quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Superávit - Considerações técnicas

(De um colaborador anônimo)

Colega Marcos Cordeiro

A alegação do Banco é que tanto a Instrução CVM 371, bem como a Resolução CGPC 26, determinam que as empresas estatais façam o que ele fez. Primeiro defendeu a questão do “regime de competência” onde os ganhos ou perdas são contabilizados quando são apurados e não quando efetivamente são realizados, como é o caso este ano do superávit acumulado da Previ.

O Banco argumenta também que o art. 1º. da Lei Complementar 109 estabelece que o regime de Previdência Complementar seja facultativo e que é baseado na constituição de reserva para pagamento de benefícios, não justificando a melhoria de benefício, já que você está em um plano onde o benefício já foi definido no momento da entrada na empresa (visão do Banco).

Desde 2005, o Banco reconhece ganhos e juros atuariais do Plano 1 ao valor das contribuições futuras sob sua responsabilidade. Segundo a CVM 371 e segundo os cálculos atuariais feitos por consultoria contratada, em 31.12.08 o Banco poderia ter reconhecido um ativo de R$ 14.084.340 mil (valores de 2005 a 2008).

Em relação às ações judiciais, sua alegação é que as decisões são de primeira instância e nenhuma delas entra no mérito da questão e sim suspende os efeitos até que o julgamento da ação seja finalizado. O Banco defende que é legal a devolução ao patrocinador dos recursos provenientes do superávit e que a LC 109 aborda a revisão do plano e não revisão do benefício.

Os atuários externos calcularam que os valores a serem reconhecidos pelo Banco totalizariam R$ 14.334.596 mil, onde o Banco teria 6 anos para reconhecer este valor. Desses recursos, o Banco calculou os 50%, chegando ao valor de R$ 7.793.671 mil deduzindo os valores do ativo atuarial que já tinha sido registrado anteriormente ( – R$ 2.381.303 mil) totalizando R$ 5.412.368 mil, valor já contabilizado e que impactará positivamente o resultado do Banco, propiciando uma injeção de recursos “virtuais” e, consequentemente, aumentando os valores dos dividendos que serão pagos. É bom lembrar que o maior acionista do Banco é o próprio Governo.

Comentário de um colaborador anônimo. 03/12/2009 -

38 comentários:

Anônimo disse...

Marcos cordeiro e amigos do blog.

Todo tolo é obstinado e todo obstinado é tolo. Quanto mais equivocada a opinião, maior a tenacidade em defendê-la. Quando há evidências de erro, ceder é o mais honesto, pois demonstra elegância , sem perder a razão?.

Anônimo disse...

Pelo jeito o Banco só entende o que lhe é conveniente. A Lei diz que quando o plano for deficitário serão chamados patrocinador e beneficiarios para equacionar; mas não aceita que quando houver superavit seja feita a Revisão do Plano de benefícios (como está escrito). Será que teria que constar assim: Revisão dos beneficios do plano. Mas constou assim: Revisão do Plano de benefícios. Será que a ordem dos fatores alterou o produto? Acho que estão procurando "pelo em ovo".

Anônimo disse...

OLÁ MARCOS.

Quais são as empresas que menos atendem as reclamações dos consumidores e clientes? A Secretaria de Direito Econômico (SDE) lança ainda hoje um Cadastro Nacional de Reclamações Fundamentadas que dá essa resposta.

Esse nome pomposo significa o seguinte: a SDE consolidou as reclamações que viraram processos administrativos nos Procons de todo o Brasil. O cadastro contém 104 000 reclamações contra cerca de 10 000 empresas. Desse total, 70% das demandas dos clientes foram atendidas durante esses processos.

Pela ordem, eis a lista do dez primeiros colocados, em termos proporcionais, neste nada honroso ranking das empresas que menos atendem às reclamações:

1) Bemq-Siemens: 78% de reclamações não atendidas
2)Banco Panamericano: 60%
3)Gradiente: 57%
4)Santander/Real: 53%
5)Claro: 48%
6)Oi: 47%
7)Banco BMG: 41%
8)TIM: 41%
9)Bradesco: 40%
10)Banco do Brasil: 37%

Se tivessemos um canal onde aposentados e pensionistas farian as reclamações a PREVI com toda a certeza estaria em 1 lugar,nesse ranking?.

ACORDA "DIRETORIA" TA NA HORA DE "AÇÃO",O POVO TA ATENTO!.

Ivan Rezende disse...

O comentário acima foi feito, com muita propriedade, por quem realmente está por dentro do assunto. O Banco, ao contabilizar os valores, se beneficiou dos resultados. A outra parte, creio que a principal, somos nós, os participantes do Plano 1, aposentados e pensionistas. Será que o colaborador pode nos adiantar, o que impede à Previ, de fazer melhoria dos benefícios, na mesma proporção apropriada pelo patrocinador, já que não estaria contrariando dispositivos legais, uma vez que, como o colaborador mesmo afirmou, o julgamento da Resolução 26 ainda está em 1ª instância

Ari Zanella disse...

Caros amigos,

Insisto na possibilidade de celeridade do julgamento do mérito no caso do recurso interposto pelo Sindiban contra os efeitos da Resolução 26.
Para ratificar, vou falar sobre meu processo para obtenção da Cesta-Alimentação, em curso na 1ª Vara Cível do Forum de Joinville. Meu advogado não é da cidade, trabalha em Rio do Sul-SC para a Anaprevis, associação através da qual entrei com o processo. Pois bem: o início da Ação foi dia 04.06.2009. Por diversas vezes me dirigi ao Forum para acompanhar fisicamente o processo. Muitas vezes andou mais rápido que o normal pela minha intervenção junto aos funcionários do Forum que cuidam dele. O caso mais exemplar aconteceu ontem, dia 02.12.2009. Consultando pela internet, constatei que o processo estava na 1ª vara cível - cartório, aguardando publicação da relação 6. De imediato, fui até o Forum. Eram 5 horas da tarde. Chegando ao balcão, perguntei a uma moça de um escritório de advocacia que cuidava de seus afazeres:
___ O que faço para que processo chegue ao juiz ainda este ano?
___ Só se o senhor vier aqui todo dia. Respondeu-me.
Ao ser atendido, a funcionária disse que o processo estava na prateleira. Foi lá, apanhou-o e me perguntou:
___O senhor é o sr. Ari? Disse que sim. Deixa comigo que já vou ao computador.
Resultado: Às seis da tarde, ao chegar em casa, consultei novamente na internet:
02.12 - Escaninho do juiz.

Leomax disse...

Muito bem colocada a observação do colega Anônimo 09:58. Isto lembra-me o Delfim Neto, quando ministro da economia nos anos 70, questionado por que não distribuia ao povo as benesses do"MilagreEconomico", respondeu que era necessario fazer primeiro o bolo crescer. Resultado: o bolo cresceu e ainda hoje continua alimentando os corrutos, ficando o povo no "ora veja".

Anônimo disse...

Marcos e Blogueiros...

a associação : PREVI - BB - RES 26 parece as nossas mães quando eramos pequenos e queriamos sair para a rua afim de brincar, a resposta era sempre NÃO , e quando tentavamos argumentar e as nossas razões estavam começando a fazer sentido e ter lógica , elas se debatiam e diziam NÃO, afinal quemda manda aqui ????!!!
isto era o fim da discussão , e nossos pleitos irremediavelmente derrotados.
assim estão fazendo conosco, uma hora não pode pq a Res 26 não permite, outra é pq a liminar na justiça impede, cada dia uma coisa nos impede de ter os pleitos atendidos, afinal, ou somos criança, ou somos realmete um bando de velhos trouxas , somos "impotentes ", e os respeitamos demais, isso a gente fez com nossas mães, mais com esse bando de calhorda, não precisamos ter respeito, temos que derrota-los e urgente,ou continuaremos sendo enrolados como crianças ....
e de parte deles é só o que teremos, as coisas empurradas com a barriga, enquanto o patrocinador vai se apoderando do que quer e precisa.


sergioinocencio

Jorge Teixeira disse...

Colega Marcos Cordeiro,
Refiro-me ao comentário do nosso colega Ivan Rezende, postado no dia 03.12.2009, às 11:05 hs. A propósito, entendo que transcrevendo o que disse a colega Cecília, em comentário postado no seu blog no dia 03.12.09, às 12:14 hs, eu poderia, s.m.j., estar colaborando para responder o que impede à Previ, de fazer melhoria dos benefícios, na mesma proporção apropriada pelo patrocinador.
“ :: Cecília Garcez :: disse...
Antonia,
A questão não é dizer que o Banco é dono da Previ e por isso ele está acima da lei. O que não podemos ignorar é a existência do voto de minerva que permite ao patrocinador o veto de qualquer distribuição de superávit da qual ele julga que pode receber. Como disse em outras oportunidades, é muito difícil o Banco não abrir mão da parte dele; a não ser que as entidades que propuseram a ação façam um acordo desistindo do objeto discutido, como feito no caso da paridade, onde os sindicatos abriram mão da ação negociando com o Banco. O que está faltando é boa vontade para essa retomada.
3 de Dezembro de 2009 12:14”

Anônimo disse...

Colega Marcos,
Qual sua opinião? Após o comentário "Considerações técnicas" e agora essa afirmação da Cecilia? Estamos num beco sem saida? Ou melhor, oferecem o que quiserem e é pegar ou largar? Ou continuamos na justiça e aguardemos o julgamento que poderá beneficiar ou prejudicar os, até então, remanescentes do Plano 1?
Essa é a intenção do Banco que ajudamos a construir. Continuar se valendo das "brechas" que a lei lhe faculta e desconsiderar a situação de cada um de nós.

Marcos Cordeiro (André) disse...

Caros colegas.

Nossas limitações recomendam aguardar. Enquanto isso vamos seguir questionando, reclamando sugerindo, enfim, tentando levar luz às trevas.

Anônimo disse...

Colega Marcos,
Eis uma sugestão que devemos analisar, extraida do blog da Cecilia, postado por um Anonimo.

"Temos visto no noticiário seguidamente o Banco regociando com prefeituras e estados as folhas de pagamento destes entes governamentais e pagando valores expressivos para ter o direito de acolher as contas do funcionalismo. Como todos sabemos todos os negócios da Previ estão concentrados no BB, inclusive a nossa folha de aposentados que diga-se de passagem é bastante significativa. Fica a pergunta: quanto o Banco paga à Previ para ter tal privilégio? E ainda: os demais negócios da Previ, aplicações financeiras, depósitos e outros, o que resulta em benefícios para a Caixa? Desde há muito o Banco nos trata como meros clientes e usuários, em alguns casos ainda pior. Será que não está na hora de exigirmos algum retorno? Isto ou então vamos para a iniciativa privada que certamente nos remunerará."

Seguindo esse raciocinio, porque a Previ não leva a leilão o pagamento de nossas aposentadorias?

Anônimo disse...

Colega Marcos Cordeiro.

Muito estranho a companheira Cecília Garcez, dizer que falta boa vontade.
Quem inicia qualquer tipo de processo é o patrocinador, com as associações e sindicatos.
Se faltares vontade política, começa pela Anabb, Contraf-Cut, Faabb.
Porque não se junta Miriam Fochi, Contra-Cut e Eleitos da Previ, na qual ela faz parte nesse grupo Sasseron e Cia ltda.
William José Alves Bento, Valmir Camilo, Cecília Garcez representando a Anabb.
Isa musa, Gilberto Santiago, Piani representando a Faabb e suas afiliadas e entrar num consenso.
Todos estes são os atuais responsáveis pela não distribuição da reserva para revisão do plano.
Como se chega a esta conclusão:
Muito simples, se notar todos são representantes que se ligam entre uma coisa e outra, veja o exemplo da Anabb, de tem pessoas ligadas no Conselho Deliberativo, Diretoria Executiva, e diversos Conselhos de Administração das Participadas.
Contraf-Cut ala dorsal do PT, fez o presidente omisso, não participativo as questões ligadas ao plano 1 e que só pensa em manter-se no poder a qualquer custa,só não pressionou mais pela saída de Aguinelli da presidência da Companhia Vale porque pego mal pela opinião pública.
A peça chave de toda esta história chama-se Sindicato dos Bancários de Brasília, que de tem a liminar, parte integrante da ala Sasseron e Cia e Mirian Fochi.
Todos podem dizer assim, mas é o banco quem de tem o voto de minerva, e não queremos dividir:
Eu pergunto aos senhores como não vai dividir os senhores acham que mesmo que o PT não eleger Dilma, muda-se Sergio Rosa do comando da Previ,renovar-se novas diretorias ou toda a cúpula da previ,vai mudar o rumo desta historia?
Não, não senhores, o Patrocinador vai abocanhar este ano de novo com toda a certeza e o próximo mandatário vai editar outra resolução, ai sim levando o Bolo inteiro, Vocês acham que a PREVIC esta sendo criado para nós defender?.
Não vejo alternativa, para que possamos reverter esta situação que não a de ceder, e celebrar logo um desfecho para este caso.
Perdemos a metade mais ganhamos em dignidade, com respeito e principalmente com A certeza que cumprimos nosso dever de atentar contra 120 mil famílias praticamente indefesas na era FHC E LULA.
Bons já falaram muito, agora é com vocês, será que tem valido a pena esconder, será que não esta na hora de colocar a sabedoria ao nosso favor.
Temos condições de virar este jogo, e ele começa aos 45 do segundo tempo.
Dou lhes uma sugestão: Tudo começa quando pessoas dotadas de inteligência, usam o poder que tem para cobrar,seja da presidência da previ,da presidência do patrocinador ou das entidades ligadas ao funcionalismo.
Bom fim de semana a todos.

Marcos Cordeiro (André) disse...

Colega anônimo 07:11.

Por força dos estatutos...

Regulamento do Plano 1.
Capítulo XI – Dos Critérios de Pagamento e Reajuste de Benefícios

Seção I – Da Forma de Pagamento

Art. 61 - Os benefícios e rendas de que trata este Regulamento - ressalvados os casos de resgate de reserva em parcela única - serão pagos em prestações mensais e consecutivas, pelo prazo de duração do benefício, no mesmo dia em que o patrocinador Banco do Brasil S.A. fizer o pagamento dos salários de seus empregados.

§1° – Os pagamentos devidos pela PREVI em decorrência deste Plano de Benefícios serão efetuados por meio das agências do Banco do Brasil S.A., na forma definida em norma interna da PREVI.

rosalina_de_souza disse...

Marcos Cordeiro e Amigos do blog.

COOPERFORTE :

Cobrei hoje da Diretoria da Cooperforte,a respeito das mudanças sobre os empréstimos da cooperativa.
Assim que eles disponibilizarem a resposta repasso aos colegas.

rosalina_de_souza disse...

Colega Marcos Cordeiro

Peço a devida licença para disponibilizar o email recebido da cooperforte :

Data 04/12/2009 as 11:28
Prezada Sra. Rosalina de Souza,

Em atendimento ao seu e-mail informamos que a Diretoria da Cooperforte está concluindo estudos para examinar a possibilidade de alteração dos produtos de sua linha de crédito, no que tange a prazos, taxas e limites, considerando a natureza dos recursos disponíveis, que se originam exclusivamente das aplicações dos cooperados.

A Cooperforte está ciente dos novos desafios impostos pelo mercado, principalmente no que se refere à política de crédito dos bancos públicos específica para seus funcionários, e está convicta de que encontrará as soluções adequadas às necessidades dos seus associados e ao equilíbrio financeiro da Cooperativa, como tem ocorrido ao longo dos anos.

Colocamo-nos à disposição, por essa via ou por nossa Central de Atendimento - 0800 701 3766, para quaisquer outros esclarecimentos.

Atenciosamente,

GETEL
Gerência de Telemarketing

Anônimo disse...

Olá Marcos

Quando se formou o GT ANABB estas pessoas eram nossos representantes ,foram eles os únicos responsáveis pela não distribuição da reserva especial,pois discutiram tanto que veio a crise financeira e engoliu a reserva e conseqüentemente a edição da resolução 26.
Representantes dos associados :
ANABB:
Valmir Camilo
Cecília Garcez
José Branisso

FAABB
Isa Musa
Paulo Lima

FEBB SP/MS
José Luiz Barboza

AFABB–SP
Waldenor Moreira Borges Filho

AAFBB
Gilberto Santiago

CONTRAF-CUT
Marcel Juviniano
Olivan Faustino

ELEITOS DA PREVI
José Ricardo Sasseron
William José Alves Bento

Convidados:

ELEITA PREVI:
Mirian Fochi

FEBB SP/MS
Armando Santos

Anônimo disse...

Anonimo das 10:14

Perfeita a sua análise.
Na época eu também achei estranho a demora nas definições do que seria negociado e como. Sempre tive a certeza de era enrolação "proposital". Nemj se fala nas tais "reuniões" nos Estados patrocinada pela ANABB.
Existe uma "clara" intenção de se postergar o máximo possível a utilização do superávit em favor dos participantes. Ainda não descobri porque mas a verdade aparece mesmo que demore um pouco.

Anônimo disse...

Marcos.

A previ de todos nós virou um verdadeiro zoológico:
Papagaios, macacos, onças e velhacos ? hehehehehehehe
e nois aqui esperando cooperforte nos salvar!!!. acorda gente tamo é ferrado mesmo?.

Anônimo disse...

Marcos e pessoal do blog,

Gostaria de tirar uma dúvida e, também, ouvir a opinião de todos.

A questão é: estamos ou não recolhendo contribuições para a PREVI?

Parte dos últimos superávits está sendo utilizado para o pagamento de nossas contribuições (ativa ou aposentados/pensionistas) e do BB. Mas está sendo utilizado um valor para pagamento em nossos nomes, LOGO é como assim estivéssemos fazendo pelo desconto na fopag.

Este valor está entrando na nossa reserva matemática?

Em uma eventual devolução de contribuições acima das 360 (na ativa ou aposentado) deverá, por lógica, ser considerada. Não importa de foi A, B ou C quem pagou para nós (neste caso dinheiro do superávit) o caso é que foi recolhido.

Não sei se estou certo em minhas considerações. Por favor me esclareçam.

Pedro.

Anônimo disse...

Marcos Cordeiro.

Colegas do Blog.
A Previ guardiã das nossas riquezas minha, sua, do pessoal da ativa, viu em 2008, através da aplicação de 60% do seu patrimônio, em renda variável, registrou percas de 15,30 bilhões,viu sua reserva acumulada se desfazer em poucos meses, e agora em um único mês vimos a perca de mais de 2 bilhões.
Eu pergunto ao amigo marcos, e acho que pergunta não ofende, se essa atual diretoria esta no caminho certo? Na ultima revista numero 144, setembro de 2009. Veio a seguinte explicação na pagina 19 onde se tem uma tabela comparativa que diz que o empréstimo simples é o mais barato. Que se tivesse adotado o prazo de 96 meses. Nós aposentados e pensionistas do plano 1 pagaríamos em 96 parcelas 20.742,41 de juros por um empréstimo de 70 mil reais.
Eu pergunto aos senhores porque não explicam a perda de mais de 2 bilhões em um único mês do ano de 2008.nossa carteira de empréstimo entre financiamentos e empréstimo soma pouco mais de 3 bilhões ! Qual a explicação para tanto esforço se nós não veremos esse dinheiro.
Quais os reais motivos para iludir estas pessoas, se de fato tudo leva a crer que não teremos distribuição dos fabulosos superávits.
Bom fim de semana aos colegas.

Marcos Cordeiro (André) disse...

Caros colegas.

“Projeto que cria a Previc segue para o Senado

O projeto de lei 136/2009, que cria a Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc), foi encaminhado em 2/12, em regime de urgência, para o plenário do Senado, a pedido do líder do governo Romero Jucá (PMDB/RR). Se aprovada em regime de urgência, no plenário do Senado, ainda em dezembro, a Previc pode começar a funcionar em 2010. Site Previ”.

- Isto poderá servir de desculpa para engessar a discussão sobre o Superávit até a regulamentação. - Lembremo-nos da Resolução 26. Será que teremos um filme reprisado em cópia modificada?

Anônimo disse...

Marcos e colegas do blog

Estamos reclamando desde a distribuição do superávit de 2006 com a injusta e absurda "renda certa" que benefíciou apenas uma parte dos aposentados da Previ, como se todos os integrantes do plano 1 não tivessem contribuido também para o resultado desse superávit.

Agora já estamos no final de 2009, sem nada sendo negociado, nossa situação vai piorando nossos emprestimos crescendo, dizem que o BB quer negociar mais não sei para quem ele diz isso, as associações continuam paradas, é só Isa Musa melindrada, Gilberto Santiago parado,Valmir Camilo escondido de vergonha talvez, porque depois de todo alvoroço feito em 2008 pela ANABB, com pesquisa, apostila, entrevista, discurso etc... o Valmir desaparece, deve ter sido bem pago para se calar e sumir.

Nós ficamos aqui esperando que algum político correto nos apoie.Acho melhor encontrarmos outro caminho, porque só na véspera das eleições é que vão lembrar que podem ganhar votos ajudando-nos a fazer justiça e nas eleições da PREVI fica claro que quem tiver o nome no CANAEL está fora, mais tudo leva muito tempo e temos pressa.

Vamos manifestar nosso interesse em fazer acordo com o BB, nominalmente,iniciaremos um abaixo assinado para ser encaminhado ao presidente do BB.

Ari Zanella disse...

Prezado Marcos e blogueiros,

Cheio de alegria quero dizer a todos que hoje foi proferida sentença a mim favorável no pleito da Cesta-Alimentação, processo iniciado em 04.06.2009, portanto, exatamente 6 meses após.
Caso alguém do blog ainda não tenha entrado com o pedido, aconselho a fazê-lo pois a justiça retroage o pagamento há 5 anos.
Meu processo poderá ser acessado a quem se interessar.
www.tj.sc.gov.br clicar em "consulta processuais - COMARCAS".
Na linha clicar no ícone v para abrir a cidade; clicar em Joinville. Finalmente o nº do processo: 038.09.022249-8.

Abraços a todos.

Marcos Cordeiro (André) disse...

Parabéns colega Ari Zanella.

Com sua licença (implícita no comentário) eis o link para consultar o processo:

http://tjsc23.tj.sc.gov.br:8080/cpo/pg/search.do?cbPesquisa=NUMPROC&dePesquisa=038.09.022249-8&cdForo=38

Agora só falta o felizardo ensinar o caminho das pedras: endereço do advogado e demais passos para início da demanda.

Marcos Cordeiro (André) disse...

CESTA-ALIMENTAÇÃO

O link acima está disponível em "Notícias Relevantes". Com um simples toque o processo é visualizado. Boa sorte a todos - com a ajuda do Ari.

Anônimo disse...

Colega Marcos,

É só acessar o link abaixo e todos terão informações sobre as ações Cesta-Alimentação e Abono Unico, indicando os parceiros do país.www.
clicdireito.com.br/fundacoes.asp

Anônimo disse...

Caro Marcos Cordeiro

Era para ser de um jeito...
O tempo não nos deixou opção
Agora é tarde..., todo tempo que devia ser aproveitado, foi no entanto desperdiçado...
Na realidade tudo não passou de um jogo político. ( PREVI X PATROCINADOR ).
Joga a situação e joga a oposição. Somos apenas peças nesse jogo, que são levadas por palavras vazias, palavras rasas, palavras demagógicas, palavras de ilusão.
Palavras que nos levam ao xeque-mate da frustração.
Aquele que é, não é. Aquele que não é, engana!
Somos peças nesse jogo de hipocrisia e interesses próprios!
VALMIR CAMILO,ISA MUSA,GILBERTO SANTIAGO,SERGIO ROSA,SASSERON,WILLIAM BENTO,MIRIAN FOCHI,CECÍLIA GARCEZ E MUITOS OUTROS FAZEDORES DE “ILUSÃO

Anônimo disse...

Marcos Cordeiro e Amigos do Blog.

NO COMEÇO ÉRA FOME ZERO, E O QUE TEMOS?FOME.
DEPOIS ÉRA ENERGIA BIO RENOVAVEL, ENERGIA LIMPA.
E O QUE TEMOS?O DISEL MAIS CARO DO PLANETA.
DEPOIS VEIO O PAC E O PAC.

O PAC SÓ DEU CERTO PARA OS,FABRICANTE DE CIMENTO.
PARA OS:FABRCANTE DE VERGALHÕES DE AÇO.
PARA OS:TRANSPORTADORES TIPO""" NENE DA GOL""".
EMPREITEIROS ETÉRNOS, ELES OS VENERAVEIS EMPREIREIROS DE OBRAS PÚBLICAS E CARISSIMAS MAS LÓGICO DE BAIXISSIMA QUALIDADE TAMBEM.
OS VELHACOS DA NAÇÃO.ETC , ETC E TAL.

E AGORA ?????

E O DINHEIRO Ó .

É O DINHEIRO SAI DO CAIXA DA PREVI(MELHOR DIZENDO DOS BENEFICIARIOS DO PLANO 1 ), PARA O BOLSO DOS MENINOS TRAVESSOS É CLARO.

AÍ OS LOUCOS AINDA SOMOS NÓS POR QUERER AUMENTO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES,MORADIA PELA CARIN,CESTA ALIMENTAÇÃO,ETC........

ESSE BRASIL É PARA POUCOS MESMO

Anônimo disse...

Olá meu caro Marcos.

Acho que estamos no caminho errado , com tanto blá blá não estamos chegando a lugar nenhum. Só falatório . fulano disse , ciclano falou e tudo continua na mesma , vai-se o ano e nada vai ser resolvido , estão nos levando em banho maria , e o pior é que sabemos disso e não queremos acreditar ...somos sonhadores . É como se diz, o Brasileiro não desiste nunca ...perdem-se as esperanças quando morremos .
Não temos força para lutar , só temos sabedoria dos longos anos de vivência .
A Diretoria da Previ é omissa, vai continuar omissa, e nossas associações se renovan com o mesmo frescor de antes,mais parece cachorro que não quer lagar o osso, não há renovação,são sempre as mesmas caras sujas de antes, ai termina parecendo um chiqueiro,onde todos se sujan com a mesma lama podre.
Em que acreditar,sinto-me desiludida ai ver tanta sujeira sendo escondida para debaixo do tapete,como será que fica esta casa? Hem !!!.
Lourdes Sinop- MT

Marcos Cordeiro (André) disse...

Atenção Atuários de plantão

INSS cobrará dos Bancos R$ 1,68 por benefício.

A Previ não cobra nada (por força dos estatutos - reforme-se-o).

Vamos calcular quanto deixa de receber?

Anônimo disse...

Marcos Cordeiro

Toda doença tem um diagnóstico ou todo mal tem um tratamento ou não.

Vãmos ficar malhando em ferro frio aqui o resto da vida. A conjuntura atual é horrível,Anabb,Faabb,Contraf-Cut

Então o dia que os aposentados do plano 1 previ, tiver uma representante competente as coisas podem vir a mudar, fora isso

Baú Baú beijinhos beijinhos nunca vamos ganhar nada.

Vera Lúcia -Manaus

Anônimo disse...

Amigos,
Não vejo outra saida, é pressão em cima deles Previ e Patrocinador, sair as ruas, ir a Brasilia, para isso precisamos nos mobilizar. E mais, valorizar nosso voto nas próximas eleições, e eliminar essa corja de “CANDIDATOS” corruptos.
Um abraço Manoel da Costa Ribeiro Sobral- CE

Marcos Cordeiro (André) disse...

Colega Lourdes.

Hoje é sábado. E sábado lembra faxina.

Façamos do nosso futuro próximo um grande sábado para uma limpeza geral.

O Voto será nosso detergente e ele é abundante em nossos lares.

E para proteger as mãos usemos o CANAEL como cédula de votação.

Jorge Teixeira disse...

Colega Marcos Cordeiro,
O blog dos eleitos da Previ contempla, desde 05.11.2009, o mesmo tema para comentário “Empréstimo Simples: aumento de teto e prazo para o Previ Futuro”. De se notar que, decorrido um mês, até o momento, 10:55hs de 05.12.2009, não há nenhum comentário postado. Penso que esteja havendo total descaso para com o conteúdo do blog ou um “natural” acúmulo de atribuições por parte dos responsáveis pelo espaço, em razão das diversas atividades que exercem, simultaneamente, nas inúmeras entidades representativas de funcionários das quais devem participar também como dirigentes. Uma simples e rápida consulta ao CANAEL servirá para melhor elucidar. Talvez seja por este motivo que não esteja sobrando tempo suficiente para cuidar dos interesses dos aposentados e das pensionistas do “PB-1”. As eleições para Previ serão no ano que vem e, com certeza, tudo isso será levado em consideração no momento da votação.

Anônimo disse...

Marcos Cordeiro.

Eu também já senti na pele a bandidagem do sindicato.,eu bancário na ativa. Esperei aflito a reação do Sindicato dos Bancários administrado pela CUT ao qual eu era filiado. Eles nada fizeram. Na nossa frente atacavam os banqueiros e o governo, por trás reunia com os mesmos prá nos sacanear. Aliás não posso dizer que não fizeram nada. Fizeram sim. Acabaram colocando muito nas mão de poucos,”renda certa”. Quando interpelados, respondiam que, sindicato é para reivindicar aumentos salárial. Não foi feito para assistencialismo(superávit). São todos safados, traíras,corruptos,mercenários...

Anônimo disse...

OLÁ Marcos Cordeiro

FORA O COMODISMO

Tenho observado aqui no blog que ninguém por aqui lança idéias para pressionar os nobres colegas sindicalistas a nos apoiar ou a diretoria rever a sua posição. Tenho observado que ninguém aqui está disposto a fazer nada de concreto, a internet ajuda mais não basta. Podemos ficar aqui mais 100 anos e não vamos ganhar nada. Precisamos sair desse comodismo e ir para Brasília, porque é lá que as coisas funcionam. O ano acabou e não conseguimos absolutamente nada, será que ano que vem nós vamos só ficar aqui de frente ao computador?.

Marcos Cordeiro (André) disse...

Meu caro Jorge Teixeira e demais colegas.

Atentem para o que ocorre comigo. No momento, 12h27 min deste sábado, aguardo notícias da minha mulher e filho que viajaram ao Rio ontem à noite, às pressas, para prantear parente morto (irmã gêmea queridíssima de minha mulher e que me era muito cara). Aqui fiquei sob justificativas superáveis e, desolado, sozinho, cumpro o dever que me impus. Atualizo constantemente o nosso blog, já tendo postado, agora, o “Última Chance”.
Dedicação, meu caro Jorge, dedicação e responsabilidade. Coisas que todos deveriam respeitar e praticar.

Marcos Cordeiro (André) disse...

- Fim da hibernação. Ainda não é verão, mas a Isa Musa saiu da letargia. Visitem-na aqui do lado no Blog da Cecília – está muito loquaz. Logo acordarão Valmir Camilo, William Bento, etc.

- Nada alarmante, apenas para nos lembrar que as eleições estão se aproximando. E que o CANAEL existe!