar contra gigantes que se apossaram do poder,todos nós temos que buscar a união,a fraternidade e a igualdade, seja quem tem 1 10 20 30 50 anos de aposentados,todos estamos sofrendo pelo mesmo mau,talvez uns tem mais ou menos dividas que o outro mais todos tem seus problemas suas aflições e preocupações.
Parabéns por nós alertar das falhas existentes e nós ajude a corrigilas,sou pensionista e tudo que estiver ao meu alcançe para atender uma amiga ou amigo,estou a disposição para ajudar as pensionistas no que precizo for.
Pedro conte comigo sempre,e tenha a certeza estou falando de coração.
Um grande abraço Rosalina de Souza

Anônimo disse...

A colega anonimo de 25/03 15:38h

Será que os dispositivos abaixo, do Regulamento da Previ, esclarecem sua dúvida?
Realmente, não sei se é o caso.

Seção I – Das Disposições Gerais

Art. 82 - Para todos os efeitos previstos neste Regulamento, o tempo de filiação à PREVI será apurado por dias corridos, considerando-se mês completo a parte inteira do número, não arredondado, dado pela seguinte fórmula:

M = TF . 12
365

onde:

M = número de meses completos;
TF = tempo de filiação à PREVI em dias corridos.

§1° - Considera-se como tempo de filiação à PREVI, para os efeitos deste Regulamento, aquele relativamente ao qual o participante para ela contribuiu, até a véspera de início de percepção de benefício previsto neste Plano ou do óbito, se este se verificar antes da jubilação, acrescido, quando for o caso, daquele em que, anteriormente a 15/4/1967, manteve vínculo empregatício com o Banco do Brasil S.A. ou com a própria PREVI.

Espero ter colaborado.

Anônimo disse...

Ao colega aposentado por invalidez,

qdo saiu o renda certa eu jah havia contribuido 360 meses ,contando ativa com o tempo de aposentadoria, assumi em 21.02.75 e aposentei-me em 31.07.2002, bom, eles fazem o calculo como se estivessemos contribuido 30 anos, e depois descontam a PP e por ai afora, no Renda Certa, até onde eu entendo , tem que efetivamente contribuir por 360 meses.


sergioinocencio

Anônimo disse...

Marcos,

Voce cada vez mais humano e paciente com a diversidade do temperamento dos seres humanos e do ponto da vida em que cada um se encontra, parabéns! Marcos por tanto jogo de cintura com seus blogueiros.
Acho interessante que pessoas com tanto potencial, conhecimento e tempo para ensinar, esclarecer e ajudar colegas acham isso uma tarefa enfadonha. Muitos aposentados encontram-se ainda com a vida muito corrida e sem grande tempo para se aprofundar nas questões que estão aí envolvendo Previ,BB, Cassi,Associações etc...
Graças muitas vezes a generosidade de colegas como o Marcos, Rosalina, Jorge Teixeira e tantos outros nos ajudam a ter mais conscientização das injustiças que temos sofrido e nos unir nestes movimentos.


que estão aí envolvendo PREVI,BB,CASSI,ASSOCIAÇÕES

Mariano Branquinho disse...

Alô Pedro, junte-se a nós para somarmos e defendermos os direitos de todos os aposentados ( quer tenha um mês de aposentadoria quer tenha 30 anos ou mais). Colabore com a AAPPREVI através de artigos, comentários e conseguindo mais sócios.
Abraços Mariano Branquinho

Anônimo disse...

ATT do sr. EBENÉZER,

O sr. comunica bem , tem facilidade para se expressar, esta tranquilo gozando bem de uma aposentadoria por mais que merecida. O sr. trabalhou em uma época em que o Banco valorizava o pessoal e que era o maior patrimonio da instituição. O sr. trabalhava em um ambiente saúdavel em que a produtividade de cada uma tinha sua merecida recompensa. Sr. Ebenézer, esse tempo se foi e, infelizmente, não volta mais.
Os tempos mudaram, o Banco ja´não é aquela instituição de fomento, que levava desenvolvimento em região até em tão desconhecida e a trazia para o cenário nacional, incentivando o progresso e levando nova cultura em muitos rincões desse Brasil afora. Hoje isso não existe mais. O Banco só se interessa pelo lucro a qualquer preço. Hoje, o Banco esta transferindo renda do funcionário através de medidas de contenção de despesas, com reajustes muito aquém do lucro apresentado além da retirada de benefícios do funcionalismo. As metas a serem cumpridas pelo funcionários são inatingiveis, coisas que não existiam em sua época. Hoje os funcionários andam trabalhando acima da capacidade humana, a cobrança já não existe mais, pois, foi substuída pelas ameaças. Estão todos estressados. Se continuarem assim, provavelmente eles nunca chegarão aos 81 anos deitados preguiçosamente em uma rede, pois, a qualidade de vida esta deteriorando, onde a aposentadoria deixa de ser uma compensação pelo tempo de uma atividade laboriosa e passa a ser uma fuga para não comprometer mais ainda a saúde. Hoje sr. Ebenézer, dado a situação em que o Banco atravessa, os novos funcionários não estão tendo compromisso com a casa, pois, esse emprego que era tão almejado, passou a ser um bico, a espera de uma oportunidade melhor. A CASSI ou PREVI deixaram de ser um referencial. Até os direitos sobre os superavit da PREVI já não nos pertence mais. Hoje, a própria PREVI trabalha contra seus associados além da duvidosa administração ora em curso. Essa é nossa recompensa.
Sr. Ebenézer, sinceramente, essa mensagem nunca deveria ser escrita, pois não deveria existir motivo para isso. Entretanto a realidade não nos deixa outra alternativa. Ainda bem, sr. Ebenézer, que Deus é fiel, nunca nos abandonará. É o nosso consolo. Boa sorte e que Deus te proteja sempre. O senhor merece.

Marcos Cordeiro (André) disse...

Caro Pedro.

Bom retorno.
Como anônimo ou identificado, o Blog e seus amigos agradecem.

Marco Antônio disse...

Fica, Pedro.
Nossa jovem Associação não pode prescindir de suas valiosas e pertinentes manifestações.

Anônimo disse...

Sobre o reconhecimento de AAPPREVI, como orgão defensor dos participantes do Plano 1, com certeza aquela seria a resposta da PREVI, pois começam a saborear dos objetivos para quais a entidade foi criada: fiscalizar os desmandos praticados pela "representante" dos funci's. Não estranhem se ela sugerir a mundaça de nome de: Caixa de Previdencia dos Funcis do BB, para Caixa de Previdência do Banco do Brasil, já que ultimamente ela só tem cuidado dos interesses do Banco, e usurpado os direitos dos participantes do plano1. Quanta prepotência e Orgulho desses dirigentes. Para reconhecer a AAPPREVI bastaria usar o bom senso;
De igual forma digo do colega "rico" Ebenezer: quanta pôse; precisa humilhar tanto os colegas que por isto ou aquilo não tiveram a mesma sorte dele? Você é mortal! Cuidado para não despencar de sua plataforma. Policie o que sai de sua boca.

Anônimo disse...

Colegas,

Vivas ao Marcos, ao Jorge Teixeira, Rosalina, Pedro Branquinho, Valentin, e tantos outros que aqui se preocupam com os aposentados, e os anônimos que tem receio de represálias.
Represálias que a própria Sr. Cecília alerta em seu blog.
Em frente meus valorosos colegas.
Um dia vou deixar de ser anônimo!
Abç
Anônimo

Anônimo disse...

Continuamos unidos ao nosso Plano 1 e a este blog.
De minha parte, não acho enfadonha a repetição de consultas e/ou respostas, pois denotam nosso desconhecimento e dúvidas sobre tais assuntos, que interessam a todos nós.
Preocupa-nos a vasta multidão de assistidos do Plano 1 que não querem saber NADA de nada do que se passa, nem mesmo acessar um blog, ler uma revista especializada e até solicitar que não lhe enviem NADA de correspondências, apenas o holorite. Muito menos o relatório anual da nossa PREVI !
Sinto que há muitos alienados, que só se preocupam com o seu ócio !(O resto que se danem !)

Ivan Rezende disse...

Pedro, voce tem tido importantes participações, principalmente no levantamento de suas dúvidas que, na realidade, são de muitos e você os está auxiliando.
Não deixe de participar!

Ivan Rezende disse...

Caro Ebenézer, será de muitga importância a sua filiação à AAPPREVI, bem como participar das Ações Renda Certa e Cesta Alimentação, direito dos aposentados. Nem todos ingressam pelo dinheiro, como parece ser o seu caso. Participe de nosso grupo.
Abraços

Anônimo disse...

Marcos e Colegas,

Muita coisa me assusta quando leio que colegas fustigam outros colegas, por isto ou aquilo. É muito ranso armazenado durante anos e anos alimentado pela Previ e pelo banco do brasil, anabbs sindicatos. O motivo está em humilharem seus ex-funcinários, e "ex-aposentados", pois também nem ligam para os mesmos.
Lá vou eu também falando dos outros.
VIVA O EBENEZER.
Abç
Anônimo

Marcos Cordeiro (André) disse...

rosalina_de_souza deixou um novo comentário sobre a sua postagem "A eleição na CASSI":

Meus colegas do Blog Previplano1.

Nesse projeto chamado AAPPREVI, nós aprendemos que devemos conhecer melhor os candidatos antes de os elegermos. Nós aprendemos a ver melhor os candidatos pelas propostas, infelizmente as duas concorrentes (chapa 1 unidos pela Cassi ) composta por Anabb e Contraf CUT é o continuísmo ,talvez mais bondades como o 13 pagamento ou seja mais este presente para todos nós do PB-1 da previ,como usuários da Cassi.( a chapa 03 uma nova Cassi) tem o apoio da federação dos bancários da Bahia e Sergipe .uma promessa ? ( não sabemos ) por esta razão teremos que pensar muito antes de qualquer decisão.
Nessas eleições, conheceremos mais o trabalho eleitoral através do CANAEL,que também serve de parâmetro para nossa escolha,projeto desenvolvido agora que já colhe frutos com a recomendação do Grupo Acorda-BB.
Gosto muito de ter participado do blog ,e de ver os comentários dos colegas que como eu quer ver uma situação melhor tanto no atendimento da Cassi que em muitas regiões é pior que o Sistema único de saúde aqui em Goiás só funciona bem na capital Goiânia,nas demais regiões pessoas tem que se deslocar do interior para exames simples.Agora sabemos o que fazer quando formos votar.
Foi uma boa experiência e, com certeza, saberemos escolher e analisar melhor nossos candidatos.
Parabéns a todos nós pela consciência,determinação e busca da verdade,juntos alcançaremos o nosso grande objetivo,o de votar sem cabresto,sem pressão,livres para escolher o que melhor nós representar.

Anônimo disse...

Ivan Rezende, voce está certíssimo em convidar o Sr. Ebenézer a filiar-se à AAPPREVI e participar das ações mesmo que esse dinheirinho não lhe faça falta, o importante é exigir que o "direito" que lhe pertence seja cumprido.

Acho que muitos de nós que já ocupamos um lugar de destaque dentro do banco temos vergonha de participar de blogs onde constam inúmeros pedidos de melhora de benéficio e ES considerando que algum conhecido vai pensar que nossa situação é apertada, assim
sendo noto que colegas sutilmente colocam em contextos os bens matériais que possuem, para demonstrarem que tiveram uma vida próspera, ora isso aqui não é ORKUT, onde as pessoas só colocam as fotos mais sorridentes tiradas nas melhores festas e viagens que fizeram (como se fosse regra todos viverem em MUNDO DE MORANGUINHOS)

Que bobagem! estamos aqui para pedir, pedir e pedir o que é nosso
o que é melhor para a maioria do PB1, o que está no estatuto da Previ o que está na Lei, e que façam o favor de nos atender, caso contrário existe a justiça, para que se cumpra o direito do mais fraco que é mais vulnerável ao ataque do mais forte, portanto não entrar na justiça em defesa de um direito seu é dar um grande e sorridente abraço no injusto que está lhe lecionando e assim contribuir para que a desigualdade e injustiça aumentem no mundo.

Depois que corajosos expõem abertamente dificuldades é que vemos como esse cordão engrossa e aí sim, vão se amadurecendo idéias
e se achando soluções, portanto bato palmas para todos colegas do blog que tentam ajudar-se mutuamente

Anônimo disse...

Dr. ou melhor Prof. Dr. Ebenézer, é muito fácil quando se é possuídor de, de bela conhecimento humanitário e grandiosíssima oratória como parece ser o caso de V.Sa.mas pergunto lhe: será o seu Banco do Brasil o mesmo do desgaçado período FHC, de arrocho salarial, cobranças inalcançáveis metas, e onde estava sua geração quando o Brasil estava em uma panela de pressão vivendo sob o arbitrio, será que vozes como a de V.sas. ecoaram... Como nos sabiamente nos deixou o Grande GUIMARÂES ROSA: O Sapo pula é por precisão não por boniteza. Vamos primeiro viver, depois filosofar, e sobretudo respeitar a dor alheia, só assim seremos dignos de sermos chamados filhos do CRIADOR. DIGNIDADE SEMPRE E JÁ.

RAVACCI disse...

Sr. Ebenézer,

eu ficaria muito feliz se ao invés de ver sua declaração: "Mesmo assim não me filiei à AAPPREVI, nem o farei...", se tivesse visto: "Me filiei à AAPPREVI para dar apoio aos que lutam para que todos os aposentados e pensionistas tenham direito a se acomodarem em suas espreguiçadeiras para ouvir o canto dos pássaros desengaiolados." Sua enorme sabedoria seria uma grande força para nos apoiar e sua vitalidade serviria para nos dar força na luta.

Não nos tire o prazer de sua animadora companhia... FILIE-SE.

Marcos Cordeiro (André) disse...

Enquete encerrada:

Você tem interesse em ingressar com ação judicial Renda Certa, gratuitamente, por intermédio da AAPPREVI?

Sim = 100 (76%)
Não = 11 (08%)
Tenho ações em curso = 20 (15%).

Atendendo a vontade da maioria dos 131 votantes (76%) a AAPPREVI está acatando inscrições para ingressar com a ação até o próximo dia 16, dependendo do número de manifestantes.