sábado, 16 de fevereiro de 2013

Êmulo




Marcos Cordeiro de Andrade

Caro Gilvan.

Estou deveras sensibilizado com a importância que você dedica a minha humilde pessoa. Sinto-me um afortunado ao ser alvo, pela primeira vez, de um filme de longa e enfadonha metragem participando como o personagem título, sugestivamente cognominado de “bode velho”.

Essa mensagem de pau mandado, tendo sido originada nos estúdios Cearenses da TV Coruja (nem sei se isso existe), com o alto patrocínio de decantada e prepotente federação, como lá está dito, mais ainda faz crescer o entendimento de ter sido alvo de honraria desproporcional ao valor que se me dão. Também, as citações feitas à minha mulher e ao meu filho, meus dois ícones inatingíveis pelas más línguas detratoras que se escondem no anonimato explícito, deixam-me inebriado pelo alto grau de inveja e admiração que nos dedicam nessa obra prima da falsidade registrada em vídeo. De lamentar apenas o uso de imagens que melhor se prestariam à admiração se inseridas em documentário sério, tendo cinegrafista igualmente sério por trás das lentes. Mas, justifica-se o lamentável erro, pois essas imagens foram copiadas sem que os créditos fossem registrados como de direito o que, aliás, é costume da ridícula produtora.

Somente tenho a agradecer a propaganda gratuita que faz da minha humilde pessoa, embora deturpada. No entanto, parodiando célebre político, fale mal de mim, mas fale de mim.

Outro fato a lamentar é terem-se excluído das acusações que me fazem sem conhecimento de causa. O que me apresso em vir em seu socorro para esclarecimento do seu diminuto público e para que, no próximo filminho tendencioso, contem com conteúdo acreditado e coloquem ali mais bichos nobres que sirvam para ser comidos por predadores ocasionais e que se deleitem com esse tipo de repasto  como, por exemplo, corças e veados.

Portanto, retifique as anotações escritas na sua mente suja para não ficar disponível ao entendimento de caluniador e difamador irresponsável: nada devo ao fisco, ao menos no meu verdadeiro CPF (005.530.694-20),  Nunca mantive em minha casa estoque de muamba para venda clandestina (Rua Professor Ulisses Vieira, 864 – Vila Izabel – CEP 80320-090 – Curitiba (PR). Nunca frequentei delegacias policiais a qualquer título, em nenhuma capital brasileira, muito menos em Fortaleza (CE). Nunca desacatei autoridades nem desrespeitei o passeio público de nenhum calçadão brasileiro. Nunca me vali de subterfúgios para conseguir aposentadoria por invalidez, pois fui aposentando por tempo de contribuições.

Ademais, não tenho culpa de ter como amigas duas pessoas boníssimas, verdadeiros anjos da guarda que me protegem sem nada exigir em troca. E que você e sua “produtora” insistem em rotulá-las de cobras, por falta da coragem para lhes dar nomes, mas que o faço. Salvo engano, referem-se a  Cleide e Daisy – minhas musas inspiradoras na arte da espontaneidade, abnegação e desprendimento. Ao contrário desses e dessas que o cercam, e à sombra de quem você enaltece a mediocridade que o carrega e consome.

Obrigado pela propaganda não solicitada, e da qual não necessito, para seu governo, mas peço-lhe, por favor, aprenda a ser homem e da próxima vez em que gastar o seu rico dinheiro com filmetes da espécie, dê nomes aos bois – como eu faço.

Ah! Ia esquecendo. Eis a obra prima da mediocridade a serviço da inveja e da falta de caráter.


Marcos Cordeiro de Andrade – Curitiba (PR) – 16 de fevereiro de 2013. 

4 comentários:

Marcos Cordeiro de Andrade disse...


Estimado amigo

Fantástica... Limpa e esclarecedora resposta... Como sempre, sabes tratar aos sujos de alma e de ideias...
A única coisa que me chamou a atenção, no vídeo, é o fato de que COMO VOCÊ ESTÁ INCOMODANDO... Os safados que têm em suas mentes o desejo de assumir uma BOQUINHA em algum setor de onde poderão usar os favorecimentos e roubando as 120 mil almas, se APREGOAM COMO BENFEITORES... Mas JÁ NÃO MAIS SÃO OUVIDOS E nem acreditados... O DESESPERO FAZ COM QUE ELES RIDICULARMENTE, PROPONHAM jogar INFÂMIAS e intrigas numa rede Social... Eles esqueceram de que estes tipos de calúnias não mais realizam os efeitos desejados. ...na época passada, isso era o trivial. ...(prática usada por muitas representações politicas). Mas HOJE... ELES NAÔ ILUDEM A MAIS NINGUÉM... A NÃO SER ELES PRÓPRIOS>>>>TRISTE FIM. Estão Saboreando a derrota... VEM MAIS POR AÍ>>>
Lastimo que O meu Presidente e amigo, tenha que sempre colocá-los nos seus devidos lugares. ...ai Presidente. ...mais raiva eles ficam... E como diz o Ditado Popular ...Raiva e vingança é como você tomar um veneno e esperar que outros morram... PERDERAM O EQUILIBRIO>>>>
Valeu Grande Amigo Marcos
Japim Eduardo

Paulo Cirne disse...

Amigo Marcos,
estas pessoas são ridículas!(Gilvan e Leopoldina)A que ponto chegaram!Merecem o meu mais veemente desprezo!!!!!!!!!!!!
Grande abraço,

Paulo Cirne

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Lamentável!

Filminho infantil, gargalhadas desprezíveis, conteúdo vazio, lixo. Próprio de pessoas que não tem o que fazer.
Antonio Fuzinelli
Arapongas PR.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caro Marcos Cordeiro,

Parabéns por sua resposta!

Lidar com pessoas sem caráter não é fácil. Tente quanto possível não
se incomodar com o baixo padrão moral dos que agridem a honorabilidade
alheia de forma tão agressíva.

Deus cuidará de pessoas assim.

Meu abraço, com votos de saúde, paz e sucesso,
Norton