quarta-feira, 21 de outubro de 2015

O Art. 2º



Marcos Cordeiro de Andrade
Caros Colegas,

“Os mais de 93.000 mil filiados comprovam a expressiva representação adquirida pela Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (ANABB). A maior Associação da América Latina, de uma única classe de trabalhadores de uma única empresa, a ANABB é hoje a entidade mais pluralista e com maior trânsito dentro do BB”. Fonte: Site da ANABB.

Pena que ela não nos sirva para nada.

Reza o artigo segundo do Estatuto da ANABB que ela existe para defender quem nos oprime, responsável que é por tudo de ruim que existe em direção às nossas legítimas aspirações de gozar uma velhice digna, amparada em benefícios previdenciários à sombra do Direito. Tudo porque, enquanto funcionários da ativa, as normas trabalhistas são cumpridas à risca por medo do relho da Lei, mas, depois de aposentados cuida o Banco de corroer nossos direitos através de mudanças nos normativos seguidos pela PREVI e que nos davam suporte. Ao longo de 29 anos, desde a fundação, essa imensurável associação de funcionários do Banco se empenha em dar suporte ao nosso antigo patrão para que, pouco a pouco, retire do nosso bolso o que resta dos minguados proventos da aposentadoria.

E faz tudo ao amparo da Lei, a serviço do Governo e em cumprimento ao Estatuto que seus dirigentes têm que seguir, como está escrito:

“Art. 2° São finalidades da ANABB:
I - zelar pela integridade do Banco do Brasil ...”

Essa gigantesca Entidade, que sozinha supera em número todas as demais 32 associações de aposentados do Banco do Brasil, continuará a serviço do Banco resolvendo tudo ao gosto do patrocinador caso não se ponha um freio na sua trajetória nefasta. E basta apenas que se modifique esse malfadado artigo 2º para um honroso texto que introduza, única e simplesmente, um pequeno adendo, deixando-o assim:

“Art. 2° São finalidades da ANABB:

I - zelar pela integridade dos funcionários do Banco do Brasil ...”

Você votaria em um candidato nesta eleição se ele assumisse o compromisso de propor essa modificação no Estatuto? É claro que sim, pois a esperança é a última que morre.

E se dentre os 21 elegíveis esse compromisso fosse assumido por 16 deles? Melhor impossível!

“Qualquer decisão do CD tem que contar com o mínimo de 11 votos favoráveis. Portanto, é necessário que pelo menos 11 conselheiros estejam afinados com seus anseios e possam corresponder às suas expectativas”.

Pois você tem em quem votar com esse propósito. Essa proposta existe, saída de pessoas que põem sua reputação à disposição de quantos queiram acreditar que a mudança é possível – e será feita ao assumirem seus cargos. Elas se uniram sob a orientação do melhor grupo já formado até agora para cuidar do assunto, basta dizer que tiveram na origem a orientação segura do saudoso Raul Avellar.

Esse grupo orgulhosamente carrega o nome de MSU – Movimento Semente da União. E é representado pelos 16 nomes que merecem o seu voto por tudo a que se propõem, notadamente pelo compromisso de trazer a ANABB para o nosso lado com a modificação do seu Art. 2º, como queremos e precisamos – e as demais coisas.

Seguindo o CANAEL (www.canael.com.br) e os preceitos do MSU - https://chapa5sementedauniao.wordpress.com/
 
Eu votei neles, sem medo de errar:

110 - Antônio Carlos P. Silveira - TONINHO DE PELOTAS;
113 - Antônio Roberto ANDRETTA;
158 - Hamilton Omar BISCALQUINI;
166 – IVO Ritzmann
176 - José CHIRIVINO Álvares;
184 - JÚLIO CÉSAR Pestana Costa;
192 - LOURENÇO Sebastião de Mesquita
198 - Luiz Fernando Neves CRAVO;
199 - Luiz MINARI;
202 - MACILENE R. Oliveira;
214 - Nelson BARENHO;
216 - NORTON SENG Antunes Santos;
237 - Sérgio Roberto Costa de Castro - SÉRGIO CASTRO;
239 - SIDNEI Antonio Francisco;
240 - SOLONEL Campos Drumond Junior;
246 - VILMAR Knoth.

Atenciosamente,
Marcos Cordeiro de Andrade – Não sou candidato.
Sócio da ANABB – Matrícula nº 6.808.340-8


Curitiba (PR), 21 de outubro de 2015 – www.previplano1.com.br

13 comentários:

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caro mestre Marcos Cordeiro,


Um texto lúcido, claro e irretorquível e que se traduz em um dos mais
fortes apoios que temos recebido de pessoas valorosas como você, como é
o caso do Ruy Brito, dos colegas do Grupo Meia Dúzia, do Adrião, do Giongo, entre outros valorosos nomes que seria cansativo listá-los agora.


Assim, se encontra nas mãos dos eleitores, em especial dos aposentados - que infelizmente registram, historicamente, um baixo índice de presença nas urnas -, o futuro da nossa ANABB e por conseguinte das nossas CASSI e PREVI.


A nossa parte, nós que nos juntamos no MSU, estamos cônscios de que estamos fazendo mas os votos são e serão imperiosos para a decisão do que irá acontecer no futuro de nossas instituições e de todos os que delas dependem.


Abraços agradecidos,
Norton


​"Tantos alegam que pouco ou nada mudou, mas como esperar mudanças se os atores continuam os mesmos? Então, VOTE para MUDAR!"
216 - CD - Norton Seng
MSU - Movimento Semente da União

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Parabéns pela bela e riquíssima mensagem, caro Marcos.
Objetividade ímpar e texto de uma clareza inigualável.
Aceite meu singelo, mas particularmente orgulhoso, reconhecimento por seu valoroso texto de apoio a esses colegas que, ao que tudo indica, têm tudo para modificar e transformar "isso" que aí está na ANABB que todos querem - E QUE TODOS PRECISAM.


Esperemos que o compromisso seja efetivado pelo Grupo.
(Acredito que depois desse seu chamamento, público, ficará até difícil alguém roer a corda !). Esse aspecto, também, torna essa sua mensagem mais fundamental ainda e servirá de APOIO aos que pensam como você, como nós, a agirem com lisura, retidão e, sobretudo, HONESTIDADE.


​Fraternal @braço.


N A S S E R.
​================================


2015-10-21 2:51 GMT-03:00 Marcos Cordeiro :

O Art. 2º do Estatuto – por Marcos Cordeiro de Andrade – www.previplano1.com.br

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Colega,




Repasso para você, associado da ANABB que ainda não votou. A hora é agora! REFLITA!!!




Se concordar, retransmita p/ os amigos e agências de relacionamento.


Abçs
Daisy- SP - SP
MSU/Acorda-BB/REDE-SOS
ELEIÇÕES ANABB - Conheça o currículo dos candidatos do MSU e o programa do Movimento Semente da União: http://chapa5sementedauniao.wordpress.com


=================================



O Art. 2o



Marcos Cordeiro de Andrade

Edmilson lopes de sousa disse...

Zelar pela integridade do Banco do Brasil. Isso também a anabb não cumpre, não serve para nada,nada.Quase todas as madrugadas,ladrões mandam para os ares suas agências,com explosões, se é que você me entende.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Marcos
Gostei do seu texto sobre o Artigo 2o. do Estatuto na ANABB. Parabéns!
Embora não acompanhe tão de perto toda a movimentação das atuais Eleições, posso manifestar a minha satisfação por ter entendido e votado exatamente no grupo do MSU.
Obrigado e aquele abraço.
Daniel Machado

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

A verdade como colocada pelo Marcos Cordeiro, é infelizmente a realidade nua e crua, pois além dos parâmetros legais, o pessoal do mando não está nem ai para o que os outros necessitam.
A realidade é que sempre existem discursos e promessas, mas o que acontece na prática é outra estoria.
Tracem um paralelo com a politica do Banco para com os seus funcionários, dos anos 80 para frente quase nada melhorou para a maioria, existiu um aumento considerável de carga para as pontas, mas quem colheu os frutos foram uma minoria de escolhidos.
Assim é na Previ, onde ficamos sempre de olho numa promessa que nunca se concretiza, cada medida tem uma maldade embutida. Como explicar nos dias de hoje com tanta tecnologia, "sumir uma ata", me perdoem é gozação!
Aldoripes

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Prezados colegas,


O texto, em anexo, do nosso mestre Marcos Cordeiro, presidente da AAPPREVI, mostra-se lúcido, claro e irretorquível e se traduz em um forte apoio, a exemplo dos que temos recebido de outros colegas corajosos como é o caso do Ruy Brito, presidente da AAPBB, do Bezerra e dos colegas do Grupo Meia Dúzia, do Lago Neto, do Adrião, do Giongo, entre outros valorosos nomes.



Assim, se encontra em suas mãos, nas mãos dos eleitores em geral e em especial dos aposentados – que, infelizmente, registram, historicamente, um baixo índice de presença nas urnas -, o futuro da nossa ANABB e, por extensão, das nossas CASSI e PREVI.



E nós - que levantamos a bandeira do MSU! -, estamos cônscios de que estamos cumprindo a nossa parte. Mas sabemos que os votos de vocês serão imperiosos para a decisão do que irá acontecer no futuro de nossas instituições e de todos os que delas dependem.



Leia, com atenção, o percuciente texto, já referido, do colega Marcos Cordeiro e observe os detalhes que poderão representar – se não forem alterados! -, a insegurança do futuro de todos os associados e pensionistas que dependem da higidez financeira das nossas instituições.



Cordialmente,

Norton



​"Tantos alegam que pouco ou nada mudou, mas como esperar mudanças se os atores continuam os mesmos? Então, VOTE para MUDAR!"

216 - CD - Norton Seng

MSU - Movimento Semente da União

BSB, 21.10.2015

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Prezados colegas,


O colega Marcos Cordeiro, com sua sabedoria e grandeza de espírito, nos dá verdadeiras aulas, não só acrescentando conhecimentos, mas eliminando dúvidas.
Lamentavelmente um grande número de aposentados, pensionistas e, especialmente, o pessoal da ativa não pesquisam, nem buscam informações sobre os candidatos. São iludidos por propagandas enganosas, de pessoas que só querem cargos e nada mais.
Mais deplorável ainda é constatar colegas, participantes da nossa rede, aparentemente esclarecidos, divulgando candidatos inconvenientes, aqueles macacos gordos, que pulam de galho em galho, mas estão sempre ali, não querem perder a ração que o patrocinador oferece. Sinto muito, por todos nós, que lutamos por dias melhores, que esses colegas, ( não entendo porque!) - será que não acreditam nas provas contundentes, que lhes são mostradas, onde vemos as assinaturas, inconfundíveis, daqueles responsáveis pela regularização da fraudulenta Res. 26 e a entrega de patrimônio nosso (7 bi e meio) ao patrocinador.
Apesar de tudo, tem dois ou três desses protagonistas que se candidataram ao CD da ANABB - incrível, ainda tem alguém que os defenda e faça propaganda!
(Queria ser uma mosquinha, para entrar naquela sala onde se reuniram, para poder informar agora, os argumentos usados pelo patrocinador, para convencimento dos presentes. Argumentos tão fortes, que eles não tiveram dó, nem piedade de trair milhares de colegas).
Faço minha as magníficas afirmações do nosso grande candidato ao CD da ANABB - NORTON SENG (216) - ruma às mudanças que a ANABB vai realizar, para a nossa defesa.


João Barros - Apoiador do MSU

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Colega Norton,


Parabenizo-o pela excelente mensagem que eleva o artigo do Marcos Cordeiro e alerta os associados da ANABB sobre a importância do voto consciente e necessário para preservar nossos direitos e redirecionar os objetivos de nossa grande associação, cuja nova direção está buscando sua eleição.
O processo eleitoral está na mesa e a hora é agora para selarmos nossos destinos, que deve se entender que estão dependentes da boa administração que se estende à PREVI e à CASSI, mas que a grande força está na ANABB, onde podemos, de fato, fazer valer nossos direitos.

Espero, como é de nosso propósito, que consigamos alcançar e mobilizar o maior número de associados aposentados, para que exerçam seu voto e possam contribuir para esta virada de página de nossa história.

Parece redundância, mas o futuro de nossas entidades dependem de nós mesmos. Se ficarmos ausentes, os inescrupulosos e oportunistas ocuparão (ou estão ocupando) nossos espaços para alimentar seus e interesses e de outrem que possam lhes cooptar com intenções diversas das nossas, ao arrepio das normas e até do ordenamento jurídico legal.

Por isso, cabe a cada aposentado exercer o seu voto e buscar todo o seu relacionamento para que também exerçam seu voto. Os candidatos apoiados pelo MSU têm todas as condições para fazer valer nossos direitos e nos proporcionar tranquilidade e qualidade de vida.

Vamos despertar e votar. Esta é a corrente!!


Lourenço Mesquita

Blog do Ed disse...

Estimado colega e amigo Marcos
No início da semana, a AAPBB solicitou-me a opinião sobre a consistência da ACP proposta pela AAPPREVI em face da PREVI, no início do ano de 2014, em razão da interrupção do pagamento do BET e do retorno da cobrança da contribuição. Tive, assim, a oportunidade de tomar conhecimento do texto elaborado pelo Dr. Tadeu. Quero expressar ao amigo, à AAPPREVI e ao Dr. Tadeu que, no meu entendimento de não advogado, achei que se trata de excelente trabalho, altamente convincente. Infelizmente, por motivos burocráticos, somente recentemente, já quase dois anos transcorridos, é que se definiu o tribunal onde deve começar a ser julgado. Parabéns para o amigo, o Dr. Tadeu e a AAPPREVI.
Edgardo Amorim Rego

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

24/10/2015
Segurado já pode usar limite maior de crédito
Leda Antunes
do Agora

O limite de desconto do crédito consignado foi ampliado de 30% para 35% da renda.

A mudança já estava valendo por medida provisória publicada em julho, mas anteontem virou lei após a sanção da presidente Dilma.

Nas financeiras, os aposentados e pensionistas do INSS já podem pedir a margem adicional de 5%, que será utilizada exclusivamente para operações com o cartão de crédito consignado.

Agora, o segurado pode fazer um empréstimo pessoal consignado com uma prestação que corresponda a até 30% do benefício.

Além disso, pode comprometer mais 5% do salário por mês para pagar dívidas com o cartão de crédito consignado.
Fonte: Jornal Agora S. Paulo.

rafael campagnoli disse...

Caro presidente Marcos, por diversas vezes questionei formalmente a presidência da ANABB, como representante local que era, para que os funcionários fundadores daquela entidade, agora APOSENTADOS OU PENSIONISTAS, fossem expressamente nominados e seus pleitos encampados. Dizia que os funcionários, enquanto na ativa, tem o poder dos sindicatos a seu favor, incluindo a força das greves etc. Nem me lembro de ter recebido alguma resposta. Acho estranho esse silêncio. Qual o problema de se alterar os estatutos e contemplar os aposentados? O cenário atual é bastante diverso daquele que motivou a luta para a criação da ANABB. Defender os "interesses do BB" contra quem? E quem nos defende, além das diversas entidades criadas justamente pela ausência da ANABB em nosso favor? Parabéns pela lucidez de seu texto, como sempre.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

27/10/2015
Greve dos bancários acaba depois de 21 dias
Cristiane Gercina e Folha de S.Paulo
do Agora

Os bancários aceitaram a proposta de reajuste de 10% e terminaram ontem a greve da categoria, que durou 21 dias.

Os profissionais voltam ao trabalho hoje.

O aumento será aplicado nos pisos salariais e na PLR (Participação nos Lucros e Resultados) e ficará 0,11% acima da inflação.

Inicialmente, a categoria pedia alta de 16%, mas os patrões haviam oferecido apenas 5,5%.

O piso dos profissionais de escritório, que após 90 dias é de R$ 1.796,45, subirá para R$ 1.976,09.

No caso dos caixas e dos trabalhadores de tesouraria, o salário inicial irá de R$ 2.426,76, hoje, para R$ 2.669,44.
Fonte: Jornal Agora S. Paulo.