segunda-feira, 9 de novembro de 2009

FORA - PT e suas Musas!

Caros Colegas.

Quem passou procuração para alguém ir buscar nossa parte no superávit? Alguém recebeu na sua casa uma cartinha bonita, com timbre sobre papel caro, dizendo: Confie em mim, vou representar VOCÊ nesta luta?
Não é assim que eles fazem quando querem nosso voto para se eleger? Qual associação tem sua autorização individual e específica para ser seu representante neste assunto? Com que direito essas pessoas, grupos e partidos políticos se metem nas nossas vidas nos tratando como se fôssemos seus tutelados?
Por que não vão cuidar de quem deles precisam: arruaceiros que se dizem sem terra e sem tetos? Guerrilheiros e ex-guerrilheiros que, como eles, querem alimentar suas vaidades políticas? Por que não se contentam com as classes menos alfabetizadas e, por conseqüência, mais indefesas nas mãos de políticos megalômanos?
Por favor, nos deixem em paz!
Sabemos e podemos nos defender. Afinal, não fomos taxados de Marajás? Por que o impedido não nos chamou de parias?
Não foi só pelos salários. Foi, também, porque não existem parias esclarecidos, subentende-se. Ele, o “ex”, sabe que nenhum de nós entrou no Banco pela janela. Submetemo-nos a uma avaliação de conhecimentos que nos coloca em posição privilegiada, pelo nível intelectual aferido. Cada um de nós tem, no mínimo, o ginasial completo – condição indispensável para participar do concurso.
E agora vêm nos tratar como pobrezinhos ignorantes que precisam de sua ajuda?
Cada um de nós tem capacidade para sentar a uma mesa de negociações e defender seus pontos de vista, sem precisar de assessoria de meia tigela. Para isto não precisamos ser sindicalistas, membros de partido político ou dirigentes de associações fajutas. Não precisamos de defensoria pública.
Não somos cães sem dono. Não somos bois no pasto. Não somos baderneiros nem vândalos. Não estamos no pátio de uma fábrica ávidos por palavras de ordem. Não estamos na fila de bolsa escola, bolsa família ou qualquer outra bolsa, iludidos com migalhas que têm o efeito de milho jogado aos pombos. Não queremos aplaudir discursos inflamados em defesa do pré-sal, do pac ou de candidaturas infundadas. Não queremos ouvir motes batidos de sindicalistas com idéias ultrapassadas.
Nós queremos fazer jus às alcunhas que nos puseram. Esses mesmos adeptos do partido da estrela já se ombrearam a outro que nos tachou de burgueses.
Não precisamos de nenhum Valmir, de nenhuma Musa, de nenhuma Miriam nem de nenhum outro nome que cansa nossos ouvidos.
Deixem-nos com nossos defensores desconhecidos. Eles serão reconhecidos e respeitados na hora em que começarem as conversações. Basta-nos um único Valentim para substituir todos que aí estão. Ele é dos nossos, é experiente e competente. Ele é valente até no nome.
Não queremos más companhias.
Nós sabemos lidar com o Banco e com a Previ. Afinal somos velhos amigos. Conhecemo-nos há mais de trinta anos e não vamos deixar que intrometidos estraguem relação tão duradoura.
Fora PT e suas Musas.
Por favor, nos deixem em paz!

Marcos Cordeiro de Andrade. Curitiba (PR), 09/11/2009.

51 comentários:

Sérgio Figueiredo disse...

Diria mais, com sua devida concessão: FORA PT, MUSAS, CAMILOS, ROSAS, PENAS E SEUS PAPAGAIOS DE PIRATA!!! Não quero ninguém negociando meus direitos, sem que seja devidamente autorizado por mim e por meus colegas. Discursos bonitos, inflamados, às custas de um país maquiado, que se perde a cada dia que passa com suas drogas lícitas e ilícitas (crack, cocaína, maconha, PT, PSDB, PMDB, etc.), não iludem mais. Pelo menos, não nos iludem mais, participantes do Plano 1. Ótimo texto, esclarecedor, independente, seja com a ajuda do Aurélio ou não, meu caro Marcos! Portanto, tenhamos todos consciência que teremos dias difíceis, talvez até mais dos que vivemos hoje, já que esse blog está ganhando cada vez mais espaço. Mais, no final, sairemos vencedores, pois temos o que de mais sagrado existe: nossa dignidade! Um grande abraço a todos...

Anônimo disse...

Sem mais palavras(estou emocionada),eu assino embaixo.
Fora PT!
Sandra

Anônimo disse...

Precisa mais? Parabéns!!!

Mauro - Divinopolis (MG)

jsmoura disse...

Eu também assino embaixo

jsmoura(4.990.200-8)

Maria do Carmo disse...

Apoiado colegas, é isso aí!!Também assino embaixo.Só tem pilantra!

Anônimo disse...

Marcos,

Mais uma vez voce expressou exatamente tudo que pensamos e sentimos.
Que nos deixem em paz! e parem de nos tratar como se fossemos um bando de bobos em idade seníl.
Sabemos o que queremos,sabemos ao que temos direito e sabemos lutar
com garra para obtermos vitória.

Anônimo disse...

Colega Marcos,
Aqui vc está expressando todo sentimento que há alguma tempo sentimos em relação a associações, partidos políticos, dirigentes da PREVI, CASSI, política implementada dentro do BB a partir do governo Collor com desmonte do quadro de recursos humanos. Vc pode contar comigo.
Abraços,
Lázara Rabelo

Paulo Beno disse...

Vamos ter que mudar!
E a atual Diretoria da PREVI só quer saber de receber pedidos de manifestação do uso do nosso superavit ATRAVÉS de Entidades que "representem nós do Plano 1".
Ora Bolas, Todos temos mais de 35 anos de idade e não precisamos de "Entidades" para nos representar, (deixem isso para o outro Plano ).Queremos "Plano 1" só nosso, pois temos idade e tempo para negociar nosso superavit !

Marcos Cordeiro (André) disse...

A Previ acusou o recebimento da denúncia.

"Senhor Marcos,

Informamos que sua manifestação foi registrada na presente data.

Permanecemos a disposição para outras consultas.

Gerência de Atendimento
PREVI



De: marcosmca@yahoo.com.br
Para: atend@previ_notes.previ.com.br
Data: 07/11/2009 08:20
Assunto: * OUTROS - Previ Plano 1 - Superávit


--------------------------------------------------------------------------------



Tipo: sugestao

Mensagem: Sr. Presidente Sérgio Rosa.
Venho formalizar denúncia nos termos do "post" intitulado "ANABB - Não", publicado em 06/09/2009, no site www.previplano1.com.br, que assino.

Matrícula: 6808340-8
Nome: Marcos Cordeiro de Andrade
Telefone:
Email: marcosmca@yahoo.com.br"

Jorge Teixeira disse...

Colega Marcos Cordeiro,
Concordo com tudo que foi colocado já que nenhum de nós outorgou poderes para qualquer tipo de associação ou sindicato para que decida em nosso nome o que deverá ser feito com os 23,5 bilhões de reais existentes na reserva especial para revisão de plano. Mesmo porque, em outras situações da espécie, o final não foi dos mais felizes para os aposentados e as pensionistas do “PB-1”. Entretanto, não podemos esquecer que existe uma liminar, conseguida pelo SindBan-DF, que impede qualquer tipo de distribuição de superávit enquanto não houver decisão definitiva da justiça sobre o assunto. Mesmo que consigamos negociar diretamente com o Banco, sem qualquer tipo de intromissão dessas tralhas que só servem para atrapalhar e atrasar as discussões, esbarraríamos na liminar do SindBan-DF. Entendo que qualquer tipo de negociação passará, inevitavelmente, pela exigência do patrocinador de retirada da justiça da liminar do sindicato já mantida em decisão de segunda instância. De qualquer forma teremos um obstáculo pela frente, qual seja, de manter negociações com o movimento sindical. Confesso que estou ansioso pelo que poderá advir já que estamos trilhando um caminho novo, bem mais arejado, ousado e nunca antes utilizado. Percebo que o interesse maior deste movimento, que é a distribuição imediata da reserva especial para revisão de plano, é comum nos corações e mentes dos frequentadores do blog. Não há espaço para promoções pessoais e nem interesses eleitorais. Se Deus quiser - com certeza Deus haverá de querer porque a motivação do grupo é sincera e justa -, pelo que observei das diversas manifestações de garra e de vontade de fazer a coisa certa, sinto que, custe o que custar, alcançaremos o nosso objetivo de dias melhores para aposentados e pensionistas do “PB-1”.

Marcos Cordeiro (André) disse...

Sem ilusões, mas de olho na TV Câmara amanhã, (10/11). O Governo promete reiniciar o espetáculo que espezinha os aposentados.

Anônimo disse...

MARCOS, receba os meus parabens pela excelente dissertação. Disse tudo que os aposentados e pensionistas querem se expressar.
FORA COM OS OPORTUNISTAS.
Conte comigo.

Airton

mariano branquinho disse...

Parabéns Marcos, por mais essa iniciativa corajosa e parabens ao Jorge Teixeira, pelo apoio que tem nos dado, desde o blog da Cecilia Garcez. Contem conosco Mariano Branquinho

Anônimo disse...

Marcos,

não tenho nada contra as Sras, e até manifestei de que elas poderiam nos representar, mais a forma teria que ser uma autorização expressa de nossa parte, ja que padecemos do mal de não termos quem nos represente dignamente e de forma democrática.
Todos que se dizem nossos representantes sempre estão de olho em uma fatia do que é nosso, com a idéia fixa de tirar vantagens, ainda sou socio da ANABB por cta de uma ação minha e outra da minha esposa PDV 1995, não vejo a hora de encerrar essa lgação, mais com CERTEZA ABSOLUTA ( esta é a única que tenho) a ANABB não representa e nem pode os Aposentados, não ha isenção .


sergioinocencio

Paulo Beno disse...

Parabéns Marcos,
Juntamo-nos com todos os comentários, principalmente de Sergio Figueiredo e Jorge Teixeira e os demais integrantes, indagando:
Não pertencemos, nem damos procuração a estas "entidades que não nos representam"(conseguem liminar que afeta o superavit do Plano 1,que nada tem a ver com o Sindicato de Brasilia !) ?
2. Fica tão difícil o PREVIPLANO1 nos representar na próxima negociação com a PREVI e o BB ?
(Afinal, nós não precisamos de representantes nas negociações, NÓS SOMOS O "PREVIPLANO1" !

Marcos Cordeiro (André) disse...

Caros colegas.

No caso presente tanto o Banco quanto a Previ só acatam indicações que subentendam representatividade em bloco. E o nosso recém-nascido Previ Plano 1 não tem personalidade jurídica.
O grande mal é que, detendo essa condição, certas entidades se autoproclamaram nossos representantes sem uma consulta prévia. E o patrocinador, juntamente com a Previ, simplesmente aceitaram essas candidaturas também sem nos consultar.
Isto posto, restaria a alternativa de zerar essas indicações (todas existentes) e, ato contínuo, fazer com que BB/PREVI aceitassem nomes desvinculados para essa representação - nomes estes que seriam sugeridos pelos participantes, sem sujeição a enquetes que, certamente, sofreriam interferências negativas. Mesmo assim permanece o impasse: como conseguiríamos isso?
De se notar que as discussões atuais, cuja possibilidade de acontecer o Banco aventou, estarão apartadas das anteriores por tratar-se de coisa nova e, assim sendo, nada mais salutar que sejam desenvolvidas por nomes diferentes daqueles que tumultuaram o processo, levando à inconformidade existente.
O argumento maior para o banimento desses “representantes” reside no fato de que foram eles os responsáveis pelo estrago feito, anulando a viabilidade da distribuição eqüitativa de benefícios.
Pela interferência danosa da ANABB/UNAMIBB/CONTRAF-CUT, o resultado dessas discussões foi desastroso por culpa dessa “trinca dinâmica”.
- A condução da enquete promovida pela ANABB nada somou às expectativas, além do fato de que ela só age em benefício próprio e não tem unanimidade de aceitação.
- O Sindicato de Brasília, ligado à CONTRAF-CUT, interpôs ação judicial que travou qualquer resultado prático advindo das negociações havidas nem nas subseqüentes.
- A UNAMIBB, tendo à frente sua dirigente Isa Musa, induziu participantes a questionamentos judiciais que não redundaram em avanços práticos, atos esses que igualmente se constituem em óbices.
Por tudo isto, entendo que essas “representações” não possuem legitimidade nem têm isenção para participar das negociações almejadas, conduzindo o direito de interferir nos resultados.
Mas, como agir?

Marcos Cordeiro (André) disse...

Ao colega Ari Zanella.

Peço a gentileza de me passar seu e-mail fora do blog. Tenho urgência em manter contato consigo.
Grato.

Marcos Cordeiro (André) disse...

Ao colega Carlos Valentim Filho.

Peço a gentileza de me passar seu e-mail fora do blog. Tenho ungência em me comunicar consigo.
Grato.

Marcos Cordeiro (André) disse...

Caros colegas.

Peço desculpas por não dar a devida atenção a todos com agradecimentos pessoais ou respostas diretas aos questionamentos postados. Por vezes sinto necessidade de um diálogo nesse sentido, que não pode ser feito em cima de e-mails direcionados ao blog. Estes não comportam interferência, assim como não registram os endereços da origem. Trata-se da garantia de que os comentaristas têm sua participação assegurada, sem o risco de sofrer invasão de privacidade. Como mediador, apenas tenho três opções a usar: publicar, recusar ou moderar. Terminando aí minha ingerência.

Por isso, peço aqueles que queiram aceitar contatos informar seu e-mail, fora do blog, para um dos endereços aqui disponibilizados. Prometo não aborrecê-los com mensagens desnecessárias, nem usar indevidamente o que me for informado.

Atenciosamente,

Marcos Cordeiro de Andrade.

Jorge Teixeira disse...

Colega Marcos Cordeiro,
Entrei no site dos colegas demitidos do BB que continuam, legitimamente, lutando pela sua reintegração aos quadros da Casa. Lendo alguns dos comentários postados tomei conhecimento da existência do jornal JUSLEGAL – Associação Justiça e Legalidade, publicado no estado do Rio Grande do Sul (http:WWW.JUSLEGAL.COM.BR). Tal qual o pensamento do colega autor do comentário acredito, s.m.j., que possa ser mais uma mídia para, no nosso caso específico, denunciarmos os diversos desvios existentes no “PB-1”, de que tratou o “ULO – meu grito...”. Poder-se-ia utilizar previamente o e-mail do jornal (juslegal.ajl@gmail.com), a fim de que fossem prestados os esclarecimentos plenos sobre os motivos da criação do movimento e seus reais objetivos. No artigo 1º do estatuto consta que a JUSLEGAL é uma entidade civil sem fins lucrativos, criada em 19 de agosto de 2008 por prazo indeterminado, com domicílio em Porto Alegre-RS, podendo atuar em qualquer parte do território nacional ou no exterior.

Anônimo disse...

E isso mesmo Marcos.
E incrivel como todos mamam um pouquinho em cada lugar.E no BB,na Previ,na Anabb,na Faabb,na Unamibb,AnabbPrev e por ai vao.Por isso e para isso sao criados varios orgaos,associaçoes que nao beneficiam nada quem paga as mensalidades.Vai tudo para eles.E em caso de açao judicial ainda pagamos as custas.Por isso tambem quando acessamos o site de algumas delas,fica saltando,CLIQUE AQUI E ENTRE DE SOCIO.
Lamentavel!

Anônimo disse...

Marcos,

ADOREIIIIII!!!..... o seu "No escurinho do apagão Lula Flintstone gritou:Dilmaaaaaaaaaaa!!!"
Vamos ver a explicação que vão dar para isso e o tamanho do dano que causou o que servirá para argumentação da oposição como a incapacidade de gerenciamento da Sra Dilma o que ela diz hoje ser um dos seus pontos fortes.

Rubem Tiné disse...

O desabafo também deveria ser postumum, comemos o pão que o diabo amassou no reinado de FHC, ou alguém contesta? tanto os da ativas como os aposentados. Temos que coser com nossas próprias linhas, se formos depender dos políticos, estamos ferrados, é tudo a mesma m..... a culpa não é de PT nem de PSDB, ela é mais ampla, é do sistema, é do capital, e temos que dançar conforme a música, ou, dançamos. Temos que lutar, protestar, fazer greve, ficar reclamando do PT não vai levar a lugar algum. Ou alguém acha que Daniel Dantas vai ser preso? Pressão nos sindicatos, nas associações (o que tem feito a ANABB?) e no poder judiciário.

JBMONTEIRO disse...

Ocorreu-me mais uma idéia. Aquela moça que foi a escola com um mini-vestido, chamou a atenção de toda a imprensa. Nós temos que também fazer algo que chame a atenção da mesma forma, para que o Brasil inteiro saiba o que está ocorrendo como a nossa Previ?plano1.

Anônimo disse...

Repercutiu na imprensa inter e nacional:

a) A "moça" (?) de mini-saia na Faculdade ;

b) O "apagão" no meio-Brasil e "apagón" total do Paraguai. Ambos por problemas triplos (dizem até 5 ) nos linhões de transmissão da energia de Itaipú. (Raios?)duvido...vão dizer que foi acidente não previsível...pois não"se quedaran" as torres...

c)culpem os aposentados..rsrsrs são muitos "chorões"

Anônimo disse...

Sugiro um encontro na porta da Previ como ja haviamos combinado e barrar a entrada de todos.Ai a imprensa tomara conhecimento e nossas reclamaçoes se espalharao.
Nao vejo outra alternativa.Faremos faixas FORA SERGIO ROSA,FORA PT.
Divulgaçao autorizada.

Anônimo disse...

Prezado Marcos,

Atendendo seu pedido, informo abaixo, meu e-mail:

karval@terra.com.br

Abraço do Valentim (carlos Valentim Flho)

Marcos Cordeiro (André) disse...

Telegrama recebido hoje, 12/11, às 08:35:

“Ilmo. Sr.
Marcos Cordeiro de Andrade

Cumprimento-o cordialmente, acuso o recebimento da correspondência do dia 03 de novembro do corrente ano, em que Vossa Senhoria relata irregularidades na PREVI. Analisarei cuidadosamente o referido pleito. Ao ensejo, coloco-me à disposição.

Atenciosamente,
Senador Papaléo Paes”

Postado via SPE, em 11/11/2009 às 18:53.

SENADO FEDERAL / Gab. Sen. PAPALÉO PAES
Praça dos Três Poderes, Ala Filinto Muller Gab. 13
Zona Cívico-Administrativa
70165-900 – Brasília/DF
papaleo@senador.gov.br

Anônimo disse...

Prezado Marcos,

A AFABBJ (Associação dos Funcionários Aposentados do Banco do Brasil de Joinville e Região) recebeu da FAABB a seguinte mensagem:

"Ás Associações de Aposentados e Pensionistas do Banco do Brasil

Sr Presidente (Nelson Fernando Neitsch),

A COMISSÃO FAABB que vossa senhoria ajudou a eleger no último dia 25 de setembro, na Reunião em Brasília, está ultimando nossos argumentos para levar ao Vice-Presidente do BB e Presid do Deliberativo da Previ, Dr. Robson Rocha, nossas expectativas e esperanças. Dr. Robson nos comunicou que nos receberá em seu Gabinete, no próximo dia 23 de novembro.
Devemos ressaltar que lá estaremos de coração aberto, cheios de expectativas, mas absolutamente conscientes da dificuldade de qualquer negociação com o Banco do Brasil. Sabemos que por mais que o Vice-Presidente esteja revestido de boa vontade, seu poder de decisão tem limites e consideramos que a abertura para representação dos Aposentados e Pensionistas em qualquer mesa de negociação que venha a ser formada é um grande avanço, jamais conseguido antes.
Desse encontro, marco inaugural de uma nova maneira de relacionarmos com o Patrocinador e a PREVI, desta vez mais franca, transparente e honesta, daremos notícias oportunamente.

Isa Musa de Noronha - Presidente"

Obs. - Cópia do expediente acima me foi enviada pela FAABB, por E-mail.

Carlos Valentim Filho

rosalina_de_souza disse...

Colega MARCOS CORDEIRO
Os frutos do trabalho,começa a dar seu resultado.
Como estamos vendo agora os dirigentes das associações começan a gritar por socorro,haja vista que seus pedestais estão ameaçados.
Esse Senador da república que lhe respondeu é um homem integro,respeitado por seus pares no congresso nacional.
Tomara que ele siga em frente e que com essa denúncia possa se efetivar uma CPI NA PREVI ai vamos ver os petistas correndo atraz do prejuízo,nós do plano 1 não vamos ser quem vai financiar obras eleitoreiras,ou campanhas fajutas para enganar estas 120 mil familias que compoen o plano 1 de beneficios da previ.
Chega de imoralidade,chega de desrrespeito com gente que luta e lutou pra se ver hoje a medigar reajuste de "emprestimo simples",comprar casa a beira das encostas ou em favelas,porque o que a "EMPRESTIMO IMOBILIARIO DA CARIN" que financiar a nós é casa de POMBO.
Senhores não vamos abaixar as nossas cabeças,vamos a luta por dias melhores,se temos SUPERAVIT foi fruto do meu do seu do nosso esforço em contribuir para esse fundo.
Se todos tivesse a sua coragem MARCOS hoje nao estariamos aqui lutando para sermos reconhecidos como donos do plano 1.
Tanta coisa pode ser feito para melhorar nossas vidas,mas todos nossos dirigentes preferen o lado dificil,recorre aos tribunais para nao pagar o que é nosso por direito.
Eu me lembro muito bem quando na distribuição do superavit de 2006,a NOSSA ABELHA RAINHA PREVI,ASSUMIU AS NEGOCIAÇOES DE PERTO E CORREU ATRAZ DO CORPO SOCIAL PARA APROVAR O "RENDA CERTA" EM TEMPO RECORDE COM MENTIRAS QUE ELA MESMA DISTRIBUIU EMGANANDO A TODOS NÓS DO PLANO 1.
Tudo que é construido com mentira,termina em ruína,desmorona e a PREVI com a atual diretoria tem muitas explicações a nos dar,se nao deu aos seus legítimos donos dara em uma CPI.pois todas as familias dos ativos ou inativos terão o direito de ver seu patrimônio resguardado da FÚRIA PETISTA POR ARRECADAÇÃO.ENCHENDO OS COFRES COM SUOR ALHEIO.
obrigada a todos os colegas.conte comigo marcos,estamos na luta,não fugimos as nossas responsabilidades,e assumo todos os meus atos,em prol de DIAS MELHORES NAO SÓ A MIM MAIS A TODAS AS FAMÍLIAS DO PLANO 1 DA PREVI.
Meu email : vhspassini@uol.com.br

Marcos Cordeiro (André) disse...

Mensagem enviada ao Vice-Presidente do Banco do Brasil.

"Banco do Brasil S.A.

Vice-Presidência de Gestão de Pessoas e de Desenvolvimento Sustentável

SBS Ed. Sede III - 24º. Andar

70073-911 – Brasília (DF)





Senhor Vice-Presidente,

Dr. Robson Rocha



Peço considerar o descontentamento generalizado reinante entre aposentados e pensionistas do Plano de Benefícios 1, da Previ, relativamente ao nome da Senhora Isa Musa de Noronha, e outros, que insistem em posar de nossos representantes sem que, no entanto, possuam representatividade reconhecida para tanto.

A propósito, estou anexando cópia da Denúncia formalizada às Presidências do Banco do Brasil e da Previ, em 07/11/2009, na forma do post disponibilizado no site www.previplano.com.br, que assino, e que está à disposição dos milhares de colegas interessados.



Atenciosamente,



Marcos Cordeiro de Andrade

6.808.340-8

Marcos Cordeiro (André) disse...

Mensagem recebida da PREVI:

Senhor(a) Marcos Cordeiro de Andrade

A PREVI confirma o recebimento da mensagem abaixo.
Aguarde nosso retorno em breve.

Gerência de Atendimento
PREVI

Data: 12/11/2009
Tipo: reclamacao

Mensagem: Ao
Conselho Deliberativo

Senhor Presidente,
Dr. Robson Rocha

Peço considerar o descontentamento generalizado reinante entre aposentados e pensionistas do Plano de Benefícios 1, da Previ, relativamente ao nome da Senhora Isa Musa de Noronha, e outros, que insistem em posar de nossos representantes sem que, no entanto, possuam representatividade reconhecida para tanto.
A propósito, estou anexando cópia da Denúncia formalizada às Presidências do Banco do Brasil e da Previ, em 07/11/2009, na forma do post disponibilizado no site www.previplano.com.br, que assino, e que está à disposição dos milhares de colegas interessados.

Atenciosamente,

Marcos Cordeiro de Andrade
6.808.340-8


Matrícula: 6808340-8
Nome: Marcos Cordeiro de Andrade
E-mail: marcosmca@yahoo.com.br

Anônimo disse...

Colega,

Parabéns pelo seu trabalho. Também penso que nem você. Os nossos ditos "representantes" não possuem procuração para tal.

Marcos Cordeiro (André) disse...

Caros colegas. Sigam o exemplo do Sadi, por favor!

"Bom dia!
Nobre Senador:
Venho agradecer-lhe, pessoalmente, as suas brilhantes e
esperançosas palavras, ao acolher e responder a carta do
nosso colega Marcos Cordeiro.
Envio-lhe votos de sucesso, Senador!
Cordialmente,"

Obs. A mensagem continua com o endereço do remetente (Sadi).

Jorge Teixeira disse...

Colega Marcos Cordeiro,
Refiro-me ao expediente da Srª Isa Musa de Noronha, presidente da FAABB, gentilmente transcrito neste espaço pelo colega Carlos Valentim Filho, de que tratou o seu comentário postado hoje, 12 de novembro de 2009, às 03:08hs. Vejo como sombria, com realismo pleno e sem absolutamente nenhum sintoma de pessimismo, qualquer possibilidade de entendimento entre as partes. Levar ao Vice-Presidente do BB e Presidente do DELIB da Previ apenas expectativas e esperanças, no meu entendimento e s.m.j. é insuficiente, já que o sentimento principal neste momento, qual seja, a real e explícita disposição de negociar, com a quebra da intransigência, não foi demonstrado no discurso. Quando a Srª Isa afirma que estão “absolutamente conscientes da dificuldade de qualquer negociação com o Banco do Brasil”, o que poderemos esperar do que vai se oferecer a respeito?

Marcos Cordeiro (André) disse...

ALERTA! Caros colegas.
Esse filme nós já vimos. Os entocados estão emergindo e logo será a vez do Valmir Camilo e sua nefasta ANABB. Temos que interpor barreiras.
Vamos disparar e-mails para as direções certas: Previ, Banco do Brasil, Senadores, etc.
Quem precisar de endereço pode pedir. Com satisfação os atenderei.
Continuem postando comentários, pois de tudo que recomendo esta é a melhor arma no momento. "Eles" estão acompanhando nosso blog, estou informado (e estão temerosos).
Abraços.
Marcos Cordeiro de Andrade

Sérgio Figueiredo disse...

Caros colegas,

Creio que os esforços de todos os colegas, encabeçados pela nobre iniciativa do colega Marcos, estão começando a dar resultados! O reconhecimento da Sra. Isa Musa quando diz logo acima "Desse encontro, marco inaugural de uma nova maneira de relacionarmos com o Patrocinador e a PREVI, desta vez mais franca, transparente e honesta, daremos notícias oportunamente", nos faz acreditar que estamos começando a incomodar. O meu medo é que a FRANQUEZA, TRANSPARÊNCIA, HONESTIDADE, "defendidas" agora pela Isa Musa não sejam obedecidas com a falta de uma entidade que realmente nos defenda numa efetiva mesa de negociações! Estarei enviando, também, agradecimento ao Senador Papaléo. Um grande abraço...

Anônimo disse...

Colega,

Gostaria que coloca-se os e-mails para os quais devemos mandar nossas mensagens enfatizando nossos descontentamentos e agradecendo quem nos ouve e apóia, como o Senador Papaléo Paes, que dele serão nossos votos os das nossas famílias e amigos, pela gratidão que teremos com quem nos ajuda a conseguir justiça.
Juntos venceremos!

Anônimo disse...

Colega,

Gostaria que coloca-se os e-mails para os quais devemos mandar nossas mensagens enfatizando nossos descontentamentos e agradecendo quem nos ouve e apóia, como o Senador Papaléo Paes, que dele serão nossos votos os das nossas famílias e amigos, pela gratidão que teremos com quem nos ajuda a conseguir justiça.
Juntos venceremos!

Anônimo disse...

Meu Deus obrigado!Seguiremos em frente e seremos vencedores.Nao estamos pedindo nenhum absurdo,so o que e nosso por direito depois de tantos sofrimentos.Obrigado tambem a voce Marcos pela iniciativa,estamos no caminho certo.MUITA SORTE A TODOS E MUITA SERENIDADE.

Marcos Cordeiro (André) disse...

Endereços:

Senador Papaléo Paes
papaleo@senador.gov.br

Vice-Presente do BB - Robson Rocha
vipes@bb.com.br

Ivan Rezende disse...

Marcos, cada vez mais acredito na nossa força. Temos que ser destemidos e desencorajar estes pretensos "reporesentantes".
Ainda hoje, na AABB, a nossa turma de futebol, pela manhã, teve a surpresa de receber a visita do João Antonio Maia Filho, Presidente "vitalício" (desde a fundação em 1992) para solicitar apoio para ser delegado de uma outra instituição. Ele é, também, Conselheiro da Previ. Após a sua fala, eu lhe dirigi a palavra, cobrando melhor representatividade dele, como Presidente de uma associação de aposentados e, em contrapartida, fazendo parte da Previ. Perguntei: o que você tem feito pelos aposentados, aqui, na AFAGO, ou na Previ? É óbvio que na Previ ele não declina uma só palavra a nosso favor, para não contrariar a cúpula maior da Previ e não prejudicar seu objetivo maior, que é o de alcançar voos maiores, como "representante" de alguma coisa.
Estou com vocês, vamos desconjsiderar estes nosso "representantes" interesseiros.
Vamos cobrar do Sindicato dos Bancários de Brasília que, no interesse da maioria dos aposentados, faça um acordo e retire a ação contra a reolução nº 26, senão esta ação se arrastará por uns 15 anos.
Estou me desligando, nesta data, da AFAGO (R$ 18,00/mês + muita contrariedade).
Vamos enviar mensagem aos Senadores que tiverem a dignidade de nos responder e solicitar-lhes empenho em nossa luta.
Ainda com 63 anos de idade, me emociono quando vejo colegas com mais de 80 anos empenhados em nossa luta.
Ainda temos grupos distintos do nosso. Precisamos da participação daqueles colegas.

Marcos Cordeiro (André) disse...

Mensagem de caráter reservado recebida do colega Roberto Varella, onde ele demonstra sua preocupação pelo que entende ser desvirtuamento dos propósitos do blog. Instado, gentilmente autorizou a publicação:

Sent: Thursday, November 12, 2009 1:05 PM
Subject: rumos do blog

Caro Marcos,
Estou ficando preocupado com o rumo que seu blog está tomando, claramente, ou melhor, explicitamente anti-PT. Uma breve visita basta para constatar o carregado viés ideológico.
Esperava um espaço plural que congregasse pré e pos 97, religiosos e ateus, corinthianos e palmeirenses, oposição e situação, etc.
Há bons nomes no PT de militantes oriundos do BB como Paulo Bernardo, Ricardo Berzoini entre outros que embora não tenha origem no BB é sensivel as causas trabalhistas como Pepe Vargas, Paulo Paim, etc. que se trabalhados poderiam abraçar nossa causa.
Não podemos perder o foco, o objetivo de nossa luta, que é a melhoria dos beneficios.
Não condeno o seu posicionamento político, só acho que este não é o forum adequadro para essas manifestações, na Web há centenas de blogs com esse próposito.
Você poderia argumentar que se trata apenas de uma estrategia para provocar a PREVI/governo a tomar uma atitude. Acho o efeito duvidoso. A popularidade do Lula passa dos 80%, é maioria até entre os mais instruídos e de maior renda, e em todas as regiões do país, da onde se conclui que entre os 120.000 participantes há um respeitável contingente de simpatizantes do governo, é claro que não é 80%, mas que seja 30%, estaríamos dessa forma perdendo o apoio de 40.000 colegas.
Como você, também nutro uma desconfiança das entidades que nos representam, mas daí a alija-los do processo vai uma grande distancia. Há gente boa também na ANABB como a Cecília Garcez e Romildo Gouveia, este meu vizinho de bairro, encontro-o amiúde no supermercado e na agencia Juvevê onde temos conta, ele se mostra preocupado com a demora na distribuição do superávit, esta muito antenado com os problemas dos participantes. O pessoal da AFABB também é muito atuante. O José Paulo Staub, hoje na PREVI Convicções e paixões politicas vamos deixar de lado.
É o meu ponto de vista.
Grato pela atenção,
Roberto Varella

Marcos Cordeiro (André) disse...

PRIMEIRA PARTE
Tempestiva resposta data ao e-mail do colega Roberto Varela, também devidamente autorizado. Assim agindo fica registrado o espírito de colaboração demonstrado:
Caro Colega Roberto Varella.

Estranho sinceramente os termos do seu e-mail. Noto que você fala a linguagem do sindicalismo e toda sua defesa está voltada para o que representa o PT (sindicatos, congressistas do partido, governo, associações – tudo enfim). Isto também me preocupa, parodiano você mesmo ao se dirigir a mim. Quero que entenda que pontos de vista políticos estão lado a lado com os religiosos. Se algum catequista, missionário, guru ou o que seja abordar um oposicionista convicto, nada abalará as convicções desse crente (no sentido de crendice religiosa). Cada um tem seus princípios e motivações e levam sua vida a seu modo. O ideal é que cada um seja fiel ao que abraçou, mas deixando incólume a privacidade conceitual dos outros.
Meu posicionamento no blog está voltado, única e exclusivamente, à distribuição de benefícios aos integrantes do Plano 1, da Previ.
Pouco se me dá se agrado Petistas ou Pemedebistas, tucados ou democratas. Sou apolítico por convicção. Meu primeiro e último voto para presidente da república foi dado ao Sr. Jânio da Silva Quadros porque eu, recém-saído do exército, estava saturado da propaganda insistente de dentro do quartel para votar no Henrique Teixeira Lott. Deu no que deu. Daí para cá quero estar longe da política. E a acompanho para me tornar informado e ter como me defender de todos que se espremem dentro desse balaio. Assim também como acompanho os movimentos culturais, trabalhistas, religiosos, gays e tudo mais que interfere no cotidiano do cidadão. Sou assinante (on-line) de três jornais (digo Jornais) e não leio os jornalecos daqui de Curitiba que só espelham o ufanismo batido pelo lindo e acolhedor Estado do Paraná.
Quanto aos sindicatos e associações também quero distância no caso presente, porque reputo que sua interferência no processo de distribuição do superávit foi determinante para a vergonhosa situação criada com a repartição dos benefícios. É sabido (e comprovado) que os da panela receberam sua graúda parte (ai incluído dirigentes da previ, de associações, dos sindicatos, etc). Há provas. E, assim sendo, essa mesma camarilha não pode voltar a se imiscuir no assunto, por suspeição. (segue)

Marcos Cordeiro (André) disse...

SEGUNDA PARTE
Continuação da resposta ao colega Roberto Varella:

Os nomes que você cita nada acrescentam ao que penso. Seja Romildo Gouveia, Valmir Camilo, Staub, Paulo Bernardo, Berzoini, Paim são todos vinculados a associações, sindicatos e PT. Também tenho admiração pela Cecília, Mercadante, Suplicy, mas nem por isso me sinto na obrigação de defendê-los. São todos suspeitos para defender a causa que abracei.
Também, o que mais estranho é que estas pessoas não me procuram para dar o seu recado elas mesmas, a não ser uns gatos pingados que o fazem como anônimos ou com mensagens arrogantes e desrespeitosas fora do blog.
Creio que o motivo da distância não é preciso alardear. Sou independente e, por enquanto, tenho o domínio do Site que abriga o blog que tanto tem incomodado. Mas, se a objeção sofrer uma análise apurada, ficará patenteado que a linha de conduta adotada está correta, em direção à divisão igualitária, justa e ampla, a todos os associados, pensionistas e assistidos do Previ Plano 1.
Mas os incomodados não precisam se amofinar. Terminado todo esse processo, satisfatoriamente, encerro minhas atividades aqui, que só têm me causado aborrecimentos. Do mesmo modo que pus o site no ar eu o retiro para manter minha independência. Nada devo e nada temo. Se houve despesas, essas me pertencem e nunca, nunca mesmo, vou pleitear ressarcimento de quem quer que seja. Ninguém me mandou gastar.
Gostaria que você digitalizasse esse seu e-mail dentro da janela do blog, como comentário, para que eu tenha o prazer de vê-lo publicado. E terei o mesmo prazer em respondê-lo com este texto, tudo como aqui está. Ambos iguaizinhos. Mas, se não quiser se dar ao trabalho, pode autorizar que publico do mesmo modo.
Também, não gostaria de ficar com a orelha ardendo pelo puxão de orelhas que me deu, procurarei me policiar. No entanto, freqüentadores do blog também merecem que lhes sejam estendido (o puxão de orelhas), dentro de sua argumentação. Portanto, é um favor que me fará se autorizar a publicação.
Por oportuno, peço que leia meu último post – Meu perfil, que acabo de publicar. Ali encontrará razões para acreditar que sou uma pessoa independente e fiel aos meus propósitos. E nada me fará sair do rumo traçado dentro do entendimento de que esteja agindo para corrigir injustiças.
Permanecendo à sua disposição, peço que aceite meus cumprimentos respeitosos.

Marcos Cordeiro de Andrade.

Anônimo disse...

Colega Marcos,
Me lembrei de 2 parlamentares que são colegas de Banco: Senador Leomar Quintanilha (TO) e deputado Pompeo de Matos (RS), para receberem a mensagem do ULO ou outras queira enviar.
Abraços,
Lazara Rabelo

Marcos Cordeiro (André) disse...

Colega Lázara.

O Senador Leomar Quintanilha (PMDB/TO) licenciou-se no dia 17/09para assumir o cargo de Secretário de Educação do Tocantins. Em seu lugar assumiu o Senador Sadi Cassol do PT.

Já o Deputado Pompeo de Mattos tem vínculo com a ANABB. Por isso não creio que esteja liberado para nos ajudar. Em todo caso, se algum colega se dispuser a tentar sua ajuda, aqui está o endereço:

Deputado Federal Pompeo de Mattos
Câmara dos Deputados
CEP 70160-900 – Brasília – DF
(61) 3215-5810
Dep.pompeodemattos@gmail.com

Marcos Cordeiro (André) disse...

Eis a reprodução da mensagem do colega Sadi enviada ao Deputado Pompeo de Mattos. Um lindo e poético apelo que sensibilizaria o mais empedernido dos gauchos, se existisse...

Ilustre Deputado Federal,
Pompeo de Mattos.

Ajude-nos nessa injustiça que os assistidos/participantes do
PB 1 da PREVI vêm atravessando!
Com todo o respeito à sua pessoa, peço-lhe assessar ou
mandar assessar o Blog "Previ Plano 1" e inteirar-se do ali
contido; o ilustre Deputado só terá a ganhar com isso, - a
gratidão da comunidade aposentados BB desse seu solo
riograndense.
Na oportunidade, coloque para ouvir, mateando e proseando,
aquela maravilha de Berenice Azambuja "Romance de Terra e
Pampa" que foi a música tema do documentário recentemente
exibido pela TVE-RS. Tendo tempo, ouvir também, ali mesmo,
aquela outra maravilha "A Terra que canto!", com Oswaldir e
Carlos Magrão. O ilustre Deputado é moço ainda.Tenho certeza
que se orgulha desses verdadeiros hinos, nascidos e
exaltados aí no Rio Grande. Quem conhece essesdois exemplos,
têm muito do que se orgulhar!
Assim também está sendo a nossa luta! Por direitos, nobre
Deputado!
E para finalizar, quem sabe na reflexão, peça a algum
"gaudério véio" lá no churrasco de confraternização, no meio
dos legítimos amigos, a declamação do "Tio Anastácio", do
saudoso Jayme Caetano Braun, outra maravilha, enaltecendo o
seu solo, ilustre Deputado.
Faça alguma coisa por nós!
Ajude-nos, caro Deputado!
Sucesso e saúde!
Com os agradecimentos,
sadi@
***********************************************************
CorreioWeb. Porque Brasilia precisava de um Provedor daqui

Marcos Cordeiro (André) disse...

Uma correção: o e-mail do Deputado Pompeo de Mattos não é mais o acima. Eis o correto:

Deputado Federal Pompeo de Mattos

dep.pompeodemattos@camara.gov.br

Agradeço ao colega Sadi pelo alerta.

Anônimo disse...

Caro colega Marcos,muito obrigado pelo "MEU PERFIL", de 12/11.Voce nos mostra a garra que devemos ter diante dos fatos com relação ao Superavit. Não vamos e não devemos descançar. Seguir enfrente até o benefício seja atualizado frente aos indices apurados(INPC, GPDI, etc.). Creio que a nau desgovernada encontrou o seu timoneiro. Neste momento estou credenciando-o a me representar na junta de conciliação aposen/bb/previ.
EM VOCE EU CONFIO.

Airton 0.257.320-2

Francisco Rodrigues disse...

Caros colegas,

No caso de um acordo para distribuição do superavit, o pagamento aos participantes será retroativo à data em que o Banco contabilizou a sua parte ?

("perguntar não ofende !")