domingo, 24 de janeiro de 2010

Associação é para muitos!

Caros Colegas.

O conceito de associação sintetiza benefícios coletivos e, ao amparo da Lei, uma associação não pode beneficiar indivíduos isoladamente. Todas as suas ações devem ser direcionadas ao conjunto de associados permitindo-se, quando muito, a defesa de uma parte do grupo, mesmo assim somente quando os demais não se enquadrem na questão envolvida por detalhes técnicos, ou por exclusão voluntária.

Também, na atuação dos dirigentes o senso ético deve prevalecer dentro do princípio de que não se pode legislar em causa própria. Aqui vale lembrar o Art. 37 da Constituição Federal que “alenca os princípios inerentes à Administração Pública, que são: legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência”.

Para bem cumprir sua finalidade principal – defesa do interesse coletivo – a associação deve primar em desincumbir-se primeiramente de um fundamento básico: proporcionar o bem estar social. O cidadão e a cidadã, enquanto associados, esperam de sua representação um trabalho que sirva de suporte ao atendimento das necessidades que fogem à sua alçada individual, mas que é passível de consecução quando pleiteadas pelo grupo a que pertencem.

Pensando nisso, a associação deve ter como preocupação primeira não onerar o bolso do participante com a cobrança de obrigações desnecessárias, fazendo com que a mensalidade deva restringir-se à cobertura das necessidades básicas de funcionamento - deixando de lado a cobiça por crescimento desordenado. Deve prevalecer o bom senso e dar passos condizentes com a sua capacidade de atuação, em direção ao cumprimento de metas elementares. A estrutura organizacional merece comportar o atendimento ao seu corpo social afastando a hipótese de deslocamentos, tanto de associados como de dirigentes e funcionários. Assim sendo, as despesas serão minimizadas e as receitas melhor aproveitadas.

Em plena era da Globalização, não é concebível a manutenção de sedes suntuosas como base operacional, e, também, essas sedes não podem agraciar apenas os que a ela tenham acesso, pela proximidade da localização. Assim como não há necessidade da locomoção de Dirigentes até às delegações ou a outras partes em vôos de 1ª classe com hospedagens 5 estrelas. Hoje tudo pode ser feito à distância, pela internet ou via rádio e correio. As reuniões, eleições e até mesmo posses podem se consumar virtualmente, com custos mínimos. As comunicações escritas devem ser evitadas e, se necessárias, que sejam utilizados materiais de baixo custo, descartados panfletos e avisos estampados em material gráfico de qualidade ostensiva.

Também, aos dirigentes cabe o cumprimento de obrigações com desprendimento, sem visar vantagens pessoais, até porque seus cargos não podem ser remunerados por força de dispositivos regulamentares. Essas pessoas devem ser despojadas de interesses individuais e dispostas ao sacrifício pelo trabalho em prol da coletividade que representam. E os benefícios que possam auferir somente serão concebidos se dentro daqueles destinados aos demais associados.

Havendo a exclusão de benesses, os cargos serão disputados por elementos simpáticos à causa coletiva, fazendo com que a escolha ocorra com tranqüilidade. E as campanhas serão simples, sem demagogias e sem gastos excessivos, o que evitará que os candidatos, sem meios para arcar com essas despesas, procurem no cargo um jeito de conseguir cobri-las, desenquadrados estatutariamente.

Em conseqüência haverá maior rotatividade de gestores pelo desgaste do exercício das funções, fazendo com que acabe o frenesi da superposição de cargos e as sucessivas reeleições - tornando desnecessária a consulta ao CANAEL, hoje imprescindível.

Estes são os parâmetros ideais para o bom funcionamento de uma associação moderna e eficiente. E é nisto que vamos basear a criação e existência da AAPPREVI, com a ajuda de Deus.

Marcos Cordeiro de Andrade – Curitiba (PR) – 24/01/2010.

40 comentários:

Gilvan - São José dos Pinhais(PR) disse...

Colegas de todo o Brasil, estamos perdendo um tempo precioso com comentários e mais comentários muitas vezes estéreis. Chegou o momento da ação efetiva. Aos que realmente comungam com os ideais da nova associação vindoura, submetam seus nomes para a composição das diretorias. Enquanto ficamos divagando sobre diversos temas nossos inimigos, que todos sabem quem são, já estão se articulando. Deixemos de lado as teorias e partamos para a prática. Tudo está pronto esperando apenas o engajamento de todos. Não importa o local da sede da associação e sim o que ela pode proporcionar em termos de melhoria para todos.

Jorge Teixeira disse...

Colega Marcos Cordeiro,
Penso que Você tenha se “inspirado” no que acontece com aquela entidade que se diz representativa e congrega ainda, segundo ela mesmo informa, o maior número de funcionários do BB. Vale registrar que, não obstante uma enxurrada de colegas que ultimamente vêm se desligando dos seus quadros, nunca baixa a marca de cem mil associados. Lá se observa que os objetivos da entidade e o comportamento dos membros do corpo diretivo, principalmente do seu presidente, são totalmente inversos ao que é pregado no seu Associação para muitos! Partindo dos parâmetros estabelecidos para o bom funcionamento da AAPPREVI, na outra entidade o nome ideal do post seria Associação é para poucos.

Jorge Teixeira disse...

Colega Marcos Cordeiro,
Concordo plenamente com todos os parâmetros estabelecidos para funcionamento da AAPPREVI. Gostaria de acrescentar que a prestação formal de contas sobre compromissos assumidos deva ser uma preocupação constante daqueles que irão tocar a nossa entidade. Vou citar um exemplo simples e bem atual para ilustrar o que eu chamo de prestação formal de contas. A FAABB veio a público e colocou que os aposentados hoje são um contingente imenso e que a organização sindical (CONTRAF) não os representa de fato. Alardeou para todos que estava gestionando, diretamente com o presidente do conselho deliberativo da Previ, para conseguir assento em mesa de negociações sobre os interesses dos aposentados e das pensionistas do “PB-1”. Palavras da Federação: “Acreditamos que com esse diálogo aberto com a Federação, o Banco e a PREVI vão nos tratar com mais transparência”. Posteriormente informou que estava realizando alguns procedimentos administrativos internos junto às AFABBs, seguindo orientação estabelecida pelo presidente do DELIB, com vistas a viabilizar o pleito e reconhecer a Federação com legitimidade e representatividade para falar em nome dos aposentados. Depois disso mais nenhuma informação ou satisfação a respeito. Penso que desde o momento que a FAABB se arvorou em representar um contingente enorme de aposentados e pensionistas, criando em cada um de nós uma grande expectativa de possíveis dias melhores ainda em 2010, ela FAABB teria a obrigação de prestar contas a todos sobre o que viesse a se oferecer doravante. A Contraf-Cut se reuniu com o patrocinador dia 20.01, marcou nova reunião para 24.02, tendo como um dos temas principais a possível utilização da reserva especial para revisão do plano de benefícios. A FAABB permanece calada. Diante do exposto, entendo que a Federação deveria vir a público e esclarecer definitivamente o que poderia estar ocorrendo com a sua proposta apresentada ao presidente do conselho deliberativo da Previ e vice-presidente do patrocinador Sr. Robson Rocha. Associação e Federação são para muitos.

Marcos Cordeiro (André) disse...

24/01 - DIA DO APOSENTADO – Parabéns a todos.
Embora não tenhamos o que comemorar em termos materiais, comemoremos a graça divina de manter acesa a chama de nossas vidas, a despeito do descaso com que somos tratados - pelas autoridades governamentais e pelas não governamentais. Estas, mais que tudo, as maiores responsáveis pelas agruras que passamos.

“É graça divina começar bem. Graça maior persistir na caminhada certa. Mas graça das graças é não desistir nunca.” Dom Helder Câmara.

Anônimo disse...

Marcos,obrigada e parabens a voce e a todos os colegas aposentados.
Com certeza nao desistiremos NUNCA!
Sandra

Anônimo disse...

E ai,alguem ja recebeu a mensagem do Dida?Eu ja.
Sem palavras......
A ridicula do outro blog tambem ja
fez seu deboche.
Mas como um colega disse, a nossa vez chegara.
Favor divulgar.

Anônimo disse...

Colegas,
A Previ está enviando aos aposentados, e-mail do BB, logicamente pelo transcurso do Dia alusivo aos mesmos, reconhecendo nossa participação no status que a instituição ocupa nos dias de hoje.
Pena que quando ocorreu a distribuição da gratificação 200 anos do BB, a proposta de estende-la aos aposentados foi um sonoro "não".
Entretanto, nunca é tarde para olhar um pouco para o passado, e lembrar que aqueles que trabalharam com as Burroughs, Facits, Remingtons, Roofs, dedicav am-se, com as "ferramentas" que tinham para o sucesso da gloriosa instituição.
Hoje, como aposentados, ao inves de curtirmos o "saldo" de nossas vidas com dignidade, temos que buscar meios de ver respeitados nossos direitos, abdicar de algumas necessidades e esperar que a Justiça seja feita.

Anônimo disse...

Dia dos aposentados:

As palavras do sr. Aldemir Bendine, presidente do BB, no último parágrafo de sua mensagem de cumprimento pelo dia dos aposentados (e-mail), me fez recordar o programa de TV Balança mas não Cái, no quadro do "primo rico" e "primo pobre" (com os saudosos Paulo Gracindo e Brandão Filho), onde o primo pobre, depois de ser esnobado pelo primo rico dizia resignado: "primo...você é tão bonzinho". Essa de agora é também pra rir ou pra chorar mesmo ???

Isa Musa de Noronha disse...

Caros colegas
Se me aceitarem, desejo me associar a nova associação que nasce, disposta a colaborar com que eu puder, dentro de minhas limitadas possibilidades.
Isa Musa de Noronha

Marcos Cordeiro (André) disse...

Colega Isa Musa de Noronha.

Todos os colegas serão bem vindos aos quadros da AAPPREVI. Espero que sua nobre oferta sirva de incentivo aos demais participantes do PB1.

Isa Musa de Noronha disse...

Ao colega Jorge Teixeira e demais, desejo esclarecer que a FAABB ainda nada não divulgou a público porque ainda não temos novidades a propósito de nosas gestões junto ao BB para que as assoc de aposentados tenham voz e voto nas mesas de negociação junto ao BB e a Previ. O sr Vice-Presid do Banco do Brasil ficou de submeter nosso pleito ao Cons de administração, mas ainda não se pronunciou. Somente por esse motivo não divulgamos nada aos interessados. Jamais foi fácil o relacionamento com o BB, mas continuamos tentando.
Lutamos sempre contra a pretensa representação da CONTRAF CUT que ousa dizer que fala em nome de aposentados e se acoberta na Lei que dispõe sobre a representação das Centrais. Como - pela vivência - percebemos que a CONTRAF jamais se insurge na defesa de aposentados é que pleiteamos espaço digno para a representação de aposentados, mas não é fácil vencer velhos paradigmas e convencer quem tem o poder de escolher seus interlocutores (o BB tem esse poder)

Anônimo disse...

Para mim nao e novidade.SPC/PREVIC,nada vai mudar,a roubalheira sera a mesma e ainda tera a Tafic.
Fora ladroes!!!!!!!
Publique por favor.

Anônimo disse...

Colegas,
A titulo de informação; A revista Veja desta semana traz, em poucas palavras, sob o titulo "Dentes afiados" que O Banco do Brasil prepara, via aquisição, sua entrada no setor de planos odontológicos. Em outra, sob o titulo "Clima de divorcio" diz: Não é boa a relação entre a SulAmerica e o BB, sócios na seguradora Brasilsaude. As negociações para que um compre a parte do outro na empresa começaram há tres meses e estão emperradas.
Certamente o BB acabará comprando tudo. Dinheiro é o que não falta. A Previ está aí. E a Resolução 26 também.
É só aguardar!!!!!

João disse...

SOBRE A MENSAGEM AOS APOSENTADOS

ESTÁS BRINCANDO, NÃO É DIDA?!!!!!

JSMOURA(J.PESSOA-PB)

Marcos Cordeiro (André) disse...

Mensagem particular enviada por e-mail:

"Colega Isa Musa de Noronha.

Quero agradecer-lhe particularmente pela gentil participação no blog PreviPlano1. Minha satisfação pessoal se prende ao fato de que o seu nome representa liderança unanimemente reconhecida no âmbito das Associações de Aposentados e Pensionistas do BB no país. E a sua adesão, declarada no comentário publicado, em muito contribuirá para consolidar a ingrata missão de angariar simpatizantes à fundação da AAPPREVI.
Seja bem vinda ao nosso grupo.
Atenciosamente,

Marcos Cordeiro de Andrade."

Anônimo disse...

E incrivel colegas, o Valmir se considera um homem de bem????????
E o final dos tempos mesmo.....
Pode publicar.

Anônimo disse...

É Colegas,a farra continua,o todo poderoso "Sasseron",diz estar hiper preocupado com a criação da PREVIC,pois acredita que a briga entre PT E PMDB pode fazer loteamento de cargos dentro na mais nova autarquia criada para fiscalizar os fundos de pensão.
Notem senhores aposentados e pensionistas "LOTEAMENTO" será que os fundos de pensão será a mais nova arma dos MST´S DA VIDA?
É inacreditável em 2010 ouvirmos isso de um dirigente que fazia parte da então CGPC.
Se possível Marcos, publicar.

Ari Zanella disse...

Quero manifestar minha satisfação pela adesão da querida Isa Musa. Só falta também o Carlos Valentim Filho. Valentim, vem excercer um cargo você também! Você pode, sim! Está com 81 mas vai chegar aos 100 fácil, fácil.
Por outro lado, essa indicação do PT para conduzir Ricardo Pena à presidência da Previc, é pra acabar.Cada dia me antipatizo mais por este partido.

Anônimo disse...

Com a indicação do tal Ricardo Pena para a direção da PREVIC, só temos a lamentar. Agora, estamos ferrados de vez.

Anônimo disse...

Colegas,

Só não aceitem o Valmir Camilo nesta nova Associação, pois logo ela terá um orçamento fabuloso com meia dúzia de diretores ricos e um monte de associados, novamente, sem representantes.

Abraços!

Juarez Barbosa disse...

Colegas do PREVIPLANO1

Gostaria de oferecer para enquete a seguinte proposta:

Seria vantajosa a proposta de solicitar à PREVI de que nossos proventos de aposentadora/pensão fossem-nos creditados em duas vezes em cada mes (por exemplo: 30% de nossos proventos brutos creditados no dia 5 de cada mes, mediante adiantamento, e o restante no dia 20?)

Tal procedimento não seria oneroso para a PREVI, e que, em algumas empresas em que trabalhei, onde tínhamos nossos postos de serviço, me pareceu bastante interessante, pois diminuiria o intervalo de recebimento de nossos proventos de 1 mes para 15 dias.

Sei que tal mudança não traduziria em aumento algum de salário, mas teríamos a sensação de termos mais "dinheiro no bolso".

Marcos, se for interessante tal proposta, gostaria que você colocasse tal proposta para nosso grupo.

Um abraço cordial

Juarez Barbosa

Anônimo disse...

Mau carater e cara de pau e bem capaz de se candidatar.
Olho vivo pessoal!
Pode publicar.

Marcos Cordeiro (André) disse...

Caros Colegas.

Temores infundados.

Não esqueçam o CANAEL. Além do mais, a escolha será feita na assembléia de fundação e, para afastar de vez essas cismas, seria bom que atendessem ao chamamento para comparecer. Os anônimos freqüentes bem que poderiam dar sua contribuição neste sentido, já que os identificados se omitem, obviamente amparados em motivos justos.

Marcos Cordeiro (André) disse...

Caros Colegas.

Aqui ninguém tem cargo assegurado. A escolha será feita em processo limpo e transparente através de votação dos presentes à assembléia.
Engana-se quem pensar que haverá favorecimentos.

JBMONTEIRO disse...

Caro amigo Marcos, gostaria de registrar a indiferença que o escritorio romancini.adv.@uol.com.br, tem feito sobre o meu pedido de informações, pois já aprontei toda documentação. O que houve foi que a PREVI demorou muito para me mandar a memória de cálculo. Já mandei 3 e.mails. para o escritório do advogado e não obtive resposta do que fazer nesta fase.

Anônimo disse...

Colega Monteiro,
Tambem enviei a documentação completa, em setembro do ano passado, e até agora não foi ajuizada minha ação.
Semana passada liguei para o escritório de São Paulo, e obtive a informação de que eles estão se mudando para o Rio de Janeiro. Os novos telefones são: 21-2292-6984 ou 21-2215-2930, segundo informações da secretária.

Marcos Cordeiro (André) disse...

Caros Colegas.

Logo, logo, a AAPPREVI cuidará desses assuntos com propriedade. Há tratativas sérias em andamento com Escritório de Advocacia. A demora que se dá deve-se à falta do registro da Associação.

Marcos Cordeiro (André) disse...

Colega Odair Pedro.

Bem vindo ao fiel grupo de seguidores do Previ Plano 1.
Fique à vontade para me questionar dentro ou fora do blog (marcosmca@yahooo.com.br).

Marcos Cordeiro (André) disse...

Passavais.

Caro colega que acaba de aderir ao grupo de seguidores do Previ Plano 1, indentificado como Passavais. Ao tempo em que lhe dou as boas vindas, conclamo seu questionamento particular no e-mail marcosmca@yahoo.com.br.

Ari Zanella disse...

Peço excusas por expressar-me de um modo dúbio em meu comentário das 7:49 do dia 25.01. O que eu quis dizer é Valentim é muito amigo de Isa Musa. Então a adesão da Isa talvez o incentivasse a participar efetivamente de nossa Associação, posto que já declinou em vezes anteriores. Meu equívoco foi colocar: "vem exercer um cargo você também" parafraseando o comercial da CEF "vem pra caixa você também". Exercer um "cargo" foi minha colocação mal empregada.
Como falei antes da Isa Musa, ficou subentendido que ela estaria numa diretoria ou Conselho. Acho que isto nem será possível pois seremos os primeiros a fazer uso do CANAEL. Desculpem-me todos os bloguistas, mais uma vez.

Gilvan - São José dos Pinhais(PR) disse...

Obrigado pela retifação Ari. O pessoal do CANAEL pode ser associado, mas nunca fazer parte de qualquer diretoria. Não podemos cometer os mesmos erros das outras associações.
Mais uma vez peço aos colegas que encaminhem seus nomes para a reunião de fundação da associação. Precisamos com urgência colocá-la em funcionamento. O projeto já está maduro esperando apenas a sua execução. Não percamos mais tempo com lamentações. Chegou a hora de agir. Temos que lutar contra tudo isso que está nos logrando. Só reclamar não leva a lugar nenhum. Não tenham medo. Correr riscos faz parte da nossa existência. Nunca tive medo de contestar as coisas erradas quando era da ativa imagine agora que estou aposentado.

Geraldo Guedes disse...

A primeira Diretoria deveria ser eleita, e sim, aclamada, por 6 ou 8 meses. Essa Diretoria, entre outras prerrogativas, preparia as eleições, onde os sócios escolheriam os membros da nova Diretoria democraticamente, isto é, por eleição. O resto é perda de tempo.
Geraldo Guedes.

Anônimo disse...

Prezado Marcos,

Reporto-me aos apelos em comentários do ilustre Ari Zanella para reafirmar que não posso aceitar cargos na diretoria da AAPPREVI porque ocupo a Diretoria de Comunicação da AFABBJ, Associação de cuja fundação, em 1996, sou responsável, e que presidi por sete anos consecutivos, até 2003. Portanto, considero-me incluído no CANAEL.
Associado sim. Colaborador, como tenho sido, sim. Faço-o com prazer.
Sou, realmente, amigo da ilustre colega Isa Musa de Noronha, desde o tempo em que presidia a AFABBJ. Por isso, fui o primeiro a defendê-la de acusações injustas, assacadas em comentários feitos por colegas que, sem saber de sua lisura e dos detalhes da reunião com o Dr. Robson Rocha, afirmaram, precipitadamente e com toda ênfase, que não a queriam defendendo os interesses dos aposentados na questão do uso da Reserva Especial para melhoria do Plano de Benefícios nº 1, administrado pela PREVI.
Felizmente, o assunto foi devidamente esclarecido e, agora, ela é tratada com o respeito de que é merecedora.
Por oportuno, indico o Ari Zanella para ocupar cargo na Diretoria da AAPPREVI, pois ele é jovem, dinâmico e hábil.

Abraços do

Carlos Valentim Filho - Joinville

jeanne disse...

Marcos, tambem quero ser associada.Tenho acompanhado as discussoes sobre o assunto no blog.Jeanne.

Anônimo disse...

A CEF anunciou um plano de aposentadoria ontem. Seguindo a lógica o BB também deve anunciar logo outro plano já que se comprometeu a colocar 5000 novos funcionários este ano e mais 5000 no ano que vem. Seguindo a lógica, também, o último plano (2007) foi precedido da melhoria dos benefícios, via utilização de superávit da PREVI (superávit de 2006), sendo esta uma forma de incentivar que o público alvo aderisse ao plano. CERTAMENTE a forma como se dará a distribuição do superávit de 2009 já está certa e acordada entre BB, PREVIC, Ministério da Fazenda e representantes (ANABB, Contraf-CUT, sindicatos). É só aguardar e torcer para que tenha critérios justos e que uma nova renda certa, se acontecer, seja transparente e justa.

Isa Musa de Noronha disse...

Prezados colegas,
Minha adesão, como dizem os jogadores de futebol, é apenas para somar. Não tenho condições e nem vontade de ocupar cargo algum.Estou velha e já tenho responsabilidades demais. Nunca faria o que está além de minhas parcas condições.

João disse...

JB Monteiro e Anônimo das 06;30

Estou também na mesma situação, mandei minha documentação em outubro/2009 e o escritório, à época situado em São Paulo, que de início, parecia muito solícito, hoje tenho até dificuldade para fazer um contato. O último contato feito foi hoje, às 09:30, quando uma secretária alegou que eles prorrogaram o prazo para dar entrada para depois de fevereiro. Dá para ficar ressabiado porque de início concitavam-nos a remeter a documentação até 30.11 para agilizar a ação, e agora, sem nenhum aviso dizem que vão peticionar só depois de fevereiro. O pior de tudo é que fica difícil de acreditar. Quero pedir a voces e demais bloqueiros que externem o que souber sobre o assunto, pois como disse acima, começo a ficar ressabiado

um abração a todos JSMOURA

Anônimo disse...

JSMOURA,sera que o BB/Previ ja deram uma "molhada" nas maos dos advogados?Nao duvido nada.
Aqui no Brasil o dimdim fala mais alto.
Favor publicar.

Anônimo disse...

LEIAM NO SITE DA FAABB O QUE DIZ NOSSO COLEGA DANTAS SOBRE O SUPERAVIT.
Publique por favor.

Anônimo disse...

Anônimo disse:
Reforço o pedido do colega anônimo acima, sugerindo a todos que leiam o artigo de José Anchieta Dantas, no site da FAABB, sobre o Superavit da PREVI, no qual o mesmo faz comentários com análises técnicas e bastante fundamento, inclusive aproveita para tecer considerações sobre a última matéria publicada pela diretora Cecília ( E O Superavit da Previ?)no seu Blog, que segundo Dantas não espelha a realidade.
VALE A PENA LER ! A proposito, seria muito importante para todos nós aposentados e pensionistas que o incansável "guerreiro" José Valentim Filho publicasse sua opinião sobre o artigo do Dantas.
Um Grande abraço ao Marcos.
Aguardo o momento oportuno para filiar-me à nova associação.