quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Desculpa esfarrapada

Caros Colegas.

Os políticos de todas as esferas usam e abusam da capacidade de enrolar os crédulos. Parece existir um vírus do cinismo inoculado em todo ser humano que dependa do voto popular para ocupar cargos. Se não bastassem as figuras dantescas que se firmam nas câmaras baixas, no parlamento e nos governos desta nação – seja em nível de municípios, de estados ou do país, ainda temos que conviver com eleitos inoperantes que posam de defensores de aposentados e pensionistas. Somente diferem na nomenclatura das posições, porque o cerne do caráter é o mesmo. Como é a mesma a cara de pau que ostentam no dia a dia. E para eles, uma vez no topo, a política é o alimento que os fortalece. É a razão de tudo. Assim como é a desculpa para tudo. Para eles tudo gira em torno do voto e das eleições que lhes dão o sustento, esse acepipe supremo da nojenta mesa de guloseimas próprias em que se refestelam e se lambuzam, no vergonhoso festim rotineiro dos enganadores da opinião pública que, embora falantes de língua solta, não sustentam a palavra dada em campanhas sucessivas ocupando palanques, e nos folhetos de propaganda contendo suas metas. Metas que sabem de antemão que não serão cumpridas, mas que insistem em propalar sem compromisso com a verdade, por terem convicção de lidar com inocentes uteis que querem acreditar no que dizem e prometem, por falta de certeza maior. E que a eles se curvam em subserviente postura de vaca de presépio, os elegendo sempre, entra votação e sai votação – para os mesmos viciados e cevados cargos. Assim é se me parece.

Também eles têm o dom de transmitir egoísmos e maus sentimentos. Já notaram que das reuniões montadas em seu louvor nada transpira? É sempre do mesmo jeito. Terminado o encontro saem todos para suas tocas, palestrantes e convidados – mudos todos. Ninguém diz um ai a partir daí. Até parece que no evento lhes fazem uma lavagem cerebral com a orientação de não divulgar nada. Absolutamente nada! Esquecem que por conta de sua própria propaganda 120 mil almas ficam a espera de noticias. Fuçando blogs, ligando para os amigos, perturbando Deus e o mundo, catam vestígios de algum relato. E nada!

No início do espetáculo os mesários e participantes se acomodam com seus Notebooks, celulares e câmeras digitais, e depois não dizem nada, não mostram nada e nada registram. Tudo por conta do vírus do silêncio e do segredo inoculado pelos “eleitos” para que haja próxima vez, em outras plagas, juntando mais trouxas para assistir e prestigiá-los, lhes dar ouvidos e bater palmas hipócritas, quando o certo seria ofertar-lhes ovos e tomates – se houvesse dinheiro para desperdiçar com isto.

E “os eleitos” seguem distribuindo ilusões baratas em pencas, guardando as mais caras para momentos especiais. Foi o que aconteceu na reunião de ontem em Uberlândia, especialíssima data para exercer a arte da demagogia e do cinismo. Anunciados dia e hora do encontro, deixaram pairar expectativas alimentando a maldita ilusão de que seria anunciado o prato cheio da esperança incontida. Ali seria divulgado o Novo ES e as premissas de distribuição do superávit da PREVI, elementos básicos para dar sobrevida a moribundos famintos de antigas necessidades. Poderiam ter sido taxativos – tem ou não tem. Mas não! Continuaram fazendo seu jogo. E tudo saiu como programado – para eles.

Montado o palco, repletas as galerias, mais uma vez se extasiaram com a rotina de maldades em que estão atolados até o pescoço. Terminado o encontro saíram com a cara de pau polida e ostentando debochados sorrisos de vitória por conseguir, mais uma vez, frustrar as expectativas com sua arte maior - a burla. A encenação foi tão bem feita e promissora para o intento que nem o fanfarrão mor precisou comparecer. E sua ausência por certo se deveu ao sádico prazer de acompanhar à distância o resultado da decepção coletiva. Talvez também pelo temor de que sua presença o fizesse estourar como a dona redonda de Saramandaia, mas de tanto rir observando os tristes semblantes presentes, carregados das rugas de preocupação e sofrimento. Esses pequenos detalhes que ele desconhece, pois seu mundo é outro.

E nesta reunião, em cumprimento à rotina a que já nos acostumamos, alegaram a desculpa que lhes cabe bem. Cabe tão bem como um chinelo velho se encaixa num pé cansado. Disseram simplesmente que nada pode ser feito por causa das eleições. Como se estivesse em andamento uma campanha eleitoral em nível de ES, de Superávit ou mesmo da PREVI. Alegaram que somente ao final de setembro haverá o sonhado realinhamento – se tivermos a sorte de sobreviver até lá. E só depois “da eleição” pode-se tocar no outro assunto. Somente então, talvez alguma coisa se faça em relação ao superávit. Porque aí a “campanha” já estará definida – é o que dizem.

Mas, o que tem eleições presidenciais a ver com isto? Será barganha ou será ameaça? Se assim é, que tal lhes dar uma lição? Se a intenção é negociar com o nosso voto porque não entrar no jogo deles?

Vamos dar-lhes o troco. Vamos votar maciçamente. Vamos regular os aparelhos de surdez para apurar os ouvidos e escutar os recados. Usemos os óculos de fundo de garrafa para aguçar o pouco da visão que nos resta e ler nas entrelinhas. Esqueçamos a preocupação de quem devemos fazer crescer porque não somos esterco para dar viço a ervas daninhas. Sabemos que estamos mais para demolidores de pedestais do que para elevadores de carga, pois temos a tarefa de implodir estátuas de políticos mesquinhos e enganadores – em todas as esferas. Façamos com que o termo “eleito” passe a ser sinônimo de honra, de caráter, de respeito à velhice e de vergonha na cara. Vamos pensar nos próximos “eleitos” a quem destinaremos votos, porque esses que aí estão não nos servem - “já eram”!

Marcos Cordeiro de Andrade – Curitiba (PR) – 02/09/2010.

85 comentários:

Anônimo disse...

Colegas, é um compromisso que temos com o nosso futuro. Vamos todos votar no Serra e convencer nossas famílias e amigos a fazê-lo também. É a única chance que temos de ver a cor do nosso dinheiro! Ainda é tempo, pois as eleições só se definem em 3 de outubro. Vamos virar o jogo a nosso favor.

Anônimo disse...

Colegas, Marcos,


Exatamente isto!

Teremos eleições no futuro e estaremos preparados, programados para a grande vitória dos aposentados.

Apresentem-se, desde já, Colegas bem intencionados, para compor a sincera chapa eleitoral, fora do lugar-comum que hoje infesta nossos cargos na Previ.

É hora de começar a traçar os rumos corretos de nosso patrimônio.

O bb hoje é cancer no Brasil, para os aposentados e clientes, também para seus funcionários.

Anônimo disse...

Eh isso aih Marcos,
TEmos que eliminar ESSES PARASITAS DE ASSOCIAÇÕES.
Lembro-me de alguns deles, quando ainda na ativa, exercia a função dentro do banco, e alguns deles, isso ha vinte anos atras, jah faziam parte de sindicatos ou de associações.
O Sasseron, era visto sempre nos movimentos grevistas trabalhando para o sindicato. Dentro do banco era um mal visto. Nada fazia e nada almejava. O Vitor Paulo, tinha uma comissao no cesec santo amaro-sp, mas vivia cedido para a Previ. Também era um peso para os colegas do banco.
Nao tive o desprazer de conviver com personagens como o Sergio Rosa e o Berzoini, tambem "muito interessados" na carreira bancária, lah por sao paulo.
Lembro tambem de um gerente de agencia metropolitana de sao paulo, que deixou a comissao e foi fazer carreira no Satélite, junto com outro que era funcionario da superintendencia.
O que fizemos para merecer isso.
Hoje, infelizmente, dependemos deles.
MAS QUE SEJA PELA ULTIMA VEZ. NUNCA MAIS.
FORA COM ELES.

Anônimo disse...

E pensar que tudo que estamos passando, devemos creditar a uma pessoa que, em algum dia, foi nosso colega de trabalho: Senhor José Pimentel.
Tudo para beneficiar o Banco do Brasil, que agora faz o que quer, contabiliza, paga dividendos, PLRs, com um recurso financeiro que nos pertence, até prova em contrário.
Pena que vários colegas não verão o desenrolar dessas ações morosas, burocráticas, lentas, apreciadas em até 4(quatro) instancias (Seção Judiciária, Tribunal Regional, STJ e, se cabível, por fim STF). Serão anos e mais anos.
È o fim. Ninguem ouve nosso clamor por justiça.
Com a vitória do "Rambo de saias" será, ainda, pior

Anônimo disse...

Blogueiros,

fiz outro comentario e fui censurado, mais tudo bem, tinha uma palavra que podia ofender alguem.
vamos la, ninguem mais acredita no Sasseron, ninguem de nós da muito crédito a Diretoria Eleita da Previ, ninguem acredita no tal flores, o que a gentre quer, ir a uma reunião com esse tipo de gente e esperar que eles estejam comprometidos conosco, com nossas lutas, como somos ingenuos, daqui a pouco vamos propagar Papai Noel.
na real só vejo uma saida para aplacar nossass magoas e furias, na proxima reunião cair de pau nos caras ( no sentido literal da palavra) e depois alegar insanidade, demencia da idade, pq afinal eles nos tratam assim, então vamos fazer jus .


sergioinocencio

Isa Musa de Noronha disse...

Caro Marcos,

Não se pode jogar “a culpa” de nada sair de concreto nos encontros com representantes da Previ nas entidades que propiciam tais encontros. Também não se pode jogar toda a carga da inércia nas costas dos eleitos. A correlação de forças na Previ é draconiana... Para que uma decisão qualquer seja tomada no Conselho Deliberativo faz-se necessário contar com o voto dos indicados pelo BB e, como são seis conselheiros (três eleitos e três indicados) um desses indicados, o Presidente, tem o Voto de Minerva. Assim, se nossos três eleitos votarem “sim” e os três indicados votarem “não”, dá empate e o Presidente, que é indicado, decide com o Voto de Minerva.
“CONSELHO DELIBERATIVO
SUBSEÇÃO V - DO FUNCIONAMENTO
Art. 23
§ 1º As decisões do Conselho Deliberativo exigem maioria simples de votos, cabendo ao Presidente do Conselho, além do seu, o voto de qualidade em caso de empate.”

Veja quem são os eleitos e quem são os indicados: (apenas os titulares)
ELEITOS: INDICADOS:
Mirian Cleusa Fochi Robson Rocha – Presidente com o Voto de Minerva
Celia Maria Xavier Larichia Ivan de Souza Monteiro
William José Alves Bento Alexandre Correa Abreu

Na Diretoria não tem Voto de Minerva, mas pede maioria simples. Então, qualquer coisa a nosso favor só sai se algum indicado votar favoravelmente.

“DIRETORIA EXECUTIVA:
SUNSEÇÃO V - DO FUNCIONAMENTO
Art. 39.
Parágrafo único. A Diretoria Executiva funcionará como órgão colegiado e suas decisões serão tomadas por maioria simples.”

Veja quem são os eleitos e os indicados:
ELEITOS: INDICADOS:
Paulo Assunção de Sousa Ricardo José da Costa Flores – Presidente
Vitor Paulo Camargo Gonçalves Renê Sanda
José Ricardo Sasseron Marco Geovanne Tobias da Silva

Veja que o “poder de fogo” dos eleitos é ínfimo, pois tudo passa pelo convencimento dos indicados e o que é pior: Todos os indicados são da ativa... É lógico que o BB só indica seus funcionários ativos, pois assim tem poder sobre eles. Se fizerem qualquer coisa que desagrade ao Presidente do Banco são destituídos do cargo, talvez até demitidos do Banco.

Então, tudo tem de ser negociado, mas a arte de negociar supõe que as partes estejam em igualdade de condições. No caso da PREVI o poder do Banco é preponderante.

O grande “vilão” nessa história toda é o Patrocinador BB. Mais do que ele, o Governo, pois todos sabem que é o Ministro da Fazenda quem dita as normas para o Banco e, tendo uma fonte de recursos bilionários como a Previ, é evidente que o Governo tudo faça para que o BB use a Previ para seus interesses.

Nossos eleitos merecem sim, muitas críticas, mas não são os “culpados” de todas as nossas mazelas.

Isa Musa

Lázara Rabelo disse...

Caro Marcos e demais colegas,

Passei o dia pensando muito em tudo isto que está acontecendo conosco! Como? Não temos nem o ES? E estamos em setembro, e é ano de eleições, quando espera-se que candidatos tratem seus eleitores um pouquinho melhor!
Como você bem disse, Marcos, vamos entrar no jogo deles e descarregar os votos em quem possa fazer algo diferente, se é o Serra, então vamos todos votar no Serra. Sugiro tambem escolher um candidato a Deputado Federal e um a Senador de cada estado, para votarmos em massa neles, assumindo o compromisso de defender os interesses dos aposentados da PREVI,por exemplo, projeto de lei que acabe com o Voto de Minerva. Não podemos mais desperdiçar nossos votos, PT nunca mais!
Colegas de Goiás, vamos lá! Quem se enquadra para ser um de nossos representantes?
Falando um pouco dos Diretores, Flores, Sasseron e Cia, será que nunca ouviaram dizer, quando se planta o bem colhe-se o bem, mas se planta o mal colhe-se o mal? Será que se consideram muito espertos? É uma lástima. Em energias negativas sendo emanadas de nossa classe de aposentados e pensionistas,já devem estar provocando alguns sintomas.
Sasseron não compareceu ao encontro de Uberlândia, por que?

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Prezada Isa Musa.

Não adianta vir com panos quentes, pois é o que se depreende dessa sua interferência em defesa dos “eleitos".
O que eu abordo neste post é inoperância, falta de diálogo com os participantes e o vedetismo de que são imbuídos.
A inoperância você justificou quando disse que eles nada podem fazer e os argumentos apresentados todos nós sabemos. Parece que somente eles desconhecem que de nada servem, se não contam com a simpatia do patrocinador. Então, por que cargas dágua se prestam a essa encenação barata de posar como boa gente passeando Brasil afora para “mostrar serviço”? Se isto não é abusar da inocência de incautos que inventem outra coisa para descrever vedetismo barato. Se nada têm a dizer que se calem, como diria o Rei a Hugo Chávez. Chega de enganação para tentar justificar milionários salários na ocupação dos trampolins da PREVI. A mim não enganam. Todos nós merecemos ser tratados como adultos responsáveis e respeitáveis, mas agem como se lidassem com marginais inconseqüentes. Exijo tratamento digno da parte dos intocáveis “eleitos”, para mim e para os que ouso defender. Também, deixe que eles se defendam. Citação de regulamentos não invalida o que escrevo.

Saudações,

Marcos Cordeiro de Andrade

Anônimo disse...

Sra. Isa,

Se é da forma como expõe, de que adianta eleger representante dos aposentados e funcionários, somente para ter vultosos salários?

Acabemos com esta farsa!

Ou tratemos de acabar com a funesta interferência do bb em nosso patrimônio.

Somos 120.000 contra algumas dezenas de inescrupulosos dirigentes.

Devemos ir a justiça impedir que esse bb, imoral, leve o que nos custou dezenas de anos de contribuição, de esperança de dias tranquilos, na velhice.

Se ele, o bb, contribuiu, foi por força de acordo legal, onde nunca foi dito que teria com o passar do tempo, direitos forjados "na calada da noite" em resolução/26, idealizada por sei lá o quem/pimentel.

Respeito a Sra., mas não concordo com a defesa de indefensáveis.

Se não tem capacidade de nos defender que se demitam, ou denunciem à sociedade as danosas investidas do bb nos valores de seus aposentados.

Atitude é o que estamos esperando, há muito.
Respeitosas Saudações cara Senhora Isa Musa.

Anônimo disse...

Marcos, por que não podemos utilizar a Contec - Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Empresas de Crédito para dar o início ou provocar a negociação a respeito do Superavit.
A gente sempre esta lendo que a CONTRAF CUT esta a "frente" desse processo. Se CONTRAF CUT pode "deflagrar" o processo por que não a CONTEC?
A CONTEC participa das negociações com o BB no acordo coletivo, tem a mesma função da CONTRAF CUT.
Veja a história: a CONTEC foi fundada em 28/07/1958 e a CONTRAF CUT foi fundada em janeiro de 2006 para esvaziar a CONTEC, pois, a mesma não se sujeitava ao PT e sua cambada. Tanto que o registro sindical da CONTEF CUT aconteceu em tempo recorde, 2 meses, já no governo PT.
Lembro-me que no primeiro ano do governo LULA, nas negociações do acordo coletivo, no qual os sindicatos ligados ao PT já concordava com um reajuste em torno de 6% a CONTEC discordou anunciou greve e conseguiu um reajuste em torno dee 12%. Quem tem memória lembrará desse fato. A maioria lembrará dos 12%, mas como o funcionário do bem BB é alienado nessa área não vai saber que a CONTEC foi a responsável por esse índice.
É preciso ver a história da CONTEC, pois, sempre aparece um babaca para criticar aquilo que não se conhece. Acredito que valha a pena a verificação e quem sabe uma possível aliança pode surgir. Marcos acho que vale a pena a tentativa de um primeiro contato. Quem sabe?

Um dado abaixo que poderá ser verificado.


A CONTEC entrou com um medida cautelar solicitando a prorrogação do prazo prescricional referente aos acertos da Comissão de Conciliação Prévia - CCP, para que a gente não perca o prazo para tentar enquadrar o recolhimento a Previ e a Cassi do valor do acerto para que, no caso Previ, esse recolhimento faria parte do cálculo para aposentadoria.

Anônimo disse...

Marcos, a Sra. ISA na qualidade de porta-voz dos eleitos, deveria solicitar deles (os eleitos) que eles publicassem um MANIFESTO expondo a "realidade" que eles enfrentam na diretoria da PREVI. Realidade essa que eles fingiram não saber.

O salário não só é alto, mas fala muito mais alto.

Daqui a pouco a dona ISA dirá que eles desconheciam essa realidade também. Não somos tão ingênuos assim.

Anônimo disse...

MAIS UMA VEZ SUGIRO O SEGUINTE:
ATRAVÉS DE UM PROGRAMA DE CAMPANHA, DA CHAPA VENCEDORA DA PREVI - PUBLICAÇÕES PROMETENDO RETOMADA IMEDIATA DAS NEGOCIAÇÕES NO QUE TANGE NOSSOS INTERESSES : PP, ES, SUPERÁVIT -, ENTAR COM UMA AÇÃO NA JUSTIÇA POR FALSAS PROMESSAS E FALSIDIDADE IDEOLÓCICA E OUTRAS -, POR NÃO CUMPRIMENTO DO PROPOSTO.
CAROS COLEGAS VAMOS À LUTA PARA QUE ASSIM SEJA. SOMENTE ASSIM. ANATES QUE AS NOSSAS RESERVAS ACABEM COM O BANCO OPPORTUNITY, SAUIPE, TREM-BALA, BELO MONTE E NADA DE NADDA PRA NÓS. FICA O MEU PROTESTO. VAMOS À JUSTIÇA JÁ.

Anônimo disse...

Cara Isa Musa,
De onde não se espera nada, é que não sai nada mesmo.Essa reunião de Uberlândia-MG, de ontem, foi programada para ganhar tempo.De vez em quando eles precisam fazer alguma coisa para dar aparência de que estão empenhados na solução dos problemas e sempre à disposição para receber as lideranças representativas dos aposentados.
Tudo que você disse é a pura verdade. Só esqueceu de mencionar que acima do Ministro da Fazenda, no vértice da pirâmide, está o Presidente da República que manipula todos, passa por inocente, usando os subalternos como cabo do chicote. As suas impressões digitais nós nunca vamos encontrar.
Os investimentos de elevado risco, baixa rentabilidade e de retorno de longo prazo, onde os empresários da iniciativa privada, por motivos óbvios não entram, o todo poderoso chefão determina de cima para baixo, que os fundos de pensão arrisquem o nosso capital. Aí, sim, os estudos técnicos saem a toque de caixa.
Falar bem ou mal dos Conselheiros eleitos é mera perda de tempo e soa até como covardia, porque eles não tem força alguma, não passando de ofice-boys de luxo dos conselheiros indicados.Como autonomia, sem medo de errar, poderemos afirmar que eles tem o voô de uma galinha.

Enquanto nós exercemos o nosso eterno direito de espernear, eles ficam nos seus gabinetes refrigerados e só se reportam de verdade, na íntegra, ao patrocinador,ao qual devem prestar, períodicamente, de forma confidencial, informações privilegiadas de tudo que acontece no dia-a-dia da Previ. Na realidade e escancaradamente eles são espiões fiéis do BB. Para eles não existe ética, dignidade,vergonha na cara e venderam a alma para se manter nos cargos em troca do prestígio e do dinheiro farto e fácil que embolsam as nossas expensas.
Nós precisamos ser práticos e neutralizar o ponto crucial do inimigo que nos proibe de tudo, tolhe os nossos movimentos, estralhaça a nossa vida que é o "Voto de Minerva". Sem acabar com o voto de qualidade, podemos eleger até Jesus Cristo para conselheiro e ele também vai cair na mesmice dos atuais eleitos, ou seja, será uma figura decorativa sob a batuta da ANABB, porque todos os eleitos ficam a ela vinculados, uma vez que todas as chapas formadas por aquela associação foram vencedoras. Dentro deste raciocínio, se a ANABB não tiver interesse em algum assunto ou discordar da estratégia de trabalho, seus conselheiros ficam em campasso de espera e nada fazem, mesmo que praticamente sejam um "zero" à esquerda.
No terreno da praticidade, acho que em primeiro lugar precisamos de um parecer de profissional de elevado conhecimento jurídico, que irá orientar o caminho legal e mais curto para cancelar o art. 23 da Subseção V do regulamento da Previ.Após essa providência, poderemos buscar a ajuda de Senadores e Deputados Federais para materializar o nosso objetivo. Se for o caso, acho que que cada aposentado, havendo concordância, poderia até contribuir com pequena quantia para cobrir eventual despesa. Formar um fundo para derrocada do voto reservado. Fatalmente, o voto de minerva é a espada que dá forças a toda corja do governo para mandar e desmandar na nossa Caixa de Previdência. Mudança de governo, para A, B ou C, em nada reflete a nosso favor, o banco vai continuar mandando da mesma forma, porque ninguém quer perder a galinha dos ovos de ouro. A palavra de ordem é implodir e deletar o voto de minerva, custa o que custar.

rosalina_de_souza disse...

Prezada ISA MUSA DE NORONHA.

Suas colocações são neste momento mais um motivo de revolta para nós aposentados e pensionistas da previ porque?.

Isa os eleitos são figuras decorativas,que serve o jogo político que cerca as eleições,para que fazer promessas que não podem ser cumpridas,como o Aumento do Empréstimo Simples por exemplo.
A CHAPA 3 incluiu nas suas promessas de campanha a revisão do ES como uma das suas plataformas para chegar no poder.
Tudo que esta acontecendo é por pura pressão dos já endividados e esquecidos Aposentados e Pensionistas do PB-1,que lutam não para comprar bens ou desfrutar de ótimos passeios,fazendo jus a sua terceira idade,mais sim pagar AGIOTAS que batem a sua porta,não sei quando foi que vi algum dinheiro em minha conta corrente no Banco do Brasil a não ser o Gerente Vantuil me ligar para ali depositar mais dinheiro para complementar e liquidar os empréstimos contraídos junto a esta instituição.
Não me conformo de ver como lidam com nós, como nos tratam, me doi muito ver que estamos aqui apenas figurando entre os milhares de aposentados e pensionistas que fazem uso de um produto oferecido pela Previ, que representa apenas um pouco mais de 3% do seu faturamento.
Desde 2003 quando contratei meu primeiro ES que não temos uma política voltada para a nossa classe,somos tratados como lixo descartavel aos monte anualmente que vão para sua última morada sem respeito e dignidade.
Ganho hoje 6.300 reais e vivo com pouco mais de 600 reais que é o que me sobra após pagar todos os empréstimos contraídos,e ainda me pedem para experar calculos,planilhas,conselhos,reuniões,eleitos,a boa vontade do Sasseron,e o voto de minerva pertecente ao nosso patrono maior BANCO DO BRASIL.
Isa Musa de Noronha, me perdoe, mais ando cansada,buscando forças ainda não sei de onde pra manter eu e minha família de pé, revolta já não é nem o nome certo a se dizer, mais ainda busco por um pouco de HUMANIDADE.
Todos sabem, que os mais de 66 mil contratantes do ES,não poderão esperar mais,e dia 21/09/2010 renovará as migalhas a que tem direito, para manter ainda vivos os sonhos.
E mais uma vez, ficaremos dependentes da boa vontade política da Diretoria Executiva de liberar mais uma vez a carência para novas contratações,tudo isso QUERIDA ISA por falta de planejamento,por falta de políticas claras para nós,porque em um desses encontros não se formula uma claúsula que todas as vezes que se modificar o ES fora da carência a previ seria obrigada a adequar todos os contratos em vigência,mais colega ISA ninguém se preocupa, afinal quem somos nós,apenas numeros, numeros que a cada dia esta desaparecendo até que o último se vá.
Voce lembrou dos mutuários da Carim nun dos seus comentários,muito bem lembrado,quem tem direito ao segundo financiamento jamais poderá contrata-lo pelo simples fato que as prestações são altas de mais para quem o deseja,foi um projeto que nasceu morto,as prestações não cabem no bolso nem de aposentados e nem de pensionsitas do PB-1.
São dessas pequenas coisas que se fábrica sonhos,desejos,vontades, de termos o mínimo necessário de atenção,respeito e principalmente DIGNIDADE,e pode ter certeza ISA tenho muito respeito por voce ISA,pela sua luta, mais acho que necessitamos de mais empenho,e quando falo de empenho é no sentido ações concretas,reinvindicar,requerer,o que for necessário no nome de quase 121 mil famílias do PB-1.
Porque se acaso um dia tivermos prejuízos eles os "ELEITOS" rapidamente nos convocarão para pagar a conta.

Se não for pedir de mais Marcos Cordeiro que possa ser publicado esse meu desabafo.

Atenciosamente

Rosalina de Souza
Matrícula 18.161.320-4
vhspassini@uol.com.br

Anônimo disse...

Tudo conspira contra nós, aposentados do PB1.
O projeto de Lei Complementar, que extingue o voto de Minerva (PLP 140/2007), de autoria do Deputado Eudes Xavier, já tramita há três anos, e só passou, por enquanto pela CSSF ( Seguridade Social e Familia ), com parecer pela rejeição. Atualmente, na CCJC, tem parecer favorável, e está pronto para a pauta desde 13/05/2010. Lamentavelmente, os parlamentares "não sabem" a importancia desse projeto para as Entidades de Previdencia Complementar. A criação da Previc foi proposta bem depois, e já está em vigor desde janeiro de 2010.
Mas quando é de interesse do Governo, uma Resolução nasce do dia para a noite. Atropela direitos, até então, delineados numa Lei Complementar, e abusando do poder, simplesmente, legisla modificando o texto do Diploma, para beneficiar o Patrocinador do maior Fundo de Pensão da América Latina, com ativos na ordem de R$ 140 bilhões ( aproximadamente 4,5% do PIB em 2009, ou 14% do total arrecadado pela União, no mesmo ano).
O "olho gordo" está crescendo, e nós estamos indefesos.

Jorge Teixeira - Araruama (RJ) disse...

Colega Marcos Cordeiro,
Refiro-me ao comentário de 02.09.10, às 17:54hs, postado por sob o tema “Anabb e Ação Judicial”, cujo autor optou por não se identificar. Concordo plenamente quando ele afirmou que “ a intençao deles e justamente fazer com que dia 20 a gente renove o ES sem alteraçao dos prazo e limite”. A propósito, julgo oportuno esclarecer que quando percebo que estou sendo intencionalmente prejudicado costumo sair de imediato em defesa dos meus interesses, valendo-me do que estiver ao meu alcance naquele momento. Não costumo esperar que o “pior” aconteça para sair da inércia. Ainda mais que estamos lidando, como o colega vaticinou, com um “bando de ladrões”. De há muito se diz que é melhor prevenir do que remediar. Lembro que na hipótese de os e-mails já enviados surtirem os efeitos desejados, todos sem distinção serão beneficiados, aí incluídos os injustamente classificados como ingênuos, os críticos e os omissos.

Décio Machado disse...

Fantástica a defesa que a dona Isa fez dos eleitos. Que saudades do Buda, fundador da Unamibb cuja sucessora é a dona Isa. Dona Isa, seja pelo menos a sombra de seu antecessor. Como dizem em Minas: Quem nasceu para manteiga jamais chega a requeijão. Mas tente dona Isa, quem sabe nas próximas eleições a senhora não seja eleita para a Previ e aí sim dê uma banana para nós velhinhos. Veja as promessas de campanha dessa chapa vencedora. Se eles não poderiam fazer nada para que prometer então? Só para ter votos como os políticos profissionais que vemos todos os dias na TV? Se toque dona Isa. Se a senhora não pode nos defender, vá para casa. Cadê o Tonico Sargento? Por que está calado nessa hora?
Marcos, continue na sua luta. Quem sabe nosso exercito de Brancaleone um dia não vença?
Um grande abraço,

Anônimo disse...

No momento a única coisa que me vem à cabeça é a letra da música do Chico Buarque: "Geni"
Quando os políticos são eleitos, eles tratam o povo como a Geni, ou seja ... joga bosta na Geni...maldita Geni....
Às vesperas da eleição, tudo muda ...bendita Geni....
Ai os políticos saem à ruas, tomando cafézinho, comendo pastéis, sanduíche de mortadela, com o povo. E os bocós ainda se prestam ao serviço de estenderem às mãos aos picaretas.
Eta povinho lasarento!
Como fomos chegar a este ponto?
Literalmente, estamos na mão desses
picaretas desonestos.
Não vou votar em nenhum deles, nenhum merece voto, nenhum presta, repito, ninguém que ai esta merece.
Chega de ser "Geni".
Vamos votar em "branco" ou anular o voto.
Cláudio - Piracicaba- SP

Anônimo disse...

Gente, como a maioria sempre tem razão. Ficava me perguntando o porquê dos aposentados não comparecer nas votações da Previ. Sendo que a resposta é tão simples e eu não enxergava.

Este pessoal que é eleito por nós não aprova nada, não resolve nada, são todos pau mandados.
Quando o banco quer faz o seguinte:
chama o Sasseron e fala que o empréstimo simples vai ser no prazo tal, no valor tal e vai poder ser disponibilizado no dia tal. Ai, “diante destes estudos” a diretoria de seguridade anuncia o novo empréstimo simples.
Eis o motivo do não comparecimento em massa dos aposentados, e pode apostar que eles têm estão certos
em nao votar, "votar prá que"

Anônimo disse...

Ao anonimo de 3 de setembro de 2010das 04:37.

Você votando em branco ou anulando o voto, infelizmente você esta votando indiretamente em quem esta em primeiro lugar nas pesquisas. Seu voto favorece a Dilma.

Anônimo disse...

Quando eu falei em outro post que Isa estava mostrando sua cara, me agrediram. O tempo é o senhor da razão...

Anônimo disse...

Colegas,

Diante dos comentários aqui colocados, acho que nas próximas eleições para a PREVI os representantes dos aposentados/pensionistas não deveriam mais ser eleitos, mas SORTEADOS. Dessa forma todos teriam alguma chance de passar alguns anos bem remunerados, já que não há perspectiva quanto a melhora nos benefícios por conta do superávit. Ademais não é necessário ter nenhuma experiencia, grandes conhecimentos, etc., para ser vaquinha de presépio.

Anônimo disse...

Marcos, você que tanto defende a Isa Musa, FAABB, Unamibb e que tais, já está enxergando quem é esse povinho na verdade?

Anônimo disse...

A quebra de sigilos de membros do PSDB chega ao BB:

http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2010/09/03/pf-investiga-se-houve-acao-ilegal-servidores-do-bb-321461.asp

Anônimo disse...

Concordo PLENAMENTE com voce Claudio.
Voto nulo.
Ah se os aposentados,pensionistas,os da ativa fossem unidos!
Ah se o povo brasileiro tive alguma cultura!
Fazer o que?????????
Publicar.

Carlão/Joinville disse...

Prezado Marcos, tenho acompanhado os debates (calorosos) neste blog, e me preocupa a direção que a coisa está tomando. Vejamos:
1. Como sempre aconteceu, estamos dando voltas sem sair do mesmo lugar, discutindo entre nós, esquecendo que o inimigo está do lado de lá.
2. Ao invés de ficar terceirizando a solução de nossos problemas, por que não saimos do comodismo que nos atinge a todos e vamos à luta? Que tal começar com uma passeata de todos nós com nossos familiares (ou será que temos vergonha de fazer isso?), em cada capital onde há uma associação que nos representa (ou deveria nos representar).
3. Tenho lido que muitos de nossos colegas se inclinam a votar no Serra, o que me deixa mais preocupado ainda. Voto de protesto no pessoal do FHC? Alguem nesse espaço disse que temos a memória curta. Acertou em cheio! Pare o mundo que eu quero descer! Se todos que dizem que votariam na Marina caso ela tivesse chance de ganhar, efetivamente votassem, ela seria eleita. Então, vamos agir e fazer nossa parte.
4. Sugestão: cada associado entrar com uma ação individual contra a Previ requerendo sa distribuição do superavit em cumprimento à LC. VAMOS ATOLAR O PODER JUDICIARIO DE AÇOES JUDICIAIS, fazendo com que os advogados da Previ sintam o problema!
PRECISAMOS AGIR. ISSO AQUI ESTÁ PARECENDO UM MURO DE LAMENTAÇÕES!

Anônimo disse...

ESTAMOS SAINDO DO FOCO. ESTA VIRANDO BLOG POLITICO. ESTAMOS RUINDO ´PELA NOSSA INÉRCIA DE MUITOS ANOS E PELA QUALIDADE DOS POLITICOS. FICAMOS SO NO FOCO PREVIPLANO1. O QUE COM ESSA INTENÇAO FOI ABERTO.

Carlos Mariano disse...

ASSOCIAÇÕES - PARTIDOS POLITICOS - DIRIGENTES E POLITICOS - Eu tenho 61 anos e fui uma das vitimas da ditadura militar no que se refere a formação política, ou seja, tenha raiva de politico e não quero saber deles. Pelo menos era assim que eu pensava até alguns anos atras. Hoje eu sei que preciso me filiar a um partido politico, a uma associação, e participar efetivamente da escolha dos candidatos a cargos, somente assim terei candidatos em que eu confie e possa votar. Porém nosso sistema - associações e partidos - lembra-nos o antigo coronelismo, viraram redutos dificeis de se penetrar para o exercicio da cidadania. Enquanto não mudarmos nossas posturas e atuarmos e ensinarmos aos mais jovens a atuar em politica quer associativa quer partidaria, teremos o que temos.

Anônimo disse...

ESSA MENTIRA DE ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO não existe. Como pode o (des) Governo roubar-nos na claridade do dia e nada ser feito? Onde vamos parar? Como pode uma figura grotesca como esse tal de pimentel esfaquear as pessoas com quem trabalhou pelas costas e ainda pretender ser senador? Nunca antes na história desse país presenciei tanta decepção, traição, desilusão... Deveriam verificar de onde vem os recursos da campanha desse rato. Cara de fuinha!

paulosegundo2011 disse...

Isa musa Mais uma vez mostra sua demagogia, e com um discurso que vale tudo no jogo, claro os eleitos não sabiam que iam passar por isso...Lógico que estavam cientes disso, mas se toparam encarar, pq não arregaçam as mangas, não vão até a mídia, não esperneiam, não nos dão assistência, não comparecem as associações e esclarem os fatos, mas preferem o jogo do esconde-esconde, ou seja embolsam gordos salários e tudo bem, o resto que se dane!

Anônimo disse...

Estou tão indignado como todos aqui, precisamos de atitudes mais ostensivas, não podem ficar sabendo de tudo que pensamos e queremos fazer, tudo fica aqui exposto cristalino, até mandar alguém para dar umas porradas em algum sasseron da vida, fica difícil, ele não comparece se safa antes, como disse Sergio Inocencio aí em cima temos que cair de pau em cima deles. Nos tratam como "genis" e somos todos polidos, educados, civilizados com essa corja, assim não se consegue nada,temos que ir para rua, fazer barulho, quem não pode ir manda um representante, ou partimos para a luta, pelo menos morreremos lutamos e não de fome.
Devemos solicitar a demissão dos eleitos já que não servem para nada, querem um bom salário que trabalhem, podemos substituí-los por uma comissão voluntária composta de aposentados do PB1.
Outra saída que temos, assim como alguém aqui comentou "se a Anabb não tiver interesse.."e isso é verdade se a maldita da anabb não tiver interesse não sai nada. A anabb poderia viabilizar algum empreendimento para os aposentados do PB1 e fazer pressão para nosso superávit sair , ganhava ela e ganhavamos nós.
A diretoria da Previ da Anabb do Banco todos querem viver bem, nós também,o sitema capitalista é assim vale mais quem pode comprar mais,não importam-se com a nossa miséria, não teêm carater,vergonha, mas estão vivendo bem, enquanto que os aposentados os PB1 não conseguem nem empréstimo do próprio dinheiro, vamos continuar assim? na política não existem inimigos, são aliados ora de uns ora de outros conforme os interesses do momento, temos que nos fortalecer alguém tem alguma idéia?

Jorge Teixeira - Araruama (RJ) disse...

Colega Marcos Cordeiro,
Todos sabemos que a Faabb deu o seu apoio à reunião realizada em 01.09.10 lá em Uberlândia. Não concordo com a manifestação surgida em defesa do evento mas entendo que a posição assumida pela Federação não poderia ter sido diferente, já que se trata de algo promovido por uma associada. Mas não consigo, em hipótese alguma, aceitar o comportamento do Sr. Diretor de Seguridade. Possivelmente era o cidadão cujo pronunciamento seria o mais aguardado do evento. Todos esperavam que ele iria informar a data, já agora em setembro, em que seria aberta a "torneira" da qual jorraria, sem parcimônia, aquele “líquido” que mataria a sede de milhares de aposentados e de pensionistas, muitos até com mais de setenta anos vividos. É relevante registrar que para associados com DNA(*) mais um ou dois meses podem significar uma grande diferença em suas vidas. Pois é, o cara nem apareceu. Teria dado alguma justificativa pelo menos aceitável para o não comparecimento? Bem, aí alguns dirão que eu estou querendo demais. Justificar pra que? São um bando de velhos caquéticos. Na hora em que precisamos dos votos eles vão lá e nos elegem mesmo. Não têm outra alternativa. Aí é que o Poderoso se engana. Lembro que teremos outras alternativas sim. Cada um que faça a sua escolha e tenha presente que Sasseron nunca mais. Chegado o momento oportuno e caso não saiba em quem votar, pelo menos saiba em quem não votar. 2012 está cada vez mais próximo e tenho plena certeza e confiança de que na hora exata a nossa Aapprevi saberá como agir. Diante de tudo que foi até aqui exposto não me resta outra opção, no que concerne ao realinhamento do ES-Previ, que não seja a de jogar toda a carga da inércia e das nossas decepções nas costas do Diretor de Seguridade eleito Sr. José Sasseron.
(*) – data de nascimento antiga

Anônimo disse...

À Sociedade, Brasileiros Honestos, Colegas Aposentados do bb,


As diretorias do banco do brasil e da Previ, estão cometendo CRIME HEDIONDO, contra os idosos aposentados naquela Instituição BANCO DO BRASIL, com a conivência da anabb e de entidades sindicais.

Deprimente para a Nação Brasileira abrigar esses vilões da velhice desprotegida.

Estamos sendo TORTURADOS, por diretorias constituidas por MONSTROS travestidos de executivos. É um descalabro.

Estamos sendo esbulhados pelo bb e seus indicados para a direção da Previ.

A tarde de OLAVO BILAC - " Os mortos voltarão varrendo os vivos/ e os maus se afogarão na própria lama".

Anônimo disse...

Marcos e colegas,

Como bem disseram os colegas: 02/09, 18:18 e 03/09, 07:50, esses nossos eleitos deveriam cair fora da Previ, já que nada fazem, não nos representam, só querem mesmo é seu ótimo salário, pois fora isso não tem boca para nada, a não ser nos prejudicar. Pergunto aos colegas, será que existe algum mecanismo, nos estatutos da Previ ou no Direito que nos possibilite provocar a demissão dessa gente?

Anônimo disse...

MULA

Lim em um email a mim encaminhado.


Ah, que maldade com o cara... Até porque burro ele não é.
Burros são os que votaram nele pela segunda vez e vão votar agora na Dilma...

Anônimo disse...

Considerando a defesa que a Dona ISA fez dos eleitos que não sabiam de nada, aprenderam com o chefe mor, o sr. Lula da Silva (não sei de nada), ela poderia pelo menos verificar junto aos eleitos se eles podem deflagrar um campanha para alteração do estatutos e que as mudanças seriam discutidas com os aposentados, através de suas associações.
Caso ela tenha a coragem de levar isso a frente, como a coragem demonstrada em defesa dos eleitos, acredito que será de grande valia para todos nós, assim como para ela que poderia recuperar sua imagem diante das opiniões dos blogueiros.
Mostrar serviços relevantes é preciso.

Anônimo disse...

Acabei de ver pela televisão, a escabrosa notícia de que a Polícia Federal está investigando a possível violação do sigilo bancário de algumas pessoas pelo BANCO DO BRASIL. Mas, considerando o mal que estão fazendo aos aposentados da PREVI essa atitude não vem me causar nenhuma perplexidade. Com certeza nos próximos dias virão coisas piores.

Anônimo disse...

Por falar na reunião em Uberlândia, os representantes da PREVI só esqueceram de falar das promessas de campanha da Chapa vencedora na PREVI (chapa 3-UNIDADE NA PREVI). Casualmente,peguei a revista de campanha que distribuiram aos funcionários e aposentados onde na capa consta os seguintes dizeres: "CHAPA 3 UNIDADE PREVI - COMPETÊNCIA ADMINISTRATIVA - DISTRIBUIÇÃO JUSTA DO SUPERAVIT PREVI" Dentro da própria revista está escrito "COMPROMISSO DA CHAPA 3: A crise mundial quebrou países, empresas e obrigou o Brasil a tomar medidas para reduzir os impactos aqui. Mesmo assim, levou grandes empresas à falência. Diante da crise, chegou ao consenso da Previ, inclusive entre os dirigentes eleitos que aquele momento não era propício à discussão sobre distribuição do superávit, porque nenhum cenário indicava como seria o desfecho da crise. Passada a fase crítica, queremos retomar as negociações sobre a utilização do superávit para MELHORAR os benefícios dos associados, de forma universal." Agora, depois de eleitos, estão in ventando o final das eleições para retornarem ao assunto. Se fossem honestos, eles pediriam EXONERAÇÃO DOS CARGOS NA PREVI, por descumprimento de suas promessas e por propagando enganosa.

O JUSTICEIRO disse...

Aos palpiteiros de plantão:

De nada ficar chorando o leite derramado. Temos que fortalecer a AAPPREVI. Ao invés de ficarmos nos lamentando no blog que tal cada um de nós chamar mais um colega para se associar? Precisamos nos fortalecer. De nada adianta palpites. Chegou a hora da prática.
Colegas, a AAPPREVI é a única associação que nos defende. É a única que não nos rouba. A hora é de união em torno da última trincheira que nos resta. Façamos uma campanha em massa junto aos demais colegas. Com a AAPPREVI forte poderemos fazer a única coisa que nos resta: Acionar essa cambada de desonestos na justiça. Alguns até poderão dizer que a justiça é lenta, mas no momento é a única saída. Além do mais se os nossos direitos estiverem sob júdice poderemos deixar para nossos herdeiros como herança. Pensem nisso.

Anônimo disse...

A AAPREVI, para a próxima eleição da Previ, que ainda está muito longe,sugiro alguns nomes para análise dos sócios.

|Marcos Cordeiro
Sergio Inocencio
Carlos Valentim
Gilvan Rebouças
Jose Aristhofanes
Jose Domingos Ferreira (Domingão)
Rosalina Souza
Fernando Ayres Branquinho
Lazara
Holbein Menezes
Chicão ( que denunciou a Previ)
Jorge Teixeira e muitos outros. Peço que mais colegas apresentem nomes.

Anônimo disse...

Sasseron, bicho que ronca e fuça.

Anônimo disse...

Quais entidades estão verdadeiramente comprometidas com nossa defesa? Depois do circo que foi Uberlândia eu acredito que só a AAPPREVI.
NÃO VEJO RAZÃO DA EXISTÊNCIA DE NENHUMA OUTRA.
Para ficar adormecido em cima da pompa do cargo é melhor fechar as portas. Pegue o velho pijama e assuma de uma vez a aposentadoria. A falta de atitude já extrapolou todas as possibilidades. CHEGA! Depois de todas as notícias sobre uso político da Previ na confecção de dossiês e nada de atitude? No mínimo é conivência ou omissão! A impressão que passa é de total submissão aos interesses do BB e do Governo. Estão com a mesma postura que os sindicatos dirigidos pelo PT, calados e amarrados. A movimentação do inimigo exige resposta do nosso lado. Ou será que não são inimigos?

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Veja o grau de ironia na mensagem abaixo.
----- Original Message -----
From:
To:
Sent: Friday, September 03, 2010 3:53 PM
Subject: Sua mensagem foi recebida com sucesso.


Senhor(a) JOAO ROSSI NETO

A PREVI confirma o recebimento da mensagem abaixo.
Aguarde nosso retorno em breve.

Gerência de Atendimento
PREVI

Data: 3/9/2010
Tipo: Solicitação

Mensagem: Informem, se possível, se os nossos Ofice-Boys de luxo,
decorativamente chamados de Conselheiros eleitos, rastejaram até os
Conselheiros Chapa-Branca com alguma proposta para realinhamento dos
empréstimos simples. Em caso positivo, em que estágio estariam os complexos,
demorados e cansativos estudos técnicos para solucionar esta intrincadíssima
questão? Favor aduzir também se estão utilizando serviços terceirizados de
técnicos do BIRD, BNDES, FMI, PENTAGONO ou VATICANO, etc, para auxiliá-los
nessa hercúlea engenharia financeira.

Matrícula: 4986560
Nome: JOAO ROSSI NETO
E-mail: jrossineto1@uol.com.br

Anônimo disse...

Real e genial a pergunta do nosso colega João Rossi.
Só para acrescentar mais um pouco de ironia, e o Ben Bernanke, o Alan Greenspan e o Stephen Hawks serã que ficaram de fora?
Conseguem complicar, ao extremo, algo tão facil de solucionar.
Os empréstimos simples são aplicações em renda fixa. Tem retorno garantido. As aplicações estão em, cerca de, 3% dos ativos, quando o limite é 15%.
Não é preciso 60(sessenta) dias de calculos para se chegar a um juizo.
Pelo amor de Deus !
Parem de ludibriar os velhinhos. Somos velhos, sim, mas não somos trouxas!

Anônimo disse...

ALÔÔÔ!!! HEIIIII!!! TEM ALGUÉM ME OUVINDO? TEM ALGUÉM AÍ?

É SÓ PRA INFORMAR QUE PESSOAS IDOSAS ESTÃO MORRENDO ENQUANTO VOCÊS FAZEM REUNIÕES!

CÂMBIO E DESLIGO.

Anônimo disse...

Pensando bem, descobri porque o sr.Sasseron não compareceu ao evento em Uberlândia(MG). Ele, com certeza ficou receioso que algum velhinho lhe desferisse uma BENGALADA tipo aplicada no tal José Dirceu.

Anônimo disse...

Gostaria de residir em São Paulo para votar no TIRIRICA. Afinal, na condição de aposentado palhaço eu daria meu voto ao ilustre colega de profissão. Pelo menos, acho que ele é uma pessoa de muito mais bom senso e honestidade que muitos que estão ocupando altos cargos no governo e suas filiais.

Anônimo disse...

PROPOSTAS DA "CHAPA 3"


Retomada imediata das negociações do superávit, tendo como prioridade um aumento universal nos benefícios, contemplando todos os aposentados e pensionistas e reservando valores para melhorar os benefícios dos futuros aposentados.
Ao final de 2008, a negociação do superávit do Plano 1 foi interrompida principalmente por conta da crise mundial, que provocou uma queda vertiginosa no valor dos investimentos em renda variável. O superávit acumulado caiu de R$ 53 bilhões em dezembro de 2007 para R$ 26 bilhões ao final do ano seguinte. Passada a crise, a Previ recuperou o valor dos ativos, fechando 2009 com superávit de R$ 44,2 bilhões.
Queremos retomar as negociações e utilizar os excedentes para melhorar os benefícios dos associados, de forma universal.

Lutar contra a Resolução 26 do CGPC.
Outro fator que levou à suspensão das negociações foi a Resolução 26 do Conselho Gestor da Previdência Privada (CGPC), que permite devolver aos patrocinadores de fundos de pensão parte do superávit acumulado nos planos de previdência. A medida também eliminou o processo de negociação entre participantes e patrocinadora sobre a destinação do superávit. Sindicatos e entidades de classe combateram a resolução, por entenderem que a devolução compulsória de valores ao Banco do Brasil, sem negociação, é ilegal, uma vez que esse preceito não existe na legislação.
O primeiro momento foi de resistência e luta contra a Resolução 26, inclusive pela via judicial. O Sindicato dos Bancários de Brasília conseguiu na Justiça liminar que ainda vigora e suspende os seus efeitos, impedindo o repasse de valores ao BB.
O Banco do Brasil, no entanto, desconhece a liminar, utiliza as previsões da Resolução 26 e há três semestres consecutivos vem contabilizando "ganhos atuariais futuros" que espera obter com o Plano 1, aumentando seu lucro e distribuindo dividendos aos acionistas. Enquanto isso, o banco despreza as reivindicações dos associados e não negocia qualquer melhoria nos benefícios, apesar do expressivo superávit de R$ 44,2 bilhões acumulado ao final de 2009.

Defendemos o aumento do teto de benefícios para 100%, o aumento do benefício mínimo, aumento no patamar das pensões e aposentadoria antecipada para as mulheres aos 45 anos. Essas reivindicações não foram atendidas pelo banco e pelo governo nas negociações anteriores do superávit.

Continuidade da suspensão de contribuições mensais à Previ. Essa foi uma conquista das negociações do superávit, em 2007. Desde então, as contribuições mensais são pagas por uma reserva constituída pelo superávit.

Revisão permanente do teto e prazo dos empréstimos simples.

Manter a Carim permanentemente aberta, para atender às novas solicitações de financiamento imobiliário. Desde 2004, com a abertura de financiamentos para os participantes do Previ Futuro, e com a retomada dos financiamentos para os associados do Plano 1, toda a demanda represada foi atendida.

Lutar pela utilização do FGTS para abater prestações da Carim. A utilização do FGTS no ato da compra do imóvel e para a quitação dos financiamentos já foi conquistada em negociações anteriores. Queremos agora utilizar o FGTS para pagamento das prestações mensais. Melhorar benefícios do Plano 1 com utiliza

Anônimo disse...

Ate que enfim a ridicula,ex diretora, vai acabar com o blog.
E ainda acha que vai fazer falta.
JA VAI TARDE!!!!
Publicar.

Anônimo disse...

FIQUEM CALMOS E FELIZES. SEGUNDO UM DIRETOR DA PREVI O APOSENTADO É O MELHOR AMIGO DO HOMEM.

Anônimo disse...

Deu PIRIRI no Sassarecon? O cara ficou com medo de encarar os velhinhos? Será que sustentaria que nós aposentados não temos condições de pagar nossas contas? E ele? Tem condições de estar no cargo que ocupa? Se tem medo dos velhos vai encarar quem uma figura dessa? Como vai peitar os diretores do BB para defender nossos interesses? Deletem esse camarada de qualquer cargo eletivo que venha concorrer para o bem da comunidade PB1.

anonimo-RS disse...

Alguém teria o telefone ou o e-mail pessoal desse raro exemplo de covardia, que atende pelo nome de Sasseron ?? Palavra de honra: eu apreciaria muito encontrar esse cara algum dia...!!! Chega a me embrulhar o estômago..

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

NOTÍCIA RELEVANTE - Em louvável atitude, o colega CELSON LUIS LOPES exigiu a distribuição do superávit através de Notificação Extrajudicial encaminhada à PREVI. A contranotificação decorrente contém argumentos tentando desqualificar a pretensão, os quais têm a força de um autêntico manifesto de prepotência e truculência administrativa.
Mediante autorização do autor, a AAPPREVI publica por nosso intermédio, na seção Notícias Relevantes, a íntegra do infeliz documento da PREVI que esperamos sirva de incentivo aos demais colegas para enfrentar a intransigência do nosso Fundo, que insiste em negar atendimento aos nossos direitos atropelando normativos específicos e a Lei em si.
Sem esperar pelo apoio das associações que se omitem, ou mesmo gastando dinheiro com advogados, nosso diligente colega tomou a si a tarefa de desafiar a PREVI, exigindo o cumprimento dos dispositivos que asseguram a distribuição isonômica do superávit. Ao divulgar este assunto, fazemos votos para que a PREVI seja pressionada por exemplar parcela dos insatisfeitos com esse desqualificado comportamento, imprimindo atitude como a do Colega Celson, exigindo a imediata distribuição do superávit que nos pertence.

Lázara Rabelo disse...

Caro Marcos e colegas,

Ao tomar conhecimento do resultadado(inexistente)da reunião de Uberlândia, com ausência estratégica do Sr.Sasseron, fiquei muito indignada, com raiva destes dirigentes da Previ, que insistem em continuar com a postura de vaquinhas de presépio, esquecendo que são bancados por nós. Fiz o comentário que seria melhor mesmo se votássemos no Serra. Hoje, mais calma, tenho de corrigir esta frase, não devemos votar nele. O seu PSDB e de FHC é o pai de quase todas as mazelas na Previ. Só para lembrar:
Estatuto de 1997, com transferência de valores significativos ao Banco do Brasil; alteração no cálculo da aposentadoria com a parcela Previ;
Criação do PREVI Futuro para os novos funcionários; FHC manda intervir na PREVI, após ouvir queixas de Daniel Dantas sobre os Diretores Eleitos, durante jantar; Após a intervenção, reduz o número de Diretores Eleitos para 3 e cria-se o Voto de Minerva;
FHC usou também os recursos da Previ nas privatizações e em outros investimentos.
Acredito que tudo isto seja um esquema, uma máfia. concluindo, é melhor votar num nanico, Plínio por exemplo, do que votar em branco, nulo ou em um dos 2 melhores nas pesquisas.

BRUNO BAUMGARTEN disse...

COMENTÁRIO POSTADO NO BLOG DA CECÍLIA. DUVIDO QUE ELA TENHA A CORAGEM DE PUBLICAR.

Depois de encher os bolsos quando era diretora da PREVI a nobre senhora agora vai usufruir da grana obtida nas empresas em que participou do conselho de administração. Esse tempo certamente será empregado num cruzeiro marítimo pelas ilhas gregas ou algum outro paraíso ao redor do mundo. Na próxima eleição para a PREVI ela volta com as velhas e surradas promessas de "defender os aposentaos e pensionistas".
Só trouxa cai na tua lábia. Estamos fartos das mesmas promessas e das mesmas figuras tenebrosas.
Vocês podem até escapar da justiça dos homens, mas da justiça divina não tem escapatória. Tenho pena do fim de vocês, que certamente será muito triste.
Tem um ditado popular muito sábio: "O ALHEIO CHORA AO SEU DONO". O tempo da prestação das suas contas está se aproximando.

O JUSTICEIRO disse...

Esse comentário eu enviei para uma velha raposa que agora está na toca. Colegas, fiquem espertos pois quando ela sair da toca voltará ainda mais faminta por cargos e benesses.

Prezada colega Cecília,


Sua retirada é estratégica ou será por que a nobre colega perdeu a credibilidade ? A AAPPREVI e seus abnegados diretores hoje é quem melhor representa os anseios dos aposentados e pensionistas. Essa novíssima associação serviu para desmacarar as velhas raposas, na qual a senhora era uma das mais expressivas e vorazes representantes.
Parabéns AAPPREVI por mostrar que o rei e a rainha estavam nus.
O seu triste fim está se aproximando senhora, assim como o dos seus colegas de genocídio. Não tem mal que dure para sempre, nem benesse que nunca acabe.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

O BLOG APELA

Caros Colegas.

É apenas uma questão de tempo superarmos a expectativa que ronda a política imediata. A campanha eleitoral está com seus dias contados, faltando menos de um mês para a escolha do nome que dirigirá os destinos do país na próxima legislatura.
Lamentavelmente aqui não cuidamos desse tipo de eleição, posto que o Previ Plano 1 foi criado para tratar dos assuntos inerentes aos participantes do Plano de Benefícios n° 1, da PREVI.
Arriscamos dizer que todos hão de convir que essa restrita área de atuação já nos exige tempo suficiente para fugir do lugar comum que empolga eleitores. Além do mais, faz-se necessário primar pela neutralidade deste espaço relativamente à indicação de candidatos, como o momento exige nessa esfera, diferentemente do que ocorre quando se trata de elegermos representantes no âmbito da administração da CASSI e da PREVI, onde temos a obrigação de indicar candidaturas – com a responsabilidade do registro doravante.
Para evitar constrangimentos com a recusa de publicação, recomendamos aos participantes evitar comentários eminentemente políticos, com indicativos de apoio ou repulsa a partidos e/ou candidatos envolvidos no momento atual.
Portanto, cuidemos de nós e de tudo que nos diz respeito como participantes da PREVI – ativos, aposentados e pensionistas.

Grato,

Marcos Cordeiro de Andrade

wilson luiz disse...

No início de seu primeiro mandato como Presidente dos Estados Unidos, Ronald Reagan sofreu um atentado a bala. Enquanto aguardava, no hospital, para ser operado, sua esposa entrou no quarto, muito preocupada. Ele a olhou, e disse: "querida, esqueci de me abaixar".
Quando entrarmos no site, não podemos esquecer de nos abaixar.
Gente, que tiroteio! É bala voando para todos os lados, e a Isa Musa virou alvo preferencial. Há, nisto, muita injustica. Pelo menos ela tenta fazer alguma coisa. Por outro lado, não vejo críticas a Valmir Camilo, que fica sentado em sua sala com ar condicionado, contando os milhões que entram vindos de seus associados, tão mal defendidos. Ele fica só assistindo, de camarote,as nossas desavenças, desfrutando da "renda certa" vitalícia que conseguiu, as mensalidades dos incautos associados.
Já na sala de cirurgia, Ronald Reagan olhou para os médicos que iriam operá-lo e falou: "espero que todos vocês sejam do Partido Republicano".
Gostaria que as críticas aqui postadas fossem todas de associados da AAPPREVI, mas duvido muito. Acho que a maioria delas é de pessoas que não têm interesse nenhum no fortalecimento de nossa associação.

LUIZ FERNANDO disse...

minha opinião sobre os representantes de entidades "em defesa do bb". Conforme comprovou nossa lista CANAEL, ali vemos pessoas que nao teria capacidade nem para uma entidade, muito menos, conselheiros de empresasa ligadas a PREVI. Veja caso, de um importante? blog, é conselheiro da cooperforte,anabb,previ entre outros. Tão brincando com a nossa inteligencia.Façamos MEA CULPA, e enfrentemos, com novas chapas,novas idéias, se não vamos ser hilariamente mandados por esses URUBUS,falsantes, mentirosos,promessas infundadas .

Anônimo disse...

Colegas,

Observem quem assinou a carta ao Colega Celson, elaborada pelo jurídico da Previ, um Chefe de Núcleo e um Analista I.

Quanto prestígio para os aposentados, o poste está xixizando o cachorro.

Futuros dirigents da Previ guardem esta carta, para o Museu dos horrores.

Anônimo disse...

Se situação fosse tranquila ninguém criticaria ninguém. Se engana quando fala que não criticam o camilo. Quando posou na foto ao lado do ministro do planejameno a indignação foi total. Quem ocupa cargo diretivo em alguma entidade de aposentados tem que estar preparado para o resultado das suaa ações ou pela falta delas. Se quiser só elegios tem que pegar o pijama e ficar dando presentes para os netos. De maneira educada, mas contundente devem confrontar a postura dos que nos atacam. Depois do fiasco que aconteceu em Uberlãndia é lamentável escutar comentários como esse. Se no nosso meio estão concordando com os métodos de atuação que não resultam em nada, imaginem a alegria que tem causado na direção do BB. As vezes tenho o sentimento que dentro do nosso PB1 deveria ser criada associações distintas para os pós-97 nos defenderem. A realidade é muito simples: QUEM TEM O SALÁRIO ALTO PODE ESPERAR, TEM POUPANÇA, FAZ LONGAS VIAGENS, ETC. Mas e os outros? Esses não interessam porque não faço parte? A infeliz constatação é que os benéficiários que estão acima daquela média dos 6 mil reais nos enxergam como se fóssemos do PREVI FUTURO e eles os titãs do PB1. Com essa visão fica fácil descer a lenha nos incomformados com os viciados em reuniões.

Anônimo disse...

esta manchete esta la no Site da AAFBB.
Sérgio Rosa assume Brasilprev dia 13 e busca liderança na previdência

Acostumado com fundos fechados de previdência, Rosa passou os últimos dias conhecendo as operações da Brasilprev, que vende fundos abertos

Acho que deveriam mudar para:
Acostumado a massacrar os aposentados da Previ, agora vai colocar em pratica seus conhecimentos adquirido, em entidades abertas.
Dá-lhe...
Francisco

Anônimo disse...

Estimado Colega das 6.40,

Meus respeitos, mas está enganado atingindo os Pré-67.

Não existe possibilidade em culpar os Colegas que assumiram no bb antes do ano/67, é uma questão de tempo/Kronos.

Estamos no mesmo barco. Estamos os pré-67 cada ano mais VELHOS que os pós-67.

Não tem sentido tentar justificar o que hoje acontece, na diretoria do bb e na diretoria da Previ, acusando os pré-67 de estar com salário elevado em relação ao menor salário de aposentado.

Devemos nos unir Caro Colega, para tentar sanar as diferenças impostas pelo bb, tais como parcela previ e algumas outras, como renda certa etc.

Tenho apreço por todos os colegas do bb, que não fazem parte da cupula cujo objetivo é destruir a vida dos idosos.

Saudações a todos os Colegas bem intencionados.

Anônimo disse...

Querido colega das 7:34,

Dirigi minhas críticas àqueles que insistem em defender a postura dos dirigentes de entidades de aposentados que permanecem inertes aos repetidos descumprimentos da lei aplicável à Previ. Na sua imensa maioria são pré-80 e pré-97. Não culpo e nem condeno os que ganham bem. Tanto que gostaria que todos fizessem parte dessa seleta categoria. Eu principalmente. Entretanto, insisto numa questão: Se os colegas acomodados recebessem de benefício o que nós recebemos e se tivessem a metologia de reajuste semelhante a que nós temos a postura seria outra. Outro dia alguém saiu com a justificativa dos cargos ocupados. Eu ouso afirmar que a cobrança hoje em cima de um posto-efetivo é maior do que foi de um Gerente décadas atrás. Exerci várias comissões em agência, várias na Direção Geral onde aposentei. Sei bem do que estou falando.
Mas não vou mais insistir nesta questão. Desejo felicidades a voce e sua família.

Anônimo disse...

Não vejo razão nenhuma para esperarmos as eleições terminarem para retomar à pressão e luta pelos nossos direitos, para os aposentados da Previ nada muda com uma ou com outro na presidência do país, se não nos movimentarmos de todas as maneiras possívies sem parar, não vamos conseguir nada.Lembremos sempre, que a cada dia morrem 5 de nós, em 30 dias quantos não se vão, não é justo,temos que procurar o caminho certo de atingí-los, temos que ter em mente que is diretores da Previ são fracos, medrosos, não teem coragem nem para liberar um empréstimo simples, não são capazes nem para cumprir a lei, só fazem o que o BB manda, gente como eles deveriam ter vergonha de existir, se algum tivesse um mínimo de dignidade renunciaria ao cargo já que não teem competência para exercê-lo com justiça.
Temos que entrar na justiça para garantir nossa parte no superávit, não podemos esperar mais.Devemos formar uma comissão de representantes de cada estado e ir à Brasília, somos povo, merecemos uma audiência, não basta mandar emails e cartas de eles não respondem, devemos fazer declaração pública em algum jornal de grande circulação, dividiremos as depesas,qualquer atitude que implique em votos é válida e vai trazer resultado.Marcos voce escreve tão bem, deveria fazer um artigo para ser publicado com apelos retirados do próprio blog, como voce enviou para o sasseron, para sensibilizar a opinião publica para nossa situação de despero e massacre.

Anônimo disse...

A Sra. Cecília até que enfim arranjou vergonha na cara para de desfazer do seu blog que já não tinha utilidade nenhuma desde que saiu da Previ.
Enquanto estava na Previ e não tinha que fazer nada, só posar de bonitinha e boazinha foi tudo bem, era uma simpátia, depois que a aberração do renda certa só para alguns saiu, superávit não distribuido, ES descaradamente mau renovável, dezenas de maus investimentos por parte da Previ, tudo isso vindo a tona e ela sempre com o mesmo discurso que só tinha direito a seu voto, que nada podia, que nada sabia, que nada fazia... precisamos de gente que faça muito, que tenha coragem, e que esteja envolvido com os nossos problemas, como o Sr Marcos e toda diretoria da AAPPREVI.
Sra. Cecília tem um único merito que foi a partir do seu blog a inaugurado deste que veio de encontro a todos os nossos anseios.
Gostaria de saber se além do cargo que ela ocupa na Anabb, ela também é funcionária do BB em que cargo? alguém sabe me dizer?

Anônimo disse...

A ATT MARCOS CORDEIRO...

Marcos Cordeiro de Andrade disse...
NOTÍCIA RELEVANTE - Em louvável atitude, o colega CELSON LUIS LOPES exigiu a distribuição do superávit através de Notificação Extrajudicial encaminhada à PREVI.

Marcos, como sempre a PREVI escreve e não diz muito.
Sem termos conhecimento do texto da Notificação Extrajudicial fica difícil de analisar em profundidade a resposta da PREVI.

Talvez o texto da Notificação não foi a ideal. Temos que tomar conhecimento para tomarmos outras medidas.
Veja que a noticiação extrajudicial não surtiu o efeito esperado mas, seguramente, nos mostrou o caminho a ser seguido conforme explicito nos ítens 2, 3 e 4 da resposta PREVI.

Com embasamento nesses fatos, com a notificação extrajudicial, nos leva diretamente a utilizar o judiciário através de uma medida cautelar para cumprimento de obrigação de fazer prevista em estatuto.
Há alguns dias fiz um questionamento neste blog de quem deve partir a iniciativa para negociação da distribuição do superavit. Não obtive resposta.
Sabedor de quem deve partir a iniciativa, torna-se necessário, se o for o caso, entrar com uma medida cautelar contra o BB.

Espero que essa medida do colega da notificação extrajudicial venha a mudar um pouco o pensamento da diretoria da AAPPREVI.

Estamos só no bla, bla, bla e não vemos nada de concreto.

Se embasado na notificação e a resposta da PREVI a AAPPREVI não tomar um atitude mais agressiva a respeito, acredito que, moralmente, é a única que tem consições para isso, nos faltar nesse momento decisivo, a quem mais podemos apelar.

Incentivar outros a tomar a mesma iniciativa e cobrar da PREVI é chover no molhado. Receberemos a mesma resposta e será perda de tempo. A resposta vem sempre do Gerente de Atendimento que esta ali para não deixar passar nada para a diretoria.
Marcos, a AAPPREVI é nossa única esperança, não podemos perder mais tempo.

Anônimo disse...

Para lidar c/ gente sem escrúpulos, às vezes devemos nos valer de seus próprios métodos. Nos tempos de FHC, era comum comerciais de sindicatos na TV q exigiam melhores salários a diversas categorias de trabalhadores, ameaçavam greves e aproveitavam pra meter a lenha no governo. Hoje isso não é tão freqüente, mas ainda acontece em estados onde o PT é oposição.

Nosso caso, claro, é diferente, mas pq não nos fazermos ouvir? A Brasilprev, como todos sabem, é um fundo de previdência complementar do Banco do Brasil. Ironicamente será presidido por Sérgio Rosa, q "busca liderança na previdência". O q poderia acontecer se veiculássemos na TV comerciais mostrando a realidade da nossa PREVI, até bem pouco tempo, presidida por ele?

O comercial, nos moldes daqueles já tão conhecidos, poderia começar c/ um "Atenção participantes da Brasilprev...". Então entraríamos na questão do Superávit, da Resolução 26, da contabilização indevida por parte do Banco da nossa poupança, etc. Poderia finalizar c/ algo como "Hoje o Banco do Brasil quer meter a mão no nosso dinheiro, amanhã poderá ser no de vcs".

Seria uma forma de pressionar o Banco do Brasil e o governo, q não gostaria de ver diariamente na TV uma propaganda negativa de um de seus "produtos". Claro q isso custaria dinheiro, mas poderíamos tentar contar c/ a "ajuda" daqueles q querem agora retornar ao poder.

Anônimo disse...

A Cecilia disse em seu blog que quando recebe pedras devolve com flores. Seria muito melhor se devolvesse com ações concretas em favor dos que a elegeram, coisa que nunca fez, sempre arrumando desculpas para justificar sua péssima atuação na diretoria. Ameaça fechar o blog. Já o faz tarde, em minha opinião. Ela não faz e não vai fazer a menor falta para nós associados da Previ.

LUIZ FERNANDO disse...

ao anonimo de 04 de setembro 10.03,que a PREVI deixa os caminhos a serem seguidos em novas cobranças ou notificações bem como deixa tambem transparecer conhecimento de nossos direitos adquiridos(renda certa, distribuição reserva especial)já é um bom começo para refletirmos o que ELES pensam.

Anônimo disse...

Pessoal que tal irmos para a imprensa?Denuciar esses ladrões!!!
Lugar de ladrão é na cadeia!!!!!

Anônimo disse...

Amigos,
Concordo com o anônimo de 01.09.10 das 18.19. As Associações não se uniram para lutarmos
Juntos e mais fortes contra todos estes absurdos que temos vividos na carne. Então, só resta uma esperança que tem dado um pouco de paz ao meu espírito, a esperança de que
Em alguma destas associações exista um LÍDER que junto com um corpo jurídico, consiga levar
avante a nossa única chance ,e sem demora , a de irmos para o confronto na justiça, cobrando
Tudo o que temos direito porque tudo é nosso, e colocando todos os dirigentes da Previ, na prisão, que é o lugar correto para eles viverem, o processo é criminal, eles estão nos matando.
Angela RJ

Anônimo disse...

JUSTIÇA seria o caminho mais certo!!!!
Idosos tem vantagens na justiça que se chama Celeridade!!!!
Rapidinho receberemos o que nos é de direito!!!

Anônimo disse...

Caros blogueiros de plantão:

Eu sinceramente me sentiria incomodado se fosse dirigente de uma associação de defesa de aposentado e nada fizesse diante dos últimos acontecimentos. As acusações do ex-braço direito do Sérgio Rosinha são muito graves. As posturas adotadas pelo partido do governo atual são dignas de causar inveja na máfia. Quebram sigilo fiscal e bancário, usam o mensalão para conseguir aprovação de matérias no legislativo, usam a Previ como bunker de montagem de dossiês contra adversários, descumprem a lei eleitoral, descumprem a legislação dos fundos de pensão e as associações permancem no mais completa inoperância. Deveriam ratear o custeio da contratação do maior especialista em Direito Previdenciário para nos orientar qual providência tomar. Ou então ouvir dele aquilo que não queremos: VOCÊS PERDERAM TUDO. Sem movimento é que angustia todos nós. SE DISSEREM VOCÊS NÃO TEM DIREITO A NADA PELO MENOS COLOCARIA UM FINAL NA NOSSA ESPERANÇA A VIDA SEGUIRIA. CHEGA DE INDECISÃO

Jorge Teixeira - Araruama (RJ) disse...

Colega Marcos Cordeiro,
Chamou a minha atenção o tópico “3” constante no corpo da oportuna matéria disponibilizada em 03/09 no nosso painel “Notícias Relevantes”. Transcrevo a seguir a íntegra do tópico “3”, constante da resposta dada pela Previ ao colega Celson Luis Lopes que a notificou extrajudicialmente: “3. Diferentemente do alegado por V.Sa., a destinação do superavit torna-se obrigatória após a não utilização da reserva especial por três exercícios consecutivos, nos termos do art. 20, &3º da LC-109/01. Como é de seu conhecimento, a Previ tem adotado medidas para a utilização do resultado superavitário contabilizado em reserva especial, tais como redução das contribuições, suspensão da cobrança das contribuições e criação dos benefícios especiais. Por esta razão, a Previ não se enquadra no referido dispositivo legal”. A diretoria da Previ, diferentemente daquilo que todos nós pensamos, casuisticamente acredita que a reserva especial para revisão do plano de benefícios vem sim sendo utilizada, ano após ano a partir de 2007, para amparar redução das contribuições, suspensão da cobrança das contribuições e criação dos benefícios especiais. Depreende-se que, na visão da Previ, 2010 não se enquadra como sendo o terceiro ano consecutivo sem utilização da reserva especial o que obrigatoriamente determinaria a revisão do plano. Assim, não estaria caracterizado o descumprimento do que está estabelecido na LC-109. Creio que todos agradeceriam se algum outro colega também se manifestasse a respeito, até mesmo com muito mais embasamento e desprovido de qualquer tipo de constrangimento, para que se possa formar consenso, ou não, sobre se a Previ está descumprindo, ou não, os termos da LC-109. Alguém disse mais acima - em 04.09.10, às 18:01hs - que a falta de movimento é que angustia todos nós. Se disserem Vocês não têm direito a nada, pelo menos colocaria um final na nossa esperança e a vida seguiria.

Anônimo disse...

Colega Jorge Teixeira,depois das eleiçoes(03/10),eles nos dirao com todas as letras QUE NAO NOS DARAO UM CENTAVO REF AO SUPERAVIT E QUE NAO HAVERA ALTERAÇAO NO ES.
E so aguardar.
Favor publicar.

Anônimo disse...

Colega Jorge,
A Previ, por intermedio de seus dirigentes, usa de subterfugios para tentar descaracterizar a omissão e descumprimento da Lei. Estão confundindo "bife à milanesa" com "bife ali na mesa".(Essa é velha pra caramba, mas ainda serve)
Os recursos que vem sendo utilizados para suspensão das contribuições, não fazem parte do Superavit. È só verificar na DRA enviada ao Ministério da Previdencia e constatar que os valores são apartados em Fundos Previdenciais. Veja os saldos em 31.12.2009:
Fundo de Remun.. R$ 4.939.920 mil
Fundo de Prop,.. R$ 1.673.328 mil
Fundo de Contrib.R$ 6.563 mil
F. de R. Certa...R$ 19.037 mil
São valores referentes à utilização da Reserva Especial 2004/2007. Portanto a afirmação da Previ é totalmente desqualificada e não condiz com a verdade. Porisso os dirigentes não assinam nada. Delegam aos "paus mandados" as respostas.
Volto a afirmar, senhores do poder: somos velhos, mas não somos idiotas.

Anônimo disse...

De agora em diante fica assim 100% do superávit é para o banco do Brasil, e nada para os aposentados.É mais fácil entender assim, não vai haver alteração no empréstimo simples também.Pq vcs acham que a Cecilia garcez quer dar o sumiço?É pq sabe que se ficasse ia sobrar para ela, e o melhor à fazer é se esconder.Ela o Sasseron sabem disso.A verdade é que o banco vai meter a mão no dinheiro todo.E como nossos sindicatos só servem a burguesia e aos donos do poder de nada adianta apelar até eles.

Anônimo disse...

Cada dia fico mais decepcionado com os dirigentes da Previ!!!!
Gostaria de saber os salarios de seus dirigentes!!!!
Deve ser uma fortuna !!!Não precisam do ES!!!!!!!
Safados!!!!!!Um dia voces pagarão!!!
Quero estar vivo para ver!!!!!!

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caros Colegas.

Aos que têm solicitado eis o telefone do autor da notificação extrajudicial mencionada em Notícias Relevantes, colega CELSON LUIS LOPES: (71) 3351-0317.
De igual modo informamos que ele não faz parte do corpo de associados da AAPPREVI e que essa foi sua primeira colaboração. Convidado a se filiar informou que estuda a possibilidade.

Ary Taunay Filho disse...

Marcos,
Tenho 55 e já acompanhei, assim como você, eleições de todos os tipos, promessas de todos os tipos e políticos de todos os tipos.
Hoje infelizmente desistí. Se correr o bicho pega e se ficar o bicho come.
Temos que nos convencer de uma vez por todas que países como o Brasil a única coisa que resolve é uma revolução, um golpe de Estado, fora disso nada muda.
Quem lembra do PT dos anos 80? Alguém imaginava um dia ver o Lula abraçado com o Collor e com o Sarney? É por coisas desse tipo que joguei a toalha, pois não passam de uma quadrilha lutando contra a outra para ver quem domina o tráfico do morro. Mais nada, infelizmente e enquanto isto nós somos apenas as vítimas das "balas perdidas".
De nada vale espernearmos como loucos tentando colocar um pouco de sanidade através do voto, porque somos vencidos pelos analfabetos dos "bolsas".
Prá mim chega, pois me sinto um idiota na frente da urna!

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Desculpa esfarrapada":

Lendo essas últimas mensagens postadas, as reclamações da falta de objetividade das associações ante os descalabros que a PREVI esta nos impondo ao arrepio da Lei, acredito que as minhas esperanças, por mais que eu tente acreditar que estou enganado, estão se esvaindo, inclusive com relação a AAPPREVI.

Que me desculpem os colegas que podem divergir de mim e da diretoria da nossa associação que mesmo apesar de bem intencionada, composta de pessoas acima de qualquer suspeita, merecedores de nossa irrestrita confiança, esta aquém da minha expectativa em realçao a questão do superavit.
O que esta dificultando uma iniciativa mais agressiva a respeito? Estamos há meses nesse blá, blá, blá e nada de concreto em termos de ações efetivas ou providências factíveis a respeito.
Esta nos faltando uma consultoria especializada em previdência complementar como disse o colega ANÔNIMO de 4 de setembro de 2010 das 18:01?
A situação esta ficando difícil principalmente por que estamos lidando com pessoas inescrupulosas que tomaram de assalto este desgoverno. As ramificações desses tentáculos estão disseminadas em todas as partes. Sabemos que a luta não é fácil.
Por isso, como disse o poeta: NÃO DÁ MAIS PRA SEGURAR, EXPLODE CORAÇÃO.

Anônimo disse...

Caros colegas, sei que um comentario anonimo pode nao ter credibilidade, porem um colega disse que soube dentro da Previ "cogitarem", extra oficialmente, que poderia nem haver realinhamento no emprestimo simples ainda para este ano.
Porque näo era prioridade no ano de 2010.
Eu acho improvavel, mas diante dos fatos, pergunto se alguem acha isto possivel?

Anônimo disse...

Colegas,

Uma das raposas retirou-se de cena, mas há muitas outras, o raposão SASSERON, e tantos outros, portanto acho difícil mudarmos alguma coisa neste galinheiro

Anônimo disse...

Perigo,perigo,perigo.
Acho que o anonimo de 18:45 nao e amigo!?/!?/
Estamos todos Perdidos no Espaço.
Socorro Dr.Smidt!!!!!!!!
Publicar.