sexta-feira, 13 de maio de 2011

Fiasco

Caros Colegas,

Durante a “manutenção” efetuada, o Google excluiu este post com todos os seus comentários. Enquanto tentamos recuperá-los, esta publicação será mantida para conhecimento de todos. Na sequência serão publicadas as matérias pendentes.


Ofício FAABB 11_2011

Às Associações de Aposentados e Pensionistas do Banco do Brasil

Sr. Presidente,

Antecipando a comunicação formal e detalhada que será distribuída amanhã pelo colega que foi indicado para fazer os apontamentos ao longo da reunião. De antemão os representantes do Banco reafirmaram que qualquer alteração que resulte em novos benefícios o Banco somente acatará o que estiver em conformidade com a Resolução 26. Também informamos que os representantes do Banco do Brasil foram contrários à maioria das propostas postuladas, vão submeter outras ao jurídico do Banco e propuseram ouvir a PREVIC no que se refere à questão das alterações no Regulamento sem considerar os recursos oriundos da conta Reserva Especial para Revisão do Plano. Isto porque as entidades presentes todas foram unânimes em reafirmar que o que está em discussão agora não são os recursos constantes da Reserva, mas o cumprimento do Termo de Compromisso onde o BB concordou em reabrir estudos para rever nosso Plano de Benefícios nº 1.

Tão logo tenhamos os relatos completos repassaremos às co-irmãs com nossos comentários.

Atenciosamente,
Isa Musa de Noronha

53 comentários:

elvira disse...

Marcos,

Se algo diferente do exposto, ficasse decidido, seria surpresa. Não há o que esperar do governo e de nossos representantes.
Reitero que so há um caminho, o judicial.
Muita paz e serenidade para nós todos.

Anônimo disse...

Já vi esse filme antes (muitas vezes). É só conversa prá fazer boi dormir.
Jorge Castro,

Anônimo disse...

Nada a estranhar. Quem viu a negociação passada sabia que em uma ou duas reuniões não sai nada mesmo. eu não me frustrei não, pois não esperava nada agora mesmo. E ainda acho que desta vez vai ser mais dificil ainda sair algum beneficio pois nem o banco tá querendo a mixaria da metade de 4 bi

Anônimo disse...

QUE FURADA DONA ISA MUSA...PODIA TER DEIXADO PRÁ AMANHÃ. GRANDE NOVIDADES.

TÔ ACOSTUMADO.

Anônimo disse...

Na negociação passada o Banco assinou o acordo cuja finalidade é a de retomar as negociações até junho de 2011, e, assim, definir o Realinhamento do Plano. Mas como negociar se o Banco está intransigente e não aceita proposta alguma? O patrocinador não havia concordado em negociar nessa segunda etapa? Por que agora pretende passar o caso ao seu setor jurídico e à Previc? Que tipo de negociadores são esses, se não tem poder autônomo de decidir pelo Banco?
Podemos estar certo de que o Banco não concordará com nada e ficaremos a ver navios, enquanto a idade avança.

Anônimo disse...

Dona Isa mussa, explica melhor essa história, o que foi que não aconteceu? o que a senhora foi fazer lá?

Anônimo disse...

Colegas

Todos sabemos que enquanto a res. 26, estiver valendo o BB não vai abrir mão do direito à 50% que a malfadada resolução lhe dá.Tanto faz que chamem de superávit ou reserva qualquer valor que sai da Previ para beneficiar os aposentados o BB quer também.

Pensionista sem voz... disse...

Iberdrola quer parte do BB e da Previ na Neoenergia, diz fonte

Por Carolina Marcondes

SÃO PAULO (Reuters) - A espanhola Iberdrola está negociando com o Banco do Brasil e o fundo de pensão Previ, dos funcionários do banco estatal, a compra das respectivas participações na brasileira Neoenergia, afirmou nesta terça-feira uma fonte próxima ao assunto.

A fonte, que falou sob condição de anonimato, disse que a Iberdrola tem como objetivo ser a única acionista da Neoenergia, com ativos de distribuição de energia no Nordeste e de geração.

'Existe uma negociação da Iberdrola para ficar com a parte da Previ e do Banco do Brasil na Neoenergia', disse a fonte.

Atualmente, a Iberdrola possui 39 por cento da Neoenergia, enquanto BB e Previ detêm os 61 por cento restantes.

O vice-presidente financeiro do BB, Ivan Monteiro, afirmou nesta terça-feira, ao ser questionado sobre o assunto, que o banco está frequentemente avaliando suas parcerias estratégicas e participações, mas no caso da Neoenergia nenhuma decisão foi tomada até o momento.

'Estamos sempre avaliando nos desfazer de ativos não-estratégicos', disse Monteiro, falando em seguida de forma mais genérica sobre as participações que o banco possui em empresas.

Segundo reportagem publicada nesta terça-feira pelo jornal O Estado de S. Paulo, o BB estaria negociando a venda da sua participação na Neoenergia, Além disso, o jornal disse que o Banco Votorantim, que tem o BB como sócio relevante, poderia abrir o capital para obter mais recursos.

O vice-presidente financeiro do BB negou que existam planos de levar o Banco Votorantim à bolsa de valores.

CONSOLIDAÇÃO

A Neoenergia é dona de três distribuidoras no Nordeste --Celpe, Cosern e Coelba-- e de ativos de geração, incluindo a parte majoritária do consórcio que irá construir e operar a usina hidrelétrica de Teles Pires (MT).

No início deste ano, a Iberdrola anunciou a compra da distribuidora paulista de energia Elektro. A companhia, antes pertencente à norte-americana Ashmore Energy International (AEI), era alvo da CPFL Energia, que também tem o Previ como no grupo de controle.

Para alguns agentes do mercado, é possível que a Iberdrola use a Elektro como moeda de troca, cedendo a distribuidora à CPFL Energia como pagamento pelas participações do BB e da Previ da Neoenergia.

(Reportagem adicional de Aluísio Alves e Guillermo Parra-Bernal)

Lena. disse...

A senhora também em dona Isa...

aplausos!! aplausos.!!

Pensionista sem voz... disse...

Agora que o BB já meteu a mão no nosso dinheiro, vai ser realmente muito difícil conseguir alguma coisa. O maior erro da negociação passada foi não termos tirado proveito da situação complicada do banco. Tínhamos que impor o realinhamento do plano antes de qualquer distribuição de superavit. Se era mesmo impossível qualquer negociação sem que o banco tivesse direito à metade, que se condicionasse a doação dos 7,5 bi a um realinhamento do plano em que as principais propostas fossem contempladas.

Anônimo disse...

Senhor Marcos, meu nome é Letícia(fictício pois estou na ativa) moro no Rio. Quero deixar registrado aqui, que conheci o blog e AAPPREVI PLANO1 através da ex colega Lena ( hoje amiga Maria Helena) Desculpe-me por não ter me apresentado antes. Claro que vou me associar, pois Lena cobra muito isso. Parabéns pelo belo e limpo trabalho que desenvolve. Quanto ao passado dos colegas não sei muito,mas estou conhecendo e aprendendo com todos vocês. O BB de hoje é muito diferente. Colegas puxando o tapete e falta humanidade.

Quanto ao resultado da tão esperada reunião foi realmente um FIASCO. Judicial neles!
Obs: pode ser que eu tenha mandado outro comentário,a internet está péssima.
Abraço para o senhor e a TODOS os colegas.

Letícia.

Anônimo disse...

DIGO:
Que o tempo perdido é o que se repete;
que o que se repete fica perdido no tempo;
se repitam e tudo será tempo para sempre perdido.
DECRETO:
Não existem mais ativos e inativos.
Doravante seremos todos nativos.
AFIRMO:
A lei só será declarada morta, se não mais puder se apresentar diante de nós, na forma da lei.
BRADO:
Previdencia ou morte!

M.Duarte- Niterói

julita disse...

Que horror, tudo para nos enganar!!!
Mas fique sabendo Dona Isa que não somos mais trouxas!!!
Queremos nossos 100% de pensão, afinal quantos anos nossos maridos pagaram para a PREVI?

Anônimo disse...

Dona Isa, quando a gente assina algum contrato no BB é rigorosamente obedecido, e agora o BB e a PREVI não vão honrar o que prometeram?

Anônimo disse...

Pelo que entendi parece que tudo que beneficie economicamente os assistidos não será aprovado.

Anônimo disse...

Não entendo porque as pessoas esclarecidas ainda não entenderam que o PT NÃO é diferente dos outros governos (pra não usar outro termo).
Eles NUNCA vão decidir - espontaneamente - nada que beneficie o povão, sem que daí lhe resulte dividendos políticos. É caso da bolsa-família, v.g., que rende muuuuitos votos. O que o Governo vai lucrar olhando para os associados da PREVI?
Certamente manobras politicas - e judiciais - serão empreendidas (Res. 26, por exemplo) para "legitimar" a aplicação desse espetacular superávit em obras públicas... as Olimpíadas e a Copa do Mundo estão às portas.
Eu tenho nojo da hipocrisia desse governo que se rotula "dos trabalhadores".

Anônimo disse...

DE: Socorro Aragão (msasousa Belém-PA
Ao Anônimo das 19:17 e Lena.
Coloquem-se no lugar da Isa.
Para que haja negociação, tem que ter os dois lados. O que fazer, se o outro lado não quer saber do assunto, apesar de ter assinado um ACORDO.
Acredito que esse tipo de cobrança tem que ser feito sistematicamente aos eleitos da previ, por todos. Eles prometeram quando pediram votos. Portanto devem ser cobrados.
Mas nesse caso, só mesmo a justiça, pois se não tivermos tempo de sermos beneficiados em vida, ficará para nossos filhos.
Um BOM DIA a todos.
Socorro.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

O Google está apresentando problemas para o registro de postagens. Há previsão de retorno à normalidade por volta das 10:00 horas.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

O Google normalizou as postagens.

Não há nenhum comentário com publicação pendente de registro até o momento, 09h14m.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

BB busca crescer em segmentos mais lucrativos

Cristiano Romero e Fernando Travaglini | De Brasília
12/05/2011 (Valor)

O Banco do Brasil (BB) quer encerrar 2011 com ativo total de R$ 1 trilhão (cerca de US$ 617 bilhões). A meta, fixada pelo presidente do banco, Aldemir Bendine, em reunião com seus principais executivos, representará, se for cumprida, crescimento de 22% em relação ao ano passado, mas de apenas 15,3% quando comparada à posição já alcançada no primeiro trimestre deste ano.
Fonte: Jornal Valor Econômico

Anônimo disse...

Já dá para imaginar como serão essas negociações. Dificilmente o Banco vai promover qualquer realinhamento no Plano 1 tendo em vista que já deixou claro que a famigerada Resolução 26 é que norteará as modificações que venham a ocorrer. Então é isso, no fundo no fundo se discute é mais uma distribuição de superavit. O que sobrará do elenco de propostas apresentadas provavelmente será um 14º salário a ser incorporado ao regulamento e que será vendido como realinhamento do plano. Colegas preparem-se: Aposto minhas fichas que vem aí o BAT (Benefício Anual Transitório) cujo mês de pagamento deverá ser objeto de mais algumas reuniões.É o que dá pra pagar com esse superavitzinho. Em tempo:
BAT em inglês significa morcego.

Anônimo disse...

Enquanto o BB não precisar "Sangrar" mais uma vez a PREVI, ele nada negociará. Por enquanto não é do interesse dele.

Anônimo disse...

O bb vai fazer de tudo para que convalidemos a res. 26. Não basta o despropositado SIM do plebiscito. Agora antecipam que nenhuma lei será levada em consideração, a não ser a famigerada-26. Diante disto, não há outro caminho a não ser ABANDONAR as negociações e buscar a solução na justiça. Nada haverá de melhorias nestas condições. Então, REITERO, abandonem todos esta farsa e procurem o judiciário. Ninguém está autorizado a "negociar" ao arrepio da Lei. Repito: a Res.26 será defenestrada na justiça. A hora é agora, OU calem-se para sempre. O Judiciário é o que nos resta. E o mais seja o que Deus quiser. Tenhamos dignidade e coragem para fazer alguma coisa em favor dos verdadeiros donos da Previ. Chega de lamentações, que isso não é mais suficiente para a nossa causa.

Anônimo disse...

Senhor Marcos,
Solicito humildemente ser informado da resposta dos ilustres advogados desta Associação sôbre os questionamentos feitos pelo insigne senhor João Rossi no dia 10 de maio de 2011 às 08:08.
Precisamos começar a agir. Não tenho mais cara para só reclamar e reclamar.

Barbacena. MG

Anônimo disse...

Meu avô sempre dizia:
o dificil não é envelhecer menino.
o dificil é perder o valor.

José de Alencar Felinto - Brasilia DF disse...

Se eu fosse essa dona Iza iria mandar os blogueiros catar coquinhos. A mulher é a única que da satisfação das coisas e a turma lhe cai de pau no lombo porque o Banco não quer atender o que pedimos. Não vi ninguém esculhambar o banco os negociadores do banco. Só crucificam dona Iza. Por mim ela já teria desistido de conversar com o banco e iria só insistir nas ações judiciais. Daquele mato só sai coelho quando o coelho pode ser dividido por dois. Sugiro que peçam a ela os nomes dos caras do banco que falam em nome do BB e vamos todos mandar nossos recados malcriados pra eles.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caro anônimo das 06:47

Ainda não temos resposta ao que nos pede. Vale lembrar que a questão foi levantada no dia 10, há apenas dois dias, portanto sem ter decorrido tempo hábil para apreciação.

Anônimo disse...

OREMOS TODOS:


Pai noso que está no céu santificado seja o nosso reino e seja feita a nossa vontade aqui na terra e não na previ,dai hoje o que tiram ontem para sempre amém.

pensionista desesperada.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Mensagem da UNAP-BB

Colegas do BB,
O número 6 do nosso Boletim - anexo em doc e em pdf - contém trechos de uma Carta enviada pela AAPBB para a FAABB. Trata-se de um texto substancioso, que merece uma atenta leitura de todos nós. A versão completa está à disposição em nosso site www.unap-bb.org.
Esta divulgação se insere na postura do Movimento em repercutir todas as vozes que têm se levantado contra a famigerada Res.26, do CGPC.
A ampla divulgação desses textos todos - Cartas a entidades, a políticos, ao Ministério Público, ao Judiciário etc... - representa um importante trabalho de INFORMAÇÃO, que muito pode contribuir para a necessária CONSCIENTIZAÇÃO de todos para os riscos que ameaçam o nosso futuro.
Mas não devemos nos iludir, esperando que essas louváveis iniciativas individuais e teóricas possam resolver as nossas dificuldades. Todas as medidas que vêm sendo tomadas, desde muitos anos, abocanhando recursos da PREVI e deteriorando a CASSI, o são de forma consciente e seguindo diretrizes superiores.
Não serão representantes "de papel", escolhidos, TODOS, pelo binômio Governo/BB, sem legitimidade de fato, que conseguirão oferecer alguma resistência à volúpia que o patrimônio da PREVI desperta.
Apenas uma UNIÃO NACIONAL, composta de dezenas de milhares de apoiadores, representada por colegas escolhidos/eleitos DIRETAMENTE por TODOS nós, que se comprometam a defender APENAS o que a maioria dos aposentados e pensionistas decidir ANTES, terá legitimidade e força para dizer NÃO aos que nos prejudicam.
Quando esta edição do BIM chegar às suas mãos solicitamos que vocês imprimam, frente e verso, alguns exemplares e os distribuam a colegas que não utilizam a Internet (nas suas AABBs, nas suas agências etc), pedindo a cada um deles que faça o mesmo.
Atenciosamente
UNAP-BB
(Movimento pela União Nacional de Aposentados e Pensionistas do BB: apolítico (interna e externamente), tocado por voluntários (não remunerados) e de adesão gratuita)

Obs. o Boletim está disponível no site da UNAP-BB (www.unap-bb.org).

Carlão/Joinville disse...

Espero que desta feita não venham com aquele discurso de receber agora o que o bb quer nos dar (para reforçar a ceia de Natal -lembram-se?), e buscar o restante na justiça, culpando a D. Isa por tudo de ruim que nos acontece.
Ou saimos da moita e vamos à luta (o que parece ser uma hipótese meio remota dada a nossa acomodação - ou seria covardia?), indo ate as ultimas consequencias pela derrubada da famigerada Resolução 26, ou vamos ver o bb utilizar essa excrescencia juridica até o final dos tempos.
O resto é discurso para enganar trouxa.

Anônimo disse...

Meu avô dizia uma coisa parecida, amigo. Cada vez que ele passava pela mesa da sala de jantar dizia:
A cada dia que passa esse móvel vale mais do que eu.

Anônimo disse...

Então está decidido:
Reuniões de agora em diante, só as dançantes.
Justiça já.

Anônimo disse...

Colegas,

Li em um livro ( Receitas Espirituais de José Mazzarollo) o seguinte:

"Numa conclusão bem simples e prática, os homens ou são deuses ou são diabos. Os dois extremos são testemunhados pelos fatos que conhecemos: alguns dão a vida pela causa do bem; outros ENVERGONHAM ATÉ O DIABO com seus feitos criminosos e hediondos".

ESCREVO ISTO para o comportamento suspeito dos dirigentes do BB/Previ/Governo.
Se eu estiver errado serei certamente condenado por Deus, mas vou esperar para me certificar de que os errados são os atuais dirigentes das entidades acima citadas, por escravizarem os aposentados já em avançada idade.
Que Deus os julgue aqui na terra, se possível.
Sorte aos homens de boa vontade!

Anônimo disse...

Colegaas,

Não adianta entrar na justiça para conquistar nossos direitos. Afinal,
desde quando a justiça vai nos de-
fender se ela está sempre do lado
do mais forte,governo/bb/previ?

Um abraço.

Anônimo disse...

OLHA, EU JA FALEI AQUI QUE SOMENTE COM UMA REAL E FORTE MOVIMENTAÇAO QUE CAUSE ALGUM IMPACTO A NIVEL NACIONAL PODERA SAIR ALGUMA MELHORA PARA OS APOSENTADOS E PENSIONISTAS DA PREVI.
A MAIORIA TEM VERGONHA DE PEGAR UMA PANELINHA COLOCAR UM NARIZ DE PALHAÇO E IR PARA A PORTA DO GOVERNO EM BRASILIA FAZER O VERDADEIRO PANELAÇO.
SEI QUE É O FIM DA PICADA TER QUE SE SUBMETER A UMA COISA DESTAS, SEM FALAR NOS CUSTOS DA VIAGEM E ETC...
MAS QUEM VIVER VERA QUE A COISA MUITO EM BREVE VAI CHEGAR AS VIAS DE FATO.
TEM QUE MOSTRAR PARA TODO O BRASIL A VERDADEIRA FACE NEFASTA DO BANCO DO BRASIL QUE ESTA ESCONDIDA NUMA PROPAGANDA ENGANOSA, FAZENDO CRER QUE É UM BANCO COMPROMETDO COM O BEM ESTAR SOCIAL, QUE VALORIZA SEUS CLIENTES E FUNCIONARIOS,ISTO É COISA QUE INFELIZMENTE JÁ FICOU NO PASSADO, SOMENTE IMPORTA AGORA OS LUCROS E DIVIDENDOS, É MUITO TRISTE, MAS É A VERDADE.
APOSENTADOS SÄO PEÇAS ANTIGAS DESCARTAVEIS, SUBSTITUIDAS POR OUTRAS QUE TAMBÉM ALGUM DIA SERÄO IGUALMENTE DESCARTADAS.
PENSIONISTAS ENTÄO NEM SE COGITA.

DILSON K.A

Anônimo disse...

De tão ruim que deve ser, ninguém quer dar a notícia sobre a reunião.

Anônimo disse...

Bem como falou a "Pensionista Sem Voz", das 20:05, de 11.05.11.
O Banco prometeria qualquer coisa para poder se apoderar dos SETE BILHÕES E MEIO (R$ 7.500.000.000,00). Foi o que aconteceu. E os negociadores, mal-intencionados ou imbecis, ingoliram. Isso é muito dinheiro gente! É uma fortuna ! Não são milhões. São SETE M I L E QUINHENTOS vezes M I L H Õ E S DE REAIS. Deu até prá comprar um banco norte-americano exatamente com esse valor.

Então, o que aconteceu: o banco propô realizar uma "segunda etapa" de renegociação, dando certeza de re-alinhamento do Plano. Foi um entendimento entre as partes. Foi um acordo. Só que agora, com a fortuna já no bolso, o Banco quer muito mais. Senão, não negocia. E o dinheiro dos aposentados e ativos do PB1 tá indo pro ralo. Isso é uma catástrofe. Devemos agir rápidamente através da justiça. Se é que essa não decidirá pelo governo.

Não adianta mais chorar. Devemos agir. Vamos colaborar com as listas de assinatura para derrubar a Resolução 26.

Até mais!...

Anônimo disse...

Senhor moderador bom dia,
Eu gostaria, sem embargo das opiniões avalisadas do setor jurídico de expressar a minha opinião.
Um tutor que esteja sabidamente malversando os fundos de um tutorado não pode ser levado à justiça, para responder por seus atos?
O que são os gestores da Previ, senão tutores?
Acho, sem ofensa, que temos culpa em nossa inércia.
Dona Isa Musa, eu lhe agradeço por tudo que tem feito, mas gostaria que a sua federeção entrasse na justiça por nós.
Nós vamos lhe seguir dona Isa. Pode contar com este velho companheiro de banco.

Anônimo disse...

Anônimo das 08:05,

Aqueles que arquitetaram a Resolução 26, e os que a estão pondo em prática, inclusive exigindo, devem ter a consciência pesada hoje. Nunca mais terão um sono tranqüilo.Credo!

Anônimo disse...

Ao Dilson K. A.
12 maio de 2011 08:38

Concordo amigo. Mas e se primeiro fazendo as contas do quanto vai custar, vamos dizer, hospedagem, viagem, etc...para quinhentos ,mil, manifestantes. não pegassemos uma grana para comprar espaço numa revista de circulação nacional?
O Rossi pode escrever. O Edison do Bem. O marcos Cordeiro de Andrade.
Nós temos vozes. Só precisamos do microfone.
Vamos nos organizar.
Valeu colega.
Se precisar ir a Brasilia eu vou.

Assunção. Rio de Janeiro

Anônimo disse...

Colegas,

Não estou entendendo uma coisa, a culpa de tudo que esta acontecendo é da Sra. Isa MUsa??? Quem elegeu nossos representantes na PREVI, até o Blog Eleitos da Previ, eles não tiveram coragem de assumir e continua fora do ar.

A ANABB continua com 100 mil sócios e a culpa é da Dona Isa ?? Quem sabe cada um assume sua parcela de culpa, ao se omitir de votar, ao permanecer filiado a uma associação, onde o Valmir fez o que quis durante 20 anos graças ao dinheiro que nós doamos a ANABB.

SE ALGUÉM TIVER UMA IDÉIA BRILHANTE DE COMO SE CORRIGE EM UM DIA A OMISSÃO DE UMA VIDA, POR FAVOR ME DIGAM.

Rubem Tiné disse...

Eu só queria entender duas coisas. Perguntar não ofende:

1-Qual a culpa que Dona Isa tem em o banco só querer negociar com base na resolução 26?

2-Porque a justiça ainda não se pronunciou para um assunto tão fácil: A resolução 26 é ou não válida?

Porque ninguém ataca a justiça e o banco como atacam a Dona Isa. Eu só queria entender.

Anônimo disse...

Somos omissos. Não reclamamos de nada, não temos boca nem voz para evitar que nos roubem, mediante uma simples resolução...
A Justiça existe SOMENTE para aqueles que a requeiram. NEM ISSO NÓS FIZEMOS...
Tristes pais de famílias !Incapazes e inaptos !

Parabéns a turma do não-negociar do Banco do Brasil.
Quem são vocês ? saberemos: nome a nome...

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caros Colegas,

Qualquer dos nossos colaboradores já teria redigido a Nota Oficial relatando o ocorrido na reunião de ontem, se lhe fosse dado executar a tarefa. Para fazer uma dissertação do que se viu, e vivenciou, não precisa ser um filólogo, ou mestre das letras em qualquer grau. Nossos comentaristas do dia a dia se saem muitíssimo bem nas suas colocações, e eventuais erros são compensados pela vontade do acerto, pois o que conta é a essência do que se quer dizer – e a coragem de fazê-lo. Por isso são bem vindos todos que se dispõem a colaborar postando textos sinceros retirados do fundo da alma, amparados na certeza de que nenhum de nós domina a gramática como gostaria. Se não somos de todo analfabetos, resta-nos o consolo de que o pouco que sabemos é suficiente para superar os participantes das eternas e infrutíferas reuniões que nos deixam, sempre, na expectativa do que custa a vir – pelo medo de ser autêntico.

Já estamos chegando ao fim do segundo dia de ocorrida a reunião, e nada. Foi-nos prometido um relato, por quem de direito, como dito: “Antecipando a comunicação formal e detalhada que será distribuída amanhã pelo colega que foi indicado para fazer os apontamentos ao longo da reunião”. Lamentavelmente esse iluminado é muito fraquinho, e até agora não conseguiu ajuntar as letras para livrar-se do hercúleo fardo.

Peçam ajuda ao Blog Previ Plano 1 que aqui encontrarão gente melhor qualificada entre os muitos colaboradores de nomes conhecidos e desconhecidos , e outros até mesmo com nomes escondidos como anônimos, mas todos reconhecidamente capacitados.

Mas, reclamar a quem? Afinal, eles fizeram uma reuniãozinha particular ou ela envolvia os interesses de pouco mais de 110 mil pessoas? Ou eles pensam que ali foram tratar dos seus assuntos particulares e, assim sendo, uma vez conhecedores do que se passou dane-se o resto?

Não basta usar a Colega Isa Musa de Noronha como bucha de canhão e esconder-se por trás da sua coragem. Há que se ter hombridade para aparecer na frente de batalha empunhando uma bandeira. Nem que seja branca, pedindo paz. Ou determinando o grau de covardia que cada um é portador.

Vamos com calma. Devagar com o andor, que o santo é de barro.

Marcos Cordeiro de Andrade

Anônimo disse...

Caros colegas aposentados do BB

Assim que a matilha cancelou a reunião do dia 05/maio - ja fiquei
com a pulex irritans no lugar precedente do pavilhão auricular externo . (*)

Não houve uma justificativa informando o motivo do adiamento para 11 de maio (ontem).

Agora (now) 15.36.00 h e não sabemos qualé o tamanho do fiasco.

Sabemos, cfe. nosso líder Marcos
(André) que houve um fiasco. Só.

Assim a gente continua na expectativa de uma notícia alentadora que nunca chega.

Anônimo disse...

Continuando e explicando

(*) - com a pulga atrás da orelha .

mesquitasantana disse...

Caros colegas.


Muito oportuna e feliz a colocação do anônimo da postagem mais recente. Ali eu pediria permissão para acrescentar ao seu texto: Erros, acomodação e covardia de uma vida e que infelizmente continuamos a cometer. Não imagino alguem pensar que possa corrigir mazelas de uma vida inteira e continuando a cometê-las vejam a votação do famigerado plebiscito e garanto que ainda hoje se o bb tiver coragem de propor novo plebiscito ainda lograria êxito. A grande maioria de nossos colegas ainda vota com o Banco e para o Banco mesmo que seja em troca de migalhas. Esta é a cultura.

abraçosa todos

carlosdomini disse...

Sua resposta foi postada para o seu tema de interesse no Sistema de duvidas do site ANABB.

Pergunta:
É bastante interessante a Anabb noticia a reunião de definição plano previ1 e depois silencia. A cada dia aposentados e ativa estão ficando despretigiados se fosse o Previ Futuro dariam de pronto o aconteceu na reunião

Resposta:
Prezado Carlos, diante de sua mensagem, informamos que até o momento não foi divulgado o resultado na última reunião da PREVI. Orientamos aguardar, uma vez que os resultados serão amplamente divulgados por nossos meios de informação. Contamos com sua compreensão e agradecemos seu contato.

Atenciosamente,

Obs.Tive que alfinetar a previ futuro pois estão a cada dia atrás desse segmento e um dia chegará o previ 2030 e nós já no outro mundo vendo o futuro esperneando.Antes era o FHC, com Lula continuou a Res.26 e hoje?

Oscar disse...

Marcos,
Parabéns!
Bons blogs contribuem para o processo de divulgação da informação.
Vai longe o tempo em que reter conhecimento era sinal de controle e poder. Esse pacto de silêncio, além de um artifício antidemocrático, revela um certo menosprezo ao contingente de participantes do PB1.
Todavia, sobre o andamento das negociações, nenhuma surpresa. Tudo como dantes. E haja holofotes...
Cordialmente,
Oscar A. Feldmann
Blumenau SC

Anônimo disse...

Aprovada isenção de IR para aposentadoria de deficiente


Agência Câmara de Notícias


BRASÍLIA — A Comissão de Seguridade Social e Família aprovou nesta quarta-feira (11) o Projeto de Lei 6990/10, do deputado Eleuses Paiva (DEM-SP), que isenta do Imposto de Renda os proventos de aposentadoria de pessoas com deficiência física, auditiva, visual e mental. Atualmente, a legislação já isenta do Imposto de Renda as aposentadorias de portadores de doenças graves, como câncer e mal de Parkinson.

O projeto foi aprovado na forma de substitutivo apresentado pela relatora, deputada Elcione Barbalho (PMDB-PA). O substitutivo incorpora ao projeto o mesmo conceito de pessoa com deficiência previsto na Convenção Internacional sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência.

Segundo o texto aprovado, “a pessoa com deficiência é aquela que tem impedimento de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, os quais, em interação com diversas barreiras, podem obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdades de condições com as demais pessoas”. Serão beneficiados pela isenção de IR os proventos de aposentados que se enquadrarem nessa definição.

Elcione Barbalho disse que a isenção de IR é necessária porque os aposentados com deficiência possuem gastos elevados com tratamentos de saúde, cadeiras de rodas, medicamentos e transportes especiais. Ela lembra que esses gastos, por vezes, superam a renda dos aposentados e exigem complementação por parte de familiares e amigos.



Tramitação

O projeto tramita em caráter conclusivo e ainda será analisado pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Anônimo disse...

SABEM O PORQUE DE NÂO FALAREM NADA SOBRE A REUNIÂo? PURAMENTE COVARDIA!!!!!!!

Anônimo disse...

Marcos,

Quando a notícia, nestas questões, é boa ela surge rápida.

Mas quando a notícia não é boa ela tem quer ser bem elaborada, pois, para frustrar os anseios de todo o universo dos aposentados da Previ, deve ser muito difícil dizer não quando todos esperam um sim.

Por mais que os que locupletam com o governo, devido as vantagens pecuniárias que ganham, tevem ter um pequeno, quem sabe um ínfimo resquício de moral, de saber que o que estão fazendo conosco é algo que transcende a maldade, a personificação do mal.

Que mãe que gostaria de ter gerado filhos que representam o mal. Com tanto espaço para praticar atos de bondade preferem a prática diametralmente oposta.

Se houve alguém em nossa defesa não passou de pura encenação.

Acho que esperamos demais em não acionar a justiça. Não sei não, não vejo nenhuma perspectiva nessa demora de tomada de decisão. Falta-nos agressividade, infelizmente.

Ainda, posso dizer boa sorte a todos, pois, ao que parece ficaremos à espera de um milagre.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Eis o que conseguimos apurar com relação à manutenção do Blog, pelo Google:

http://www.ferramentasblog.com/2011/05/o-blogger-esta-fora-do-ar-e-indisponivel-sem-explicacao-consistente.html

ou

http://hili.in/Ty