sexta-feira, 6 de julho de 2012

Minha decisão


Minha decisão
Marcos Cordeiro de Andrade
CONVITE DA FAABB

Caros Colegas,

Tendo em vista as declarações prestadas pela Presidente da FAABB, organizadora do evento, não existe solidez de convencimento a elucidar dúvidas suscitadas quanto ao que se pretende com a convocação em curso, que me permita participar. Alegar tratar-se da busca de união contando com o heterogêneo grupo a ser formado não convence. Notadamente porque se pretende confinar desafetos declarados em um mesmo ambiente, alguns dos quais, em passado recente, cometeram arbitrariedades que me atingiram por conta de sentimentos mesquinhos.  Também, por mais que os membros da Diretoria da AAPPREVI buscassem luz não vislumbraram propósitos concretos para justificar o envolvimento do Presidente com sua presença, pois tudo que cerca essa convocação é muito vago, parecendo esconder no bojo alguma armadilha como o ocorrido em Xerém ou, coisa pior, a assinatura da “DOAÇÂO” e do “ACORDO FAJUTO” de 24/11/2010, visto que os principais personagens se repetem. Esse entendimento, longe de ser fabricado despropositadamente, está baseado nos tópicos retirados das mensagens recebidas da Colega Isa Musa de Noronha. Ali, além da obscuridade de fundamentos, há registros que evidenciam individualismos exacerbados, prepotência e afirmação de poderio subordinante, longe de esclarecer o que busquei. E entendo que não se prega UNIÃO com imposição de vontades, nem se convida sem esclarecer com que propósitos.

- “Fomos incitados por colegas que me procuraram, procuraram o Presidente da AAFBB sugerindo esse Encontro”.
 “Sou eu quem está organizando o Encontro por solicitação de diversos colegas e entidades”;
Serei eu a dirigir, não como "autoridade", apenas como coordenadora e responsável pelo Encontro”;
- “O senhor, prezado colega, foi convidado não por presidir a AAPPREVI, mas por ter participação ativa na web”.
- “Se o prezado Presidente vai ao Encontro em nome da AAPPREVI ou como colega que habitualmente participa das reuniões, deixo a seu critério”.
- “Quanto a Pauta, esta é simplesmente PREVI e, principalmente, o que depreendermos da audiência no Ministério”.
- “Trata-se de um Encontro, onde não se formalizará nenhum documento, nenhum compromisso que obrigue os convidados a cumprir, pois tal reunião não tem o poder deliberar nada, visto que todas as pessoas ali convidadas são independentes, certamente não falam por suas entidades de origem”.
Os que lá estiverem em nome das associações que dirigem certamente deverão discutir as propostas com seus próprios Conselhos”.
- “A responsabilidade dos participantes na tomada de decisões dependerá de como cada um se postar”.

Por causa dessa colcha de retalhos de argumentos conflitantes, e nada esclarecedores, a “Diretoria da AAPPREVI achou por bem não recomendar a presença do Presidente Marcos Cordeiro de Andrade, deixando ao seu arbítrio comparecer de outro modo”.

Assim, desprotegido da autorização dos meus pares, afirmo que as opções dadas pela anfitriã não se enquadram no meu perfil. É falsa a alegação de que sou um “colega que habitualmente participa das reuniões”, pois somente me apresento nesses eventos como representante da nossa Associação, nunca de moto próprio. E mesmo assim, até hoje apenas compareci a duas AGEs da FAABB, antes de a AAPPREVI ser expulsa do seu quadro de filiadas, ocasião em que eu fui humilhado em Xerém por uma “Moção de Profundo Repúdio” assinada por 21 obedientes seguidores da Presidente da Federação, e comemorada com um luau de dar inveja à FLIP, de Paraty. Muitos dos presentes na abjeta noitada etílica engrossam a relação dos convidados de agora, como se pode ver:

E, como diz o ditado, “cachorro mordido por cobra tem medo de linguiça”.

Até porque, o “dono” de Xerém não me quer por perto, mesmo fora do seu feudo, conforme se depreende do alerta recebido de um amigo. “Há coisa de 10 dias rolou na internet convite semelhante, partindo do Gilberto Santiago, com finalidade idêntica a esta, mas deixando claro que a sua presença, bem como a do Zilton Tadeu, não seria permitida”.

Acresce o fato de que os lamentáveis acontecimentos nos domínios de Xerém me recomendam usar de extrema cautela:

Ademais, soa falso e depreciativo dizer que fui “convidado não por presidir a AAPPREVI, mas por ter participação ativa na web”, como se, no meu caso, o cargo fosse menos importante que participar na web. Também, com maior grau de importância nessa esfera foram deixados de lado nomes como os de Cecília Garcez, Edgardo Amorim Rego, José Bernardo Medeiros, Juarez Barbosa, Paulo Motta e Romildo Gouveia Pinto, entre outros – todos mantenedores de importantíssimos Blogs que nos dizem respeito, autênticos ocupantes da web.

Junte-se a isso o fato de que é lamentável que a PAUTA tenha sido desvalorizada com a declaração de que “é simplesmente PREVI”, o que pressupõe um desenrolar enfadonho para tratar de amenidades. Quanto aos efeitos da provável aprovação da Minuta para Retirada de Patrocínio, serão tratados incontinenti no campo jurídico como indicamos na carta ao CNPC, publicada na Revista Direitos, da AAPPREVI - http://www.aapprevi.com.br/revista - sem que precisemos de ferrões que nos instiguem.

Diante do exposto, agradeci pela honraria do convite – e o recusei.

Atenciosamente,

Marcos Cordeiro de Andrade
==============================
Leia a Revista Direitos, da AAPPREVI: http://www.aapprevi.com.br/revista

Curitiba (PR), 06 de julho de 2912. www.previplano1.com.br

91 comentários:

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

À
FAABB

Prezada Senhora Presidente,

Agradecendo pelo convite formulado, peço excluir o meu nome do rol divulgado.

Atenciosamente,

Marcos Cordeiro de Andrade.

Anônimo disse...

Prezado Marcos,
Quanto ao acerto da sua decisao, só o tempo dirá.Quanto àos esclarecimentos prestados pela da. Isa Musa, achei-os abundantes e suficientes, eis que se trata de uma reuniao acertada apenas para sondar o ânimo do Min. da Previdência quanto ao assunto.Do que for percebido será objeto da reuniao com os colegas listados.Simples assim.Até porque NADA impede que alguem entre mudo e saia calado,sem se comprometer.

Anônimo disse...

Já posso ouvir os fogos de artifício que soltam aqui em Brasilia festejando sua ausência. Muito bom!

Anônimo disse...

São coisas como esta que ainda me fazem ter esperança no ser humano. Nem tudo é dinheiro, nem tudo é poder, nem tudo é engano...
Parabéns Sr. Marcos, vc é 10

Anônimo disse...

Boa noite Marcos, parabens pelo post, e pela atitude, acho que tens toda a razão, e não é a questão de dar o troco não, é simplesmente o SER e não o TER e tu
és o Marcos Cordeiro, e não um boneco teleguiado. Cada vez mais seu admirador, saudações.

Anônimo disse...

Eu não concordo. Ms o fato de eu não concordar, claro que não tem nada a ver. Só não concordo. Do seu lado estarei sempre. Mas não concordo. Agora mesmo me telefonaram. Do shopping, umas amigas. Querendo saber se quero ir ao teatro amanhã. Quero. Não importa a peça. Eu quero. Não vou ao teatro para ouvir algo que quero ouvir. Vou para sair de casa, encontrar amigos, ver algo que nem sabia que existia. Vou por que é iportante ouvir seja lá o que fôr. Ouvir. Estar lá com os outros. Aquela platéia inteira não é composta de meus amigos. Aqueles que comungam comigo. Mas ali eles comungam. E eu nem os conheço. E alguns seriam inimigos se os conhecesse. Por que a vida é assim. Esse teatro. Agora se trata da Previ. Do seu futuro. Do futuro de nós todos. Amigos e inimigos. E voce não quer comungar? Não vá pela AAPREVI, deixe ela um pouco de lado. Vá como Marcos. Convidado. Vá como um rapaz que é convidado para uma festa em que não conhece ninguem, e que nem sabe que lá pode fazer grandes amigos ou inimigos. O mais cruel de envelhecer é perder essa expectativa. É já te-la como certa. Querido vá, para saber o que se passa. Para que não tenha que esperar que lhe contem. Para ter certeza do passo que depois vai dar. Dona Isa foi extremamente gentil em lhe convidar como presidente ou como Marcos. Poderia querer apenas o titulo. Me parece que mesmo os que altercaram com voce um dia, o respeitam. O que voce quer mais? A medalha Rio Branco? Já foi dada para tantos asnos. Vá Marcos, vá a Brasilia. Por nós que confiamos tanto em voce. Vá por nós.

claudia do rio

Anônimo disse...

Não vá, querido Marcos. Essa peça teatral não é nada boa.Deve ter algum John Wilkes Booth na platéia.

Anônimo disse...

Impressionante o comentário assinado por claudia do rio. Que lição! Saber ouvir, ser flexível, rever conceitos só nos dá mais espirito dos jovens.

Anônimo disse...

Muito
decepcionado.

Anônimo disse...

Parabéns pela decisão Sr. Marcos. A coisa estava mal explicada.Parece que queriam aval/referendo a algo já acontecido.So falta aparecer um memorando de entendimentos tipo 2010.

Anônimo disse...

Sr. Marcos,

Permita-me citar Nietzsche para concordar com sua decisão:

"Quanto mais nos elevamos, menores parecemos aos olhos daqueles que não sabem voar"

Simples assim...

Anônimo disse...

Há um outro cavaleiro do apocalipse que foi solto no mundo, aliás, é gêmeo. Trata-se do cavaleiro INGENUIDADE/IGNORANCIA. Vai dominar o mundo.

Anônimo disse...

Voce acha mesmo meu querido ou querida que Marcos é um Lincoln?
É esta a sua medida? Será disso que estamos falando? Eu estava falando de gente comum, um aposentado aqui outra ali, a vida no meio e tudo que isso importa. Mas Lincoln? Cara, que coisa grandiosa. E eu esta boba, penando em gente como a gente. Mas pensano nisso como reistencia. Por que segundo voce, se eu me sentir muito só, me mato como a Marilyn. Mas eu não sou a Marilyn. E o Marcos não é o Lincoln. É o Marcos. E eu ou só a Claudia. Por favor, pense um pouco mais. Onde vamos sabr o que precisamos saber se não entre eles?

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Querida Cláudia,

Exatamente às 20:39 você postou o comentário em que me censura. Faço um esforço e imagino a cena que invejo pela impossibilidade de imitar: acomodada no seu confortável sofá diante da TV, note book ao colo, enquanto assiste ao JN remói sua decepção porque me queria enfrentando feras, tal a confiança que tem neste seu servidor e o acredita imbatível. Nesse cenário, num átimo resolve me dirigir uma admoestação sobre uma decisão que me tomou sete longos dias para ser aceita. E filosofa.

Pelo tempo decorrido entre minha postagem e a sua inserção, somente posso crer que houve precipitação de sua parte ao emitir a reprimenda. Acredito até que aguardava meu posicionamento em expectativa de apresentação, já tendo em mente dois comentários a publicar: um, de efusivos elogios se fosse o esperado. Outro, menos rompante, nos termos desse que clicou no computador na tecla “enviar”.

Só tenho a lhe agradecer pela beleza do seu texto, mesmo o achando deslocado no contexto, mas com a certeza de que levará a reflexões por parte dos que a respeitam e admiram.

Todavia, faço-lhe um pedido, extensivo a todos os que possam condenar minha atitude. Leia o meu post por inteiro e não economize tempo pulando espaços. Para entendê-lo completamente, é necessário seguir a linha de impressão do conteúdo acessando os links e se detendo a entender o que eles expõem.

Depois de tudo, com absoluta certeza me dará razão pela decisão tomada – a minha decisão.

Não esqueça que da PREVI existem muitos a cuidar. Da AAPPREVI somos apenas eu e mais uns poucos, você entre eles.

Atenciosamente,

Marcos Cordeiro de Andrade.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Mensagem de Solonel Jr.

Colegas dirigentes e dirigidos,

É preciso, antes de qualquer coisa, que eu me apresente como um ente absolutamente desprovido de ambição pessoal no tocante a nossas associações e federações e coisas que o valham.



Mas sou associado a verias delas, e, portanto, sou federado sim. E não aceito a exclusão desta ou daquela, como a que excluiu a AAPREVI em episódio passado recente.



Ocorre que o que tenho assistido é uma troca de insultos óbvios pela rede, em que um acusa o outro de entrega de nossos direitos (está claro, eles foram entregues) enquanto o outro acusa aquele de fazer apologia pela desfiliação das associadas contra a federação (deveria fazer isso mesmo, a meu ver).



Mas acontece que, enquanto uns e outros se refestelam em suas razões, os associados e “prejudicados” da PREVI ficam abandonados, ao sabor da jogatina a que estamos sendo submetidos.



Não concordo com o Marcos, embora respeito sua decisão, mas acho que deveria ir sim e berrar o necessário para ser ouvido. Ou melhor, para sermos ouvidos.



E discordo da ISA, onipresente, seja na CASSI, na ANABB, na PREVI, na UNAMIBB, na FAABB e em tantas outras, como se seu dia fosse muito maior que o das pessoas normais.



Diante disso, APELO. APELO para que nossos representantes, coordenadores, eleitos, líderes, que nome queiram dar, REALMENTE nos representem, REALMENTE defendam nossos direitos.



Se não se consegue evitar a apropriação indevida de nosso superávit, ao invés de aceitar um acordo, neguem este acordo e denunciem. Pode até não evitar o roubo, mas mantém de pé nossa moral, nossa crença nos representantes eleitos.



Assim é como acho que deve ser.



SolonelJr

Anônimo disse...

Fiquei muito entristecida e achei a sua atitude mesquinha e covarde.
Não esperava isso. Pensa nas pensionistas e na sua esposa. A dona Isa, nunca convidaria
uma pessoa comum como nós aposentados, ou pensionistas.

Porque seu Marcos? A sua desculpas não nos convence.
Quantas reuniões mais o senhor deixara de comparecer.
Com a sua inteligencia seu Marcos, eu daria volta ao mundo.
Vergonha? Medo? orgulho? Isso é para os fracos, e não para o senhor.

Sinto por todos nós.

Ângela.

Anônimo disse...

FOI FÁCIL PASSAR A BOLA PARA O BOBÃO DO ARI.

POR APENAS DEZ REAIS...

Anônimo disse...

Quem cala ou não publica consente.


Ângela.

Lena disse...

Querido Marcos, eu também queria que você tivesse aceitado
o convite. Mas entendo os seus motivos, e os aceito, pois sei
o quanto foi humilhado naquele clube de Xerém.
Não tem como esquecer o episódio. Foi muito triste. Outra: ninguém
vai morrer por você não ir.

Não fique triste, e certos comentários nem
deveriam ser publicados.
Fique com Deus grande amigo, e um forte abraço.


Dona anjinha, vai pentear macaco!!

Anônimo disse...

Opinião:

Marcos, acho que você ACERTOU EM NÃO IR.
Bem fundamentada sua decisão, e com o consenso de opiniões de sua diretoria...
Achei sua recuada extratégica...
Para quê dar o corpo a bater? Pois os autores parecem ser os mesmos, quando do encontro em que sofreu constragimentos/sensura em suas explanações, a ponto de a AAPREVI ser excluída das filiadas da FAABB.
Alem do mais, como foi dito pela Sra.Isa Musa, trata-se de um encontro onde não haverão decisões formais.
Entendo que você é um profissional que prefere representar não o EU(pessoa física), mas o NÓS(a Entidade Jurídica AAPREVI, a qual tens um esmero incomum).

Você não quer "dominar o mundo" como acima mencionam, quer sim, fazer o bem a uma coletividade, que são os associados..

Um grande abraço.

João

Anônimo disse...

Prezado Marcos, vc está certo. Nada mais a dizer. Só isso. Saúde.

Anônimo disse...

Pessoal,

Acho que o seu Marcos está certo em não ir. Por que iria a um en-
contro organizado por uma entida-
de cuja presidente, em atendimento
a alguns lambe-botas, decidiu ex- cluir a honrada AAPPREVI da FAABB?

Cara-de-pau só existe na política!!!

O que acha do Lula de mãos dadas com Maluf em recente encontro?

Anônimo disse...

Caro colega MARCOS,

Como não poderia deixar de ser existem opiniões pró e contra a sua participação no evento, e que finalmente, não nos leva a nada.

Poderia dizer que leões, os tigres e os leopardos se criam na SELVA. E as hienas? também. Mas fazer o que? se não existe outro habitat.

Grandes líderes foram sacrificados, em nome de que ou de quem?. Estariam certos ou errados? Aliás, o que é o certo e o errado?.

Durma em paz com com os seus travesseiros. Sua consciência é seu guia.

Muita coisa já tem feito por nós. Embora,uns acham que sim, outros não.

Friedrich Nietzsche: Aquele que tem um "porque" para viver pode suportar quase qualquer "como".

E o bonitão aqui filosofa assim: No final, todos morreremos.

Anônimo disse...

Somos carentes de heróis! Crescemos com aquela impressão do cara voando com a cueca vermelha por cima da calça interrompendo seu vôo para ajudar a velhinha atravessar a rua, sem nada pedir em troca.
Já adultos percebemos que nossos heróis "morreram de overdose". Overdose do excesso de dinheiro surrupiado do nosso bolso. Overdose de tanto sugar nossas esperanças e depois ainda posarem de mártires. Overdose de injetarem nas veias nossa ingenuidade misturada a nossa necessidade.
Todos temos direito de nos posicionar. Acho até que isso é uma obrigação. Entretanto, para isso precisamos saber qual o lado achamos correto tendo certeza disso. De repente acho que sou Vasco, mas meu coração é Flamengo. Defendo ideais justos, mas no fundo o jeitinho brasileiro se encaixa melhor com meus pensamentos.
Décadas sendo enganados por pseudo-defensores de aposentados. Aparece uma associação cobrando 10 reais fazendo tudo que as outras faziam cobrando um caminhão de dinheiro, liderado por uma pessoa que não ambiciona cargos, acordos, negociatas, etc.
Percebo que na realidade meu coração está mais próximo daqueles heróis que morreram de overdose. Fica impossível entender atitudes diferentes. Na hora do aperto tenho convicção que o time da _____ é que era meu time do coração.

Anônimo disse...

Cooperforte: No Ano Internacional das Cooperativas, comemore hoje, 07 de julho, o Dia Internacional do Cooperativismo.
Parabéns Cooperforte!!


Alo Previ!! Manda os 180 x 180.

Preciso pagar as dividas.

Seu Marcos, ajeita o mas rápido que o senhor e o Dr. Tadeu puderem
as ação das pensionistas.

Não aquento mais!!!!!!!!!!!!!!
Me ajude.

Anônimo disse...

Anônimo - 06/07 - às 21:49,

Além de anônimo, você se expressa por enigma, estando duplamente resguardado, mas, por outro lado, a sua pequena mensagem fica sem sentido.Parece que tem um medo medonho do tal "Cavaleiro do Apocalipse". Será que ele é tão tenebroso, assim? Pode também ser um caso de admiração, respeito e inveja e por isso não quer admitir!

Anônimo disse...

Até ontem a Previ não respondeu a carta que o Rossi enviou, a respeito do ES.
Talvez na segunda- feira.

Mas já imaginaram??? Se liberarem os 180 x 180, pagamos TUDO e TODOS e ainda sobraria um dindim.
Se saísse também as ações 100% pensionistas aí sim, VOU PRA CALERA!!!

Mas enfim...

ADEMAR disse...

Marcos.

Desde o inicio eu entendi que seria muito interessante aceitar o convite para o encontro em Brasilia, espero que tenha tomado a decisão certa. O tempo dirá.
Mas isso não muda nada para mim, continuo firme e forte junto a AAPREVI e deposito em voce minha total confiança.

Anônimo disse...

SEU
MARCOS,
COLOCA
OUTRO POST.
ESSE JÁ
DEU O
Q TINHA
Q DAR.

A MOÇOILA
NÃO TÁ
NEM AÍ.

Anônimo disse...

Sr Marcos,
Parabéns pelo texto! Muito bem elaborado!O Senhor é uma pessoa ILUMINADA! Parabéns pela sua decisão!
Para voces, colegas pensionistas, vamos ter fé que tudo irá se resolver!Temos direito adquirido.
Que Deus o abençõe!!!

helio castelo de souza disse...

Caríssimo Marcos, de conformidade com o comentário que havia postado anteriormente à sua decisão; respeito e entendo a decisão tomada. Todavia não posso deixar passar em branco o excelente comentário postado pela "Claudia do Rio", comungando com sua opinião, e não me parecendo, que a mesma tivesse, um segundo comentário pronto (diferente da sua idéia de raciocínio), se a sua decisão(Marcos) fosse pela participação na reunião. Acredito, piamente, que o fato de estarmos sempre de guarda fechada(boxe),nos deixa sempre prevenidos e preparados para o contra-ataque, mesmo quando o golpe não vem. Mas, independente de opiniões, o senhor e a associação que dirige, são fundamentais em qualquer luta, em defesa dos interesses das entidades ligadas ao Banco do Brasil.

Julita disse...

Esse recado das 15:50 é meu Sr Marcos! Julita. Pensionista

Anônimo disse...

Prezado Marcos,
Vamos fazer uma simulação: O Marcos vai, conhece algumas pessoas que só conhecia de nome...Percebe que o assunto tratado é obscuro e pode vir a comprometê-lo...Ele deixa registrada sua discordancia e tira o seu time de campo. Resultado líquido: honradez mantida, maior conhecimento do ser humano, maior capacidade para indicar o norte aos colegas aposentados e pensionistas...Situação dois: a reunião foi produtiva, contribuiu para a defesa de nossos interesses, em suma, VALEU A PENA.Existe uma terceira hipotese?Nao sei.Só acho que viver é experimentar, é aumentar experiências, é aumentar a visao de longo alcance. NADA OBSTANTE, respeito a sua decisao.

José Roberto Eiras Henriques disse...

Marcos,

Respeito sua decisão de não participar do encontro, por outro lado não concordo com você quando escreve que a Claudia o censurou. Ela apenas discordou de sua decisão e foi sincera ao se expressar.

Você, no entanto, ironiza quando diz: "Faço um esforço e imagino a cena que invejo pela impossibilidade de imitar: acomodada no seu confortável sofá diante da TV, note book ao colo, enquanto assiste ao JN remói sua decepção porque me queria enfrentando feras, tal a confiança que tem neste seu servidor e o acredita imbatível. Nesse cenário, num átimo resolve me dirigir uma admoestação sobre uma decisão que me tomou sete longos dias para ser aceita.."

Ora, por que toda vez que alguem discorda de suas postagens e atitudes, você as leva para o lado pessoal rebatendo-as de maneira rude e cheia de rancores? Essa atitude somente cria animosidade e intimida seus leitores que deixam de postar comentários enriquecendo o debate dos assuntos aqui discutidos, por receio de sua atitude.

Sim, eu também acho que a presença de um representante do blog ou da AAPPREVI no encontro é necessário principalmente para conhecer como pensam e agem os seus desafetos, em relação a assuntos que nos dize repeito.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Reunião em Brasília

Caros Colegas,

Neste estágio da vida, aos 73 anos, respeito três prioridades a cuidar: a Família, a AAPPREVI e o Blog, nesta ordem, necessariamente. Depois vem o resto. A saúde, o lazer e o hobby, se sobrar tempo para tudo isso.

Aos cuidados com a família somente devo satisfações à consciência. Já para o trato das coisas da AAPPREVI acrescento os milhares de sócios a quem devo obediência, apoio e proteção.

A saúde vai bem, obrigado, graças ao olhar Divino e aos cuidados que a família me dispensa.

O lazer e o hobby são secundários, enquanto as outras prioridades prevaleçam.

Com isto quero dizer que somente me afasto dessas determinações se for imprescindível para delas cuidar.

Portanto, viajar a Brasília para fazer turismo à custa da FAABB como alguém sugeriu na web não é aconselhável, nem honesto. Até porque minha presença lá, como foi imposta, não vale o sacrifício de relegar prioridades traindo minha consciência. E o meu tempo ainda não pode ser gasto à toa.

Além do mais, discutir assuntos dissociados da escala que elegi como diretriz de vida me fará desviar do caminho traçado. E como o que se pretende com essa reunião não me foi esclarecido convenientemente, deixo que cuidem do assunto os idealistas que não têm a responsabilidade que me cabe com o rigor que me imponho e que, certamente, o farão com mais propriedade sem sentir minha falta.

Fico tranquilo porque, se forem constatados descaminhos por conta de tramas urdidas em surdina disto serei alertado a tempo de agir usando minhas armas, pois para isto conto que lá terei olhos e ouvidos a me suprir do conhecimento das ocorrências, nas pessoas de Amigos sócios da AAPPREVI e do seu Vice Presidente Administrativo, mesmo ele comparecendo sem usar o cargo, evidentemente.

E tudo me seria ocultado se lá estivesse, pois, obviamente me tendo como inimigo e foco negativo das atenções, as cabeças manipuladoras do encontro não me deixariam participar de conversas secretas, muito ao gosto dos eventos patrocinados pela FAABB/AAFBB. E o arsenal de que disponho para esse tipo de enfrentamento permanece sob meus cuidados aqui em Curitiba: a AAPPREVI, com seu corpo jurídico, e o Blog Previ Plano1, que uso para botar a boca no trombone – com a independência que Deus me dá.

Livre do risco de sofrer agressões e sem ter que adotar postura hipócrita posando para foto abraçado a quem me traiu, aqui fico com a consciência tranquila dedicando meu tempo às três prioridades eleitas como projeto do fim da vida: a Família, a AAPPREVI e o Blog Previ Plano 1.

Atenciosamente,

Marcos Cordeiro de Andrade.

Anônimo disse...

Marcos,

Mesmo respeitando o posicionamento "conciliador" da Cláudia do Rio, apoio a sua atitude.

Vejamos, você não foi convidado para uma festa, uma atividade "sem compromisso", mas para participar de um encontro que tem por objetivo "ficar sabendo" o que o Ministério da Previdência NÃO QUER OUVIR dos Fundos de Pensão.
Para isto não é preciso ir a Brasília.
Não perca seu tempo precioso.
Siga sua intuição.
Seus argumentos são extremamente válidos.

Anônimo disse...

Olha só a paga que a integridade traz:

Atitude mesquinha e covarde, medalha, decepção, fogos de artifício, passar a bola, etc

Definitivamente gratidão não é o forte da "família bb".

O cara sacrifica a vida, a família e ainda tem que ler esse monte de desequilíbrios? Haja fígado!!!!

Isso só faz aumentar a percepção de quão profunda é a diferença de um grande líder para um cidadão comum feito minha pessoa. Ele releva e eu chutava o balde.

Anônimo disse...

Quem vai a emboscada anunciada?

Quem discorda de uma decisão de um comandante em plena guerra?

Estamos perdendo tempo com esse assunto! ! ! ! ! (acho que esse era um dos objetivos deles)

Deixemos o Marcos e sua equipe preparar novas estratégias, o que temos a fazer é apoiá-lo e dar sujestões.

Alan rj

Anônimo disse...

Apesar de tudo, como DECLAROU a Claudia do Rio, "do seu lado estarei sempre", esse episódio logo passará e só entao saberemos quem estava certo. Vamos "wait for see".
Enquanto isso, escreva alguma coisa Claudia do Rio, nao fique calada!

Anônimo disse...

QUEREMOS O ES JÁ 180/180
NÃO AGUENTAMOS MAIS PREVI VIVER COM ESSA MISERIA DESALARIO. O AUMENTO DQUE VOCES DERAM FOI IRRISORIO.

Anônimo disse...

É chegou a hora de reunirmos forças e lutarmos por nosso direito do ES-180/180, pra já (agosto-2012). Nosso índice de aumento foi uma merreca.Vamos pessoal, dá as maõs e exigir urgencia nesse assunto.

Anônimo disse...

Caro Marcos, apesar de não concordar com sua ausência na reunião, mesmo após tudo o que foi dito, respeito e muito sua decisão.
Estamos na eminência de um acontecimento de extrema gravidade que é essa maldita resolução.
Nesse momento acredito nas intenções da Sra. Isa, penso que não é interessante pra ela e nem para ninguém, exceto para o governo e o BB a retirada do patrocínio, porisso acreditar nas suas intenções, da Sra. Isa.
O momento é de unir forças e desarmar-nos, contra nós mesmos.
Infelizmente nós nunca seremos uma classe unida; nisso nossos inimigos tiram proveito.
Sua posição já foi tomada, agora é torcer para que a reunião seja proveitosa e que surta efeito positivo.Apesar de tudo estamos no mesmo barco.
Abs.
Cláudio - Piracicaba - SP -

Anônimo disse...

PRÓXIMO POST: MINHA DECISÃO 3.

NÃO VOU PORQUE RECEBI UMA MOÇÃO.

NÃO VOU PORQUE SOU MEDROSO E ELES PODEM ME HUMILHAR.

NÃO VOU PORQUE TENHO ISSO, PORQUE TENHO AQUILO. NÃO VOU PORQUE SOU
BUNDÃO.


Áurea.

Anônimo disse...

Grande Marcos,

Ajude-nos com o ES 180 x 180.

Alo chapa 6!!! 180 x 108 vcs podem pegar também.

Ajudem!!!!!

Medeiros e a Cecilia não fazem nada,
só jogam conversa fora.

Anônimo disse...

Pesoal,

CALCULE
Se D. Isa ocupa cargo em 5 entidades e, admitindo-se ser de 20mil reais pelo árduo trabalho que exerce em cada uma delas, o salário total da Vovó será de:
a)DEZ MIL;
B)CINCO MIL;
C)NENHUMA ALTERNATIVA CORRETA.

Se marcou opção 'C' o colega está lúcido e ainda pode deixar de ser alienado.

Anônimo disse...

O comentário acima não e meu.


Áurea. S. Paulo.

Profº Ari Zanella disse...

Ao anônimo da 22:15 do 06.07.2012

Somente hoje dei uma lida nos comentários aqui do Marcos e considerei a tua colocação de uma idiotice sem par. Quiseste dizer ao Marcos que ele encontrou um trouxa para passar a vez de ir a Brasília e tudo por dez reais. (Dez reais, pelo que entendi, é o valor da mensalidade da AAPPREVI.)

Infelizmente, não sei teu nome pois se esconde sob a proteção do anonimato, prova evidente de covardia. Mas, não me furto ao direito de resposta:

1º) O Marcos não passou a vez, os dois nomes aparecem na lista de convidados. Ele declinou do convite, eu não. Isso é passar a vez?

2º) Dez reais é o valor que pago com muito gosto porque tenho retorno nas demandas judiciais, sem pagar custas nem advogado ao final do processo. Aapprevi paga tudo por mim de acordo com as normas da OAB.

3º) Tu fazes um tremenda confusão entre Associação (Aapprevi) e os dois blogues (o meu e do Marcos). A associação é jurídica, seus fins estão claramente expressos no site www.aapprevi.com.br
Os blogues são de pessoas físicas e servem para emitir opinião com interatividade do leitor.

4º) Então se tu achas que quem trabalha de graça num associação honesta e cujo único objetivo é ajudar seus associados é "BOBÃO",
então, sinto-me orgulhoso de sê-lo.

Anônimo disse...

Tirando o seu Ari,e Edison de Bem.
Não podemos contar com os outros.
E Edson, infelizmente, esta doente. E muita gente eu sei
que não iram

Manda bronca Ari!! Ajude as pensionistas.

Anônimo disse...

Prezado Marcos,
Em principio, não concordei com seu posicionamento, mas depois que você registrou suas priodidades passei a entender melhor sua decisao. Mas fiquei mais feliz ainda ao ver que você não respondeu à provocação da "Àurea", o que prova que voce está amadurecendo e amadurecimento é uma virtude fundamental num lider. Parabens/

Anônimo disse...

Prezados colegas,
Abaixo, transcrevo parte do comentario do jornalista Carlos Chagas,no blog do Claudio Humberto:
"Outra iniciativa a assolar o país na segunda parte do mandato de Dilma será a contenção dos gastos públicos, atendendo a exigências do poder econômico. Não apenas demissões e não reposição de vagas no serviço público, mas a retomada do processo de privatizações. Como também cortes em investimentos de infra-estrutura, saúde, educação, habitação e congêneres. Ninguém se iluda se, a prevalecer a cartilha dos neoliberais incrustados no governo, logo voltar a deletéria proposta da privatização da parte da Petrobrás que continuou pública, do Banco do Brasil, da Caixa Econômica e até dos presídios. Nada melhor do que, para atender as exigências do PCC, do CV e congêneres, vender as cadeias à iniciativa privada. Algumas vão virar hotéis de cinco estrelas, para os bandidos que puderem pagar. O resto que se vire..."

Diante do acima exposto, não é dificil saber qual vai ser a resposta do Min. da Previdência sobre a retirada de patrocinio. Precisamos de um milagre e este só o bom Deus pode fazer.Continuemos orando...

Anônimo disse...

Gostaria de entender porque o tal Ari foi convidado e não o Edgardo,
Raul Avellar, Rosalina, Lazará, Gilvan, Juarez.

Fala sério....

Ela resolveu chamar: Pedro, Chivirino, etc...

Convidou TODOS que controlam o REDE- SOS.

Estranho muito estranho.

Anônimo disse...

Marcos, como voce aguenta tanta asneira,tanta ignorancia?????
E essa Claudia que mala?
Quanto egoismo! Ate faz mal a gente ler os comentarios.
Mas tem uma coisa,ADOREI a tua decisao.APOIADO!
Reuniao? Em Brasilia? Com a isa?
Novamente?
Duda

Anônimo disse...

Dona Isa tem parte com o demônio! É sedutora, sagaz, atrai, conquista e depois destrói. É elemento nocivo que deveríamos matar a pauladas

Anônimo disse...

Marcos, concordo com sua decisão de não ir. Uma reunião de última hora, encontro no Ministério marcado pela ANABB (lembram daquela fotografia do Valmir com o Ministro do Planejamento e que levou a "doação" dos 7,5 bi do superavit para o banco). Ai tem mutreta. Depois vão dizer que tentaram de tudo e vão envolver pessoas como você, Rossi e tantos outros e, principalmente, a AAPPREVI que não se envolveu com essas "maracutaias" patrocinadas por essas associações a serviço do Banco, do PT e do governo. Os diretores dessas associações nunca foram confiáveis e podemos esperar qualquer tipo de golpe sujo como das outras vezes em que eles estiveram envolvidos. Os históricos deles não os recomendam. Abraços.

Anônimo disse...

Acho que devemos, todos nós, todos os blogs, nos unirmos para pressionar a PREVI para uma liberação imediata de um E.S. 180/180. Não estamos aguentando mais.
Penso que a retirada do BB como patrocinador até já tem data marcada.
Basta que sejam obrigados pela "justiça" a devolver os 50% que levaram de "superavit", ou que as condições econômicas não permitam que novos "superavits" sejam forjados para acertar os balanços do Banco do Brasil.
4) O Plano 1, com o patrimônio que tem, e com a redução gradativa do montante dos benefícios pagos (o pessoal que recebe os complementos maiores-R$ 25.000 a R$30.000 está falecendo, dando lugar a complementos de R$ 4.000 a R$ 5.000), poderia tranquilamente seguir seu objetivo até que o último de nós "fosse embora" e, aí sim, o vultoso patrimônio voltasse para o Banco do Brasil.
Bastaria , gradativamente - sem pressa - mudar o direcionamento das aplicações, reduzindo os riscos de aplicações na BOVESPA para algo mais seguro, como aquisição de imóveis, financiamentos em geral para participantes e até ES.
Creio que seria a única maneira de termos superavits de verdade, e assim promover um reajuste dos benefícios.

Nascimento.

Anônimo disse...

Dizer que dona Isa é sedutora, e que tem parte com o capeta
foi demais! To com peninha dele.

Anônimo disse...

Aurea Sao Paulo de 12:35, nao se preocupe, tenho certeza de que o infeliz de 10:54 nao se chama Aurea.
Tenho certeza de que e um pau mandado.
Se decepcionou com a decisao do Marcos.
Duda

Anônimo disse...

Prezados colegas,
Se por acaso saise o que alguns colegas tanto pedem, o ES 180/180, seria isso uma boa...? De repente, eles poderiam estar querendo comprar consciências, calar algumas vozes, conter revoltas, etc. Nesse caso, essa medida seria muito pior para nós, pois além de a maioria dos colegas estarem totalmente alienados das ameças que pairam sobre nossso fundo de pensao, uma outra boa parte só pensa em coisas imediatistas,entregando, sem saber, o ouro ao bandido.Assim, vamos concentrar nossas atençoes ao assunto "retirada de patrocinio"...

Anônimo disse...

Colega das 14:36, estamos atentos ao problema da retirada (mais um), porém queremos o que é nosso -ES-180/180, se você não quer não pega, deixa de agouro.

Anônimo disse...

ISSO QUE DÁ VOTAR ERRADO! ALÔ CHUPA 6 ACORDA!!!!

Anônimo disse...

Banco do Brasil terá R$ 55 bilhões para emprestar na safra 2012/13

Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/economia/banco-do-brasil-tera-55-bilhoes-para-emprestar-na-safra-201213-5429266.html#ixzz209Wosoyk

Anônimo disse...

Marcos e diretores da AAPPREVI, mais uma vez...PARABÉNS pela sensata tomada de posição......" Afinal "...."De onde não se espera nada é que não sai nada mesmo ".

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Reunião da FAABB

A PAUTA DO ENCONTRO só tem espaço para a FAABB e seus colunistas registrados no site:
http://www.faabb.com.br/Coluna.asp?Coluna=4

Colunistas

Jose Anchieta Dantas

Isa Musa - Redatora

Ruy Brito de Oliveira Pedrosa

=================================
De: Isa Musa [mailto:isamusa@uol.com.br]
Enviada em: segunda-feira, 9 de julho de 2012

ENCONTRO FAABB
DIA 18 DE JULHO 2012, NO HOTEL NACIONAL (A SALA SERÁ INDICADA NA RECEPÇÃO)

Prezados Colegas,

Com a adesão de vários colegas, estamos apresentando a pauta do nosso Encontro do dia 18 de julho, quarta-feira, no Hotel Nacional de Brasília, com início às 9 horas.
Endereço: HOTEL NACIONAL
Setor Hoteleiro Sul - Quadra 01 - Bloco A
Brasília - Distrito Federal - Brasil Cep: 70322-900
Tel: (061) 3321 7575 - Fax: (061) 3223 9213
Toll Free 0800.644-7070
09:00 – Abertura
09:05 –Apresentação da Coordenação referente as apropriações do BB (com espaço para esclarecimentos de Ruy Brito, já que o trabalho é de sua autoria)
Debates e esclarecimentos
12:30 – almoço
14:30 – Retorno –
14:35 – A minuta de Retirada de Patrocínio
- Posição de Anchieta Dantas
- Sugestões encaminhadas pelo Ruy Brito e pela FAABB
17:00 – Espaço para esclarecimentos sobre atual condição da CASSI
18:30 – Encerramento
19:00 – Jantar
- O coffee break e o almoço e jantar oferecidos no dia 18 correm por conta da organização do Encontro. Eventuais despesas com frigobar são de responsabilidade de cada um.

Anônimo disse...

O
mala do Osvaldo já está de
malas prontas.

Duda.

Anônimo disse...

Complementando o informativo Encontro Faabb; Encerramento com palestra de ROLANDO LERO E DR.PATROPI.

Anônimo disse...

O FIM DO MUNDO não era a retirada de patrocínio?
Ah! De última hora o chefe BB mandou incluir outros assuntos na pauta para dar palco a outros marionetes.
E ainda tem gente criticando o Marcos por não querer tomar parte nesse circo
VOCÊS QUEREM BACALHAU??? TEREZINHA!!! uuuuuuuuuu

Anônimo disse...

EXPECTATIVA!!!!!!

Estou curioso para saber qual será o novo "ACORDO" a ser implantado a partir desse encontro. Tomara que lembrem também dos assistidos desta vez.

Anônimo disse...

Marcos e colegas,o comentario de 16:54 nao e meu.
Duda - Rio de Janeiro

Anônimo disse...

Eu entendi que se tratava de um encontro com o Ministro da Previdência Social. Enganei-me? Eu estava muito contente!
Edgardo Amorim Rego

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Prezado Colega e Amigo

Acabo de colocar este texto no meu blog.
Um abraço do
Edgardo

Com licença, Senhores Juristas
Por Edgardo Rego

http://blogdoedear.blogspot.com.br/

Anônimo disse...

Alô pessoal da reunião do dia 18.07, coloquem na pauta o ES-180/180.

Anônimo disse...

Apreciaria obter informações sobre Anchieta Dantas.
Edgardo Amorim Rego

Aposentado disse...

Pessoal da reunião do dia 18.07, coloquem na pauta o ES-180/180. Eu também estou pedindo.

Anônimo disse...

Solicito ao nosso colega Marcos que tanto faz por nós assistidos da previ que lute por condições melhores do realinhamento do ES.
Agradeço a você a oportunidade que nos concede em podermos nos expressar e falarmos de nossas necessidades.
Atenciosamente

Adolfo

Anônimo disse...

Bom dia para todos.

Eu gostaria de reforçar os pedidos dos colegas
sobre o ES 180 X 180 para agosto.

Se tirarem o BET como vamos fazer???

Dona Isa Musa, ajude-nos por favor!!!!

Abrigado.

Janice Cunha.

Anônimo disse...

Gente, o fórum para o ES é outro.Não misturem que piora.Quem decide é a Diretoria(eleitos inclusos) da Previ.Não precisam de autorização.Os que votaram chapa 6, nos ajudem pressionando os eleitos.

Anônimo disse...

Sra. Isa e demais participantes da reunião em Brasília,

Solicitar que o BET seja incorporado aos proventos, no equivalente aos Bilhões retirados pelo BB, pelo tempo que atingir aquele valor.
Saúde e força!

Anônimo disse...

Se A Previ emprestar 180/180 ES, quero pagar minhas contas e dormir tranquilo.Pago, Cresiscoop, Cooperforte, e CDCs. AH, meu Deus nos ajude>

Anônimo disse...

CAROS COLEGA,

Leiam em ANAPAR de hoje:GOVERNO ESTUDA MUDANÇAS EM PLANOS DE PREVIDENCIA FECHADA.
Está tudo explicadinho, e pelo que entendi,o Patrocinador só pode se retirar se zerar as dívidas trabalhistas.É isto mesmo?, ou entendi errado?

Anônimo disse...

Vamos Previ, aumenta o ES-180/180, deixa de jogar nosso dinheiro fora,Aplica onde recebes, sem risco de calote.

Anônimo disse...

A Cooperforte está renovando.

Anônimo disse...

Prioridades minhas, nessa ordem:
1) Realinhamento dos Benefícios e Pensões;
2) Reaver os 50% do superávit que foi "emprestado" ao patrocinaDOR;
3) Elevar o valor da Pensão para 100% do Benefício;
4) Incorporação definitiva do BET;
5) Reduzir a diferença cobrada a maior dos mais velhos nos Seguros da CAPEC;
6) Acabar com o Voto de Minerva;
7) Desvincular a eleição para Conselheiros do PB1 e Previ Futuro - cada Plano tenha sua Diretoria;
8) Reajuste dos Benefícios em Janeiro;
9) Ampliar a rede de Credenciados da CASSI; e
10) Empréstimo Simples 180 / 180.

Anônimo disse...

Ao anônimo das 20:30, de 10.07.2012:

Preocupe não. Isso é coisinha pouca para os eleitos resolverem. Será tudo providenciado o mais rápido possível, na mesma ordem de prioridade que você escreveu. Promessa é promessa, não devemos esquecer.
Mas pode dormir sossegado e tranqüilo.
Nada foi feito até agora, pois não tiveram tempo de "aparecer". Mas algum dia aparecerão, podes crer. Nada melhor que uma eleição após a outra.
Já se passaram 40 dias de mandato e estamos esperando as novidades prometidas na campanha.
Devemos agurdar pacientemente, portanto!

Anônimo disse...

As minhas prioridades, nessa ordem:

1) 180 X 180.
2) Realinhamento dos planos.
3) Incorporar o Betinho.
4) Reajuste em janeiro.
5) Elevar o valor das pensões 100%.
6) Acabar com o voto sabão.

7) Fora isa musa.
8) Fora chapa 6.
9) Fora sindicalistas.
10) Fora Sasseron.

Anônimo disse...

Acabar com o voto sabao foi Otima!!!!
Ajudou a relaxar......
Duda

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Extraído do Site da ANAPAR
Valor Online-09.07 (10/07/2012)
]
Governo estuda mudanças na previdência fechada

As empresas deverão ter regras mais rigorosas para fechar o plano de previdência privada dos seus funcionários. Uma proposta em análise pelo Conselho Nacional de Previdência Complementar (CNPC) estabelece que os empregadores só deixem de depositar a contribuição patronal depois de autorização da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc). Atualmente, esse aval não é necessário e, quando a empresa se retira do plano, este é encerrado.
Caso a resolução seja aprovada, isso só poderá ser feito por empresas que estiverem em dia com os participantes do plano. Outra exigência é ter quitado as obrigações, por exemplo, com a Receita Federal e Justiça trabalhista, explicou, ao Valor, o secretário-adjunto de Políticas de Previdência Complementar do Ministério da Previdência Social, José Edson Júnior.
"A situação como um todo será analisada", frisou, ao comentar os critérios que a Previc vai avaliar. Ele estima que o tempo para o aval ser concedido será entre três e seis meses. As novas regras, se aprovadas, valerão depois de a proposta passar pelo CNPC.
Pela regra em vigor, as empresas podem parar de contribuir mesmo que a Previc ainda esteja analisando o pedido de encerramento do plano previdenciário. O secretário-adjunto, que participou da formulação da proposta, lembra ainda que o plano previdenciário é facultativo às empresas e elas podem, desde que cumpram seus deveres, acabar com esse benefício quando quiserem, por exemplo, para reduzir despesas.
Além de atualizar a legislação atual - de 1988 -, a proposta visa criar novas regras diante de um cenário de crise e grande volume de operações entre companhias, o que pode resultar no fechamento de planos de previdência. "As mudanças na competitividade das empresas e a crise [econômica] geram corte de custos e reorganizações societárias - fusão, cisão e incorporação de empresas. Agora, paramos para analisar esses reflexos nos seus planos de previdência", afirmou Edson Junior.
Segundo dados do Ministério da Previdência, na década de 1990, ocorriam cerca de cinco retiradas de patrocínio por ano, em média. Esse número saltou para cerca de 70 fechamentos de planos de empresas nos últimos anos. Atualmente, quando o plano de previdência é encerrado pela empresa, o funcionário ou aposentado pode resgatar o montante acumulado - ou o que restou dele - durante os anos de contribuição patronal e do trabalhador.
A outra opção é transferir os recursos para um plano de previdência aberta, ou seja, que pode ser contratado por qualquer pessoa, pois não requer um patrocinador (empresa). Esse serviço é oferecido, no Brasil, por bancos e seguradoras, mas essas instituições cobram para administrar os recursos e cobrir os riscos da entidade. Esse custo adicional, atualmente, é arcado apenas pelo beneficiário. Se desejar, o funcionário pode combinar as duas alternativas: resgatar uma parcela e transferir o restante, que será recebido em benefícios mensais.
A proposta em análise pelo CNPC também estabelece mais alternativas para os trabalhadores e aposentados. Uma das opções - talvez a mais polêmica - é que o valor cobrado pela instituição financeira para onde o plano migrar seja dividido entre empresa e empregado. Essa divisão, entretanto, seria na mesma proporção em que cada um contribui para o plano. Se o plano for mantido apenas pela companhia, sem depósitos do trabalhador, o custo será, então, apenas do empregador.

Continua na Parte II

Anônimo disse...

Colega de 12:37, e por comentarios como o seu que nada sera alterado no ES.Ainda nao entenderam que e o bb quem manda?Em primeiro lugar os emprestimos dele(CDCs),depois os da Cooperforte(maioria do bb) e o cheque ouro,cartao ouro.......
Duda

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Parte II - Final

A presidente da Associação Nacional dos Participantes de Fundos de Pensão (Anapar), Claudia Ricaldone, afirma que a divisão dos gastos "acaba com a confiabilidade e estabilidade do sistema", diminuindo seus atrativos. Ela defende "gasto zero para o participante".
O texto passou por uma consulta pública de 15 dias e, após consolidadas as sugestões, poderá sofrer alterações, sendo que a maioria deve ser de mudanças na redação, mas não de conteúdo. A proposta pode voltar a ser analisada no CNPC em agosto. (Thiago Resende e Lucas Marchesini)

Fonte: Site ANAPAR

Anônimo disse...

CHAPA 6 , ESTAMOS ESPERANDO QUE VOCES CUMPRAM AS PROMESSAS.
ESQUECERAM? ENTÃO Ai VAI :
) Realinhamento dos Benefícios e Pensões;
2) Reaver os 50% do superávit que foi "emprestado" ao patrocinaDOR;
3) Elevar o valor da Pensão para 100% do Benefício;
4) Incorporação definitiva do BET;
5) Reduzir a diferença cobrada a maior dos mais velhos nos Seguros da CAPEC;
6) Acabar com o Voto de Minerva;
7) Desvincular a eleição para Conselheiros do PB1 e Previ Futuro - cada Plano tenha sua Diretoria;
8) Reajuste dos Benefícios em Janeiro;
9) Ampliar a rede de Credenciados da CASSI; e
10) Empréstimo Simples 180 / 180.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

-----Mensagem Original-----
De: Leopoldina Correa
Para: Fernando Arthur Tollendal Pacheco
Enviada em: sábado, 7 de julho de 2012 12:54
Assunto: Re: Forte odor de cooptação

Meu caro colega e amigo Tollendal,

Não sou uma pessoa vaidosa, mas há certos gestos que me deixam extemamente
envaidecida. Sinto-me agradecida pela confiança e afagada por seu carinho e
atenção ao enviar-me este email tão particular que o Raposo lhe enviou.

Cada dia o respeito mais. Mas, o que eu tenho a dizer sobre isso é que este
email é uma prova da posição radical de uma pessoa que PREGA a união mas não
participa dela. Trata-nos como se todos fôssemos oligofrênicos, incapazes de
discernirmos por nós mesmos qual a postura que devemos tomar, ou como se
todos fôssemos massa de manobra ou ainda, feito índios comandados por um
único cacique.

Quanto ao Marcos Cordeiros é outro que prega a UNIÃO e é o maior
desagregador de todos. Usa seu blog para fazer intrigas e separar ainda
mais. Foi uma das minhas maiores decepções dentro dos e-grupos. O Marcos
escreve o que não faz e o que ele faz ele não escreve, e não sou eu quem vai
divulgar isto, muito em breve vamos ver o resultado das suas intemperanças,
até porque, ele mesmo está se mostrando. Já brigou com meio mundo mesmo. E,
sinceramente, a ausência dele neste encontro vai nos livrar de um grande
constrangimento, ou melhor dizendo: de um grande pepino.

Quanto à você, sou muito ruim de "rasgar seda", por isso, só posso dizer que
o admiro muito, e, além do grande carinho, tenho-lhe imenso respeito.

Receba o meu mais fraterno abraço extensivo a sua amável Helena.

Leopoldina

PENSIONISTA disse...

DONA lEOPOLDINA, NÃO IMAGINAVA ISSO DA SENHORA.