quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Saneando a ANABB com voto consciente

“Senhor Marcos Cordeiro,
Não concordo com a inclusão da FAABB entre os que votaram contra nós.
Pedrito”

RESPOSTA

Senhor Pedrito Fabis.

A cegueira histórica não tem o poder de modificar os fatos.
A FAABB, sim, votou pela doação dos NOSSOS sete e meio bilhão de reais ao patrocinador Banco do Brasil e assinou o fajuto Termo de Compromisso.

Por favor, conheça o Memorando de Entendimentos e o Termo de Compromisso não cumprido - e quem os assinou como “nossos representantes”:


Termo: -

O voto consciente engrandece o Homem. Isso, sim, contribui para mudar a História.

Utilize o CANAEL (www.canael.com,br) - o elixir da memória saudável. 


Respeitosamente,
Marcos Cordeiro de Andrade
www.apreviplano1.com.br

5 comentários:

Marcos Cordeiro de Andrade disse...


Colega,


Admiro sua forma irreverente de denunciar esses "sangue-sugas" que só almejam o poder e, juntamente com ele, a respectiva remuneração. Por isto, não já está na hora de fazermos um protesto para protestar essa sangria nessas Associações, elegendo pessoas que só pensam nos altos salários que que iram ganhar nos postos que as Associações tem para lhes oferecer?
JÁ ESTOU PORRA-AQUI!!!!!!!!!!!!!!
Maria Verônica

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caro Marcos Cordeiro,


Secundo suas palavras abaixo e aproveito para parabeniza-lo por, sempre, ater-se aos fatos.
E os fatos são imperiosos de vez que retratam, apenas e tão somente, a realidade.
E o conhecimento dos fatos só nos ajuda a decidir de forma correta e justa.


Cordialmente,
Norton


​"Tantos alegam que pouco ou nada mudou, mas como esperar mudanças se os atores continuam os mesmos? Então, VOTE para MUDAR!"
216 - Norton Seng
CD - MSU - Movimento Semente da União

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Notícias

14/10/2015
Empréstimo Simples: novas opções em favor dos mutuários
Diretoria Executiva aprova novidades que beneficiam o participante: Renegociação, ES-13º Salário e possibilidade de suspensão das prestações.

Fonte: Site da PREVI - www.previ.com.br

Marisa Moreira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marisa Moreira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.