quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Cheque em branco - reedição

Escrevi e publiquei este artigo no dia 27/11/2010. Esta reedição serve para que a PREVI me conheça, já que seus atendentes dizem não saber quem sou. E para que não esqueçamos dos nossos “representantes”.

Caros Colegas.

É inadmissível que bancários experientes, com mais de trinta anos “de praia” assinem um cheque em branco e o ponham nas mãos de um negociador ladino e traiçoeiro, que o usará em proveito próprio.

Nossos inocentes representantes fizeram pior. Outorgaram uma procuração em branco, sem termos definidos, mas com plenos poderes ao mandatário para manipular nossa herança ao seu bel prazer. Os mais elementares conceitos do direito foram esquecidos na feitura do documento simbólico do “acordo” firmado com o Banco. Qualquer negociador sabe que numa procuração há elementos básicos que não podem ser excluídos, sob pena de ser considerada nula de direito. Nessa foi omitida a cláusula básica em torno da qual repousa o resto: o objeto dos poderes.

O fajuto documento trata da distribuição de valores entre pessoas representadas, mas no seu corpo tudo que diz respeito a esse elemento é tratado de modo aleatório, subentendido e impreciso. Ali não há um cifrão sequer e muito menos valores. Fala-se em percentagens, índices e intenções. Mas dinheiro que é bom está fora.

Esse trato foi feito para distribuir bilhões de reais do superavit PREVI entre seus participantes. No entanto, embora decida a forma de distribuição, não consta o valor a ser distribuído, foi tudo assentado na base do “se”. Não se falou, por exemplo:

a) - Qual o montante disponível para distribuição;
b) - Quais as partes com direito à partilha – se o Banco está nela;
c) - Quais os argumentos que sustentam a decisão;
d) - Por que legítimos merecedores foram alijados do direito.
e) - Por que foi excluída a proposta denominada 360/360, de alcance generalizado.

Se não bastassem essas incógnitas, agrava-se o quadro pelo fato de que essa pendenga arrasta-se há anos e no decorrer desse tempo supunha-se terem sido feitos estudos pormenorizados, para embasar as discussões seguidas envolvendo as partes interessadas. No entanto, depois da entrega do ouro ao bandido, os números desapareceram. A prova disto é que a PREVI, guardiã do montante em causa, somente agora declara que o

“Documento que trata da destinação da Reserva Especial do Plano 1 é encaminhado pelo Conselho Deliberativo da PREVI para estudos técnicos.”

Quer dizer que antes disso não havia estudos técnicos? E discutiam dividir o quê? Favas contadas? Quando é sabido que nessas duas Instituições – BB/PREVI – estão empregados os melhores técnicos do mercado, exatamente para cuidar desses cálculos. O que prova que o circo armado cumpriu o seu papel: enganar a todos o tempo todo como pensavam. Mas esqueceram de que existem uns poucos que não se deixam enganar. E travam uma batalha inglória tentando convencer o mundo de que está em cartaz uma farsa, encenada pela trupe BB/PREVI/Representantes.

No entanto, nessa guerra suja fazem uso de armas não convencionais e estão abatendo nossos guerreiros de forma silenciosa. Quem será o próximo? Qual o calibre da bala que me reservam?

Depois de tudo, voltam os “nossos representantes” para dizer que foi o melhor que conseguiram; que foi uma negociação difícil.

Negociação difícil o escambau. Ninguém me tira da cachola que pegaram um PF, como se faz no balcão de botequim. Onde está a ata da reunião? Onde está a prova de que ao sentar à mesa o “documento” já não ali estava prontinho, com um xizinho na linha do nome de cada um, para assinar ou largar. Que negociação difícil que nada, Houve,isto sim, uma entrega fácil.

Difícil foi contribuir para a PREVI por mais de 40 anos e não ver a cor do superávit. Difícil foi trabalhar no campo como fiscal da CREAI bebendo água de barreiro e enchendo o bucho de amebas. Difícil foi atravessar o Rio Paraíba com água pela cintura carregando máquina de escrever na Cabeça para cadastrar agricultores integrando a MOVEC. Difícil foi voltar depois para cobrar desses coitados o dinheiro que o Banco emprestou - e chorar com eles porque não tinham com que pagar. Difícil foi perambular por agências no interior do país em busca de melhor salário, trabalhando mais em condições adversas. Diferentemente de outros que saiam do interior para os gabinetes - para trabalhar pouco e ganhar muito, integrando o cordão dos puxa sacos que hoje decidem por nós.

E ainda vêem dizer que foi o melhor que conseguiram. Melhor para quem, cara pálida? Para pensionistas e aposentados por invalidez que recebem pouco? 20% de quase nada é muito mais que quase nada. Cadê os 28 bilhões do superávit? Ficou reduzido a quê? Quanto cada um leva nesse trato – banco e participantes - e por que não se falou em cifras? E foi o melhor que conseguiram!

A declaração posta à mesa, e assinada, é tão simplória e ao mesmo tempo tão oca, que o Banco dá mostras do que ela significa. E prova que ele não é tão ingênuo quanto os que a assinaram, tanto é que se apressou em acalmar o mercado de ações com uma Nota Relevante. Onde diz:

“3. Se aprovados, os termos do referido Memorando não trarão impacto ao resultado do Banco do Brasil.

4. Fatos adicionais, julgados relevantes, serão prontamente divulgados ao mercado.”

Traduzindo: Essa declaração legitima os aportes financeiros registrados nos balanços apresentados, como a dizer: “Tudo é legal, os trouxas me deram uma procuração em branco, estou apenas preenchendo uma das cláusulas – as outras serão enumeradas na medida em que eu precise declará-las. Há muitas mais, aguardem.”

Marcos Cordeiro de Andrade – Curitiba (PR) – 27/11/2010.

62 comentários:

Anônimo disse...

Caro colega Marcos, não existe uma forma legal de desfazer esse acordo rídiculo assinado por essas instituições que nos passam a rasteira e insistem em dizer que nos representam, deixaram "a ver navios" seus representados sem mover uma palha que fosse, sem dar uma palavra de alento para os que acreditaram de que o crédito sairia no Natal e gastaram por conta? E olha que questionei a ANABB, precisava ver a resposta preparadinha igual para todos que me mandaram, acho que nem leram o que eu questionava.
Quem sabe podemos fazer isso, rasgar esse Acordo Fajuto de entregação como li num comentário, e trabalhar em algo novo e decente.
Atenciosamente Elisabeth Oste

Anônimo disse...

Hoje dia 20, ao tirar um extrato da minha conta, realmente a ficha caiu, a coisa nos proximos dias tende a ficar preta, negra, roxa...

Murilo Botelho (in memorian daqui alguns dias)

Anônimo disse...

Concordo com a Elisabeth, eu ja me ferrei, acreditei em credito na fopag de janeiro, a partir de amanha sera o TITANIC por aqui, para mim podem rasgar este maldito acordo.

Julio Terra

Anônimo disse...

É,enquanto meu vizinho sai de ferias eu ficarei por conta do atraso do credito no OLHO DO FURACAO, faco ideia quando começarem a estourar as contas e etc...
E viva a Previ!!

Ione Muller

Anônimo disse...

FALANDO EM CONTAS, ALGUEM PODE CEDER-ME ATE PAGAREM O CREDITO ALGUM VALE REFEIÇAO E SE PUDER VALE TRANSPORTE TAMBEM?

EGIDIO GAMA

Anônimo disse...

Eu também fui tirar o meu extrato e sai do banco arrasada, mas o saldo aprovisionado esta lá garantido para os ladrões. Que horror.
A imprensa precisava saber de tudo isso!!!!

Luis-BH disse...

Tava na cara que ia dar errado... Só lamento que outros colegas tenham contado com a grana virtual do acordo.
De qualquer forma, o acordo não traz ganhos significativos. Portanto, sugiro que apertem os cintos. Ou façam como alguns que já vi: novo concurso para o BB. Preparem-se para vender muito Ourocap!

Anônimo disse...

Caro Marcos, sabemos dos esforços de vocês, mas, vou repetir o que escrevi ontem neste espaço e não o foi publicado. Por que não publicam o despacho do Min. da Fazenda?

Anônimo disse...

Venho a publico, no meio dos meus colegas, porque sinto amizade neste blog.

Quero agradecer primeiro a agilidade da Previ, segundo aos videntes de plantao, terceiros aos otimistas e em quarto ao gerente do Banco do Brasil.

A historia é a mesma, eu no alto de meus 67 anos, bem vividos, acreditei tambem em credito na folha de janeiro, agora no dia 31, 2 cheques nao vao ter fundos, e o gerente disse que nao pode fazer nada a respeito, nada, nadinha mesmo.
No meu caso restou-me ou aguardar um milagre da Previc ou a financeira com juros altissimos.
Sei que sou mais uma a usar o blog como muro das lamentaçoes, mas quis dividir isto com meus colegas, obrigada e um beijo no coraçao de todos.

Amalia Franco pensionista

Anônimo disse...

Prezada Amalia, tambem estou nesta, vai ser provavelmente o ultimo fim de semana de paz por aqui, ja na segunda começam as cobranças e cheques voltando.
Tambem faço o mesmo agradecimento, identico a todos citados.
Estou como aquele filme: A Espera de um Milagre.

Beatriz Ribeiro

Anônimo disse...

Eu, desde o inicio, fui contra o acordo e sou a favor da anulaçao do mesmo.Sempre disse apertem os cintos mas nao doaremos NADA aos LADROES bb/previ/governo/associaçoes.
Agora, de qualquer maneira TODOS iremos apertar os cintos e os ladroes ja levaram os deles(bb nas apropriaçoes e as associaçoes com as propinas para aceitarem o "acordo").
LAMENTAVEL!
Sandra Alves.

Ricardo disse...

Prezados colegas , e a primeira vez que escrevo, mas quero deixar aqui uma sugestao em vez de ficarmos lamentando,acho que deveriamos fazer alguma coisa a respeito, por exemplo, quando politicos voces conhencem que podem nos ajudar, tem alguns deputados federeias que sao do BB e outros que nos pediram voto, alguem do nosso circulo de realcionamento conhece algum politico que possa nos ajudar...entendo que se formos por este caminho provavelmente teremos apoi de alguns politicos...podem apostar ..a oposicao quer municao....

Anônimo disse...

Alguns já estão com o 13 disponivel para adiantamento. No meu tinha 664,00.

Flavio Castro disse...

Gente Amiga,

Estou matutando uma coisa:
Se o processo foi para o MF manifestar-se, não é correto concluir deva ser assinado pelo próprio Ministro?
Assim, quando o Sr. Nelson Henrique Barbosa Filho comunicou ao Rossi que já havia assinado, poderia não significar já estava tudo cocluído no MF, pois o processo estaria subindo para o Sr. Ministro assinar.

Dada a competência do Rossi e do Cordeiro, até fico encabulado ao formular tal hipótese. Mas tinha que expor, ainda que sob o risco de transparecer atrevimento.

Anônimo disse...

Marcos, será que não tem nenhum aposentado de BRASILIA que frequenta esse blog.

Acredito que não, pois, não seria nada difícil um aposentado, ou melhor alguns aposentados, de Brasilia ir até ao MF para saber notícias pós aprovação do superavit.

O Rossi que mora em outra cidade atua da maneira mais adequada, via internet, para nos ajudar e outros que são vizinhos, que moram ao lado, não tem iniciativa para "atravessar" a rua para colher informações que interessam a milhares de colegas.

Precimos nos despertar, termos interesse também em ajudar, não podemos ficar sentados e esperar que dois ou tres resolvam nossos problemas.

Se reunam, façam uma pequena comissão. Visitem o Ministerio da Fazenda e a Previc.

Eu fico constrangido quando nos referimos a nós mesmos como velhos, cabelos brancos, de pijama e outros adjetivos que nos desqualificam.

Gente, nós ainda temos muita coisa para realizar ainda e essa é uma oportunidade de mostrar que ainda somos produtivos.

Temos exemplos de pessoas com mais de 80 anos que ainda não estam na ativa.

Vejam a Hebe Camargo, a Dercy Goncalves que chegou a passar do 90também em atividade.

Vamos acordar, vamos mostrar ainda do que nós somos capazes.

Boa sorte a todos.

20 de janeiro de 2011 03:24

Anônimo disse...

Também não contei com esse dinheiro como o Luis-BH porque no meu caso era muito pouco para fazer estragos, e não acredito em Papai Noel. Mas pelo que sei e andei lendo tem gente que era um dinheirinho legal e ter contado com ele deve ter criado uma situação difícil, e é ai que esta a sacanagem, até percentuais foram publicados a conta era fácil de fazer, acenaram com essa possibilidade se o SIM vencesse, e ele venceu, e a grana sumiu. Agora ficam com essa estória de sapateiro malandro, o problema tá na aprovação do MF, da PREVIC... volte amanhã.... Mas as alterações na FOPAG já aconteceram em dezembro, pergunto como??? Isso não fazia parte do acordo que dependia de todas essas aprovações??? Então porque não adiantam esse dinheiro para quem está precisando, qual o problema, mais um PEPINÃO. NÃO ENTENDO, pelo memos isso a diretoria que lá está poderia prever e se adiantar para viabilizar a solução, mas é período de férias não é???
Elisabeth

Anônimo disse...

Não se encabule, não, colega Flavio Castro. Sua suspeita é quase uma certeza. É só pensar como bancário e imediatamente vem à lembrança o número interminável de carimbos apostos num estudo que pretendia liberar determinada operação. Provavelmente, isso ainda vai passar pelo Joao Leite e pelo Pedro Nata antes da assinatura derradeira do Guido Mantega.

Lena. disse...

VENDI MEU CARRO,AGORA ESTOU A PÉ.NINGUÉM MERECE!PAGAR O Q DEVO É PRIORIDADE. FAZER O Q ? Lena.Rio. Abraços.

Anônimo disse...

O Medeiros resolver voltar a CARGA e anunciou mais uma daquelas PEROLAS, disse que a Previ amanha anuncia a data do credito, apesar de francamente torcer para que pelo menos desta vez ele tenha razao, mas infelizmente todos sabemos que o processo ainda tem que passar pela PREVIC, somente apos a Previ podera fazer este anuncio, entao eu nao entendo como o Medeiros contnua a anunciar tais PEROLAS.
Se alguem quiser ter a boa vontade de explicar...

Italo Netto

Anônimo disse...

Viram o que o Medeiros afirmou hoje no seu blog?

Anônimo disse...

Banco do Brasil deve comprar banco nos EUA ainda no 1º tri

O presidente do Banco do Brasil (BB), Aldemir Bendine, disse nesta quinta-feira que a instituição está prestes a fechar a compra de um banco americano, que será escolhido entre três opções. A compra, segundo o executivo, deve ser acertada ainda neste trimestre.

Fonte: Site do terra

Anônimo disse...

Estou tao desanimada no dia de hoje, que ate torço para o sr Medeiros uma vez na vida ter escolhido a fonte certa e acertar ao menos esta.

Nair Sampaio

Anônimo disse...

20/01/2011 - 13h07
BB avalia compra de bancos nos EUA e Chile e desiste do BRB
Publicidade
EDUARDO CUCOLO
SHEILA D'AMORIM
DE BRASÍLIA

O presidente do Banco do Brasil, Aldemir Bendine, disse nesta quinta-feira que a instituição estuda uma série de novas aquisições no exterior e que não pretende comprar bancos no Brasil.

Dilma mantém presidente do BB e pede mais crédito para empresa

O BB espera fechar a aquisição de um banco pequeno nos EUA ainda no primeiro trimestre. Três estão em análise, mas a instituição está mais perto de fechar com um deles. Os nomes não foram divulgados.

Também está em análise a compra de uma participação no chileno CorpBanca, além de outros negócios na América Latina.

Na Argentina, por exemplo, o BB aguarda autorização do banco central do país para entrar no controle do Banco Patagônia. O BB comprou 50% dessa instituição no ano passado.

Bendine afirmou também que espera fechar em 60 dias o acordo com o português BES (Bando Espírito Santo) para atuar na África, inicialmente em Angola e Cabo Verde, e depois em outros cinco países.

Os termos de como se dará a participação ainda serão discutidos e é possível que haja um acordo para cada país, inclusive com a possibilidade de criar uma nova marca.

Sobre aquisições no Brasil, Bendine disse que o BB desistiu de comprar o BRB (Banco de Brasília) e não planeja novas aquisições no país.

Anônimo disse...

Dona LENA,

Meus parabéns pela atitude. Nós somos responsáveis. Pagar dívida é uma prioridade. Quem sabe com uma reengenharia financeira amanhã a sra. pode ser adquirido um outro veículo que atenda as suas necessidades e cabe em seu novo orçamento.

Mais uma vez parabéns.

Anônimo disse...

Então anonimo 8:21 com o nosso superavit o Banco do Brasil vai comprar um banco nos EUA.

Anônimo disse...

SEGUNDO FONTES DO COLEGA MEDEIROS, O CREDITO SAI COM CERTEZA SEMANA QUE VEN. QUE BOM, ASSIM POSSO DIZER AOS COBRADORES E AO GERENTE, JA NA SEGUNDA FEIRA, DIA 24, QUE VAO SO ESPERAR UNS POUCOS DIAS PARA QUE EU POSSA PAGA-LOS.
QUE OTIMO, NAO VOU TER MEU CARTAO BLOQUEADO, NEM VOU PARA O SPC, NEM SERASA, NEM A FARMACIA VAI CORTAR O MEU REMEDIO E ETC...
CASO NAO SAIA NADA, POR GENTILEZA PEÇAM PARA ME SEPULTAREM DE PÉ AFIM DE NAO OCUPAR MUITO ESPAÇO E SER MAIS ECONOMICO, OBRIGADO.

BARTOLOMEU ALVES

Anônimo disse...

É, sra.Lena, infelizmente a colega nao foi a unica a vender seu bem pessoal para quitar compromissos financeiros.
Tem um colega que vendeu tambem seu veiculo e disse que se pudesse tinha trocado por um trator para ir ate o Rio e entrar com o mesmo dentro da portaria do predio da Previ
Nem que fosse preso e condenado, mas acabava seu stress.

Cicero Bezerra

Rubem Tiné disse...

Medeiros acaba de prometer em seu blog, que o adiantamento das agora, 13 parcelas, sai, com certeza na próxima semana. Acredito. Afinal, tenho que acreditar em alguma coisa.

Ademar disse...

Que tudo que esta acontecendo com relação ao Pagamento do Superavit nos sirva de lição no futuro. Não dá mais para acreditar do BB/Previ e em nossos representantes oficiais, como ANABB/AFBBs,Romildo,Sasseron e sindicatos´.Já demonstraram que defedem tudo menos os nossos interesses.
Que fique a lição para as proximas votações e que tenhamos a corragem de votar contra o Banco e todos eles.

Anônimo disse...

Este blog sempre alertou a todos de que o Banco teria que esquentar até o final do ano, o superávit contabilizado ilegalmente. Isso teria que acontecer até o dia 31 de dezembro. Foi o que ocorreu quando assinaram o acordo, "aprovado" através de consulta aos assistidos,tudo muito bem conduzido por nossos representantes, que foram escolhidos à dedo pela Previ, Anabb e pelo BB. Os assistidos foram os únicos que não conseguiram ter um representante leal à eles. E agora tá aí o resultado. O Banco resolveu o seu problema e os assistidos, verdadeiros donos do patrimônio da Previ, estamos à ver navios, aliás a ver bolsos vazios.
Nossa esperança está na luta conduzida através desta blog, o qual existe graças à criação da AAPPREVI. Só temos que agradecer aos idealizadoras e não medir esforços para conseguirmos mais associados. Vamos divulgar e reunir mais participantes do PB1 na nossa luta.

Um abraço a todos.

Anônimo disse...

sei...

Anônimo disse...

Referente comentário do colega Ricardo, hoje às 06:48 hs.
Em dezembro enviei vários e-mails a diversos senadores/deputados solicitando auxílio nas negociações e denunciando a inconstitucionalidade da Resolução 26. Não obtive a mínima resposta; ninguém deu retorno.
Portanto o moral da estória é: perda de tempo procurar políticos. Eles só querem a defender seus próprios interesses e não estão nem aí para o povo.
Luis Eustáquio de Castro - Araxá-MG

Anônimo disse...

É pra desanimar...conversando hoje com alguns colegas aposentados tive o dissabor de ouvir pelo menos duas heresias: a) "meu voto foi pelo SIM, já que o NÃO era mesmo voto perdido"; b) " é mais do que justo o Banco ficar com os 50%, acho até que deveria ficar com mais, pois sua contribuição (do Banco) foi o dobro da nossa". Por essas e outras é de se lamentar quando o Marcos diz que para encarar - e passar - no concurso do Banco tínhamos que ser inteligentes, competentes e esclarecidos......nem todos, nem todos...infelizmente.

Ricardo Annoni Neto - Machado-MG

Lena. disse...

Oi colega das 8:37.Não tenha dúvida. Vendi o carro,peguei 30 paus, paguei 7 e sobrou uns trocados. Da prá chegar lá. Poderia pegar na previ ou cooperforte,mas não vou da esse gostinho a eles não! Quero que a tal depois de pagar a gente IMPLODA!!. MARCOS SEGUNDA FEIRA VOU AO BB [da até arrepio] fazer o meu depósito de associada em débito automático ABRAÇOOOOOOS!!.Lena.Rio.

Lena. disse...

ESQUEÇAM O MEDEIROS.SE EU ENTREI ALGUMA VEZ NO BLOG DELE, FOI POR ENGANO.ESSE SR É UMA MALA!!Lena Rio.

Anônimo disse...

Ricardo Arnoni Neto, eu seí como se sente.
Infelizmente ainda no Brasil tem gente, que acha que eleição/plebiscito é corrida de cavalo; tem que votar naquele que vai ganhar. Como dizem alguns: são uns nóias ( sem noção ). Eu já diria que são uns ignorantes mesmo.
Abraço!
Cláudio - Piracicaba - SP

WASHINGTON LOPES disse...

Ao colega

Ricardo Annoni Neto, de Machado-MG.



Para clarear as coisas, recomendo a leitura do post o Petróleo é nosso?, publicado neste blog em 26 de setembro de 2010. É de fazer pensar...

Para encontrá-lo com facilidade, sugiro inserir a palavra petróleo no campo de pesquisa de posts na página inicial do blog. O post é o primeiro que aparece no resultado da pesquisa.

Recomendo mesmo.

Anônimo disse...

A Previ disse que não teria expediente hoje, mas seu site teve movimento hoje.

PREVI encaminha nota à imprensa



Veja abaixo a nota encaminhada pela PREVI à imprensa acerca de matérias sobre a compra da Elektro pela Iberdrola:



"Srs.(as) Jornalistas,

Com relação às matérias veiculadas pela imprensa hoje, 20/01, sobre a compra da Elektro pela Iberdrola, a PREVI esclarece que:

1) A compra da Elektro pela Iberdrola é uma ação empresarial do grupo espanhol e não envolve a Neoenergia.

2) A possível compra da Elektro pela Neoenergia não foi discutida por seus acionistas.

3) A PREVI não está em conflito e nunca deixou de ser representada por seus conselheiros nas reuniões de acionistas da Neoenergia.

4) Eventual oferta da Elektro para a Neoenergia não está em pauta.

5) Caso a Iberdrola deseje oferecer o ativo Elektro para a Neoenergia, caberão exclusivamente aos acionistas PREVI e BB Banco de Investimento a análise e decisão sobre o assunto, conforme preconiza a boa governança corporativa da companhia.

6) A PREVI tem consolidadas as melhores praticas de governanca corporativa na gestão de seus ativos e está sempre atenta aos movimentos de mercado, a fim de aproveitar oportunidades de investimento que garantam honrar os compromissos de pagamento de benefícios atuais e futuros a seus associados."


PREVI
Assessoria de Comunicação



Infelizmente a Assessoria de Comunicação omitiu ou esqueceu de incluir o Banco do Brasil como um dos seus beneficiários.

Anônimo disse...

Qua,qua,qua,qua!!!Amei seu trocadilho colega de 7:54,ri muuuuuuito,muito bom.
Serviu para descontrair....o leite,a nata e a "mantega".
So rindo mesmo.
Sandra

Anônimo disse...

Outra piada,mas nao achei graça,foi a do Medeiros.Gostaria de saber onde ele comprou a tal bola de cristal....
Sandra Alves

Anônimo disse...

Gente o Medeiros falou em nova data para o crédito?Hahaha!Só rindo mesmo!Beira a irresponsabilidade, o que ele faz!Enquanto isso o povo que confia nele óóó!

Anônimo disse...

Prezado Cláudio - Piracicaba - SP:

Acredito que esta prática, que é antiga, reflete duas coisas: Primeiro que foi usada para tentar evitar represálias políticas por parte dos eleitos, no passado, quando todo mundo conhecia todo mundo nas cidades pequenas; e, depois, os atuais, por arrogância e ignorância mesmo.

Outra coisa que causa perplexidade é a vinculação partidária, com sua consequente fanatização. Um dia destes vi, num escritório de um desses políticos, por tradição familiar, um livreto, cujo título era mais ou menos assim: "Como conquistar e se manter no Poder". Li alguma coisa e não gostei. Acredito que esse pessoal, que precisamos destronar, se orientou/a por aí, além de outras fontes, é claro.

Anônimo disse...

Duas questões me chamam muito a atenção:

1) Como pode uma entidade bilionária como é a Previ,com uma infinidade de cargos (cabides), número 1 da América Latina não conseguir defender seus beneficiários.

2) Dois jovens idosos (Marcos e Rossi) conseguirem suplantar todo o poderio e fazerem a coisa andar.

Conclusão: Estrutura desnecessária, 0800 inoperante, dinheiro pelo ralo para manter um elefante branco que não consegue fazer o que 2 cabeças brancas fazem. Ajudem a perpetuar isso com anabbs, afabbs, cuts e todo esse lixo.

Anônimo disse...

Seus malas.
Se vocês não acreditam no Medeiros, porque freqüentar o Blog dele.
Só pode ser masoquismo.

Anônimo disse...

O que a princípio parece ingenuidade...a mim não passa de ...INCOMPETÊNCIA...de alguns que são nomeados...outros guindados...e + outros tantos eleitos pela maioria de desavisados aos cargos de mando da PREVI e suas entidades satélites...para dizer SIM ao que o MESTRE MANDAR...pois não querem ao discordar...serem alijados seus nomes em futuros pleitos ( conselhos, diretorias etc...)...já reparou a cada rodada os MESMOS estão por lá...A VELHA POLÍTICA DO TOMA LÁ DÁ CÁ...mas o importante é que PEQUENA PARCELA está se movimentando...e INCOMODANDO...contra a RAZÃO o embate fica + difícil...A NOTÓRIA FALTA DE ARGUMENTO -( DEMONSTRADA COM O SILÊNCIO DA CATERVA)- ,É O ARDIL IRRESPOSÁVEL DE SE LIDAR COM ASSUNTO DA TAL RELEVANCIA...estamos incomodando...vamos incomodar ainda mais...lutando pelos nossos direitos...a luta continua.

Claudemir disse...

Colegas, contatei a ANABB agora à tarde indagando sobre o andamento da questão - A resposta foi quase instantânea:
"... esclarecemos que as propostas de utilização do superávit, aprovadas pelos participantes do plano de benefícios 1 da PREVI, estão no Ministério da Fazenda para análise e ratificação. Em seguida, as propostas serão encaminhadas à Superintendência Nacional de Previdência Complementar - PREVIC, para homologação, quando poderão ser implementadas pela PREVI. Informamos, ainda, que o Banco do Br asil S.A. (BB) é uma instituição financeira Brasileira, constituída na forma de sociedade de economia mista, com participação da União em 51,899% das ações. Dessa forma, todos os atos dos quais o BB participa se vinculam à fiscalização regulada pelo Ministério da Fazenda. Assim, como a distribuição do Superávit da PREVI também envolve negociações econômicas e financeiras com o Banco do Brasil, estas devem ser referendadas pelo Ministério da Fazenda, órgão que cuida da formulação e execução da política econômica. A ANABB está acompanhando todo o processo de aprovação das propostas e esclarece que a demora na manifestação do Ministério da Fazenda ocorreu em razão do período de final de ano e da alteração de governo. No entanto, o Ministro Paulo Bernardo se comprometeu, pessoalmente, a interceder junto ao Min. da Fazenda e à PREVIC para agilizar o processo de aprovação desses órgãos, para que seja feito o pagamento aos participantes. Agradecemos seu contato.

Atenciosamente,

Leandro Neves
Atendimento ao Associado"

Anônimo disse...

ANONIMO DAS 11:46

É MAIS GRAVE DO QUE ISTO...

COMO PODE UMA CAIXA QUE DISCURSA SER UM GRANDE FUNDO DE PENSAO, QUE DIZ SEMPRE PROCURAR INVESTIMENTOS PARA AMPLIAR SEUS LUCROS E TUDO EM PROL DE SEUS PARTICIPANTES.

COMO PODE ESTA MESMA CAIXA SE FAZER DE SURDA ANTE O CLAMOR DE SEUS PARTICIPANTES POR UMA SOLUÇAO AGIL NA QUESTAO DO CREDITO DO SUPERAVIT, SENDO QUE UM DE SEUS DIRETORES AGUARDOU POR DIAS E DIAS, ANTES DE CONVOCAR OS PROPRIOS PARTICIPANTES A FAZER PRESSAO NOS ORGAOS GOVERNAMENTAIS AFIM DE APROVAR ESTE PROCESSO.
ESTE GRANDE FUNDO DE PENSAO SERVE AOS INTERESSES DOS SEUS PARTICIPANTES? NÄO
PARECE MAIS UMA EMPRESA PRIVADA, NA QUAL SOMOS SÓCIOS SOMENTE NAS HORAS DE VOTAÇAO, PARA CASO SUAS TRAMOIAS DEREM ERRADAS POSSAM DEPOIS DIVIDIR A CULPA COM MILHARES.
ESTA CAIXA ESTA VISIVELMENTE COMPROMETIDA COM TERCEIROS, FOI VENDIDA E NEM NOS CONTARAM, NAO É DE FORMA ALGUMA A NOSSA PREVI.
AINDA VAMOS TER MUITAS SURPRESAS...

DILSON A.

IRACI BERVIRIA disse...

ACREDITO,(COMO TANTOS) QUE ESTE BLOG,ESTÁ CRIANDO RAIZES.SERÁ FÁCIL E COM POUCO OU QUASE NADA DE DINHEIRO, NA PRÓXIMA ELEIÇÃO DESTITUIRMOS ESTES LADRÕES E OS QUE POR VENTURA QUISEREM "ADMINISTRAR A PREVI"(NEM ISTO SABEM FAZER)sE CADA UM DE NÓS CONQUISTARMOS E MULTIPLICARMOS OS CONTATOS, TUDO SERÁ MUITO FÁCIL.
FÉ,GARRA,DISPOSIÇÃO NÃO NOS FALTARÃO AOS ALIENADOS AINDA TEM TEMPO PARA ABRIREM OS OLHOS.
OBRIDADA POR TUDO!

Ronaldo F. Moreira disse...

Os Anônimos que postam contra o Medeiros, devem ser funcis da PREVI ou dirigentes das Anabbs, AAFBBs, AFABBs, da vida.
Considero, inclusive, uma baita injustiça que o Marcos e este Blog PreviPlano1 estão compactuando, ao permitirem que tais ofensas aqui sejam divulgadas. Quero ve-los unidos, Marcos, Rossi, Medeiros, e não devemos cortar esta corrente pelo risco de permanência da situação caótica que temos hoje.
União de ve ser a palavra e não competição!

WASHINGTON LOPES disse...

Sr. Marcos,


Não entendi o que o senhor quis dizer quando escreveu que os atendentes do serviço telefônico da PREVI não o conhecem. Não o conhecem, nem a mim, nem a Lena, nem ao João, nem ao José... por qual motivo haveriam de saber de quem se trata um associado em meio a outros 120.000?

A propósito: não encontro mais o post "O petróleo é nosso?". Foi deletado? Não importa, pois eu o salvei.

Este episódio, se confirmado o "sumiço" do post, me faz lembrar um outro, intitulado "Farinha do mesmo saco".

Tenho dó de colegas que acabam depositando confiança em pessoas assim. Precisam de pseudo heróis para combater seus infortúnios.

Quanto a mim, só armazenei informações que só a mim interessam, que uso para subsidiar
minhas decisões na hora de votar.

Inté.

Anônimo disse...

Ah legal? Quer dizer que se a grana sair é graças ao Blog e ao Rossi? Que mania de grandeza!!!

WASHINGTON LOPES disse...

Deletou, né??? kiá, kiá, kiá. Faz-me rir.

Tô vendo os rumos do "movimento": tipo zigzag.

E o processo, já apareceu? kiá-kiá, kiá.

Anônimo disse...

Só faltava isso... O Marcos ser responsabilizado pelas irresponsáveis previsões de bolas de cristal que levaram os desavisados a gastarem por conta. Tenha paciência!

carlosdomini disse...

Depois de ver muitos comentarios sobre quem poderia me fornecer o seu endereço, pois o aqui postado em outros comentarios não consegui conectar.

roberto varella disse...

Colegas
Escrever em caixa alta no blog equivale a gritar
Moderação e educação

Lourdes disse...

MARCOS
DELETA ESSE WASHINGTONS LOPES DO SEU BLOG!
CARA CHATO!

Lena. disse...

ENVELHEÇO.

ENVELHEÇO QUANDO ME FECHO PARA NOVAS IDEIAS E ME TORNO RADICAL...ENVELHEÇO QUANDO O NOVO ASSUSTA E MINHA MENTE INSISTE NO COMODISMO...ENVELHEÇO QUANDO MEU PENSAMENTO ABANDONA A CASA E RETORNA SEM NADA...ENVELHEÇO QUANDO ME TORNO IMPACIENTE, INTRANSIGENTE E NÃO CONSIGO DIALOGAR...ENVELHEÇO QUANDO PENSO MUITO EM MIM MESMO E ME ESQUEÇO DOS OUTROS...ENVELHEÇO QUANDO PENSO EM OUSAR, MAS TEMO O PREÇO DA OUSADIA...ENVELHEÇO QUANDO PERMITO QUE O CANSAÇO E O DESALENTO TOMEM CONTA DA MINHA ALMA...ENVELHEÇO QUANDO TENHO CHANSE DE AMAR, MAS VENCE O MEDO DE ARRISCAR...ENVELHEÇO QUANDO PARO DE LUTAR... PARA REFLETIR. ABRAÇOS LENA. RIO.

Lena. disse...

Vou escrever como vc quer,mas isso é o de menos.Escrever em caixa alta é muito mais rápido colega Roberto Varella. Abraços.Fica frio.[não se preocupe] Lena.Rio.

Henrique Soares disse...

você washington lopes não é uma pessoa detectável. Antagônico, triste... Mas a republicação do post o petróleo é nosso, juntamente com o silêncio do Sr Marcos em relação a sua pessoa foi de arrepiar. É por causa de pessoas como você que DEUS nos aconselha a rezar muito. Você é só mais um cara.

Flavio Castro disse...

Oi querida colega Lena
Quanto à escrita em caixa alta sou obrigado a concordar com o Roberto Varella.
Uso muito a Internet e posso testemunhar que a maioria absoluta das pessoas que usa a Web se irrita com esse tipo de escrita.
Não sei bem explicar o porque, mas eu mesmo tenho dificuldade em ler esse tipo de texto. Muitas vezes não vou até o final.
Digo isso com todo carinho e apenas como subsidio/reforço para sua decisão

Lena. disse...

Ta bom colegas, eu peço desculpas e prometo não escrever mais em caixa alta tá? abraços ao dois.


Alo previ!!!


Lena.Rio.

Lena. disse...

Marcos e Henrique.Esse boboca do Wasfgton Lopes,deve ser da previ. Que graciha sem graça. Vai ve se estamos na esquina,vai. Lena.Rio. Marcos, sei que vc não se abala.O que ele disse sai na urina. ABRAÇOS FILHO DE DEUS AMADO!