quarta-feira, 26 de maio de 2010

Suspeita de FRAUDE!

Colegas,

A eleição da PREVI terminará amanhã e, para descontentamento de todos aqueles que vêm lutando por mudanças no destino de nossa entidade, somente 23,16% dos aposentados e pensionistas votaram até ontem (ver quadro ao final).

Somos nós, os aposentados e pensionistas, os mais interessados nas mudanças que precisam ser realizadas e os mais prejudicados com as ações danosas praticadas pelo Banco do Brasil, com a total omissão/conivência daqueles que foram eleitos por nós ou nomeados pelo patrocinador.

Enquanto ficarmos inertes, de pijama em nossas casas, sem qualquer esforço para exigir o que temos direito (utilização legal dos superavits da PREVI, dentre outros aspectos), seremos lesados por todos esses falsos representantes e pelo comando do governo dos "trabalhadores", que não têm o menor constrangimento de agir ao arrepio da lei.

Não precisamos de excelente memória para nos lembrar da malsinada Resolução 26 da CGPC que, ferindo a hierarquia das leis (uma lei menor não pode modificar uma lei maior - no caso, uma resolução alterou uma Lei Complementar, a segunda na escala descendente das leis, logo abaixo da Constituição Federal, a lei magna de qualquer país). Que fizeram ou estão fazendo os nossos "representantes" para invalidar essa abrupta, ilegal e inconstitucional resolução ???

Há comentários, não saberia identificar a fonte, sobre a interposição de medida judicial, com pedido de liminar, por suposta insegurança/violabilidade do sistema eletrônico de votos, para SUSTAR A APURAÇÃO DAS ELEIÇÕES DA PREVI ATÉ MANIFESTAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL.

Colegas aposentados e caros pensionistas, independentemente da veracidade ou não do supracitado comentário, nao podemos ficar à espera de "milagres".

LUTEMOS PELO QUE É NOSSO E VOTEMOS, O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL, POIS AS ELEIÇÕES SE ENCERRARÃO AMANHÃ - 27.05.2010.

"Deixar para depois" será muito tarde, e é com isso que sempre têm contado os oportunistas de plantão, travestidos de defensores dos nossos interesses/direitos.

EU VOTEI, E RECOMENDO O VOTO, NA CHAPA 1 !



José Domingos Moreira Filho

(Associado da AAPPREVI)
-------------------------------------
APOSENTADOS E PENSIONISTAS
0800-729-0808 (às 17h31 de 25.05.2010)

Votantes Votaram Não votaram
93.410 21.630 (23,16%) 71.780 (76,84%)

Observações:

Por especial deferência do mediador do Blog (em respeito ao nome do articulista e pela relevância das denúncias inseridas no texto) este post tem outro autor que não o de costume, depois de 110 outros publicados sem essa concessão.

Marcos Cordeiro de Andrade - Curitiba (PR) - 26/05/2010

39 comentários:

Anônimo disse...

Sem novidades.No pais do carnaval,do futebol,das maracutaias,das cuecas,das malas,dos mensaloes...do PT,pode-se esperar o que?
Agora ate os concursos que eram serios (no nosso tempo) estao sendo
fraudados.....
Siceramente,desisto.
Sandra

Anônimo disse...

Quando necessário, os aposentados de outras categorias vão para Brasília, fazem passeatas e outras manifestações, enchem a galeria do Congresso Nacional. E nós, o que temos feito? Até agora, nada.
A não ser lastimar através dos Blogs. Reflitam sobre o assunto.

Marcos Cordeiro (André) disse...

Mensagem recebida da Chapa 1 – Nova Previ:
Pessoal

Nós, que compomos a chapa de Oposição na Previ, decidimos entrar com dois questionamentos jurídicos ao processo eleitoral:

Em primeiro lugar, propúnhamos a substituição do processo de coleta de votos dos aposentados - do sistema URA ( por telefone ) para votação pelos TAAs.

Não conseguimos dar seguimento, porque este sistema já estava previsto no edital de convocação das eleições, publicado em Janeiro/10. Ou seja, perdemos o prazo para contestar o edital e não havia como, no meio do processo, mudar a forma de coleta ( posicionamento do judiciário ).

Então , entramos com uma ação ( ação declaratória de nulidade de eleição com pedido de antecipação de tutela ) que, em síntese exige que nos seja disponibilizada a relação dos aposentados que votaram, nr de telefone que gerou cada voto...Ou seja, para evitarmos uma nova fraude, como a que, possivelmente, ocorreu na Cassi.

Bom, o despacho deve ocorrer até quinta-feira, data em que se finaliza a eleição.
O nr. do processo é: 0148623-52.2010.8.19.0001

Autor: Vania Gobetti
Réu: Previ


Assim que tivermos outras informações, repassaremos."

Marcos Cordeiro (André) disse...

PARTE I


Prezado Marcos,

Para tentar esclarecer a mídia, escrevemos ao jornalista Cristiano Romero a respeito de matéria de sua autoria no jornal Valor Econômico de hoje.

Eis a cópia da correspondência:



Prezado Jornalista,



Cristiano Romero

A propósito de sua matéria “O Jogo Pesado na Sucessão da Previ”, (Valor, 26.05.2010), Gostaríamos de lhe apresentar mais uma face da história.

A administração do Banco do Brasil S.A. está lançando em seu balanço contábil, desde dezembro de 2008, receitas futuras bilionárias incertas ou sem garantia de realização, de caráter previdenciário, fato que pode gerar transtornos para o mercado mobiliário brasileiro, em função da criação de ativos financeiros abstratos, popularmente chamados de “bolhas”, como as que assolaram o sistema financeiro internacional em 2008, gerando uma crise que causou prejuízos sócio-econômicos para todo o conjunto da sociedade.

O valor dos lançamentos assusta, pois é tão grande que equivale a cerca de 20% do orçamento do Ministério da Educação para 2010. A administração do banco anunciou o fato através de nota, do tipo “Fato Relevante”, de 23.01.09, dizendo que é uma revisão de ativos e passivos, de acordo com normas legais, porém o procedimento contábil feito sequer cumpriu as normas a que se referiu. O fato é agravado em especial pela ordem de grandeza dos valores lançados e pelo fato do mundo ter passado recentemente por uma grave crise econômica, em função de criação de bolhas de ativos econômicos dessa espécie.

(continua)

Marcos Cordeiro (André) disse...

PARTE II

Uma empresa da importância sócio-econômica do Banco do Brasil não poderia adotar conduta contrária às normas legais nem adotar só a parte da norma que lhe é favorável, ferindo o seu conjunto axiomático. A gravidade da conduta é intensificada em função do porte sócio-econômico do banco, que assim dá um péssimo exemplo de que a legislação não deve ser cumprida.

Em 2008 foram lançados mais de R$ 5,3 bilhões e em 2009, R$ 3,030 bilhões referentes, segundo o BB, à contabilização de parte dos ganhos atuariais não reconhecidos do Plano de Aposentadoria e Pensão dos Funcionários do Banco do Brasil – PREVI, totalizando cerca de R$ 8,0 bilhões.

Nos dois casos, os cálculos estão em desacordo com a norma legal. A conduta ilegal da administração do banco se caracteriza como “conduta ilegal de extrema gravidade”, em função de falta de cuidado com uma questão de tamanha grandeza. Essa conduta é inadmissível e indica extrema irresponsabilidade para com o mercado mobiliário, para com a imagem da própria instituição e para com a Lei. O Banco do Brasil não merece essa conduta.

O Sindicato de Bancários de Brasília e a Federação das Associações de Aposentados e Pensionistas foram à Justiça para tentar barrar essa derrama. Os processos estão pendentes de decisão. Contudo, é simples inferir por quais razões uma presidência da PREVI exerce tanto fascínio e merece tanta pressão. Ora, é da PREVI que o BB há anos se vale para reforçar seu caixa e apresentar lucros formidáveis. O BB há muito não vive de sua atividade fim, mas sim, sugando seu Fundo de Pensão à revelia da Lei.

Neste ao eleitoral as obras de interesse do Governo vão precisar de muitos recursos e nada como um fundo de pensão de uma estatal para suprir essa necessidade do Governo. Mas, que é uma vergonha é... O pior é que a sociedade aprendeu a ver os aposentados e pensionistas do BB como “marajás”. Não sabem, ou se esquecem, que fundo de pensão é como uma poupança para a qual o indivíduo contribui uma vida inteira para – na aposentadoria - ter direito a um benefício adicional ao do INSS. Não é um privilégio, mas um programa de previdência complementar e mais: a Previ – como fundo de pensão fechado – não tem “lucro”, mas “superávit” e esse deve ser contabilizado em contas de reserva para assegurar benefícios e pensões no futuro. Jamais poderia ser devolvido ao patrocinador. São esses os fatos e muito mais podemos repassar ao prezado jornalista se for de seu interesse conhecer toda a verdade.

P.S. A propósito, dizem que o ex-empregado é o pior patrão. Pois esses sindicalistas empoleirados no poder estão saindo pior do que a encomenda...

Atenciosamente

Isa Musa de Noronha

Presidente da Federação das Assoc. de Aposent e Pens. Do Banco do Brasil

GILVAN REBOUÇAS disse...

Colegas,

Vejam o processo contra a PREVI, tramitando no TJ-RIO:

Consulta Processual - Número - Primeira Instância

As informações aqui contidas não produzem efeitos legais.
Somente a publicação no DJERJ oficializa despachos e decisões e estabelece prazos.

Processo No 0148623-52.2010.8.19.0001

TJ/RJ - 26/05/2010 16:29:11 - Primeira instância - Distribuído em 12/05/2010

Comarca da Capital Cartório da 30ª Vara Cível

Endereço: Erasmo Braga 115 sala 308 B
Bairro: Castelo
Cidade: Rio de Janeiro

Ofício de Registro: 1º Ofício de Registro de Distribuição
Assunto: Defeito, Nulidade Ou Anulação / Ato Ou Negócio Jurídico; Eleição / Associação; Antecipação de Tutela E/ou Obrigação de Fazer Ou Não Fazer Ou Dar

Classe: Procedimento Ordinário

Autor VANIA GOBETTI
Réu PREVI CAIXA DE PREVIDÊNCIA DOS FUNCIONÁRIOS DO BANCO DO BRASIL

Advogado(s): RJ080046 - CARLOS ALBERTO FELICIANO DOS SANTOS


Tipo do Movimento: Conclusão ao Juiz
Data da conclusão: 24/05/2010
Juiz: RAFAEL ESTRELA NOBREGA


Processo(s) no Tribunal de Justiça: Não há.



Os autos de processos findos terão como destinação final a guarda permanente ou a eliminação, depois de cumpridos os respectivos prazos de guarda definidos na Tabela de Temporalidade de Documentos do PJERJ.

Paulo Beno disse...

Nós, assistidos e donos do Plano 1 desta PREVI, não podemos esmorecer! Estamos no caminho certo, que é o da Justiça e da Mídia em primeiro plano, indo para a Promotoria, Jornais e Revista e após ao Poder Legislativo Federal, especialmente aos Deputados Federais.
É lento este inicio de caminhada, mas é o correto, pois a verdade e a justiça estão conosco.
Infelizmente nossos assistidos estão à margem do que se passa! Há milhares de aposentados e pensionistas deste Plano 1 que não sabem e NEM QUEREM SABER do assalto que está se armando sobre os nossos ativos...
Terão que ser alertados e precisam agir com vontade, para terem um futuro mais promissor.

Marcos Cordeiro (André) disse...

ELEIÇÃO PREVI:

Resultado parcial até as 17:14 de hoje, 26/05:

Quantidade de votantes:
Assistidos = 93.410
Ativos = 84.890

Votaram:
Assistidos = 23.700
Ativos = 71.280

Marcos Cordeiro (André) disse...

Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Recuperação":

Recebi uma ligação que se dizia ser da Previ, cujo nome é Vanessa e a mesma me pediu voto para a chapa 3.
Respondi que já havia votado.
Então ela quiz saber em que chapa, eu lhe disse que não poderia informar porque o voto é secreto.
Pergunto a vocês do blog: isto pode?
Quer dizer boca de urna, digo, de telefone?
Acho esse procedimento incorreto, pois suponho que a chapa 1 não tem meus dados pessoais, como nº de telefone, etc.
Então,como pode a Previ pedir meu voto para a chapa 3? Quando deveria se comportar com neutralidade. Desconfio que aí tem mutreta.

Jane Torres de Melo disse...

Caros Colegas,

Esse não é um país sério , já dizia Charles de Gaulle.
O que está acontecendo nesta eleição é uma vergonha !!!!!
A Previ não pode tomar partido de chapa alguma.
Temos mais um dia para banir da administração do nosso patrimônio, esse pessoal sem ética e sem moral!!

Vamos contatar nossos colegas, chamá-los a participar dessa eleição que é fundamental para o começo de mudanças.

Conto com voces !!!!

Jane.

Anônimo disse...

Tambem recebí telefonema de uma pessoal do sexo feminino, ( não me lembro o nome ), dizendo ser da Previ, pedindo voto para chapa 3.
Respondí que já havia votado, ela quiz saber em quem. Respondí que o voto é secreto e não tinha por que divulga-lo.
Cláudio-Piracicaba-SP

GILVAN REBOUÇAS disse...

ATENÇÃO SR. ALDENOR ROMERO, DE CURITIBA.


PRECISAMOS URGENTEMENTE QUE O O SR. ENTRE EM CONTATO COM A AAPPREVI ATRAVÉS DO TELEFONE 3045-0370 OU PELO E MAIL gilvan@aapprevi.com.br

Isa Musa de Noronha disse...

Prezado Marcos,
Primeiramente agradeço a gentileza da publicação de nossa carta ao jornalista Cristiano Romero, motivada pela matéria “O jogo Pesado da Sucessão da Previ”, veiculada no jornal “Valor Econômico” do último dia 26 de maio. Certamente não alimentamos ilusões de que o jornalista vá reproduzir a resposta no mesmo espaço do jornal. Não obstante, consideramos que é nosso dever sempre procurar esclarecer à mídia, especialmente a jornalistas conceituados, para que – sem paixões – esses possam conhecer outras versões de um mesmo fato. Tenho incentivado a todos que dispõem de recursos virtuais que façam o mesmo: escrevam aos jornalistas que publicam temas que nos afetam. Somos um verdadeiro exército. 93.410 aposentados e pensionistas do BB é público representativo, capaz de interferir decisivamente na opinião pública, eleições, etc. Infelizmente, calados e omissos, seremos sempre massa inerte que, por desconhecer ou fazer pouco de seu potencial, está condenada ao esquecimento. Prezo muito o espaço que costumeiramente o prezado colega me cede em seu blog.
Respeitosamente
Isa Musa de Noronha

Marcos Cordeiro (André) disse...

Prezados colegas,

Após a análise dos componentes das chapas concorrentes, concluímos, diferentemente de sua orientação, que a CHAPA 1 é a melhor opção.

Não há nela, a CHAPA 1, nenhuma das velhas e conhecidas raposas, todas aportadas na chapa 3, com alguma delas já tendo passado pela direção da PREVI e/ou de órgãos importantes do BB, com danosa e decepcionante atuação em desfavor dos associados e/ou funcionários.

Não precisamos nominar tais raposas, todas vinculadas a outras entidades (que pretedem dminar o universo de nossas principais associações) pois os senhores as conhecem melhor do que nosoutros e sabem quais interesses elas representam e defendem...

Mas, como já afirmaram alguns pensadores, sempre há tempo para mudarmos nossas opiniões e posturas.

Daí, sugiro-lhes que reflitam melhor e defendam a CHAPA 1, recomendando o sufrágio nela, pelo BEM DA PREVI e dos seus legítimos donos: os associados (ativos, aposentados e pensionistas).

Atenciosamente,



José Domingos Moreira Filho

ADEMAR disse...

"A L E R T A"

Recebi hoje uma ligação de uma mulher que se indentificou como Valeria, falando em nome da Previ e pedindo votos para a chapa 3.
Quando questionei que ela não poderia pedir voto em nome da Previ, ela desconversou e não quis dizer em nome de qual insituição falava.

Marcos Cordeiro (André) disse...

ELEIÇÃO PREVI:

Resultado parcial até as 11:13 de hoje, 27/05:

Quantidade de votantes:
Assistidos = 93.410
Ativos = 84.890

Votaram:
Assistidos = 25.085
Ativos = 71.750

Anônimo disse...

Estranho muito os percentuais de votacao abaixo dos 20%,os aposentados de Rio de Janeiro e Distrito Federal, estados que a principio, seriam os mais ësclarecidos, pelas associacoes, sindicatos, FAABB, entre outros.

wilson luiz disse...

EL GRAN DEMAGOGO II

Vejam só que "coincidência",Rrecebermos a edição 206 do jornal
Ação, da ANABB, com as requentadas propostas de utilização do superavit,justamente no período das eleições da PREVI. O sr. Valmir Camilo é muito esssperto, mas não custa lembrar palavras de um antigo político mineiro, cujo nome me escapa: "A ESPERTEZA, QUANDO É MUITA,UM DIA COME O ESPERTO"

Anônimo disse...

Valmir, por favor tu que és defensor dos funcis do BB. Aquelas 10 propotas, que tu e tua equipe percorreram as melhores capitais do Brasil,ha alguns poucos anos e não resultaram em nada,em favor dos aposentados.

Foi só pra gastar ( estragar nosso
dinheiro)Como agora tu vem com uma mentira na tua revista. Lutar por melhores. salarios/distibuçãod do superavit. Valmir Bombril) teus dias estão contados nessa terra do grande DEUS

Anônimo disse...

Sem querer defender a ANABB, mas certamente alguem há de dizer já estou fazendo isso, desejo lembrar que tão logo colhidas as propostas oriundas de todo o corpo social que se manifestou, saiu a edição da Resolução 26 e o Banco do Brasil, unilateralmente, suspendeu toda a negociação. Parece que a ANABB pretende reabrir a pauta. Veremos se o BB está disposto a reabrir as negociações. Desejo lembrar que quem tem pressa somos nós, o Banco não. Para ele quanto mais demorar melhor, pois vai só juntando superávit para ele roubar.

Marcos Cordeiro (André) disse...

Resposta do Colega Adilson de Niterói ao José Domingos Moreira Filho.

Prezado José

Infelizmente, a chapa 1, a menos ruim, na qual votei (pois na 3 não votaria nem sob tortura), não mandou prá mim nenhum e-mail, folder, papeleta, sequer um daqueles santinhos de campanha. Parece que chapa 1 desistiu antes de começar ou está apoiando, indiretamente, a chapa 3, a oficial, chapa branca das raposas como vc bem disse.

Enquanto isso, a chapa sindicalista ptista fica ligando para a casa dos aposentados pedindo votos, mandando e-mail, revistas, folder, jornais, pedindo votos nas agências, DG o escambau. Não tenho dúvidas que eles vencerão pela inércia (proposital??) da chapa 1 e pelo comodismo de muitos de nós aposentados.

Mas, um dia, após eles terem pisado em nossa grama, matado nosso cachorro, e arrombado a nossa porta aí vem um punhado de velhinhos aposentados, de pijama, chorar as mágoas porque estão sem o mensal de aposentadoria. Do jeito que vai, não demora muito. Primeiro estão levando nosso superávit e depois, virá o quê?

É isso. Estou cansado de dar murro em ponta de faca para quem não reconhece ou não quer ver o abismo à sua frente.

Desculpe o desabafo. Mas estou decepcionado com tudo.

Adilson Feodrippe.·.

Niterói, rj.

Marcos Cordeiro (André) disse...

Um escritor em nosso meio.

Hoje fomos honrados com a filiação à AAPPREVI do Colega escritor Aldenor Romero Studart, autor do livro “ Maruan e sua busca por um sentido de vida” (Editora Ground).

ademar disse...

O blog do Romildo esta divulgando o resultado da eleição da Previ, com uma esmagadora vitoria da chapa 3. A maquina deles é muito forte.Se queremos mudar, devemos no futuro rever nossa estrategia e sermos mais agressivos, pois parece-me que a chapa 1 teve corpo mole, além da apatia dos aposentados.
AGORA É TORCER PARA QUE CUIDEM DE NOSSOS INTERESSES.

Marcos Cordeiro (André) disse...

Chapa 3 - Unidade na PREVI vence as Eleições 2010

Com 57.458 votos (58,03% do total de votantes), a Chapa 3 – UNIDADE NA PREVI venceu as Eleições PREVI 2010, encerradas às 18h do dia 27/5. Veja os números da votação.

VOTOS POR CHAPA
VOTOS %
Chapa 1 - NOVA PREVI
22.650
22,88

Chapa 3 - UNIDADE NA PREVI 57.458
58,03

Brancos 8.067
8,15

Nulos 10.832
10,94

Votantes 97.007
100,00

Não votaram - 79.342

Total de eleitores: 178.349

wilson luiz disse...

Devido à disparidade das forças em disputa, com todos os recursos à disposição da chapa situacionista, acho que o placar de 58 a 42% a favor deles não deve ser considerado uma grande derrota para nós, mas sim um incentivo para continuarmos essa luta.brepre

Anônimo disse...

BEM MARCOS O MAL ESTÁS FEITO, AGORA VAMOS VIGIAR E COBRAR AS PROMESSAS OFERECIDAS PELA CHAPA 3. QUEM SABE DEPOIS DESSA PRESSÃO QUE SOFRERAM ELES AGORA TOMAM GEITO E OLHEM MAIS PARA NÓS, OS APOSENTADOS E PENSIONISTAS. E QUE NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES MODIFIQUEM O SISTEMA (PORQUE O ATUAL É DUVIDOSO)E TENHAM MAIS TRANSPARÊNCIA. VAMOS A JUSTIÇA PELOS NOSSOS DIREITOS.

rosalina_de_souza disse...

Colegas

Naõ acredito muito neste final de votação.
Acho que mais uma vez saímos perdendo,mais tudo serve de alerta para que aposentados e pensionistas passem a buscar mais os seus direitos.
Buscando reparação para tantos desmandos,e serve de alerta maior ainda aos nossos dirigentes,para começar a buscar novas soluções para seus associados.
Temos que ter um canal,onde desperte a vontade de interder melhor o que fazer para não sermos amanha pessoas engrossando as filas do sistema único de saúde,e engrossando as filas a brasília atrás dos aumentos do INSS.
Vamos atentar para a nova realidade,o banco do brasil levará sua parte do superavit.não teremos aumento algum em 2010,e olhe lá se o emprestimo simples será estendido a novos prazos e limites.
Agora a desculpa é a copa, logo depois as eleições presidências,natal etc...

Atensiosamente

Rosalina de Souza

Anônimo disse...

Colegas,

Tudo continuará como estava. A CHAPA 3 é isso, oportunismo sustentado pelo ANABB, e com propostas que visam beneficiar os salários mais altos do pessoal que a compõe e pretende se aposentar em breve. VEJAM A PROPOSTA DO AUMENTO DO TETO PARA 100% A QUEM INTERESSA.

Não é ser pessimista a turma que nos enrolou, agora vai tripudiar. A Cecília, o Sasseron devem estar comemorando as futuras boquinhas que este apoio lhes rendeu.

Conclusão: enquanto aposentados e pensionistas se omitirem, as pensões continuarão a ser limitadas a 60% do benefício e as propostas que privilegiam, ou melhor, enriquecem meia dúzia continuarão sendo vencedoras.

Abraços e até a próxima.

Anônimo disse...

Mas todos esquecem que existe um DEUS que e maior que tudo e que todos.E so esperar.
Mansidao a todos.
Publicar.

Anônimo disse...

Colegas,
Devemos, cada vez mais, conscientizar nossa classe. Eis que a chapa 3 conseguiu 72% dos votos válidos. Foram muitos votos nulos e brancos. Um total desperdicio. Se a nossa proposta é ser oposição aos desmandos, até então, atribuidos a representantes omissos, temos que alcançar esses votos nulos e brancos.
A saída agora será cobrar as promessas. Não nos resta mais nada,a não ser um voto de confiança ( se possível).

Anônimo disse...

Vejam que ainda que somados os brancos e nulos, ainda assim a chapa 3 venceria. O que, de fato, decidiu a eleição, foram os 79.342 que não votaram.

CONSIDERO PREOCUPANTE A OMISSÃO - PRINCIPALMENTE DOS APOSENTADOS
E somos nós, exatamente os aposentados que vivemos lamuriando a procura do superávit. Choramos, reclamamos, dizemos que vamos fazer isso e aquilo, mas... Nem pegar o telefone par votar não pegamos. Estamos mesmo fritos. A culpa é nossa. Somos omissos, acomodados. Tirando uma meia dúzia que vive por ai nas associações brigando, indo a Justiça, denunciando, a maioria só quer saber que o dia 20 está logo ali e o dindin estará na conta.

Anônimo disse...

Colegas do Blog.

Agora só nós resta a choradeira atráz do E.S.

Colhemos o que plantamos,não somos capazes nem de votar.

Tudo irá permanecer como esta,estamos cavando a nossa própria sepultura.

Anônimo disse...

Pessoal uma das promessas da chapa 3 foi de permanente realinamento do empréstimo simples.

Já deveriam tomar esta iniciativa assim que sua posse for feita em 01/06/2010.

Se possível convocando uma reunião extraordinária.

Com estas providências, quem sabe até fim do ano o SASSERON não libera mais uma esmolinha para os aposentados e as pensionistas do plano 1.

Mesmo com esta situação os aposentados aida foram a fonte para a chapa 3 vencer.

Parabéns ao colegas aposentados e as pensionistas vocês tem aquilo que merece, agora não adianta reclamar pelos próximos 4 anos.

Dia 20 próximo tem mais um "esmolão" melhorado,quem sabe com mais 5% de aumento????.

Anônimo disse...

Através da nossa ingêniedade,vamos colocando os corvos em pele de cordeiro dentro da previ.

Imagino eu que hoje deve ter churrasco,tudo regado a melhor bebida do mercado internacional.

Mais uma vez fica o alerta sobre a nossa frustação em dias melhores.

Eu não vejo saída para,até parece que esta tudo dominado.

E nós pobres mortais,uns com 60,70,80 vendo a caravana passar,sobre o olhar doce e cruel da ANABB e CONTRAF CUT.

Tenho pena do tamanho da nossa vontade de brigar por aquilo que é nosso.

Se fosse o pessoal da Caixa Econômica Federal, ou da Valia, ou de Banespa ja estariam nas ruas com panelaço,mostrando ao País da impunidade que estão vivos.

Anônimo disse...

Pessoal do Blog

Este ano por força da lei,a previ teria que resolver a questão do superavit,três exercícios seguidos de superavit.

Qual deve ser nosso papel de agora em diante,cobrar iniciativa do pessoal que entra,mais eles podem alegar,que tem que se organizar operacionalmente,formar novas equipes de trabalho,rever investimentos,realocar pessoal,colocar cargos de seus apadrinhados políticos.
Quem sabe agora que teremos mais uma cabine de emprego,com a criação do plano odontologico.
Temos que estar de olho nas futuras manobras dos eleitos.
Como bem lembro um amigo, o voto de minerva nunca foi usado.

QUEM SERÁ O TRAIDOR DOS APOSENTADOS E DAS PENSIONISTAS DA PREVI?

Se for possível publique-se

Anônimo disse...

Enquanto isso, conforme veiculado no site da Anapar, o FUNCEF aumenta o limite de crédito para os aposentados, que já, merecidamente, tem prazos maiores (96 meses), possibilidade de suspensão do pagamento de 50% do valor das prestações iniciais, por até 12 meses, etc.
Parabens a eles, que tem um Diretoria séria, voltada aos seus interesses, e que respeitam e defendem os fins para os quais aquele Fundo foi criado.
Quisera que um dia nós chegassemos lá.
Sonhar não custa nada. O duro é acordar, e enfrentar a realidade.
Deus nos proteja. Do jeito que estamos sendo tratados só Ele poderá julgar.

Anônimo disse...

Colega anônimo de 28 de maio de 2010 06:53,

Esta pergunta é fácil responder, os traidores são aqueles que acabaram de sair, não fizeram nada, todos comprados com cargos e altos salários, tanto que se uniram para garantir apoio a chapa 3. Enfim o bando esta formado, e faz tempo.

Isa Musa de Noronha disse...

Interessante é que dentro da Previ andam dizendo que não tem obrigação de discutir superávit porque a cadeia dos 3 anos consecutivos de superávit foi interrompida em 2008, quando houve prejuízo. Mas é mentira... O que ocorreu em 2008 foi que o superávit diminuiu (em função da crise), mas não se transformou em prejuízo. O propório relatorio Previ diz:"Se o ano de 2009 pudesse ser resumido em uma palavra, ela seria “recuperação”. Depois das perdas significativas ocorridas em 2008 em função da crise econômica mundial, e de cenários sem muita clareza nos meses iniciais, 2009 deslanchou e surpreendeu favoravelmente. A rentabilidade do plano ficou em 28,25%, muito acima da meta atuarial de 10,10%.

O superávit, que havia diminuído no ano passado, voltou a crescer e agora acumula R$ 44,2 bilhões. Se esse montante ainda não voltou ao patamar pré-crise, quando atingiu R$ 52,9 bilhões, ele cresceu R$ 17,9 bilhões apenas em 2009."

Anônimo disse...

Concordo com o anônimo de 28.05 às 7:45h. Vamos pedir aos novos dirigentes, que atualizem (valor e prazo) do ES, como a Caixa fez.