sábado, 5 de dezembro de 2009

Última chance!

Caros colegas.

- Pelo quadro que está sendo desenhado não se vislumbra o surgimento de uma obra prima. Talvez nem uma tela fajuta saia daí, ficando por terminar.

- As prometidas discussões do superávit provavelmente não evoluam até o final do ano. Isto porque as partes envolvidas – ditas atuantes – não acalentam interesse em que algo aconteça até as eleições. Seguram nas mãos uma moeda de troca muito valiosa para ser jogada na mesa agora, quando estão ameaçadas pelas pressões vindas do nosso lado. No momento nós simbolizamos um manso riacho que tende a virar caudaloso rio, como no episódio dos “Caras-Pintadas” que todos conhecemos e aplaudimos.

- As figuras bolorentas que nos representam são as mesmas de outros carnavais. E por mais que espanem as vestes não dá para limpar as caras – nem travestir os nomes.

- Ofuscados pelo fracasso anterior estão trabalhando nos bastidores tramando meios de nos engrupir mais uma vez. Mas, temerosos do barulho que fazemos preferem não arriscar, guardando seus trunfos para lançá-los na hora propícia: vésperas de eleições.

- Aí, sim, atacarão com unhas e dentes na busca de paliativos. Nesse momento usarão sofisticadas iscas estrategicamente camufladas para fisgar o peixe grande – nós, eleitores do Previ Plano 1. Tentarão com isto refazer a máscara em uso, dando-lhe ares de simpatia, mas sem arrependimentos porque sua parte já foi garantida - e dormem sobre confortáveis colchões de plumas comprados à nossa custa.

- Cedo saberão que estamos espertos e não mais engoliremos seus engodos. Ou agem agora, com seriedade, honestidade e vontade política ou será tarde demais para embalar suas vocações filantrópicas. Será tarde e não mais terão a quem proteger com suas ridículas e inoperantes Associações que estão sendo dissecadas.

- Têm, agora, sua última chance de aspirar alguma coisa junto a esses escabriados eleitores. Estamos atentos e não devemos repetir os votos de cabresto de outrora.

- Estão tendo sua ÚLTIMA CHANCE repito.

Marcos Cordeiro de Andrade – Curitiba (PR) – 05/12/2009.

10 comentários:

Marcos Cordeiro (André) disse...

Em atenção ao questionamento do colega Jorge Teixeira, no post "Superávit - Considerações técnicas":

Meu caro Jorge Teixeira e demais colegas.

Atentem para o que ocorre comigo. No momento, 12h27 min deste sábado, aguardo notícias da minha mulher e filho que viajaram ao Rio ontem à noite, às pressas, para prantear parente morto (irmã gêmea queridíssima de minha mulher e que me era muito cara). Aqui fiquei sob justificativas superáveis e, desolado, sozinho, cumpro o dever que me impus. Atualizo constantemente o nosso blog, já tendo postado, agora, o “Última Chance”.

Dedicação, meu caro Jorge, dedicação e responsabilidade. Coisas que todos deveriam respeitar e praticar.

Marcos Cordeiro (André) disse...

Cópia de mensagem enviada pelo colega Ivan Rezende ao Sindicato:

www.bancariosdf.com.br/bancariosdf
Mirian Fochi

Tem sido notícia que o BB está negociando com esse Sindicato, para retirada da
ação contra a resolução 26, para que a Previ possa atender o seu regulamento e
melhorar os benefícios dos aposentados, plano1.
Para que os interessados possam ser esclarecidos, solicito que seja informada
sobre a veracidade dos fatos e se há predisposição do Sindicato em negociar.
A propósito, qual o número real de aposentados que esse Sindicato está
representando e se existe outra entidade que está movendo ação semelhante?
Favor me informar o número do processo.

Ivan Rezende
Obs. do blog - Esperemos que a destinatária tenha a dignidade de responder.

Anônimo disse...

Marcos e pessoal do blog,

Há tempo que gostaria de manifestar uma opinião sobre o nível de conhecimento dos aposentados/pensionistas e pessoal da ativa sobre o que está acontecendo em relação a demora do superávit e sobre outros fatos que toda aparecem envolvendo a PREVI. Penso que a freqüência maioria dos participantes da PREVI desconhecem estes fatos até porque muitos deles não acessam os blogs disponíveis. E aí acho que reside um papel importante para todos nós. Quando encontrarmos algum colega aposentado, pensionista ou da ativa temos que relatar os fatos. temos que incentivar os mesmos a tomarem pé da situação e temos que conscientizá-los de que o presente e o futuro podem estar comprometidos e aqulee tempo de ficar passivos e de que as coisas boas vinham ao natural já passou. A nossa força é a nossa conscientização. É com ela que vamos votar ao que vem.

Anônimo disse...

Colega Marcos Cordeiro.
É óbvio que esse pessoal não está preocupado com ética ou responsabilidade.
Trata-se apenas de revanchismo, represália contra a liberdade de alguém ou de algum veículo (www.previplano1.com.br) de divulgar qualquer verdade que os desmascare.
Esses tiranos( presidentes de associações e de sindicatos ) querem vingança e estão comparecendo aos campos de batalha com armas de última hora, enquanto as verdadeiras vítimas os aposentados e as pensionistas do plano 1, permanecem de braços cruzados.

Anônimo disse...

Colega Marcos
E a velha História se Repete, é sempre assim. Ah investigaram X e Y e as listas sumiram. Onde quando se investiga a fundo existe um esquema de fraude muito maior do que se imagina. Os tais envolvidos no esquema seriam como nos “Bingos”, os laranjas da casa, na verdade se há fraude com base na suposta fraude, ou seja a fraude é uma história contada para crianças dormirem Até quando seremos enganados por esses dirigentes da PREVI,Mesquinho e Idiota que acham que nós somos bobos de acreditar que a Própria PREVI tem “isonomia” , agindo a todo vapor contra os aposentados e as pensionistas do plano 1? Ah, duvido muito viu? Façam, me Rir HAHAHAHAHAHAHAHA… Ainda Bem que o nosso querido Sergio Rosa esta de malas quase prontas para sair,ACABEMOS de Vez com ESSAS FARSAS, CORRUPÇÕES E MENTIRAS ABSURDAS dessa diretoria que se renova.
Um Forte Abraço ao Marcos Cordeiro e a todos do Blog, Helênnio Reis.

Anônimo disse...

E EU ACREDITO EM PAPAI NOEL VIU??? HAHAHAHAHAHA…. HÔ HÔ HÔ A TURMA DA “ISA” CHEGOU HÔ HÔ HÔ… TRAZENDO UM BELO PRESENTE DE NATAL “MENTIRAS CABULOSAS E CORRUPÇÕES ASSUSTADORAS” ESSA “Turminha e suas “Máfias” Que merecem Excepcionalmente UM “Belo Contrário”) Um Feliz Natal a Todos, e um Próspero Ano Novo Inclusive ao Nosso Querido e Ilustre Representante Marcos Cordeiro.

Anônimo disse...

Prezado Marcos,

Minhas condolências pelo passamento de sua cunhada. Perder um ente querido é sempre doloroso.
..................................

Tenho acompanhado, com atenção, as várias sugestões apresentadas nos comentários postados em seu blog para uso do superávit (Reserva Especial) do PB-1. Confesso que me supreende o desconhecimento por parte dos autores sobre as formas possíveis de utilização da Reserva Especial apresentada pelo PB-1, administrado pela PREVI.
A Diretoria, presidida pelo Sérgio Rosa, indicado pelo Banco, não tem poderes para decidir sobre o uso dos recursos da Reserva Especial. Pode e deve, tão somente, estudar o assunto e sugerir ao Conselho Deliberativo, o qual decide por consenso. Se houvewr empate (3 conselheiros nomeados pelo Banco e 3 eleitos pelos participantes e assistidos), o presidente do Conselho, nomeado pelo Banco, desempata aplicando o voto de minerva, quer dizer, o Banco decide sempre, conforme prevê o Estatuto, imposto pelo Intervendor da SPC em decorrência das prescrições da Lei Complementar nº 108, de 29/05/2001.
Essa L.C.nº 108, dispõe sobre a relação entre a União, os Estados, o Distrito Federal, os municípios, suas autarquias, sociedades de economia mista ... e suas respectivas entidades fechadas de previdência complementar. Prescreve no parágrafo único, do Art. 3º, que os reajustes dos benefícios em manutenção serão efetuados de acorco com critérios estabelecidos nos regulamentos dos planos de benefícios, vedado o repasse de ganhos de produtividade, abono e vantagens de qualquer natureza para tais benefícios.
O Art. 11 prevê o voto de minerva para o presidente do Conselho Deliberativo nomeado pelo patrocinador.
O Art. 13, prevê que ao Conselho Deliberativo compete:
I - política geral de administração da entidade e de seus planos de benefícios;
II - alteração do Estatuto e Regulamentos dos planos de benefício;
VI - nomeação e exoneração dos menbros da Diretoria Executiva.
Portanto, não podemos nós, os participantes e assistidos, sugerir ou decidir sobre a renúncia coletiva da Diretoria e nem sobre alterações no Estatuto e regulamento.
A Diretoria também não pode propor abono fixo ou outras melhorias sugeridas em comentários postados no blog. Pode a Diretoria, e deve, propor uma revisão geral do plano de benefícios que a todos beneficie, proporcionalmente às complementaçõs que percebem, revisão essa que, para ser incrementada, depende, ainda, da aprovação do Banco através do voto de minerva do Dr. Robson Rocha, da SPC e de outros órgãos governamentais. Imagino que o Dr. Rocha pretendeu, ao convidar a Comissão indicada pela FAABB para um encontro formal, avaliar as pretensões e os desejos manifestados pelos assistidos (maioria dos integrantes do Plano) quanto à utilização da Reseva Especial, já que os funcionários da ativa contam com os representantes da Contraf-Cut para defendê-los. Agora, se um ou dois represetantes indicados pela FAABB (o Ruy Brito e o Egydio Piani, por exemplo) vão participar das futuras negociações não se sabe ainda.

Abraços para todos.

Carlos Valentim Filho - Joinville (SC)

Marcos Cordeiro (André) disse...

- Pela importância do conteúdo o comentário acima mereceu um post, desta data. Trata-se de “Comentários esclarecedores”.
- Espero que o Colega Carlos Valentim Filho não se importe de tê-lo usado como destaque, mas a intenção é transmitir informações em local de melhor visualização por parte dos freqüentadores do blog, registrando o crédito devido.

Marcos Cordeiro (André) disse...

MENSAGEM REPETIDA

Devidamente autorizado, repasso texto da mensagem recebida de um amigo do blog, colega José Monteiro. Pelo conteúdo altamente sugestivo, peço a todos um pouco da sua atenção para o assunto, ao tempo em que aguardo resposta ao que nos aflige: como chegar aos participantes se não temos seus endereços.

Caro Marcos, com o objeto de alcançarmos o maior numero de participantes do plano previ 1, ocorreu-me uma idéia, para que todos os colegas tomem conhecimento do que está ocorrendo com os problemas relacionados com a nossa PREVI, sugiro que sejam enviados folhetos,revistas, ou qualquer outro meio de comunicação que chegue ao alcance dos colegas que talves não tenham conhecimento do que está ocorrendo com a NOSSA PREVI. É um meio pelo qual esses colegas que não frequentam ou não sabem da existência desse seu blog, tomem conhecimento dos problemas que estão acontecendo. Servirá também como orientação para as próximas eleições. A divulgação do CANAEL, do seu blog, orientação em quem devem votar e muitas outras coisas de interesse do nosso grupo.Eu, até pouco tempo, quando não conhecia os candidatos, me servia da orientação da ANAAB. Votava nos candidatos por ela sugerido. Por falta de informação. Justo nela que estão concentrados todos os maus colegas que compõe a sua diretoria. Sei que tudo isso demanda gastos. Gastos esses que deverão ser rateados entre nós, frequentadores de seu blog. Veja o que voce pode aproveitar disso tudo que lhe falei. A propósito mandei um e.mail para a ouvidoria do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), para nos orientar o que devemos fazedr para agilizar o processo da Resolução 26. Já confirmaram o recebimento do e.mail. Preciso da Vara e do numero do Processo para melhor esclarecer a ouvidoria. Abraço.

Marcos Cordeiro (André) disse...

- Fim da hibernação. Ainda não é verão, mas a Isa Musa saiu da letargia. Visitem-na aqui do lado no Blog da Cecília – está muito loquaz. Logo acordarão Valmir Camilo, William Bento, etc.

- Nada alarmante, apenas para nos lembrar que as eleições estão se aproximando. E que o CANAEL existe!