segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Expulsão da AAPPREVI

Caros Colegas,

Segundo consta em carta da FAABB endereçada à AAPPREVI foi aberto processo para expulsão da Associação do quadro de filiadas:

http://www.aapprevi.com.br/documentos/pdf/FAABB_CODEL_Carta_AAPPREVI.pdf
OU

http://hili.in/VW

Em razão disso, e em virtude das inconsistências detectadas no texto elaborado, a Associação achou por bem dirigir-se à Federação nos seguintes termos:

Curitiba (PR), 15 de agosto de 2011.

À

FAABB – Federação das Associações de Aposentados e Pensionistas do Banco do Brasil.

Prezados Senhores,

Servimo-nos da presente mensagem para acusar o recebimento nesta data de sua Carta do dia 13 último, onde comunica a abertura de processo de exclusão da AAPPREVI do seu quadro associativo.

Por lapso de sua parte deixou de ser delineado o comportamento faltoso em que incorreu a AAPPREVI, para lhe ser dado prazo para apresentação das “provas cabíveis em sua defesa, com os devidos esclarecimentos e justificativas, para apreciação e deliberação final do Conselho Deliberativo.”

Vale lembrar que o mencionado no primeiro tópico da correspondência sob resposta não foi encaminhado à AAPPREVI, que desconhece a existência desses documentos. Portanto, seria de todo conveniente que nos encaminhassem cópia dos originais para melhor entendimento, pois, pelo inusitado da abordagem, acreditamos que não nos digam respeito.

O máximo que conseguimos depreender é que a FAABB demonstra insatisfação com o modo de ser e de agir do Senhor Marcos Cordeiro de Andrade, pessoa física, dentro do exercício de suas atividades apartadas do dia a dia da AAPPREVI – que ele dirige com acerto e competência.

Esperamos tratar-se de equívoco de sua parte o contido nessa carta, de vez que não encontramos no histórico comportamental da pessoa jurídica AAPPREVI, qualquer resquício que denote desrespeito e desobediência ao Estatuto dessa Federação, à qual somos filiados e em dia com as obrigações inerentes, sendo nosso desejo manter esse posicionamento.

Por oportuno, informamos que o cumprimento ao recomendado para “que o assunto fique restrito às partes envolvidas” terá atendimento dentro da postura que adotamos em função da transparência do que ocorre com tudo que afete os destinos da Associação. Assim é que, levaremos o que existe ao conhecimento do corpo social da AAPPREVI pelos meios que acharmos convenientes e usualmente disponíveis.

Por isso, não aportaremos óbice a que a FAABB proceda igualmente, pois o assunto diz respeito a todas as afiliadas e, por extensão, aos seus associados, sendo compreensível que os mantenha informados a respeito. O que, esperamos, será feito, detalhadamente.

Aproveitamos o ensejo para desejar que “os problemas de saúde” enfrentados por essa FAABB tenham sido sanados, para gáudio de todos nós filiados com muito orgulho e propriedade, que desejamos vida longa à nossa Federação.

Também, ao tempo em que estranhamos que a carta não contenha a assinatura da Presidente Isa Musa de Noronha, e como foi subscrita em Belém-PA, pedimos fornecer o atual endereço da FAABB para futuros contatos.

Finalizando, aguardamos os esclarecimentos que nos tranqüilizem quando à ameaça de exclusão do seu quadro, em que honrosamente estamos incluídos e, ainda, para cumprimento dos prazos determinados se, de fato, estivermos subordinados a eles.

Atenciosamente,

Marcos Cordeiro de Andrade
Presidente Administrativo

Ari Zanella
Vice Presidente Financeiro

José Gilvan Pereira Rebouças
Vice Presidente Financeiro

75 comentários:

Marco Antonio (BH) disse...

Marcos,
Segue abaixo resultado da reunião de 08.08.11 em BH.
Se tiver dificuldade de abrir, informe seu e-mail que enviarei informações completas.
Marco Antonio
Prezado colega,



Encaminhamos abaixo as fotos e os filmes da reunião realizada em Belo Horizonte com o objetivo de mobilizar todos os associados dos Fundos de Pensão para discutir a AÇÃO DE INCONSTITUCIONALIDADE impetrada contra a Resolução 26, oportunidade em que foram esclarecidas as possibilidades e os riscos da referida Ação.



Estiveram presentes representantes da SINDÁGUA (COPASA-MG), ASSOCIAÇÃO DE APOSENTADOS DA GERDAU (EX-AÇOMINAS), FORLUZ (CEMIG), PREVI, AAFBB, FAABB, CONTRAF/CUT e ANAPAR. Destacamos a presença da diretora representante eleita do Conselho Deliberativo da Previ e representante da AAFBB Célia Larichia, participando pela primeira da reunião do Grupo de Estudos da Previ.

O maior desafio é fazer chegar a todos os dois milhões e seiscentos mil associados informações sobre a AÇÃO DE INCONSTITUCIONALIDADE que será encaminhada ao SUPREMO TRIBUNAL pela ANAPAR e CONTRAF/CUT, inicialmente agendada para 10/08/2011.



Após a reunião realizamos contatos com a Cláudia Ricaldoni, Presidente da ANAPAR, solicitando que outras entidades tenham conhecimento da petição antes de sua entrada no Supremo.



Foi solicitada, ainda, a inclusão de pareceres de juristas renomados, o que só seria possível se as entidades interessadas assumissem tais custos, que normalmente representam valores expressivos.



Não sendo possível tal medida podem as demais Entidades se envolverem na Ação depois de sua entrada na condição de Amicus Curiae (pessoa, entidade ou órgão que tem grande interesse numa questão jurídica e dela participa como terceiro).



Esclarecemos que esta iniciativa do Grupo sugerida a ANAPAR tem o objetivo de envolver, mobilizar e comprometer todas as associações interessadas na AÇÃO DE INCONSTITUCIONALIDADE, o que, certamente, fortalecerá nossas pretensões junto ao Supremo Tribunal Federal.





http://www.youtube.com/watch?v=IBbJhVH_j4A

http://www.youtube.com/watch?v=RQFdT8_TaxE&feature=player_embedded

http://www.youtube.com/watch?v=VhBSlyiESXY

http://www.youtube.com/watch?v=_XAy80zAqOE

http://www.youtube.com/watch?v=bHlizsKXB4w

http://www.youtube.com/watch?v=YvHVzVs1Cdc

http://www.youtube.com/watch?v=Z2r-mWf9a90

http://www.youtube.com/watch?v=wkXiEXdjgYg&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=L2GnGTPK4PQ

http://www.youtube.com/watch?v=jr_EJjp6sKc

http://www.youtube.com/watch?v=pI7JuF2P4wE





17 anexos — Baixar todos os anexos Exibir todas as imagens

Pedro Aguiar disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
wilson luiz disse...

Caro Marcos,
Pule fora desta entidade, que deveria chamar-se FAEZS(Federação de Associações Zumbis e Sanguessugas), que servem apenas para tirar dinheiro de seus incautos associados, a troco de nada; até acho que você deve se sentir incomodado em conviver com esta corja.
Siga sozinho o caminho correto e transparente que tem trilhado até agora; aliás, sozinho não, estaremos todos a seu lado.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

O comentário do Colega Pedro Aguiar (14:32) foi removido em atenção ao seu pedido neste sentido.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

À
AAPPREVI

O pedido de exclusão foi formulado pela AFABB PR e, como se trata de tema da alçada do Conselho Deliberativo da FAABB, repassei somente aos membros do Conselho Deliberativo.

Não contem minha assinatura porque as providências administrativas e a comunicação que lhe foi feita partiu não da Diretoria Executiva da FAABB, mas da Presidência do Conselho Deliberativo, o Sr Pontes. O endereço da FAABB continua o mesmo. O endereço do Eduardo Pontes e é de Belém-PA, pois, como é do vosso conhecimento, Pontes preside a AFABB PA

Atenciosamente

Isa Musa de Noronha

Juarez Barbosa disse...

Prezado Marcos e companheiros,

Penso diferentemente do colega Wilson.

Não temos que tentar resolver nossos problemas isoladamente. Desunidos somos fracos.

Temos que cobrar veementemente de nossas Entidades representativas posturas, discursos e ações consensuais com nossos anseios.

Somente desta forma poderemos enxergar a "luz no fim do túnel", salvo melhor juízo.

raul avellar disse...

Parece que conseguimos chegar ao
impensável: os bandidos correndo
atrás dos mocinhos!
Quando se pensava que já havíamos visto de tudo no Brasil, os vilões
conseguiram excederem-se.
Agora, de fato,não falta mais nada!
Quem esses senhores componentes do
CODEL da FAABB pensam que são? Será
que pensam que realmente tem votos,
sem a ajuda destas entidades mais
que milionárias que os acolhem?
As pessoas de bem tem que se unir em 2012 e varrer para debaixo dos
tapetes estes pulhas que se dizem
nossos representantes, mas que na
verdade representam os interesses
do patrocinador e do governo aonde
mamam e se espojam.
Presidente Marcos esteja tranquilo.
Enquanto eles são só 33, você tem
centenas de seguidores dispostos a
varre-los da face da terra em 2012.
Quem viver, verá!
Raul Avellar

Anônimo disse...

Acho que esse senhor pontes ta com o rei na barriga e no minimo e puxa saco dos poderesos, ta querendo ver a AAPREVI fora de seu convivio, sabe que, apesar de pequena tem algo em comun que nenhuma outra grande Associacao tem. E certamente muito breve essa sera uma grande Associacao. Tem muita gente se incomodando com esse novo modelo de Associacao, Marcos nao se deixe abater por nada e continue lutando por seus ideais, todos associados lhe deram carta branca, DEUS HA DE FAZER JUSTICA nas nossas causas. Deus vos abencoe.

Anônimo disse...

Esta atitude da FAABB e da Sra. Isa Musa é para desviar a atenção dos associados do não ajuizamento da ADIN até o presente momento. Começo a desconfiar que essa é sua verdadeira missão em favor do BB/CONTRAF-CUT/PREVIC. Marcos, não vamos cair nessa, vamos continuar cobrando o que eles se comprometeram a fazer e esperar que ela tenha respeito, a nós associados da PREVI e se digne a nos manter informados. Basta de enrolação. Pense bem, eles sempre agiram assim.

Anônimo disse...

A menos que eu esteja enganada, trata-se de uma iniciativa da Afabb do Paraná, endossada pela Codel, seja lá isso o que for.
Bem, o Paraná tem uma Afabb e uma AApprevi. Donde se conclui que não querem comparações. E ainda por cima a Aapprevi lhes acena com a retirada de suas (delas Afabbs) mais gratas maneiras de capitalização, que são as causas judiciais.
E como ficamos?
Tem certeza que não foi a Afabb do Paraná que acionou a justiça contra as suas causas gratuitas?
Anyway, seja como for vamos em frente.
Agora mais do que nunca numa campanha para novos associados.
Seja o que for o decidido, podem contar comigo.
Abraços.
Claudia

Anônimo disse...

De: Socorro Aragão(msas)
Para: Sr. Marcos e colegas do Blog

Poucos anos atras, percebendo algo muito errado na PREVI e sentindo-me sozinha, procurei a AFABB-PA e me associei.Fiquei alguns meses e percebi que era TUDO o que eu não aguentava em uma associação. Reunião no dia 20, cafezinho no dia a dia, almoço nas datas festivas. Não me encontrando ali, pedi cancelamento. Continuei buscando informações, encontrei a Cecília Garcez que nos dava alguma informação e finalmente a AAPPREVI onde pude conhecer realmente os bastidores da PREVI e onde tivemos a sorte de termos pessoas como o Senhor, o Gilvan, o Juarêz Barbosa, Paulo Mota, O Sr. Edgardo e tantos outros que estão lutando por nossos direitos. Um OBRIGADO. a todos.Acredito que vamos superar esta crise com a FAABB, pois acredito na Sra. Isa Musa. Abraço a todos.

Anônimo disse...

Sr. Marcos,

Desculpe a ignorância, mas se desvincular da FAABB, a AAPPREVI deixará de existir?

Caso negativo, o ilustre colega não deve dar bola prá isso.

É melhor ficar só do que mal acompanhada.

Posso assegurar que, se pensarem como eu, os associados jamais irão abandonar a AAPPREVI, por não pertencer mais a FAABB.

Um abraço.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

É, colegas, parece que o viés expulsativo está aí mesmo, com toda força, Agora é assim: não concorda comigo está expulso. Já fizeram isso com a Elaine, agora com toda uma instituição. Quero ver aonde vamos parar.


SolonelJr

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Senhor Marcos,

Prezados senhor Marcos! Estão tentando excluí-lo através de associações como acontece na política e em todo o Poder b rasileiro.
Por favor, passe meu e-mail para todos esses porcos inúteis para que briguem comigo porque vou ficar muito feliz! Venho desafiando a canalhada vulgar de todo o poder constituído do país e quero brigas com a vulgaridade constituída.
Se não coneguirem eliminá-lo da AAPREVI e constituir novos diretores que efucilam nas mesmas lamas idealizar alguma coisa em comum.
Não se ofenda com este manifesto porque tens um coadjuvante que sabe das coisas e até já previu o imblóglio: Eu!
Se acreditar conte comigo!
Luiz Parussolo.

Obs.

Conheço-o bem.
Por isso, eu acredito.
E como acredito, caro amigo!

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Marcos, agora estou morrendo de curiosidade: o que você fez para esse povo, Marcos?
Aliás, foi você ou a AAPPREVI - estão expulsando a entidade, não é isso?
E lá em Belém do Pará, Marcos?

Defenda-se bem, cuidado com a cadeira elétrica.

Estou achando que estão mesmo com problemas de saúde...

Abraços

Milton

Anônimo disse...

Marcos,

Podes ter certeza que nenhum associado deixará a AAPPREVI caso ela venha a ser "expurgada" pela Federação, aliás pela AFABB-PR.

Muito pelo contrário, ela será fortalecida pelo trabalho dos prórios associados em conseguir mais sócios. A verdade é que a AAPPREVI está abalando a estrutura dessas entidades que só sabem enviar convites para festa junina, jantar dançante, chá disso e daquilo, e nada mais fazem pelo associado. Quando fazem, cobram.

Anônimo disse...

Prezado Marcos, a AAPPREVI é uma nova estrela que acabou de nascer e já reflete um brilho muito intenso e forte que nenhuma outra associação FAZ DE CONTA conseguiu ou consegue atingir.
Se for o caso, Marcos, saia desta FAABB.
Pois tenho por mim, e penso que todos nós que dela participam e embora precisamos unir forças, não podemos ficar reféns de pseudo associações e falsos líderes os quais não se comaparam com voçê nem de longe.
Vamos em Frente!
Que Deus Te Abençõe e Te Guie Sempre!

Anônimo disse...

Poxa, se a AAPREVI para nascer não necessitou deles, por que essa preocupação?

Caia forma, Marcos.

Elias disse...

DIGNISSIMO MARCOS E DEMAIS DIRIGENTES DA AAPPREVI,

Esse "elogio" que a Nossa Amada Associação recebeu da afabbpr é o mais cristalino indicativo de que a AAPPREVI está no caminho certo e é, também, a certeza e o comprovante de que meu desligamento da "afa" foi absolutamente correto.
Espero que "esses" ilustres colegas dêem mostras de honradez, dignidade, responsabilidade e rapidez ao tratar da DEFESA DE SEUS REPRESENTADOS CONTRA A AÇÃO DAQUELES QUE NOS SURRUPIAM.
Reafirmo nosso apoio e solidariedade à AAPPREVI, em qualquer circunstância.

Rogério Luiz Carvalho disse...

Prezado amigo Marcos, eu morro e não vejo tudo. Acho que por traz disso tudo, vem muito mais improbidades e decepções para nós
assistidos do PB1. Acho que o circo
está sendo montado, pois os palhaços subalternos estão aparecendo no picadeiro,e parece
mais do que nunca que o alvo prin
cipal é a nossa AAPPREVI, mas, vamos continuar atentos e unidos
em torno dela. Qualquer coisa es-
tou a disposição como sempre. Em
tempo, estou na cidade hoje e lá
fora estou sem internet, aproveito
para felicitá-lo pelo dia dos pais
extensivo atodos os colégas blogueiros. Abraços Rogério Luiz Carvalho Pelotas RS.

Anônimo disse...

Caro Marcos,
Continuo associada da AAPPREVI, perde a FAABB, AAPPREVI, jovem, combativa, virtuosa e merecedora de todo o nosso respeito.
Vamos ver até onde vai esse novo "bafafa" que esses senhores estão tentando criar.

Elisabeth

Anônimo disse...

Na carta que comunicou a abertura do processo de exclusão diz que "É recomendável, para o tranqüilo andamento do processo, que o assunto fique restrito às partes envolvidas até sua final conclusão".
-Por que é recomendável?
-A exposição do assunto poderá prejudicar o processo de exclusão?

Isso se compara à alguém que está sendo castigado, ter que permanecer calado até o fim do castigo, a pedido do carrasco.

Não dá pra acreditar, gente! Receber pedradas e ter que esperar calado até as pedras acabarem. Só na idéia deles, uai!

Anônimo disse...

Pertenço a três associações: AAFBB, AAPBB e AAPPREVI. Poucos dos meus textos foram exibidos na AAFBB. Nem por isso a desmereço. Sempre que posso participo do almoço mensal. Reúno-me com os amigos. Falo coisas que penso. Ouço vários colegas que se manifestam. A AAPBB dá o maior valor ao que escrevo e já utlizou os meus textos na defesa de nossos direitos em várias iniciativas. Mas, a AAPPREVI nos fornece a todos os que desejam participar o espaço democrático. O site da AAPPREVI é um espaço de debate para TODOS. Acho isso muito importante e construtivo.
Edgardo Amorim Rego

Anônimo disse...

Marcão, o código de Hamurabi, posto em prática há mais de l7 séculos é mais ético, justo e atual do que o usado pelos seus conterrâneos do Paraná, Aliás, quem tem patrícios deste jaez não precisa de inimigos. Sou testemunha dos seus bons propósitos, do seu caráter e do respeito que você imprime. Mas , minutos antes de ser veiculada a notícia acima eu estava me dirigindo a você solicitando espaço para mandar um recado a D. Isa, o que faço agora:

D. Isa, embora não nos conheçamos, certamente já votei na senhora em mais de uma oportunidade. Assim, sinto-me no direito de abordar alguns procedimentos seus que não me convenceram. Antes, porém, queria deixar claro que algo me diz que a senhora é uma pessoa justa , honesta ; mesmo porque ninguém fica tanto tempo ocupando cargos importantes , sem merecimento e honestidade. Algum colega mais apressado pode me lembrar que Paulo Maluf está no poder há 50 anos e eu vou replicar: o eleitor da Previ é mais informado e independente; se não atender os requisitos ele corta. Mas , D. Isa, lendo o texto do nosso Grão-Mestre Marcos Cordeiro, PREVI amordaçada, de 13 do corrente, notamos algumas incongruencias na sua atuação e elas se tornam mais sérias quando ensejam ao analista a oportunidade de pensar que houve conivência ou desatençao, mormente quando alguém com sua experiência, com sua tradiçao e capacidade de articulaçao se deixa levar pela malandragem ou impetuosidade da CONTRAF/CUT que se arvorou em patrono dos Oprimidos da Previ, elas que vivem dos favores do Governo. Outra coisa, D. Isa, aquele argumento de que não era inteligente deixar transparecer o conteudo da ADIN é hilário se não for malandragem de alguém. Convenhamos, D. Isa, que qualquer rábula , naquela situação, saberia que nós iriamos impugnar aquela anomalia da resoluçao 26 que modificou uma LC.
D.Isa, todos nós, uns mais outros menos, temos um código de ´´etica e moral dentro de nós. Este código cria na nossa mente uma entidade similaar a uma SERASA onde se
registra naturalmente as nossas omissões, as nossas faltas, o conluio e compadrio. OK ? E como funciona esta SERASA ? À noite, quando colocamos a cabeça no travesseiro a connsciencia pressiona a central e ela emite um relatório: sua atuaçao na ADIN ficou a dever. Você está negativada. Cuidado ! Finalizando, D. Isa, com todo respeito que sempre tivemos pela senhora, aliás,merecido, venha a público e relate o que houve nesta questão da ADIN, como a senhora sempre fez ao longo dos anos; ao contrário de seus pares que nunca dão as caras. Abra sua alma. Por último , D. Isa, com o poder de articulaçao e prestigio que detém junto às demais entidades,
diga aos seus coirmaos para não prejudicarem o nosso Carlos Cordeiro . Nem sei se ele vai me perdoar por esta abordagem, mas não me contive. Milhares de pessoas que admiram o Carlos têm sido saeus apoiadores nos pleitos. Um abraço, D. Isa, perdoe-me se me alonguei. Saude pra senhora. Um abraço . Divany Silveira- Sete Lagoas(MG)

elvira disse...

Marcos,

Estão morrendo de medo de voce e do crescimento da AAPPREVI.
Terão que acabar com os eventos festivos e TRABALHAR.
Deve doer na alma pequena seu exemplo de carater e dignidade. Se pudessem pregariam você na cruz, pois tua voz incomoda aos que se calam diante de tantos absurdos que estão sendo impostos aos assistidos do PB1.
Toda a equipe de nossa ASSOCIAÇÃO, ímpar, merece nosso apoio e respeito.
Abraços

Lena. disse...

Marcos, amigo querido. Eu não queria comentar mais nada. Pois já estou de saco cheio com esses b que não fazem nada por nós. Mais lhe peço,que faça o que for melhor para você. Ninguém vai abondonar a AAPPREVI por causa de meia dúzias de gatos pingados que vivem mamando nas nossas tetas.

Fique firme e forte como sempre. Você é guerreiro cara! E não tem para nimguém.

Vamos divulgar mais e mais a nossa AAPPREVI. Estamos só no começo.


UM ELEFANTE INCOMODA MUITA GENTE. DOIS ELEFANTES INCOMODA MUITO MAIS.


Desculpem colegas.

Fuzinelli disse...

O sr. Finardi, da AFABB-PR, também é diretor da ANABB no Paraná. Já fui filiado da AFABB PR, ainda bem que solicitei afastamento já a algum tempo.

Anônimo disse...

GRANDE COISA PRA ELES NOS EXPULSAREM DA FAABB...

Anônimo disse...

Afinal para que serve esta Federação, além de nos prejudicar? Esta senhora, alguma vez agiu de forma que não dissimulada?

Anônimo disse...

Sinceramente, penso que um documento de expulsao da FAABB deve ser emoldurado e pendurado na parede, como sinal de honra e probidade do expulso. Diga com quem andas, e te direi quem es...

Julita disse...

Sr Marcos, bom dia!
Não vamos deixar nos abater! Vamos seguir em frente!
Unidos jamais seremos vencidos!!!!

Anônimo disse...

Marcos, essa expulsão, caso efetivada, deve ficar documentada para que na posteridade possamos apresentar como prova da insensatez e submissão desse povo aos supostos donos do poder. Vêm varias eleições por aí e não podemos perder a oportunidade de desmascarar essa trupe de interesseiros egoístas que se dizem nossos defensores. De uma coisa tenho certeza, estamos incomodando. Só tenho medo de uma coisa, é que com a esmola da melhoria do ES eles consigam emplacar novamente essa corja na cúpula das associações.

Anônimo disse...

Rosalina, aproveite a dica dada neste blog, consulte um advogado e diminua suas consignações.Assim você acertára sua vida.E os credores logo te procurarão para negociar .A AAPREVI deve ter algum advogado a disposição para te ajudar.

Anônimo disse...

colegas

Pau que da em chico da em francisco....ja tenho conhecimento de que estão fazendo um levantanmento da direção administrativa da AFABB-PR.PelaS informações .......vão jogar muita m...no ventiladoR......
ASIM QUE OBTIVER AS CONCRETAS INFORMAÇÕES ,ESTAS SERÃO POSTADAS NESTE BLOG, COM PERMISSÃO DO dR.MARCOS.
AGUARDEM

Anônimo disse...

VAMOS AO QUE DE FATO INTERESSA
ENQUANTO O BANCO FICA COM NOSSA METADE, TEM ESTATAL QUE FICA COM A MAIOR PARTE - TEM GENTE EM SITUAÇÃO PIOR

Fasern: Previc aprova destinação de superávit
Através da Portaria nº 428, de 04/08/2011, publicada no Diário Oficial da União de 05/08/2011, a Superintendência Nacional de Previdência Complementar – PREVIC – aprovou a destinação de superávit do Plano BD da FASERN, no total de R$ 3.581.674,81, com reversão de valores ao patrocinador COSERN (R$ 2.052.305,95) e aos assistidos (R$ 1.529.369,86).
Os valores serão pagos em 36 parcelas, a partir deste mês de agosto de 2011. (Diário dos Fundos de Pensão)

Bernardo Mallmann disse...

Marcos, está muito claro que te querem fora porque te temem. Simples assim.

Anônimo disse...

Prezado e altivo Marcos.

Penso, se confirmada a exclusão de nosssa AAPREVI da FAABB, o fato em si pode ser considerado um atestado de boa conduta.

Não vamos esmorecer - embora ainda jovem, nossa AAPREVI incomoda os
mamutes que teimam em hibernar no poder.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Mensagem da incansável Colega Leopoldina Corrêa:

Olá,

Acabo de atualizar meu site e achei que você gostaria de dar uma olhada. É só clicar nos links abaixou ou cortar e colar os URLs no seu navegador.

TVCORUJA http://web.me.com/tvcoruja
Expulsão da Aaprevi da FAABB

mesquitasantana disse...

Caro Marcos.


Antes da criação da AAPPREVI nós não sabíamos de nada, pois não tinhamos quem nos representasse. Hoje, ainda continuamos sem representação nas Instituições que nos interessam, de vez que não podemos contar com as tradicionais Associações e também com os dirigente eleitos na PREVI.
Assim, com o escopo de calar nosso único canal de comunicação nos eventos mais importantes, tentam da maneira mais torpe, espulsar-nos a fim de "Silenciar" o Arauto dos aposentados e pensionistas do Plano 1, de sorte que a partir daí, tudo continue como eles gostam, sem serem perturbados no seu silêncio ensurdecedor, para continuarem manipulando a tudo e a todos como vêm fazendo nas duas últimas décadas, com os resultados nefastos dessas manipulações já nos excluiram do nosso patrimôio na PREVI e agora que se ouvem os primeiros brados de alerta de forma a preocupá-los só lhes resta a expulsão como último e derradeiro golpe. Eganam-se! A desconfiança inicial que se transformou no desconforto atual, se transformará no infortúnio do amanhã.
Todos aqueles que se locupletam as custas de nossas ingenuidades serão lembrados para sempre, pois não vivemos mais na doce ilusão de que em nosso convívio não existem elementos ilegítimos os quais serão rechaçados no seu devido tempo e com o cumprimento difícil dos encargos que lhes serão cobrados.

abraços a todos.

Anônimo disse...

VAMOS FICAR....
TAMO PAGANNNO...
NINGUÉM VAI EXPULSAR NINGUÉM...
OS INCOMODADOS QUE SE RETIREM...

Pedro Aguiar disse...

Boa tarde a todos,
Informo a todos os frequentadores deste blog que o comentário de 15/08 às 14:32, de minha autoria, foi retirado pelo administrador do blog a meu pedido.
Perplexo e indignado com a atitude da FAAP usei de termos que não condizem com a minha postura e também com este local, e não querendo ofender a quem quer que seja pedi a retirada do mesmo no que fui prontamente atendido.
Agradecido peço desculpas ao Sr. Marcos Cordeiro e parabenizo a direção da AAPPREVI pelos grandes serviços prestados aos seus associados.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caros Colegas,

Infinitamente elogiável a postura do Colega Pedro Aguiar (08:24).

O Blog agradece o exemplo dado.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caro Marcos Cordeiro
Bom dia

Não sei se já do seu conhecimento, mas recebi e estou direcionando ao senhor presidente da AAPPREVI. O colega e amigo Ney Seabra é um dos que, como o colega da nossa Associação de Curitiba (PR), luta pelo universo dos aposentados e desnorteados do Banco do Brasil.
Abs e vamos continuar lutando
Hélio Teixeira
Itanhaém (SP)

Assunto: AFABB/DF - Palavra do Presidente
Para:

Mensagem original

12/08/2011 00:00

LUCRO ABSURDO!

O Banco do Brasil acaba de divulgar o lucro registrado no primeiro semestre deste ano: R$ 6,3 bilhões (veja matéria neste mesmo espaço). Enquanto isso:

• CASSI é despesa, não investimento na saúde e bem estar dos associados;

• PREVI é fornecedor de recursos financeiros para o BB, não um fundo de pensão dos aposentados e pensionistas, cujo único e legítimo objetivo é pagar em dia, com segurança e cada vez melhores benefícios ao associado e não ao patrocinador que se vale de uma decisão ilegal e imoral (Resolução CGPC 26/2008) para arvorar-se como meeiro dos superavits.

Em sã consciência, como seres humanos honestos e éticos, não poderemos admitir este lucro absurdamente estratosférico de um Banco que já foi social, regulador do mercado financeiro, escola de talentos e de moralidade. Não foi somente pelo lucro estéril que há 30, 40, 50 anos fizemos rigorosos concursos públicos e ingressamos na Casa. Fizemo-lo pelo emprego, mas sobretudo pelo ideal de bem servir à sociedade.

Agora, quando a remuneração dos cargos comissionados é estruturada de tal forma que promove verdadeira guerra fratricida interna, foi-se o corporativismo produtivo (tão distorcido pela mídia), o espírito de equipe e o orgulho de ser “competente funcionário do Banco do Brasil”, celeiro de ministros, legisladores, juízes e outras grandes personalidades públicas. Hoje, por um cargo maior do que não será capaz um pobre posto efetivo? Pense bem a respeito: será que por dinheiro vale tudo?

Como presidente de uma associação criada para combater o mau uso do Banco e de nossas instituições, sinto-me fraco. Sinto-me fragilizado também como presidente de uma associação que conta com apenas mil associados, num universo de possíveis 7.000 aposentados e pensionistas aqui no Distrito Federal. A maioria absoluta de nós prefere omitir-se, usar a mídia e a internet como desordenada e ineficiente reação, ou apenas como mero desabafo, que por não ter validade jurídica, serve apenas para apaziguar-lhe a consciência.

Colegas, vamos combater organizadamente tal estado de coisas, associando-nos a qualquer das instituições constituídas legalmente e apoiando-as. Mas não apenas isso, indo além, ou seja, ajudando pessoalmente nos diversos trabalhos. Muito deixa de ser feito por extrema falta de mão de obra.

Abaixo o lucro estéril! Abaixo a desonestidade! Abaixo a falta de ética! Unamo-nos contra tanta falta de vergonha e desamor.

Ney Seabra da Costa

Presidente da AFABB-DF
--

Paulo Motta disse...

“EM BUSCA DO TEMPO PERDIDO (Proust)...”

PARTE I

AAPREVI ameaçada. A ADI passa mal - agoniza e não dá sinais de recuperação. O Renda Certa foi pro beleléu. Não se fala mais na antecipação do BET, que parece uma reivindicação justa – nossa colega Cláudia convenceu-me disso; afinal, a PREVI segura os recursos e fica com os juros, enquanto deixa conosco o risco da desvalorização dos capitais. Não é assim? Há poucos anos, a PREVI começou a anunciar superavits bilionários e a ANABB chegou a divulgar uma lista de reivindicações que sugeria finalmente para breve o advento das vacas gordas, fazendo-nos esquecer de que não se deve contar com o ovo antes da hora e que macaco velho não põe a mão na cumbuca. Mas pode ser que nem todos devem ter conseguido se segurar e a pressão dos sonhos reprimidos costuma ser muito forte, diante da sedução do ouro prometido, de inequívoco direito e iminente lançamento nas contas estouradas, como se anunciava. Homens e mulheres de cabeça branca, assumindo filhos desempregados e netos multiplicados não tendem a ser irresponsáveis com seus compromissos. Muita gente se apertou, cada um por seus motivos e dentro de suas faixas de rendimentos. Não os julguemos com impiedade. Mais importante agora é protestar. Não deveríamos dar sossego aos senhores dirigentes. E-mails, comentários, telefonemas, tudo que possa pertubar um pouco seu despreocupado sono. Não há outra forma; mas tudo deve ser feito com inteligência e respeito. Criticar, protestar, reivindicar são alguns direitos. Ofender, não.

Paulo Motta (continua)

Paulo Motta disse...

PARTE II

Os números que nos interessam são: 150/150. A idéia de R$ 125.000, em 100 meses, lembra-nos que realmente “existe muito mais coisa entre o céu e a terra do que pode supor nossa vã filosofia”. Há razões ocultas movendo, ou paralisando, as engrenagens da PREVI. E, notoriamente, essa nossa reivindicação resvala em prioridades já eleitas pelo centro de decisões. É impossível que seus dirigentes não entendam que sua proposta é pífia, quase inútil e até debochada, para quem possui um excelente cadastro e está apenas solicitando uma simples expansão de prazos perfeitamente possível, como bem sabemos. Temos mestres nesse assunto e trabalhamos por várias décadas atrás das mesmas mesas. Um aumento do teto e uns anos a mais atenuariam os problemas de muita gente e permitiriam pegar um troco para acertar outros compromissos tomados a juros bem maiores. Desta vez, dificilmente alguém pegaria mais para aplicar em bens supérfluos. O gato está escaldado. No presente quadro, preocupar-se com a situação dos assistidos é fazer isso: expandir prazos e créditos e conseguir (quem o sabe?) um largo descanso sem ouvir vozes insatisfeitas o tempo todo. Batalhar melhorias através de nosso multibilionário fundo de pensão é demasiado duro, doloroso, humilhante! Talvez até possamos dizer: muito impossível! Ninguém mais caia nessa história de grandes benefícios à vista, ainda que se anunciem superavits de trilhões de reais. Desculpem o lapso, trilhões de irreais fica melhor...

Mas o tempo da bonança virá sim e se aproxima. Todos nos fartaremos. Até lá, muitas batalhas. Atenção. Confiança. Compreensão entre nós. Tolerância com todos...

Paulo Motta
Blog
superavitsprevi.wordpress.com

Anônimo disse...

Mais uma vez um fato " LAMENTAVEL "...e sempre aparece um ... CAPACHO...um DERRENGADO...um LAMBETA...um SABUJO...um SERVIL...para fazer o trabalho SUJO ....

Anônimo disse...

Para os que quiserem postar alguma coisa; blog do reinaldo azavedo ( revista Veja)
Estão falando do veto de Dilma ao aumento real de aposentadorias. Eu já fui deixar o meu lá.
Devemos aproveitar todas as oportunidades !!!!!
abraços.

FORÇA AAPPREVI !!!!!!!!!

Anônimo disse...

Parabéns, Paulo Motta pelo seu texto!
Disse toda verdade.

Anônimo disse...

É isso aí, Dr. Paulo Motta, parabéns pelas observações coerentes e justas postadas nesse blogo. Continue usando sua inteligência e coragem em favor de uma maioria indefesa.

Que Deus lhe ouça em suas previsões positivas em nosso favor.

HIPOLITO disse...

Colega Divany Silveira - Sete Lagoas-MG, aqui no blog, fala-se muito das atitudes duvidosas das AFA, da PREVI, PREVIC, ANAPAR, CUNTRAF-CUT, FAABB,e seus diregentes. Na minha opnião, esse grupo tem uma MESTRA com doutorado e PHD.

José Roberto Eiras Henriques disse...

Marcos,

Puxa! Finalmente tomamos conhecimento da conclusão da reunião em Xerem. Como esses "mentes luminosas" não teem colhões para uma ADIN contra a resolução 26/2008, são "machos" o suficiente tentar isolar a única VOZ que se ergue em defesa dos aposentados/pensionistas e em defesa de nosso patrimonio.

A luta de 23 entidades contra apenas uma, mostra a força da AAPPREVI uma entidade verdadeiramente leal a seus principios: a defesa de seus associados.

Conte conosco nessa luta de Golias contra Davi, este sem ao menos uma funda para se defender mas com o apoio de milhares de aposentados que acreditam e confiam em seu presidente!

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Curitiba (PR), 16 de agosto de 2011.
Ao
Conselho Deliberativo da FAABB

Senhor Presidente,

Inicialmente queremos deixar claro que não nos causa nenhum prazer vir à sua presença tratar de um mesmo assunto abordado, em virtude do modo arbitrário, obscuro e inconveniente com que se nos distinguiu em carta do dia 13 último.

Todavia, circunstancialmente somos obrigados a conviver, ao menos virtualmente, com esse Conselho Deliberativo nas atuais circunstâncias, esperando que o relacionamento possa fruir de modo menos tempestuoso algum dia. Lembramos, por oportuno, que não nos move o propósito de defender a pessoa do nosso Presidente, pois ele tem demonstrado não necessitar de quem o socorra, principalmente em se tratando dos costumeiros detratores enfrentados, daqui do Paraná e de outros “prados”.

Ocorre que nossa Associação foi posta na rota do descrédito determinado por atos e atitudes de responsabilidade desse Conselho Deliberativo, na crista da vexatória ameaça de EXPULSÃO do quadro associativo da Federação, imposta à AAPPREVI, num autêntico despautério pela ausência de embasamento e critérios.

Em vista disso, encarecemos delinear publicamente o que existe em relação ao comportamento da AAPPREVI, na sua ótica, para ter sido enquadrada no processo de Expulsão açodadamente instituído por esse Colegiado, sem o cuidado de direcionar as explicações necessárias às partes atingidas – Associação e associados.

Com o nome a zelar, na condição de uma séria Associação de cunho Nacional cônscia de suas obrigações e destino a que veio ao mundo, a AAPPREVI não pode se submeter às especulações contidas em carta insuficientemente dimensionada, portadora de ameaça da punição máxima definida por esse corpo diretivo. Nesse contexto, o mínimo que a FAABB pode fazer, por seu intermédio, é dar transparência ao referido processo expondo-o pormenorizadamente ao conhecimento público.

Assim sendo, exigimos a ampla divulgação do enquadramento punitivo em que foi posta a AAPPREVI, minimamente como forma de satisfazer a expectativa dos nossos associados, a quem devemos respeito em nome da transparência com que existimos e agimos. Para tanto, autorizamos a divulgação dos fatos em que se apóiam para justificar a ameaça, como prova de que estamos absolutamente imunes às denúncias irresponsavelmente acatadas.

O tempo urge e sua resposta merece ser tempestiva, sob pena de arcar com a responsabilidade dos prejuízos que sua inconveniente abstenção causar à AAPPREVI.

Atenciosamente,

AAPPREVI – Associação dos Participantes, Assistidos e Pensionistas do Plano de Benefícios N° Um, da PREVI

Marcos Cordeiro de Andrade
Presidente Administrativo

Ari Zanella
Vice Presidente Administrativo

José Gilvan Pereira Rebouças
Vice Presidente Financeiro

Anônimo disse...

Não podemos sair da FAABB como muitos sugerem por desconhecimento de alguns normativos jurídicos e de representatividade. Não vem, no caso, se no momento ela nos tem representados de forma adequada e satisfatória.
Caso nossa AAPPREVI seja banida, expulsa ou outro termo qualquer que eles usem para nos denegrir, da FAABB, pois para chegar nesse ponto os interessados vão ter que usar fundamentos legais para conseguir seus objetivos.
Caso, passem por cima quanto a não obediência aos processos legais, utilizandos de meios não ortodoxos, dos normativos e da ética ainda nos resta o judiciário e isso é bom que aconteça considerando que ao obtermos a vitória na justiça nos reenquadrado nos quadros da FAABB vai nos consolidar mais ainda e vai também mostrar aos associados das outras AFABBs que esses dirigentes não são confiáveis e usam de métodos baixos para atingirem seus objetivos mesquinhos.

Deixem que eles venham, nós estamos aqui é para isso mesmo lutar sem rendição e, como bem sabemos, a verdade há prevalecer e nos fortalecer ainda mais.

Quem venham!!!

Anônimo disse...

É Marcos Cordeiro, como lutar por justiça dentro da PREVI e BB, se aqueles qque deveriam estar ao nosso lado nesta luta, aprontam uma dessas.

Viva a PREVI, o BB e agora a FAABB, assim fica difícil Dona ISA MUSA.

Anônimo disse...

Queremos saber amplamente porque a AAPPREVI, está sendo ameaçada de ser explusa da FAABB, o que ela fez de tão grave, e se o que fez, enquadra-se em comportamento para ter esse tipo de punição? O que esse tal Sr.Pontes está fazendo é de acordo com os regulamentos da FAABB? ele tem essa autoridade de expulsar uma associação querida e honesta como é a AAPPREVI da FAABB, simplesmente porque o Sr. Pontes não simpatiza com a pessoa fisica do Sr Marcos, e daí? isso é motivo? que bobagem é essa?
Pelo que foi exposto no blog, a advertência que a Sra.Isa fez a algumas palavras direcionadas a ela pelo Sr. Marcos com o intuito de elogiá-la e lamentavelmente foi mal interpretado, é assunto que já foi esclarecido pessoalmente no encontro em Xerem, não sei o que esse Sr Pontes quer? ou será que a Sra Isa não é,tão sincera como tenta demosntrar?

Anônimo disse...

ERRATA.

Comentário de 16/08/2011 das 13:48.

Onde se lê:
Não vem, no caso, se no momento ela nos tem representados de forma adequada e satisfatória.

Leia: Não vem, no caso, se no momento ela não nos tem representados de forma adequada e satisfatória.

Anônimo disse...

E aí, em que resultou a reunião do Conselho Deliberativo da Previ hojeQuem souber alguma noticias nos avise.Aumentaram o ES?

Anônimo disse...

Marcos, estou contigo nessa luta desde o momento de minha inscrição na AAPREVI. Eles - os lacaios degenerados - estão temerosos diante de nosso crescimento, tanto em n° de associados como no excelso grau de consciência e maturidade de nosso grupo.Vamos à luta!
João Batista - Piracicaba

Anônimo disse...

Alguém aí conhece o Sr. Pontes? Prepotente,mal educado, grosseiro, lambe-botas. Perguntem pra quem o conhece em Belém, quem é o Sr. Pontes.

Anônimo disse...

Colega Hipolito, quisera eu ter argumentos para contestar seu ¨script¨, entretanto, para irritar o Banco do Brasil que é herdeiro universal do nosso plano de previdência desejo-lhe loo anos de vida, com direito a aditivo (como faz o Minist. dos Transportes) prolongando mais 100. Divany Silveira - S. Lagoas Mg

Juarez Barbosa disse...

Só para constar...

ADI 4638 - ENTRADA HOJE: 16/08/2011

OBJETO DA AÇÃO: INCONSTITUCIONALIDADE FORMAL E MATERIAL DA
RESOLUÇÃO N. 135 DO CNJ AO PRETENDER REGULAMENTAR O PROCESSO
DISCIPLINAR DE MAGISTRADOS NOS TRIBUNAIS

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caro Juarez (18:11).

Uma pequena correção. A Isa Musa de Noronha não assinou a "Moção".
Alguém sabe a razão?

Paulo Motta disse...

Amigos,

Postei sobre o EMPRÉSTIMO SIMPLES, em vários blogs. Anteriormente, escrevi “A SASSERON”, e remeti para diseg@previ.com.br. Será que os destinatários tomaram conhecimento? Não me animou nenhuma intenção de agredi-los e procurei respeitar a gramática e a ética. A tese dos 150/150 não é absurda. Tenho certeza de que um número imenso de aposentados e pensionistas defendem essa idéia. O que falta para nos darem uma resposta positiva?

Paulo Motta.
superavitsprevi.wordpress.com

Juarez Barbosa disse...

Prezado Marcos,

Mas esta "Moção" não foi feita pelo Conselho deliberativo da FAABB, na reunião que ocorreu separadamente lá em Xerém? Foi isto que chegou a meu conhecimento. Outra questão: ela faz parte do tal Conselho?

Também pelo que tomei conhecimento, tal "Moção" foi construída em função da reclamação formal dela ao tal Conselho, inclusive solicitando providências.

Por favor, me corrija se minha linha de raciocínio estiver errada.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caro Juarez,

Por favor, leia o post “Moção de profundo repúdio” publicado aqui, em 19/07/11, contendo o texto e as assinaturas da folha de presença à Assembléia, cujos nomes são os mesmos. Dos presentes, somente não assinaram a “Moção” os representantes da AAPPREVI – Marcos Cordeiro de Andrade e Jane Torres de Melo - e Isa Musa de Noronha.

Ocorre que a Colega Isa Musa de Noronha é adepta da Doutrina Ricúpero, aquele que disse “O que é bom a gente mostra, o que é ruim a gente esconde”. Típica postura de quem vive em cima do muro. Como no caso presente, ela não se expõe, deixando aos seus lacaios a exposição às críticas e condenação por atos indevidos – e não assumidos. Tenho guardado inúmeros exemplos.

Também, nem tudo que aconteceu naquela Reunião em Xerém foi relatado ao público, pois todos estavam unidos contra a AAPPREVI e seu Presidente. Ninguém sabe, por exemplo, que a porta do apartamento em que dormi de sexta para sábado foi socada várias vezes durante a noite, e que o interfone estava desligado.

Coisas de Xerém, ou, terrorismo explícito.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

NOTA DA AAPPREVI


Caros Colegas,

Na reunião que antecedeu aquela da Doação, a AAPPREVI esteve representada pelo seu Presidente e Vice Presidente administrativos, que não autorizaram a FAABB a "discutir com o patrocinador a metade do superávit”, como alegado por Isa Musa de Noronha na reunião do Grupo de Estudos da PREVI. A AAPPREVI votou contra e foi voto vencido.

Vejam esse vídeo:

http://www.youtube.com/watch?v=L2GnGTPK4PQ

Atenciosamente,

Marcos Cordeiro de Andrade
Presidente da AAPPREVI

Anônimo disse...

Esse recado vai para a diretoria da PREVI:
Não esconda nada de Cristo, pois Ele conhece sua vida mais que você mesmo, conhece seu coração, e para você ser realmente perdoado, você não pode esconder nada! absolutamente nada de Jesus, por mais que já saiba de tudo! Ele quer ver sua atitude, fé e vontade de ser perdoado e lavado pelo sangue do Cordeiro!
Se arrependa Todos os dias!

Você já se arrependeu hoje?
O que estão fazendo conosco aposentados e pensionistas, pensem nisso!

Anônimo disse...

Algum colega poderia me informar quais as promessas feitas pela PREVI?
Ficaria muito agradecido.

Anônimo disse...

Na pauta específica dos empregados da Caixa, aprovada durante o 27º Conecef, destacam-se: recomposição do poder de compra dos salários, mais contratações, melhorias no Saúde Caixa, fim do Voto de Minerva na Funcef, pagamento do tíquete e cesta-alimentação aos aposentados e pensionistas, isonomia para todos os empregados, e fim da discriminação aos empregados do REG/Replan não saldado.
Será que os nossos colegas do BB pensaram nos aposentados e pensionistas? Pelo que pude ler não.

Anônimo disse...

QUE NOJO SENTI AO VER O VIDEO. FORA
ISA!!!

Anônimo disse...

EU TAMBÈM.
GENTE O QUE FOI ISSO?
QUEM SERÀ QUE ESTÀ FALANDO A VERDADE?
VAMOS PENSAR BEM ANTES DE VOTAR MEUS COLEGAS.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Amigos

Se alguém quiser aproveitar o "modelo" para mandar para colegas de outras estatais...

Abraços

Milton

SOLICITAMOS A GENTILEZA DA DIVULGAÇÃO

Colegas da CEF e demais estatais

O pessoal do Banco do Brasill está organizando um abaixo-assinado contra a Resolução 26 - aquela que permite que as estatais possam ficar com metade do superávit dos fundos de pensão. Como o assunto interessa também aos funcionários da Caixa, bem como de todas as estatais, gostaria de pedir aos colegas que tomassem conhecimento e assinassem o abaixo-assinado que está no site e, também, que nos auxiliassem na divulgação desse documento entre outros colegas. Tratando-se de uma ilegalidade que, acreditamos, deva ser combatida por toda a sociedade, estamos pedindo a adesão não só das pessoas vinculadas a qualquer fundo de pensão, mas também de qualquer cidadão que tenha espírito cívico para enteder a questão, sejam familiares, amigos, etc.

Para assinar, basta clicar em http://www.peticaopublica.com.br/PeticaoVer.aspx?pi=EFPP2011 (caso não seja possível acessar diretamente, basta copiar e colcar no navegador).

Agradeço pelo que puderem fazer: a causa é justa e legítima. Esperamos atingir 10.000 assinaturas.


Abraços

José Milton Bertoco
Aposentado do BB

Anônimo disse...

Seu cara de fuinha (SASSERON)tu és muito do feio! Puxa vida eu achava que fosse menos feinho.

Manda o nosso ES 150-150. Senão, vai perder na próxima eleição.

CANAEL NELES COLEGAS, NÃO PODEMOS DEIXAR BARATO.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Às
Associações de Aposentados e Pensionistas do Banco do Brasil

Sr Presidente,

Retransmito mensagem recebida da Senhora Presidente da ANAPAR comunicando sobre as tratativas para ingresso da Ação Direta de Inconstitucionalidade. Qualquer novidades que a FAABB vier a tomar conhecimento daremos ampla divulgação.

Atenciosamente

Isa Musa de Noronha
====================


From: claudia@anapar.com.br
To: faabb@hotmail.com
Subject: Re: DISTRIBUIR SUPERÁVIT VIROU FARRA NA PREVIC
Date: Tue, 16 Aug 2011 13:12:21 -0300


Prezada Isa,

Tivemos um pequeno contratempo em relação á ADIM. Precisamos fazer algumas alterações na petição incial para torná-la mais efetiva. Segundo nosso advogado, o processo será ajuizado ainda esta semana. Conforme informado, assim que o processo estiver ajuizado, vamos divulgar boletim específico sobre o assunto, bem como disponibilizar para consulta o número do processo.
Também estamos ansiosos com este assunto. Eu e o Sasseron estamos na cola do advogado.


Abraços


Claudia

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

A mensagem a que se reporta esse texto é a que está publicada acima (06:06), oriunda da FAABB:

Caros colegas,

Repasso a mensagem abaixo, cada vez mais apreensiva com o desfecho que esta ADIN poderá ter. Eles mesmos não têm certeza de que a inicial já esteja realmente EFETIVA.

Será que até o ajuizamento ela estará em condições de ser a ação que estamos esperando?

Uma ação tão importante como esta, as associações se eximem de incluir pareceres de juristas renomados porque ficaria muito dispendioso. Façam-me o favor. Tal custo rateado entre elas seria o mínimo que poderia ser feito para evitar maiores riscos. Qual seria este custo? Quantas associações e entidades poderiam ratear? Gastam tanto dinheiro para nos induzir a votar em plebiscitos enganosos. Gastam com festas de aniversário. Gastam com cafés, chás e com outras tournées por aí. Não podem gastar alguma coisa nesta ação que nos dê maior segurança?

Sinceramente, já estou achando que é melhor deixar prá lá e ficarmos só com a via do abaixo assinado a favor do projeto 9/2011 do deputado Eduardo Sciarra, antes de "queimar" este trunfo da ADIN.

Abçs
Daisy -Sp - Sp