segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Ações Judiciais - Segundos lotes

Caros Colegas.

Fazendo uma pausa até a próxima reunião marcada para quarta-feira, temos imenso prazer em anunciar o ajuizamento de mais duas ações judiciais patrocinadas pela AAPPREVI, conforme comunicado recebido do Advogado encarregado dos Processos:

Prezados Senhores,

Tenho o prazer de lhes informar os números dos processos do lote 2, os quais foram distribuídos hoje dia 22.11.2010:

1. AÇÃO RENDA CERTA: 0365250-50.2010.8.19.0001 (49a. Vara Cível)

2. AÇÃO CESTA ALIMENTAÇÃO: 0365260-94.2010.8.19.0001 (33a. Vara Cível)

Os processos já podem ser consultados no site do TJRJ.

Atenciosamente

JOSÉ TADEU DE ALMEIDA BRITO
Advogado OAB/PR 32.492


Com estes dois lotes agora são quatro as ações ajuizadas, contando com as duas primeiras, todas com seus números registrados no site da Associação na página Assessoria Jurídica, para consulta no portal do TJRJ.

Nesta oportunidade estamos providenciando comunicado individual aos integrantes destes segundos lotes.

Por oportuno, informamos que ainda neste mês serão ajuizadas outras duas ações, todas sob a integral responsabilidade financeira da AAPPREVI, que responde pelo pagamento das despesas inerentes (honorários advocatícios, custas processuais, etc.), ficando a cargo dos sócios participantes apenas o pagamento da mensalidade de R$ 10,00, devida à associação.

Eis as ações que se juntarão proximamente às quatro existentes:

- RMI – Renda Mensal Inicial – 1° lote
- IR – 1/3 PREVI – 1° lote.

A AAPPREVI continua recebendo documentos para ingresso nos lotes seguintes de todas essas ações.

Atenciosamente,

AAPPREVI – Assessoria Jurídica (Agora com Advogados em Curitiba e no Rio de Janeiro)

Marcos Cordeiro de Andrade – Curitiba (PR) – 22 de novembro de 2010.

75 comentários:

Anônimo disse...

Marcos e demais colegas,

A FENAPAS é a Federação das Associações que congregam os participantes e assistidos da SISTEL, que é o Fundo que, dentre outros, é também o dos aposentados e pensionistas que eram empregados das empresas públicas de telefonia que foram privatizadas na década de 90 (o Fundo PBS-A, com 24 mil assistidos e em extinção, igual ao nosso PB-1).
Estão na mesma briga que nós, pela não reversão de 50% do superavit daquele fundo ao patrocinador, conforme documento abaixo (muito extenso, mas vale a pena ler):

OFÍCIO E RELATÓRIO ENVIADOS A PREVIC PELA FENAPAS

http://astelperecife.blogspot.com/2010/11/superavit.html (notem que a nossa FAABB é citada no item 31)

Pergunta: será que não seria o momento de unir forças com as demais associações/federações de participantes de outros fundos de pensão com o mesmo problema, em todo o Brasil, para derrubar a Resolução CGPC 26 através de uma ADIN? A coisa tomaria um vulto gigantesco, em termos de valores e número de participantes e, além do mais, teria um maior respaldo da opinião pública, por não se tratarem somente dos "Marajás", "Vagabundos" e "Privilegiados" do BB (conforme citaram Collor, FHC e Lula).

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

----- Original Message -----
From: João Rossi Neto
To: PREVIC - OUVIDORIA
Sent: Tuesday, November 16, 2010 11:00 PM
Subject: Fw: Negociação de Superávits da PREVI.

Continuo na expectativa da sua manifestação.

----- Original Message -----
From: João Rossi Neto
To: PREVIC - OUVIDORIA
Sent: Friday, November 12, 2010 1:42 PM
Subject: Fw: Negociação de Superávits da PREVI.

O objetivo dessa mensagem é para que analisem o contido no tópico 4, onde a Resolução 26/2008 serve apenas para satisfazer os desejos do BB. De acordo com a Constituição Federal, artigo 5º, todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, etc, etc, etc. Com que direito, então, o BB e a PREVI negaram o cumprimento dessa mesma Resolução, no nosso caso, ao não distribuir os 50% da Reserva Especial que nos pertence, dificultando negociações, burlando o cumprimento do artigo 20 da LC 109/2001, tripudiando sobre os nossos direitos. Em tese essa PREVIC teria o papel de arbitrar, fiscalizar, aplicar penalidades e pacificar os litígios entre patrocinador e assistidos( Lei 12.154), mas na prática nada fizeram, inclusive a flagrante desobediência recai sobre uma Resolução da sua lavra. Aguardo a breve manisfetação desse órgão.

Eis o teor do tópico 4, mencionado:

4. Todas as contabilizações feitas pelo banco totalizam R$ 14.5 bilhões. Esses RECEBÍVEIS fictícios, de liquidez incerta, foram apropriados na rubrica " Outros Créditos", do Ativo.Foram tão precipitados nos lançamentos contábeis, que exorbitaram os valores que, efetivamente, lhes caberia e, agora, a Reserva Especial, é insuficiente para cobrir o enorme rombo, fruto da ambição sem freios. Agiram de forma unilateral e tudo foi executado com respaldo nessa frágil e duvidosa Resolução 26. Quando exigimos o recebimento nossa parte ( 50%), com base na mesma Resolução 26, o nosso direito foi negado arbitrariamente . É como se a norma fosse fabricada somente para servir aos interesses do patrocinador.Isto é trágico e cômico. Usando uma linguagem prosaica, poderíamos dizer que o boi engorda somente na metade do banco. Esse tratamento desonesto e desumano, fere frontalmente o Estado Democrático de Direito. Se as negociações dos superávits não prosperarem, onde o BB vai buscar dinheiro para tapar a sua cratera financeira?

João Rossi Neto

maria do carmo disse...

gostaria de saber informacoes mais detalhadas acerca da acao proposta pelo sindicato dos bancarios de campos dos goytacazes que objetivou a equiparacao dos funcionarios do banco do brasil com o banco central, especialmente numero do processo.

Blog do Ed disse...

Caro anônimo das 17:53

Li a mensagem da Fenapas que o colega indicou. O mais impressionante naquela petição é que nem teria havido contribuições desde 2001! Estaria sendo restituído o que nem existe! Seja como for, sem movimento eficiente e esclarecido, com base em parecer objetivo de escritório de advocacia credenciado, os tribunais, ao que me parece, não se sensibilização pela nossa causa. Ficarão do lado do Banco. Apenas permaneceremos pensando e afirmando que temos direito a todo o superavit. Nada mais que isso. E pelo que leio nos sites de nossos líderes e nas manifestações de inúmeros colegas, parece que até mesmo nós, os inconformados, somos minoria!...

Anônimo disse...

Na minha opinião o BB e a Previ precisariam passar por uma vergonha muito grande, sabem como? Colocando na imprensa falada e escrita como já foi dito varias vezes aqui no nosso cantinho!
Colocar os nomes dos responsaveis em letras garrrafais será que nem assim se tocarão?

Anônimo disse...

PREVI, Previdência e Fundos de Pensão
PÁGINA INICIAL / PREVI, PREVIDÊNCIA E FUNDOS DE PENSÃO

Fundos podem ficar com até 20% do trem-bala
A aquisição de até 20% pode custar R$ 1,5 bilhão
Publicação: 22/11/2010

Os fundos Previ, Petros e Funcef vão participar do projeto do trem-bala que ligará Rio de Janeiro, São Paulo e Campinas. A aquisição de até 20% pode custar R$ 1,5 bilhão. O aporte será feito por meio da Invepar, holding de infraestrutura e logística.

O projeto do trem-bala está estimado em cerca de R$ 35 bilhões. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai financiar no máximo R$ 19,9 bilhões, sendo que há uma limitação a 60,3% do investimento total ou 80% dos itens financiáveis pelo banco. Os sócios privados devem entrar com cerca de R$ 7 bilhões. O R$ 1,5 bilhão que pode ser injetado pelos fundos de pensão será desembolsado ao longo de cinco anos!Engraçado para nós NADA!!!!!! Justiça neles!!!!!!!!!!!!

Jorge Teixeira - Araruama (RJ) disse...

Colega Marcos Cordeiro,
Pelo que se depreende da leitura dos parcos informes que são disponibilizados nos espaços frequentados pelos aposentados e as pensionistas do “PB-1”, o Sr. Sasseron é figurinha “carimbada” à frente das tratativas sobre a distribuição da reserva especial. A propósito, para quem não se identifica com o “modus operandi” do citado diretor, lembro que em 2012 teremos eleições para escolha de um novo titular para a diretoria de seguridade da Previ que hoje é ocupada pelo referido cidadão.

Anônimo disse...

Valeu AAPPREVI. Você prova que para defender os interesses de seus associados não é necessário extorqui-los. Aprende ANABB!

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

antonia deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Ao BB e à PREVI":

Marcos,

Até agora pelo que já li a respeito não sei qual o serviço prestado pela Federação de D. Isa Musa em prol das Associações. Até as informações chegam com mais eficiencia através de outras entidades.
Então me pergunto qual a função e objetivo da FAABB?

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Prezada Antonia.

Nenhuma associação é fundada para prestar desserviço. Os trâmites cumpridos para a criação são criteriosos e seus Estatutos elaborados com esmero, delineando os benefícios que destinam aos sócios - preconcebendo trilhar caminhos insuspeitos. Mas há que se temer o descarrilamento provocado por dirigentes não engajados no projeto inicial. Muitos deles se valem dos cargos em proveito próprio; seja para polir o ego, seja para alcançar metas de alcance financeiro, o perigo sempre existe. Outros, mesmo com honestidade de propósitos se deixam acompanhar por parasitas interesseiros – e se igualam pela permissividade.

Anônimo disse...

Queremos os 20% agora e mais alguma coisa, como parte do Superavit (50%), os outros que o Banco levou (50%), será outra história com mais capítulos.
Os 20% ainda esse mês de Dezembro.

Anônimo disse...

Infelizmente Marcos, nós estamos sozinhos. Alguma coisa falou mais alto junto a Dona ISA MUSA. Não sabemos o que, mas que existiu deve ter existido.

Após tanta crítica ela não não se manifestou prontamente.

Isso é típico de integrantes do PT.

Depois de alguns dias, a manisfestação aparece, pois, nesse período esta se estudando uma resposta, podemos dizer, melhor aceitável, azeitar para que possamos engolir.

Chega de ISA MUSA, chega de FAABB.

Acredito que ela não deve ter mais espaço neste blog para sempre vir com mais desculpas. Se quiser participar deste blog com mensagens, que sejam mensagens de objetivos alcançados e não de desculpas, já estamos fartos disso.

Farinha do mesmo...

Anônimo disse...

Caro Marcos,

No meu caso ingressei no BB em 06.02.73 e me aposentei em 06.01.97= 287/360, em 31.12.2006 titakizam 406/360.
Nesta proposta 360/360 que alteração haverá no meu benefício PREVI.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

23/11 - 09:56

Prezado Marcos,


O e-mail marcando a reunião chegou hoje. Estou providenciando as passagens para ir ao DF. De fato, Dr Medeiros, mercê de sua influência e história como Presidente do Conselho Fiscal da Previ, tem informações privilegiadas que nem todos nós possuímos.

Isa Musa

Anônimo disse...

ISA MUSA diga-nos a verdade.

Se és capaz de nos dizer ficaremos gratos e a teremos ainda em alta conta.

A FAABB sendo uma Federação, que representa várias associações, não é levada a sério pela BB, pela PREVI e pelos outros negociadores (ANABB, CONTRAF-CUT), pois, as decisões ali tomadas não são objetos de informação à FAABB e que essa federação é carta fora do baralho nas trativas do superavit, diag-nos, não nos deixe na ilusão de que a FAABB esta fazendo além do que pode.

Apesar de você já ter mencionado que não é fácil em uma de suas mesnagens e que nós não podemos criar expectativas, diga-nos ISA, que a FAABB é mera figurante e que não tem representatividade nenhuma.

Nós somos capazes de entender que a sua posição não é fácil neste momento, talvez sem apoio de seus pares, as pessoas a quem você confiava de longa data mostraram-se que não tinham nada de confiável.

Por isso pedimos abre o jogo, exponha, jogue tudo para fora, pois, assim você vai se sentir melhor. Esteja em paz consigo mesmo e com aqueles que depositaram fé em você, que tenho certeza compreenderão e te apoiarão neste momento crucial de sua atividade de servir e representar esse contigente de pessoas que são sensíveis e entendem o que você deve estar passando. Confie em nós.

Por isso precisamos fortalecer a AAPPREVI com o engajamento de mais associados, pois, diferentemente das outras associações, essa nasceu para nos representar efetivamente e não para fazer o jogo de quem esta no poder.

Anônimo disse...

Gostaria de confirmação de que haverá uma nova ação de renda certa para os que já receberam alguma coisinha e deixaram de receber as contribuições feitas depois da sposentadoria. Minha documentação foi encaminhada há alguns meses e aguardo pela solução. Na ocasião fui informado que a documentação seria guardada para posterior utilização. Procede?

Anônimo disse...

Pessoal do Blog.

Vejo que se Perdeu o completo respeito pelas pessoas Públicas neste País,o superávit esta atormentando os cabeças brancas.

Senhores e Senhoras todo mundo sabe que o Banco do Brasil sempre levou vantagem nas negociações,já foi mensionado que nunca foi preciso usar o voto de minerva dentro da Previ.

Intão eu pergunto,porque ele é objeto de negociação?.

Todos nós vamos ganhar 20% de aumento é claro que quem contribuiu com valores maiores terá direito a valores maiores.

Fala-se tanto em injustiças,em não aceitar a proposta e partir para uma "ADIN",pois bem no episódio do Renda Certa muitas ações foram ao judiciário,quem ganho até agora? alguém já reverteu a situação? a Previ foi condenada? a resposta é não senhores.

Vão empurrar os 20% aceitando nós ou não, se vamos brigar na justiça é outra história,muitos dizem vamos quebrar o acordo, etc.... e tal, eu pergunto não quebraram o acordo quando o corpo social aprovou a APOSENTADORIA AS MULHERES AOS 45 ANOS e o Ministério barrou, o que foi feito até agora, nada!.

Quando fizeram o GT ANABB a proposta das "PENSIONISTAS" elevação de 60% para 80% ficou em terceiro lugar, agora esta fora da pauta.

Vamos revolver logo esta questão,hoje temos 50% do superávit, amanhá pode ser 25% ou 0,00% a continuar esta roubalheira,obras faraonicas,trem bala e tantos outros projetos servindo a nação que nossas famílias vão ser engolidas pela TURMA DO PT.

Cada pessoa tem uma visão da história,mais se olharmos o histórico completo terá a certeza que a Previ sempre foi roubada,nós fomos roubados, e de dois anos para cá acordamos.

Superávit agora, JÁ.

Anônimo disse...

ISA MUSA DE NORONHA.

VAI LA AMANHA E CHUTA O PAU DA BARRACA, E SE NÃO SAIR ACORDO NESTA REUNIÃO,CONTA TODA A VERDADE, QUEM ESTA TRAVANDO A NEGOCIAÇÃO,QUAL É A VERDADEIRA HISTÓRIA DESSA NOVELA.

QUEM É O MOCINHO E QUEM É O BANDIDO.

A CONFERIR O PRÓXIMO CAPÍTULO SEXTA FEIRA NA REUNIÃO DO CONSELHO DELIBERATIVO DA PREVI.

AFINAL NÃO SÃO ELES QUE MANDAM !!!.

Anônimo disse...

Colegas e Marcos,

Está mais do que evidente o fato de deixarem a FAABB para avisar no apagar das luzes.
Não tenho procuração para defender a Sra Isa, mas meu pensamento diz que eles estão fazendo o impossível para prejudicar a atuação da Sra. Isa, de desgastá-la perante seus associados e assim mais fácil, pensam eles, ficaria em demovê-la de defender aposentados pensionistas outros.
Quando existe um camilo na jogada defendido pela ex-diretora da Previ, convenhamos a Dna Isa é pedra no sapato a dividir os holofotes.
Se eu estiver errado que o futuro me avise.
O Dr. Medeiros tem informações antecipadas pelo fato de ser o Advogado da Afabb-RS e um dos membros da AFABB-RS participa das decisões sobre os superavit e outras coisas mais.
Abraços

Anônimo disse...

COLEGA DAS 04:34

TROCARAM O INDICE DE REAJUSTE NA CALADA DA NOITE.


ALGUÉM RECLAMO?

Anônimo disse...

Até parece que nós nunca trabalhamos no Banco do Brasil. Vocês acreditam mesmo que eleitos da Previ, anabbb, contraf, faabb mandam alguma coisa? Ora, O Banco se dá ao trabalho de ouvir o choro desses negociadores apenas para dizer nos boletins "ouvimos todos os segmentos". Mas fez, faz e fará o que bem entender. Tenho pena de gente honesta como dona Isa que vai a essas runiões para gritar e defender aposentados e pensionistas, pois o BB não está nem ai para o que pensam os velhinhos. E para quem acredita nos Tribunais, deveria ler as notícias que contam sobre os passeios que o Banco do Brasil paga para Juízes, Ministros do STF e STJ e Desembargadores com tudo pago.

Anônimo disse...

Colegas,

Existem dois caminhos ou nos conformamos e aceitamos o que querem nos dar ou entramos, não sei através de quem, com uma ação de inconstitucionalidade contra a Resolução 26.

Não podemos esquecer que o PT aparelhou o Estado e hoje já vivemos a DITADURA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES. Portanto as nossas chances na "Justiça" são pequenas.

AIRTON disse...

PREZADO Marcos e companheiros do
PB1 tenho uma pergunta que interessa às viúvas de colegas que partiram neste ano de 2010.
O Superavit refere-se ao triênio 2007/2008/2009, correto? Estamos pedindo que , no caso de distribuição dos 50% ele retroaja a 01/01/2010, não é?
Pergunto: As viúvas destes colegas não teriam direito, também como todos nós que estamos "vivos" ainda, ao referido superavit?
Amigos, não sou advogado, apenas pergunto algo que acho lógico e que pode servir de orientação às nossas futuras viúvas.
Por favor Marcos, consulte o corpo juríco da AAPPREVI.
Abraços
AIRTON

wilson luiz disse...

A reunião da próxima quarta-feira, para discutir a utilização do superávit, foi marcada para 11 hs.
Pelo horário, acredito que já está tudo decidido pelo Banco; se fosse para haver uma negociação séria, seria marcada para as 14 hs. para avançar o tempo que fosse necessário.O enredo deverá ser: às 11 hs. abre-se a reunião, serão feitos alguns debates, ao meio-dia o Banco apresenta o "prato-feito" das propostas aceitas, dizendo o que ELE(BB), quer fazer com a NOSSA
metade do superávit. O Banco utilizou com maestria um dos melhores artifícios de negociação, ou seja, ganhar tempo até que a outra parte aceite qualquer coisa que for oferecida.

Jorge Teixeira - Araruama (RJ) disse...

Colega Marcos Cordeiro,
Tenho divergências com relação aos diversos cargos que a Presidente da Federação ocupa simultaneamente em algumas entidades representativas. Tanto é que foi listada por quatro vezes no canael. Aqui mesmo me manifestei em determinadas ocasiões afirmando que não consigo digerir o fato de ela ainda fazer parte do corpo diretivo da Anabb e da AnabbPrevi. Tem dado provas inequívocas de que o seu histórico foi, é e, acredito, sempre será de alguém que se preocupa com os problemas que afligem os aposentados, as pensionistas e os colegas da ativa do “PB-1”. Portanto, no meu entender, na contramão dos atos praticados pela entidade chapa branca, criada para defender a qualquer custo os interesses do nosso patrocinador e que insiste ainda em afirmar ter mais de cem mil associados. Penso, S.M.J., que alguns colegas estão “pegando pesado demais” com a Sra. Isa Musa. IMAGINO que, desde o momento que Ela passou a integrar o pequeno grupo de notáveis que cuida das tratativas sobre a distribuição da reserva especial, estaria sujeita a um possível protocolo previamente estabelecido no que concerne à divulgação daquilo que foi tratado nas reuniões. Alguns poderão argumentar o fato de que o colega Medeiros está disponibilizando no seu blog informações em primeiríssima mão sobre as negociações. Pode-se inferir então que algum dos notáveis não estaria observando o que foi determinado. Enfim, tudo isso são suposições da minha parte. Volto a frisar que as minhas divergências não têm nada a ver com a respeitável cidadã Isa Musa. Acho que, enquanto não terminarem essas negociações, as pessoas continuarão tensas e tentarão desabafar da maneira que melhor lhes convier.

Rubem Tiné disse...

Segundo o blog do Medeiros, reunião quarta-feira, dia 24, o banco vai oferecer a proposta final, deve vir melhorada, é pegar ou largar, o banco tem pressa por causa da auditoria externa que colocou em dúvidas a contabilização da parte do superávit e quer resolver até o final do ano. Caso aprovado pelos nossos representantes, sexta-feira será referendada pelo conselho deliberativo da Previ e marcada a data para o referendo, após isto, aprovação pelo Previc e Ministério da Fazenda e 50% do vil metal vem para o nosso bolso, em módicas parcelas mensais. Entrar com Adin, agora, na minha opinião, é burrice. Depois que receber-mos a grana, aí sim, vamos entrar na justiça para tentar (não creio receber em vida) a outra metade.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caros Colegas.

Eis a troca de mensagens ocorrida entre a Diretoria do Banco e o Colega João Rossi Neto. Observem a seqüência de datas desde o dia 18 até pouco tempo atrás, e os nomes envolvidos:

----- Original Message -----
From: presidencia@bb.com.br
To: João Rossi Neto
Sent: Thursday, November 18, 2010 10:35 AM
Subject: Re: Fw: Negociação de Superávits da PREVI.


Prezado Sr. João Rossi Neto,
o senhor poderia me informar um telefone para que possamos conversar? Caso prefira me ligar, o número é .
Att.
Raquel V. Alves
Assessora

From: João Rossi Neto
To: presidencia@bb.com.br
Sent: Thursday, November 18, 2010 2:59 PM
Subject: Fw: Fw: Negociação de Superávits da PREVI.

Em atenção a sua solicitação, meus telefones são: 62- e 62-.


João Rossi Neto
16/11/2010 22:50 ZW2
----- Original Message -----
From: João Rossi Neto
To: presidencia@bb.com.br
Sent: Monday, November 22, 2010 9:48 PM
Subject: Fw: Fw: Negociação de Superávits da PREVI.

Atendi com presteza e cortesia ao telefonema do Assessor dessa Presidência, Sr. Carlos, que após longa conversa, ficou de retornar no início desta semana, inclusive com a participação do Diretor da Dires, no entanto, não cumpriu a sua palavra. Pensei que o assunto seria tratado com seriedade, mas parece que o jogo é rasteiro. Assim sendo, paguem para ver, porque acho que o Sr. Neri é o responsável pelo encerramento do assunto. Ratifico o que disse anteriormente, que nós vamos lutar pelo nosso direito, inclusive as Revistas Veja e IstoÉ, já estão munidas com toda a história. Não me interessa o tipo de acordo que poderão fechar com os Conselheiros Eleitos da PREVI, os quais julgamos fracos e sem autonomia para nos defender, principalmente o Sr. Sasseron. Com relação a Contraf e a Cut, nem sei o que elas estão fazendo à mesa das negociações, uma vez que nem estatutariamente são nossas representantes e também não desfrutam da nossa confiança. Como o OAB Federal já está ciente da história, bem como o STF, os próximos passos, antes da nossa ADIN para extinção da Resolução 26/2008, será uma comunicação ao Bacen, Ministério Público Federal e Procuradoria Geral da República. A propósito, se quiserem posso lhes enviar cópias das mensagens enviadas a: OAB-Ouvidoria Federal, Revistas Veja e IstoÉ e STF, bem como os comprovantes de recebimento. Sei que já marcaram a próxima reunião para o dia 24. Não atenderemos pedidos de ANABB, PREVI, FAABB, etc. para deixarmos de lutar pelos nossos direitos. Para o bem deste País tem que prevalecer à obediência a Lei e ao Estado Democrático de Direito.

Continua

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Parte II

.
----- Original Message -----
From: João Rossi Neto
To: presidencia@bb.com.br
Sent: Tuesday, November 23, 2010 10:21 AM
Subject: Fw: Fw: Negociação de Superávits da PREVI.

À ESPECIAL ATENÇÃO DO ASSESSOR,SR.CARLOS ABERTO BARRETO DE CARVALHO.
Para seu conhecimento, tendo em vista que a iniciativa de ligar-me partiu dessa Presidência. Ao que tudo indica, a iniciativa de interromper o contato e deixou de nos ouvir partiu do Sr. Diretor Neri, então que ele assuma as responsabilidades. Por ter dado procuração, através do voto, aos Conselheiros eleitos da Previ, nada impede que eu possa interferir na questão a hora que bem entender, especialmente quando vejo que falta competência aos meus outorgados. Quando o senhor me disse, com todas as letras, que o Presidente estava preocupado e interessado em resolver o nosso problema, antes de 31/12/10, e depois quebrou o trato de cavalheiros entre nós, não sei mais em quem acreditar.

----- Original Message -----
From: João Rossi Neto
To: presidencia@bb.com.br
Sent: Tuesday, November 23, 2010 10:26 AM
Subject: Fw: Fw: Negociação de Superávits da PREVI.

Marcos,

Como sempre, o assunto fica entre nós dois, por enquanto. Veja como a coisa está ganhando outros desdobramentos. Vou te passar outra mensagem recebida agora, do Assessor, que não quis responder dentro dessa ordem.

To: "João Rossi Neto"
Sent: Tuesday, November 23, 2010 10:38 AM
Subject: Re: Fw: Fw: Negociação de Superávits da PREVI.


Sr. João Rossi,

Estou tentando fazer contato hoje nos telefones informados e não estou
conseguindo! Os números informados são: 62 e 62. O Sr.
pode retornar ou informar se os telefones estão ativos?
O contato ainda não foi possível com o Sr. Neri, porque ele está em viagem
ao exterior e não está disponível no momento!
Favor manter contato!
Abraço
Carlos Alberto Barretto de Carvalho
Assessor da Presidência

Marcos,
Pode acrescentar a minha resposta abaixo.
----- Original Message -----
From: "João Rossi Neto"
To:
Sent: Tuesday, November 23, 2010 11:24 AM
Subject: Re: Fw: Fw: Negociação de Superávits da PREVI.

Os meus telefones continuam os mesmos. Quanto a alegada viagem do Diretor ao exterior, acho que não tem procedência, visto que ele marcou uma reunião para amanhã (24), com o objetivo de dar sequência nas negociações. Por gentileza, não afronte a minha inteligência, porque eu gosto de transparência, honestidade e ética em tudo que faço. Em face dos subterfúgios: Na semana passada o Diretor estava viajando e só voltaria na sexta-feira, e agora está em viajem para o exterior, então é o espírito dele que vai negociar. Nem sei mais se convém atender as suas ligações, uma vez que devem ser meramente protelatórias e sem efeito prático, já que não tem autonomia para decisões. Isto deve ser outra estratégia do Sr. Neri, utilizando-o como portador de recados. É o que penso.

João Rossi Neto.

Rubem Tiné disse...

Muita calma com a dona Isa. Coitada, o que ela pode fazer além de barganhar alguma melhora no prato feito oferecido pelo banco? Lembrem-se que o banco comanda o famoso voto de minerva. Não quer o que ofereci? Negociação encerrada, procurem a justiça! É isto que vocês querem? Não receber nem a metade? Isto é coisa de minoria, de radicais que se fossem negociar com os representantes do capitalismo neo-liberal que domina nossa política, agiriam da mesma forma, ou pior.Não é do tempo de FHC não, é desde o reinado de Dom João, manda quem pode, obedeçe quem tem juízo. Isa está fazendo o que pode, somente o que pode, no mais se radicalizar, como alguns, felizmente a minoria, neste blog querem, não veremos a cor do dinheiro. Vamos ver na votação para aprovar as medidas, se eu tenho razão ou não. As propostas acertadas com Dona Isa, Sasseron e cia, vão ganhar de lavagem! quem viver verá! A maioria sempre tem razão!

Anônimo disse...

Srs.,

Juntos Vocês tem muito dinheiro, aproximadamente 6(SEIS) BILHÕES por ano, usem esse poder retirando-se do bb, mensalmente todas as suas economias.
Não negociem mais com esse, suspeito Vilão, Matador de Idosos, no tempo em usa recursos de Velhinhos, para mascarar seus pífios resultados comerciais em balanços perante a comunidade Nacional e a Banca Internacional.
Vocês tem força e a desconhecem.
Qualquer banco deste país ou do estrangeiro gostaria imensamente de ter tais valores em suas contas correntes, gratuitamente.
É guerra gente!
O bb tornou-se uma VERGONHA ao usurpar dinheiro de ex-funcionários, hoje em avançada idade.

Anônimo disse...

Pessoal,

Se a reunião foi marcada para as 11:00', seu encerramento será no máximo às 11:30', pois ao meio dia tem almoço e precisam de meia hora pra preparar o estômago. Serão 00:30' para decidir a distribuição do superávit e chegar a uma conclusão definitiva; 00:30' para deslocar-se até o restaurante; 01:30' para o almôço e sobremesa. Resumo: já está tudo delineado e decidido. Quem não concordar com a decisão retire-se da reunião e cale-se para sempre.

Anônimo disse...

RUBENS TINÉ.

VOCE TEM TOTAL RAZÃO, SE A PROPOSTA FOSSE OS 20% COMO ESTAVA E TIVESSE A VOTAÇÃO JÁ GANHARIA COM TOTAL VANTAGEM.

OS COLEGAS NÃO LEMBRAM QUE APOSENTADO E PENSIONISTA NÃO VOTA, QUEM VOTAM SÃO OS COLEGAS DA ATIVA ATRAVÉS DO SISSBB.

QUEM VIVER VERÁ,A PROPOSTA VAI SER APROVADA.

É COMO DIGO SEMPRE SOMOS MINORIA, E QUEM TEM A BALA É A ANABB+ SISBB.

Anônimo disse...

BRAVO JOÃO ROSSI.


AMANHA É O DIA "D" CERTAMENTE O NERI ESTA NO EXTERIOR DE JATINHO FRETADO.

AMANHÃ ELE ESTARÁ NA REUNIÃO.

Anônimo disse...

A nossa Colega Isa Musa já havia dado sinais, que com ela ou sem ela as coisas já estavam decididas.

Olhem as declarações dadas pela Cecília e pela Própria Isa na defesa do "Valmir Camilo".

Se ele não estivesse na mesa de negociação seria muito pior.

Colegas será este "Deus" só vai deixar de mandar quando morrer?.

Anônimo disse...

Gente é pega ou larga.

Ou querem passar o resto da vida contando para os netinhos a HISTÓRIA DO SUPERÁVIT DA PREVI.

Tinha o lobo mau Banco do Brasil, que passou a perna na "VOVOZINHA".

Gente acorda !!!.

SUPERÁVIT NAS CONTAS E JÁ.

Anônimo disse...

Infelizmente, colegas, a dona ISA MUSA não pode fazer nada. Todos sabemos que são cartas marcadas. Ela esta apenas fazendo número, por que ela que representa a FAABB, somente isso.

A FAABB foi a última a ser notificada da reunião. Por que?

Nem o que passa lá ela não pode divulgar.

Desculpa de que a informação tem que ser uniformizada. Pro que? Ninguém pode falar sobre o estado de ânimo da reunião, do ambiente existente, da percepção de que esta tudo pronto, basta os cordeirinhos concordarem e assinarem em baixo.

Infelizmente é a triste realidade.

Agora, eu não entendo o porque no acordo tem que ter a cláusula de concordância de que u Banco pegue "a sua parte".

Que assinem o acordo, mas sem essa cláusula que é totalmente desnecessária, visto que o Banco esta apropriando de "sua parte" embasado na Resolução 26, então não faz e nem deve fazer parte do acordo.

O que esta sendo discutido é a forma de distribuição dos "nossos" 50%.

Vamos concordar apenas o percentual relativo a nossa distribuição, depois ADIN neles.

Anônimo disse...

Bravo João Rossi Neto. Você tá conseguindo! Tá fechando cêrco aos peixes grandes. O caminho está certo. Eles estão dando ouvidos e se abalarão diante de tua força.

Isa Musa de Noronha disse...

Prezados colegas e críticos

Qualquer um de nós que assume a direção de uma entidade abre perspectivas de críticas e manifestações de descontentamento. Assim, recebo com tranquilidade as críticas e procuro humildemente estar atenta a elas para pautar meu comportamento. A gestão à frente da FAABB que representa as Associações tem exatamente esse perfil: administrar interesses e conflitos, pois cada uma das 32 existentes possui princípios próprios e se pauta de acordo com a vontade de seus associados.
À mesa de negociação somos todos coadjuvantes, pois a instância oficial que decide as questões na PREVI é o Conselho Deliberativo da Previ, onde somos representados por nossos três colegas que elegemos e pelos três que o Banco do Brasil indica. Se todos se lembram, desde 2008 as Associações, o Banco e a PREVI receberam uma torrente de sugestões para uso do superávit. Algumas das sugestões não são legais, outras são muito caras, no entanto, qualquer proposta depende, principalmente, da concordância do Banco, como Patrocinador. A tão contestada Resolução 26, do CGPC, na qual o Banco fundamenta seu direito à 50% da Reserva, diz:
“Art. 21. A destinação da reserva especial será precedida de comunicação ao patrocinador do plano de benefícios.
Parágrafo único. Em relação aos planos de benefícios patrocinados pelos entes de que trata o art. 1º da Lei Complementar n.º 108, de 29 de maio de 2001, a destinação da reserva especial, quando ocorrer nos termos do disposto no inciso III do art. 20, deverá ser precedida da manifestação favorável do patrocinador e do órgão responsável pela sua supervisão, coordenação e controle.“

Também a Lei maior, a Lei Complementar 108, atribui ao Patrocinador o direito de decidir sobre alterações de Estatuto e de Regulamento de Planos de Benefícios. Notem que qualquer benefício oriundo do superávit requer alteração do Regulamento e assim, exige a concordância do patrocinador.

A Lei Complementar 108, assim diz:
“13. Ao conselho deliberativo compete a definição das seguintes matérias:
I – política geral de administração da entidade e de seus planos de benefícios;
II – alteração de estatuto e regulamentos dos planos de benefícios, bem como a implantação e a extinção deles e a retirada de patrocinador;
Parágrafo único. A definição das matérias previstas no inciso II deverá ser aprovada pelo patrocinador.”
De sorte que, ao participar da mesa de negociação, estamos todos cientes de que nossa função ali é o de convencimento, de argumentação, de modo a tentar obter o melhor para aposentados e pensionistas, não temos o condão da decisão final. Não temos o poder de impor propostas. Contudo, não considero que nosso papel seja descartável, supérfluo e que nos desmerece. Da mesma forma que não alimentamos ilusões de que possamos ser decisivos, sabemos que muitos colegas haverão de nos criticar e nos responsabilizar pelo que vier a ser feito. Interessante é que se vier uma solução plena e justa, todos os méritos serão creditados ao Deliberativo... Se a solução que vier não agradar, a culpa será atribuída aos negociadores. É a vida, nem sempre justa nas avaliações.
Atenciosamente,
Isa Musa de Noronha

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

From: João Rossi Neto
To: PREVIC - OUVIDORIA
Sent: Tuesday, November 23, 2010 12:04 PM
Subject: TREM-BALA


A imprensa vem divulgando sistematicamente, que por imposição do Governo, os Fundos de Pensão vão participar do TAV, conhecido por Trem-Bala, com aporte de R$ 1.5 bilhão. Trata-se de um negócio que não desperta os interesses dos Investidores da iniciativa privada, uma vez que não atende os pressupostos fundamentais capazes de propiciar retorno garantido em prazo razoável e rentabilidade suficiente para remunerar o capital em jogo. Se não passou pelo crivo da análise econômico-financeira dos experts do mercado, não deve passar também pelos estudos-técnicos da PREVI, a não ser que amenizem o teor do parecer, adequando-o ao critério político que está sendo orientado.

Sendo da responsabilidade dessa PREVIC, fiscalizar e resguardar a segurança dos recursos dos Fundos de Pensão, preservando-os de riscos, seria o caso de agir proativamente, coibindo a participação de capital nesse investimento de retorno duvidoso e de baixa rentabilidade.Não aceitem o raciocínio de que por ter um fluxo de caixa constante, o empreendimento seria viável. Aguardamos que cumpram a sua missão, evitanto um prejuízo anunciado por todos. Manifestem, por gentileza, sobre o assunto, com brevidade, para nos tranquilizar, visto que a PREVI será envolvida nessa transação.


Atenciosamente.


João Rossi Neto.

Anônimo disse...

É pessoal! Nos agora vamos andar de trem-bala. Aos velhinhos da Previ, vai uma promoçãozinha: pagar a viagem com 50% de desconto.

Anônimo disse...

João Rossi Neto.Voçê é um EXPERT.
Bravo! Parabéns! Já conquistou muitos fâs entre nós. Obrigado.

Anônimo disse...

Colega Rubem Tiné,
Por força da resolução 26, nesse caso do Superavit, o voto de minerva está suspenso. Terá que ser por maioria absoluta conforme artigo 20 da Resolução.
Se houver empate, presumo que, haverá intermediação da Previc.

Anônimo disse...

Amigo João Rossi Neto,

achei brilhante seu questionamento feito hoje, dia 23-10 à Ouvidoria da PREVIC com o título
TREM BALA.

No entanto vai aqui uma sugestão: não seria oportuno (mais eficaz) fazer esse questionamento também através de Notificação Via Cartório ?

Luis Eustáquio de Castro - Araxá-MG

Anônimo disse...

Em que pese os VINTÃO já garantido pelo BB nas discussões anteriores.

A proposta das pensionistas é sim de extrema importância visto que só nesta oportunidade é que se estará corrigindo, EM PARTE, essa grande aberração sem pé nem cabeça.

DESCONTAR 40%, ISTO É, QUASE A METADE DO VALOR nos sálarios deixados pelos aposentados é uma tremenda falta de caráter e ódio de quem inventou essa ARAPUCA de pegar maluco.

Estamos na torcida para alguma coisa seja garantido para as pensionistas, EM QUE PESE os 20% retroativo ou não já garantido pelo BB.

Pobres coitadas já em fase de usufruir ou lucros da comunhão a qual possui com seu parceiro de quarto enfim justamente nesta pessíma hora terão que fazer mágicas, malabarismo, tirar leite de pedra com uma pensão péssima, caótica, ínfima, lesada de correções, surrupiada por entendimentos de medalhões patífes e irreacionários e sem propósito de ser, ilegal e inconstitucional.

Já não bastasse a cruz que carregam pelas dores do sofrimento da perda do ente querido, pelos transtornos que passam durante e depois da morte do companheiro, pelos dias e noites em claro à espera de algum filho, por problemas de saúde e etc....agora terão que suportar e saber que alguns deles são contra e possuem ódio em vê-las recebendo um salário digno de gente.

Tomara que na próxima sexta seja logo votado pela previ as propostas que estão em discussão e seja logo enviado para a previc e outras entidades o texto do jeito que está e ponto final..


NADA DE TER QUE PASSAR EM VOTAÇÃO POR QUALQUER TIPO DE ASSOCIAÇÃO.......NINGUÉM IRÁ CONCORDAR ATÉ MESMO AQUELES BENEFICICIADOS VÃO QUERER RECEBER MAIS AINDA E AOS EXCLUÍDOS IRÃO AO INFERNO DE TANTO ÓDIO.........

Então chega de papinhos e opiniões......vários superávits virão e surgirão outras oportunidades de discussão e destinos do dinheiro.......

O dinheiro é dos aposentados e pensionistas e a previ é feita para pagar aposentados e pensionistas o resto é roubo mesmo.

Esse zé povinho do contra são mais perigosos que revólver em mão de macaco.

Amémmmmmmm

Alberto - Brasília(DF)

Anônimo disse...

E TINHA GENTE ACHANDO QUE O COLEGA JOÃO ROSSI NETO TINHA BAIXADO A GUARDA.

Se tivéssemos uns 50 mil JOÃO ROSSI, provavelmente não estariam pisando em nós.

Assumo a minha culpa da nossa omissão.

SIGISMUNDO BORGES disse...

Sra.Isa Musa de Noronha:

Manifesto, novamente, meu TOTAL apoio e confiança na sua integridade, no seu caráter, na sua boa índole.
Que Deus lhe dê forças, ânimo e muita saúde para enfrentar todas as dificuldades, as decepções e os reveses da vida!.
Sucesso para todos nós na reunião de amanhã. Muita PAZ!.
Sinceramente,

Sigismundo Borges
-aposentado/invalidez-

JVasconcellos disse...

Ao Colegas

Realmente, se tivessemos , 50 mil ,provavelmente NÃO,... não teriamos os pulhas e os aproveitadores .Eles não se criariam . Estou com vc anonimo das 9;51
... Vale lembrar que ROSSI e a marca de uma industria BELICA...hahahahahahha

Anônimo disse...

SUPERÁVIT PREVI...

QUE DEUS ILUMINE TODOS NOSSOS NEGOCIADORES NESSA BENTITA HORA.


QUEM É CONTRA AS PROPOSTA DAS PENSIONISTA É CONTRA TAMBÉM AO SEU PRÓPRIO CARÁTER E A SUA DIGNIDADE.

É UM APOSENTADO QUE TERIA QUE TER A HONRA DE TER UMA GRANDE MULHER AO SEU LADO......NOS MOMENTOS DE ALEGRIA E DIFICULDADES.....

É UMA VERGONHA EM SABER QUE NOSSOS AMIGOS ODEIAM E REJEITAM A SUA PRÓPRIA FAMÍLIA.....

É UMA VERGONHA TAMBÉM EM SABER QUE NESTE PAÍS EXISTEM PESSOAS QUE NÃO POSSUEM O MÍNIMO DE RACIOCÍNIO ÉTICO-MORAL.


SÓ PODENDO SER UM DAQUELES QUE PERTENCERAM AOS SETORES DA TERRÍVEL INGER?GESTAPO DA VIDA.

NEGAR O DIREITO DAS PENSIONISTAS É ADMITIR QUE NO PASSADO VC FOI UM PÉSSIMO E TENEBROSO FUNCIONÁRIO.

PENSIONISTAS JÁ..........


Alberto - Brasília(DF)

rosalina_de_souza disse...

Queridos Colegas do Blog, Presidente da AAPPREVI Senhor Marcos Cordeiro de Andrade.

Estamos todos esperando que amanhã tenha fim estas reuniões.

Mesmo com o fechamento do acordo,onde desta vez pela conduta apresentada até agora beneficiara a todos sem destinção (Aposentados e Pensionistas do PB-1).

Acredito que no final do processo sempre haverá descontentes,nós Pensionistas mais uma vez estamos ficando fora da mesa de negociação,dizem que o superávit é para benefícios temporários.

Ao certo meus queridos Colegas é que a nossa luta continuará,temos muitos outros temas de igual importância,e um deles é a preparação da AAPPREVI para a disputa das eleições de 2012 para a Diretoria de Seguridade.

Nós temos que empenhar de todas as formas para a conquista de NOVOS SÓCIOS para a nossa "AAPPREVI".

Nossa proposta de elevação de 60% para 80% não será esquecida, nem engavetada, mesmo que ela não for aceita agora, vamos continuar na batalha, estamos crescendo cada vez mais,o universo das pensionistas precisa ser respeitado.

Se o INSS com todos os problemas paga 100%, porque a PREVI apenas 60%?.

Atenciosamente

Rosalina de Souza

Matrícula Previ 18.161.320-4

Lázara Rabelo disse...

Caro Marcos e demais colegas,

Primeiro quero parabenizar o JOÃO ROSSI NETO. Quanta BRAVURA, PERSISTÊNCIA e HONRADEZ. Você é um grande exemplo. Que mais colegas também inteligentes e competentes saiam do comodismo, assistindo às gatunagens praticadas pelo BB/Governo e venham lutar e defender nossa classe.
Quanto a dona Isa Musa, considero sua presença, nas negociações importante, apesar de sabermos que estão (nossos inimigos) se lixando para as propostas defendidas por ela (FAABB) e demais Associações de Aposentados. Só faço um pedido, Dona Isa, defenda a proposta 360/360, e como já falado aqui, vá com tudo para a reunião de amanhâ (24). Estamos do seu lado.

chumbo quente disse...

ROSSI é bala na agulha !

dê-lhe chumbo: ratatatátátátá

Anônimo disse...

É muita ingenuidade achar que a Previc irá contra alguma orientação do governo. É só lembrar que a cúpula daquele órgão é toda nomeada pelos "irmãos PTralhas" de Brasília.

Anônimo disse...

Sr. Marcos,

Permita-me dar meus parabens ao Sr. Antonio Miguel Langoni pelas opotunas e verdadeiras considerações contidas em seu post "O que o Banco está precisando é de um belo corretivo". Ele disse exatamente o que BB e Previ não querem ouvir. A mensagem a todos interessa, principalmente ao pessoal da ativa.

Ademir Peruzzolo disse...

Como fazem 15 anos que saí do banco muitas coisas já são apenas vagas lembranças. Não frequento nem como cliente. Uso minha aposentadoria pela internet mesmo.
Mas me chama e muito a atenção e me faz lembrar de muitos anos passados essa gracinha de segredos sobre o desenrolar de negociações. Parece que somos todos crianças e que se a gente souber antes ou depois a gente é mais ou menos importante. Coisa mais ridícula.

De outro lado carece de legitimidade a necessidade de votarmos aprovação de coisas que estão previstas nos nossos estatutos. Se é só com anuência do patrocinador que as coisas evoluem não vejo razão para votar, nem contra nem a favor.

Uma última coisa: mais dia, menos dia a realidade do pessoal da ativa se beneficiar de reservas acumuladas por pessoas que contribuem há mais de 40 anos vai ficar explícita e gritante. Hoje uns poucos se expõe em dizer, mas pel'amor de Deus que é dose prá leão, lá isso é...........

Anônimo disse...

Anônimo de 23/11 - 11:20,

Se você quiz me atingir, perdeu o seu tempo. Com ingenuidade ou com esperteza, eu vou continuar defendendo os aposentados, da mesma maneira. Parasita e nas sombras eu não vou ficar nunca.
Cresça e apareça que estou a sua disposição para somarmos forças.

João Rossi Neto.

Anônimo disse...

Colega das 9:51, não temos 50mil ROSSI nem 50 MARCOS mais podemos ter 50 mil seguidores deles portanto nossa luta agora é trazermos mais sócios para a AAPPREVI, que ela sim irá nos defender de verdade.

bigsaranha disse...

60% PARA PENSIONISTAS:

Antes de qualquer reação, sou AMPLAMENTE FAVORÁVEL A APROVAÇÃO DE 80% DO BENEFICIO PARA AS VIÚVAS. Porém, cabe informar que o INSS adota o que está disposto na LEI ORGÃNICA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL(ano 1966 ou 1967): 50% para a viúva(como meeira),mais 10%(como dependente) e mais 10% para cada filho menor(até o máximo de 4 filhos). Assim que cada filho atinja a maioridade, o valor da pensão vai diminuindo até chegar ao limite minimo de 60%. No âmbito da Previ ninguém inventou nada. Simplesmente, copiou a regra. Porém, é chegada a hora de mudar a regra. Mudança essa, que tem o meu total apoio.

Russel Furtado dos Santos
Belo Horizonte

raul avellar disse...

É isso mesmo colegas! Não temos 50 mil ROSSIs, nem 50 mil MARCOS, mas poderemos, com muito trabalho, vir a ter 50 mil associados da AAPPREVI
e assim decidir, em 2012, as eleições para a Diretoria da PREVI,formando uma CHAPA com nomes apenas deste naipe!
Raul Avellar

Anônimo disse...

Notável João Rossi,

Tenha certeza que qualquer crítica que aparecer aqui no blog ou em qualquer lugar, será uma inútil tentativa de calar sua voz. Pessoas como você, Marcos, Gilvan tiram os desonestos do sério. Sua coragem é realmente admirável. Força e persistência.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Marcos,

Para seu conhecimento e pode divulgar.

----- Original Message -----
From: "João Rossi Neto"
To: presidencia@bb.com.br
Sent: Tuesday, November 23, 2010 4:09 PM
Subject: Fw: Fw: Fw: Negociação de Superávits da PREVI.

Sr. Carlos Alberto,

Para informar-lhe que todas as mensagens enviadas/recebidas dessa
Presidência foram veículadas, sendo do conhecimento de
grande parte dos aposentados, espalhados por este Brasil. Obviamente, como
o BB tem Diretor vazando pelo ladrão, e poucos se destacam, o Sr. Neri pode
ficar satisfeito porque está tendo os seus momentos de fama, com a
divulgação que estou fazendo do seu nome. Dizem que ele é carne-de-pescoço
para negociar, mas isto não importa, o que ele precisa é aprender a ser
mais flexível, dedicado e atencioso na administração dos conflitos afetos
ao seu raio de ação. Pelo andar da carruagem, daqui a pouco, o BB vai ter
Diretor até de subsolo, de garagens, de espirro, de meio-ambiente, etc.
Isto sim, é uma verdadeira macrocefalia.

João Rossi Neto

----- Original Message -----
From: presidencia@bb.com.br
To: "João Rossi Neto"
Sent: Tuesday, November 23, 2010 6:58 PM
Subject: Re: Fw: Fw: Fw: Negociação de Superávits da PREVI.

Sr.João Rossi,

Hoje novamente, agora, de 18h50 a 18h56, tentei novamente contato
telefônico com o Senhor, sem sucesso. Deixei recado na secretária
eletrônica de seu celular! Favor informar hora em que possa manter contato.

Obrigado

Carlos Alberto

Anônimo disse...

Caros colegas do PB1 parece que estou assistindo uma festa de Natal antecipada. Amanhã vamos colocar os nossos PARES DE MEIAS FURADOS dependurados nas janelas de nossas casas e esperar que o PAPAI NOEL "BANDO DO BRASIL E PREVI" coloquem lá(nas meias) o nosso presente. Só espero que não seja aqueles das lojas de R$1,99.
QUE DEUS NA SUA INFINITA BONDADE ILUMINE OS NOSSOS NEGOCIADORES PARA QUE O AMOR TOQUE SEUS CORAÇÕES E POSSAM CHEGAR NO MELHOR ACORDO( ACORDO NÃO, NÃO É ACORDO) NA MELHOR SOLUÇÃO PARA OS VELHINHOS E VELHINHAS DE CABEÇA BRANCA.
ASSIM SEJA.
GRAÇAS A DEUS.
AIRTON

wilson luiz disse...

Espero que nossos sagazes negociadores consigam fechar um acordo já na reunião de amanhã, dia 24, pois nesta negociação deve estar sendo utilizado o saldo de superávit referente ao balancete de 31 de outubro. Digo isto porque, no mes de novembro. o índice de ações da Bolsa de Valores de São Paulo já caiu 3,85%. Isto pode ter reduzido o superávit em 2 ou 3 bilhões de reais e, se as negociações se arrastarem, poderá haver um valor bem menor na Reserva Especial, para ser utilizado na melhoria de benefícios.

Anônimo disse...

Excelente o texto do colega José Aristophanes Pereira: direto, conciso e verdadeiro quando nos classifica em sua maioria como desunidos, desorganizados e até desinteressados. Mas colega, não concordo com o "legalista" não, melhor nem dizer o que seria mais apropriado. E o Sr. com certeza sabe que essa cambada de saqueadores petistas, essa praga que nos assola e há de assolar por muito tempo ainda, esses quadrilheiros foram qualquer coisa desde o início de sua luta pelo poder, menos pragmáticos. Isso eles nunca foram: pragmáticos, não mesmo.
Sou o Washingtom Lopes.

Anônimo disse...

Desta história toda só vejo uma coisa: alguns dos negociadores vem ao blog? Não... Só Dona Isa. Assim, nela eu confio. Pode até não ter força e o poder de decidir. Mas não se esconde, mostra a cara e assim leva até críticas dos blogueiros. Acham vcs que Sasseron viria ao blog responder às indagações? Pois a Dona Isa vem... Aconteça o que vier a acontecer, essa jovem senhora merece meus respeitos. O que todos deveremos ter em mente é saber quem, tendo poder e representatividade, sempre se comportou de nosso lado... Força, Dona Isa...

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Marcos, mensagem enviada a presidencia do BB. Sugiro que todos façam o mesmo.

Mensagem original
De: aesh < aesh@uol.com.br >
Para: presidencia@bb.com.br
Assunto: Mensagens - João Rossi Neto
Enviada: 23/11/2010 22:11


Sr. Presidente,


Estou me solidarizando com o colega João Rossi Neto, assinando embaixo em todas as mensagens enviadas por ele a essa presidência, para demonstrar nossa insatifação com a Resolução 26 e a maneira como vem sendo conduzido as negociações do superavit Previ.

Cordialmente,


Antonio Eustaquio Soares HUngria

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Justiça condena Plano Cassi a pagar 54,2 mil a idoso

Notícia publicada em 19/11/2010 17:36

Haroldo Nunes, de 80 anos, teve que contratar de emergência uma equipe médica para fazer uma revascularização do miocárdio, isso porque a Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil (Cassi) alegou que não tinha cirurgiões cardíacos credenciados. A juíza da 14ª Vara Cível da Capital, Tania Paim Caldas de Abreu, condenou a Cassi a indenizar o idoso em R$ 54,2 mil.

Haroldo foi internado no Hospital São Lucas, em 17 de agosto de 2009, com dor toráxica, caracterizando uma angina. Diante da urgência da situação, o autor ingressou com ação, sendo deferida antecipação de tutela para que o réu indicasse médico credenciado para realização da cirurgia. Mesmo intimado, o plano de saúde, descumprindo a ordem judicial, juntou relação de médicos clínicos em cardiologia, com apenas um único cirurgião cardíaco não mais credenciado ao plano.

“A inexistência de credenciados na especialidade reclamada somada à conduta leviana na indicação de profissionais não habilitados, expôs o autor à angustiante expectativa, ensejando a reparação moral pela angústia, aflição e humilhação passadas. No caso dos autos não é mero inadimplemento, mas recusa a cumprir contrato justamente firmado para dar atendimento em situações de risco, afastando o perigo eminente em que se encontra o contratante”, afirmou a magistrada na sentença.

A juíza julgou procedente o pedido do autor e condenou a Cassi a pagar a quantia de R$ 30 mil, a título de indenização por danos morais, e R$ 24,2 mil para reembolso das despesas referentes à cirurgia.

Processo nº
0211418-31.2009.8.19.0001

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

BB, Bancos e Economia
PÁGINA INICIAL / BB, BANCOS E ECONOMIA

Pendência judicial envolvendo há 23 anos funcionários do Banco do Brasil em Campos chega ao fim

Pelos valores apurados, funcionários do Banco do Brasil poderão começar o ano de 2011 com o "burro na sombra", como se diz popularmente

Publicação: 19/11/2010
O Sindicato dos Bancários de Campos vai publicar edital convocando os funcionários do Banco do Brasil para uma Assembléia Geral Extraordinária. Visa por fim a uma pendência judicial que se arrasta há 23 anos. Começou em 1987, quando de uma greve realizada na cidade pela equiparação salarial do BB com o Banco Central. Pelos valores apurados, funcionários do Banco do Brasil poderão começar o ano de 2011 com o "burro na sombra", como se diz popularmente.
É que o montante financeiro a ser repassado é alto. Supera a casa dos R$ 40 milhões. A assembléia da categoria será no dia 26 agora, na sede do sindicato. O edital sairá publicado na Folha da Manhã no dia 20. Também serão feitos anúncios em forma de comunicados nas emissoras de televisão.

Por Saulo Pessanha para Folha da Manhã-online, em 18-11-2010

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

AÇÃO JUDICIAL "RENDA CERTA":

A Assessoria Jurídica da AAPPREVI informa que está sendo formado um grupo de interessados em ingressar com Ação de Complemento do Renda Certa, destinada àqueles contemplados com valores inferiores ao devido quando da última distribuição.
Os associados cuja dcumentação já se encntra em poder da Associação precisam, apenas, confirmar o interesse em participar.

Atenciosamente,

Marcos Cordeiro de Andrade
AAPPREVI

Blog do Ed disse...

A FAABB colocou no site belíssimo trabalho sobre as vantagens auferidas pelo BB com a Previ bem como a incongruência da Resolução 26. O que agora precisa ser feito é atuar junto ao Judiciário.Se, como pensamos, nos estão tirando alguma coisa, essa coisa não é um pirulito, é uma montanha de dinheiro. Sem prejuízo de outras providências ordeiras e legais que se podem tomar, é verdade, e com todo o mérito.

Mauricio disse...

Pois é, existe sindicato e sindicato.
o sindicato de Campos-RJ saiu vitorioso na ação, já o de SP berço dos PTalhas e casa do Sr.Sasseron não.
Vejam o email que recebi do sindicato de SP ao pedir informações sobre a ação de equiparação ao BACEN
------------------------
Data: 14/04/2009 11:40:38
De: Juridico Coletivo < juridicocoletivo@spbancarios.com.br>
Para:

Sr. Maurício,

Conforme solicitado, esclareço que a ação ajuizada pelo Sindicato em face do Banco do Brasil sobre a equiparação ao Bacen, foi julgada improcedente, por meio de Ação Rescisória interposta pelo Banco.

Desta forma, como não obtivemos êxito, não há valores a serem repassados aos beneficiários.


Att.
Lilian Chinez Moreno.
Jurídico Coletivo - SEEB/SP

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Conselheira da PREVI unida à Contraf-CUT com o mesmo propósito: Garfar aposentados e pendionistas na distribuição do superavit:

23/11/2010

Contraf-CUT retoma nesta quarta negociação com BB sobre superávit da Previ

A Contraf-CUT e demais entidades representativas do funcionalismo do Banco do Brasil reúnem-se novamente com a direção do BB nesta quarta-feira 24, às 11h, em Brasília, para prosseguir a discussão sobre a destinação do superávit do Plano 1 da Previ.

A reunião dará continuidade ao encontro realizado no dia 11, quando os representantes dos funcionários do BB apresentaram uma série de reivindicações para a incorporação permanente dos benefícios especiais negociados e implantados em 2007: o benefício especial de remuneração e o benefício especial de proporcionalidade.

O banco acatou essa tese e apresentou outras propostas, que os representantes dos trabalhadores consideram conter avanços mas ainda insuficientes para um acordo.

Veja aqui a matéria Negociações sobre superávit da Previ avançam, mas proposta é insuficiente .

"Vamos insistir na nossa reivindicação fundamental de que os recursos disponíveis na reserva especial devem ser destinados para garantir benefícios a todos os que contribuíram no Plano 1, que é superavitário", reafirma Miriam Fochi, diretora da Secretaria de Assuntos Jurídicos da Contraf-CUT e conselheira deliberativa eleita da Previ.

Anônimo disse...

Caro Marcos,

No meu caso ingressei no BB em 06.02.73 e me aposentei em 06.01.97= 287/360, em 31.12.2006 TOTALIZAM 406/360.
Nesta proposta 360/360 que alteração haverá no meu benefício PREVI.

23 de novembro de 2010 04:12

Rogério Luiz Carvalho disse...

Coléga bigsaranha, procura dar uma olhada no comentário que o INSS paga 60% de pensão, pois acho que já mudou a lei, se não me engano na constituição de 1988, pois a pensionista do INSS recebe 100%, como também aqui no RGSul a do Ipergs recebe também 100%. Coléga Marcos e blogueiros, podem falarem e até criticarem a coléga Isa Musa
aqui no blog, mas quero tirar o chapéu para ela pois, ela coloca a
cara para bater e sempre está acompanhando o nosso blog Previplano1. Gostaria de pedir a co
léga Isa que continue sempre a lutar por nós aposentados e pensionistas e que somos sabedores que a mesma não vai agradar a todo
mundo, pois nem o Cristo agradou todos e foi crucificado. Que Deus
abençoe a coléga e a nós todos, e vamos aguardar com calma e esperança as tratativas para distribuição do Superavit. Abraços, Rogério.

Anônimo disse...

Colegas,

Penso que dos negociadores que estão agora em reunião, a Sra. ISA MUSA a a única de coração aberto e demonstra sinceridade em seus comentários.

A maioria dos nossos representantes nem toma conhecimento da nossa existência.

Que Deus ilumine a ISA, pois está no meio de serpentes nesta Reunião ( Valmir/Sasseron - só para citar duas).

rosalina_de_souza disse...

Em atenção ao Colega.

Russel Furtado dos Santos

Belo Horizonte

No passado, a pensão por morte paga pelo INSS era equivalente a 50% do valor da aposentadoria, acrescida de 10% por dependente.

Em 1991, a lei 8.213 passou o valor da pensão a 80% da aposentadoria, acrescida de 10% por dependente, até o limite de dois dependentes.

Em 1995, a lei 9.032 alterou novamente a regra e a pensão passou a ser de 100% da aposentadoria.

A Lei 9.032/95 elevou para 100% o valor do benefício da pensão por morte a ser paga pelo INSS. Antes o pensionista recebia apenas 80% do salário-benefício, conforme era fixado pela Lei 8.213/91.

Fonte : www.jurid.com.br

Sou pensionista de 07/2001 e minha pensão do INSS foi de 100% do que meu falecido marido recebia.

Atenciosamente

Rosalina de Souza

Matrícula 18.161.320-4