terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Oposto

Caros Colegas.

Desde que fundei o CANAEL cultivo outra lista que lhe serve de oposto, pois esta é bem menor que a outra, mirrada até. O Cadastro se presta a mostrar uma mistura de nomes bons e ruins para ocupar cargos nas Entidades que nos servem, como aposentados e pensionistas. E lá estão colocados para ser vitrine ao olhar crítico dos eleitores interessados. Já a minha outra lista, sem título ainda, é uma pretensão de registrar somente bons nomes para concorrer a esses cargos, notadamente na PREVI e CASSI, e até mesmo na AAPPREVI, pois pretendo cumprir bem o meu mandato e entregar o boné à cabeça que lhe assente.

Ironicamente as duas relações crescem guardando sua característica primeira – o oposto. Enquanto o CANAEL a cada dia recebe acréscimos, o rol dos bons diminui, para minha tristeza. No momento em que necessitamos urgentemente apresentar vultos para compor novo conjunto de “negociadores”, me deparo com o temor de que possa repetir o engano da última escolha quando, por erro de avaliação, enalteci quem não merecesse tamanho empenho. E a dúvida recai também entre eminentes formadores de opinião, cuja postura e comportamento recentes me abriram os olhos para critérios defendidos.

Posso estar redondamente errado, mas guardo a opinião de que quem tem seguidores, seja por admiração ou por respeito, não pode defender posições pessoais. Essas figuras emolduradas precisam sobrepor-se aos problemas que enfrentam e visar o coletivo, atentando para o que melhor possa ser recomendado - ou calar-se, para não dar maus exemplos.

Ninguém tem culpa se hoje não tenho um teto para deixar aos meus dependentes, seja por qual razão for. Nenhum deles morrerá se não tiver um imóvel, de papel passado, para morar. Pois mora-se em qualquer lugar desde que se garanta a vida: pode-se sobreviver numa caverna, na rua, sob a ponte, no topo de uma árvore ou até mesmo dentro de um tonel, se bem que esse tipo de moradia hoje em dia não encontrará habitante – foi inventada por um sábio como hoje não mais se encontra. Não se morre por falta de cobertura. Mas morre-se de fome.

Ninguém igualmente é culpado por eu não ter uma farta ceia de Natal, por isso não posso pensar somente na minha Ceia. Posso comer uma ceia normal, como a de todos os dias, de todos os anos, desde que conte com recursos para mantê-las juntamente com todas as outras refeições até meus últimos dias, e dos que de mim dependam.

Por isto está difícil manter minha pequena lista de bons nomes. Ultimamente tenho tirado de lá mais do que colocado, e ela diminui assustadoramente. Para que possa mantê-la peço a ajuda de todos os freqüentadores do Blog Previ Plano 1: apontem nomes que sejam verdadeiramente confiáveis. Mas, por favor, não me venham com nomes viciados, repisados e comprovadamente inservíveis pelo passado recente, e que repudio.

Por esses não moverei uma palha. No entanto, do mesmo modo que elevei quem me traiu, proclamarei aos quatro ventos as qualidades de quem for unanimidade nos conceitos primários a contemplar uma liderança: honradez, lealdade e desprendimento por amor ao próximo. E que mantenha a visão no bem estar futuro de todos os aposentados e pensionistas do PB1, esquecendo a si como unidade carente, mas se incluindo no coletivo necessitado.

Feliz Natal a todos.

Marcos Cordeiro de Andrade – Curitiba (PR) – 21/12/2010.

77 comentários:

sergioinocencio disse...

Marcos,

espero que essa bus ca de algum resultado, ou acabaremos como Diogenes com a lanterna na mão, nus dentro de uma barrica, atras de alguem que tenha as caracteris-
ticas que buscamos, honestidade,
honradez e senso de bem comum.
imagino que hj as pessoas são educadas para a vida, e se tenha
deixado de lado alguns valores que
demandam um pouco mais de trabalho,
não só para incutir no aprendiz
como a servir-lhe de exemplo.
HAJA LANTERNA E BARRICA

a sua decepção aqui estampada, não
me assombra, como disse, ja convivi
com estas pessoas, ou outras iguais
em meus velhos tempos de Sindicato
dos Bancários , ocasião em que estive algumas vezes com aquele sr.
que tem 9 dedos, este sim, uma decepção completa, mais enganou-me
uma, na segunda votei em outro, e
nesta que passou (2010), não perdi
meu tempo, apenas justifiquei nos
dois turnos, afinal, escolher entre
o Diabo e a Coisa ruim, fica dificil.
não comprendo tambem a decepção dos
votants do sim, acreditavam eles
realmente que a PREVI toda poderosa
iria fazer uma graça no final do
ano? quanta ingenuidade, posso até
estar enganado, até quero, mais
faz tempo deixei de crer em Papai
Noel , Mula de Sete Cabeças e outros menos votados.
não vamos desanimar, afinal brindar
com sidra, tambem é comemorar.

FELIZ NATAL A TODOS E BOM ANO NOVO

angela paes disse...

Olá Marcos:
Feliz Natal!
Feiz Natal para você e sua família, um Natal cheio de Luzes, cheio de Paz e Amor.Um Natal cheio da Plenitude que o homem se esquece de dar, mais que Deus na sua infinita Sabedoris não nos poupa.
Feliz Natal!

Angela Paes

Rubem Tiné disse...

Hoje perguntei aos meus botões: -Será que não seria melhor o crédito das 12 parcelas antecipadas sairem no dia 02 de janeiro? O botão 1 respondeu: -Claro! pois a mordida maior do leão do imposto de renda só seria efetivada na declaração de 2012. Já o botão 2 respondeu: -Impossível! a aprovação em todos os órgãos se dará até o dia 31, pois, só assim o banco poderá contabilizar sua parte no balanço de 2010, daí, o crédito das 12 parcelas sairem como adiantamento até o fim do ano e consequentemente teremos que declarar em 2011. Qual dos dois botões está correto?

FELIZ NATAL, com o sem dinheiro!

Anônimo disse...

Rubem Tiné, estás equivocado. Caso as 12 parcelas sejam pagas sob a forma de adiantamento ainda em 2010 e o regustro efetivo somente se der no espelho de janeiro/2011, não haverá IR em dezembro e apenas no ano que vem serão declarados os rendimentos correspondentes. Há um outro aspecto a considerar. Os que ficarem isentos levarão todo um ano ou mais para receber a devolução do que for recolhido além do devido. Como podes ver, se correr o bicho pega, se ficar o bicho come...

Anônimo disse...

Caro Marcos,

Sua lista não conseguirá preencher a mão do Lula. Não que essas pessoas não existam, mas jamais se misturariam com tamanha podridão. Aguentar anabb, previ, pt, gente da cut, bb no mesmo ambiente precisa ter um estômago de titânio.
Sinceramente melhorei minha situação quando transferi todas as minhas esperanças para o Filho de Davi, a raiz de Judá. Nele nunca haverá decepção.

Feliz Natal

Anônimo disse...

Às vezes lembro-me de um Homem Bom, Nome Honrado, Familar Tradicional, vou ao CANAEL e (voilá!) tá lá o nome dele !

Minha avó, que enviuvou cedo, nos ensinou: "As pessoas são boas, até o dia em que deixam de ser",
por isso, confiem nas pessoas, mas sempre desconfiando, pois um dia podemos ser enganados (traídos)e NÃO NOS SURPREENDEREMOS !

Hoje somos bons e amanhã poderemos ser algozes.

Anônimo disse...

BEM SE TEMOS QUE LEMBRAR DE ALGUM NOME COMO SUGESTÃO E NEM SEI SE ELE ACEITARIA SER SITADO. EU INDICARIA O SR. JOSÉ BERNARDO MEDEIROS NETO ;APOSENTADO; ADVOGADO E CONTABILISTA. PASSEI A CONHECÊ-LO AO LONGO DESTA REFREGA EM QUE NOS DIGLADIAMOS. QUE PALAVRAS ANTIGAS. MAS COMO JÁ ESTAMOS MAIS PARA LÁ DO PARA CÁ. ACHO QUE É UMA PESSOA DO MAIS ALTO GABARITO; EMBORA NÃO O CONHEÇA PESSOALMENTE NEM TENHA CONVIVIDO COM ELE NA ÉPOCA EM QUE TRABALHOU NO BB. É APENAS UMA SUGESTÃO E FICA A CRITÉRIO DE TODOS OS QUE FOREM DECIDIR QUEM PODE NOS REPRESENTAR. É ALGUÉM QUE APRENDI A ADMIRAR; POR SUA MANEIRA DE SER E AGIR. E MELHOR AINDA; VOTAMOS NO "NÃO". SINAL QUE TEMOS BRIO; NÃO TEMOS VERGONHA DE NADA; NOS IDENTIFICAMOS NEM MEDO DE SER ANÔNIMO. EU HELENO PINTO NOBRE; MATRÍCULA 3984740-3; JAMAIS ANÔNIMO. UM FORTE ABRAÇO E MUITA SAÚDE PARA TODOS; NÃO SOMENTE NO FIM DESTE ANO; COMO NOS ANOS A FRENTE EM QUE TENTAREMOS SOBREVIVER. APESAR DE BB E PREVI E OUTROS QUE ANDAM POR AHI. ACREDITO QUE O PEIXE TRAÍRA NEM MERECE TAL COMPARAÇÃO.

Anônimo disse...

Estranho, a Previ nem menciona mais sobre o assunto: SUPERAVIT
Acabei de crer como muitos dizem aqui e em outros blogs, cambada de safados. Chapa 3 nunca mais.......

Anônimo disse...

Colegas,

A ANABB JÁ COMEÇOU A COLHER OS FRUTOS DA NEGOCIAÇÃO DO SUPERÁVIT COM O BB.

O BB LIBEROU FINANCIAMENTO PARA COOP-ANABB, QUE PARCERIA MAIS LINDA.

Anônimo disse...

Colegas,

Será que o Sindicato do PT, também vai iniciar mais uma obrinha para facilitar a compra de moradia aos sindicalizados. Se vai não tem problema o BB financia é só pedir uma força ao SASSERON.

mesquitasantana disse...

“Há homens que lutam um dia, e são bons;
Há outros que lutam um ano, e são melhores;
Há aqueles que lutam muitos anos, e são muito bons;
Porém há aqueles que lutam toda a vida,
estes são imprescindíveis.”
(Bertold Brecht)


São raros os espécimes mas podemos citar alguns e conteporâneos: Dr. Laureano, Chico Xavier, Madre Tereza de Cacutá, Mahatma Gandhi e Irmã Dulce, entre outros, que se destacaram em doação da vida.

abraços a todos.

Plano 1 Investe R$ 560 MI !, disse...

A PREVI divulga no seu site a notícia da "Folha de São Paulo" em Mercado Aberto, contando da aquisição em 17/12/2010 da 'Prosperita' do Edifício Eco Berrini (av.LC Berrini-próximo à Marginal Pinheiros e Ponte da Estaiadas, em São Paulo), por R$ 500 + 60 milhões (sendo 60% no ato + 40% na conclusão do prédio, em abril).
São 47 mil m2 em 39 andares para locação.
Uma lástima que não informam QUE PERTENCE AO PLANO 1 da Previ !

Estão querendo misturar-nos com o Plano Futuro que iniciou com aquisições de imóveis com R$ 30 milhões da expansão do Shopping ABC em Santo André(SP), onde o nosso Plano 1 investiu mais R$ 145 milhões, pois já detinha parte deste imóvel.

Clarear os negócios é saudável !
A PREVI gerencia 3 Planos, sendo o Plano 1 com mais de R$ 140 bilhões em ativos...
Resta saber qual o CNPJ que a PREVI usou para tal recente compra e, se contabilizou ao Plano 1...

Anônimo disse...

Que vergonha e pagar os aposentados e pensionistas NADA.
Acorda BB!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Acorda PREVI!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Mensagem de Tollendal aos colaboradores da AMEST. A íntegra do documento de que trata está disponível para leitura em "Notícias Relevantes", aqui ao lado.

De: F. Tollendal Data: Terça-feira, 21 de Dezembro de 2010, 6:35
Assunto: A sorte está lançada

Superávit da Previ: Amest propõe ação cautelar


Prezados Amigos,

Declaro meu agradecimento a todos vocês que confiaram na Amest e anexo a íntegra da petição inicial da ação cautelar de defesa de consumidores que foi ontem protocolizada na justiça, com pedido de liminar.

Sem a ajuda material que recebemos não teríamos como agir, principalmente pelo fato de estarmos enfrentando não só o Banco do Brasil como o maior poder da República, que se concertaram cobiçosamente com a intenção de se apropriarem-se das nossas economias da vida inteira, amealhadas com o objetivo único de assegurar a tranquilidade do nosso futuro.

Como a leitura do documento que preparamos vai revelar (segue anexo), trata-se apenas do movimento inicial de uma verdadeira guerra que possivelmente se prolongará não sabemos por quanto tempo. E da qual não temos a intenção de fugir enquanto pudermos contar com a valiosa ajuda de todos vocês que em nós acreditaram.

É certo que outras batalhas precisarão ser travadas, porém estaremos prontos para elas enquanto pudermos contar com o apoio de vocês.

Desejo a todos boa sorte,

F. Tollendal

Paulo Beno disse...

Excelente o trabalho da AMEST gaúcha na "Ação Cautelar" a ser movida na vara federal previdenciária do Distrito Federal, sobre a patrocinadora BB querer metade do nosso superavit, baseando-se num artigo da Resolução 26, contrário aos ditames da Lei Complementar 109/01.

Creio que está errado apenas o artigo de tal resolução que tenta colocar os patrocinadores, como benefíciários. No resto tal Resolução é inócua...

Parabéns ! Leiam em "Noticias Relevantes" neste site.

Anônimo disse...

Parabéns F. Tollendal.


Até que enfim surge alguém com coragem de peitar essa corja de ladrões do patrimônio alheio.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

CAROS COLEGAS,
VAMOS NOS DESFILIAR DESSAS ASSOCIAÇÕES "VENDIDAS" E APOIAR A AMEST, ENVIANDO SUAS COLABORAÇÕES MENSAIS E, AGORA, PARA INÍCIO DA AÇÃO, UMA PARCELA MAIS SUBSTANCIAL, SE POSSIVEL.
UM EXEMPLO. FIZ UMA INICIAL DE 100 REAIS E MENSALMENTE 20 REAIS. NÃO NOS MACHUCA O BOLSO E ESTAMOS FORTALECENDO QUEM, EFETIVAMENTE, ESTÁ A NOS DEFENDER.
EDISON-PELOTAS


20122010 Amest acao cautelar superavit Previ.pdf (296 Kb) attached

----- Original Message -----
From:
To: unapbbcolaboradores@yahoogrupos.com.br
Cc:
Sent: Ter 21/12/10 10:05
Subject: Fwd: [unapbbcolaboradores]A sorte está lançada

20122010 Amest acao cautelar superavit Previ.pdf (296 Kb) attached

Finalmente, uma associacao confiavel, que poderah compor nossa primeira linha de defesa legal, lado a lado com a promissora Aapprevi e com apoio integral do Unap-BB.
A meu ver, nao seria nada mau trabalharmos para aproximar e fortalecer as duas nobres entidades, que poderao ajudar a nos resgatar o tempo em que honestidade e correcao moral imperavam em nosso universo corporativo.
Virar o jogo eh possivel e a uniao ferrea de todos eh nosso melhor e mais curto caminho para faze-lo.
Abraco natalino e esperancoso do
x.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Ok.
----- Original Message -----
From: "AAPPREVI"
To: "João Rossi Neto"
Sent: Tuesday, December 21, 2010 4:29 PM
Subject: Re: Sua mensagem foi recebida com sucesso.


Peço permissão para publicar, como está. Seria uma excelente forma de
pressão junto à PREVI pela credibilidade que o seu nome impõe.

Abraços,

Marcos Cordeiro de Andrade.


----- Original Message -----
From: "João Rossi Neto"
To: "AAPPREVI"
Sent: Tuesday, December 21, 2010 3:47 PM
Subject: Fw: Sua mensagem foi recebida com sucesso.


Marcos,
Se houver coerência no procedimento, a PREVI vai fazer o adiantamento, uma
vez que já implantou uma parte daquilo que foi aprovado.
----- Original Message -----
From:
To:
Sent: Tuesday, December 21, 2010 2:55 PM
Subject: Sua mensagem foi recebida com sucesso.


Senhor(a) JOAO ROSSI NETO

A PREVI confirma o recebimento da mensagem abaixo.
Aguarde nosso retorno em breve.

Gerência de Atendimento
PREVI

Data: 21/12/2010
Tipo: Sugestão

Mensagem: Se implantaram na folha de pagamento de dezembro/10, uma
parte dos benefícios aprovados na última negociação, evidentemente existe a
certeza de que o acordo será aprovado sem restrições, sobretudo porque foi
alinhavado previamente junto aos órgãos governamentais responsáveis pela sua
chancela.
Aproveitem a oportunidade deste Natal, façam o adiantamento antes do
dia 24 e que o acerto fique para a folha de janeiro/2011.
È uma oportunidade de mostrar boa vontade, generosidade, interesse em
solucionar problemas financeiros e propiciar um final de ano cheio de
alegrias, harmonia e, ainda, estreitar o relacionamento dessa Caixa com os
participantes e assistidos.
Eu confio no bom senso, mesmo porque não existe acordo meio fechado,
meio benefício. Essa Previ sabe que não haverá, definitivamente, retrocesso
no assunto, então dispare o adiantamento amanhã.

Atenciosamente.

João Rossi Neto.

Matrícula: 4986560
Nome: JOAO ROSSI NETO
E-mail:

Anônimo disse...

Parabéns a um associação que não é de funcionários e que resolveu brigar por nós.

Preocupada com os destinos não só do próprio Banco que resolveu apresentar lucros que não lhe pertencem mas tamém da própria Previ.

Obrigado AMEST.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caros Colegas.

O Blog Previ Plano 1 agradece publicamente ao Colega João Rossi Neto pelo seu retorno ao nosso convívio.

Atenciosamente,

Marcos Cordeiro de Andrade

Anônimo disse...

Marcos, infelizmente ainda não podemos nos afastar da FAABB. Vamos ver o que acontece com essa federação dafora pra frente.

Ela perdeu totalmente a sua credibilidade juntamente com sua presidente.

Não vamos nos precipitar, porque qualquer passo que a FAABB der ela tem que comunicar as associações filiadas. Isto é, tem que comunicar a AAPPREVI. Vamos aguardar. Sejamos prudente.

Quem sabe em futuro bem próximo poderemos mudar a FAABB, para que ela se torne uma legítima federação que defenda os interesses dos seus associados.

Marcos, qualquer coisa façamos como a CUT que fundou uma Confederação de bancários para combater e esvaziar a Contec.

Vamos usar as próprias armas, desde que legítimas, para combater essas mesmas instituições que não cumprem seus objetivos e atuam em interesses espúrios.

Quem sabe juntando umas associações consigamos criar uma federação que realmente cuide dos nossos interesses, o interesse de todos.

Reflaxão é preciso.

Anônimo disse...

Colega João Rossi Neto,

Imensa alegria em contar com o Sr. escrevendo neste Blog.
Abraços

Julita disse...

Sr Marcos e a todos aposentados e pensionistas:"Que a fé e a esperança
no futuro possam
reviver a cada dia
nos seus corações."
Um Feliz Natal e um Ano Novo cheinho de novas esperanças!!!!
São os votos de Julita Gaspar e família.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

> Date: Tue, 21 Dec 2010 16:31:19 -0200
> From: atend@previ.com.br
> To: ivanrezende
> Subject: ATENDIMENTO PREVI
>
>
> Senhor Ivan,
>
> Parte dos benefícios previstos na proposta de destinação do superávit já
> estão presentes na folha de pagamento de dezembro. Os aposentados e
> pensionistas que recebiam os Benefícios Especiais de Remuneração e de
> Proporcionalidade - referentes ao acordo do superávit de 2007 - já tem esses
> benefícios incorporados ao complemento de aposentadoria. Com isso, os valores
> recebidos até a folha de pagamento de novembro nas verbas P380 (Benefício
> Especial de Remuneração) e P390 (Benefício Especial de Proporcionalidade)
> deixam de existir e passam a integrar a verba P300 (PREVI Benefício).
>
> A PREVI está negociando prazos e agilizando as ações para que todos
> benefícios do acordo se concretizem no menor tempo possível.
>
> Permanecemos à disposição.
>
> RICARDO MARTINS DE PAIVA BASTOS
> Gerência de Atendimento
> PREVI
>
> >
> Data: 20/12/2010 08:31:15
> Assunto: Outros Assuntos - Distribuição do Superávit
> Tipo: Solicitação
>
> Mensagem:
> Como alguns já foram beneficiados com a distribuição do Superávit, na Fopag de dezembro, é de se entender que a parte burocrática já está toda sacramentada e não há razão para que não ocorra o imediato pagamento para todos os demais beneficiários.
>
> Matrícula: 4497710
> Nome: IVAN REZENDE DA SILVA
> DDD-TEL:
> E-mail:

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Date: Tue, 21 Dec 2010 17:16:25 -0200
From: faq@anabb.org.br
To: ivanrezende
Subject: Resposta da pergunta enviada para o site da ANABB

Sua resposta foi postada para o seu tema de interesse no Sistema de duvidas do site ANABB.
Pergunta:
Segundo li no último jornal dessa Anabb, os novos dependentes do plano odontológio pagarão, mensalmente, R$ 7,95. No entanto, há mais de ano pago R$ 19,80 para duas dependentes, ou seja R$9,90 para cada. Haverá redução para os antigos?
Resposta:
Prezado Ivan, informamos que a redução no valor pago para os dependentes no plano odontológico serão para todos os associados da ANABB. No entanto ainda não está em vigor essa redução, sendo que provavelmente começará a vigorar em jan/2011. Assim sendo a partir de 2011 o plano odontológico para os dependentes será R$ 7,95. Agradecemos seu contato.


Que neste Natal e em 2011 nossos desejos de felicidade alcancem todos aqueles que acompanham os 25 anos dessa jornada vitoriosa. Feliz Natal e próspero Ano Novo!

Anônimo disse...

O blog do Medeiros já está anunciando que os 20% x 12 sai antes do Natal. Ex-Presidente do conselheiro fiscal da Previ, esse Dr Medeiros tem orelhas lá dentro da Previ. Coisa que ninguém mais tem. Gaúcho de boa cepa esse homem.

Rubem Tiné disse...

ADIANTAMENTO PODE SAIR A QUALQUER HORA!!!

Noticia vinculada no blog do super-informado Medeiros, dar conta de que o superávit já foi aprovado na Previ e no BB e seguiu para a homologação da PREVIC, como eu já tinha informado anteriormente, os valores já foram calculados e estão prontos para no momento oportuno serem creditados. Continuo otimista: Sai antes do final do ano (não porque a Previ é boazinha, mas porque é de interesse do banco mais poderoso do Brasil). Todos na torcida os do sim e o dos não, todos unidos, afinal é NATAL! Paz, amor e fraternidade!

Anônimo disse...

Pois é, milagrou. Mas que dia especial não é? Notícias boas confirmadas. O superavit está chegando, a folha está pronta, pode ser rodada ainda antes do Natal ! O Conselho Deliberativo aprovou, o Conselho Diretor do BB também, e, conforme um colega disse num comentário, realmente o pacote grande está na PREVIC e deve ser aprovado a qualquer momento
Blog do Dr. Medeiros

Anônimo disse...

Essa AMEST é curiosa. É de acionistas de empresas estatais e está querendo briga com a maior estatal? O Banco do Brasil? Ai tem...

Anônimo disse...

Caro Marcos Cordeiro,

Ano Novo. Vida Nova.

O Ano Novo se aproxima. É tempo de reflexão. E por que é tempo de reflexão?

Porque é na reflexão da presente vida que repassamos a vida do passado.

E? Assim, simples?

Sim! A ninguém é dado o direito de modificar o passado. Porém, ao olharmos o passado, poderemos modificar o futuro.

Quando os objetivos a alcançar de Paz, Amor, Harmonia e Justiça são presentes. O futuro é próximo. Iluminado. Glorioso. Sempre!.

Que o Ano de 2011 seja pródigo, generoso no que não alcançaste em 2010.

Renovamos os nossos votos de que desejamos o melhor para você Marcos.

Feliz Natal. Feliz Ano Novo.

Um abraço de James Paiva aos colegas deste blog.

João Pessoa, onde o Sol nasce primeiro.

Paulo disse...

Edgardo Rego,

Acompanho com atenção suas reflexões sobre a questão do superavit. Gostaria de merecer um momento de seu tempo, para o esclarecimento de um aspecto que, parece-me, poderia ser um fundamento consistente de nossas reclamações na justiça, se pusermos de lado, por um instante, essas artimanhas da Resolução 026. É o seguinte: A PREVI efetuou aquelas devoluções milionárias a NÃO APOSENTADOS. Ora, isso configura claramente um ato lesivo ao direito dos aposentados, ora sub-beneficiados com um percentual irrisório. Como se sabe, FUNDO DE PENSÃO É PARA APOSENTADOS E PENSIONISTAS. Ou não? Até à consolidação desse acordo solenemente imposto a seus assistidos, somente a PREVI era responsável por essa distorção absurda. Agora, até onde me é possível entender,o Patrocinador, por omissão, assinou em baixo da imprevidência dos diretores previdenciários. Estaria correto até aqui o raciocínio? Noutros tempos,o Banco não deixaria passar em branco tal ilicitude. Como essa geração de diretores de hoje, do Banco e da Previ, comete uma transgressão desse porte? Pelo andar da carruagem, "há algo de podre no reino da Dinamarca"? Que causa insuperável levaria a Direção do Banco a cometer suicídio administrativo? Além do apetite incontrolável pelo lucro, alguma razão muito forte pode estar sendo ocultada por toda essa sucessão de equívocos? Ainda não vi esse argumento brandido por nossos advogados. Será que até mesmo os tribunais vão referendar isso? Será que a complementação daquelas diárias baianas visam a embaçar a consciência daqueles juízes? Será que 0alguns daqueles magistrados um dia proferirão uma sentença a tal respeito? Será que esse avanço de uma entidade empresarial tão respeitada, símbolo do que havia de melhor no sistema financeiro nacional, virou agora razão de Estado? Razão de Estado para encobrir o quê? Que mundo é esse, Edgardo? Onde está o espírito de Ruy Barbosa para repetir que, de tanto ver triunfar as nulidades chegaremos a zombar da honra e a ter vergonha de ser honestos? Há sinais de desespero nessa atitude desses gigantes que perdem progressivamente a noção de respeito e justiça que sempre os distinguiram.

Um abraço de um cabeça branca injuriado que muito o admira.

Paulo Motta
Blog:
superavitsprevi.word.press.com

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Prezado colega Marcos,

Permita-me chamá-lo assim, é com orgulho e admiração que quero desejar
a voçê e sua família um Feliz Natal e um Ano Novo cheio de luz, a sua familia por
permitir que você com tamanha dedicação consumasse uma frase...�?uma luz no
fim do túnel�? que, é o que o seu blog e a AAPPREVI nos presenteou nesse ano
de 2010. A você, que tem uma luz própria, um talento e inteligência colocado
à nossa causa....que Deus te ilumine e proteja...acho que o caminho está sendo
muito abençoado pois, temos que orar muito para você e os colegas que estão
ao seu lado.

Ainda não temos números atualizados mas, a expressiva participação dos
aposentados na votação e nos blogs....está definitivamente consagrada....que
nos aguardem nas próximas eleições....Sr. Sasseron e Cia..., chapa 3...e outros.
Eu sempre falo para os colegas, temos que dar força aos que tem o dom da
palavra, inteligência e conhecimento e usar a internet como nossa principal
aliada.

No ano que vem, vou tentar aprender a usar o blog para participar...
por enquanto, continuo acessando todo dia ou várias vezes por dia e só para
constar, fiquei feliz com a volta do colega João Rossi Neto....estava preocupada
com ele.

Um grande abraço

NS

Anônimo disse...

Não entendi.
Como uma associação de acionistas a AMEST,entra como uma ação que beneficia os associados da PREVI, em prejuízo de seus representados?

Anônimo disse...

Prezado anônimo das 01:26 - 22.12.10

Por causa de idéias ou insinuaçoes desta espécie é que continuaremos a ser espoliados indefinidamente.

ELIAS disse...

Cadê a UNAMIBB?
Até o momento NÃO pronunciou uma palavra sequer a respeito da "negociação do Superávit". Isso jamais aconteceria com seu saudoso Fundador, o BUDA.
Mas tal silêncio só pode ser interpretado como implícita CONCORDÃNCIA à apropriação dos 7,5 bilhões de reais pelo bb. Afinal foi para "defender o bb" que a unamibb foi criada.
Será que concordar com esse tipo de coisas é realmente DEFENDER O BANCO? Ou concordar com algo que pode levá-lo ao pior desastre de sua história: A PERDA DE CREDIBILIDADE?

Anônimo disse...

Tenho que rir! Essa AMEST é a ANABB dos acionistas minoritários.
Às vezes fico pensando que país é esse. Os orgãos que deveriam trabalhar em defesa dos seus representados agem exatamente contra. Sugestão aos acionistas minoritários: filiar-se à ANABB para ter seus lucros garantidos.

Anônimo disse...

Prezado Marcos,

Para Você e colegas frequentadores do Blog, desejo:

Muita Paz, muita alegria,
Muito amor familiar,
Saúde, muita harmonia,
FELIZ NATAL em seu Lar.

ANO NOVO venturoso,
Com muita prosperidade,
Em cenário auspicioso
De total felicidade,

E de progressos sem fim.
Assinado: Valentim.

Carlos Valentim Filho - Joinville (SC)

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Página Inicial > Notícias > 20101222 Aprovação do Superávit
NOTÍCIAS :: 20101222 APROVAÇÃO DO SUPERÁVIT voltar


Deliberativo da PREVI e BB aprovam proposta de utilização



O Conselho Deliberativo da PREVI e o Conselho Diretor do BB aprovaram a proposta de alteração do Regulamento do Plano 1 que trata da utilização do superávit e que já havia sido referendada pelos participantes em consulta que se encerrou na quarta-feira, dia 15. A proposta segue agora para o DEST (Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais) do Ministério do Planejamento e para o Ministério da Fazenda. A última instância de aprovação será a Secretaria de Previdência Complementar - PREVIC. Só depois de aprovadas pela PREVIC as mudanças poderão ser implementadas.

"Estamos agilizando todas as ações no sentido de fazer com que os benefícios aos participantes possam ser implementados o quanto antes", enfatiza o presidente da PREVI, Ricardo Flores.

Site PREVI (22/12/2010)

Anônimo disse...

Colegas,
Cautela e caldo de galinha não fazem mal a ninguem.
Segundo informações no site da Previ, já aprovada pelo CD, a proposta agora segue para o DEST ( Departamento de Controle das Estatais), depois dá uma "chegadinha" até o Ministério da Fazenda, e finalmente irá à PREVIC.
O Presidente Ricardo Flores não prevê data para crédito ele diz:
"Estamos agilizando todas as ações no sentido de fazer com que os benefícios aos participantes possam ser implementados o quanto antes".
Essa "novela" parece filme do Alfred Hitchcok...

Rogério Luiz Carvalho disse...

Bom dia amigo Marcos e blogueiros,
ontem telefonei para o 0800 da Previ, e a atendente me informou que só estava faltando a autoriza-
ção da Previc para ser feito o paga
mento dos 240%. O negócio é a gente
esperar para ver o que vai rolar.
Gostaria também de aproveitar para
agradecer o coléga Sr. Rossi, pelo
retorno ao nosso blog e lhe dizer
que todos nós participantes do pb1,
do blog, e porque não dizer da nos
sa Aapprevi, precisamos da sua participação nessa luta que se avizinha. Desejo a todos indistin-
tamente, um Feliz Natal, bastante
Paz e amor e, que todos nós não es
queçamos que, quem está aniversa-
riando é JESUS. Abraços, Rogério.

Anônimo disse...

colega 21 de dezembro de 2010 17:15,

Se ninguém faz nada reclamamos, se alguém faz duvidamos (porque não te calas).

Anônimo disse...

Colegas,
A Amest é representativa dos acionistas minoritários. Como irá explicar que é contra uma medida que aumentará o lucro do Banco e proporcionará maior endimento aos seus representados? Ademais, qual seu argumento para ser contra a distribuição do superavit em benefício de quem não representa? Afinal, de quem é o interesse que ela está representando?

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Superavit da PREVI beneficia a CASSI.

Solonel Jr escreveu:

Com o que não posso concordar, é claro. Vejamos o que diz o Estatuto da CASSI, em seu Capítulo III, que trata exatamente do
patrimônio e do modelo de custeio, a saber:


Art. 15. A contribuição mensal do Plano de Associados é calculada com base nos seguintes parâmetros:

I. valor total dos benefícios de aposentadoria ou dos proventos gerais, na forma definida no regulamento do Plano de Associados e no contrato previsto no Art. 85, incluída a gratificação natalina, "excluídas quaisquer outras vantagens extraordinárias";

II. valor total dos benefícios de pensão pagos pelo Banco do Brasil S.A. e/ou Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil e/ou Instituição Oficial de Previdência Social, incluída a gratificação de natal, "excluídas quaisquer outras vantagens extraordinárias."

Art. 16. A contribuição mensal do patrocinador Banco do Brasil S.A., devida exclusivamente aos associados descritos nos incisos I a III do Art. 6º, bem como de seus dependentes previsto no § 3º do Art. 12, deste Estatuto, devidamente inscritos do Plano de Associados, é de 4,5% (quatro e meio por cento), e não excederá este limite, sobre o valor total dos benefícios de aposentadoria ou pensão, ou dos proventos gerais, na forma definida no regulamento do Plano de Associados e no contrato previsto no Art. 85," excluídas quaisquer outras vantagens extraordinárias" e, uma vez por ano, a 4,5% (quatro e meio por cento) sobre a gratificação natalina. Parágrafo único: A responsabilidade do patrocinador junto à CASSI limita-se à contribuição prevista no caput deste artigo.

Art. 17. A contribuição mensal dos associados, devida exclusivamente ao Plano de Associados, é de 3,0% (três por cento), e não excederá este limite, sobre o valor total dos benefícios de aposentadoria ou pensão, ou dos proventos gerais, na forma definida no regulamento do Plano de Associados e no contrato previsto no Art. 85, "excluídas quaisquer outras vantagens extraordinárias" e, uma vez por ano, a 3,0% (três por cento) sobre a gratificação natalina. .....

Ora, se o BB e a PREVI não nos deram ainda a metade da nossa parte do tal (inexistente) superavit, fazendo-o de maneira temporária, e se este valor não será incorporado ao valor de nossos benefícios ou pensões, então se trata de VANTAGEM EXTRAORDINÁRIA, não sendo, portanto, devido nada de nossa parte à CASSI, infelizmente. Ou teremos mais um plebiscito para validar outra DOAÇÃO???????

SolonelJr
São Luis - MA

jEANNE disse...

Marcos, um feliz natal para voce e sua familia e para os demais colegas frequentadores deste blog e participantes ou não dele.Jeanne.

Anônimo disse...

DEVEMOS CONVIR QUE É MUITO ESTRANHO UMA ASSOCIAÇÃO QUE DEFENDE ACIONISTAS MINORITÁRIOS, COMO ESSA AMEST, IR CONTRA O BB AUMENTAR SEUS LUCROS COM A GRANA DA PREVI. ISSO É MUITO ESTRANHO, SABE-SA LÁ O QUE PODE SER. JA VI DE TUDO. JÁ VI ATÉ A ANABB QUE DEVERIA DEFENDER FUNCIONÁRIOS, DEFENDER O BANCO, ENTÃO O COLEGA TEM RAZÃO. ESSA AMEST É A ANABB DOS ACIONISTAS MINORITÁRIOS. ESSA AÇÃO O JURIDICO DO BANCO DERRUBA COM UMA PENADA

Anônimo disse...

Apenas para descontrair um pouco turma:

Deu cartäo furado la no "bingo" do medeiros. Nem uma "linha" os cabeças brancas väo levar por enquanto...
Quem sabe um novo bingo até o ano novo, alias, diga-se de passagem, esta é a cartela de bingo mais cara da historia dos bingos no Brasil, quanto voce meu colega pagou pela sua? Pense nisto.
Feliz Natal oh oh oh

Do Papai Noel Moacir Junior
(barbas e cabelos branquinhos somente com sabao em po OMO näo se esqueçam... oh oh oh)

Anônimo disse...

Colegas do Blog,parece que o pessoal está mesmo é desesperado.
Que situação heim!
No blog do Medeiros, tá uma choradeira medonha.
Estão colocando o homem lá nas alturas.Sei não viu!
Eu acho que o dr. Medeiros gosta mesmo é de aparecer.Primeiro disse que os 20% ia incindir sobre o total.
Errou feio.
Agora, depois dessa votação indecente, fica fazendo frenesi com esse acordo lamentavel.Com isso esses "dirigentes" devem deitar e rolar de tanto rir e debochar dos aposentados.Prá ele tá tudo mil maravilhas. Acorda pessoal!

Pensionista sem voz fora da AAPREVI disse...

Não sei se tem alguma coisa a ver com o Superavit ou se foi só coincidência, mas o Banco do Brasil aumentou em 15 mil reais o valor do "Crédito Pessoal todo seu" e em 20 mil o crédito pra financiamento do veículo. Confiram se aconteceu o mesmo com vcs.

Anônimo disse...

aaaaHHHHHHHHHHH, MINHA AMIGA O MEU CREDITO É DE 275,00. qUE HORROR!!!

Anônimo disse...

Ao pensionista sem voz:

Para mim näo houve aumento nenhum nos limites de credito do bb, mas tenho uma explicaçäo logica para este fato, como näo creditaram o superavit no Natal e estamos visivelmente notando um certo desespero de muitos colegas para este periodo, o BB resolveu dar aquela "forçä', mas que banco bonzinho né? Já que näo saiu o credito (migalha) para o Natal, entäo vamos nos afundar mais um pouquinho com a tentaçäo de fazer mais alguns emprestimos (cdc)para as festas de fim de ano, näo é uma maravilha turma?
Qualquer dia "eles" väo ter quem sabe o CDC FUNERAL GARANTIDO BB , nem preciso dizer para que serve.
Desculpe a brincadeira, mas näo dá para aguentar algumas coisas em pleno Natal, so mesmo na gozaçäo.
Ah, parece que la no blog do Medeiros, ele levantou bandeira branca, ou seja, ja nao se sabe mais quando sai o credito.
Resumindo, realmente bingo furado!!!

Feliz Natal a todos.
(com ou sem novo limite no CDC)

Moacir Junior

Anônimo disse...

É, parece que o Medeiros foi dar uma
de "salvador da pátria" ou mesmo "profeta" e a turma la da Previ se ia creditar para o Natal afim de surprrender a todos e ficarem um pouquinho melhor na "foto", como diz o meu neto por aqui, por causa do discurso do grande sabio dos assuntos da Previ, o GURU Medeiros teve que colocar a "viola no saco"...
Nao tenho nada contra ele, ate o considero uma pessoa exemplar, mas Medeiros, näo leva a mal, sou obrigado a dizer aquela velha frase: PORQUE NAO TE CALAS!!! (pelo menos ate sair a nossa migalhinha de credito)

Rafael e Cia dos barbas brancas

Anônimo disse...

Urubulinos de plantão!!!!!
Não adianta, o crédito vai sair, querem apostar?
Aposto que os que torcem contra, são sempre os mesmos, porque não vão pegar nada.
Um Feliz Natal a todos e aos urubulinos também.

Blog do Ed disse...

Colega Paulo Motta
Fiquei deveras lisonjeado com sua interpelação direta sobre assunto da Previ. Por vezes, perpasso pelo seu blog e constato o valor que o colega empresta às minhas ideias a respeito dessa instituição, fundamental para o bem individual nosso e dos nossos dependentes. O colega já deve ter lido aqui no blog do Plano 1 o que penso a respeito da participação dos funcionários da ativa no superavit. Acho algo excêntrico ao conceito usual e constitucional da Previdência Social e também à realidade da própria Previ, que concede três tipos de benefício, a saber, aposentadoira, pensão e pecúlio, os três auferidos por doença, acidente, velhice (tempo de contribuição) ou morte. Temos agora a caderneta de poupança, benefício auferido por simples Participante (contra a definiçao dada pela LC 109). A impressão, que me ficou do seu questionamento, é que isso não é, como eu pensava, novidade. Já teria acontecido em passado recente. Não tinha conhecimento desse fato. Mas, o colega bem sabe que já demonstrei que o BB é uma empresa capitalista. Seu objetivo e a medida de seu sucesso são o tamanho do lucro. Por isso, a Previ foi sempre principalmente usada como instrumento de desoneração do ônus com aposentadoria e pensão. Essa é a historia da Previ. E antes de a Previ ser criada no ano de 1904, houve em 1896 um fato cuja razão merece ser investigada pelos historiadores do BB e da Previ. Narra o livro "Da Caixa Montepio à Previ" que naquele ano, os funcionarios do BB, encorajados com o exemplo do Banco do Commercio e Industria de São Paulo, solicitaram ao BB, cujo Presidente era então o religiosíssimo Affonso Pena, o futuro Presidente do Brasil, que assistia à missa todos os domingos e se confessava todas as semanas, que criasse a Caixa Montepio para amparo às viúvas do funcionarios falecidos. Elas ficavam ao desamparo. O pedido foi indeferido. Não sei o motivo. O livro não esclarece. Affonso Pena era um advogado de grande valor intelectual e profissional e de grande espírito patriótico. Desconfio da mentalidade capitalista daqueles tempos, época da segunda revolução industrial, quando eram amplamente acolhidas as ideias de Herbert Spencer, que supervalorizavam o sucesso dos homens de negócio.

Blog do Ed disse...

Colega Paulo Motta
Fiquei deveras lisonjeado com sua interpelação direta sobre assunto da Previ. Por vezes, perpasso pelo seu blog e constato o valor que o colega empresta às minhas ideias a respeito dessa instituição, fundamental para o bem individual nosso e dos nossos dependentes. O colega já deve ter lido aqui no blog do Plano 1 o que penso a respeito da participação dos funcionários da ativa no superavit. Acho algo excêntrico ao conceito usual e constitucional da Previdência Social e também à realidade da própria Previ, que concede três tipos de benefício, a saber, aposentadoria, pensão e pecúlio, os três auferidos por doença, acidente, velhice (tempo de contribuição) ou morte. Temos agora a caderneta de poupança, benefício auferido por simples Participante (contra a definição da LC 109). A impressão, que me ficou do seu questionamento, é que isso não é, como pensava, novidade. Já teria acontecido em passado recente. Não tinha conhecimento desse fato. Mas, o colea bem sabe que eu já manifestei minha o opinião de que o BB se conduz como uma empresa capitalista que é. Seu objetivo e a medida de seu sucesso são o tamanho do lucro. Por isso, a Previ foi sempre principalmente usada como instrumento de desoneração do ônus com aposentadoria e pensão. Essa é a história da Previ. E antes de a Previ ser criada no anos de 1904, houve em 1896 um fato cuja razão merece ser investigada pelos historiadores do BB e da Previ. Narra o livro "Da Caixa Montepio à Previ" que naquele ano, os funcionrios do BB, encorajados com o exemplo do Banco do Commercio e Industria de São Paulo, solicitaram ao BB, cujo Presidente era então o religiosíssimo Affonso Pena, o futuro Presidente do Brasil, que assistia à missa todos os domingos e se confessava todas as semanas, que criasse a Caixa Montepio para amparo às viúvas dos funcionarios falecidos. Elas ficavam ao desamparo. O pedido foi indeferido. Não sei o motivo. Nem o livro o esclarece. Affonso Pena era um advogado de grande valor intelectual, profissional e alto espírito patriótico. Desconfio da mentalidade capitalista daqueles tempos, época da segunda revolução industrial, quando eram amplamente difundidas as ideias de Herbert Spencer, que supervalorizavam o sucesso dos homens de negócio.

Anônimo disse...

Sabe de uma coisa, agora caiu a ficha
o Banco aumentou os limites do CDC, principakmente para os aposentados e pensionistas, ja que vai emprestar com o proprio dinheiro que era nosso por direito, o superavit, , mas foi generosamente dividido com o bb, e nós vamos tomar de emprestimo por cdc oque ja foi nosso e ainda por cima pagar os devidos juros por isto, nao é sensacional, mas que beleza...
Ah, a proposito algum colega sabe se tem algum circo aceitando palhaços, mas que este circo nao tenha como patrocinador do espetaculo o Banco do Brasil ok.
Pior que tenho certeza que tem muitos colegas correndo para fazer este cdc com o novo limite.
(OPS..que fique somente entre nós, vou falar com meu gerente para ver se consigo também um aumento no limite ka,ka,ka,,,que dureza esta vida de aposentado)

Moacir Junior

Anônimo disse...

Por quê que as pessoas para agredirem, se escondem no anonimato, são covardes, não tem coragem de mostrar matrícula, nome telefone e endereço?

GANDOLA DA BAHIA disse...

Cara pensionista sem voz de 22 de dezembro 2010; 10;55, veja abaixo
o limite que me concederam no "crédito pessoal todo seu":

CREDITO PESSOAL TODO SEU*R$509,90

É ruim. Ninguém merece.

Lázara Rabelo disse...

Caro Marcos e demais colegas,

Estarei viajando por alguns dias, tentando recarregar as baterias, nas águas quentes de Caldas Novas(GO). 2011 está chegando e muitos desafios nos esperam. Com crédito ou sem crédito dos 240%, vou gastar por conta.

Quero aproveitar para desejar a todos, em especial aos frequentadores do Blog, Um Feliz Natal, com muita Saúde, Paz, Alegria, juntamente com os seus familiares. Tudo de Bom mesmo!

Lázara Rabelo

Anônimo disse...

Buenas.
Os arautos da sinistrose voltam a sair das sombras....hehehehe
Jose F. Rovere

Ademir Peruzzolo disse...

Mas fazem 5 anos já que meu crédito no BB é tudo que preciso: ZERO.
Não tenho limite de cheque, nem de cartão. Só tenho meu cartãozinho azul de débito. Se tenho dinheiro gasto, se não tenho não gasto.

Anônimo disse...

Colega, no meu crédito do BB nem se fala. Somente esta aparecendo credito todo seu 280,00, credito para compra de veiculo 37.ooo,oo e os outros desapareceram do extrato.Fazer o que? Esperar pelo credito do superavit.

Anônimo disse...

O site da PREVI esta fora do ar. O que será que esta acontecendo???????

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Honrado pela inclusão no grupo selecionado pelo autor, e sob a ótica de que a divulgação não desmerecerá nem prejudicará a sua identidade, assumo a responsabilidade pela publicação deste texto:

EXCLUSIVO PARA UM GRUPO PRÉSELECIONADO. É, TALVEZ, MEU ÚLTIMO DESABAFO DO ANO.

COLEGAS,
TODOS NÓS PERDEMOS A BATALHA, MAS TEMOS DE ACORDAR PARA NÃO PERDER A GUERRA. MESMO COLEGAS QUE VOTARAM "SIM", TINHAM CONSCIÊNCIA DE QUE ESTAVAM ENTREGANDO PARTE DE SUA POUPANÇA AO BANCO.
UNS PORQUE ACHAM QUE NÃO VÃO SOBREVIVER ATÉ QUE SE CONSIGA ALGO MELHOR, OUTROS PELA NECESSIDADE URGENTE DE “FAZER DINHEIRO”, O TERCEIRO GRUPO, ENTENDEU JUSTO ABRIR MÂO DE SUA PARTE, EM FUNÇÃO DE ALEGADA PARTICIPAÇÃO DO BANCO NA FORMAÇÃO DESTE MONTANTE.
A ESTES LEMBRO QUE O BANCO, TAMBÉM, CONTRIBUIU PARA FORMAÇÃO DO NOSSO FGTS E NEM POR ISSO LEVA A METADE DO SEU SALDO, QUANDO APOSENTAMOS. É NECESSÁRIO RECORDAR, IGUALMENTE, QUE, Á ÉPOCA, O BANCO JÁ HAVIA SE BENEFICIADO COM REDUÇÃO DE ENCARGOS SOCIAIS SOBRE A PARCELA CONTRIBUTIVA, MAIS UMA VEZ CONFIGURANDO A OBRIGATORIEDADE DESSE RECOLHIMENTO. ESTA PARCELA ERA SALÁRIO INDIRETO, DIVULGADO COM ÊNFASE PELO EMPREGADOR COMO DIFERENCIAL DE MERCADO.
E O TAL DE PLEBISCITO? VAMOS FALAR SÉRIO! FOI UM GRANDE E MAQUIAVÉLICO TEATRO, AH ISSO FOI, TANTO QUE O PRÓPRIO PRESIDENTE DA PREVI NOS CHAMA DE "ATORES", SÓ NÃO NOS CHAMOU DE "PALHAÇOS", PORQUE A SUA ASSESSORIA DEVE TER CORTADO A PALAVRA E SUBSTITUÍDO POR ATORES. FICOU MAIS LEVE.
Ricardo Flores: Eu diria que foi exemplar. Todos os ATORES que estiveram envolvidos no processo se mostraram focados na busca por uma solução verdadeiramente positiva para todos os interessados e o resultado é esse: benefícios concretos para aposentados, pensionistas e funcionários da ativa. O entendimento em torno do superávit deixa como legado o aprendizado de que é possível avançar sempre, com uma gestão participativa e comprometida com a PREVI.
HABILMENTE, TODA EMBRULHAÇÃO FOI MONTADA PARA QUE NÃO HOUVESSEM SURPRESAS. OS NOSSOS COLEGAS DO PB 1, AINDA NA ATIVA, FORAM INSTRUÍDOS A VOTAR “SIM” PORQUE O ACORDO " JÁ TINHA SIDO ALINHAVADO ENTRE TODAS AS PARTES," INCLUSIVE OS APOSENTADOS, FEDERAÇÕES, CONTEC/CUT E SINDICATOS. SÓ NÃO DISSERAM A ELES QUE QUEM ASSINOU ESTE ACORDO, EM NOSSO NOME, NÃO TINHA LEGITIMIDADE PARA TANTO, NÃO ESCLARECERAM QUE, MESMO O PLEBISCITO APONTANDO "NÃO" PARA A PROPOSTA, A PREVI ESTAVA, POR LEI, OBRIGADA A DISTRIBUIR OS VALORES EM FUNÇÃO DOS TRÊS ANOS, CONSECUTIVOS, SUPERAVITÁRIOS.
Continua...

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Parte II

"ESQUECERAM" DE DIZER AOS COLEGAS DA ATIVA QUE ESTA "BENESSE", LHES RESERVANDO PERCENTUAL IGUAL AOS JÁ APOSENTADOS, PARA SAQUE FUTURO, É UMA OBRIGAÇÃO, O DINHEIRO É DELES, E SERIA MUITO MAIS DO QUE ISSO, SE NÃO NOS HOUVESSEM ROUBADO.
A COMUNICAÇÃO COM ÀQUELES QUE NÃO "NAVEGAM" NA INTERNET, E QUE SÃO MAIORIA, É PRIVILÉGIO DO BANCO E DA PREVI, POIS OS ENDEREÇOS NÃO PODEM SER "ABERTOS", POR SIGILO LEGAL. ENTÃO, COMO VAI HAVER PARIDADE DE DISPUTA, SE APENAS UM DOS LADOS CONHECE OS ENDEREÇOS DOS ELEITORES? COMO VAI HAVER LEGALIDADE, SE SÓ BANCO E PREVI MANTÉM PRIVILÉGIO DE FAZER CHEGAR AOS NOSSOS LARES AS SUAS MENSAGENS? SÓ APARECE AQUILO QUE ELES QUEREM DIZER, SEM DAR OPORTUNIDADE AO OUTRO LADO PARA CONTESTAR. ASSIM, É CLARO, SÓ MOSTRARAM AS PARTES BOAS.
ATÉ O ÚLTIMO INSTANTE, ANTES DAS ELEIÇÕES, NÃO SE SABIA SE, DENTRE AS PERGUNTAS DO PLEBISCITO ESTARIA, CLARA E LÍMPIDA, A OPÇÃO DE DOAR AO BANCO A METADE DOS VALORES. NINGUÉM SABIA COMO SERIA FORMULADA A PERGUNTA. LÓGICO QUE "DOURARAM A PÍLULA". PARA TER "ISTO" VOCÊ TER DE DAR "AQUILO".
ACRESCENTE-SE, AINDA, A GRANDE DIFICULDADE PARA SE VOTAR NO SISTEMA TELEFÔNICO DA PREVI. LÓGICO, QUE IDOSO, EM GERAL, É GENIOSO E SEM PACIÊNCIA. EU SOU ASSIM, VARIOS AMIGOS MEUS O SÃO. E ATÉ ISTO ELES APROVEITARAM, PARA ELIMINAR VOTOS QUE ELES NÃO SABIAM PARA ONDE IRIAM.
COM CERTEZA, PELA COITABILIDADE DELES, CONTAVAM COM OS VOTOS "SIM" DOS COLEGAS AINDA NA ATIVA.
OS INTERNAUTAS, EM SUA MAIORIA, VOTARIAM “NÃO”, E IRIAM, ATÉ MADRUGADA, SE NECESSÁRIO FOSSE, PARA VOTAR DENTRO DAS SUAS CONVICÇÕES.
E QUEM DECIDIU O “DIABO” DO PLEBISCITO? OS COLEGAS ALTAMENTE COMPROMETIDOS EM SUAS FINANÇAS QUE, COMO OS INTERNAUTAS INFORMADOS, FORAM ATÉ ALTA MADRUGADA PARA VOTAR E ASSEGURAR A QUANTIA PROMETIDA PELOS “SALTEADORES”, SEGUNDO ELES, AINDA ESTE MÊS.
ISTO DEMONSTRA O NÍVEL DE COMPROMETIMENTO ECONÔMICO EM QUE SE ENCONTRA O NOSSO PESSOAL. MAIS UMA VEZ ABRIRAM-SE FERIDAS QUE JÁ NÃO PODEM SER ESCONDIDAS. ESPECIALMENTE NO ÂMBITO DE PENSIONISTAS E FUNCIONÁRIOS COM MENORES SALÁRIOS A SITUAÇÃO É CALAMITOSA. E DISTO SE APROVEITA O BANCO PARA INFLAR O SEU BALANÇO E BURLAR A COMUNIDADE ECONÔMICA MUNDIAL.
MAS TUDO ISTO TEM MOTIVOS. ESTATÍSTICAS DE JORNAIS E REVISTAS NÃO SE CANSAM DE CRITICAR O ATENDIMENTO E OS SERVIÇOS DO ATUAL BANCO DO BRASIL. QUEM TE VIU E QUEM TE VÊ. A ÂNSIA DE COLOCAR “PARA FORA” OS “COROAS” E TRABALHAR COM MÃO DE OBRA MAIS BARATA, SÓ NÃO CUSTOU A LIDERANÇA NO “RANKING”, DOS MAIS LUCRATIVOS, PORQUE SE “SOCORREU” DO DINHEIRO DOS POBRES “VELHINHOS” DA PREVI.
Continua...

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Parte III - final

PARECE-ME QUE LEVAMOS PARA A APOSENTADORIA, OU PARA A ‘SEPULTURA”, A CAPACIDADE DO BANCO DE FAZER DINHEIRO, DE DAR LUCRO, DE ATENDER BEM AOS CLIENTES. O NOVO BANCO NÃO QUERIA DESFRUTAR DOS NOSSOS VÍNCULOS DURADOUROS COM AS COMUNIDADES, QUE NOS DAVAM O PRIVILÉGIO DE CONSEGUIR CUMPRIR METAS AO MENOR ACENO AOS NOSSOS FIÉIS CLIENTES. O NOVO BANCO NÃO QUERIA MAIS BANCÁRIOS, ELES PREFERIRAM "PASSAGEIROS" QUE CUSTEIAM SEUS ESTUDOS, ATINGEM OBJETIVOS MAIORES E CAEM FORA. APOSENTADORIA NO BANCO, APÓS O ÚLTIMO COLEGA DO PB 1, NEM PENSAR.
NÃO QUEREMOS DIZER, COM ISTO, QUE OS NOVOS COLEGAS NÃO TENHAM CAPACIDADE, QUE NÃO TRABALHEM, QUE NÃO SUEM A CAMISA, QUEREMOS, SIM, ALERTÁ-LOS DE QUE O BANCO NÃO OS QUER BANCÁRIOS E SIM UM EXÉRCITO DE "ROBÔS" QUE NADA DECIDE. O BANCO NÃO MAIS LHES OFERECE ALTERNATIVAS, NÃO EXISTE MEIO TERMO. HOJE, NÃO SE PODE MAIS MONTAR E ADAPTAR UMA OPERAÇÃO MAIS COMPLEXA, EM ATENDIMENTO AOS DESEJOS E NECESSIDADES DO CLIENTE E CONVENIÊNCIAS DO BANCO. SÓ SE PODE OPERAR DENTRO DO QUE ESTABELECEM AS INSTRUÇÕES FRIAS E IMUTÁVEIS. ACABOU A CRIATIVIDADE E, COM ELA, AS FÓRMULAS OPERACIONAIS QUE NOS LEGARAM LUCROS E CONCEITO OPERACIONAL DENTRE A CLIENTELA MAIS ABONADA.
RESTOU AO "POBRE" BANCO "SOCORRER-SE" DA "RICA" PREVI, DA POUPANÇA DE SEUS EX-FUNCIONÁRIOS, EMBORA PARA A MAIORIA DELES SEJA NEGADO ATENDIMENTO, PELO MENOS DIGNO, SOB A ALEGAÇÃO DE QUE SEUS "GANHOS" SÃO INCOMPATÍVEIS COM AS EXIGÊNCIAS ECONÔMICAS PARA QUE SEJAM BEM ATENDIDOS. ESQUECEM NOSSOS COLEGAS “PENSADORES” LÁ DE BSB, (POR ONDE TAMBÉM PASSEI), QUE MESMO ESTES "POBRES" SÃO DONOS DE PARTE DA PREVI, QUE RENDE AO BANCO, COMO UM TODO, DIVIDENDOS E LUCROS INCOMENSURÁVEIS.
E, PARA ENCERRAR, NÃO PODERIA DEIXAR DE REGISTRAR ESTA MANIFESTAÇÃO DO FLORES. E VEJAM QUE A DECLARAÇÃO ESTÁ PLENA DE CONVICÇÃO E CERTEZA, DE QUE NADA MAIS TIRA DO BANCO ESTA METADE ROUBADA. MAS PORQUE O FLORES "TORCE" TANTO PELO BANCO EM DETRIMENTO DE SEUS ASSISTIDOS? NÃO DEVERIA ELE PERMANECER EM POSIÇÃO DE NEUTRALIDADE, COMO CONVIRIA A UM EXECUTIVO QUE DIZ, APENAS, CUMPRIR E LEI?
Confiante em novos superávits, ele explicou que os novos recursos teriam a mesma destinação que o saldo de R$ 15 bilhões terá agora. "A gente vai sempre compartilhar (o superávit entre a patrocinadora e os participantes) dentro do que a regulamentação indica e determina, como está sendo feito agora." (...)
E OS SINDICALISTAS? “PELEGOS” E FALSOS “REPRESENTANTES”, QUE NA VERDADE SÃO PARTICIPANTES DA GRANDE QUADRILHA FORMADA PARA NOS ASSALTAR, NOS VÊM DIZER QUE EM 2011 HAVERÁ NEGOCIAÇÃO. SÓ SE FOR PARA AUMENTAR, AINDA MAIS, O “ROMBO” EM NOSSAS CONTAS E VOLTAR A ENCHER OS BOLSOS DELES. AGORA ACREDITO QUE SÓ A LEI, SE AINDA EXISTIR, PODERÁ NOS SALVAR.
Edison

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Mensagem do Dr. Tadeu:

Prezados irmãos,

Quero compartilhar com vocês uma nova reflexão (meu site):

http://drtadeu.wordpress.com/29-a-paz-do-natal/

Feliz Natal!

Tadeu

http://drtadeu.wordpress.com/

Obs. do Blog:

O Dr. José Tadeu de Almeida Brito é titular do Escritório de Advocacia que presta Assessoria Jurídica à AAPPREVI em Curitba (PR).

Anônimo disse...

Colegas,

Um Feliz Natal e que em 2011 possamos estar com saúde e desfrutando deste espaço para nos unir cada vez mais.

Vamos deixar as divergências de lado e construirmos uma frente que lute contra as injustiças que ocorrem na PREVI.

Abraços!

Isa Musa de Noronha disse...

Prezado Sr Marcos
Em nome da FAABB e em meu próprio nome, venho desejar-lhe e à sua família, um Feliz Natal e que em 2011 o prezado colega tenha a força e a tranquilidade para prosseguir com seu blog, esse extraordinário instrumento de esclarecimento do universo BB, Cassi e Previ.
Respeitosamente
Isa Musa de Noronha

Anônimo disse...

Sra. Isa Musa,

Um feliz Natal e que em 2011 as divergências sejam superadas e que todos trabalhem unidos pela melhoria dos benefícios da PREVI.

Anônimo disse...

PARTE I

QUANDO DA FUNDAÇÃO DA PREVIC. VEJA A NOTICIA PUBLCADA PELO 'ESTADÃO"

E fica a pergunta:

Alguém duvida da aprovação relâmpago do superavit? Previc um braço do PT?

A partidarização da Previc
30 de janeiro de 2010 | 0h 00

- O Estadao de S.Paulo


Criada por lei em dezembro e regulamentada terça-feira, a Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) entrou em operação com três diretores indicados pelo PT e pelo PMDB e nomeados pelo presidente Lula. O governo conferiu, assim, caráter partidário à direção da mais nova agência reguladora, como explicou, com clareza chocante, o secretário executivo do Ministério da Previdência, Carlos Eduardo Gabas, do PT de São Paulo: "Isso é muito natural. Queriam que a gente procurasse a oposição? Ninguém caiu aqui de paraquedas." E o diretor-superintendente e principal executivo da agência, Ricardo Pena Pinheiro, completou: "Não existe trabalho técnico sem o respaldo político."


Sucessora da Secretaria de Previdência Complementar (SPC), a Previc está incumbida de fiscalizar os fundos de pensão, responsáveis pela complementação da aposentadoria de quase 3 milhões de trabalhadores de empresas privadas e estatais, com cerca de 4,5 milhões de dependentes diretos. Esses fundos - conhecidos como entidades fechadas de previdência privada - são os maiores investidores institucionais do País e administram um patrimônio de mais de meio trilhão de reais, cerca de 17% do Produto Interno Bruto (PIB), e participam do controle ou têm ações de algumas das maiores companhias do País por valor de mercado, como Vale, Usiminas, BR Foods e Telemar.

Bastaria isso, portanto, para basear em critérios técnicos a escolha dos diretores da Previc. Afinal, as agências reguladoras são braços do Estado, que devem ter gestão independente em relação ao governo e aos partidos, incumbidas da aplicação de políticas públicas e não de atender aos interesses dos governos da hora. E essa tarefa depende de administrações rigorosamente profissionais, de diretores com mandato determinado, com nomes submetidos ao Congresso.

Mas não foi assim que o governo petista organizou a Previc. Os diretores não têm mandato nem foram aprovados pelo Senado. Embora alguns indicados tenham formação técnica, o principal atributo para a escolha foi a indicação por centrais sindicais ou por partidos da base do governo.

Já a cerimônia de posse da diretoria da Previc foi um evento político, com a presença do presidente Lula, do ministro da Previdência, José Pimentel, do ex-presidente do PT Ricardo Berzoini e do senador Romero Jucá, do PMDB de Roraima - estes, ex-ministros da Previdência. Além de Pinheiro, os diretores apadrinhados do PT na Previc são Edevaldo Fernandes da Silva, de Assuntos Econômicos, e Manoel Lucena dos Santos, de Fiscalização, que trabalhava no gabinete do ministro Pimentel. O PMDB indicou o diretor de Administração, José Maria Freire de Menezes Filho.

Anônimo disse...

PARTE II


Sem sede nem recursos orçamentários definidos, a Previc funcionará onde estava a SPC, no Ministério da Previdência. Até abril, deverá abrir um concurso público para o preenchimento de 200 cargos de especialistas em previdência complementar, analistas administrativos e técnicos administrativos. Outras 110 vagas, das quais 14 na alta administração, poderão ser preenchidas por critérios políticos. É quase inevitável, portanto, que a Previc se torne mais um cabide de empregos.

Dinheiro não faltará. A Previc terá confortável autonomia administrativa e financeira, uma vez que os fundos de pensão terão de recolher a seus cofres, a cada quatro meses, taxas variáveis conforme seu patrimônio, podendo chegar ao máximo de R$ 2 milhões anuais - para 2010, a previsão é recolher R$ 33 milhões.

Não são pequenos os riscos decorrentes da partidarização da Previc, cuja responsabilidade é fiscalizar os grandes fundos estatais de pensão, como o Previ, do Banco do Brasil, com patrimônio de R$ 135 bilhões; o Petros, da Petrobrás, com R$ 44 bilhões; e o Funcef, da Caixa Econômica Federal, com R$ 36 bilhões. Apenas essas três fundações representam quase a metade (46%) do patrimônio total dos fundos de pensão.

Órgão máximo de fiscalização dos fundos, a Previc terá agora de fiscalizar os "companheiros", o que deverá provocar frequentes conflitos de interesses.




Anônimo disse...

Não é questão de otimismo, mas acredito que o adiantamento da parcela de 12 meses deve acontecer.

Os cálculos já estão todos prontos basta apertar a tecla.

A incorporação dos benefícios especiais de remuneração e proporcionalidade foram realizados na folha de dezembro justamente para que os devidos cálculos fossem executados e creditados ainda este ano. Pode não acontecer mas a intenção foi essa.

Boa sorte a todos.

Feliz Natal e um 2011 ainda melhor.

Anônimo disse...

Marcos, essa matéria do jornal o "Estado de São Paulo" deveria fazer parte de qualquer ação judicial para colocar em dúvida a função e as resoluções desse orgão regulador.

A reportagem é bem clara citando os interesses partidários na administração da PREVIC como foi dito por Carlos Eduardo Gabas, secretário executivo do Ministério da Previdência.

A Resolução 26 não tem como sobreviver em ação direta de inconstitucionalidade (ADI).
Não importa quem seja o governo de plantão.

Anônimo disse...

Direto do blog do Medeiros, ai ai turma la vamos nós de novo ja rumo ao ano novo...(abraço Rafael)

Medeiros:

P. S. – Para não dizer que não falei de superavit, acabo de receber notícia, não confirmada que a PREVIC concluiu seu trabalho e a PREVI poderá, se quiser, rodar a folha suplementar no dia 28 ou 29 deste mes. A notícia, não confirmada, infelizmente não tenho mais tempo, face ao Natal, dá conta de que Ricardo Pena não teria gostado da nota do Ricardo Flores da Previ, que atirou toda a responsabilidade do pagamento em cima da PREVIC. Passar o Natal com a carga negativa do desgosto e da frustração dos funcionários, aposentados e pensionistas do Banco do Brasil, certamente não estava nos planos do dr. Ricardo Pena, que é um técnico bem intencionado. Vamos aguardar o que acontece na próxima semana.

Rogério Luiz Carvalho disse...

Coléga Isa, como participante do blog, quero lhe desejar um Feliz Natal e um melhor ano em 2011, que
a coléga tenha fôrça suficiente para enfrentar as incomprensões, e
principalmente as fôrças dos petra
lhas que se instalaram nos altos escalões da PREVI/BB. Bastante Paz
e saude, de coração deseja Rogério
Luiz Carvalho.

Anônimo disse...

Colegas, acredito também que nosso crédito vai ocorrer até o dia 31. Não tem mais espaço para burocracia, blá, blá, blá, etc, etc., visto que todas as partes já derão o seu DE ACORDO nas negociações.

Depois que o Congresso Nacional (Senado) aprovou o reajuste de seus vencimentos em menos de 05 minutos, tudo é possível.


Luis Eustáquio de Castro - Araxá-MG

ELIAS disse...

Nesta época do ano a Gente fica de coração mole e, às vezes, um pouco irracional. Poderia dizer, mão-aberta e perdulário. Tipo assim, não se importar de que "levem" mais de 50% do que é nosso por direito.
Mas...
Dia 25 é o 2010º Aniversário de JESUS CRISTO. É Natal. Que esta data e todos os demais dias sejam de Alegria, Paz, Saúde e Felicidade para Vocês, Blogueiros APOSENTADOS E PENSIONISTAS, e seus Familiares.
Fraternal abraço a Todos.
Ah, Eu ainda acredito em Papai Noel!