quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Tempos do Natal


Tempos do Natal
Marcos Cordeiro de Andrade

Curitiba (PR), 21 de dezembro de 2016.
Caros colegas.

Estamos na estação dos tempos de paz, de harmonia e de compreensão. É tempo de voltarmos nossos pensamentos para as boas coisas, para desejar e praticar o bem em maior escala além do rotineiro. É época de buscarmos fartura e riqueza dentro do pouco que temos, para distribuir com nosso próximo.  Para assim compartilhar não precisamos dispor de bens materiais, porque guardamos a capacidade de sermos generosos na doação de bondade e afeto. E na distribuição de amor a todos os seres, com a graça de Deus, o pouco é muito. E mesmo o que é mensurado como bens vulgares, quando extraído do que nos é dado possuir honestamente deve ser motivo de orgulho, porque está em nossas mãos por reconhecido merecimento. Ninguém jamais ostentará posses indevidas por muito tempo. Nem merecerá viver em penúria aquele que buscar o conforto de ser provido por seu trabalho. Aproveitemos o momento mágico do NATAL para afastar das nossas mentes e corações os maus exemplos e comparações indevidas. Somente assim poderemos justificar a certeza de que o misericordioso Deus sempre iluminará nossos caminhos. E fará com que encontremos meios para presentear a todos do nosso convívio com valiosos e merecidos regalos, ainda que formados por gestos de afeto e votos sinceros de que, com a Sua proteção, tenham todos um FELIZ NATAL e um ANO NOVO repleto de conquistas com a concretização dos seus melhores sonhos.


12 comentários:

Marcos Cordeiro de Andrade disse...


Colega Marcos Cordeiro,

Em meu nome, e em nome de minha família, agradeço, sensibilizado, sua belíssima mensagem natalina. Na oportunidade deste agradecimento, envio-lhe, e a seus familiares, um grande abraço, os melhores votos de paz e felicidade nas celebrações do Natal e do ano novo, com as renovadas esperanças de um futuro melhor para todos. Fraternalmente Ruy Brito


Marcos Cordeiro de Andrade disse...

MUITO OBRIGADO MARCOS


Desejamos a você Marcos Sua Família e a Diretoria da AAPPREVI um FELIZ NATAL e venturoso Ano de 2017.


Que o Menino da Manjedoura derrame sobre todos a sua Benção e conceda a todos muita saúde paz e realizações.


ABRAÇOS


GILBERTO CARLOS STEFFEN
TEREZINHA ARRUDA STEFFEN
porto alegre RS

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caro Marcos,

Retribuímos, com alegria, os seus votos.

Boas Festas e que o Ano Novo seja repleto de saúde, paz e alegria
a você e todos os seus distintos familiares.
Norton e família

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Prezado Marcos Cordeiro,


Agradeço e retribuo os seus votos, desejando-lhe um ano novo pleno de paz, saúde e prosperidade, juntamente com os seus.


Cordialmente


Ebenézer

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Meus Cumprimentos Marcos, pelas belas palavras, e concordo que podemos ter sim um Feliz Natal junto aos nossos Familiares sendo o exemplo de honestidade e bom caráter que sempre fomos pois tudo que até hoje alcançamos foi fruto apenas de nossos trabaalho e sacrifícios pessoais e de anos de dedicação de corpo e alma regado de muita dedicação que podemos mostrar a nossos familiares ao longo desses anos e o que mais nos deixa aliviados é que hoje podemos deitar a cabeça no travesseiro e dormir o sono dos justos, o que alguns de nossos algozes que hoje estampam páginas e páginas de noticiários negativos não o podem ter.


Um Grande Abraço a todos que por aqui acessam nossos grupos em busca de um alento ou uma solução para algum mal que os aflige.


Que a Glória e as Bençãos de Deus Pai nos alcance a todos.


Dilson P.O.Péres

rafa disse...

Caro Presidente Marcos

Desejo um Feliz Natal e um ano de 2017 repleto de boas notícias, saúde e paz para todos os familiares da AAPPREVI e associados.

Apelemos a Deus para que sejam tocados os corações daqueles que tem nas mãos os destinos de governos e entidades que nos afetam.

Rafael A Campagnoli

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Prezado Marcos, meu estimado Presidente,



Suas manifestações têm enriquecido nosso acervo de conhecimentos.



Informações úteis, oportunas, comedidas e sempre carregadas de entusiasmo e prudência.



Tê-lo à frente da AAPPREVI, justifica o crescimento da quantidade de associados.



Aposto que ao final de 2017, já seremos uns 12 mil associados.



Rogo ao nosso Criador que o mantenha sempre assim, sereno, inteligente, com muita saúde e disposição para cumprir sua missão de lutar pelos mais necessitados.



Neste Natal, estimo que esteja rodeado das pessoas que você ama nesta vida, todo feliz e com muita esperança de prosperidade e alegrias para o ano que se iniciará em breve.



Suas qualidades o tornaram líder ! Sinto honra em dizer que sou um dos seus admiradores.



Abraços fraternos do



Júlio César P. Costa M∴M∴

Vice-Pres.Assuntos Previdenciários da

AAPPREVI – Sede em Curitiba -PR



“O Homem nasce livre, e por toda parte, encontra-se a ferros”.

Jean Jacques Rousseau. 1712 – 1778.



“In claris non fit interpretatio” No que é claro, não cabe interpretação.


Fernando Lamas disse...

Saudações cordiais.

SEGUIR A ESTRELA, COMO OS MAGOS.
A “plenitude dos tempos” está no nascimento, melhor, na encarnação do Filho de Deus Que, na realidade, existia, desde o princípio(Jo 1), “consubstancial ao Pai”, como reza-se no Credo. A “mulher”, de que falou Paulo, é Maria, filha de Joaquim e Ana, prometida a José, o carpinteiro, o Justo, diante de Deus.
Por isso, os cristãos católicos chamamos Maria, como a “Porta do Céu”, porque o seu sim, generoso e desprendido, reabriu a porta, para a salvação que, unicamente, está em Jesus Cristo, acredito.
O Natal do Senhor é oportunidade, para colocar-se diante do mistério da Encarnação de Jesus. É mistério, porque creio que a inteligência humana, por mais que se esforce, nunca alcançará, plenamente, o entendimento desse insuperável gesto de amor que o Altíssimo Senhor podia oferecer.
Portanto, caro colega, senhor Marcos Cordeiro e demais colegas, viver o Natal do Senhor é, sobretudo, aproximar-se da Escritura Sagrada e aceitá-la e vivê-la, vale dizer, aproximar-se, desimpedidamente, sem barreiras ou hesitações do Pai Eterno, para experimentar e viver a verdadeira alegria que não é atingida por toda a variedade de maldades que assolam, ainda hoje, os filhos de Deus, sobretudo,os mais desprotegidos.
Assim, desejo a todos um Santo Natal do Senhor.

Grato por tudo e PAZ E BEM!

“Guiados pela estrela, os magos entraram na casa e viram o menino, com Maria, sua mãe. Ajoelhando-se, adoraram o menino.”
Mateus 2,11

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Economia
INPC de dezembro fica em 0,14% ante 0,07% em novembro; afirma IBGE
Estadão Conteúdo
11.01.17 - 09h31
O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) subiu 0,14% em dezembro, após ter registrado alta de 0,07% em novembro, segundo dados divulgados na manhã desta quarta-feira, 11, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Como resultado, o índice encerrou o ano de 2016 com uma elevação acumulada de 6,58%. O INPC mede a variação dos preços para as famílias com renda de um a cinco salários mínimos e chefiadas por assalariados.
Já o Índice Nacional da Construção Civil (INCC/Sinapi), variou 0,49% em dezembro, após uma alta de 0,10% em novembro, disse o IBGE. O índice acumulado no ano de 2016 foi de 6,64%.
De acordo com o instituto o custo nacional da construção alcançou R$ 1.027,30 por metro quadrado em dezembro, valor acima dos R$ 1.022,26 por metro quadrado estimados em novembro.
A parcela dos materiais teve ligeira alta de 0,01%, enquanto o custo da mão de obra ficou 1,02% mais caro em dezembro, após o aumento de 0,27% registrado em no mês anterior.
Fonte: Revista Isto É.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

25/01/2017
Revisão do teto garante atrasados de até R$ 290 mil
Fernanda Brigatti e Leda Antunes
do Agora
Quem teve a aposentadoria limitada ao teto do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) entre 1988 e 2003 ainda consegue ganhar o aumento na Justiça e garante uma bolada em atrasados.
Tem direito à revisão quem deixou de receber uma aposentadoria maior porque sua média salarial ultrapassava o teto válido no ano em que o benefício foi concedido ou revisado pelo INSS.
O direito à revisão existe porque, em 1998 e em 2003, o governo aplicou aumentos maiores no teto do INSS, que não foram repassados para quem já estava aposentado.
Em tese, quem se aposentou entre 5 de abril de 1991 e 31 de dezembro de 2003 recebeu a correção automaticamente.
Mas há segurados que ficaram de fora e ainda podem pedir a correção.
Fonte: Jornal Agora S.Paulo.

Zara Trusta disse...

- Sr Marcos Quem se aposentou neste período porém não foi pelo teto pode entrar com a ação. Ou seja o cálculo da minha aposentadoria não chegou ao teto.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caros Colegas.


Tem direito à revisão quem pediu a aposentadoria entre julho de 1988 e dezembro de 2003 e teve o benefício limitado ao teto da época.

Por oportuno, informo que os pedidos de esclarecimentos devem ser encaminhados ao Escritório LIMA & SILVA ADVOGADOS, condutor da causa para a AAPPREVI, cujos endereços de e-mail e telefone estão disponibilizados na página CONTATO do site www.aapprevi.com.br

Atenciosamente,
Marcos Cordeiro de Andrade