terça-feira, 1 de outubro de 2013

Dia do medo



Marcos Cordeiro de Andrade

Caros Colegas,

Hoje se comemora o Dia Internacional do Idoso, que no nosso País nada tem para festejar. Ao contrário, os velhinhos e velhinhas dependentes da PREVI estão recebendo o mais terrível presente que poderiam esperar.

Tudo porque o maior e mais rico Fundo de Pensão da América Latina revela ser também o mais cretino de todos, o mais insensível e o mais incompetente no trato dos seus 120.000 participantes e assistidos do Plano Um. Se não bastasse ser reconhecidamente o que pior serve é, ainda, o que guarda na cúpula diretiva os mais sádicos e terroristas apaniguados do Banco do Brasil e do Governo.

Está anunciado no seu site que o BET vai acabar e que teremos que voltar a contribuir com mensalidades suspensas há seis anos. Isso significa que os benefícios dessa leva de mutilados pela incúria da PREVI terão seus benefícios reduzidos em mais de 20% mensalmente. Tudo por conta da inépcia de gestão, por aplicar mal os recursos garantidores das nossas aposentadorias e pensões por que pagamos por mais de trinta anos. No meu caso esses pagamentos  remontam a 1962 - exatos 51 anos da minha existência.

E na maior cara de pau alegam que essa supressão é devida ao fato de que “o cenário econômico mudou: um período turbulento para a economia global vem gerando sucessivas perdas nas bolsas de valores”, como se dinheiro guardado virasse pó de um dia para o outro. Onde está a minha poupança e a de todos os outros? Por que não aplicaram essa grana toda com responsabilidade? Com que direito investiram nosso patrimônio em empresas podres? Para que diabo serve Costa do Sauipe instalado nos confins da Bahia? Para que gastaram dinheiro com mordomias para magistrados? Com ordem de quem pagam altíssimos salários aos seus “competentes” dirigentes?

Quem responde a essas perguntas?
Nós, aposentados e pensionistas, que temos a má sorte de depender dessa calamidade previdenciária, é que não temos respostas. Até porque não autorizamos nenhuma administração para gerir de modo temerário o que guardamos como garantia de velhice tranquila, mas que, por ironia do destino, nos volta como prêmio na consumação de um ato de terror para comemorar o nosso dia.

Leiam o infeliz anúncio:

http://www.previ.com.br/portal/page?_pageid=57,2548894&_dad=portal&_schema=PORTAL

E que Deus nos acuda.

Marcos Cordeiro de Andrade – Curitiba (PR), 1º de outubro de 2013.  

4 comentários:

rafael campagnoli disse...

Concordo totalmente com o texto, presidente Marcos. Seria um "bode na sala" para forçar "algum" justamente na época do dissídio? até porque os da ativa pagariam mais com as contribuições ... Ou porque não podem mais dispor livremente dos superávits? Será que os R$7,5 bilhões levados e usados para a compra da Nossa Caixa estão fazendo falta? Precisamos urgentemente articular forças para minimizar o sofrimento de milhares de pessoas, com medidas do tipo: a) pagar o BET do ano de 2014 de uma vez só; b) alongar o máximo possível ES etc; c) postergar pagamentos de ES e outros para suportar a redução dos proventos; d) entabular BET menor; e) recorrer à Justiça para exigir o direito de Assembléia para utilizar os superávits de 2011 em diante etc ... Além de esperar em Deus, acredito que muitos colegas de bem vão apresentar saídas para a situação inusitada. A PREVI é o maior fundo de pensão, então se for para a gente perder o BET e voltar a contribuir, tem que ir pro tudo ou nada e abandonar de vez a passividade de muitos.

Unknown disse...

Concordo com tudo que foi falado!
Claro que é tudo muito triste, porque nos enganaram e continuam nos enganando!
é triste!
Mas não podemos nos acovardar, muito menos nos deprimir.
Precisamos mesmo é agir!
As associações de aposentados estão mostrando o caminho.
Vamos nos UNIR e lutar!
Sugiro que se faça um movimento nacional, para que os aposentados e pensionistas, se dirijam, de alguma forma, ao RJ, nem que seja a pé!
Temos, de novo que adentrar na sede do mourisco e forçar providencias imediatas a nosso favor e não contra nós, como os traidores na previ, estão fazendo!
Como foi dito no comentário Raphael Campagnoli, agora deve ser tudo ou nada, até fechar o plano e dividir o patrimonio ( nem que seja na marra ).
José Luiz Pereira Lamas.

rafael campagnoli disse...

E faz tanto que estamos esperando uma boa notícia, como no caso da última revisão do ES. Ou a incorporação definitiva do BET ... E, pelo contrário! olha a notícia que recebemos! Quem é ou quem são os que ficam arquitetando essas maldades? onde se reúnem? Enquanto achamos que estamos tranquilos com nossa "aposentadoria", tem gente maquinando contra ...

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

03/10/13 – 10:00
Relatório PREVI 2013
GABIN - PLANE
Para: presidência AAPPREVI
Senhor Presidente,

A PREVI inicia o seu processo de elaboração do Relatório PREVI 2013. Mais uma vez, o Relatório reunirá as informações financeiras e de sustentabilidade em um único documento.

Para identificar as questões mais relevantes na opinião das associações de funcionários e de aposentados do Banco do Brasil, gostaríamos de convidá-lo a responder a consulta eletrônica que está disponível no site da PREVI, no período de 03/10 a 15/10/2013.

Sua opinião é muito importante para aprimorar a nossa gestão de sustentabilidade e o nosso entendimento sobre as expectativas dos públicos de relacionamento da PREVI.

Contamos com a sua participação. Acesse: www.previ.com.br

Atenciosamente,

Marcelo Coelho de Souza Roberto Sabato
Chefe de Gabinete Gerente Executivo
Gabinete da Presidência Comunicação e Marketing

Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil - PREVI