segunda-feira, 16 de maio de 2011

União

Caros Colegas,

Deixemos de lado comentários fúteis e disputas inconseqüentes. Com a postura adotada pelo Patrocinador não mais podemos tratar de coisas pequenas, somente. Comprovadamente não se trata apenas de pleitos imediatos pelos quais devamos nos bater, pois o Banco abriu as cartas na mesa e declarou que quer mais do que merece por direito, abandonando a postura da enganação. Agora ele diz despudoradamente que não respeita as Leis – e que tudo pode. O futuro dos participantes do PB1 está em jogo. Apresentar sugestões para realinhamento do plano e distribuição de superávits virou coisa de somenos importância, se comparados ao assunto que ora vem à tona: a declarada disposição do Banco de nada nos disponibilizar, sob a alegação de que a ele somente interessa abocanhar o que bem entenda, e que pertença ao Fundo, em todos os sentidos - e incondicionalmente. Diz até o que quer que seja pago aos seus apadrinhados políticos às nossas expensas. Coisa de 80.000 reais mensais, a cada um deles – verdadeiras fortunas se comparados ao benefício médio de cinco mil reais pagos aos aposentados, e de dois mil, às pensionistas, mesmo que estes benefícios (de aposentados e pensionistas) se configurem direitos adquiridos pelas contribuições vertidas - ao contrário do que o bondoso patrocinador que dar aos beneficiados por sinecuras.

Por isso urge buscar a união de todos que entendam a gravidade do momento por que passa o patrimônio da PREVI. Se o presente é instável o futuro se afigura inconsistente, sob o risco de nem existir, em termos de recursos para suportar o pagamento dos benefícios da aposentadoria e das pensões que pensávamos assegurados, tamanha a sanha com que o Banco avança sobre o que nos pertence – com apoio e amparo do Governo e dos partidos governistas. O mundo precisa saber o que se passa sob o manto da impunidade que protege o patrocinador, quando nem mesmo o poder judiciário atende aos reclamos de justiça, em que pese a contundência das denúncias apresentadas.

Neste grave momento devemos abandonar as disputas pessoais; de Blogs, de Grupos, de Movimentos e de Sites para se cuidar de um processo único, indivisível e crescente. Usemos de toda a força que nos dispõe a Internet para a troca de conhecimentos e de instrumentos de defesa. Façamos da experiência a principal arma de enfrentamento ao que nos ameaça. Cuidemos de postar comentários pertinentes e abalizados, com propostas de como atuar em prol de um Movimento único para esclarecimento público.

Não importa que nome tenha o espaço que se possa usar, desde que se disponha a trabalhar pelo bem comum. A origem de cada sigla é a mesma e comporta o mesmo fundamento: todas apregoam a defesa do patrimônio formado para pagamento de aposentadorias e pensões dos funcionários do Banco do Brasil. Sejam Blogs ou Sites não devem servir a nenhum Senhor. São bens públicos. De igual modo as Associações não pertencem aos dirigentes, mas aos associados. E estes, no conjunto, são a essência da PREVI. E é por eles que todos devem trabalhar e defender. Pouco importa se o Blog foi fundado por fulano ou beltrano, assim como não se deve considerar como patrimônio de um pequeno grupo essa ou aquela Associação. Afinal, o conjunto de tudo isso representa a única força capaz de fazer frente à ganância predadora do Banco do Brasil, ora contando com o beneplácito do Governo Federal – final beneficiário desse despropósito, sob a máscara de protetor dos trabalhadores – ativos e inativos.

Unamo-nos, pois, empunhando a mesma bandeira da defesa dos aposentados e pensionistas dependentes do Plano de Benefícios N° 1, da Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil.

Ou todos nós findaremos amontoados na vala comum da mendicância.

Marcos Cordeiro de Andrade – Curitiba (PR) – 16/05/2011.

136 comentários:

magyfilho disse...

Se essa atitude fosse tomada a mais tempo com certeza não nos encontraria-mos nessa situação ridícula. Já que o que interessa a todos é a defesa de nosso plano, então vamos lutar juntos, com todas as forças disponíveis e esquecer a distribuição de louros que ainda não os merecemos.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

À


Associação dos antigos Funcionários do Banco do Brasil – AAFBB

Sr. Presidente,



REUNIÃO DA FAABB - Conforme entendimentos pessoais mantidos no último dia 11 de maio, consulto sobre a possibilidade da AAFBB nos ceder hospedagem e alimentação na Sede Campestre de Xerém, para os dias 03, 04 e 5 de junho próximos, sendo que o dia 03 será reservado para a chegada dos representantes das Associações ao longo do dia e o dia 5 para a partida também em diferentes horários. No dia 4, sábado, a reunião terá início às 9 horas e término previsto para as 18 horas.



Atualmente as Associações de aposentados e Pensionistas do Banco do Brasil em todo o país são trinta e três, mas habitualmente o comparecem aos nossos eventos em média de 23 associações, de sorte que necessitamos da cessão de 23 apartamentos ou chalés. A Associação que trouxer mais de um representante necessariamente esses dividirão acomodações.



A FAABB tem recursos para pagar pela hospedagem/alimentação, mas solicitamos que nos faça preços especiais como colaboração. Da mesma forma, consultamos se há possibilidade da AAFFBB oferecer transporte do Galeão para Xerém, ou da Sede Urbana para Xerém, nesse último caso, todos os convidados ao chegar ao Rio iriam para a Sede Urbana e de lá serão transportados pela AAFBB até Xerém.



No aguardo de vosso pronunciamento, reiteramos nossos protestos de estima e consideração. Pedimos o obséquio de pronta resposta, pois a FAABB necessita tempo hábil para fazer os convites e acertar os detalhes com nossas entidades.

Atenciosamente

Isa Musa de Noronha

Presidente

ricardo albuquerque disse...

Marcos. Vai mais uma sugestão, embora, eu tenha mandado algumas que parecem não terem alcançado muita repercussão. Consulte, por favor seus acessores jurídicos para saber se haveria alguma medida jurídica que impedisse o banco se imiscuir em nossas consersações com a PREVI. Mesmo que esta, por debaixo dos panos fosse lamber o banco. Pelo memos para um sentido moral. Abraços Ricardo-escrito sem revisão

Anônimo disse...

Prezados colegas,

Sai da ANABB em 2007, depois de muito tempo iludido pela falsa propaganda que faziam nas agências com o apoio do BB.

Confesso que ajudei os Valmires a enriquecerem, seria conveniente que aqueles que permanecem sócios, avaliassem melhor se não estão cavando a própria sepultura. Os interesses que a ANABB defende, são os do Banco.

Anônimo disse...

Marcosw, por favor não foi mencionado nenhum tipo de alteração no que se refere ao ´´indice que corrige nossos benefícios. É necessario essa alteração que inclua ganho real.

Essa é a oportunidade para sua apresentação, se ainda, claro, tiver tempo.

Anônimo disse...

Nunca haverá união. Nós somos desunidos, pois na Previ existem os pré-67, os pré-97, os pós 97... Há os que ainda estão na ativa. Cada um acha que o outro está ganhando mais ou tendo mais vantagens nas suas aposentadorias, de modo que um sempre olhará o outro com desconfiança. O Plano 1 é uma colcha de retalhos com tantos casos desiguais. Há colegas que se aposentaram em 1972 e que ganham mais de 20 mil de benefícios e colegas que se aposentaram em 1999 e que ganham 2.000,00 de benefício. Os de 1999 sempre vão achar que os de 1972 são marajás e vai por ai. Como unir os desiguais? Não tem como. Cada um só pensa no próprio prato e a farinha é pouca.

Anônimo disse...

O respaldo do BB para esta postura de voracidade sobre o nosso patrimônio está calcado neste monstrengo burocrático que atende pelo nome de Resolução 26.
Se não acharmos uma maneira de derrubar esta aberração, jamais atingiremos a espinha dorsal deste desmonte que se anuncia.
Por outro lado, a elaboração de um documento único, assinado por todas as entidades representativas dos participantes denunciando o comportamento nocivo do BB, classificando-o como algo semelhante à gestão temerária também seria oportuno para divulgação junto à bancada oposicionista ao Governo.
A entidade que endossasse tal documento mostraria sua adesão à nossa causa, como o contrário, também denunciaria aqueles que dizem nos representar e se omitem de forma conivente.
O momento é mesmo de união. E que todos mostrem a sua verdadeira face, pois só aí veremos quem é quem.
Abraços
Claudio

Anônimo disse...

Caro Marcos, é chegada a hora da ação e da objetividade. Então, sugiro o seguinte:

- a) em declaração conjunta das Associações, lancem CAMPANHA para arrecadação de fundos para custear gastos com divulgação/publicidade a nível nacional;

- b) previamente, levantar os custos -ORÇAMENTO - para divulgação nos principais órgãos da imprensa nacional;

- C) textos denunciando a ação criminosa do banco, seja elaborado de comum acordo pelas Associações.

- D) tudo isso, pode e DEVE ser tratado na reunião que está sendo programada pela Sra ISA MUSA.

Boa Sorte e que Deus nos proteja. Não vejo outra saída. O Judiciário, depois disto, se não surtir efeito.
"... o inimigo está invadindo a nossa horta ..."

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

A UNAP-BB atende ao apelo que é de todos.

O Post "União" já está no ar na rádio UNAP-BB (TV-Coruja), com áudio. Acesse:

http://web.me.com/tvcoruja/TVCORUJA/RADIO_UNAP-BB/Entradas/2011/5/16_UNIÃO.html

(www.unap-bb.org)

Anônimo disse...

Prezado Marcos e demais colegas do blog.
Nossa união será a nossa força.
Como pode o BB fazer uma coisa dessas, como está fazendo conosco há muito tempo ?
Um executivo do banco, quer ganhar 81 mil reais às custas da nossa Previ, sem ter contribuído para isso.
É inaceitável. Escândalo, quando a maioria dos nossos participantes estão vendo seus rendimentos cairem a cada gestão do BB.
Fingem distribuir o que é de todos, dando merrecas, fazendo-nos de trouxas, isso quando distribuem alguma coisa, depois de muitas humilhações com reuniões e mais reuniões enganadoras.
Se tivéssemos aberto os olhos lá pelo início da década passada , talvez isto não estaria acontecendo.
Mas a maioria ficou confiando nesta Anabb, daí deu no que estamos vendo agora.
O governo avançando na nossa poupança a cada ano. A continuar assim, a ameaça será concretizada e poderemos ficar na situação do fundo de pensão Aerus.
Urge que esqueçamos as diferenças entre os pré 67, pré 97, pós 97, etc.
Lutemos, pricipalmente para melhorar a base da pirâmide.
Aqueles que já estão ganhando mais de 10,15,ou 20.000,00 também não podem se acomodar e pensar somente neles.
Vamos lutar pela melhoria nos benefícios da Maioria.
Que Deus te dê forças, a voçê e D. Isa neste combate, assim como a todos que estão do nosso lado.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caro Ary Taunay.

Agora, mais que nunca, sua incansável luta em defesa dos Pedevistas merece destaque.

Todos os discriminados pelo BB são dignos de defesa. E, igualmente, responsáveis pelo chamamento para engrossar o lado dos que se batem pelo enfrentamento à incúria do Banco e da subserviência dos Eleitos da PREVI, estes que acalentam a fraca postura dos três macacos sábios.

Chegamnos a uma encruzilhada em que cada um escolhe o caminho a seguir. A posição alcançada não dá lugar aos que se dizem indecisos. Somente há um caminho a seguir, o da coerência - você entre nós, espero, assim como todos os de bons propósitos.

Anônimo disse...

Sábias palavras. 'Um reino dividido não subsistirá'. É hora de unir forças. Temos inimigos poderosos e insensíveis. Se nos desintegrarmos em facções inúteis, a guerra estará perdida antes mesmo de começar.
Estou certa de que faz-se necessário arguir a inconstitucionalidade do artigo dessa Lei 109.
Creio que a federação nacional dos bancários está legitamada (Art, 103-IX, CF 1988)

Anônimo disse...

Gente esta na hora de lutarmos com toda a nossa garra! Ahhhh, se eu morasse perto de Xerem ou em Xerem estaria presente mas infelizmente moro muito longe! O pessoal ganhando 81.000,00 e nós essa merreca que precisamos viver de emprestimos! Que vergonha! vamos para aImprensa pessoal! Liguem para o Datena que ele vai colocar a boca no trombone.

Anônimo disse...

PENSIONISTAS VAMOS A LUTA. NÂo tenham medo.

Anônimo disse...

Marcos,
Eu votei sim por pura ignorancia.Garanto a voce, que milhares de colegas nossos o fizeram pelo mesmo motivo.Só fui pesquisar sobre, depois que havia feito a m....Por puro acaso localizei esse blog.Aí fui me inteirando da besteira que havia feito.É necessário investir em informação. E não estou falando só dos aposentados, não . Estou falando tambem do pessoal da ativa. Que foram enganados com o "presentinho" do último superavit.Foram usados apenas para dar a vitória ao SIM. Há que se produzir material para ser distribuido tanto pela internet como fisicamente nas agências. Tipo aquelas antigas lutas dos sindicatos.E chamar todo mundo pra participar.

Anônimo disse...

Penso que pedevistas são cartas fora do baralho. Sairam do Banco por vontade própria e nós aposentados não temos nada a ver com isso.Eles se acham que tem direito devem procurar a justiça. Já temos problemas demais para nos preocupar com que livremente saiu do Banco. Nós nos aposentamos e ele preferiram sair e devem cobrar na Justiça os direitos que acham que tem.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Oi Marcos, estamos com você desde muito tempo. O que será preciso para arregimentarmos mais colegas e recursos para entrarmos com ações contra os que querem fazer esse absurdo.Aumento de 90% para 100% para uma meia dúzia, JAMAIS. Conte conosco para custearmos ações. Faça uma pesquisa via AAPPREVI e verás que muitos estarão contigo, para assumir as despesas.
Abraços Mariano Branquinho

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Leopoldina, a nossa voz na Rádio UNAP-BB, a quem somos gratos:

http://web.me.com/tvcoruja/TVCORUJA/RADIO_UNAP-BB/RADIO_UNAP-BB.html

Marcos,

você nem precisa me agradecer. Sou eu que sou grata a você,
uma vez que sua voz é por nós. Uma voz atuante, pertinente e
respeitada por todos.
Publico com prazer, tanto no Blog da Unap-bb como na Rádio da
Unap-bb de minha responsabilidade. Por mim, o Banco do Brasil já
estaria no Tribunal de Haia, ele é quem julga os casos hediondos,
mas eu não sou advogada... enfim.


Disponha,


Leopoldina

Cesar disse...

Está declarado que o Banco é nosso inimigo, unamo-nos de uma vez por todas, desde já, chega de firulas. Qual é o proximo passo? Não podemos deixar a Previ quebrar, chorar o leite derramado de nada adianta. Ação já.

Anônimo disse...

O barco está fazendo água para todos, ganhando muito ou pouco, parece o meu pior pesadelo se tornando realidade, quebradeira da Previ.
O patrocinador parece que perdeu a noção de responsabilidade e equilibrio com suas imposições unilaterais.

Que nossos representantes se sintam fortalecidos no nosso apoio, a união de todos fará a diferença.
Sejamos inflexíveis também, no que é nosso ninguém tasca.
Elisabeth

Pedro Borges disse...

Marcos,
Há uma verdadeira luta de classes entre os aposentados, devido a tantas alterações feitas no regulamento ao longo dos anos. São interesses muito diferentes, cada um pensa no seu lado e, por este motivo, temos que agrupar e lutar para conseguir resultados que alcancem a todos. A PREVI, se mantida a predominância do Governo na condução dos seus negócios, estará sempre em risco de perder patrimônio, obedecidos os interesses dos mandantes políticos da vez. A nossa luta deve ser para o retorno do controle pelo corpo social que, se obtido, poderá atender aos nossos anseios. O certo é que estamos muito divididos e precisamos trazer para nossa luta os colegas capazes de fazer diferença, seja através dos seus conhecimentos jurídicos ou dos relacionamentos pessoais.

Anônimo disse...

Senhora Isa, senhor Marcos e os demais,moro bem perto do clube campestre de Xerém( DUQUE DE CAXIAS RIO) trazem repelente,pois isso aqui está infestado de mosquito da dengue. Outro detalhe: as melhores acomodações são os chalés de números 134,135,136. Esses chalés ficam bem em frente a sede. Os chalés são muito espaçosos e confortáveis, cabendo com conforto 4 pessoas. E não é caro. Entrem no site da AAFBB.

Não posso me indentificar, mas aqui é tudo de bom (tirando os mosquitos) estarei lá se DEUS QUISER!!

Vem gente !!! já é um bom começo. Obrigada Isa por nos ajudar

Anônimo disse...

Voces estão delirando. O que vamos fazer em Xerém em uma reunião de aposentados, vinte e poucos representantes de associações que não apitam nada? Ora, vamos é para a porta do banco em Brasília berrar bem alto que eles estão nos roubando. Deixem as associações prepararem suas estratégias e vamos nós nos movimentar. Cadê a turma que mora em Brasília e alguem que poderia fazer greve de fome na porta do Edificio Sede? É isso ai! Conclamo que alguém de Brasilia faça greve de fome acampado na porta do Banco!

Anônimo disse...

R$ 81.000,00 DE APOSENTADORIA?

É isso que você pretende? É muito fácil, basta ser um "executivo do BeBezinho" ou fazer um Plano de Previdência Privada, ao qual recolherá de uma só vez o montante de R$ 13.500.000,00 (treze milhões e quinhentos mil)- comparei com minha Reserva Matemática e meu Benefício.

Simples assim.

Anônimo disse...

Colega Marcos Cordeiro,


Acho que seria muito oportuno se sua assessoria jurídica desse um parecer a respeito do aumento do teto de 70% para 90%, pois dividiram o superávit entre meia dúzia, apesar da PREVI divulgar que houve 20.000 beneficiados, pois consideraram até quem ganhou R$ 1,00 como um feliz contemplado com esta alteração.

Acho que muitos ingressariam na Justiça, mesmo com algum custo para os associados da AAPPREVI.


A grande maioria dos colegas não recebeu nada (tanto pré-97 como pós-99), a safadeza só beneficiou os AP mais altos.

Abraços!

Anônimo disse...

PÉRA AÍ....

NÃO PODE ENTRAR MAIS NINGUÉM NO PB1, QUE FECHOU EM 1997,
SÓ SE OS DO PREVI FUTURO DEIXAREM ENTRAR NO DELES.
ABRAM OS OLHOS VOCES DA ATIVA.....

Anônimo disse...

Marcos,
Amanhã as 17:00 na livraria da Travessa no shopping Leblon, a Miriam Leitão vai lançar um livro. Pretendo comparecer e compra-lo e deixar com ela uma carta em que tento de minha maneira resumir nossos problemas. Tomei a liberdade de acrescentar na carta o blog da Aaprevi e o site da unap-bb. Como vão estar presentes muitos jornalistas da área econômica, redigi um pequeno panfleto e vou tentar distribuir algumas cópias. Sei que é quase nada, mas uma gotinha aqui e ali acaba sempre enchendo o balde.
Um abraço.

Anônimo disse...

Desculpem errei o horário. Atenção para quem é do rio: livraria da Travessa no shopping leblon às 19:00.
Obrigada.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Leiam no Site PREVI

Saúde Financeira

O que fazer quando se entra na temida "bola de neve"?
Nesta segunda, na continuação da série sobre saúde financeira, vamos abordar a questão do endividamento. O que fazer quando as pequenas parcelas viram uma grande dívida? Negociar pode ser uma solução.

Obs. do Blog:

Bons argumentos para apresentar ao gerente, quando quiser reescalonar dívidas.

Anônimo disse...

Vir para Xerém Marcos? vem não,isso aqui está um horror!!. Essa reunião aqui é para a Isa resolver com as Federações.Nó temos que fazer é o que a pensionista sem voz(com voz e que voz!) falou,ferrar com a imagem do BB.

Abraços. Obrigada Isa.

Anônimo disse...

SENHOR MARCOS, EU FIZ UM ALERTA A RESPEITO DOS COLEGAS QUE TEM SENHAS COM OS NÚMEROS DA MATRÍCULA,IDENTITADE,E CPF. PRINCIPALMENTE MATRÍCULA. O SENHOR NÃO POSTOU,E NÃO PRECISA. MAIS SERIA BOM ESCLARECER AOS COLEGAS. EU FUI ROUBADO.

AGRADEÇO.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caro anônimo das 18:47

A postagem a que alude não chegou ao Blog, creio. Seria recomendável repetir o alerta.

Anônimo disse...

Depois da reunião de 11.05, estou muito preocupada com a nossa situação.Gostaria de saber a sua opinião Sr. Marcos sobre o protesto judicial q o senhor Medeiros está fazendo para garantir os nossos direitos q o BB quer nos tirar.
Em hipótese alguma não quero com esta pergunta colocar ninguém contra ninguém.Eu respeito todos os dois.E preciso da opinião de outra pessoa para saber o que fazer e se realmente é necessário.

Anônimo disse...

Oi Anônima das 17:11 e 17:43 h.
Grato pelo seu esforço em favor de nós todos. Vou ficar torcendo para que seja bem acolhida por aqueles a quem abordar e, principalmente, que a Míriam Leitão se sensibilize pela nossa causa. Boa Sorte!!!!! Miike

Anônimo disse...

POIS VAMOS: EU TINHA COMO SENHA DA MINHA CC OS PRIMEIROS NÚMEROS DA MINHA MADRÍCULA (8 DIGITOS ) A MATRÍCULA DO NOSSO ESPELHO TEM OITO,
COM
O DIGITO DA 9. EX: AAAAAAAA-A POIS ENTRARAM NA MINHA CONTA E ME LEVARAM 30.000,( TRINTA MIL REAIS) NÃO SEI COMO CONSEGUIRAM, POIS AINDA TEMOS AS LETRAS. SÓ ESTOU QUERENDO ALERTAR AOS COLEGAS, POIS ESSA DE COLOCAR-MOS NÚMERO DE MATRÍCULA AQUI NO BLOG E QUALQUER OUTRO, NÃO É ACONSELHAVÉL. POIS SABEMOS QUE EXISTEM MIL E UMAS MANEIRAS DESSES LADRÕES INFILTRAREM. NO MEU CASO, E EM OUTROS ACHO (ACHAVA )QUE ERA DIFÍCIL. MAIS LEVEI UM BAITA SUSTO AO DESCOBRIR QUE "ENTRARAM" NA MINHA CC. MORO SÓ,EU E DEUS E ELE NÃO FOI. VAMOS TOMAR MAIS CUIDADO,E QUEM TIVER CC COM O NÚMERO DE MATRÍCULA E OU CPF, E OU IDENTIDADE, MUDEM.

SÓ QUERO ALERTAR. OBRIGADO, SENHOR MARCOS.

OBS: NÃO SALVEI O PRIMEIRO COMENTÁRIO. SOU O ANÕNIMO DAS 18:47.

Anônimo disse...

Anonimo das 17:11 parabéns pela sua iniciativa. assim todos tivessem essa coragem, colega. essa Miriam Leitão sempre que podia falava que eramos Marajás do BB, e agora ela poderá ver o que estamos passando. Boa sorte.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Colega Anônima (19:19)

AÇÃO DE PROTESTO JUDICIAL

Eis o parecer do Dr. Tadeu, Assessor Juridico da AAPPREVI, já publicado anteriormente:

04/04 – 00:57

Acerca do questionamento e da viabilidade de se ajuizar a Ação de Protesto Judicial visando excluir o BB do Superavit, informo o seguinte:

1. Percebo que as associações que representam participantes do Plano de Benefícios n. 1 da PREVI têm oferecido esse serviço aos seus associados querendo, em última análise, obter os seguintes benefícios para elas:
1.1 - Melhorar o seu conceito perante os associados já existentes;
1.2 - Angariar novos sócios;
1.3 - Aumentar suas receitas, pois cobram valores exagerados para o ajuizamento dessa ação.

2. Entendo que o benefício que poderá advir dessa ação irá beneficiar a todos os participantes do Plano de Benefícios n. 1;

3. Esse tipo de ação cautelar visa declarar a existência ou a preservação de um direito, sendo que ao ajuizar esse tipo de ação deve-se ter em mente (em projeto) o ajuizamento futuro de uma outra ação que deverá visar a obtenção (a posse) dos benefícios advindos desse direito declarado ou preservado.

4. Para resolver essa questão de uma forma mais econômica para todos os associados, bastaria à FAABB patrocinar esse tipo de ação em nome de todas as associações filiadas.

Atenciosamente,

JOSÉ TADEU DE ALMEIDA BRITO
Advogado

claudio disse...

Marcos e se fizermos alguns outdoor, coloca-los nas principais capitais do pais, com os seguintes dizeres: " BANCO DO BRASIL ESTÁ ROUBANDO SEUS APOSENTADOS, DESVIANDO DINHEIRO DA PREVI PARA ENGORDAR SEUS LUCROS "
Com esses dizeres atingiria o mercado acionário, a imagem do Banco, o público em geral e até o judiciário.
Se preciso vamos fazer contribuição extra para tal, tenho certeza muitos vão colaborar.
Mais dia, menos dia até a imprensa vai querer saber detalhes da campanha.
Cláudio - Piracicaba - SP

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caros Colegas,

A Rádio UNAP-B reajustou seu endereço eletrônico para:

http://web.me.com/tvcoruja/TVCORUJA/RADIO_UNAP-BB/RADIO_UNAP-BB.html

ou

http://hili.in/U3

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

De: Milton Bertoco
Isa e demais negociadores, que não foram escolhidos por mim.

Por favor, não tentem nos fazer novamente de trouxas. Tudo isso já estava presente no ano passado: a pressão do banco, os interesses do governo, já existia PREVI, Ministério, enfim, nada é novidade. Que raios de negociação é essa que vocês fizeram? Deram 22,5 BILHÕES (eu não cansei de dizer, à época que vocês estavam dando metade de TODO O NOSSO SUPERÁVIT AO BB, PARA TODO O SEMPRE e não "apenas" os 7,5 que vocês diziam? Aliás, dá para acreditar que não sabiam?) ao BB em troca de "futuras negociações" - pois bem, o banco está negociando, e daí? Tenham a santa paciência, deram tudo de mão beijada, fizeram um plebiscito para legalizar a entrega e agora vem se queixar de que estão endurecendo as negociações - vão querer me convencer que vocês são tão trouxas que não sabiam que cachorro que come ovo só matando? São tontos que entregaram o nosso dinheiro e não obtiveram nada assinado, no acordo não está escrito nada, apenas promessas de "novas negociações" - onde podemos "ganhar" ou não alguma coisa?
Por favor gente, não venham culpar governo, BB, PT, ministério, FHC, o Papa ou o Bispo não - eles tem gente com culpa sim, mas ano passado já sabíamos - era só não ter assinado o tal acordo e deixar o pau quebrar - a esmolinha que conseguiram nos custou isso aí - reafirmo, UM BOM APARTAMENTO PARA CADA COLEGA, NA MÉDIA. Com o Banco tendo metade do superávit, quero ver como vamos fazer para que o BB, com seu poder de decisão, não vá cortando nossos benefícios para sobrar mais para ser dividido - VOCÊS LUTARAM PARA QUE OS APOSENTADOS APROVASSE ISSO!!!
No mínimo, não encham a paciência da gente como se estivéssemos do mesmo lado - não estamos, fomos traídos por vocês!!! Não fizeram campanha pelo "sim"? Achem os que lhes apoiaram e decidam com eles o que fazer agora - vão "desvotar"? E se o BB não ceder nada, nada, nada? Vamos sentar e chorar? Claro, nada, nada não será, mas será o óbvio, perfumarias para nós e esse absurdo aumento do teto para os mesmos de sempre. Ora, por mais que insistíssemos, sou capaz de dizer que é consenso, ninguém falou naquele acordo em criar algum tipo de relação entre as contribuições e os benefícios, o mínimo para evitar absurdos, seja para mais ou para menos? Talvez esses caraminguás venham com data marcada - é para o 7 de Setembro, é para o Natal, é para o Carnaval? - de forma a criar uma pressão pelos coitados mais velhinhos ou mais necessitados, ou ambos, para enfiar-nos tudo goela abaixo novamente, para não ser mais grosseiro.
Essa conversa do BET é outro circo: está no acordo e o BB não cumpre? Judiciário, ora! Não puseram multa por descumprimento? Uai, não aprenderam isso quando trabalharam no BB, se é que trabalharam?

Continua na Parte II

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Parte II – Final

Eu já cansei desse circo todo, onde os palhaços somos nós e esses desabafos não adiantam nada, ao contrário, apenas geram polêmica e desgaste. Mas, tendo que arcar com a cacaca que vocês fizeram já não é fácil, agora ter que fingir que acredita nessas babaquices, poupem-nos, por favor. Insuportável ainda ver puxa-saco tentando desviar a culpa e lavar a cara de vocês. Que assinaram um acordo que foi mudado unilateralmente e nem nos dizem no que. Aliás, qualquer novo acordo será cumprido pelo banco ou a parte do banco é opcional e apenas a nossa obrigatória?

Para acabar mesmo, só falta começar ter "renúncia" de negociador diante da "intransigência do Banco", o jeito legal de entregar, tirar da reta e ainda sair bonito no retrato. E nem duvido...

É difícil crer que vocês são tão bobos, não sei a que posso atribuir essa jumentice e não quero especular. Não há nem mesmo muito a discutir sobre o tema, o estrago já está feito, pretendo parar (graças a Deus, dirão muitos) de encher os grupos com essa converseira inútil. Mas eu, pacifista, legalista e ingênuo começo a entender e até a dar razão a algumas atitudes e métodos do MST - acho que teríamos muito a aprender com eles.

Vocês não me representam, mas se se arvoram como tal, tenha a mínima decência nessas "negociações".

Acho melhor tirar esse micro da tomada.

Milton

Anônimo disse...

XI, AGORA O BLOG DEU PRA DAR ESPAÇO PARA ESSA TURMA DE EXTREMISTAS XIITAS A DESANCAR TODO MUNDO. NO FUNDO QUERIAM MESMO ESTAR NO LUGAR DOS ELEITOS DA PREVI, DOS DIRETORES DO BANCO E ATÉ QUEM SABE PRESIDINDO ALGUMA ASSOCIAÇÃO DE APOSENTADOS ONDE NÃO CONSEGUEM ESPAÇO E NEM VOTOS. TODOS CONHECEMOS ESSA TURMA QUE SÓ SABE CRITICAR, ATENÇÃO MARCOS, PODEM ESTAR DE OLHO NA NOSSA AAPPREVI JÁ QUE NÃO CONSEGUEM SE ELEGER NA ANABB E NEM NOS SINDICATOS

Anônimo disse...

no site da PREVI A MATÉRIA SAÚDE FINANCEIRA, como sair do vermelho: é fácil é só ser amigo do REI e te aposenta com R$ 81.000,00. Nada pra mim é surpresa. Daqui uns dias, estaremos bancando o MST. É só o que falta.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Mensagem da UNAO-BB

Repassando novo endereco de nossa Radio Unap-BB, hospedada no blog:

A radio:
http://web.me.com/tvcoruja/TVCORUJA/RADIO_UNAP-BB/RADIO_UNAP-BB.html

O blog: http://tvcoruja.blog.uol.com.br/

O site: http://www.unap-bb.org/
g.

Anônimo disse...

24/03 - Procurador da República pede explicações à PREVIC acerca da destinação de superavits aos patrocinadores com base na Resolução 26.
Alguém sabe se já tem alguma resposta da PREVIC?

Anônimo disse...

Tem gente delirando aqui. Esse senhor que disse que o superávit existente que deveria ser dividido por todos nós daria pra “comprar um bom apartamento para cada um de nós’ não deve sacar nada de fundo de pensão. Para nos dar “um bom apartamento para cada um de nós”, a Previ teria de vender ações, desmobilizar ativos, etc. Esse cara ta maluco? Será que ele acha que a PREVI pode suportar pagar assim, na hora, em dinheiro depositado em nossa conta o valor que daria para comprar esse “bom apartamento” que ele sugere? Tá de brincadeira. Bem vê que usa termos agressivos com colegas e associações pois nada entende de fundo de pensão.

Ari Zanella disse...

Pegando carona na ideia do Cláudio de Piracicaba, diria que melhor do que outdoors, e ainda mais barato e eficiente, seria montar um vídeo com criatividade e colocá-lo no YouTube. Dependendo dos acessos (se for criativo e inteligente teria muitos) poderia abalar a credibilidade/imagem do carrasco BB.
Um exemplo de criatividade foi uma mamadeira enorme sendo sugada pelo BB-GULOSÃO que há meses saiu no blog do Medeiros.

Anônimo disse...

CLAUDIO A SUA IDEIA ESTA MAGNIFICA!
ABRAÇOSS!!

ernandez2008 disse...

colega Marcos,

é chegada a hora de publicarmos as denuncias a grande imprensa. Acho que somente nos blogs não atingiremos a parte neuvral da crise.

Porque não procuramos o Reinaldo Azevedo, editor da Veja. Acredito que um texto bem feito se interessaria em publicá-lo.

Anônimo disse...

Somos mesmo muito inocentes. Tem colega sugerindo falar com Mírian leitão. Pois saiba que essa senhora vive a nos chamar de Marajás. Ela sempre foi contra os funcionários do BB e acha um absurdo que a Previ nos pague benefícios que ela acha acima do resto do povão brasileiro. Vão dar com os burros na água se falarem com ela.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caros Colegas.

Bons comentários, com textos quase impecáveis se perdem por conter palavrões e/ou agressões.
E depois cobram a publicação que não ocorrerá por esses motivos.

iraci berviria disse...

Só sei que sei, que juntando uns pilas, poderemos publicar alguma coisa em algum lugar. Contem comigo.
Quanto custa no Jornal Nacional:"banco do brasil,está enganando os aposentados da previ"?

Pensionista sem voz... disse...

Aproveitando a idéia do Cláudio e do Ary pro vídeo no youtube, bolei um "jinglezinho". Sei que pode melhorar:

"O BB quer mamar, quer mamar às nossas custas
O PT quer mamar, com a ajuda do BB
E nós aposentados doamos pra seu deleite
A Previ tem pra todos e a gente não pode ter"

Pode ser em ritmo de marchinha ou canção de ninar.

Melodia fácil: Re / Sol / LA

Anônimo disse...

Ideias exelentes estão sendo exposta como a do Cláudio. Mas vamos começar quando?

Gente, e se nós (todos a cargo de Marcos) fizesse-mos uma poupança a médio prazo ou pequeno) e com esse dinheiro iriamos prá jornais,Brasília,e outras mais?!
Sei lá...tô comesando a pirar.
Gostaram ou não? precisamos de dinheiro,e estou disposto a ajudar. Vou acabar morrendo com tudo que leio desse maldito bb.


Me sinto humilhado,estou chorando na frente do meu computador. É angústiante ler tudo isso e não poder fazer nada pela gente colegas!! AHHHHHH!!!!
desculpem.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

COMUNICADO da AAPPREVI – Assessoria Jurídica

Devido ao grande número de processos em andamento (contemplando 677 participações), pretendemos disponibilizar a relação consolidada contendo os nomes de todos os integrantes nas Ações Judiciais patrocinadas pela AAPPREVI, com os números dos respectivos processos ajuizados.

Essa medida visa facilitar o acompanhamento diário do andamento das Ações, individualmente, bem como desafogar o atendimento com informações sobre o assunto.

Na relação serão registrados os nomes sem maiores identificações, de modo a evitar especulações que atinjam a privacidade dos envolvidos. Também, quem não quiser constar da relação poderá manifestar essa posição antes da divulgação pretendida, marcada para ocorrer no dia 1° de junho próximo. Até lá nada será divulgado, e os pedidos de exclusão da Relação Consolidada serão respeitados. Depois disso, e à falta de pronunciamento em contrário, divulgaremos através de link na Página Assessoria Jurídica do nosso Site (www.aapprevi.com.br) os nomes dos sócios participantes das Ações Judiciais ajuizadas:

- RENDA CERTA (178),
- CESTA ALIMENTAÇÃO (239),
- RMI (195) e
- IR – 1/3 PREVI (65).

Este comunicado está sendo direcionado a todos os associados, de modo que os interessados tenham tempo suficiente para encaminhar o pedido de exclusão, quando for o caso. Aos que estiverem de acordo não há necessidade de manifestar-se favoravelmente – o silêncio será tomado como concordância.

Eis o endereço para registrar os pedidos de exclusão até 01/06/2011:

aapprevi@aapprevi.com.br

Atenciosamente,

Marcos Cordeiro de Andrade
Presidente Administrativo da AAPPREVI

Anônimo disse...

Aproveitando as idéias de Cláudio, Ary e Pensionista sem voz, é bom lembrar da reclamação do consumidor da Brastemp que insatisfeito com o produto fez um vídeo e colocou na internet. Segundo o Jornal Nacional o instrumento utilizado foi resolvido rapidamente, pois as grandes empresas tem funcionários experts em internet para verificar esses protestos contra elas. Prá quem não viu, acesse:
http://www.youtube.com/watch?v=riOvEe0wqUQ

Anônimo disse...

Anônimo 12:47, pelo amor de DEUS se cuida. Eu também não estou bem. Mais vamos ter forças, fé que iremos conseguir. É difícil eu sei, mas não impossível. Achei a sua sugestão muito boa para médio prazo. E aí turma?

Abraços.

Pensionista sem voz... disse...

Anônimo das 12:47 e 13:32, podem contar comigo !!!

Anônimo disse...

Sr. Marcos,

Também pagaria para ouvir William Bonner ou Fatima Bernardes no Jornal Nacional denunciar, por exemplo: BANCO DO BRASIL IGNORA DIREITOS DOS APOSENTADOS E SE APOSSA DA PREVI.


Muito obrigado.

Anônimo disse...

SR. MARCOS

PARA TERMOS RESPOSTAS IMEDIATAS, SÓ HÁ UMA SAIDA: PAGAR A REVISTA VEJA OU AO JORNAL NACIONAL DA REDE GLOBO PARA DENUNCIAR OS FEITOS DO GOVERNO/BB CONTRA A PREVI.

UM ABRAÇO.

Anônimo disse...

Colegas pensionistas,

Gostaria que alguma de vocês me desse uma informação para esclarecer uma dúvida, sobre a qual já pesquisei, sem sucesso.

A parcela da pensão a cargo do INSS é de 100% do valor da aposentadoria, certo?

A parte da Previ é de 60%, todos sabemos.

A minha dúvida é se a Previ procede nesse caso da mesma forma que faz com os aposentados.

Nas aposentadorias mais antigas são somadas as duas parcelas, perfazendo o valor total do benefício.

Aumentando o valor do INSS, diminui automaticamente o da Previ, permanecendo inalterado aquele total.

Seria assim também no caso das pensões?

Explicando melhor, a Previ pega sempre uma "beiradinha" dessa pensão, ou os valores são independentes?

Entenderam?

Anônimo disse...

Prezado anônimo das 12:47, não, eles não merecem as nossas lágrimas. Essas hienas que hoje vilipendiam, nós idosos, terão seu tempo de envelhecer e por mais que pensem que não, serão atingidos da mesma forma que nos atraiçoam hoje. Que Deus tenha compaixão desses insanos.

Anônimo disse...

Colegas, observo ser um desejo de todos fazer algo diferente para protestar. Mas... o quê pode ser feito dentro de nossas possibilidades? Precisamos pensar - o modelo pode começar com isto - "Meu fundo tá entregando..." em analogia ao site http://www.meucarrofalha.com.br/
Claudemir Dalmedico
2.064.195-8

\\jvasconcellos disse...

Caro colega Marcos

Estranho, muito estranho, nada de comemntarios a respeito ao despacho do Procurador Geral da Republica, ao Precedimento n.1.30.801.0127117/20/2010 e o de n- 1.30.801.013064/2010-3-, CGc026?????
JVasconcellos

Pensionista sem voz... disse...

No meu caso, quando há aumento no benefício do INSS, automaticamente a Previ reduz seu complemento. Acredito que seja assim com todas as pensões pré 97.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Leiam em Notícias Relevantes
17/05 – AAPPREVI divulgará Relação Consolidada contendo nomes dos participantes das Ações Judiciais.

www.aapprevi.com.br

Anônimo disse...

SEM OUTDOORS, SEM MARCHINHAS,SEM YOUTUBE.
OS ÚNICOS QUE TEM CREDIBILIDADE SÃO:VEJA E JORNAL NACIONAL, QUE DÃO A MAIOR REPERCUSSÃO.
O CASO É SÉRIO, SERÍSSIMO.
OS PODEROSOS ESTÃO DEITANDO E ROLANDO;
E VAMOS DEIXAR TIRAREM O QUE É MAIS SAGRADO PARA NÓS?- NOSSA APOSENTADORIA,
QUE EU AGUENTEI TRABALHAR NO BANCO SÓ POR CAUSA DELA?
JÁ LERAM TAMBÉM O ULTIMO POST DO BLOG DO MEDEIROS?
É PRÁ ARREPIAR MAIS AINDA.
É MUITA SUJEIRA.
RACHEMOS AS DESPESAS.
EU TOPO
SOU ANÔNIMA MAS TENHO PALAVRA
NÃO AGUENTO MAIS TANTA SUJEIRA DESTA PT..ADA
DESCULPEM, ESTOU COMO OANÔNIMO DAS
12:47;
AH.. E COMO AS COISAS MUDAM DE NOME NESTE PAÍS,
PALESTRA AGORA É SINÔNIMO DE LAVANDERIA

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Sem atendimento na Cassi, bancária oriunda da Nossa Caixa sofre AVC.

Site Contraf-CUT

http://www.contrafcut.org.br/noticias.asp?CodNoticia=26413

ou

http://hili.in/U8

Anônimo disse...

Caro Marcos e demais colegas,

Alguém sabe a respeito de a AAFBB ter ganho a ação da Cesta Alimentação para todos os sócios dela? Li esta informação no blog do Medeiros.

Anônimo disse...

Colegas,


A CASSI esté indo de mal a pior, aqui na minha cidade já está difícil achar médicos que atendam pelo convênio.

Para o BB a única coisa que interessa atualmente é o lucro no final do semestre. Se os funcionários morrerem cedo, sobra mais dinheiro na PREVI para o Banco embolsar, então porque gastar com saúde.

Viva o BB do PT.

GANDOLA DA BAHIA disse...

-QUAL é o blog do medeiros(PARA AACESSAR)

carlosdomini disse...

Marcos,
Não sou jurista no entanto que incoveniência há em se facilitar a pesquis pelo nome. O TRF aceita , os Tribunais de Justiça também. Acho que um processo é um ato público portanto a pesquisa por nome é muito menos complicada.Agora como tudo aqui torna-se discriminação, etc como a barbaridade da concordãncia em livro do MEC talvez uma associação não possa divulgar por nome e o judiciário pode.

carlosdomini disse...

Marcos,
Complementando acho elogiável a decisão de pesquisa de ações contudo é minha opinião que tal pesquisa seja por nome ou os dois primeiros nomes pois muitas vezes nã sabemos do número por demora na informação.

AÇÃO EM MOVIMENTO disse...

Colegas,

O momento é este, não há o que se esperar daqueles que estão se apropriando de nosso patrimônio.
E de nós, eles só esperam reclamações, lamúrias e bengaladas ao vento.
Talvez acreditem que entremos na justiça e em algum a gosto de Deus muitos de nós não estarão mais aqui e a gosto deles
a sentença acontecerá ou não.
Precisamos decidir se queremos uma solução ou continuar como estamos sem qualquer perspectiva. Vamos exigir que nos digam
definitivamente o que esperar do futuro.
As petições precisam de sorte, precisam cair nas mãos de um determinado juiz do supremo, pois este é sério. A nível de parlamentares
sabemos que vai demorar.
Temos pressa, urgência, vamos fazer barulho, trazer o juiz e o presidente da previ e da oab até nós, frente a frente e
cobrar aquilo que queremos.

Colegas vamos MARCAR UM ENCONTRO NA PORTA DA PREVI !

E claro não ficaremos lá por muito tempo, sairemos após o comparecimento do presidente da PREVI e da OAB além do juiz sério, previamente convidados.
Acho que diante de um bom carro de som ou megafone, da presença da imprensa que também deverá ser convidada, seremos notícia.
Não será fácil organizar um movimento deste porte, começando pela dificuldade de um comparecimento substancial de aposentados, pois com meia dúzia
de pessoas não seremos sequer vistos.

Por enquanto é só uma idéia que poderá crescer. Os colegas mais afeitos a esse tipo de chamamento poderão engrossar o movimento que se articula bisonhamente, Mas toda onda gigante tem inicio pequeno. A AAPPREVI pode ser chamada a participar ativamente ao lado de outras Associações (AAFBB, AFABBs, FAABB, etc). Também os Movimentos de aposentados e pensionistas serão indispensáveis para emprestar sua participação (UNAP-BB, AMEST, Aposentads-BB, etc.). Os Blogs deverão ser acionados para divulgação em uníssono, sem separatismos.



Vamos alimentar essa esperança com união de propósitos. Afinal, a causa não terá um dono ou dona - ela será de todos os participantes do PB1.

AÇÃO EM MOVIMENTO

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Prezado Carlos Domini,

Concordo quando diz que a pesquisa pelo nome é mais prática, até porque o número do processo é difícil de memorizar, e o nome ninguém esquece.
Ocorre que lidamos com variadas personalidades e o entendimento que se faz de privacidade é diverso. Assim como o conhecimento do que pode ser feito com o uso indevido do nome é muito vago, infelizmente. No caso presente, a divulgação do nome simplesmente não leva a risco algum. Para que se atinja qualquer pessoa fraudulentamente há necessidade de, ao menos, o número do RG ou do CPF. E para casos específicos é preciso, ainda, a posse dos dados bancários, filiação, etc.
Ocorre que no nosso pequeno mundo de aposentados e pensionistas há muito medo da publicidade em torno do nome, pelos exemplos de casos em que os idosos são iludidos com a má utilização dos seus dados pessoais.
Há, ainda, os medos extemporâneos ou injustificáveis e, até, estapafúrdios. Para dar uma idéia de verdadeiras paranóias existentes, já temos três alegações recebidas para justificar o pedido de exclusão da Relação consolidada:

1) Não quero meu nome nessa lista para que ninguém saiba que tenho dinheiro a receber e deseje a minha morte;

2) Tenho muitas dívidas e os meus credores podem me assediar por conta do que tenho direito;

3) Meus parentes vivem me pedindo dinheiro emprestado e se souberem que vou ficar rico não me deixarão em paz.

Vale notar que é desnecessário alegar motivos para ser excluído. Basta dizer que não aceita a divulgação e pronto, ninguém ficará sabendo que participa de Ações Judiciais - por meio da nossa relação. Se bem que qualquer pessoa pode retirar certidões nos Cartórios competentes. E isso não podemos evitar, nem podem imputar essa responsabilidade à AAPPREVI.

Atenciosamente,
Marcos Cordeiro de Andrade.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Novidades no Blog.

São introduções que visam melhorar o aproveitamento e divulgação dos assuntos abordados.

Agora o Blog Previ Plano 1 conta com botões de compartilhamento em redes sociais.

O primeiro é o botão "Curtir", do Facebook, que fica logo abaixo do
título da postagem. Quem possui conta no facebook poderá clicar e
"curtir" o post que desejar. Esta ação vai aparecer no seu mural.

Quem gostou do post poderá enviar e compartilhar o conteúdo de forma fácil e rápida por e-mail e mais cinco serviços diferentes. Estes botões estão localizados ao final de cada postagem e se encontram na seguinte ordem: Enviar por E-mail, Blogger, Twitter, Facebook, Orkut e Google Buzz.
Use e abuse.

Anônimo disse...

Nossa o atendimento pela Cassi aqui na minha cidade tbem esta cada vez pior. Já estamos cansados de pagar, pagar e nada de melhorar. Aqui a Unimed é tudo e Cassi nada Pasmem.
Acorda Cassi!

Anônimo disse...

Há pouco tempo a torcida de Corinthians, à sua moda, botou bronca e a direção teve que fazer algumas mudanças. Agora, a do Palmeiras, insatisfeita com o fraco desempenho da equipe na Copa do Brasil, fez coisa idêntica e ouve tremor na Parque Antártica. Por fim, a torcida do São Paulo exigiu rendimento da equipe compatível com sua história e com isso vem mudanças por aí, podem esperar, é questão de dias, no máximo até a estréia no Campeonato Brasileiro.

E então, nós aposentados da Previ, vamos ficar vendo a banda passar e achar que as coisas vão melhorar, assim, num passe de mágicas.

A hora é agora. Nada de negociar nas condições imposta pelo bb. Já vi muitas idéias boas aqui no blog. Então é a vez de as organizações representativas AGIREM de forma adequada. Se não souberem como, façam um estágio nas torcidas organizadas, porque os métodos empregados até aqui se mostrarem totalmente ineficazes.

Anônimo disse...

AAFBB GANHA CESTA ALIMENTAÇÃO PARA TODOS SEUS ASSOCIADOS (OBA, EU SOU SÓCIO DA AAFBB)
TJRJ CONCEDE TUTELA ANTECIPADA

"0417075-33.2010.8.19.0001

Tipo do Movimento:

Decisão
Descrição:

Recebo a inicial, já que atendidas as condições da ação, bem como seus pressupostos e porque a peça vestibular está em consonância com o disposto nos artigos 282 e 283 e, ainda, 39, inciso I do Código de Processo Civil. Estão presentes os requsitos para a concessão da tutela, uma vez que deve ser observado o princípio da isonomia não devendo haver distinção, no presente caso, entre os funcionários da ativa e os aposentados, porque a verba indenizatória percebida pelos funcionários em atividade não é paga in natura e, sim, em dinheiro. Atende ao outro requisito da medida o fato de se tratar de pessoas idosas, sendo o inimigo tempo o maior obstáculo para que se consiga o pretendido com a presente ação. Pelo exposto, defiro a tutela antecipada já que os documentos trazidos aos autos corroboram as alegações contidas na inicial, dando-lhes aparência de verossímil, bem como a medida ora deferida poderá ser revogada, caso seja comprovado o contrário, em sede de resposta da parte ré, determinando a intimação da ré para que implante, nos benefícios dos representados, o valor refrente ao auxílio cesta-alimentação, a partir do próximo vencimento, sob pena de multa estabelecida em cinco mil reais, por dia de descumprimento. Cite-se e intime-se na forma da lei."

Anônimo disse...

Acho que estamos perdendo o rumo. Somos 120 mil espalhados por todo o país e vocês querem um panelaço na porta da Previ com quantos? 23 foi o que o Medeiros conseguiu. Acho que estamos ficando caducos. Não somos torcedores de time, não somos os baderneiros de times que picham as sedes dos clubes quando eles perdem. Somos velhos, aposentados e moramos de Roraima ao Rio Grande do Sul. Vamos civilizadamente aos tribunais

Anônimo disse...

Na apresentação dos resultados em Goiania, entendi melhor o "porque" da tranquilidade do Banco e dos dirigentes da Previ, em relação ao Superávit.
Os presentes, em quase sua totalidade, eram pessoas já idosas. Exceto o Sasseron e os demais componentes da mesa.
E quando apresentaram a famosa "curva" que demonstra a "partida" desta vida para o "outro plano", ficou claro que um poucos anos o contingente ficará muito reduzido.
Então, haverá uma grande fortuna que, no entender deles, não deverá ficar para poucos, mas para o governo que quer "investir no social".
O gráfico que demonstra a expectativa de vida dos assistidos desce vertiginosamente a partir de 2025, rumando o "zero".
E depois....?
Sendo assim, voces acreditam que o governo e o Banco abrirão mão de sua parte do superávit?
E tem mais: ainda acontecerão muitas reuniãos de magistrados no Sauípe, patrocinadas pelo Banco, como tem acontecido.
Quem viver, verá.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caro anônimo das 05:03.

Mesmo com a reprodução do suposto despacho judicial não conseguimos comprovar a veracidade da notícia, pois o site da AAFBB nada divulgou até agora.

Todavia, aos interessados eis como acessar a página do Tribunal contendo os dados do processo mencionado (0417075-33.2010.8.19.0001) através do link:


http://hili.in/U9

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caro Marcos, bom dia,

Na hora deles desembolsarem o que é nosso, de direito, é sempre assim
!!! Isso é o Brasil !!!Lamentável !!!
Jane


18/05/2011 às 08:30 - Jornal Extraonline
INSS entrará com recurso para não pagar revisão de benefícios
Mario Campagnani Tamanho do texto A A A O INSS deve entrar com um
recurso para derrubar a liminar da Justiça Federal em São Paulo, que o
obriga a fazer a correção dos benefícios e o pagamento de atrasados a
131 mil segurados que contribuíram pelo teto da Previdência, mas
receberam menos do que o devido por causa das reformas previdenciárias
de 1998 e 2003. A ordem judicial, que estabelece um prazo de 90 dias
para a revisão das aposentadorias, chegou ao instituto na
segunda-feira, e a procuradoria do órgão, ligada à Advocacia-Geral da
União (AGU), já prepara uma argumentação para pedir a cassação da
medida.

O INSS reconheceu o direito dos segurados à revisão, mas afirmou que o
pagamento não foi feito ainda por falta de dinheiro (custo que deve
variar de R$ 1,5 bilhão a R$ 1,7 bilhão). O reajuste dos benefícios
poderá chegar a 76,4%. Na média, cada segurado deve receber R$ 184,86
a mais.

Ação no Rio

A Federação das Associações dos Aposentados e Pensionistas do Rio de
Janeiro (Faaperj) também entrou com uma ação civil pública para ga$a
correção dos benefícios. A ideia é garantir os direitos dos segurados
fluminenses, caso a liminar da Justiça em São Paulo seja cassada.

— O INSS poderá contestar a abrangência nacional da liminar paulista,
pois ela pode ser limitada à área do tribunal que a analisa, segundo a
lei que regulamenta as ações civis públicas. Assim, vamos entrar com
uma ação pedindo a correção de todos os benefícios no Rio, além de
processos individuais para conseguir o pagamento de atrasados —
explicou o advogado Carlos Henrique Jund, presidente do Instituto
Brasileiro de Cidadania (Ibraci).

Obs. do Blog:

Jane Torres de Melo é Diretora da AAPPREVI (residente no Rio de Janeiro).

Anônimo disse...

A AAFBB talvez espere que se concretize a notificação à PREVI e essa comece a pagar, caso contrário poderá frustrar seus associados. Sempre pode haver recursos. Mas, tá no Tribunal o despacho e eu li e copiei lá. Tenho todo interesse pois sou um dos que procurei a AAFBB e a incentivei a entrar em nome de todos nós, sócios daquela entidade. Quase 40 mil colegas vão receber.

Julita disse...

Que ótimo e a Previ sempre dizia que não teriamos direito a Cesta alimentação e quem estava recebendo teria que devolver! Sou tbem associada a AAFBB desde que fiquei viuva!!!Justiça seja feita!

renato campos baptista disse...

Marcos,

O posicionamento do Banco, em rela-
ção às nn/pretensões, denota total
descaso diante das inúmeras reivin-
dicações da classe de aposentados e,em assim agindo, provoca reações
as mais diversas,conforme se veri -
fica através dos comentários posta-
dos em seu blog. Creio que o cansa-
ço e o desânimo, tomaram conta de
muitos e, antes que isso contamine
a todos, penso que é chegada a ho-
ra da "grande cruzada". Sugiro que
a FAABB, por iniciativa das suas
associações, lidere uma ampla cam-
panha de enfrentamento ao BB, não
somente ingressando com ações de
nosso interesse, como também divul-
gando na grande mídia as mazelas do
patrocinador praticadas contra nós.
Os mais antigos hão de lembrar das
inúmeras reportagens editadas pela
revista Veja (do Civita)contra o BB. E também das contundentes crí-
ticas na imprensa falada e escrita,
vide Míriam Leitão e Luis Nassif ,
este, jornalista econômico e crí -
tico voraz, da época da famosa con-
ta movimento. Vamos arrecadar, va-
mos alardear, a mídia é faminta de
escândalo, sobretudo quando se tra-
ta de escândalo em órgãos do Gover-
no. Esta é a minha proposta, antes
que morramos (de raiva).

Grato, Renato

Anônimo disse...

Pois é , lendo os comentarios acima a PREVI, o BB leva, leva e não aprende, pois gostam de gastar com a justiça.Nós aposentados e as pensionistas vamos vencer mais essa. Aguardem.

Anônimo disse...

Grande AAFBB!!! A despeito de ter sua vice-presidente como Conselheira Deliberativa da Previ a AAFBB foi na Justiça contra a PREVI E GANHOU!!!!!!!! Isso prova que é possível defender os interesses dos aposentados mesmo dirigindo a PREVI.

Anônimo disse...

Marcos.
Vai mais uma sugestão, já que estamos buscando meios para divulgar nossas necessidades. Hoje pela manhã, na rádio bandnews ouvi uma referência a um espaço na internet denominado "transparência hancker", nele há um projeto chamado "sabe com quem esta falando" aonde qq um pode cadastrar uma denúncia de abuso de autoridade e de poder. Pergunto: que o bb faz conosco senão abuso do poder? o caminho esta aí, mais uma via a ser tentada. Vamos esquecer ed. abril e organizações globo, pois jamais, jamais conseguiremos nada aí, devido ao caminhão de dinheiro que o bb coloca nesses lugares como publicidade. Organizações de aposentados mãos a obra.OBS. já entrei no espaço e ele exise mesmo e parece ter grande repercussão.

Anônimo disse...

Colegas,


A CASSI DO RIO GRANDE DO SUL quer que os médicos, já mal pagos, imprimam os formulários, gastando tinta de suas impressoras, ao invés da CASSI fornecer os formulários.

A exploração chegou no limite e muitos estão se descredenciando.

Anônimo disse...

Bola branca para o colega que irá entregar uma carta denuncia a jornalista Mirian Leitão. Temos de cobrir todas as áreas para que a voracidade do BB com relAÇAO AOS RECURSOS DA previ seja revelada a toda a nação.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Bom dia Marcos!

Quando eu era criança a minha avó materna dizia que até para ser uma prostituta é preciso ter classe, mas que quando os argumentos sensatos falham tem mais é que rodar a baiana. O que não se pode é permitir que o errado avance se legitimando como certo. O BB já foi longe demais, e a quem interessa isso todo mundo sabe, mas não se faz nada porque é assim que as coisas estão funcionando. Criam-se dispositivos em cima da lei para legitimar o errado, já está na hora de dar um basta nisso. Dizem que a força maior cessa a menor, temos que colocar a boca no trombone e gritar mesmo... Perder o temor de fazer alarido porque escândalos quem faz são eles, nós vamos é gritar por socorro!!! Tem que se ir à imprensa, ao Ministério Público, à OAB, às entidades de classe... Tem que forçar esse povo a se manifestar a nosso favor, somente escândalos pode fazer com que eles temam perder o cargo do bem bom. E os associados da PREVI têm que se convencer que estão idosos. Idiotas não. Também precisam descer do pedestal e se unirem para ficarem mais fortes.

Ângela Paes - 19451310-6

Anônimo disse...

Gente, como somos ingênuos?
Têm colegas sujerindo contatar a Míriam Leitão, outros, fazermos denúncia no jornal Nacional da Globo.
Parecem estar alienados , porque não acompanharam o noticiário pela TV, quando o malígno do FHC após tomar posse, aplicou o PDV.
Este sr. junto com o dono da Globo, na época, Roberto Marinho, se tornaram inimigos públicos nº 1 dos funcionários do BB.
Arquitetaram o Plano de Demissões Voluntárias que colocou milhares de colegas concursados da noite para o dia no olho da rua, destruindo milhares de famílias, lares, etc.
Me lembro que a jornalista do jornal nacional falou que o banco estava fazendo distribuição de renda entre quatro paredes, referindo-se a nós funciónários do banco.
E agora, voçês acham que eles mudaram de opinião?
Que irão abraçar a nossa causa?
Acho que não.
Existe uma relação de promiscuidade entre o BB e a imprensa, principalmente esta globo, que fatura milhões à custa do Banco do Brasil, com propagandas.
Não sejamos tolos.
Não podemos dar tiro no nosso próprio pé.

Anônimo disse...

Tem toda razão Angela.Somos Idosos mas NÂO IDIOTAS.

Anônimo disse...

Ao anônimo de 17 de maio 2011 09:16.
Faça as contas: 7.500.000.000,00 divididos por +/- 120.000 aposentados.
O resultado pode ser pago em 12 ou 24 meses, como está sendo feito no Banco Central.
Este valor é o superávit que o banco levou.
São sobras , colega, isto após o aparte de 25% da reserva matemática, garantidora do plano até o seu final.
Se não der para comprar um apartamento, deve dar para pagar a metade.

Anônimo disse...

MIRIAM LEITÃO E LUIZ NASSIF

Há pouco eu repeti um copmetário de que a maioria dos funcionários do banco e isso inclui inativos, são mal informados.

A Miriam e o Nassif estão a serviço do governo. O Nassif foi demitido da Band e da Folha de S Paulo devido a uma denúncia do articulista da Veja Diogo Mainard assim como o Franklin Martins foi demitido da TV Globo, pois, estavam a serviço do governo e posteriormente passaram a viver das benesses do governo Lula, como ainda estão até hoje.


A Miriam já criticou veementemente a Previ e os funcionários do BB em seus artigos e comentários econômicos na TV Globo.

Precisamos de mais informações.

Muitos desses comentaristas recebem por comentários, colocam seus serviços a disposição dos interessados.

Quem pode concorrer com o governo?

Não sejamos ingênuos.

Sylvio Augusto São Paulo Capital disse...

O pior é tudo isso que tem sido recomendado já li que a faabb fez, a unamibb fez a aafbb fez, isso é reclamar para a cvm, oab, ministério publico, congresso e sabe no que deu? Em nada. Ninguém tá nem ai pra nós. Tem um Procurador do Rio com uma denúncia excelente debaixo do braço. Foi feita pela AFAPBB RJ e também não vai resultar em nada. Ta tudo dominado.

Anônimo disse...

ELIANE CANTANHÊDE

Se vocês procuram um(a) jornalista a quem apresentar essa denúncia sobre o caso PREVI, indico o nome de Eliane Cantanhêde da Folha de São Paulo.

Vejam a crítica que ela faz sobre o súbito enriquecimento do Palocci na edição de hoje da Folha de São Paulo. Não apenas este, antes teve outros.

Façam uma visita a essa jornalista e expõe as nossas preocupações com a Previ e com o nosso futuro.

Esse negócio de mandar papéis não ajuda tanto quanto a presença física. A conversa tem que ser olho no olho. Nossas cãs significam muito e mostram que podem ser respeitadas.

Marco Antonio Orlando disse...

Prezado Marcos,
(proposta semelhante foi encaminhada ao Blo do Medeiros)
Chegou a hora de iniciar manifestações em todas as capitais brasileiras. O Alvo agora é o Banco do Brasil.
Devemos nos unir e nos manisfestar nas agencias usando camisetas com dizeres denunciando o "roubo" de nossas aposentadorias. Usar panfletos. e sim, podemos fazer um novo tipo de greve da seguinte forma: Vamos marcar uma data em junho e escolher uma agencia de cada capital e juntar pelo menos 100 aposentados, suas esposas e pensionistas na porta da agencia na abertura do expediente.
Os 100 colegas na abertura da agencia iriam cada um para uma mesa ou Caixa para serem atendidos e tomariam o maior tempo possível de cada funcionário "travando" o atendimento. Acredito que neste dia a agencia não conseguiria atender ninguém a não ser aposentados, pois como são todos idosos, o atendimento seria normalmente demorado. Seria bom que neste dia cada um estivesse vestindo uma camisa de malha (R$ 10,00 cada) com dizeres contra a resolução 26 e o roubo descarado do BB contra nosso patrimônio.
Posso, se voce achar interessante prosseguir posteriormente com a idéia.
Não podemos perder mais tempo, discutindo contra AFBB, ANABBs, FAABs, brigando entre pré e pós 97, etc. Está bem claro que o único inimigo é o BB. Somente nossa união e sacríficio será capaz, agora de surtir algum efeito.
Por fim, que tal uma denúncia ao programa "CQC"? pedindo para eles entrevistarem o Bendine, o Flores e o Zé Maria Rabello?

Rubem Tiné disse...

Apoio os comentários que criticam a sugestão de encaminhar denuncias a alguns orgãos da imprensa, que são porta vozes dos capitalistas, portanto, estão macumanados com o Banco do Brasil e o tiro sairia pela culatra, seríamos chamados de marajás. globo, Folha, Veja e CBN, principalmente estes, tem inveja dos funcionários do banco. Os jornalistas Mirian Leitão, Merval Pereira, Diogo Mainardi e Eliane Catanhande, têm históricos de ataques aos funcionários e a Previ, portanto, pensem outras maneiras para protestarem.

Anônimo disse...

Esta estória de alguns colegas ficarem por aqui criticando quem está dando odéias disso, ou daquilo, é tremendamente de mal senso. Estes que criticam, fizeram ou sugeriram algo melhor, mais inteligente?
Que nada! Tão de braços cruzados e, não sei não, talvez até com medo daquilo que possa ser feito contra eles que podem estar se aproveitando da situação atual.
O negócio é esse mesmo!! FAZER BARULHO onde seja possível. GLOBO, FAUSTÃO, DATENA, SILVIO SANTOS, MIRIAM LEITÃO, RATINHO e por aí vai. Só não dá para ficar esperando cair do céu. Vamos à luta!! Somos muito inteligentes para ficar desperdiçando energia com aquilo que não interessa. Mãos à Obra Marcos e querida AAPPREVI.
Carlos- Santa catarina

Anônimo disse...

Alguem já pensou na RENATA LO PRETE?. Aquela do mensalão? Ela é colunista da Folha de São Paulo


twitter.com/renataloprete

Anônimo disse...

Colegas,

Para aqueles que dizem que de nada adianta fazer ou praticar ações contra o governo, ou contra o Banco do Brasil, devem se reportar aos recentes fatos relacionados as quedas de poderosos mundo afora.
A guerra é longa e nós temos muito tempo para levá-la a termo.

Anônimo disse...

Ao colega das contas que acha que a Previ pode pagar tudo de uma só vez. Não pode não. São sobras contábeis. A PREVI teria de pagar mensalmente a cada um dos 120 mil colegas o valor de 5.208,33, ou seja, a cada mês a Previ desembolsaria de uma só vez 62.500,00 a mais do que já nos paga de benefícios normais. Acha você que ela tem esse dinheiro em cash, guardadinho no Banco? Não tem. São sobras da diferença entre valores de ativos e passivos, sobras contábeis. Teria que vender ativos. Qual você acha que poderia vender, a Vale por exemplo? Pegue o relatorio da Previ 2010, veja na página 33 que em 2010 a Previ pagou 6.194.828.011,66 de benefícios para nós. Vá lendo que verá que para pagar isso, a cada mês foi preciso vender uma ou outra milhares de ações e investindo e desinvestindo de modo a equilibrar o balanço.Desculpe amigo Marcos, você tem muita paciência, mas tem colega aqui que só fala o que não sabe.

Anônimo disse...

Havia, antes, um certo "ranço" contra nós, que eramos considerados marajás...Agora, uma denuncia destas, que dá conta de que o BB está querendo ser dono do maior fundo de pensao da America Latina, prejudicando milhares de pessoas ditas idosas,pode mexer com a sensibilidade da jornalista...Não custa nada tentar...

Luis-BH disse...

Ao anônimo das 13:44 e demais colegas,

A Vale é ilusão! Esses dividendos representam aproximadamente 5% do valor investido pela Previ. Investimento sujeito a chuvas, trovoadas, economia chinesa etc.

Se aplicasse em títulos públicos, por exemplo, ganharíamos tranquilamente 12% ao ano...
Portanto, o interesse maior é do Governo em manter a Previ como acionista da Vale.

Existem verdades que ninguém quer reconhecer. É um falso patriotismo que periga dissolver o patrimônio que é nosso. A Previ precisa resolver os desenquadramentos em renda variável urgentemente!

Luis-BH disse...

Marcos,

Por que o horário dos comentários sai sempre com umas quatro, cinco horas anteriores? É algum fuso horário mundial?

Isso dificulta saber se a lista está atualizada. Principalmente naqueles momentos em que há reuniões marcadas com a Previ, audiências, enfim, esses eventos em que o horário exato faz a diferença.

Imagino que dê para acertar no acesso administrativo do blog.

Anônimo disse...

COMO É A JUSTIÇA BRASILEIRA.

A procsso movida p/AAFBB o juiz deu sentença de tutela antecipada. Meu processo:
023.308-60.2010.8.19.0001 em março de 2011 foi julgado IMPROCEDENTE o pedido dos autores e condenando o pagto das custas, o advogado já recorreu.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Prezado Luis-BH (14:33)

O horário da postagem corresponde ao fuso do Google (EUA) nosso provedor. A diferença é de exatamente 04 horas. Note que este seu comentário foi feito às 18:33 e o registro e o mas oróximo possível do tempo real, pois neste exato momento em que escrevo são 18:47.

Para situar-se no tempo real basta acrescentar 04 ao horário em que está registrado.

Anônimo disse...

Caro Marcos,
Vc já teve acesso à consulta feita hoje 18.05 à PREVIC.
De qualquer forma, está lá no site da ANABB. Nos parágrafos/itens 1 e 2 observa-se que a "nossa" PREVI já teria aprovado o NOVO TETO DE REMUNERAÇÃO DOS R$ 81.000,00, O BB e o MF também. Lá no final, parágrafos/itens 31 e 32, a "CONSULTA" diz que já há fortes INDÍCIOS DE BENEFÍCIOS CONCEDIDOS PELA PREVI em valores SUPERIORES AO TETO.
Ao final, "CONSULTA" se é legal.

CARAMBA!! O negócio é muito PIOR do que se imaginava. Tão tramando há muito tempo, O BB E A PREVI, contra os aposentados. Assim, a PREVI não vai durar muito !!

Abraços
Ronaldo Moreira
p.s- Penso que durante a Cinfaabb agora em SP deveria haver uma manifestação organizada pelos colegas aposentados

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Notícias Relevantes
18/05 - [REEDIÇÃO] Vídeo para a AAPPREVI num belo trabalho do filho da Colega Joana Barandas.

Anônimo disse...

O Conselheiro eleito na PREVI Willian, está cumprindo sua função e pedindo que a PREVIC intervenha nesse assunto. Louvável decisão do colega que elegemos. Devemos todos cumprimentá-lo e à ANABB, pois ele é vice-presidente da ANABB. Até que enfim a ANABB sai em nossa defesa.

Hermínio Silva disse...

AGORA SIM! TENHO ORGULHO DE SER SÓCIO DA ANABB


Quarta-feira, 18/05/2011 - 17h02m

ANABB faz consulta à Previc sobre teto de contribuição na PREVI

O conselheiro deliberativo da Previ e vice-presidente Administrativo e Financeiro da ANABB, William Bento, protocolou nesta quarta-feira, 18 de maio, na Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc), consulta e pedido de fiscalização sobre o cumprimento do teto de contribuição e, em consequência, da fixação do benefício máximo a ser pago pela Previ.

Atualmente, um funcionário da ativa, não estatutário, pode receber benefícios da Previ no máximo tendo como referência o NRF especial, cujo valor é de R$ 27.140,00. Consequentemente, o maior benefício a ser pago pela Previ tem como base de cálculo este valor. Vale lembrar que o teto de contribuição à Previ é de 90% da remuneração do funcionário.

No entanto, a patrocinadora, dando a sua interpretação sobre o assunto, entende que não há teto de contribuição. Daí, propõe que seja estabelecido um teto de três vezes o valor da NRF especial, de R$ 81.420,00, ou seja para base de cálculo dos benefícios a serem pagos aos dirigentes (presidente, vice-presidentes, diretores) do Banco, que são estatutários e não integram o quadro de carreira.

A ANABB defende que o benefício máximo a ser pago pela Previ tenha como base de cálculo a remuneração máxima estabelecida para o quadro de carreira dos funcionários da ativa, que é o NRF especial.

Lena. disse...

Show!!show!!show!!show!!
Parabéns para o blog ficou moderno,amei.

Abraços.

Lena.

Anônimo disse...

Chega a ser ridículo como uma decisão de primeira instância causa alvoroço entre os assistidos. Parece até a salvação da pátria, quando não passa de apenas um degrau de uma ESCADA QUE APENAS SE INICIA e quase sempre, sem fim. Quanta desinformação!!! Será que nunca se interessaram em saber um pouquinho acerca de trâmites processuais na justiça brasileira? Ou as associações, dourando o pirulito, sonegavam as informações, induzindo-os em erro e na acomodação?
E.T. não vejo nenhuma articulação plausível em andamento...

Anônimo disse...

Quanto seria a Cesta Alimentação para os aposentados? Alguem pode informar? Obrigadão

Lena. disse...

Vídeo para a AAPREVI em Notícias Relevantes, ficou muito lindo mesmo!

PARABÉNS AO ARTISTA!!!

Abraços

Lena.

Anônimo disse...

Pessoal, como é que fica a situação de quem já tem ação da cesta alimentação com escritórios de advocacia? Seria o caso de entrar em entendimento com o advogado e pedir para retirar a ação ou "deixar como tá pra ver como é que fica"?

Anônimo disse...

Ao anonimo das 3:20.

Bom dia!
Eu já recebo a cesta-alimentação há quase 4 anos, com tutela antecipada, e o valor é de R$ 311,08.
Espero ter ajudado.
Abraços.

Anônimo disse...

Caros Colegas,
Temos que fazer uma campanha pesada de informação entre nossos colegas, a desinformação ainda impera, para minha surpresa conversando com um colega esse de nada sabia sobre o que está ocorrendo, isso que lhe mandava email pedindo sua assinatura nas diversas petições, eu via que assinava, mas constatei não lia assinava porque era recomendação minha.
Panfletos com mensagens curtas (pois textos longos não são lidos)e edições no youtube essas são assistidas tenho certeza.
Tem colega que ainda pensa que a unica associação que defende os interesses dos funcis é a Anabb, não duvido que tenham colegas que ainda pensam que o BB nada faria contra eles, temos que acorda-los urgente.
Entre nós temos pessoas criativas e habilidososas como o filho da Joana Barandas, já vi outros trabalhos dela e adorei.
Vamos virar esse jogo a nosso favor.
Me comprometo a ajudar fazendo a minha parte, até financeira dentro de minhas possibilidades.

Elisabeth

jeanne disse...

O valor da cesta é R$311,08.Eu já estou recebendo desde outubro/2011 e já recebi parte dos atrasados.O valor p/aposentado é o mesmo da ativa.

Julita disse...

Que bom Jeanne! Eu ganhei essa ação pela AAFBB também, mas sou pensionista. Espero receber os atrasados logo que o juiz der a sentença.Porque a PREVI não estendeu para todos, não é verdade? Preferem gastar com o judiciario!!!Aproveitei a sua resposta aqui no blog e aproveito para agradecer.
Obrigada e um grande abraço!!!

Anônimo disse...

Colegas,

Não entrei com a ação cesta-alimentação, por não estar ainda aposentado pelo INSS. Sai no PAA de 2007. Alguém na mesma situação está recebendo a cesta-alimentação?

Anônimo disse...

Colega Jeanne - seu comentário de hoje às 05:15 hs.
Esclareça melhor. Você disse que está recebendo desde OUTUBRO/2011 ?

Luis Eustáquio - Araxá-MG

Rubem Tiné disse...

Como é interessante a "justiça brasileira", uns dizem que já recebem a cesta alimentação, outros dizem que seu processo foi indeferido, outros ainda já estão com o processo a cinco anos e nada. É piada, de mau gosto e pensar que temos que recorrer a isto! É pra lascar os pobres velhinhos!

Anônimo disse...

O BB tem a BrasilPrev, que é um produto vendido pelo banco.
Aposto que se os clientes que adquirem este produto, ao tomarem conhecimento de que o banco está avançando, isto é ,passando a mão grande, na metade dos resultados superávitários do fundo de pensão dos seus ex-funcionários, a Previ, a debandada será geral.
Bastaria um Alerta de esclarecimento, direcionado a estes clientes, então iríamos ver o resultado.
Temos que pensar em algo desse tipo.
Seria o nosso "Contra Ataque".

Anônimo disse...

Voce liga para a PREVI e as atendentes respondem com muita arrogancia parecendo que são donos do dinheiro. Não deixei de atacar os ordenados dos marajás, e pelo jeito é tudo verdade pois não desmentiu. Cambada de safados, ladrões.etc....
vamos pessoal se mexer, a luta é nossa.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Colaboração da Diretora Jane Torres de Melo (AAPPREVI):

INSS quer pagar revisão de 131 mil benefícios em parcelas

O INSS pretende pagar em parcelas mensais a revisão das
aposentadorias afetadas pelas reformas da Previdência de 1998 e 2003,
afirmou o ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, em
audiência pública na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado,
ontem. A Justiça Federal em São Paulo determinou o pagamento de forma
integral a todos os 131 mil segurados afetados, num prazo de 90 dias,
mas o INSS deve recorrer da liminar.

O ministro informou que está em contato com o Ministério do
Planejamento para restabelecer uma verba prevista no Orçamento de 2011
para o pagamento, que deve ser superior a R$ 1,5 bilhão. O dinheiro
ficou retido após o corte de R$ 50 bilhões, anunciado no início do
ano. Garibaldi disse que a ministra do Planejamento, Miriam Belchior,
está sensível à questão e que o parcelamento poderá viabilizar uma
solução rápida.

O problema surgiu quando a reforma da Previdência de 1998 estabeleceu
um novo valor máximo para os benefícios, de R$ 1.200, e deixou de
corrigir muitos deles com base no novo teto. Em 2003, o teto foi para
R$ 2.400, mas, novamente, não houve correção.

Os segurados que não quiserem esperar o resultado da ação em São Paulo
ou uma posição final do INSS podem entrar com ações individuais, no
Juizado Especial Federal, sem a obrigatoriedade de contratar um
advogado. A Federação das Associações dos Aposentados e Pensionistas
do Rio de Janeiro (Faaperj), que atende pelo telefone (21) 2507-2455,
dá orientações sobre o caso.


Fim do Fator previdenciário

No Senado, o ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho,
falou sobre o fim do fator previdenciário. Ele defendeu a fórmula
85/95, que permite a aposentadoria integral quando a soma da idade com
o tempo da contribuição previdenciária atinge 85 anos para as mulheres
e 95 anos para os homens, além da fixação de uma idade mínima de 65
anos para quem entrar agora no mercado de trabalho.

O ministro também propôs mudanças na concessão de pensões por morte,
como na regra que garante o benefício vitalício a viúvas que ainda são
jovens ou que têm condições econômicas de se manterem. Outra medida
será a reavaliação de todas as aposentadorias por invalidez concedidas
há mais de dois anos. Atualmente, o INSS já trabalha para reavaliar os
benefícios obtidos por meio de medida judicial.


Fonte : Extraonline, de l9.05.2011

langoni disse...

Prezado Marcos,

"Ou o Brasil acaba com a saúva ou a saúva acaba com o Brasil"

No site da Previ, mais especificamente no PREVI MAIS, é usada a figura de uma saúva, como que passando a idéia de se acumular, de se poupar, para usar em tempos futuros.

No meu modo de ver, a frase acima, muda o conceito que tenta passar a Previ e ficaria:
"Ou se acaba com a saúva ou a saúva acaba com a Previ"

E vejam quantas saúvas hoje tentam acabar com a Previ. Podemos até dar nomes a elas: Saúva res. 26; saúva alterações de estatutos/regulamentos; saúva BB e com certeza numa busca mais acurada encontraremos mais um monte delas.

Abraços/Langoni

GANDOLA DA BAHIA disse...

- Eu já recebo a Cesta Alimentação - Tutela Antecipada desde junho-2008

Anônimo disse...

Olá anônimom,de 19 de maio de 2011 03:02.


Você me pareceu uma pessoa já um pouco "cansada" por isso o seu comentário eh um tanto pessimista. Mas sabe o que eh, as pessoas têm que se agarrar em alguma coisa, ter esperança.

Mesmo sendo de primeira instãncia, a decisão, já eh alguma coisa, o pior eh quando perder-se logo na primeira

abraços.

Anônimo disse...

Nossaaaaaaaaaaaaaaaa, como a PREVI é injusta.Paga a todos Previ. Mostrem honestidade , pois até agora vcs tem demonstrado o contrario.

Pensionista sem voz... disse...

Anônimo das 07:31,

É exatamente o que penso. Já escrevi algumas vezes aqui sobre "alertar" o pessoal da Brasilprev. O banco só vai pensar em mudar um pouco sua postura quando começar a ter sua imagem arranhada ou ver um de seus produtos enfraquecidos. Nada melhor então do que uma campanha mostrando o que o banco vem fazendo conosco e alertando o pessoal da Brasilprev: "Hoje somos nós, amanhã serão vocês".

Anônimo disse...

O gente, não vamos delirar. Como é que vamos alertar os associados da BRASILPREV que são MILHÕES de brasileiros se a gente não consegue convencer nem atingir nossos 100 mil aposentados do BB? Voces sabem quanto custa um minuto de notícia na Rede Globo? Procurem saber...

Anônimo disse...

Fiz uma pesquisa. Trinta segundos no Jornal Nacional custa - R$ 381.000,00, só dá pra dizer “Meu Nome é Enéas”!!!!

jeanne disse...

Não Luiz Eustáquio.Eu estou recebendo desde Outubro de 2010. Desculpe o erro.Mas não é tutela antecipada.É o fim da ação já que recebi parte dos atrasados.Não houve mais recurso que impedisse a execução.Abraços,Jeanne.