sábado, 14 de novembro de 2009

Ato Falho!

Caros colegas.

- Eis a transcrição da mensagem enviada às Associações de Aposentados e Pensionistas do Banco do Brasil pela FAABB - Federação das Associações de Aposentados e Pensionistas do Banco do Brasil:

“Às
Associações de Aposentados e Pensionistas do Banco do Brasil

Sr Presidente

A COMISSÃO FAABB que vossa senhoria ajudou a eleger no ultimo dia 25 de setembro, na Reunião em Brasília, está ultimando nossos argumentos para levar ao Vice-Presidente do BB e Presid do Deliberativo da Previ, Dr Robson Rocha, nossas expectativas e esperanças. Dr Robson nos comunicou que nos receberá em seu Gabinete, no próximo dia 23 de novembro.

Devemos ressaltar que lá estaremos de coração aberto, cheios de expectativas, mas absolutamente conscientes da dificuldade de qualquer negociação com o Banco do Brasil. Sabemos que por mais que o Vice-Presidente esteja revestido de boa vontade, seu poder de decisão tem limites e consideramos que a abertura para a representação dos Aposentados e Pensionistas em qualquer mesa de negociação que venha a ser formada é um grande avanço, jamais conseguido antes.

Desse encontro, marco inaugural de uma nova maneira de relacionarmos com o Patrocinador e a PREVI, desta vez mais franca, transparente e honesta, daremos notícias oportunamente.

Isa Musa de Noronha
Presidente”

- Toda carta procura guardar em seu fecho a síntese dos seus propósitos, com o emprego de palavras apropriadas para dar credibilidade à idéia contida.
- Nesta que aqui está o autor não fugiu à regra e deu seu recado a contento.

“Desse encontro, marco inaugural de uma nova maneira de relacionarmos com o Patrocinador e a Previ, DESTA VEZ mais franca, transparente e honesta, daremos notícias oportunamente.” (o destaque é do blog).

- Aí está a confissão de que a vez anterior não foi transparente nem honesta.
- De se notar que a dona da mensagem representa TODAS as associações de aposentados e pensionistas do Banco do Brasil. O que significa dizer que a FAABB, sozinha, nos representa em nome da totalidade das Associações.
- Depois da porta arrombada é recomendável trocar a fechadura. Questão de bom senso.
- Mas, será que depois de tudo que aconteceu NA VEZ ANTERIOR o Banco e a Previ vão endossar essa representatividade?
Oremos!

Marcos Cordeiro de Andrade – Curitiba (PR) – 14/11/2009.

8 comentários:

Anônimo disse...

Marcos,

Sobre o aumento da mensalidade da ANBB. É o segundo reajuste em dois meses. No dia 20.10.09 passou de R$ 21,00 para R$ 22,90 e agora (segaundo você nos relata) passou para R$ 24,80. Cravados 18% de aumento no total. O que será que está acontecendo. Será que querem que a maioria saia? E como ficaria o patrimônio da mesma? Dúvidas, dúvidas e mais dúvidas.

Anônimo disse...

Marcos,
Lendo a carta da Presidência da FAABB, percebo uma situação de subserviência em relação ao BB/PREVI. Frequentando do blog da Cecília noto ela enfatizando que, numa negociação com o Banco, este com certeza irá levar sua parte no superavit. Que eu saiba as leis em vigor dizem que o patrocinador NÃO TEM DIREITO A SUPERAVIT, mas o Banco sempre deu um jeito de levar muita grana na mão grande, ex. alteração do estatuto de 97, intervenção promovida pelo FHC/Daniel Dantas em 2001, contabilização dos 5 bi e 400 milhões pelo BB no balanço de dez/2008, etc. Será que estão trabalhando para que aceitemos qualquer coisa, e nos demos por sastisfeitos e agradecidos?
Quanto à ANABB, é preocupante os aumentos de mensalidades, considerando que no seu site o último balanço divulgado é de 2007. Que pode estar ocorrendo?
Abraços
Lázara Rabelo

Anônimo disse...

Prezado Marcos,

A propósito da mensagem enviada pela FAABB às Associações de Aposentados e Pensionistas do Banco do Brasil, cumpre-me esclarecer que fui um dos colaboradores, na década de 90, quando da reformulação do Estatuto da FAABB.
Durante os sete anos em que presidi a AFABBJ, até 2003, participei de muitas reuniões convocadas pela FAABB. Posso garantir que Dona Isa Musa é uma pessoa acessivel, de boa-fé, religiosa, otimista e esperançosa.
Em 2007, quando a PREVI e o BB formaram o GT para tratar da utilização da Reserva Especial de 2006, Dona Isa tentou sensibilizar a PREVI e os representantes do BB relativamente à participação do GT de três representantes dos aposentados, indicados pelas associações filiadas, por consenso. Mas a pretensão foi rechaçada, com arrogância, especialmente pela CONTRAF-CUT, sob o argumento de que os representantes de todos os participantes do PB-1, da ativa e aposentados, eram os indicados pela central sindical. Misturaram tudo, trocaram pés e mãos, do que resultou distorções de arrepiar, a começar pela Renda Certa, que muitos problemas geraram e vão gerar para o Plano.
Há alguns meses, a FAABB tentava abrir canal de comunicação com o BB e PREVI, sem subserviência, sem exigências ou imposições, porque não poderia fazê-lo. Somente agora, em setembro, a reunião foi conseguida junto ao novo Vice-presidente, Dr. Robson Rocha, que acumula, também, a Presidência do Conselho Deliberativo da PREVI, e detém o voto de minerva.
De se notar que, quando Dona Isa afirma: "Desse encontro, marco inaugural de uma nova maneira de relacionamento com o Patrocinador e a PREVI, desta vez mais franca, transparente e honesta", queira referir-se, entendo eu, às atitudes de hostilidade anteriores da parte da PREVI e do BB.
Ademais, as Associações de Aposentados existem. Delas podem participar aposentados e pensionistas do BB. Não participa quem não quer. Da mesma forma, se criada for a Associação dos Participantes do Plano Previ Um, a adesão será livre e voluntária.
Na reunião de 25/09/2009, em Brasília, foi eleita pelos presidentes das associações de aposentados filiadas à FAABB, a Comissão FAABB para iniciar o diálogo com o Banco e PREVI.
Tentativas anteriores foram rejeitadas pelo Banco.
Aguardemos os resultados da reunião de 23/11/2009 com o Dr. Roson Rocha. Se os resultados forem animadores, aplaudiremos. Se houver intransigência da parte do BB e PREVI, então sim, a tribuna estará disponível para as críticas e reprimendas.

Abraço para todos

Carlos Valentim Filho - Joinville (SC)

Anônimo disse...

Marcos,

Compartilho com você da mesma opinião. As associações, federações ou outros tipos que possam existir não me espelham confiança no sentido de que possam efetivamente defender os direitos dos participantes do plano 1. Quanto ao posicionamento do colega Carlos Valentim devo dizer-lhe que quando os fatos nos demonstram que devemos nos posicionar não podemos esperar acontecimentos futuros, que certamente não se concretizarão, para tecermos nossas opiniões até porquê vamos estar, agindo assim, sempre numa atitude de resposta ao fato que já se consumou. Porquê não agirmos antes? É a minha opinião.

Pedro.

Anônimo disse...

Concordo com voce Pedro,ja sabemos de cor que nao da para confiar em ninguem,em nenhuma associaçao.A começar pelas datas das reunioes que sao marcadas sem pressa(so dia 23/11)ou seja, ha um mes do Natal.
Mais um ano que passaremos as festas sem condiçoes financeiras para uma Ceia pelo menos razovel.E assim vao enrolando a gente ate 2010,Janeiro,Fevereiro.....ate quando?E isso com o banco levando mais dinheiro nosso.Estou sentindo cheiro de Renda Certa 2.Tomara que eu esteja enganada.
Divulgaçao autorizada.

rosalina_de_souza disse...

AO COLEGA CARLOS VALENTIN FILHO.
CONCORDO EM PARTES COM SEU RACIOCINIO.
NA NEGOCIAÇÃO QUE ENVOLVEU A CRIAÇÃO DO GT ANABB.
ESTAVAN PRESENTES GILBERTO SANTIAGO,ISA MUSA DE NORONHA,E VALMIR CAMILO.
PODERIA TER SIDO ESTES TRES OS NOSSOS ESCOLHIDOS.ATENDERIA A TODA A CLASSE ATIVOS E INATIVOS,MAS O QUE OUVE FOI DISTORÇÃO E CONTENDAS ENTRE OS TRES.
SE NÃO VEJAMOS:
CONTRAF-CUT DIZ QUE PROPOSTA LEVADA A MESA SERA A QUE ELA FORMULO EM FEVEREIRO DE 2008.NESTA EPOCA NEM SE FALAVA EM CRISE,E TINHA UM OTIMO SUPERAVIT.NAO HAVIA A RESOLUÇÃO 26.
OS NOSSOS REPRESENTANTES POR SUA VEZ,DISCORDARAN UNS DOS OUTROS VALMIR CAMILO DISSE QUE SEM O BANCO LEVAR A PARTE DELE NAO HAVERIA ENTENDIMENTO,E QUE ELE PROPRIO NAO SERIA " VENDEDOR DE ILUSÃO".
ISA MUSA DE NORONHA,FOI TERMINANTE MENTE CONTRA DISSE QUE NAO SE PODERIA DIVIDIR NADA COM O PATROCINADOR,QUE DE CERTO MODO TAMBÉM ESTAVA CERTO.
E GILBERTO SANTIAGO JA NESSA ALTURA DO CAMPEONATO FAZIA PAR COM A CONTRAF CUT,E DIVIDIA AS ASSOCIAÇÕES QUE AO SEU FINAL NAO CHEGOU A SOLUÇÃO ALGUMA.
O GT FOI UM ESPETACULO ELEITOREIRO,NADA SE RESOLVEU,TERMINO PELO VIR DA CRISE,NADA MAIS SE FEZ COM A EDIÇÃO DA RESOLUÇÃO 26,A ANABB NEM SE QUER ENTROU NA JUSTIÇA,AS DEMAIS ASSOCIAÇÕES SE CALARAN E O SIND BAN SAIU VITORIOSO,PORQUE HOJE TEM UN TRUNFO NAS MÃOS,POIS TUDO HOUVER DE NEGOCIAÇÃO PRECIZA SER BARGANHADO COM ELES.
SE MEU RACIOCINIO ESTIVER CONTIDO DE MAGOAS OU RECENTIMENTOS QUE ME PERDOE,MAS FOI ISSO QUE DE FATO OCORREU BRIGAS DE PESSOAS IMPORTANTES NO MUNDO DO ATIVOS E INATIVOS,E QUEM SAIU DE FATO PREJUDICADO FOI AS 120 MIL FAMILIAS DO PLANO 1.
COMO EU SEMPRE DISSE SO SEREMOS FORTES QUANDO AS ASSOCIAÇÕES QUE NOS REPRESENTAN SE JUNTAREN E COMEÇAREN A CONVERGIR AS DECISÕES.
TODOS TEM QUE CEDER DE ALGUMA MANEIRA,A NOSSA NOBRE COLEGA CECÍLIA GARCEZ JA DEU SEU PARECER QUE TAMBÉM É O MEU, O BANCO DO BRASIL SO NEGOCIA SE LEVAR A SUA PARTE,ISA MUSA DE NORONHA,VALMIR CAMILO,GILBERTO SANTIAGO,TODOS SABEM DISSO MELHOR QUE TODOS NÓS JUNTOS,MAS POR CAUSA DE MESQUINHARIA DE TODOS ESTAMOS NOS JA NO FIM DE 2009 E SEM ALMENOS TER UMA CETEZA QUE EM 2010,TEREMOS MELHORIAS COM O USO DO SUPERAVIT.
2010 NOS RESERVA ELEIÇÕES NA PREVI,NO PALACIO DO PLANALTO,CHEGA DE IPOCRISIA E VAMOS REALMENTE BUSCAR INTENDIMENTO COM NOSSOS PARES PARA QUE POSSAMOS GOZAR DE DIAS MELHORES A TODOS OS PARTICIPANTES DO PLANO 1.
CARLOS VALENTIN ESSE É MEU PENSAMENTO A ESSE RESPEITO,ADMIRO A ISA MUSA DE NORONHA,MAS NAO CONCORDO DELA NAO QUERER A DIVISÃO COM O PATROCINADOR JA QUE ELA SABE QUE EM TODAS,REPITO EM TODAS AS NEGOCIAÇÕES ENVOLVENDO O "PATROCINADOR" ELE LEVOU A SUA PARTE.
BOM DOMINGO A TODOS.

rosalina_de_souza disse...

COLEGA MARCOS CORDEIRO

VOU DEIXAR AQUI UMA REPLEXÃO AOS NOSSOS COLEGAS.

O ministro GUIDO MANTEGA disse que a crise financeira nao quebrou o pais,mas que o PROJETO DO SENADOR PAULO PAIM "QUEBRA" ?
ESTOU FALANDO DO AUMENTO DOS QUE GANHA MAIS DE UM SALARIO MINIMO,QUE É O CASO DE TODOS OS PARTICIPANTES DO PLANO 1 DA PREVI.

AI EU PERGUNTO AOS SENHORES :

O dinheiro apropriado pelo "BANCO DO BRASIL" em seus balanços quem acredita que sera devolvido ?
Meus queridos não se enganem querendo ou não vamos ter que dividir com o patrocinador.
essa é uma regra clara a todos nós,não vamos ser hipocritas,vamos agir com a razão e ter logo melhorias nós nossos benefícios,logo ja estou velha cansada e quero ter " O DIREITO A DIAS MELHORES". REPITO O DIREITO A DIAS MELHORES A TODOS NÓS DO PLANO 1 DA PREVI.

Anônimo disse...

MARCOS,

como vamos dividir com o patrocinador ??? como??????? ELE JA DIVIDIU, TOMOU DE UM GOLPE OU DOIS TUDO QUE QUIS !!!
vamos ser realistas, temos é que pegar a nossa parte, o BB ja pegou a dele, acho que alguem devia conversar com a D.Musa e dizer: ei , acordaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!
o BB'já pegou seus milhões, vamos tomar posse do resto e concordar com o que ele jah levou , ante que eles tomem tudo a titulo de recapitalização, ou, outra coisa qq que queiram inventar.
Alguem ja fez as contas de quando da dividr os que sobrou igualitariamente entre os 121 mil participantes do P1??? achoque todos, sem execeção quitariam suas dividas com BB, Cooperforte e Previ.
Ja disse , aqui e no outro Blog que concordo com o BB levar o seu,. até pq ele pegou e não pediu para ninguem, então para que discutir o sexo dos anjos ????


sergioinocencio