sexta-feira, 29 de abril de 2011

Sai Valmir entra Emílio

Caros Colegas,

Será? Difícil de acreditar, mais parece um factoide. Mas, a se confirmar o anúncio não muda nada para o que nos interessa. Nada de novo no front. É como trocar seis por meia dúzia. Puro jogo de cena como da vez anterior em que à véspera da doação dos 50% o senhor Valmir trocou de cadeira na posição de mando na ANABB, mas continuou com os cordões das marionetes nas mãos. Compareceu e atuou do mesmo jeito. E bem, para satisfação dos entreguistas.

Também desta feita a toda poderosa ANABB continuará dando as ordens em volta da mesa de negociações. Seja ela inteira ou meia, as cadeiras serão ocupadas pelos prepostos do Banco ao seu serviço, em todos os sentidos. O correto seria a renúncia coletiva, em volta dessa mesa, dos serventuários da Entidade que leva o nome de Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil, trocando esta pelas Associações de Aposentados e Pensionistas do Banco do Brasil - desde que o conjunto se represente pela FAABB, sem mandatários da ANABB na Direção.

Desse modo poderíamos esperar transparência e legitimidade nas negociações. Do jeito que está não há seriedade. Entra ano e sai ano e o jogo ocorre sempre igual. Com os mesmos parceiros de jogatina recebendo as cartas marcadas que o crupiê habilidosamente lhes joga às mãos, sem reclamações de volta porque o cacife é alto e as perdas por lances impensados não saem do bolso de nenhum deles. Ao contrário, suas burras cheias atuam como se armadilhas fossem – delas nada sai.

Que me provem o contrário e darei as mãos à palmatória.

Marcos Cordeiro de Andrade – Curitiba (PR) – 29/04/2011.

60 comentários:

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Leiam em NOTÍCIAS RELEVANTES:

29/04 - Como os sindicatos chapa-branca tomaram a Previ de nós - leitura recomendada por Fernando Arthur Tollendal Pacheco, divulgando o Trabalho “A financeirização da burocracia sindical no Brasil”.

Juntamente com o texto recebemos do Colega Giongo esse excelente comentário:

Repassando lúcido artigo para exame (e publicação, se for o caso) com diagnostico que nos aponta a gravidade de nossas situações funcionais (da garotada) e previdenciárias (dos aposentados e pensionistas), que, certamente, estão condicionando e determinarão nossa (in)tranquilidade no futuro e devem ser denunciadas.
No século passado, sindicatos chapa-branca eram chamados de pelegos (pele de carneiro), pelo vinculo com a fábula do "Lobo em pele de cordeiro", que fala do lobo que se disfarçou com uma pele de lã e assim conseguiu entrar no rebanho de ovelhas, fazendo-se passar por uma delas tanto na aparência como no procedimento fingido, mas aproveitando essa condição para devorar as inocentes e desprevenidas vítimas. O mesmo conceito também já estava contido nesta passagem bíblica (como se vê, o problema é velho):
"Mateus 7.15, 16 e 20
15 Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores. Por seus frutos os conhecereis. 16 Porventura, colhem-se uvas dos espinheiros ou figos dos abrolhos? 20 Portanto, pelos seus frutos os conhecereis."
Na fábula e na Bíblia o lobo se dá mal, mas aqui fora a coisa é mais difícil, embora dependa apenas da união consciente de todos nós.
g.

Anônimo disse...

Valmir saiu da ANABB e passa a ser apenas associado. Emilio tem outro perfil, vamos ver que rumos tomará agora a ANABB sem Valmir no comando

Anônimo disse...

Realmente, não me parece justo funcionário receber qualquer benefício ANTES de se aposentar, AINDA QUE estivesse contribuindo.

Essa concessão desvirtua os objetivos do fundo, que são a complementação de aposentadorias e pensões.

Jamais recebi qualquer benefício da Previ durante o tempo em que trabalhei, e acredito que o mesmo sucedeu em relação a todos os demais colegas aposentados.

Mesmo aquele abono de permanência em serviço, o famoso "pé-na-cova", era bancado exclusivamente pelo INSS.

Estou de acordo com os demais colegas que entendem como mais justo melhorar permanentemente as aposentadorias e as pensões.

paulo disse...

VÁ! VÁ! em paz... Já foi tarde, seu valmir camilo e leve também a anabb, tão minúscula como voce.

Lena. disse...

Boa Marcos (saiu Valmir mas o Camilo...)rsrs
Armação do Medeiros,jogada pura.

Beijão.

Lena.

Anônimo disse...

Noticia para enganar trouxas.Como a maioria esta desapontada com a Anabb/Valmir,com grande desfiliaçao de seus quadros,estao fazendo joguinho para os menos atentos acreditarem que agora vai melhorar( ver se as desfiliaçoes diminuem).A noticia e velha e como diz no post, ele, o Alibaba estava la no acordo(?)com seus quarenta LADROES e passaram a metade do que e nosso para o governo.
Fiquem atentos colegas.
Desfiliaçao JA!

carlosdomini disse...

Olhem no site da Previ e vejam o aumento de contribu~ção de pecúlio para quem tem mais de 56 anos; vejam lá em empréstimo simples quanto é o famoso FQM Fundode quitação por morte. Aumentos muito acima da inflação que dizer daqueles velhinho que se aposentaram antes de 30anos com um bET bastante reduzido. Portanto nossos reajustes deveriam ter também uma salvaguarda para aqueles que estão com o pé na cova como eu já com 70 anos.Já protestei há pouco junto a Previ.

Anônimo disse...

Isto mesmo Presidente Marcos.
Não só o sr. Valmir Camilo deveria renunciar, mas também todos os componentes da Anabb que sentam à mesa para fingir negociação.
Estamos escaldados com essa turma.
Já vai tarde !
Pior é que está indo, muito rico às nossas custas.

Anônimo disse...

Menos um ladrão na linha de frente.
Não acreditando em "fadas", sei que continuará agindo nos bastidores. Mas já é um começo !!

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Não se trata de Emílio ou Emília. Nem Narizinho nem o Sítio do Pica Pau Amarelo. A desgraça tem outro nome: ANABB, esse polvo empresarial que sufoca o PB1 com seus tentáculos nojentos. Pouco adianta trocar nomes no seu comando, há que se mudar a estrutura e enquanto isso não for possível que fique longe de nós, com todos os seus asseclas e os que lhe rendem culto.

Anônimo disse...

SEJAM HONESTOS CAIAM FORA DESSA ANABB SENHORES DIRETORES> FAÇAM IGUAL O VALMIR!!!!

Anônimo disse...

Colegas,

Acreditar que muda alguma coisa com a saida do Valmir é o mesmo que acreditar em Papai Noel.

O Valmir está com os dois pés bem fincados na ANABB E CONTINUARÁ DANDO AS CARTAS.

Anônimo disse...

Penso que deveríamos questionar na justiça a participação nas negociações de todos que têm vínculo remunerado com a Anabb, e que por força do seu Estatuto são obrigados a defender o BB. Já disse isto outro dia: "Nunca vi Acusação e Defesa serem protagonizadas pelo mesmo ente". No nosso caso por favor me expliquem: Como pode a anabb defender o BB e o Plano 1, quando disputam o mesmo quinhão? Só queria entender...

Anônimo disse...

Marcos e demais colegas.

Se o pessoal da ativa está sendo beneficiado com a isenção das contribuições e seus beneficios estão sendo majorados mensalmente desde 2007, nada mais justo que nós aposentados, que na sua maioria, saiu antes de completar 30 anos, também tenham seus benefícios melhorados desde 2007, até completar 360/360.

Observem que foi criada a Reserva de Contribuição. Atualizaria os beneficios dos que sairam antes de completar 30 anos, pois já não existe a Reserva?

Os que contribuiiram mais de 30 anos, seriam também beneficiados com o 360/360, apesar de serem poucos. Se ficar só no 360/360 e 90% para 100%, poucos serão beneficiados como em 2007 e a gritaria será geral.

Se não me engano, essa atualização dos beneficios para os que sairam antes de completar 30 anos, já fazia parte da proposta da Anabb/Contraf (apesar de não ser mais associado) e ficou de fora. Passaram as de cima, pois sabem que pouquissimos serão beneficiados.

Gostaria que alguém me corrigisse se eu estiver errado.

Hipolito disse...

Prezado Marcos e/ou demais colegas, no caso de desfiliação dos quadros da ANABB, como estou pretendendo, como faço com as Ações Judiciais em andamento?

Anônimo disse...

Raciocínio simples.

Você abre uma conta poupança, que recebe as suas CONTRIBUIÇÕES e as do patrocinador, e, além de todos os rendimentos e correções, desconta uma taxa de administração.

Quando se aposenta, adquire o direito de movimentar essa conta, fazendo retiradas mensais.

Não interessa saber se você trabalhou mais que o seu colega, se exerceu cargos mais importantes.

Não interessa porque as CONTRIBUIÇÕES deverão refletir essas diferenças.

Eles não fizeram assim? Tudo bem.

Mas a apreciação de questões como justiça e injustiça de benefícios deveriam seguir essa linha de raciocínio.

O que interessa saber é quanto você depositou para a formação dessa poupança, qual o valor de suas CONTRIBUIÇÕES.

O resto são distorções.

Elas existem sim, e devem ser eliminadas.

Anônimo disse...

Anônimo das 15:48,

O que voce fala é verdade. Receber benefícios de complementação integral de aposentadoria sem estar contribuindo para a Previ, é um absurdo. Então, é mais justo e correto complementar com 30/30 avos aos que contribuiram por 30 anos, quer seja na ativa ou como aposentado.
Espero que essa situação seja analisada nas próximas negociações.

Anônimo disse...

Mesmo se o PT deixar o governo em 2015, a oposição sabe que o PT esta utilizando a Previ, coisa que deve continuar num possível governo do PSDB, pois quem não quer um patrimônio de 150bilhões que não ajudaram construir e que não tem compromisso conosco.

Nosso futuro não é incerto é negro.


Só a justiça, se houver, para findar esse estado de coisa, se demorarmos mais um pouco, se continuarmos esperando o que pode acontecer de bom ...

Anônimo disse...

O COLEGA DA 13:14 DISSE TUDO....
O PESSOAL DA ATIVA, TODO RESPEITO E CARINHO..., ESTÃO EM OUTRA DIMENSÃO/CONTEXTO...

Anônimo disse...

POR DEFINIÇÃO, VIDE ESTATUTOS..., A ANABB É NO MÁXIMO 1/2 BOCA. PORQUANTO NÃO DEVEMOS CONFIAR... ( considerando a tendÊncia pelo PSEUDO mais forte- o BB).

Anônimo disse...

O QUE DEU CERTO E O QUE DEU ERRADO?

O sultão de Camilote há muito tempo já respondeu a essas perguntas, numa cartilha, escrita de forma a que ninguém botasse defeito. Lá consta, dentre outras coisas, uma que deu errado foi a insensibilidade do banco, se apropriando de vários bilhões que eram exclusivos nossos. Mas lá tá escrito, claramente, vamos lutar para consertar o que deu errado. Parecia uma promessa. Agora a verdade. Pulou fora, mesmo que aparentemente. O que mais vai dar errado?

Lázara Rabelo disse...

Caro Marcos,

Recebi o Informativo Semanal da Previ,
por email, onde consta:

Revisão dos valores dos pecúlios e contribuições

Foi aprovada a revisão anual dos valores de contribuição e de pagamento de pecúlio, que entram em vigor em 1/5. Os pecúlios tiveram reajustes escalonados de acordo com as faixas etárias e continuam com os valores de contribuição mais vantajosos em relação ao mercado, especialmente para os participantes de idade mais elevada.

Anônimo disse...

Anônimo das 16:40

E se a distorção foi feita por uma LEI? A PREVI tem autoridade para resolver? E se o valor não tiver sido pago, porque uma Lei ou Decreto manda não pagar? A PREVI tem autoridade para pagar? E se o indivíduo se aposentou antes dos 30 anos por interesse, ou por pressão do PATRÃO ou por promessa do PATRÃO (como alegam que aconteceu)? A PREVI RECEBEU CONTRIBUIÇÃO PARA PAGAR?
A solução nesses casos está na PREVI OU NOUTRA ÁREA?
Edgardo Amorim Rego

Anônimo disse...

Certa vez, quando associado, entrei em contato com a Anabb e solicitei uma consulta sobre a possibilidade de uma ação judicial contra o BB, a resposta foi simples e direta, "Não patrocinamos ações judiciais contra o BB e a Previ". Imediatamente compreendi que a associação não representava os seus filiados, tinha um cunho patronal, é apenas isso, um apêndice do patronato, não poderia assumir lugar na mesa de negociação. Outro aspecto, O Sr. Valmir Camilo se posicionou contrário ao direito referente à Cesta Alimentação extensiva aos aposentados, concordando em gênero, número e grau com a decisão da justiça do trabalho, que negou o benefício.
Edilson

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Prezado anônimo das 21:17, no post “Quem é Quem”:

Já há bastante polêmica aqui no blog envolvendo diversos assuntos, o que demanda intenso trabalho de triagem dos comentários no sentido. Evitar esse tipo de posicionamento faz parte da rotina de manutenção. E não interessa a ninguém criar desentendimentos por questões de pontos de vistas equivocados.
Seus comentários pedindo nosso envolvimento com a CONTEC simplesmente foram deixados de lado exatamente para contornar uma previsível situação desagradável. No entanto, devido à acusação de que não dei o devido valor ao seu questionamento e, principalmente, face sua ameaça de abandonar o Blog, devo-lhe uma resposta.
Por conhecimento e, também, por experiência, sou avesso ao trato com sindicatos. CONTRAF e CONTEC se equivalem. Tanto é que não se entendem na divisão do poder. Se nós fugimos de uma por que cairmos nas garras da outra?
É preciso conhecer os bastidores dessas Organizações para fazer juízo de valor. Muito a propósito divulguei hoje, por orientação dos Colegas Giongo e Tollendal, o excelente trabalho:

A financerização da burocracia sindical no Brasil

Por Alvaro Bianchi - professor do Departamento de Ciência Política da
Universidade Estadual de Campinas. e Ruy Braga - professor do
Departamento de Sociologia da Universidade de São Paulo.

A matéria está disponível no nosso espaço aqui ao lado “Notícias Relevantes”, com data de ontem, dia 29.
Espero que o Colega encontre ali razões suficientes para que evitemos sindicatos e conexos. Assim como espero não estar criando mais uma polêmica pela citação Contraf/Contec.
Uma coisa é o envolvimento com associações de aposentados e pensionistas do nosso meio. Outra bem diferente é querer ingressar no emaranhado mundo do sindicalismo que, convenhamos, não é do nosso interesse.
E espero, mais que tudo, que reavalie sua posição com relação ao Blog Previ Plano 1, e permaneça contribuindo para elucidar nossas pendências.

Atenciosamente,

Marcos Cordeiro de Andrade.

Anônimo disse...

Sai FUFU(camilo), ENTRA FUBÁ
(emilio).Tudo farinha do mesmo saco, ou saco da mesma farinha.Esta estratégia pode ser para blindar o Camilo das críticas que ele recebe nos diversos blogs. Ficando ele fora da mídia, vai maquinar melhor, sossegado e sem os bombardeio das vítimas por ele molestadas. Semelhantemente a Fernandinho Beira-mar, tiraram-no das ruas e presentearam-no com uma cadeia de onde ele planeja "direitinho" a execução de seus rivais. Este é o Camilo que todos nós indesejamos.

Anônimo disse...

CHACAL disse
Já vai tarde. E outros mais concerteza tambem irão.
Mas mesmo assim não exime o Senhor
VALMIR de nos dar explicações sobre
o que fazia com $2.500.000,00 de
reais recebidos pela ANABB mensal-
mente.
Se algum colega souber me responder
agradeço.
Murilo CHACAL Hallak

Anônimo disse...

JÁ VAI TARDE!!!!!!! Deveria levar junto com ele a Anabb.

Anônimo disse...

Isso mesmo colega, já vai tarde e tem outra se todos se desfiliassem da ANABB seria uma beleza. Como pagariam um valor desses que pagavam para o Valmir?
Cambada de safados!!!
Foraaaaaaaaaa ANABB!!!!!

Silvio Avellar - São Paulo Capital disse...

As constantes críticas dirigidas para a ANABB e seu ex-presidente Camilo revelam muita inveja não só da grande entidade como também de seu ex-dirigente reconhecidamente um líder que transformou uma associação de classe restrita a bancários do BB na maior entidade de uma só categoria na América Latina. Há que se fazer avaliação dos métodos, não se constrói uma liderança denegrindo outra. A AAPPREVI pode ser grande, mas não há de ser desmerecendo uma associação e seu ex-líder. Em tempo, sequer sou associado da ANABB, pois sou da ativa e tenho o Banco como apenas um emprego enquanto me formo e tentarei melhor sorte, mas gostaria de me associar à AAPPREVI, pois aqui vejo lideranças discutindo com propriedade melhorias tanto para aposentados como ativos, como Sr Rossi e Sra Isa. É possível? Melhorias para ativos significam que minha reserva matemática, na hora de sair do Banco e sacar, será mais gorda. No entanto, duvido que publiquem minha mensagem, pois esse blog parece só divulgar o que lhe é conveniente.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Engana-se o Colega Silvio Avellar ao afirmar que o Blog só publica o que lhe é conveniente. Ao contrário, o Blog só publica o que é conveniente aos seus freqüentadores, principalmente aqueles que conhecem a história deste espaço. Assim como se engana o comentarista ao associar o Blog Previ Plano 1 à AAPPREVI. Não há vínculos entre ambos. O Blog é independente e a AAPPREVI pertence aos seus associados. Assim como seus dirigentes não podem ser comparados a nenhum pelego ou dirigente com propósitos personalistas. Na AAPPREVI ninguém recebe para desempenhar suas funções. Todo mundo trabalha de graça, por puro espírito humanitário.
Estou certo de que a AAPPREVI receberá sua filiação com prazer e se sentirá honrada com a adesão. No entanto, será altamente proveitoso para suas aspirações se procurar inteirar-se do seu funcionamento, apartando-a de vinculações inexistentes.
O site www.aapprevi.com.br lhe será muito útil para não mais cometer enganos ao fazer juízo de valor acerca do que desconhece.
Ao Blog cabe seguir sua trajetória com coerência e independência.
As publicações de comentários obedecem a critérios recomendáveis para inibir participações duvidosas.

Atenciosamente,

Marcos Cordeiro de Andrade

elvira disse...

Ao colega Silvio Avellar,
A AAPPREVI não esta denegrindo a ANABB. Somos nós aposentados, há muito insatisfeitos com a postura daquela entidade, que não contesta nem a PREVI nem o BB, que estamos registrando nossa posição.
Abraços

Anônimo disse...

O funci Silvio Avellar (SP)que estuda e quer sair do BB deve estar pagando o "PREVI-Futuro", e nada tem a ver com o Plano 1 da PREVI.Aquele é de Contribuição Definida e o nosso é de Benefício Definido (BD).
Comprou um Brasilprev, também ?Veja se é PGBL ou VGBL, pois há diferenças fiscais.

Anônimo disse...

Caro Marcos, muito elegante e cuidadosa a sua resposta ao Sr. Silvio Avellar quando ataca a AAPPREVI e defende a ANABB.
Observando o texto das 06;22h observei a seguinte declaração do Sr. Silvio:
"...sequer sou associado da ANABB, pois sou da ativa e tenho o Banco como apenas um emprego enquanto me formo e tentarei melhor sorte,.."
Evidencia-se a diferença entre nós que dedicamos uma vida inteira ao BB, criamos umas maiores instituições bancárias do mundo, uma das maiores Caixas de Previdência do Mundo, e que vemos algumas pessoas destruirem esse trabalho em proveito próprio e através de "expedientes fraudulentos". O Sr. Silvio está no BB, como ele próprio disse, de forma passageira, provisória, e não tem maiores laços com a Instituição. Penso, também, que não deve acompanhar os passos da ANABB e seus atuais dirigentes. A PREVI é nossa !
Espero que não esteja aqui no blog querendo disseminar discordâncias sem fundamento. Abraços

sergioinocencio disse...

Marcos e blogueiros,

eu adoro jogar poker, nestes sites online tipo Pokerstars, a questão de 2 meses atrás eu tinha 1.300.000 fichas, hoje tenho pouco mais de 50.000, qdo a maré não esta para peixe não tem como, se as cartas são marcadas pior ainda, e assim nós estamos nesta mesas de negociação, temos muitas fichas, mais as nossas mãos são sempre as piores, pagamos só o blind, mais não ganhamos nada, de uma forma ou outra vamos perdendo, as vezes pequenas quantias, outras grandes valores ( 7,5 bilhões), neste pano verde precisamos urgente de novos jogadores ( concordo com seu post) ou muio em breve teremos que recomeçar: do zero.

obs: minhas fichas são dinheiro ficticio, grana de verdade nem pensar.

Anônimo disse...

Gostaria de perguntar se estao acessando normalmente o auto atendimento da Previ, pois hoje tentei por 2 vezes acessar e nao consegui.

Marta Freitas

raul avellar disse...

Presidente Marcos
Desejo deixar bem claro que não conheço esse Silvio Avellar, de São Paulo, se porventura é meu parente eu não sei, mas discordo
firmemente no que concerne ao que
ele pensa da ANABB: para mim este aglutinado de aproveitadores é um
câncer que precisa ser extirpado!
Raul Avellar

Anônimo disse...

Prezados Senhores,

Como se criou a reserva de contribuição ao suspender as contribuições, a partir de 2007, nada mais justo que esses recursos sejam direcionados para àqueles que se aposentaram antes de completarem os 30 anos. Que estipulassem um percentual anual até completar 360/360.

Ora, os da ativa não estão sendo beneficiados sem contribuir?

Com essa medida e com os 360/360 já anunciados, abrangerá a maioria dos aposentados e os recursos não serão exorbitantes. A Previ sabe disso.

Anônimo disse...

Ao Silvio Avelar (06:22, de 30/04),

Se você fosse associado da Anabb desde os primórdios de sua fundação, saberia que ela está caminhando em direção contrária aos objetivos pelos quais foi criada. A Anabb virou num "exército" de poder contra os interesses dos aposentados e pensionistas. Seus dirigentes não tem coragem de contrariar o Banco nem a Previ, pois assim correrão o risco de não conseguirem indicação a nenhum cargo nessas instituições. A Anabb se tornou, na realidade, num conglomerado de negócios (consórcio, construção civil e habitação entre outros)e é por isso que somente os associados ainda jovens são o foco verdadeiro dessa Associação. Tanto é que, parentes até o 4º grau podem associar-se à ela.
A Anabb até hoje, mesmo arrecadando mais de R$ 2.500.000,00mensais em contribuições, não teve coragem de disponibiliar um 0800 para se comunicar com os associados. Por que será? Resposta óbvia: o 0800 pode importunar. Já estive na Sede da Anabb em BSB em três ocasiões e não consegui passar além do "segurança" e da secretária que senta na mesa de entrada e que só dá respostas que não convencem. No meu caso era sobre o andamento das ações judicias. Mas que pude perceber,lá na Anabb existe uma ala inteira, no andar superior, destinada aos parlamentares interessados.

Anônimo disse...

Querido colega anônimo Silvio Avellar,

Se fosse você começaria a rever meus conceitos. De início analisaria a eficiência da faculdade onde pretende se formar. Se seus professores estão lhe ensinando a avaliar um cenário da maneira que você fez há algo de muito errado acontecendo. Quem defende uma associação como você fez ou é muito ingênuo ou então conhece intimamente e desfruta de privilégios. É impossível um jovem estudante nos dias atuais permanecer alienado dessa maneira. Abra seus olhos meu jovem!

Roberto Varella disse...

ANABB
Ta na hora de parar de demonizar a ANABB.
Ela foi criada na PRESI e na AUDIT para defender o BB que sofria forte pressão para privatização.É puro lobby. Desempenhou muito bem seu papel na época. Fui seu representante em nível de agencia por muitos anos, ao aposentar-me desliguei. A ANABB continua firme em seu próposito de defender o Banco, papel esse esvaziado pelas novas configurações políticas.Não serve aos aposentados.Minha recomendação é o inativo se desligar da ANABB e se filiar em uma associação de aposentados como as AFABBs e a nossa AAPREVI.
Vamos deixar a ANABB em paz.

Roberto Varella disse...

RENDA CERTA
A famigerada Renda Certa é um absurdo atuarial e felizmente é de pequena monta. Custou apenas R$ 300 milhões enquanto o Benefício Especial de Remuneração(elevação de 70 para 90%) custou mais de R$ 7 bilhões. Entre seus inúmeros defeitos um que é pouco criticado é o duplo beneficio gerado por única contribuição, caracterizando um "bis em idem". A cada ano trabalhado além dos 30 tiveram acréscimo de 9% a.a. e depois a devolução dessas contribuições.
O que me causa estranheza é que até agora não vi nenhuma associação questionando a ilegetimidade da Renda Certa. O que acham errado é não estenderem essa imoralidade para outros grupos.Não queremos que restaurem a moralidade desde que locupletamos todos, lembrando nosso saudoso colega Sergio Porto.
Devemos entrar com uma ação questionando a Renda Certa e não querendo se aproveitar dela.
Abaixo a Renda Certa!

Anônimo disse...

aos colegas acima. Desfiliaçao da ANABB. - so nao me desfiliei da Anabb, ainda, é porque tenho uma açao judicial, pendente é de Venda de férias e Lic. Premio, desde o ano de 1996, esta embargada pela Fazenda e estamos aguardando temerariamente o resultado. Esperamos que haja uma soluçao e saia dos Embargos e possa cancelar o respectivo vinculo com a Anabb. até mais, colegas e esperamos que na reunião de 05 de maio, do Plano 1, os resultados sejam bons, para todos. Tudo de bom para todos, e muita luz e entendimento aos competentes Marcos, Rossi, e a turma toda. aqui, rgp de Cambé-PR.

Anônimo disse...

Colegas,

Desfilie-me da ANABB em 2007, assim que sai do Banco, o motivo é muito simples: quando estava na ativa não tinha tempo nem vigor para me interar das safadezas que ocorrem lá.

Viva o Valmir, o Camilo, o Ricardo, o Sasseron, a Cecília, a Garcez......., é isto mesmo eles se multiplicam assumindo vários cargos para encherem o bolso de dinheiro e nós os Manés que se f...

Anônimo disse...

Colegas,

Sobre os Manés, entenda-se, estão aqueles que em 2007, acreditaram no Sasseron e Valmir e votaram a favor do aumento do teto de 75% para 90%, eu sou um dos Manés que eles enganaram.

Vamos ver se o número de Manés vai diminuir, quando botarem em votação o aumento do teto para 100%.

Anônimo disse...

Prezado colega RGP de Cambé (PR) das 13:27,

Minha situação é idêntica a sua. Consulte no site www.stj.jus.br o processo que tem o número de registro 2009/0028580-4 da ASSOCIAÇÃO DOS EMPREGADOS DO BANCO DA AMAZÔNIA - AEBA.
Todas ações referentes à venda de férias, LP, abono que estavam discutindo os juros ficaram na dependência do julgamento da ação similar que citei acima. Não tenho formação jurídica, mas acho que agora retornou para o TRF para posterior pagamento. Meu conselho é que procure o telefone da vara no TRF onde está seu processo e peça preferência em função do tempo do desfecho. Espero ter ajudado e boa sorte!

Anônimo disse...

Repetição.

Marcos, eu nunca votei no Lula por ele ser sindicalista, pois, eu nunca vi um sindicalista trabalhar. Depois que são liberados para os sindicatos nunca voltam a empresa de origem para trabalhar.

Esse artigo recomendado por ti não me surpreende visto que era esperado esse tipo de atuação do PT. Quando o Sergio Rosa assumiu um diretoria da Previ ainda no governo do FHC em seu primeiro pronunciamento ele disse que a Previ deveria financiar as prefeituras na área de saneamento básico. Além da Previ não poder realizar tal tipo de "investimento" o sr. Sergio Rosa já vislumbrava a intenção de financiar prefeituras petistas para que se financiasse o caixa 2 do PT e de seus bolsos.
Marcos, acompamho a política há décadas, então nada me surpreende nesse campo. Nossos políticos e sindicalistas nunca foram confiáveis.

Quanto a Contec digo que a Contraf-Cut foi criada em 2006 e em menos de 3 meses ela já estava apta a funcionar e passou a sentar nas mesas de negociações dos acordo coletivos com o BB. Essa criação foi exatamente para bater de frente com a CONTEC. Quando o Lula assumiu e tivemos um reajuste em torno de 12,5% foi graças a Contec que provocou uma greve pois os sindicatos, todos ligados ao PT, já tinham acertado com o Banco um aumento bem inferior e assim aconteceu em outras negociações até que criaram a Contraf para esvaziar a representatividade da Contec.

Quando você diz não envolver com sindicatos é a sua maneira de ver as coisas, meu ponto de vista é de utilizarmos naquilo que for possível e aceitável.

Voce mesmo mencionou que a divergência entre Contec e Contraf, por que então não verificar a possibilidade de utilizar esse fato a nosso favor.

Todas as oportunidades devem ser analisadas e não simplesmente tomar posições radicais sem pelo menos tentar alguma coisa sem nos comprometer, mostrando que nossas ações tem apenas um objetivo de beneficiar os associados da AAPPREVI, fora disso não há como assumir compromissos que não esses.

Entãoéu acho de suma importância sairmos do nosso isolamento e tentar alguma coisa que possa nos favorecer. Como dizem: que arrisca não petisca.

Nossos riscos é claro que devem ser calculados e por isso acho que devemos tentar uma aproximação e não envolvimento.

Boa sorte.

Anônimo disse...

Marcos, se todos os aposentados se desfiliassem da ANABB acredito que seria uma das formas de enfraquece-la "legalmente", visto que ela deixou de ser "útil" para nós os aposentados e com isso fortaleceriamos a AAPPREVI se todos os desfiliados se juntassem a nós, teríamos maior representavidade e teríamos obrigatoriamente de fazer parte de qualquer evento envolvendo a Previ e o BB. Seríamos Associação Nacional dos Aposentados e Pensionistas da Previ de que já somos de alguma maneira.

Lena. disse...

Ao jovem Silvio Raul Avellar. Fico imaginando o orgulho que seus pais devem ter por vc. Passou no concurso BB, está estudando e logo se formará. Acho você bem corajoso e firme nos teus propósitos. Continue na luta, corra atrás dos teus sonhos, não desista nunca. Na atual situação, onde os nossos governantes não fazem nada além de nos roubar, não basta vc ser bom, tem que ser ótimo. Desejo-lhe sorte e sucesso.

Seja bem vindo ao blog do nosso amigo Marcos. Abraços.

Lena.

Anônimo disse...

Esta é a terceira vez que tento fazer este comentário sem conseguir transmití-lo; é para parabenizar nosso colega anônimo (que pena !!!) das 07,39 hs.que falou sobre o funci Sílvio Avellar. Com suas palavras ele separou devidamente o "joio do trigo"; para nós aposentados, creio que a maioria, o emprego no BB era considerado uma profissão digna e respeitada, conquistada através de concursos públicos idôneos, a qual nos garantia e às nossas famílias um razoável padrão de vida. Não estávamos lá de passagem....vestimos a camisa e batalhamos pelo Banco como pela nossa própria casa. Embora anônimo o colega "matou a cobra e mostrou o páu", como se diz por aqui...

Ricardo Annoni Neto - Machado (MG)

Anônimo disse...

Ao colega de Cambé (PR) 13:27,

Eu também tenho essa ação para a devolução do I.R s/venda Lic.Prêmio, abonos e Férias. Está com dr. Ivo Evangelista. Ocorre que já saquei o dinheiro no ano passado e o advogado ainda nem sabe, pois quando acesso o processo está como se a ação estivesse "paralizada". Na verdade o valor já estava depositado na CEF e, PASMEM: em 1997, ao propor a ação, o valor era de R$ 1.765,00. Sabe quanto recebi 13 anos depois? SOMENTE R$ 2.195,00. Um acréscimo de apenas R$ 430,00, em 13 anos. É um absurdo.
Se eu devesse essa quantia no mesmo prazo pra Receita Federal, me cobrariam agora uns 300 mil.

Não espere muita grana, não.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

COMUNICADO DA ASSESSORIA JURÍDICA da AAPPREVI

Estão em vias de ajuizamento os terceiros lotes das Ações Renda Certa e Cesta Alimentação. Os documentos recebidos depois do dia 05/05 serão incluídos nos lotes seguintes a estes (3°s).

p/AAPPREVI
Marcos Cordeiro de Andrade
Presidente Administrativo

Ari Zanella disse...

Meus caros colegas,
Muitos descrêem do Judiciário. Eu não tenho motivo para fazê-lo. Sou professor de inglês na rede pública de Santa Catarina com 20h/aula semanais. Neste mês de abril o STF julgou uma ADIN interposta pelos governadores do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul e Ceará contra a aplicação do PISO NACIONAL dos professores estabelecido pelo MEC (leia-se governo federal). Perderam feio no Supremo pois o piso foi considerado constitucional. Ou seja, o Supremo decidiu a favor dos professores.
Também o STJ tem no caso da Cesta Alimentação decido a nosso favor (aposentados da Previ). E notem que esse é um assunto polêmico pois a Previ alega principalmente que não houve a contrapartida da contribuição para receber esta verba. Ainda que alguns Tribunais Regionais neguem, o STJ contradiz e confirma em decisões já pacificadas como é o caso da Notícia Relevante publicada aqui no blog em 26.04.
As ações do IR, vendas de abonos e férias que sofreram embargos da Fazenda Nacional foram pacificadas pelo julgamento, também no STJ, da Ação dos Empregados do Banco da Amazônia, AEBA, cujo desfecho foi o de NEGAR provimento à Fazenda Nacional, destravando, assim, os referidos embargos.
Então meus amigos, viva a Justiça brasileira. Anda devagar mas anda.
Lembremos da música de Almir Sater: “Ando devagar porque já tive pressa e levo esse sorriso porque já chorei demais.”

Anônimo disse...

O funci Silvio Avellar defende a anabb, porque não é aposentado.Porque a anabb foi feita pra isso mesmo. PRA DEFENDER O BB. Até chegarmos a esta conclusão passamos raiva demais. Sim, porque eu sempre acreditei que a funçao da anabb, era cobrar na justiça nossos direitos junto ao BB. Porque se o fizéssemos, estariamos desempregados NA HORA!!Uma vez que funcionário ativo não pode levar o banco na justiça.
Já disse ao Valmir que ele "servia a dois senhores". Hoje penso diferente. Ele serviu sempre ao mesmo senhor: Ao BB!!!!Vai tarde! E vê se não volta.

Anônimo disse...

25/04/2011 - EuroBank - Aquisição

Em conformidade com o § 4. º do artigo 157, da Lei n.º 6.404, de 15 de dezembro de 1976, e com a Instrução CVM n.º 358, de 03 de janeiro de 2002, o Banco do Brasil S.A. comunica que:

1. Assinou nesta data, 25/04/2011, o Contrato de Compra e Venda de Ações para aquisição de 100% do capital social do EuroBank, pelo valor de US$ 6,0 milhões.

2. O EuroBank, sociedade de capital fechado com sede na Flórida (EUA), possui uma rede de 03 agências localizadas nas regiões de Coral Gables, Pompano Beach e Boca Raton. Atende clientes americanos, portugueses, hispânicos e um pequeno público de brasileiros.

3. A aquisição do EuroBank contribuirá para a expansão dos negócios do BB nos EUA e lhe permitirá atuar no mercado de varejo norte-americano, com foco no atendimento das comunidades brasileira e hispânica residentes naquele País.

4. A seguir as principais informações financeiras do EuroBank:

Informações em 31/12/2010
Valores em US$ milhões

Ativos
102,1

Carteira de Crédito
74,8

Depósitos
91,4

Patrimônio Líquido
5,5

5. A efetivação da operação está condicionada às aprovações dos acionistas do Banco do Brasil, nos termos do artigo 256, da Lei nº 6.404, de 15.12.1976, e dos órgãos reguladores no Brasil e nos Estados Unidos.


Brasília (DF), 25 de abril de 2011.

Ivan de Souza Monteiro
Vice-Presidente de Finanças, Mercado de Capitais e Relações com Investidores

Fonte: portal do bb.

Anônimo disse...

É..., parece que a Dona Lena "caducou" de vez em seu comentário das 16:39.
O cara, o tal de Silvio, solta o sarrafo no Marcos e na AAPPREVI e ela ainda o elogia e dá as boas vindas ao blog.
Acorda Dona Lena !! O comentário do Sr.Silvio só teve o objetivo de disseminar a discordância. Ele só tá usando o BB como um "bico". Não tem nenhum apego ao BB e muito menos à PREVI.

Anônimo disse...

Colegas,

Deixem os jovens defender a ANABB, logo a ficha vai cair e eles verão aonde estão metidos.

O que não entendo é que ainda tenha tantos aposentados filiados a esta máquina de fazer dinheiro e enganar pessoas de boa fé.

Plano 1 disse...

Estamos em maio de 2011.
A PREVI nos deve informações contábeis do 1º trimestre de 2001,informações dos participantes do Plano 1; informações financeiras mensais, desde janeiro de 2011, além de atualização do site e publicações de 2011.
PREVI: atualize as informações,POR FAVOR, pois o 1º quatrimestre já se encerrou :

ACORDA PREVI....!!!!
TRANSPARÊNCIA E INFORMAÇÕES JÁ !

Anônimo disse...

MARCOS, FAVOR PUBLICAR:
Já estou cansado de conversar, dialogar, colocar minhas idéias, escutar os outros. Infelizmente de nada adianta, a minha opinião pelo que vi não adianta nada.Doravamte deixarei de emitir minhas opiniões, não adianta nada.Vejo muita briga entre nós participantes. Quem manda é o BANCO. O que vir para minha conta, virá sem eu ter que me estressar. Cadê os que íam defender os Autopatrocinados???????????? Deixo vocês brigarem por mim. Se cair na conta tudo bem, se não cair amém.
CELSO BERNARDES
FORMIGA/MG

Anônimo disse...

Notícia Bomba!!! do colega Fernando Tollendal:
Renuncia Valmir Camilo

https://groups.google.com/group/pdv-ba/browse_thread/thread/e707b2bcb1e5506f?hl=pt

c) a existência da Sociedade de Advogados AMORIM, CAMILO E ROMANO
ADVOGADOS ASSOCIADOS, que tem como sócios Sabrina Marques de Amorim
(OAB/DF 21.157), Valmir Marques Camilo (OAB/DF 21.861) e Marcos Antônio
Zin Romano (OAB/DF 17.184), conforme certidão em meu poder;