quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Acusações infundadas




Curitiba, 22 de novembro de 2012.

Aos associados da AAPPREVI,

Referindo-me às informações maldosas e inverídicas postadas/comentadas em blogs e em e-mails contra a minha pessoa, venho respeitosamente a sua presença para descrever minha trajetória na defesa dos interesses dos aposentados/pensionistas e a algumas decisões administrativas importantes para funcionamento da AAPPREVI:

a)    Fui admitido no BB mediante concurso no ano de 1961/62 e aposentado no ano de 1984, tendo servido ao BB nos Estados da Paraíba e do Rio de Janeiro (Agências em Itabaiana e Piancó, na Paraíba, e Centro, Figueiredo Magalhães e Copacabana, no Rio). Em 26/09/2009, inaugurei o blog PREVIPLANO1, para alertar os colegas aposentados e pensionistas acerca de seus direitos que estavam sendo violados e para denunciar as falcatruas que estavam ocorrendo entre o BB e a PREVI para destruir o nosso fundo de pensão;
b)    Em fevereiro/2010, após estímulos de vários colegas deste Brasil afora, resolvi criar a AAPPREVI. Para isso, convidei algumas pessoas para compor a chapa da primeira diretoria, entre elas, o Sr. Gilvan Rebouças e o Sr. Ari Zanella;
c)    Após os preparativos legais e burocráticos, em 10/02/2010, conseguimos fazer nascer a AAPPREVI;
d)    Para não onerar a nossa associação, eu cedi a minha residência para servir de sede para a AAPPREVI durante estes 33 meses, sem cobrar nenhum centavo de aluguel e nem energia elétrica. Se a AAPPREVI tivesse alugado uma sala e tivesse que pagar aluguel e energia elétrica ela teria gasto cerca de R$ 33.000,00 (a AAPPREVI não é virtual. Ela existe fisicamente em minha casa). E essa situação perdura até o dia de hoje. Além do que, até bem pouco tempo os equipamentos de computação e informática eram de nosso uso particular – aqui e na casa do Senhor Gilvan (Computadores, notebooks, impressoras, telefones, fax, conexão por internet, etc.)
e)    Durante todo esse tempo os serviços burocráticos veem sendo realizados por mim, por minha esposa, por meu filho e pelo Sr. Gilvan, de forma totalmente gratuita, trabalhando mais de 18 horas por dia. Nenhum outro membro do CONAD ou da Diretoria jamais executou qualquer desses serviços;
f)    Quando a AAPPREVI foi crescendo, a demanda por informações e controles foi aumentando, tornando-se impraticável a realização dos serviços burocráticos e de informática de forma gratuita, pela necessidade de aportar mão de obra capaz de ajudar na execução dos serviços;
g)    Porém, por vedação legal, os dirigentes das associações não podem ser remunerados, sob pena de perder a imunidade tributária e a AAPPREVI nunca acumulou reservas suficientes para mudar-se e contratar profissionais legalmente registrados como empregados para cuidar de tudo.
h)    Contudo, nada impede que as associações contratem profissionais alheios à diretoria e ao rol de associados para prestar serviços remunerados;
i)    Foi neste contexto que os membros do CONAD (eu, e o Sr. Gilvan contando com a concordância do Sr. Ari, que declarou explicitamente não poder prestar qualquer ajuda no sentido, por manter dedicação em emprego público), decidiram contratar microempresários para realizar os serviços tudo dentro da lei (uma pessoa que reside no endereço do Sr. Gilvan, o meu filho que é bacharel em Comunicação Social, com habilitação em Publicidade e Propaganda e especializações em Informática e minha esposa que residem comigo: os três estão registrados legalmente nos Órgãos competentes e atuando como prestadores de serviços, mediante contrato, sem vínculo empregatício com a AAPPREVI. Vale salientar que o meu filho tinha emprego bem remunerado (dois mil e trezentos reais mensais), com carteira assinada, abandonou o emprego atendendo meu pedido, para me ajudar na AAPPREVI e durante mais de um ano não recebeu remuneração alguma – eu suportava suas despesas, do meu bolso. Como vantagem para a AAPPREVI o meu filho fica a minha disposição 24 horas por dia. Se alguém não concorda com essa forma de prestação de serviço (remunerado), espero que, antes de criticar, se inscreva na AAPPREVI para prestar serviço gratuito, cuidando da atual estrutura de trabalho para dar vida a uma Associação com cerca de 4.000 associados e fazendo tramitar nos Tribunais inúmeros processos judiciais (quantidades que a ética não me permite precisar)
j)    O fato de esses serviços serem prestados por microempresários não isenta os membros do CONAD (Marcos e Gilvan) de trabalhar gratuitamente. Faço isso por vocação e por idealismo;
k)    Estou sem entender até agora a incompreensão que estou sofrendo do Sr. Gilvan e do Sr. Ari, eis que todas as decisões foram tomadas em conjunto e suas assinaturas constam nos documentos em que o Estatuto exige que sejam apostas.

A vista disso, peço o seu voto. Mais um voto de confiança. Não descansarei até que os DIREITOS dos aposentados e pensionistas sejam respeitados.

Atenciosamente,

MARCOS CORDEIRO DE ANDRADE
Candidato a Presidente na Chapa DIREITOS


Para ler a versão em PDF, clique aqui

12 comentários:

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

From: Tania Cardoso
Sent: Thursday, November 22, 2012 2:54 PM
To: AAPPREVI
Cc: Tania Cardoso
Subject: Re: Eleição AAPPREVI - 2012

Prezado Marcos,

Conte sempre com a minha participação, admiração, comprometimento, solidariedade e tudo mais que envolva uma respeitosa relação de amizade. Tenho muita vontade de conhecê-los pessoalmente, você e sua família, para sentir de perto toda essa boa energia que brota aí, em cada coração.

Nada que li até agora abalou a confiança que tenho em você e na AAPPREVI - essas reações são as que vemos sempre nos menores, nos mesquinhos, nos recalcados, gananciosos, que não conseguem disfarçar a tremenda frustração e inveja que carregam consigo e, provavelmente, em várias áreas de suas vidas. Você os atingiu frontalmente em suas deficiências, não por acaso, e resolveram aprontar todo esse circo.
Mas, tem tanta gente bacana que escreve no seu blog que, diariamente, vejo mais e mais motivos para não baixarmos as armas. Vamos à luta para garantirmos pelo menos mais 3 anos sob sua administração e essa nova equipe que você escolheu.

Um forte abraço para você e sua família e que Deus continue iluminando muito o caminho de todos, dando-lhes forças, capacidade, serenidade e equilíbrio para superarem mais esta tempestade. Eu acredito muito no bem, no correto, no justo, no sincero, no ético, no íntegro e no verdadeiro, sempre, como provas e motivos maiores para buscarmos o nosso crescimento nesta jornada terrena que escolhemos.

Até breve,
Tânia

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caro Marcos,

Fiquei paralizado a ler a intenção da chapa 2 de abrir as portas da AAPPREVI para todos o funcionários do BB, independente do plano a que pertençam. Tal acontecimento seria lamentável, pois viria a ser a cópia fiel de outra instituição já existente, visando tão somente o lucro e ocupação de cargos na Previ, Cassi e BB, além de almejarem ótimas remunerações no exercício de suas funções.
O nome AAPPREVI significa: Associação dos Aposentados e Pensionistas da Previ. Aí não entra o pessoal do outro Plano (Previ Futuro). Então, deduz-se que, além de alterar os estatutos, terão qe alterar também o nome e a sigla dessa Associação. No meu entender, os fundadores da AAPPREVI que integram a chapa concorrente estão traindo à sí próprios, pois quando reuniram-se para criar a Associação, não era isso que que estava sendo idealizado.

A AAPPREVI não deve fugir dos princípios para os quais foi criada: DEFENDER EXCLUSIVAMETE OS INTERESSES DOS APOSENTADOS E PENSIONISTAS QUE DEDICARAM SUA VIDA AO BB.

Pedro 8214780

paulo cirne disse...

Caro Marcos,

Vc tèm e sempre terà o meu apoio e confiança . Fora com esses traidores!(Gilvan e Ari)
Paulo Cirne

Anônimo disse...

Marcos,

Leia-se..."fiquei paralisado ao ler a intenção da chapa 2, de abrir as portas...."

Pedro 22:45

Marisa Moreira disse...


Marcos Cordeiro, Boa Noite!

Por pior que sejam as adversidades
não lamurie. Saiba que acima de todos estes processos normais, acima de
cada vida, existe um Deus, UNICO e
PODEROSO.
Teu silencio é sabio, quando necessario. Não ceda a pressões.
Eu continuo a orar constantemente por
todos. Esta não sera como Xerem,
parece que alguns teem a memoria
que nada registra. Nada vem facil.
Sou apenas uma. mas não mais uma,
porque guardo por tua pessoa um
respeito e um carinho imenso.

Deus te abençõe, a esposa e filho.
Descanse amigo, o Senhor é com todos.

Com carinho

Marisa Moreira
(de hj ate 25/11 -SP)

Anônimo disse...

1) Consta nas propostas da chapa do Sr. Gilvan e do Sr. Ari a alteração do Estatuto atual, para poder permitir o ingresso dos funcionários da ativa do BB, Plano Previ Futuro.
- Não concordo, pois além de desvirtuar a finalidade da associação, acho que quem estaria sendo massacrado e necessitado de defesa pela AAPPREVI seria o aposentado/pensionista da PREVI, necessidade essa, que por si só explica o rápido sucesso da associação até o momento.
2) Propõem também a reformulação do site da AAPPREVI.
- Também não concordo. O atual site é um diferencial positivo em relação a outros, pois só tem as informações que realmente interessam, sem enfeites e sem firulas que geralmente complicam. Claro e objetivo, fácil e muito agradável de se navegar, atende totalmente as expectativas de quem procura informações sobre os assuntos tratados.
Por essas e outras é que o meu voto será da Chapa DIREITOS 1.

Anônimo disse...

A AAPPREVI é para cuidar dos interesses de aposentados e pensionistas.Deixem a colcha de retalhos com a Previ.
Aí ´so vai ficar faltando criarem a AAPPREVI PREV, AAPPREVI odonto, AAPPREVI Tur, AAPPREVI Consorcio e por ai vai.Vamos continuar "pequena" (isto é modo de dizer) mas, focada como está.
Não nos deixemos cooptar. Os adversários são espertos, treinados, negociadores(que só ganham) e se ligarem/telefonarem se queixando preocupados com risco que aposentados representam para a Previ, não acreditem.Não nos transformamos em meros assistidos.
Temos que nos portar como o presidente SR.MARCOS.Cabeça erguida
no enfrentamento inteligente. Ingenuidade jamais. Pensar antes de sair colaborando.Como estamos sendo tratados, como anda a relação patrocinador/Pb1, a mão firme é necessária,quiçá até a inflexibilidade, a dureza nas ações.Sr.Marcos,sem querer ditar como dirigir nossa associação, lhe digo: remunere seu filho se presta serviços, alugue uma sede e não banque despesas com seus recursos.
Existe mais ingratidão que reconhecimento.Os que condenam seu jeito nos blogs da vida, têm como plataforma elevar despesas.
J.C.RAMOS.

Anônimo disse...

O OLHO GRANDE foi maior.A AAPPREVI cresceu em numero de socios, em reconhecimento e logico, maior arrecadaçao, ai vieram propostas indecentes, e os sem pudor se venderam por qualquer dinheiro(Judas).
Marcos, com tudo isso, mais aumenta a nossa credibilidade a voce.
Sigamos em frente.
CHAPA 1

Agora me lembrei das ameaças feitas a voce e sua familia...
Duda

elaine disse...

Sr. Marcos Cordeiro,

Sou associada da AAPPREVI, há um mes somente.
Esta situação me deixa confusa.
Gostaria que o Sr. me explicasse o que aconteceu.
A nova chapa dos dissidentes, foi formada sem seu conhecimento? Pegaram o Sr. de surpresa?
Grata

Anônimo disse...

Está tudo muito claro criaram olho gordo em cima de nós, não devemos crescer como eles sugerem, isso seria o nosso fim, visto que a AAPREVI ainda é jovem para mostrar maiores resultados, o que nos une é a coragem do Marcos Cordeiro que até o momento mostrou competência, se tem pavio curto isso não nos interessa, cada um tem sua natureza o que mais importa é seriedade.Não conheço nenhum deles de perto mas as palavras nos blogs nestes últimos dias esclareceram muitas dúvidas. Não precisamos de sede para atendimento queremos ações na justiça e informações transparentes no site, mesmo porque estamos espalhados pelo Brasil todo, queremos também uma mensalidade compatível com o minúsculo benefício.Colegas acordem ! vamos deixar o Marcos Cordeiro continuar seu trabalho.

Anônimo disse...

Agora sim, seu blog liberado para anônimo estava fazendo falta, tantas oportunidades de trocarmos idéias foram desperdiçadas nestes dois meses que antecederam o tão comentado ES, momento oportunista que o adversário soube usar, mas ainda é tempo de abrir os olhos da turma do PB1 e dos pensionistas, continue nos permitindo no seu blog sr. Marcos, o anonimato com seriedade é só um meio de nos proteger, é inofensivo e ajuda muito.

Anônimo disse...

Não consigo imaginar nossa AAPPREVI sem o Sr.Marcos, mesmo achando que os outros podem contribuir de alguma forma para a nossa causa. Sem desmerecer quaisquer outros colegas que têm escrito sobre os assuntos que nos interessam, na Associação o Sr. Marcos é um dos poucos que, a meu ver, tem mostrado CORAGEM e CAPACIDADE de abordar de modo enérgico, abertamente, os assuntos de nosso interesse que os TEMPORARIAMENTE de plantão na PREVI, no BB e na CASSI precisam resolver. "Tapinha nas costas" e "amizade" desses elementos contribuem muito, sim, com o atendimento dos "interesses" deles. Penso que passou o tempo em que era possível confiar nas intenções dos que detinham cargos de expressão nessas instituições. Não podemos abrir mão do trabalho do Sr. Marcos; ele precisa continuar, inclusive com remuneração apropriada, pois eu não entendo ser justo que ele dedique seu tempo e suas energias para defender meus interesses gratuitamente.