quinta-feira, 29 de abril de 2010

Merece respeito?

Caros Colegas.

ANABB – Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil.

Fugindo totalmente à finalidade que a trouxe ao mundo, agora é declaradamente uma fachada para suprir suas empresas lucrativas.

Ao abrir um leque de parentescos e enquadramento de estranhos com acesso ao quadro de associados, a Entidade mostra para todos sua verdadeira vocação: fazer negócios.

Sua sede de poder não tem limites refletindo a megalomania de quem a dirige. E a massificação dos números tem sido a tônica a embalar suas metas.

Arvora-se em ser “considerada a maior associação de uma única classe de trabalhadores da América Latina”, com mais de 100 mil sócios e agora parte para conquistar novos horizontes numéricos.

Quem sabe quer ser a maior congregação de diferentes classes de trabalhadores? É o que se depreende da chamada por novos sócios que faz em seu Site, com a abertura de suas portas ao ingresso no quadro associativo.

Lá está dito que agora podem se associar “empregados das entidades ligadas diretamente ao funcionalismo do Banco do Brasil como: ANABB, Previ, Cassi, Empresas Bancorbrás, Cooperforte, Entidades do Sistema AABB e empresas integrantes do Conglomerado Banco do Brasil S.A. e cooperado da Cooperativa Habitacional ANABB Ltda. (COOP-ANABB)”.

Se não bastasse essa salada mista de categorias de trabalhadores, inventou parentes que também podem associar-se, tais como trinetos e trisavós de cônjuge, enteados, sogros, cunhados, etc.

A ânsia de poder é tamanha que perde o respeito por seus sócios e atropela até nomes históricos, chegando ao cúmulo de grafar em chamada de destaque São Luiz com “Z” ao se referir à respeitável capital do Maranhão – São Luís, que sediará o próximo CINFAABB.

O mais estranho nisso tudo é que os dirigentes da Associação aliaram-se a outros e montaram uma chapa para disputar a Eleição da Previ. São, portanto, pessoas com essa mentalidade que querem gerir o maior Fundo de Pensão da América do Sul. Talvez por isso mesmo, por ser o maior, pois só pensam em grandes números.

O que mais impressiona é o fato de que não tinham tempo para defender os participantes e assistidos do PB1 que querem proteger. Imaginem agora, tendo que cuidar de todos esses novos sócios e seus parentes com a dedicação proclamada.

Aliás, esses que abram os olhos porque dedicação não é o forte da ANABB. E preparem os bolsos para comprar seus produtos – a linha é variada, embora sem utilidade alguma para esse público alvo.

Marcos Cordeiro de Andrade – Curitiba (PR) – 29/04/2010.

36 comentários:

Anônimo disse...

Retransmissão de mensagem.

Anônimo disse...

Colega Marcos,

Parece que a ANABB esta lançando um "Projeto Caça-Niquéis". Estranho isso. Será que os mais 100.000 associados já não supota mais as depesas da associação? Prmeiro iniciou com "traga um colega para a ANABB. Agora lançou "ANABB de portas abertas para toda a sua família". Essa é para parentes até 4º (quarto grau). Oferecendo benefícios inexistente, pois, nem para o associado ultimamente não existe. Mais dinheiro em caixa para a ANABB. Que voracidade por dinheiro. É muito estranho isso. Nada é feito por acaso. A ANABB deveria é estar servindo ao associado, defendendo nossos direitos junto a PREVI, BB, mas não faz isso e agora que nos levar na conversa e arrecadar dinheiro junto aos nossos parentes. É subestimar demais nossa inteligência. Que plano mirabolante. Esses são os grandes projetos dessa diretoria da ANABB. Que ingenuidade. É lamentável o que nós estamos vendo hoje em dia.
Será que vão criar novos cargos na ANABB para absorver os elementos que vão perder a mamata da PREVI?

29 de abril de 2010 14:33

Anônimo disse...

Marcos,

me explica, para que um sobrinho teu ou meu vai querer ser sócio da ANABB ???????? qual a serventia, alem de gasgtar grana pagando mensalidade??????
ONDE EM NOME DE QUALQUER SENSO DE QUALQUER COISA EXISTE A VANTAGEM.

afinal a gente se associa a algo com interesse , seja para defender sua classe, ou um clube para ver futebol, ou outro social, para dançar, usar sauna , picina...etc e tal..

e o amiguinho ali da ANABB oferece o que, para quem não é funci do BB???

alguem sabe?

sergioinocencio

Marcos Cordeiro (André) disse...

Sat, 24 Apr 2010 07:13:21 -0300, Ivan Rezende da Silva escreveu:


Considerando o anseio e direito dos aposentados e também o superávit
acumulado da Previ em mais de 45 bilhões, com disponibilidade de 17 bilhões
para revisão de benefícios, necessário se faz, independentemente do
andamento do julgamento do mérito da Resolução 26, que haja urgente
negociação para que, pelo menos 50% deste valor seja imediatamente utilizado
em prol de seus legítimos beneficiários, uma vez que o Banco do Brasil está
utilizando, contabilmente, a sua parte que, apesar de parecer utilização
virtual, reflete positivamente em seu lucro.

Ivan Rezende.


--------------------------------------------------------------------------------------------------


De: Mirian Fochi
Responder para: Mirian Fochi
Assunto: Re: Sindicato dos Bancários de Brasília: Superávit da Previ
Para: Ivan Rezende da Silva


Prezado Ivan,

O Movimento Sindical, através de suas entidades representativas, já vem
discutindo com o Banco a utilização do superávit. No entanto, dadas as
circunstâncias (CGPC 26), a discussão torna-se mais difícil, com o Banco
pressionando pela aplicação da mesma.

Também luto e espero para que tenhamos uma solução o mais rápido possível.

Um abraço

Mirian Cleusa Fochi
Diretora

Marcos Cordeiro (André) disse...

AUCA - Tardio comentário - uma pena!


http://aucacassi.blogspot.com/

Anônimo disse...

Colega Ivan,
Parece que, se não houver uma negociação sobre essa Resolução, nossa Reserva Especial pode demorar anos e anos, até que a justiça julgue o mérito da ação,que ainda se encontra na 2ª instancia, e pode ir ao STJ e por fim ao STF.
A liminar impetrada pelo Sindicato(e concedida pelo STJ) solicitou tutela recursal impedindo a destinação do Superavit aos associados(em geral) e Patrocinador. Veja abaixo parte da Sentença:

"A tutela recursal deferida nos autos do agravo de instrumento obsta tão somente que, antes do julgamento do feito principal, as importâncias decorrentes de superavit sejam revertidas em favor dos participantes, dos assistidos e dos patrocinadores ou que sejam utilizadas na quitação de contratos de confissão
de dívida."

O Julgamento completo está no site STJ.JUS.Br - processo AgRg 2009/0069908-7.
Se quisermos algo, agora, teremos que negociar a aplicabilidade(ou não) dessa maldita Resolução, autoritária, exorbitante, que extrapola os limites de regulamentação, alterando artigos de uma Lei Complementar discutida e aprovada pelo Congresso Nacional.

Marcos Cordeiro (André) disse...

Está normalizado o atendimento pelo 0800-729-0808 para votação (Relatório CASSI/2009).
Conseguí votar na primeira tentativa, hoje, 30/04 - 08:30.
Participem.

Anônimo disse...

Marcos e Colegas,

A respeito de anabbs, afabbs, cuts, contraf-cut e até mesmo partidos de ulra-esquerda infiltrados nos órgãos de governo, fundos de pensões, me preocupa, é claro que está fora disso tudo a novel AAPPREVI.
Digo que me preocupa, pois a chapa 1 é constituida por radicais de esquerda, segundo se constata pela leitura dos comentários da faabb.
Temo pela eleição da chapa1, que defende a isonomia= falsa igualdade.
Quando da derrocada dos socialistas do bloco europeu, nós vimos nascer uma gigantesca multidão de miseráveis e pouco mais de meiaduzia de multibilionários pertencentes ao poder de então. ISONOMIA=DESASTRE.
Não nascemos iguais, não crescemos iguais, nunca morreremos iguais, é da natureza humana. Não ousemos mudar aquilo que Deus construiu, a resposta às tentativas de mudanças radicais serão desastrosas, vide história da humanidade.
A chapa 3 também não merece crédito, pois é continuismo empreguista.
Abç
Anônimo

Anônimo disse...

A Mirian Fochi esta substituindo a
Cecilia?Aprendeu direitinho a fazer promessas e a enrolar a gente.
So trouxa acredita.Nos poupe Mirian.
Sandra

Marcos Cordeiro (André) disse...

A ANABB respondeu consulta do colega Ivan Rezende (membro da Diretoria da AAPPREVI):

SUPERÁVIT DA PREVI- No encontro ocorrido em 14.04.10, em Goiânia(GO), para
apresentação dos resultados da Previ, o Presidente Sérgio Rosa, ao afirmar que
há um valor aproximado de 17 bilhões de reais para melhoria de benefícios.
Contudo, não há como distribuir enquanto persistir pendências jurídicas acerca
da Resolução 26.
Afirmou que com o resultado de uma consulta feita pelas entidades
representativas dos aposentados/poensionistas, a Previ teria força para
discutir a questão.
Alegou que estas entidades têm posições diferentes sobrfe o assunto: algumas
são a favor da distribuição com o patrocinador e outras contrárias.
Essa ANABB que contempla o maior contingente de sócios, além da força para
aliar às outras associações, poderia conduzir este assunto e consultar o real e
atual posicionamento dos legítimos interessados pela causa.

Resposta:

Prezado Ivan, Esclarecemos que toda a questão que envolve o Superávit, continua
suspensa em razão da Resolução n. 26 do CGPC (Conselho Gestor de Previdência
Complementar) e de seu questionamento da esfera judicial. Deixamos claro que
os cálculos equivocados devem ser revistos e sugere que se identifique eventual
equívoco e se faça uma compensação nas próximas vantagens que forem
distribuídas. O embate judicial contra o governo sobre a Resolução nº. 26/2008
não é o melhor caminho para reverter a situação. Uma ação na Justiça poderá
demorar anos e muitos associados da Previ não estariam mais aqui para receber o
dinheiro do superávit. A melhor solução é a negociação. Planejajamos discutir
com o governo e denunciar na Tribuna do Senado e da Câmara esta resolução, para
posteriormente tratar do superávit e da equiparação com quem não se beneficiou
pelo Renda Certa. Agradecemos o contato.Atenciosamente,

Távallo Medeiros
Atendimento ao Associado
ANABB/VIREF

Anônimo disse...

PESQUISA ELEICAO PREVI
Acabo de responder uma pesquisa via telefonica de um instituto com 3 perguntas:
-o que deve ser feito com o superavit da Previ?
-se concordo com a unificação dos plano 1 e futuro?
-em que chapa vou votar?
Alguem mais recebeu esta ligação?
Roberto Varella

Anônimo disse...

Colega 9.40,

Houve identificação?
Abç
Anônimo

Marcos Cordeiro (André) disse...

Colega Roberto Varella.

Informe o nome do Instituto que chegaremos à autoria da pesquisa, sua motivação e autenticidade.
Grato,

BRUNO BAUMGARTEN disse...

Colegas do Blog.



Nenhuma corrente é mais forte do que o seu elo mais fraco.

E essa notícia do Roberto Varella é o elo fraco da corrente que tentam formar para ver se amarra alguma coisa.

Ninguém, em sã consciência, patrocinaria uma pesquisa sobre a unificação dos dois planos. Seria o mesmo que perguntar aos cientistas se concordam em juntar o gás e a matéria num só corpo sólido.

Isto é invenção, talvez do próprio senhor Roberto Varella. Basta dizer que ele era sindicalista atuante no seu tempo de funcionário do Banco. Saiu pelo PAA e hoje é partidário do governo Lula e também atua em grupos contrários ao nosso. É defensor da ANABB e o Romildo Gouveia é seu amigo.

Gostaria de saber se ele é sócio da AAPPREVI e desde quando. Não custa ficar de olho nele e nos seus palpites. É bom enterrar esse assunto logo antes que outros desavisados embarquem nessa canoa furada. Também acho que o blog não deveria publicar este tipo de coisa. Está fazendo o jogo do inimigo.

Anônimo disse...

Tem alguns comentários no blog, dizendo que só teremos distribuição do superávit, se:
- aguardarmos decisão do mérito da questão, com relação a liminar concedida pelo STJ ( impetrada pelo Sindicato ), liminar esta impedindo a destinação do superávit, ou
- negociar com o BB.
Estou enganado, ou existe um projeto na câmara dos deputados, em andamento, solicitando seja suprimido da Resolução 26, os itens que não nos é favorável?
Se existe, alguem saberia dizer em que pé está ? Tem alguma chance de vingar ? O prazo para desfecho nos é favorável ?
Não seria esta mais uma alternativa para distribuição do superávit ?
Cláudio-Piracicaba-SP

Marcos Cordeiro (André) disse...

Recebido de um colega com pedido de publicação:

Matéria publicada no site http://www.bancariosce.org.br/noticias_detalhes.asp?Cod=12784

Gilvan Rebouças disse...

Caro Colega Bruno Baumgarten,



Até o presente momento o sr. Roberto Varella não faz parte do nosso quadro de associados.


Gilvan Rebouças

Vice Presidente Financeiro - AAPPREVI

Anônimo disse...

Colega Claudio,
Cole o link abaixo no seu navegador e acompanhe a tramitação do PDC 2348/2009 do deputado Federal Gustavo Fruet, que propoe a sustação de vários artigos da Resolução 26/2008, por extrapolar competencia de regulamentação.

http://www.camara.gov.br/internet/sileg/Prop_Detalhe.asp?id=464379

A apreciação, também, não é tão rápida quanto queriamos. ( e precisariamos).

lizia disse...

Eu tb recebi tal ligação de instituto, dizendo ser do Rio de Janeiro. Fez as mesmas perguntas feitas ao Varella e queria saber se pretendo votar e em qual chapa. Mas nao conseguir gravar o nome do Instituto.

Anônimo disse...

Lizia
Perguntou sobre a unificação dos planos?
Roberto Varella

Anônimo disse...

Caros colegas do blog,pelo que tenho lido no programa da chapa 1, a mesma tem como uma de suas propostas a unificação dos dois planos da Previ: Plano 1 com o Previ Futuro.
Não sei se a intenção da chapa 1 com esta proposta, seria obter os votos dos novos funcis.
Para que isto ocorra, basta a Previ fazer alteração no estatuto, sem consulta ao corpo social, porque o mesmo já foi descartado há bem tempo.
Então, caso isto ocorra,obviamente que nós do Plano 1, poderemos ser prejudicados.
Numa das hipóteses, o patrimônio de 144 bilhões seria extendido aos participantes do outro plano (Futuro), cujo patrimônio é incomparalvelmente menor.
Depois de tantos PDV,PAC,PAA,CGPC 26,renda certa, ETC.,não acho essa idéia da chapa 1 boa para nós. Alguém mais entendido deste blog poderia comentar mais sobre este assunto?
E então, em quem vamos votar?

Anônimo disse...

Colegas,
A fusão dos dois Planos é "um sonho de Ícaro". Quase uma quimera, uma utopia.
O Plano 1, que congrega os admitidos até 23.12.1997 é de BENEFICIO DEFINIDO. Isto é, os participantes sabem(sabiam), cumpridas todas as exigencias, quanto irão(iriam) receber ao se aposentar.
O Previ Futuro é de CONTRIBUIÇão DEFINIDA. SUA APOSENTADORIA DEPENDERÁ DO VALOR DE SUA CONTRIBUIÇÃO, DO TEMPO E DA RENTABILIDADE DAS MESMAS.
Acho que tem alguem procurando "pelo em ovo". Puro terrorismo. Isso não pode, e não deve acontecer.
Na contribuição definida creio que dificilmente haverá sobra.

Anônimo disse...

Acho discomedida essa proposta de permitir aos participantes do previ futuro migrarem para o plano 1. No mínimo essa chapa que se diz oposição dos atuais, deve ser do mesmo time, ou seja não temos opção ao votar. É uma tristeza. Sempre perdermos, o que podemos fazer para conter este jogo de poder?
cvj

lizia disse...

as perguntas feitas pelo suposto instituto foram:
como distribuir o superavit.
se concordava com a unificação dos planos
se pretendia votar nas eleições da Previ
e em quem votaria.

Lázara Rabelo disse...

Caro Marcos,

Reprodução do resultado da votação das contas da CASSI. Pergunto: se com esse número reduzido de votantes aposentados, as linhas do 0800 ficaram congestionadas, o que teria acontecido se a maioria dos aposentados tivesse exercido seu direito de votar?
Não caberia pedirmos uma auditoria nesse sistema do 0800 da PREVI?


Contrato Plano I -1997 a 1999

Contrato Plano I -1997 a 1999

Contrato Plano II -1999 a 2003

Contrato Plano II -1999 a 2003

Contrato Plano II -2004 a 2006

Contrato Plano II -2004 a 2006

Contrato Plano II -
a partir de 2006

Contrato Plano II -
a partir de 2006


CASSI Família
CASSI Família
Código de Ética
Código de Ética
Estatuto
Estatuto
RPA
RPA

Diretoria Executiva
Diretoria Executiva
Conselho Deliberativo
Conselho Deliberativo
Conselho Fiscal
Conselho Fiscal

História
História
Missão
Missão
Documentos
Documentos
Estrutura
Estrutura
Conselho de Usuários
Conselho de Usuários

Plano de Associados
Plano de Associados
CASSI Família
CASSI Família
Convênio de Reciprocidade
Convênio de Reciprocidade
Plano FunciCASSI
Plano FunciCASSI

Bem Viver
Bem Viver
Plena Idade
Plena Idade
Viva Coração
Viva Coração
PCMSO
PCMSO

Apresentação
Apresentação
Programas de Saúde
Programas de Saúde

Localize a CASSI
Localize a CASSI

Institucional | Planos | Estratégia Saúde da Família | Unidades CASSI | Central CASSI | Fale com a CASSI

Publicações
» Jornal CASSI
» Relatório Anual

Imprensa

Busca de Notícias
Palavra chave:

Por período:
De: Até:

Associados aprovam Relatório Anual 2009 da CASSI

30/4/2010 19:02:19



O Relatório Anual 2009 da CASSI foi aprovado por 49,6% dos votantes. Mais de 76,2 mil associados participaram da votação, sendo que 13% votaram pela não aprovação das contas, 17,9% dos votos foram nulos e o percentual de votos em branco foi de 19,5%.

Entre os funcionários do Banco do Brasil, a participação foi de mais de 72,4 mil votantes (79,2% do total). Entre os aposentados, 3.790 votaram.

Veja abaixo os números da votação entre funcionários e aposentados:

Funcionários do BB
Aprovaram: 35.159 (48,52%)
Não aprovaram: 9.071 (12,51%)
Brancos: 14.642 (20,19%)
Nulos: 13.619 (18,78%)

Aposentados do BB
Aprovaram: 2.701 (71,27%)
Não aprovaram: 845 (22,30%)
Brancos: 142 (3,75%)
Nulos: 102 (2,68%)

Brasileiro Pocotó disse...

VERGONHA!!!!!

Além do baixo comparecimento dos aposentados na votação da CASSI (3.790 votantes) 71,27% ainda aprovaram o relatório. Será que esses colegas ainda não perceberam que esse nosso plano de saúde está doente? Quase não existe mais médico de gabarito credenciado à CASSI. Quem duvidar examine os credenciados da nossa caixa e compare com os da UNIMED. Eu mesmo já mudei de médico umas três vezes no ano passado por que eles se descredenciaram. Agora estou pagando consultas do meu próprio bolso. Só nos restam uns poucos laboratórios, mas até quando? Caso persista o atual quadro, fatalmente migraremos para o SUS forçosamente. O pior de tudo é ficarmos amarrados a um plano de saúde sem podermos migrar para outro.
As eleições da PREVI virão em seguida, mas com certeza a situação vai ganhar. Depois eles vão passar mais uma temporada mendigando por empréstimo simples.

Anônimo disse...

É por isso que a situação dificilmente se revertará em favor dos aposentados.O banco acha é bom,parece que todos (digo, a grande maioria ), que se aposentaram, estão como mortos. Não querem saber de nada,nada lhes interessa, deixa do jeito que está.
Depois pode ser tarde demais.
E ainda por cima, muitos continuam confiando que a Anabb vai resolver tudo para nós.
Aqui, nesta cidade de porte médio, +/- trezentos mil habitantes, já não se acha mais, determinados profissionais da saùde conveniados à Cassi.
Muitos se descredenciaram.
Tive que viajar cem quilômetros para fazer uma consulta, três vezes.
O melhor plano de saùde daqui é a UNIMED.
E ainda tem gente dizendo que a Cassi ganhou prêmio tal, sei lá qual.
E assim vamos indo.
Com a Cassi é assim, imagine com a Previ?

Juarez Barbosa disse...

Prezado Marcos e frequentadores do Blog

O momento é de nos engajarmos no fortalecimento da AAPPREVI, buscando aumentar consideravelmente o número de associados e, consequentemente, representatividade e respeitabilidade junto às outras associações de mesma real finalidade, à PREVI, a CASSI e o próprio Banco do Brasil.

Quando alcançarmos tal objetivo, adquiriremos "de fato e de direito" o poder de exercermos pressão e fiscalização junto aos administradores eleitos por nós nas citadas entidades, no sentido de concretizarem nossos anseios.

Caso se frustrem tais iniciativas então deveremos partir na direção da "tomada de poder" dentro da PREVI e da CASSI, colocando em suas administrações "gente nossa".

"Quem sabe faz a hora, não espera acontecer" - Geraldo Vandré.

Anônimo disse...

Com certeza colega de 05:46,a choradeira vai continuar,os alienados na hora de votar nao comparecem e depois ficam cobrando aumento de limite,de prazo,correm para os emprestimos.......
Depois pedem para suspender as prestaçoes,NAO DA PARA ENTENDER!
Mais uma chance perdida por OMISSAO.
So Deus para olhar por nos.
Sandra

Anônimo disse...

Colegas,

Será que podemos acreditar que só 3.790 aposentados votaram? Quem garante? Alguem pode verificar/confrontar? ou é igual as urnas eletrônicas, sem ter como conferir.

Anônimo disse...

O colega Jorge Teixeira fez uma pergunta no outro blog e a resposta
foi taxativa: so temos o INPC de Março, entao........
Jorge e colegas, nao contem com nada alem do INPC,ja esta claro.
Sandra

Anônimo disse...

Colegas,

Eu já estava desanimado com as instituições ligadas ao funcionalismo do Banco, dominadas pelo PT e sindicalistas, entretanto, com o surgimento da AAPPREVI voltei a ter esperança de realmente termos a representação que nos falta nessas instituições que atualmente, ainda, nos dizem representar. Sei que o caminho não é fácil, vai ser longo, mas vai frutificar porque essa semente germinou em bom terreno e esta sendo cultivada com ideais sadios, sem contaminação. As eleições que estão acontecendo este ano não temos como provocar mudanças em seus resultados, então para mim não houve diferença de quem ganhou ou, ainda, de quem vai ganhar, pois todas as chapas estão contaminadas. Mas para as próximas eleições, ai sim, teremos que fazer a diferença. Precisamos ampliar nosso quadro de associado. Vamos iniciar esse processo de alguma forma, pois, as outras associações que não nos veem com bons olhos não vão nos fornecer os e-mails dos aposentados, então que cada aposentado que se comunica com outros colegas aposentados que nos repasse seus e-mails para que possamos alcançar o maior número possível de futuros adeptos a nossa associação. Boa sorte a todos.

Anônimo disse...

As empresas estatais patrocinaram um "comício" da candidata do PT a presidência da república, evento travestido de comemoração do dia do trabalhador. Subiram no palanque elementos que usaram e ainda usam os trabalhadores, mas que nunca trabalharam. Inclusive o presidente do Brasil que aposentou com trinta e poucos anos, por invalidez. Foram gastos quase R$ 2.000.000,00. É lamentável. Esse "cara" faz o que bem entende, custe o que custar, não respeita nada. É o protótipo brasileiro do Fidel Castro, seu maior mentor e ídolo. A barba ele já tem, o restante, se a sociedade continuar aceitando isso passivamente, não vai ficar faltando na nada.

Anônimo disse...

Ao anônimo das 12:26 de 01.05

Faço minhas as suas dúvidas e seus questionamento, isto baseado com conhecimento de causa, pois ao tentar votar, sempre escolhia a opção 3, que rejeitava o relatório, e durante 4 vezes dizia que a opção era inválida.Tentei ligar para a CASSI para informar o ocorrido,não tendo êxito porém na quinta tentativa ouvi o "escrutinador" dizer que o voto foi com sucesso. Porém vejam só, foram necessárias 5 tentativa, sempre dizendo que a opção que eu escolhi foi inválida. Isso desanima qualquer eleito.

Anônimo disse...

Acho que e caso de policia ou de invalidar a votaçao.Mas quem vai lutar por isso?
Mais uma vez nos OOOOOOOOOOO.
Sandra

CASSI PERDEU (de novo) disse...

Um total de 37.860 associados da CASSI aprovaram o Relatório 2009.

Um total de 38.421 associados da CASSI não aprovaram,votaram em branco ou anularam seu voto.

Restou, então 79.870 associados que NÃO VOTARAM. (Nº maior que os 64.740 que também não votaram nas últimas eleições de 09 de abril de 2010.
QUE LÁSTIMA ! QUE PERDA IRREPARÁVEL PARA TODOS OS 156.151 ASSOCIADOS.

Anônimo disse...

Alguem aí deste blog, quer conhecer sobre o porque da Anabb não se interessar por nós do Plano 1, então entre neste site:
groups.google.com.br/group/pdv-ba/msg/9d29234629c9b1b5?pli=1
Ou copiar e colar no endereço.