terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Enfim, BOAS NOTÍCIAS!

Caros Colegas,

O Crédito de 14 parcelas do superavit "será efetuado em até quatro dias úteis", segundo informação contida no site da PREVI:


NOTÍCIAS :: 20110215 SUPERÁVIT APROVADO


Uma conquista de todos

A alteração do regulamento do Plano 1 foi aprovada nesta terça-feira, 15/02, pela Superintendência Nacional de Previdência Complementar – Previc, última instância decisória necessária para que os recursos excedentes sejam destinados aos participantes. Os principais benefícios previstos no novo regulamento são a implementação de um Benefício Especial Temporário (BET) correspondente a 20% do Complemento PREVI para aposentados e pensionistas – já considerando como benefício mínimo 70% da Parcela PREVI – e a manutenção da suspensão integral das contribuições da patrocinadora e dos participantes por mais três anos consecutivos – já suspensas desde 2007.

Como o sistema de pagamentos da PREVI já está preparado, o primeiro crédito – correspondente a 14 parcelas (as 12 previstas mais duas referentes a janeiro e fevereiro de 2011) – será efetuado em até quatro dias úteis, como adiantamento, e transitará pela folha de pagamento de março. As demais parcelas serão creditadas junto com as respectivas folhas, no dia 20 de cada mês. O valor líquido de cada parcela corresponde a cerca de 2/3 do valor bruto mensal do Benefício Especial Temporário (BET), em função das deduções incidentes, tais como Imposto de Renda e Cassi.

O mesmo percentual do BET será projetado para os participantes da ativa e creditado em conta individual dos seus Complementos PREVI, para saque único quando de suas aposentadorias. O primeiro crédito poderá ser visualizado por meio do Autoatendimento do site da PREVI, em até cinco dias úteis, nas áreas de Simulação de Benefícios, Tela de Saldo ou Prévia de Opção.

Para os membros da Diretoria Executiva da PREVI, "a construção do processo de destinação do superávit, desde os primeiros debates com entidades dos participantes até o referendo dos associados e aprovação dos órgãos reguladores, foi muito importante para o sucesso de uma operação dessa magnitude, envolvendo a melhoria das vidas de mais de 120 mil famílias, com a distribuição de recursos da ordem de R$ 15 bilhões".

Consulta aos participantes e aprovação dos reguladores

Entre os dias 9 e 15 de dezembro, os cerca de 120 mil associados do Plano 1 foram consultados sobre a destinação dos recursos nos moldes propostos, e cerca de 80% dos votantes concordaram com a proposta. A alteração do regulamento foi submetida e aprovada pelas instâncias decisórias da PREVI (Diretoria Executiva e Conselho Deliberativo), do Banco do Brasil (Conselho Diretor), pelo Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (DEST) e pelo Ministério da Fazenda. Todas as etapas de análise e aprovação foram cumpridas dentro dos prazos legais, o que permitiu que o crédito dos recursos excedentes fosse realizado em tempo recorde, uma vez que entre a assinatura do Memorando de Entendimentos e a efetiva destinação foram necessários menos de três meses.

"Estão todos de parabéns: participantes, entidades e órgãos envolvidos na negociação, responsáveis diretos pelo seu bem-sucedido desfecho", ressaltaram os diretores da PREVI.


Associe-se a AAPPREVI! Clique aqui.

111 comentários:

mariano disse...

Valeu Marcos, noticia em primeira mão. nossa AAPPREVI é demais.
Abraços Mariano

Obs.: Vamos agora lutar pela instituição da comissão para as novas negociações.

Anônimo disse...

O DINHEIRO APARECEU...HEHEHEHHE


FOI SÓ AMEAÇAR O BANCO E A PREVIC QUE NA MESMA HORA ELES DERAM UM CHUTE GRANDE NO RABO DO CAPETA.


VAI PARA LÁ SATANÁS.

SÓ COM PRESSÃO MESMO QUE AS COISAS FUNCIONAM NESTE PAÍS TUPINIQUIM........

Lena. disse...

ALELUIA!!! OBRIGADA MARCOS E ROSSI.É APENAS O COMEÇO.LENA.

Aristophanes disse...

Prezados Marcos e colegas.
Vim ao blog com a simples intenção de dar os meu parabens, pelo belo transcurso do primeiro aniversário da AAPREVI. Deparei-me com essa esperada o proveitosa notícia. Estamos todos de parabens. Foi, somente, uma batalha superada. Não vamos recolher a tropa. Vamos rever os ensinamentos.Juntar forças, com competência e respeito. Há muita vida e muita luta pela frente. Abraço solidário! Aristophanes Pereira

mariano disse...

Larichia que era pra informar, não sabe nem que o superavit ja foi aprovado e o credito sera dia 18.02
Mariano

Anônimo disse...

Enfim saiu!!!
Mas está claro que seguraram para coincidir com a divulgação do balanço do BB.
E como um "cala boca", vão adiantar mais duas parcelas "de lambuja"...
O momento é de euforia e alívio. Mas depois de relaxarmos, devemos refletir seriamente sobre tudo o que aconteceu neste episódio do superavit. Quem fez o que e como fez. Quem se escondeu, quem apareceu, quem nos traiu, quem nos apoiou.
Precisamos nos fortalecer e não permitir que tais coisas voltem a se repetir no futuro.
Merecemos todo o respeito e dignidade por parte do BB, da Previ, e principalmente dos conselheiros que elegemos para nos representar. BB e Previ devem a nós grande parte do sucesso que consolidou o fundo como o maior da América Latina.
Exigimos respeito e dele não abrimos mão.
Abraços a todos

Anônimo disse...

Olha aí....mais uma "pequena" propaganda dos diretores da Previ: vocês repararam no finalzinho do quarto parágrafo da notícia constante do site sobre a aprovação do superavit ? Se não, vejam: "foi muito importante para o sucesso de uma operação dessa magnitude, envolvendo a melhoria das vidas de 120 mil famílias, COM A DISTRIBUIÇÃO DE RECURSOS DA ORDEM DE R$ 15 BILHÕES"....UAI ???? Parece as 120 mil famílias só receberão a metade desse valor (a outra metade fica para o "dono" do Fundo), mas quem lê a notícia vai continuar achando que nós somos os "marajás" !!!!!

Ricardo Annoni Neto - Machado (MG)

Anônimo disse...

Excelente noticia. Será resultado da nova administração da Previc?

Será que os pagamentos serão efetuados com base na instrução normativa 1127 de 07-02-2011 da Receita Federal. Nessa instrução os pagamentos feitos acumuladamente devem ser tributados mês a mês. Se reunirem todas as parcelas em uma só, o Leão vai ficar de "estomago" cheio.
Seja como for, a noticia pôe fim a uma angustia.

Anônimo disse...

muitissimo bom dia,

parabéns a todos, em minha casa meu marido que sofre de tamanha depressão estava me deixando doente demais, e quase tive uma parada cardiaca.
Graças a Deus e a vocês hoje vi ele sorrindo e meu coração aliviado.
Sempre estou acompanhada de ¨Deus¨ nunca nos abandona, que ele e nosso senhor Jesus Cristo sempre nos ilumine.

Abraços.

jeanne disse...

Obrigada Marcos pela atençao e empenho em nos informar e envolver-se em tudo.Abraços, Jeanne.

Anônimo disse...

É isso Aristophanes, passada a euforia teremos que voltar para o campo de batalha, agora cientes do que teremos pela frente. Uma PREVI mais transparente voltada para os interesses de seus associados.
Elisabeth Oste

Anônimo disse...

Quem estava empacando pelo visto era o tal Ricardo Pena, mas enfim um colega nosso tomou posse e mostrou a que veio.Tudo bem que o banco vai levar o dele, e tem o balanço e tal, mas o que importa é que vieram 14 parcelas, e não 12.Foi ótima notícia!Agora nossa luta continua, com as alterações no regulamento do Plano 1, principalmente para as pensionistas os 80% não da para arredar o pé, tem que ser consumado ainda este ano esta alteração.


Abraços Marcos!

Paulo Segundo Viçosa MG

Anônimo disse...

Gória a Deus! Bendito seja o nome do Senhor Jeová!

Eduardo disse...

Companheiros, a Luta continua!

Temos até junho para negociar alterações importantes, tais como: 80% para pensionistas, 360/360, etc.

E mais importante, não esquecermos dos pustulas arrolados no CANAEL e, votarmos com consciência na próxima eleição para representantes na nossa PREVI.

abraços
Eduardo Grossi

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Às Associações de Aposentados e Pensionistas do Banco do Brasil

Sr Presidente


Com o anúncio, hoje, 15 de fevereiro, de que a PREVIC aprovou o Regulamento do Plano de Benefícios 1 e o crédito será feito em até 4 dias úteis, a FAABB agora se empenha para o cumprimento do Termo de Compromisso que prevê a abertura das conversações para estudo de nosso Plano. Solicito a cada filiada que já procure reunir propostas, estudem o caso, pois em breve iremos promover chamada da FAABB para escolher não só quem de nós irá à mesa como também o que levará como sugestão de aposentados e pensionistas.

Atenciosamente
Isa Musa de Noronha
Presidente

Anônimo disse...

Olha o " SUPERAVIT AÍÍÍÍÍ GEEENNNTTEEE ".....................e não se esqueçam................ " A LUTA CONTINUA "...

inesdelima disse...

Uma boa notícia para comemorar o aniversário da AAPPREVI!Com essa primeira etapa resolvida temos que ganhar folego para continuar a luta. Tem muita batalha pela frente, mas ganharemos a guerra.
Parabéns aos bravos guerreiros, em especial Marcos, Rossi e diretoria da nossa AAPPREVI.
Que Deus abençoe a todos.

Anônimo disse...

Graças a Deus! Foi muita luta durante todo esse tempo.Mas será que teríamos como saber se os pagamentos serão efetuados com base na instrução normativa 1127 de 07-02-2011 da Receita Federal?
Senão o imposto pode levar grande parte de uma só vez?

Anônimo disse...

Marcos, gostei de ver a tempestividade da Isa Musa.
Rápido e rasteiro .
Como a gente espera.

Nossa AAPREVI será fator fundamental em novos rumos da PREVI.

José Luiz Branco

antonio americano disse...

Prezado Colega Marcos,

Parabéns pela luta, juntamente com o colega Medeiros e João Rossi Neto. A divulgação entre os aposentados por certo repercutiu na cúpula dos "poderosos" e com certeza influiu na solução mais rápida do problema.
Mas a luta continua, e temos que nos organizar para eleger nossos legítimos representantes nas novas negociações, mas por favor, vamos excluir a ANABB, cujo objetivo principal é a defesa do BB.
Abraços, e se Deus quiser continuaremos a apoiá-lo nessa caminhada.
Antonio Americano

Anônimo disse...

Sr. Marcos,

Agradeço tudo que voce tem feito em favor dos aposentados e pensionistas do Plano1 da Previ, com empenho e competência
Obrigada,por mais essa vitória.
Joana Barandas

Anônimo disse...

APOSENTADOS AUTOPATROCINADOS.

Favor entrar em contato comigo. Grande interesse de vocês.
cantosi@uaivip.com.br
Celso

Anônimo disse...

Sr. Marcos,

Agradeço tudo que voce tem feito em favor dos aposentados e pensionistas do Plano1 da Previ, com empenho e competência
Obrigada,por mais essa vitória.
Joana Barandas

Pompeo - Mococa SP disse...

Prezado Marcos,
Até que enfim pudemos ver vencida esta batalha! Teremos outras pela frente! Tenho certeza que com a garra que tens estarás levando a frente a luta por outras conquistas. Parabenizo-o, assim como ao Dr. Medeiros, ao Rossi, e enfim a tantos que cooperaram por esta grande vitória. Disse Jesus: Se tu podes crer, TUDO é possivel ao que crê. Não vamos desanimar. Obrigado por tudo.

Ary Taunay Filho disse...

Vergonha!

Tudo para mascarar o prejuízo do BB.

Anônimo disse...

MarCOS e amigos, não se trata de noticia de primeira mão(exibicionismo), mas sim a VIGILANCIA. Parabéns,o primeiro site a divulgar o resultado.

Anônimo disse...

COM CERTEZA NOS CABE AGRADECER A TODOS OS COMPONENTES DA AAPPREVI; NA PESSOA DE MARCOS CORDEIRO DE ANDRADE E SEUS COLABORADORES DIRETOS. TODOS OS COLEGAS QUE BATALHARAM NESTA LUTA RENHIDA;QUE TIVEMOS QUE TRAVAR PARA OBTER OS NOSSOS DIREITOS. CONCLAMO TODOS A NÃO BAIXAREM A GUARDA; APÓS ESTA CONQUISTA; TEMOS OS REAJUSTES A SEREM FEITOS PARA QUEM COMO EU FICAMOS PARA TRÁS;. E AS PENSIONISTAS QUE ESTÃO COM SÉRIOS PROBLEMAS.
NOSSA GRATIDÃO É IMPAGÁVEL MATERIALMENTE; ESPERAMOS E DESEJO A TODOS QUE POSSAMOS USUFRUIR ESTA VITÓRIA COM MUITA SAÚDE E CONTINUEMOS COM A MESMA DISPOSIÇÃO PARA CONTINUAR PERSEVERANDO.
REPETINDO MUITA SAÚDE E ENERGIA PARA TODOS OS SÓCIOS DA AAPPREVI; CONTINUEMOS A CONVIDAR OS CONHECIDOS E AMIGOS; EX-COLEGAS JÁ APOSENTADOS NESTE MOMENTO.

HOJE COMO SEMPRE POSSO GRITAR; HELENO PINTO NOBRE;/ MATRIC. 3984740-3; JAMAIS ANÔNIMO.
UM FORTE ABRAÇO PARA TODOS E VAMOS NOS ALEGRAR PORQUE UMA ETAPA FOI REALMENTE VENCIDA. MUITO OBRIGADO A TODOS. VAMOS CONTINUAR A LUTA. SEM NOS DISPERÇARMOS; TEMOS MUITO PELO QUE LUTAR. UM BOM DIA 15.02.2011PARA TODOS.

carlosdomini disse...

Parabéns a todos da aapprevi1 agora não se deve afrouxar a rédea pois dois meses se passaram na espera e devemos logo partir para benefícios permanentes.Aproveitemos a união e ocasião

Anônimo disse...

VITÓRIA DO PLANO 1!

Parabéns a todos !
Bom retorno Isa Musa: As batalhas continuam (bem lembrado!)Temos este semestre de 2011, para aprovar melhorias regulamentares, dentro do nosso Plano 1.
Que venham as sugestões.
Abraços
Paulo - Carazinho (RS)

WASHINGTON LOPES disse...

Sr. Marcos,

Site UOL/FOLHA SP noticia com destaque a aprovaçao da destinação do superávit dando a entender que "nós" receberemos os 15 bi, como já alertou o colega Ricardo Annoni Neto anda há pouco, sem mencionar o BB como o maior beneficiário.

Acredito que o senhor gostaria
de dar a informação verdadeira àquele veículo com a capacidade de explanação que tem demonstrado a todos.

Se o fizesse, ficaria agradecido. Nao podemos aceitar qe informações distorcidas continuem a sobrepujar a verdade.
http://www1.folha.uol.com.br/mercado/875864-aposentados-da-previ-terao-aumento-de-20-no-beneficio.shtml

Anônimo disse...

Marcos,


Agora é ficar de olhos bem abertos, principalmente com as propostas que vierem do SASSERON, pois este adora beneficiar os companheiros de salários mais altos.

Vamos lutar para que se faça justiça nas mudanças a serem discutidas e que não aconteça o que aconteceu em 2007.

Abraço a todos!

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Comentário recebido fora do Blog:

Olá Marcos:
Demorou mais saiu, é isso aí tem que ter luta, essa já terminou vamos para a
próxima e que Deus nos abençoe e ilumine sempre.
Abraços


Angela Paes

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Outro comentário recebido fora do Blog:

Caro Marcos,

Veja só: são sempre os mesmos, comprovadamente...

E além do mais enviam mensagem atrasada... Mensagem é de hoje, eleição
iniciou ontem e encerra amanhã...

Não deixam nem a chance do associado se informar sobre os candidatos. Até
pensei em pedir uma orientação - em quem votar - para AAPREVI, mas, creio,
não haja mais tempo.

Vou votar NULO.

Podes divulgar no blog, se quiseres.

Um abraço.

Ceví


----- Original Message -----
From: "Coop-ANABB"
To:
Sent: Tuesday, February 15, 2011 9:36 AM
Subject: Coop-ANABB - Eleições 2011


Prezado(a) Cooperado(a),

leia o jornal em anexo e saiba tudo sobre o processo eleitoral para
delegados da Coop-ANABB.

Atenciosamente,
Comissão Eleitoral

Anônimo disse...

Marcos,

Continuo acreditando na Sra. Isa Musa, apesar de eu ter votado contra a proposta de distribuição do superávit. Acho que ela merece mais um voto de confiança, pois é difícil julgar pessoas que decidem por 120 mil almas.

Agora quanto ao VALMIR e o SASSERON, temos que desconfiar de tudo que vem desta dupla, pois já deixaram claro que interesses defendem (do BANCO e dos "CUMPANHEIROS", respectivamente).

Anônimo disse...

Colegas,

Não podemos esquecer das pensionistas, nesta próxima etapa, pois 60% é injusto com quem nos ajudou tanto durante as nossas vidas, muitas vezes trabalharam mais do que nós, educando os filhos, enfim as tarefas de casa, que só nos damos conta, depois que passamos a presenciar esta rotina.

Um abraço a todas essas batalhadoras, que são a base da família.

Anônimo disse...

OUTRA NOTICIA PLANTADA PELA PREVI NA FOLHA DE SÃO PAULO - veja folha.com




15/02/2011 - 11h09

Aposentados da Previ terão aumento de 20% no benefício


Publicidade





DE SÃO PAULO

Os aposentados e pensionistas do Plano 1 da Previ, o fundo de pensão do Banco do Brasil, receberão em até quatro dias úteis o primeiro crédito do benefício especial temporário a que têm direito devido ao superavit do plano, que engloba os funcionários admitidos até dezembro de 1997.

Esse benefício corresponde a 20% do complemento da Previ, logo não engloba a parcela do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), e será pago enquanto houver recursos disponíveis no chamado Fundo de Destinação. O valor que será creditado neste mês para mais de 86 mil aposentados e pensionistas é referente a 14 parcelas, incluindo as 12 já previstas e mais duas correspondentes a janeiro e fevereiro.

As demais serão creditadas junto com as respectivas folhas de pagamento, no dia 20 de cada mês. O mesmo percentual será projetado para os participantes da ativa e creditado em uma conta individual, podendo ser sacado quando se aposentarem.

A alteração do regulamento do Plano 1 foi aprovada nesta terça-feira pela Previc (Superintendência Nacional de Previdência Complementar), a última instância necessária para que os recursos excedentes sejam destinados aos participantes, e inclui ainda a manutenção da suspensão integral das contribuições --o que já vem acontecendo desde 2007-- do Banco do Brasil e dos participantes por mais três anos consecutivos.

Ao todo, o Plano 1 da Previ tem cerca de 120 mil participantes, dos quais mais de 33 mil estão na ativa.

Em comunicado, os membros da diretoria executiva da Previ avaliam que "a construção do processo de destinação do superávit, desde os primeiros debates com entidades dos participantes até o referendo dos associados e aprovação dos órgãos reguladores, foi muito importante para o sucesso de uma operação dessa magnitude, com a distribuição de recursos da ordem de R$ 15 bilhões".

Anônimo disse...

Quanto que vocês acham que recebem um diretor da COOP-anabb.

Os que estão lá são exatamente os mesmos ou aqueles que perderam uma outra boca e que não pode ficar sem então são remanejados para "as bocas criadas" pela Anabb. Daqui há alguns dias vai ser da Anabbprevi e outras boquitas a mais.

Tudo para os "cumpanheiros".

Brasil um país de tolos.

Anônimo disse...

Marcos,

Pela notícia publicada pela FOLHA on line, parece que o Banco através da Previ quer jogar a opinião pública contra nós.

Pela reportagem vamos ter 20% de aumento embasado num superavit de R$ 15 bilhões.

Vejam os comentários a respeito da reportagem. Já estão contra nós.

Anônimo disse...

Colegas,

Não foi publicada a alteração "redacional", feita pelo MF.
Urge que saibamos os termos da gramática alterados.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caros Colegas Washington Lopes(06:13) e Ricardo Annoni Neto (04:40).

Já estamos cuidando em descaracterizar essa notícia facciosa.

Grato,

Paulo Celio disse...

Caros colegas, caros amigos, me permitam tratá-los assim. Por um período de minha vida servi como militar à "Gloriosa Força Aérea Brasileira" e lá todo soldado, de cabo a general aprendemos que o preço da Paz é a eterna vigília, aprendemos também que conhecer o inimigo é parte crucial nas estratégias de luta. O inimigos que por sinal nós mesmos escolhemos.
Na Luta de todos nós essas duas variáves já aprendemos o quanto são importantes. Não devemos ensarilhar nossas armas jamais: "união e persistência" são as armas que iremos usar nas trincheiras conquistadas. Avante!! que a luta continua!!!

Anônimo disse...

Está no site da Previ :

"cerca de 1/3 de descontos (IR + Previ).

Será isso mesmo ?

Lucas Brandini

Ari Zanella disse...

Caros Colegas,

Agora vamos concentrar todas as nossas forças nos Estudos para Alteração do Estatuto do PB1 conforme foi prometido nas negociações. A alteração no percentual pago às pensionistas e os 360/360 são tópicos de precisam ser aprovados. Além de outros. A nossa luta continua...Sempre vigilantes!
Bem lembrado, Da. Isa Musa!

Anônimo disse...

Colega Lena, a luta continua mesmo!!!
Vamos lutar pelos 80% das nossas pensões!!!
Obrigada Marcos, Rossi, Medeiros enfim todos que nos ajudaram!!
Julita

Anônimo disse...

Pessoal, acabei de ligar para a PREVI, o desconto do imposto de renda será grande!!! Será descontado em março. agora receberemos o bruto!!!

João Rossi Neto disse...

Cara Colega Isa Musa,

Parabéns pela sua iniciativa de deflagar a nova negociação, em obediência ao Termo de Compromisso firmado em 24/11/2011. Eu estou com uma Notificação Extrajudicial pronta, exatamente pedindo esta providência, que será enviada a cada um dos coobrigados daquele documento.
Vejo com bons olhos essa atitude proativa e correta, a sua liderança inconteste,
a sua competência e, sobretudo, a sua honestidade e ética no cargo, mas isso eu não posso dizer em relação aos outros, motivo pelo qual ainda acho que vai ser interessante expedir a Notificação, como forma de auxiliá-la e também para mostrar que estamos atentos para que seja cumprida a obrigação formal pactuada.
Essa negociação encerrada em dez/2010, sabidamente foi parcial e paliativa, não atendeu as mínimas reivindicações dos assistidos. Precisamos fazer, com urgência, o Realinhamento do Plano 1, aí contemplando a implantação dos 360/360 avos, computando-se o tempo de contribuição da ativa e de aposentado, revisando-se as aposentadorias, elevar o teto para 100%, instituir um décimo quarto benefício, cesta alimentação e melhoria nas pensões, necessariamente nesta ordem de prioridade.
Vamos rechaçar o artigo 24 da Resolução 26/2008, que prevê somente a concessão de benefícios temporários, inclusive negociar para reverter o reajuste de 20%, de temporário, para definitivo, incorporando-o aos benefícios.
Não é razoável o raciocínio de se criar benefícios temporários, uma vez que o artigo 29 da Resolução 26/2008 e o artigo 21 da LC 109/2001, ambos com redação semelhante, definem que em caso de resultado deficitário apurado no plano deverá ser equacionado pelo patrocinador, participantes e assistidos, então fica sem efeito impor essa restrição, porquanto, temporários ou definitivos, os proventos auferidos serão utilizados para cobertura de eventual prejuízo.
A Resolução 26/2008 por si só, comprovadamente, é irregular e ilegítima, extrapolou com requintes de crueldade nesse artigo 24, prejudicando-nos ao quadrado, uma vez no artigo 15, com a meação para o BB sobre os superávits e, a outra com a invenção do benefício temporário, tudo em nome da falsa prudência e precaução para a sobrevivência do plano. Se de fato tivesse zelo e previdência, a primeira coisa a fazer seria proteger os recursos do Fundo de Pensão contra o predador chamado BB, no entanto, fez o contrário, ao invés do remédio, deu o veneno para o paciente, no caso o nosso plano, dilapidando grossa fatia do nosso patrimônio, ao repartir os superávits com o patrocinador.
È imperioso que tenhamos assento à mesa das negociações, com a presença da AAPPREVI, e que sejamos municiados com notícias regulares e atualizadas sobre o andamento das tratativas, porque a palavra de ordem é: “transparência”, artigo escasso nas prateleiras, principalmente da PREVI que nos mantém alheios a tudo de importante que acontece, publicando perfumarias na sua página da internet, inobstante tenha conhecimento da legislação que a obriga a prestar-nos informações sobre assuntos do nosso interesse. Por isso, confiamos que essa tarefa de nos repassar os detalhes das negociações, ficaria a cargo dessa estimada colega, exatamente pela sua reconhecida lisura.

Anônimo disse...

Glória a Deus! ! (não esqueçamos nunca disto!!)

Parabéns a todos....e a luta continua! ! ! !

Justiça nelles! ! ! !

Temos que analisar todos os detalhes desta batalha, para descobrir o que estava encoberto e aprendermos a neutralizá-los melhor!!

Vamos botar o Medeiros, o Marcos Cordeiro, entre outros, lá na PREVI, URGENTE! ! ! ! !

O melhor de todo esse processo foi
conhecer a AAPPREVI e o blog do Medeiros, agora ninguém nos segura! ! ! !

PB1 UNIDOS JAMAIS SERÃO VENCIDOS! ! !

GLOBALIZAÇÃO EGÍPCIA JÁ! ! !


Alan rj/rj

Anônimo disse...

Caro colega Heleno Pinto?

Você parece aquele jogador que flutua em campo, alternando ora para a esquerda e para a direita.
A sua camisa tem duas cores, nas costas é de um time e na frente é de outro. Cuidado,gato que anda em cima do muro, leva tiros dos dois lados. Parabéns pelo superávit e pelas duas velas que você colocou.

Anônimo disse...

Tudo muito bom, tudo muito bonito, mas ainda nao me contaram o que mudou no estatudo, a pedido do ministerio da Fazenda....Como escoteiros devemos ficar sempre alertas.....

Ari Zanella disse...

Pessoal,

O crédito é EM ATÉ quatro dias ou ATÉ dia 18.02, não necessariamente neste dia.

Anônimo disse...

Já foi dito muitas e muitas vezes,Aqui e em outros Blogs, que nossos pseudo-representantes jogaram fora a maior de todas as oportunidades de exigir do patrocinador a CORREÇÃO DAS INJUSTIÇAS. O patrocinador necessitava tornar legal as ilegalidades que vinha cometendo. Mas nossos "representantes", entidades e pessoas, disseram sim e doaram 62,5% de nossos direitos. Isso é negociação? "Eles" merecem sentar-se à mesa para NEGOCIAR novamente?

Anônimo disse...

Algum colega sabe informar se os aposentados por invalidez, isentos do pagamento de IR sobre os benefícios INSS e Previ terão que pagar sobre o benefício especial?

Anônimo disse...

Parabéns, Sr João Rossi Neto , por estar nessa luta conosco, juntamente com a Dona Isa e o Sr Marcos Rossi e não poderia me esquecer do Dr Medeiros!!!!
Pensionista lutando por um beneficio maior.

Anônimo disse...

Caro Marcos e demais colegas,

..."tudo bem que o BB levou o dele" ... comentário de um colega em 05:08H.

É demais ler "isso".

Em outro comentário se diz "vitória". Vitória de quem?

Como pode-se dizer, exclamar, uma vitória quem perde 50% do que se pretendia receber?

Alguns beneficiários da PREVI, pelo que se percebe em escritos neste blog, foram vencidos pela emoção de que o BB/PREVI/GOVERNO pode tudo.

Os resistentes são poucos!!!.

E, assim, a rapinagem dos ativos da PREVI, o futuro/sustento dos cabeças brancas vão, todo os anos, em direção aos cofres do BB.

É por isso que, em outro escrito, convoquei os nossos melhores generais para conduzir o processo de divisão de superávit e revisão dos estatutos do PB1.

Daqui prá frente, com a palavra, os nossos Generais: Marcos, Rossi, Isa, Edgardo,Aristhofanes, ...

A PREVI É PARA OS SEUS BENEFICIÁRIOS DO PB1.

Fora BB e CIA!!!

Um abraço de james.

Anônimo disse...

Cavalcante disse:
Ao ler no blog a noticia sobre a aprovação do Superavit liguei imediatamente para um colega aposentado que está doente e não dispõe de Internet para acompanhar rapidamente, todos os acontecimentos. Quando lhe dei a noticia, ouvi sua tentativa de dizer algo, depois um breve silencio. Pude então ouvir e sentir que o mesmo chorava copiosamente. Não me contive e chorei também. Só que o meu choro foi de revolta com tudo que o BB & Previ aprontaram, e aprontam, contra todos nós há longo tempo. A falta de reajustes dignos
nos beneficios para nos conceder, por justiça, melhores condições de vida, a humilhação a que nos submetem por ocasião das alterações no Empréstimo Simples, que tem sido nossa tábua de sobrevivência, a indiferença com que nos tratam quando tentamos entrar em contato para obter informações ,que é um direito nosso, a instituição da Parcela Previ que destruiu a aposentadoria de milhares de colegas, o percentual ridículo de apenas 60% do beneficio para as pensionistas,submetendo-as a grande sofrimento, e por aí vai. São muitas as injustiças a serem corrigidas. A ansiedade e o sofrimento a que nos submeteram nesses últimos três meses são imperdoáveis. Muitos colegas já "se foram" nesse interregno ,vários, provavelmente , por não terem aguentado a tortura psicológica da espera pelo Superavit. De qualquer forma não posso deixar de dizer que estou ,em parte , feliz, principalmente, por
todos os colegas que "estavam em última instância", à beira da loucura - conheço vários - que agora poderão ter um pouco de paz, ainda que temporariamente.
Entretanto, não vamos nos acomodar. A grande luta acontecerá a partir de agora na busca por 'BENEFICIOS PERMANENTES", tais como os 360/360 , aumento para , pelo menos, 80% do beneficio para as pensionistas, eliminação da PP , reajuste dos beneficios
por indice que nos dê a condição digna de sobrevivencia.
Meus parabéns e toda minha admiração e respeito ao grande guerreiro MARCOS, bem como ao colega ROSSI por sua determinação e
inteligência , e ainda aos colegas da Diretoria da AAPPREVi, e aos demais que se engajaram nessa sofrida luta contra poderosos e incompetentes.
Vamos partir agora para exigir que se iniciem as negociações que estão previstas no Acordo. Precisamos obter beneficios permanentes, para não entrarmos novamente em desespero quando esse beneficio temporário ,que foi concedido agora ,chegar ao seu final.
Por enquanto, acalmemo-nos e desfrutemos um pouco de PAZ , que possamos dormir melhor e assim recarregarmos as baterias para as lutas que virão.
Lembro que é imperioso mantermo-nos, permanentemente , na busca por novos associados para a AAPPREVI.
Um abraço a todos !
Cavalcante

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

> From: atend@previ.com.br
> To: ivanrezende07@hotmail.com
> Subject: Sua mensagem foi recebida com sucesso.
> Date: Tue, 15 Feb 2011 13:40:41 -0200
>
> Senhor(a) IVAN REZENDE DA SILVA
>
> A PREVI confirma o recebimento da mensagem abaixo.
> Aguarde nosso retorno em breve.
>
> Gerência de Atendimento
> PREVI
>
> Data: 15/2/2011
> Tipo: Solicitação
>
> Mensagem: Na nota de hoje, essa Caixa informa que foram distribuidos 15 bilhões de reais para 120.000 aposentados/pensionistas..
> Para que a informação seja verdadeira, deverá essa Previ retificar que a distribuição foi de R$7,5 bilhões para os assistidos e R$7,5 bilhões para o Banco do Brasil.
>
> Matrícula: 4497710
> Nome: IVAN REZENDE DA SILVA
> E-mail: ivanrezende07@hotmail.com
>
>

Anônimo disse...

Parabéns mais uma vez ao João Rossi Neto por este novo comentário (07,05 hs.), como sempre contundente e objetivo. É de colegas assim (me permita a liberdade) que precisamos na Direção da Previ. Abraços a todos.

Ricardo Annoni Neto - Machado (MG)

Anônimo disse...

Colegas,

Em frente com as reivindicações.

Mas para descontrair saiu o "peladaaaaaaaço" no blogo so Sr. Medeiros.
É brincadeira, por favor não me venham com pedradas.
Mesmo que tenham me tirado 50% dos meus direitos, estou 50% aliviado.
Abraços

Anônimo disse...

Amigo aposentado por invalidez!Claro que não incidirá nada sobre o seu benefício.O fisco não pode cobrar de quem é isento, independente do benefício ser extra na sua folha de pagamento ele advém da previ, por isso ele é integral sem desconto, aliás tem o da CASSI.Mas no seu caso não é tanto como o imposto de renda.

Anônimo disse...

REALINHAMENTO JÁ - A LUTA CONTINUA
==================================
Prezados Marcos Cordeiro e João Rossi Neto, precisamos agora lutar para melhorias em nossos benefícios.
Ninguém melhor do que vocês para lidera mais essa batalha:

Colegas, não podemos esmorecer. A luta continua. Temos agora que pressionar a PREVI para o realinhamento de nossos benefícios conforme foi acordado em Dezembro.
REALINHAMENTO JÁ

Luis Eustáquio - Araxá-MG

GANDOLA DA "Bahia", haja carnaval. disse...

-Tá Doido é "Anônimo" de 15 de fevereiro de 2011 07:03, desta forma nos vamos receber folhas zeradas sucessivas de abril e maio-2011, mesmo assim, tomara que seja.

Rubem Tiné disse...

Parabéns a todos nós, independentemente de ter votado no sim ou no não, no Serra ou na Dilma, de simpatizar pelo Obama ou pelo Fidel, depois de colocar o dinheiro no bolso ou pagar os credores, vamos continuar mobilizados o que não é fácil, quando estava na ativa costumava dizer que os bancários só faziam greve por aumento salarial e esqueciam outras reividicações, tais como: Assédio moral, horas extras não recebidas, PDVs e outras aberrações, que passavam em branco. Recebidos os 50%, agora é hora de peitar o banco na justiça (apesar de ser pessimista com a justiça que temos, não acredito em vitória), mas temos que tentar é nossa obrigação e fiscalizar para que nosso patrimônio não seja vilipendiado.
Muita oportuna a lembrança de um anônimo acima, sobre a não cumulatividade na cobrança do imposto de renda.

Anônimo disse...

A nossa primeira batalha foi vitoriosa. Agora, devemos continuar a luta para recebermos os 360/360 e para o aumento em favor das pensionistas, fazendo assim justiça com essas batalhadoras. Hoje, muitas pensionistas estão passando por grandes dificuldades. Portanto, não devemos nos acomodar.
Nossos sinceros agradecimentos aos bravos colegas: MARCOS CORDEIRO, MEDEIROS, ROSSI, EDEGARDO, JUAREZ BATISTA, PAULO MOTTA, JOSÉ ARISTOPHANES, LENA, ROSALINA, ZANELLA, JANE TORRES, ISA MUSA, HELENO, ARY, LUIZ DALTON, RUSSEL, HOLBEIN, e muitos outros lutadores em prol de nossa causa. Com certeza estamos sainda dessa batalha muito mais fortalecidos. Abraços e saúde a todos.

Anônimo disse...

Colegas, como noticiaram na Folha de São Paulo os 20% DO SUPERAVIT PARA NÓS POR QUE NÃO COLOCAR A NOTICIA DO QUE NOS FOI ROUBADO?

chiquito disse...

Colegas, não podemos esquecer que os pós 98 sofreram muitas perdas com a parcela pp. Vamos cobrar!!!

Anônimo disse...

É preciso que todas as entidades representativas dos aposentados e pensionistas se unam, sem vaidade dos eleitos, na busca de um entendimento a cerca das propostas a serem defendidas. Quanto aos 50% apropriados pelo Banco é a justiça o melhor caminho. Se escolhemos alguem para negociar por nós, e não o fez como queríamos, devemos refletir e analisar porque assim o fez. Foi triste ver estes negociadores serem apelidados, desrespeitados, confundidos, demostrando uma grande falta de união entre os aposentados, que um dia foram funcionários tão unidos ao ponto de serem taxados de corporativistas pelo governo FHC.

QUANDO VALEM ? disse...

Quinta-feira o BB publica seu Balanço de 2010 .
Sexta-feira, dia 18/02/11 fará as explicações dos grandes números.

O BB tinha valor de mercado estimado em R$ 54,4 bilhões de reais em meados de 2009, parece que agora o BB VALE PARA O MERCADO UNS R$ 85 BILHÕES DE REAIS.
Vamos aguardar e estudar estes números.
(Neste crescimento, ao final de 2011 ou 2012 UM BB = UM PLANO 1 (DA pREVI) +- 120 / 130 bilhões de reais....
que tal, hein ? é muita grana, nota-se que o Plano 1 pertence à 120 mil pessoas, já o BB...é uma S.A. que supera 120 mil pessoas.

Anônimo disse...

GENTE É VERDADE ESTA NA FOLHA DE SÃO PAULO A GRANDE NOTICIA, MAS NÃO FALAM QUE NOS ROUBARAM OS 50%.
QUE VERGONHA, HEIM BANCO DO BRASIL!

José Roberto Eiras Henriques disse...

Marcos,

Parabens a voce, á AAPPREVI e seus colaboradores, ao Medeiros e seus 23 Cabeças Brancas, e aos ousados e voluntários comentaristas desse blog, pela conquista na aprovação do SUPERAVIT.

Agora, resta-nos continuar a luta pelas demais reivindicações constantes do termo de compromisso assinado em dezembro de 2010.

Lembrete: quem ainda não o fez, subscrevam a petição online do colega Dalton no site da unap-bb.org/, para que possamos preservar nosso patrimonio e garantir um tranquilo usufruto de nossa aposentadoria juntamente com os entes queridos: nossas familias e amigos.

ISSO "NÃO TEM PREÇO!"

São Jose do Rio Preto - SP

Anônimo disse...

Recebo R$ 675,00 como complemento da PREVI. Peço, por favor, que alguém me diga quanto eu vou receber, ou seja, 14 X ? = ? . Já recebi 3 respostas divergentes de atendentes da PREVI e fiquei completamente desorientado.

José Roberto Eiras Henriques disse...

Colegas,

Ações Judiciais - Valores disponiveis em poupança na CEF.

Alertado por comentários postados nesse blog, compareci hoje, 15/02/2010, a uma agencia da CEF, após identificação solicitei que pesquisassem, atraves do nr. do CPF, se havia alguma conta de poupança em meu nome.

Para minha surpresa, havia uma quantia depositada em poupança na agencia 0975-Justiça Federal Brasilia.

Solicitei informações para saque, me orientaram a abrir uma poupança
na ag. de minha cidade para solicitar a transferencia do saldo e posteriormente efetuar o saque.

A origem do deposito, qual(is) processos se referiam, não informaram.

Compareçam a uma Ag. da CEF e façam a mesma pesquisa. Poderão ter supresas!

Respassem essa inforamação para os colegas de seu relacionamento.

São José do Rio Preto - SP

Anônimo disse...

Colegas, se o credito vai ser na forma de adiantamento, pelo valor bruto, é melhor separar o valor dos descontos que virão só na folha de março e deixar numa poupança até os acertos.
Pode parecer obvia, mas de tanta empolgação pelo crédito, alguns podem não se dar conta deste detalhe.

José Roberto Eiras Henriques disse...

Colegas,

Para conhecimento em virtude de dúvidas postadas nesse blog.

POLÍTICA - Servidores terão outro regime de previdência complementar


Ribamar Oliveira | De Brasília

O governo vai mandar ao Congresso Nacional um novo projeto para instituir o regime de previdência complementar dos funcionários públicos. O projeto está sendo discutido no âmbito dos Ministérios da Previdência Social e do Planejamento, segundo informou ontem o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR).

Em 2007, o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva encaminhou ao Congresso o projeto 1992/2007 instituindo o regime de previdência complementar dos servidores. O projeto, no entanto, foi engavetado na Câmara dos Deputados, principalmente por causa das pressões das entidades representativas dos juízes federais.

Agora, a discussão voltou à 'estaca zero'. O governo debate, de acordo com Jucá, se será um único fundo de pensão para todos os servidores ou três fundos, um para o Poder Executivo, outro para o Poder Legislativo e outro para o Judiciário.

Essa mesma questão foi discutida exaustivamente há cinco anos pelo governo do ex-presidente Lula, que concluiu que a melhor e mais justa alternativa era a criação de um único fundo para os funcionários dos três Poderes. O projeto de lei 1992/2007 autoriza a criação de entidade fechada de previdência complementar denominada Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal (Funpresp), que teria regras únicas para todos os servidores e seria constituída sob o regime de contribuições definidas.
A solução proposta pelo governo passado nunca foi aceita pelo juízes, que defenderam, desde o início, a criação de um fundo de previdência complementar apenas para o Poder Judiciário. Aos juízes, juntaram-se em oposição ao projeto as corporações sindicais dos demais servidores públicos.

A criação da previdência complementar para os funcionários públicos está prevista na Constituição. Somente depois da criação desse regime a reforma do sistema previdenciário dos servidores, aprovada em 2003, poderá ser colocada em prática. A reforma prevê que os funcionários públicos passarão a receber aposentadorias até o teto do INSS, como ocorre com os trabalhadores da iniciativa privada, podendo complementar esses valores por meio do fundo de pensão.




Fonte: Valor Econômico

Herberto disse...

Ótimo! Conseguimos desencalhar esta.

Trata-se de um direito legítimo de todos nós, mesmo daqueles, como eu, que foram contrários aos termos do "acordo".

Entretanto, vejo no horizonte algumas interrogações.

Qual foi o preço desse acordo?

Qual a alteração processada no regulamento?

E a Resolução, será que conseguiram introduzi-la, na marra, no texto do regulamento?

Isso equivaleria a dar nosso aval para que o considere legítimo se apropriar da metade desses recursos.

E as negociações que já estão bem atrasadas, que têm prazo para terminar, quando começam?

Se tivemos de morder a isca por necessidade, resta-nos tentar escapar do anzol.

Olho vivo.

ricardo o.c.dealbuquerque disse...

Uma menssagem ao colega IVAN REZENDE. Que pena que voce, sarcasticamente, ao inves de exigir a retificação, peao previ, não tivesse dito que houverá um erro e que teria direito ao dobro do vão creditar. Seria mais uma marretada na ilegalidade. abraços ricardo. sem v=revisão

Anônimo disse...

Caro Marcos,
não seria estratégico, neste momento, entrar com a ADIN, para termos maior poder de fogo, ao mesmo tempo resolver de vez a questão da Resolução 26?

Cláudio-Piracicaba-SP

Pensionista sem voz fora da AAPREVI disse...

anônimo em 15 de fevereiro de 2011 05:33:

"Mas será que teríamos como saber se os pagamentos serão efetuados com base na instrução normativa 1127 de 07-02-2011 da Receita Federal?
Senão o imposto pode levar grande parte de uma só vez?"

Infelizmente, acho q o desconto será alto. Foi isso q entendi ao ler o trecho abaixo da própria PREVI:

"O valor líquido de cada parcela corresponde a cerca de 2/3 do valor bruto mensal do Benefício Especial Temporário (BET), em função das deduções incidentes, tais como Imposto de Renda e Cassi."

Se for isso mesmo, é um total absurdo. Fazendo cálculos simples, quem terá direito a 600 reais de benefício temporário, descontados IR e Cassi, receberá líquido de apenas 400 reais. A primeira parcela de 8400 reais terá um desconto de 2800 reais pra IR e Cassi, sobrando um líquido de apenas 5600 reais.

Será isso mesmo ou entendi errado?

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

O contracheque de fevereiro está disponível no site PREVI

Anônimo disse...

APOSENTADOS AUTOPATROCINADOS,
Por favor entrem em contato comigo, interesse de vocês.

cantosi@uaivip.com.br

Celso

Anônimo disse...

Marcos,

O comentário do Sr. Rossi das 7:38, está excelente, seria bom fazê-lo em forma de post, para ser encaminhado para todos os participantes do PB1, serveria de embasamento para as reivindicações de ajustes até junho.
Sem dúvida a prioridade é para a implantação dos 360/360, que afeta os colegas que nada receberam até agora, por ficarem sempre de fora dos enquadrados em benefícios oriundos dos superávits,assim como o reajuste das pensionistas.

Anônimo disse...

CONCORDO COM TUDO O QUE CAVALCANTE DISSE E SE PODESSE ASSINARIA EM BAIXO. PENA SABER DO CASO DESTE APOSENTADO QUE RECEBEU O SEU TELEFONEMA AVISANDO. QUE BOM QUE ELE TERÁ UM POUCO DE PAZ E TRANQUILIDADE PARA VIVER APÓS RECEBER OS SEUS DIREITOS. FIQUEI REALMENE COMO TODOS NÓS DEVERAS INDIGNADO PELO TUDO QUE ELES NOS TEM PROPICIADO DE RUIM. AQUI HELENO PINTO NOBRE; DE NOVO; NAO PUDE DEIXAR DE EXPRESSAR TAMBÉM A MINHA INDIGNAÇÃO; ,MATRIC. 3.984.740-3JAMAIS ANÔNIMO. GRITÃO

Ronaldo Moreira disse...

Caros colegas cabeças-brancas:
Alterações no Regulamento do Plano 1 APROVADAS e sacramentadas pelas "autoridades".
VOCÊS SABEM QUAIS FORAM ? VCS SABEM QUAIS AS SUAS IMPLICAÇÕES ? E O FUTURO, A PREVI CONTINUARÁ SAUDÁVEL ?
Em resumo: não sei se deveríamos comemorar, como estou vendo por aqui!!
QUE RISCO ESTAMOS CORRENDO !!

Anônimo disse...

Ao anônimo das 9:34, por conta de evitar um mal entendido, pois já aconteceu de uma outra vez é melhor que não façamos os cálculos aqui, pois dependendo se voce é aposentado, foi alterado o valor mínimo a ser pago do complemento da previ de 40% para 70% da parcela previ (PP), portanto o seu complemento ficará maior do que agora, se esse é o seu caso.
Também já fiz meus cálculos mas estou aguardando o crédito, já esperamos tanto,falta muito pouco agora.É melhor esperarmos pelo certo e sexta dia 18/02 será o grande dia.
Felicidade a voce,
Elisabeth Oste

Anônimo disse...

Pessoal, temos que lutar muito para que acabem com essa excrescência chamada PARCELA PREVI nas próximas negociações. Até dez/97 chamava-se "Complemento Previ" e a partir de jan/98 virou "Suplemento Previ" o que é, convenhamos, bem diferente. Contribui para o plano "Complemento" por 23 anos e mais 7 anos como "Suplemento", me aposentando com a últimas normas, o que me prejudicou muito. Não é justo. Alguém mais aí com alguma coisa parecida?

Mirandópolis (SP)

Anônimo disse...

Marcos,

Parabens também a voce pelo seu esforço e luta, dias atrás conversamos demoradamente pelo telefone. Parabéns também ao João Rossi. Acredito piamente, sem a pressão de vocês, o crédito certamente não iria sair dia 18/02.
Muito obrigado
CELSO BERNARDES
FORMIGA-MG

Anônimo disse...

Alguns colegas estão com dúvidas quanto à correção dos seus beneficios. No memorando consta que: o beneficio minimo passará de 40 para 70% da Parcela Previ ( hoje R$ 1.968,05 ). O colega 15/02 - 09:34 diz que o seu complemento é de R$ 675,00. Pelo memorando passará para R$ 1.377,63. Só não tenho certeza se, alem disso, terá a correção dos 20%. Seria isso ?

luiz carlos disse...

pessoal, a PREVI está eufórica para nos informar a respeito do superavit. acaba de mandar-me uma mensagem via celular assim: "caro luiz, a previc aprovou o novo regulamento do plano 1 e do acordo do superavit. veja no site da previ. Ass: DIRETORIA EXECUTIVA DA PREVI.

Julio disse...

Marcos e Medeiros,

Vocês resgataram o funcionário do Banco pré-Novo Rosto que os governos neoliberais tentaram acabar e não conseguiram. Não vamos nos dissipar, a luta deve continuar. Diretoria conivente nunca mais.

carlosdomini disse...

anônimo de 9.34 isto mesmo que o colega disse e mais com os cálculos talvez vocês permaneça isento de iR, portanto é só esperar um pouco.Creio que no seu caso naõ haverá desconto pois niguém sabe se êles(previ0 fará o cálculo líquido de cada um ou se descontará tudo para em março fazer o acerto, pois existem até pensionistas que não pagam Cassi, como não sei dizer,aénas que conheço caso

Anônimo disse...

Meus parabéns a AAPREVI, ao Marcos e a todos que estão, há muito tempo, na luta!

E a propósito da mensagem da Isa Musa, de 15-02-11, sugerimos que seja colocada como proposta na mesa de negociação o seguinte pleito: elevação do benefício mínimo para 10% do teto de benefício, entre outras.

Tenho estado sem tempo para blogs - apesar de aposentada pela PREVI, trabalhando muito - mas desejo, de coração, tudo de bom ao Marcos, Rosalina, Ivan, Ari, Marco Aurélio e a todos os frequentadores desse blog. Deus abençoe vocês todos.

Telma

Anônimo disse...

Buenas Marcos.
O momento é de euforia e congrassamento.
Agradeço de coração tua luta incessante para que tudo acontecesse de forma a trazer paz aos colegas angustiados.
Mas a luta esta apenas começando. Nossos soldados não vão poder sossegar enquanto a batalha não for ganha, e para isto, o batalhão da aapprevi será sempre nossa tropa de elite, utilizando-se se necessário da ajuda de outros estrategistas.
Tão logo as poeira baixe, estou revertendo aquela minha solicitação por email.
Um grande abraço, e parabéns pela "nossa" vitoria.
Jose F. Rovere

airton disse...

ALÔ LUIZ CARLOS DAS 11;34 EU TAMBÉM RECEBI ESTA MENSAGEM PELO CELULAR. É A MESMA. O REMENTENTE FOI +27800.

ABRAÇOS
AIRTON - CATAGUASES (MG)

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Às Associações de Aposentados e Pensionistas do Banco do Brasil

Sr. Presidente,

Para conhecimento, transcrevo abaixo o teor do Ofício enviado nesta data ao Banco do Brasil e à Previ.
Atenciosamente
Isa Musa de Noronha



Federação das Associações de Aposentados e Pensionistas do Banco do Brasil

FAABB



OFÍCIO FAABB 015/15.02.2011.

À Previ

Ao Banco do Brasil



Cumprimentando a todos pelos esforços envolvidos, a despeito de lamentarmos a demora, agora, finda a primeira parte das negociações envolvendo a Reserva Especial Para Revisão do Plano de Benefícios nº 1, esta Federação vem reclamar pelo cumprimento do compromisso assumido em 24.11.2010, com a anuência do Ministério do Planejamento e do Ministério da Fazenda de que no início de 2011, será instalado processo negocial para avaliar e adotar possíveis alterações no Plano de Benefícios nº 1.



A FAABB, atenta aos reclamos de suas filiadas, reafirma sua posição de que tais benefícios agora auferidos não contemplam amplamente as expectativas de aposentados e pensionistas. Na reabertura das conversações, estamos convictos de que deveremos buscar acertos às imensas desigualdades existentes entre antigos e novos ativos, aposentados e pensionistas do Plano 1, avaliar a implantação do chamado 360/360, o reajuste das pensões e outras medidas que serão apresentadas pelas Associações e levadas pela FAABB à mesa.



No citado Termo de Compromisso, o prazo para a abertura dessas negociações era janeiro/2011, prazo esse prejudicado pela demora na aprovação pela PREVIC. Destarte, aguardamos vosso pronto pronunciamento quanto ao agendamento da primeira data de reunião.

Atenciosamente

Isa Musa de Noronha

Presidente

Anônimo disse...

Alguém sabe qual é o teto de benefício? Ouvi dizer que é mais do que R$ 22.000,00, enquanto outros, como o colega das 09:34, recebem R$ 675,00.

!!!

Telma (Campinas)

Eliana Maria disse...

Marcos,
Primeiro agradeço a Deus.
Agradeço a Deus também pela sua inteligênia, sua bravura, seu espírito lutador. Obrigado a você por tudo que fez, faz e vai continuar fazendo. Agradeço ao Sr. João Rossi, a Isa Musa e todos aqueles que lutaram mais de perto para esta primeira vitória. A luta não terminou, vencemos a primeira batalha.
Minha família agradece a Deus e a todos vocês.
Fraternal abraço,
Eliana Maria

Anônimo disse...

Recomendo a leitura PEQUENA ESTÓRIA DA PREVIDÊNCIA DOS FUNCIONÁRIOS DO BB - publicada no blog do Juarez www.previpb1emfoco.blogspot.com.

Elisabeth Oste

Ari Zanella disse...

Da. Isa Musa,

É isso aí mesmo! Não podemos nem devemos dar tréguas ao BB nem à Previ.
"Destarte, aguardamos vosso pronto pronunciamento quanto ao agendamento da primeira data de reunião."
Ótimo! Tem que ser incisivo mesmo. Sugiro, Da. Isa, que troque figurinhas com o nosso grande Rossi. Ele é nosso maior articulador, sabe como dispor este jogo de xadrez, e na hora "h" dar o xeque-mate.

Anônimo disse...

Anonimo das 9:34,se a parcela previ é 1.968,05 e 40% disso é 787,22, como vc só recebe 675,00?

Anônimo disse...

Caro colega Gilvan Rebouças,se for possível, gostaria de saber porque alguns aposentados por invalidez não pagam imposto de renda, e portanto não têm desconto em seus espelhos. Porém, têm outros que pagam e os descontos são feitos mensalmente, como é o meu caso. Obrigado.

Anônimo disse...

Grande Isa Musa. Um abraço.

Anônimo disse...

Ao colega anônimo de 15 de fevereiro de 2011 15:35

Permita-me esclarecer

Vide: http://www.receita.fazenda.gov.br/pessoafisica/irpf/2002/orientacoes/manualcompleto/doencasgraves/

Espero tê-lo ajudado.

Abraços

jeanne disse...

Quando a aposentadoria por invalidez è por acidente de trabalho não há desconto de Imposto de renda.Abraços, jeanne.

Anônimo disse...

Colegas,

O aumento do teto para 100% só beneficiará os salários mais altos, como já aconteceu quando do aumento do teto para 90%.

A grande maioria dos colegas não será beneficiada com esta proposta, pois contribuem sobre 136% do VP + AN. VAMOS FICAR ATENTOS, POIS MUITOS DESCONHECEM QUE EXISTEM DOIS TETOS DE CONTRIBUIÇÃO E ACABAM EMBARCANDO EM CANOA FURADA.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Mensagem de Isa Musa de Noronha:

Ao Prezado Colega João Rossi,

Agradeço sinceramente, mas considero desnecessário cumprimentar-me por cumprir o dever. Aguardo vossa Notificação com tranquilidade, eis que já tomei a iniciativa de provocar a Previ e o Patrocinador para a reabertura das negociações.

Os benefícios temporários obtidos com a negociação finda em dezembro foram ao limite do saldo da conta “Reserva Para Revisão do Plano”. Com a limitação imposta pelo Governo, via Resolução 26, não lograríamos sequer abrir as conversações com o Patrocinador caso insistíssemos com os 100%.

A FAABB, atenta aos reclamos de suas filiadas tem consciência de que tais benefícios auferidos não contemplam as expectativas de aposentados e pensionistas. Temo porem, que se voltarmos a insistir em não acatar artigos da Resolução 26, voltaremos ao impasse. O que precisamos e a FAABB está empenhada nesse mister, é derrubar de vez a malfadada Resolução. Enquanto ela vigorar, no entanto, fatalmente há de pautar qualquer negociação que envolva reversão de valores a participantes e assistidos.

Quanto a participação de representante da AAPPREVI à mesa, seu Presidente sabe que a FAABB decide por aclamação de sua Assembléia Geral. São os representantes das Associações, via de regra, o Presidente de cada uma, que escolhe em reunião presencial ou epistolar os que nos representam. Historicamente tem sido eu a falar pela FAABB, mas sempre que participei de qualquer mesa eu o fiz por delegação e levando a posição das filiadas.

Atenciosamente

Isa Musa de Noronha

Anônimo disse...

Ao anônimo das 15,29

Eu recebo R$ 675,00 porque fui contribuinte da Previ por menos de 30 anos. O Benefício Mínimo, à época da aposentadoria, não pode ser inferior à 40% da Parcela Previ considerada a proporcionalidade do tempo de contribuição. Exemplo de uma aposentadoria com Benefício Mínimo hoje, de alguém com 20 anos de contribuição, em números redondos: 1.968 (PP) X 40% X 240 meses (20 anos) : 360 meses(30 anos de PREVI= 524,00. Saliente-se que o Benefício Mínimo Provisório correspondente a 70% da Parcela Previ previsto no acordo de distribuição do Superavit não fala nessa proporcionalidade que o Regulamento prevê por ocasião da aposentadoria. Mas isto é Benefício Provisório. Para a aposentadoria continua valendo Benefício Mínimo não inferior a 40% da PP, considerada a proporcionalidade. Expliquei-me?

Anônimo disse...

li que o dinheiro vem e claro fiquei aliviada.
tao bom ou melhor que a grana foi conhecer a aapprevi.

Marco Aurelio Damiano - Guaxupé-MG disse...

Colegas,

O momento realmente é de comemorar e parabenizar as nossas lideranças - Marcos Cordeiro e diretoria da AAPPREVI, Rossi, Edgardo, Medeiros e outros.
Entretanto, acho que esse parabéns deve ser extensivo a todos aqueles que, mesmo anonimamente, tiveram a coragem de manifestar sua insatisfação com o procedimento do BB/Governo e os nossos pseudo-representantes na Previ e outras entidades. Todos aqueles colegas que protestaram tiveram a sua parcela de contribuição para o resultado favorável de hoje.

Agora, não sei se os colegas vão concordar, mas eu gostaria de deixar aqui o meu protesto pela divulgação na imprensa sobre a data e o percentual que devemos receber da Previ. Acho que isso atenta até com a segurança dos aposentados/pensionistas. Afinal de contas, nós não estamos na Suiça, mas num país com um grau de violência comparável a uma guerra civil, tal o número de vítimas e que a imprensa todo dia anuncia.
A divulgação da iminência de recebimento de algum dinheiro por uma pessoa pode expô-la a todo tipo de violência. Acho que é uma questão que tem que ser, inclusive, discutida nas negociações que devem ser iniciadas em breve. Afinal, o caseiro Francenildo não pode ter o seu sigilo quebrado, mas 120.000 aposentados/pensionistas da Previ podem?
Acho que esse tipo de informação deveria se restringir ao universo dos beneficiados, como acontece em qualquer empresa. Devem acontecer, inclusive, muitos casos em que o aposentado/pensionista, por algum motivo, não queira nem que a própria família fique sabendo que ele obteve alguma renda extra, como ocorre agora. E aí vem a Previ e divulga para o país inteiro.

Gilvan Rebouças disse...

Ao anônimo 15.35


Nem todos os aposentados por invalidez estão dispensados do recolhimento de Imposto de Renda. São dispensados os que se aposentaram por algumas doenças graves, tais como:

# AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida)
# Alienação mental
# Cardiopatia grave
# Cegueira
# Contaminação por radiação
# Doença de Paget em estados avançados (Osteíte deformante)
# Doença de Parkinson
# Esclerose múltipla
# Espondiloartrose anquilosante
# Fibrose cística (Mucoviscidose)
# Hanseníase
# Nefropatia grave
# Hepatopatia grave (observação: nos casos de hepatopatia grave somente serão isentos os rendimentos auferidos a partir de 01/01/2005)
# Neoplasia maligna
# Paralisia irreversível e incapacitante
# Tuberculose ativa

Base Legal: Lei n.º 7.713/88, art. 6.º, inciso XIV com redação dada pela Lei n.º 11.052/2004

Procedimentos para isenção:

Inicialmente, o contribuinte deve comprovar ser portador da doença apresentando laudo pericial emitido por serviço médico oficial da União, Estados, DF ou Municípios junto a sua fonte pagadora e requerimento da suspensão da retenção sobre seus rendimentos.



Atenciosamente,


Gilvan Rebouças

Anônimo disse...

Ao colega Gilvan Rebouças, o meu muito obrigado pela informação.
Abraços.

Anônimo disse...

HOMERO SARQUIS DIAS:

SOBRE O VLR. DO BENEFICIO PREVI:

COLEGAS, recebo R$ 702,00 reais de Parcela Previ - Aposentadoria por Acidente do Trabalho - Gostaria de saber, qto vou receber:

14 x o q?????

e qto será meu beneficio minimo?

e os 20 % será em cima do dos meus 702,00 ou em cima do Beneficio minimo temporário que eh 70% da Parc. Previ?

Anônimo disse...

Caro Homero:
Você receberá 70% da parcela Previ:
Valor da Parcela Previ = R$ 1968,05
70% de R$ 1968,05 = R$ 1377,63 que será o seu novo salário. Como vc recebe atualmente R$ 702,00 voce teria de aumento o valor de R$ 675,63 (que é um valor maior do que se vc calculasse 20% sobre R$ 702,00). Portanto, o novo piso salarial será de R$ 1377,63. Observe que terá um aumento de 96% sobre o seu salário atual. Então deverá transitar na folha o
valor do BET de R$ 675,63 e mais o R$ 702,00 que é o seu beneficio oficial.