quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Outra Ação Judicial

Caros Colegas.

Temos a satisfação de informar que a AAPPREVI ajuizou o primeiro lote da Ação Judicial “IR – 1/3 Previ”, contemplando quatro grupos de associados.

De acordo com informações do Escritório de Advocacia Sylvio Manhães Barreto, que nos presta assessoria jurídica no Rio de Janeiro, foi distribuído no dia 10/01/2011 o primeiro Lote da Ação Judicial acima - Ação de Direito Tributário em face da União Federal (Fazenda Nacional) - dividido nos quatro processos a seguir enumerados:

– Grupo A - N° do Proc.2011.51.01.000205-0 - 23ª Vara Federal
– Grupo B - N° do Proc.2011.51.01.000206-2 - 20ª Vara Federal
– Grupo C - N° do Proc.2011.51.01.000207-4 - 21ª Vara Feder
– Grupo D - N° do Proc.2011.51.01.000208-6 - 24ª Vara Federal

Os associados que integram esses processos já foram cientificados por e-mail, e o acompanhamento nas Varas respectivas está disponibilizado no site www.aapprevi.com.br – Assessoria Jurídica, ao lado das demais Ações ajuizadas. Ali também estão delineados os enquadramentos para participação em todas elas.

Vale lembrar que atingimos o expressivo número de 22 processos ajuizados, representando associados, assim distribuídos:

Cesta Alimentação = 192 participantes (2 processos)
Renda Certa = 130 participantes (2 processos)
RMI = 143 participantes (14 processos)
IR – 1/3 Previ = 41 participantes (4 processos)

Por oportuno, informamos que continuam sendo formados novos grupos para integrar as ações de que cuidamos (Renda Certa, Cesta Alimentação, RMI-Previ e IR-1/3 Previ), obedecendo à mesma sistemática de patrocínio, com total isenção de despesas.

A AAPPREVI se responsabiliza pelo pagamento dos custos inerentes (custas judiciais e honorários advocatícios) e, além do mais, não há cobrança de comissões ou taxas de adesão em nenhum momento, nem exigência de contratos de participação a qualquer titulo. Ao associado cabe somente o pagamento da mensalidade de R$ 10,00, devida à AAPPREVI.

Atenciosamente,

Marcos Cordeiro de Andrade
Presidente Administrativo

Marcos Cordeiro de Andrade - Curitiba (PR) - 26/01/2011.

63 comentários:

Anônimo disse...

Sr. Marcos Cordeiro,

Parabéns pela forma com que estão estruturando os procedimentos e pela comunicação com os autores da ação.

Impostei mensagem no teu comentário anterior sobre a forma com que a ANABB está conduzindo a ação IR Quilometragem.

Tenho experiência negativa com a ação sobre o IR com escritório credenciado por outra associação, principalmente pela falta de informação. Como é justiça federal, fiz meu cadastro e acompanho o processo virtual na ultima fase RPV autorizada. Até agora o escritório não me informou de nada.

Lamentavelmente, minha cesta alimentação está do mesmo jeito, obrigado-me a acompanhar via sistemas informatizados do judiciário.

Pretendo efetuar ação de revisão do financiamento imobiliário, mas os serviços oferecidos pelas diversas associações assustam.

Desafio para voces: revisão de financiamento imobiliário da Previ.

Mario Schmidt

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Prezado Colega
Mário Schmidt.

A "ação CARIM", em virtude das particularidades que a envolvem, constitui-se em procedimento muito dispendioso. Tentamos fechar acordo com nossos representantes no Rio, sem sucesso até o momento, em que pese a boa vontade com que lidam com o assunto. Por enquanto somente conseguimos que fosse dado um tratamento diferenciads aos nossos associados, porventura interessados.
Se for o caso, vale a pena conatatar o Escritório, falando em nosso nome, sabendo de antemão que não nos cabe envolvimento nas negociações:

Advocacia Sylvio Manhães Barreto
(Dra. Vânia)
Tel (21) 2224-7086

Atenciosamente,

Marcos Cordeiro de Andrade
p/AAPPREVI

Anônimo disse...

Por falar em Carim,lembro-me que quando estava na ativa, ao funcionário lhe era dado o direito, de após dez anos de atividade, poder comprar a sua casa própria e o cálculo era baseado em 70X(VP+AN).
Então se fosse assim hoje, seria como se quem é aposentado dividisse o Bruto por 1,25 e multiplicasse por 70. Com este valor poderia então adquirir um imóvel decente.
Atualmente, o que se oferece pela Previ para comprar um imóvel, não passa de um deboche de tão pequeno que é, o valor emprestado com o nosso dinheiro. Eu cheguei a sonhar com este financiamento, mas ficou só no sonho. Até hoje, na empresa para qual trabalhei dando tudo de mim durante muitos anos e cujos ativos superam os da Caixa Econômica Federal,
o valor do empréstimo é uma vergonha, talvez dá para comprar um lote, lá no morro de um bairro qualquer e a prestação é um escândalo de tão alta que é.
Tudo isso é, o que alguns como eu estamos recebendo, após dedicarmos nossas vidas ao BB.

Anônimo disse...

Marcos,

COMISSÃO DE CONCILIAÇÃO PRÉVIA -CCP


A INFORMAÇÃO ABAIXO FOI EXTRAIDA DO SITE DO SINDICATO DOS BANCÁRIOS DE BRASILIA.

SERIA POSSÍVEL A AAPPREVI ENTRAR COM AÇÃO SEMELHANTE.

CASO POSITIVO EU TENHO INTERESSE. APOSENTEI PELA PREVI EM 10/2007.



Complementação de aposentadoria da Previ deve ser recalculada levando em conta os valores acordados

Qua, 18 de Novembro de 2009 09:05

Juíza da 6ª vara do Trabalho de Brasília determinou que a Previ, o fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil, efetue o recálculo do benefício de aposentadoria de ex-bancário que fez acordo de horas extras na CCP (Comissão de Conciliação Prévia) e condenou o BB a efetuar o recolhimento das contribuições patronais sobre as parcelas acordadas.

Além disso, a Previ deverá pagar as diferenças de complementação de aposentadoria vencidas e incorporá-las aos benefícios a serem recebidos. O fundamento da sentença foi de que as horas extras, quitadas na CCP, têm natureza salarial, devendo incidir contribuição previdenciária, conforme próprio regulamento da Previ (processo 1450-2009-006-10-00).

Antonio

Anônimo disse...

Marcos, outra ação

Complementação de aposentadoria da Previ deve ser recalculada com base em valores acordados na CCP

Qua, 19 de Agosto de 2009 16:27

A 1º Vara do Trabalho de Brasília determinou à Previ, a Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil, que efetue o recálculo do benefício de aposentadoria de aposentado que efetuou acordo de horas extras na CCP (Comissão de Conciliação Prévia) do Banco do Brasil. E condenou o BB a realizar os recolhimentos das cotas em favor do fundo de pensão, as quais deverão ser calculadas sobre os valores acordados na CCP.

Além disso, a Previ deverá pagar as diferenças de complementação de aposentadoria vencidas e incorporá-las aos benefícios a serem ainda recebidos. Regulamento da previdência privada prevê que a cota patronal deve abranger as incorporações de horas extras, que deverão integrar a complementação. O processo é acompanhado pela Crivelli Advogados Associados, que presta assessoria jurídica ao Sindicato.

Anônimo disse...

Marcos, continuando sobre o processo da CCP ainda sujeito a recurso.

(...) III - DECISÃO - Ex positis, na 6ª Vara do Trabalho de Brasília - DF: 1. Rejeito as preliminares de incompetência absoluta; inépcia da inicial e de carência da ação por ilegitimidade da parte e impossibilidade jurídica do pedido e, no mérito: 2. Pronuncio a prescrição da pretensão no que pertine aos créditos anteriores à 17.08.2004, extinguindo o processo com resolução do mérito no que se refere aos pleitos abrangidos por aquele período, nos termos do art. 269, IV, do CPC e 3. Julgo PARCIALMENTE PROCEDENTES os pedidos da inicial para: 3.1. Condenar o 1° reclamado, BANCO DO BRASIL S.A., a recolher em 15 dias as contribuições patronais para a PREVI, incidentes sobre as parcelas salariais pagas ao reclamante no acordo firmado perante a Comissão de Conciliação Prévia limitada ao período de 17.08.2004 a 31.12.2006, considerada a proporção de 1/60 ao mês, em razão da repercussão desse acréscimo no Salário de Participação previsto no Regulamento do Plano de Benefício da PREVI e 3.2. Condenar a 2ª reclamada PREVI - CAIXA DE PREVIDÊNCIA DOS FUNCIONÁRIOS DO BANCO DO BRASIL, a, em 15 dias, recalcular o Salário Real de Benefício do reclamante, ABRAHÃO SANTOS, e pagar as diferenças de complementação de aposentadoria devidas desde a jubilação do autor, valores esses que devem ser incorporados na respectiva folha, em estrita observância aos ditames do Regulamento do Plano de Benefícios da PREVI, autorizando-a a deduzir dessas diferenças de complementação de aposentadoria ora deferidas a cota-parte do reclamante referente às contribuições por ele devidas à PREVI, incidentes sobre os valores mensais equivalentes a 1/60 do valor total do acordo firmado perante a Comissão de Conciliação Prévia, referente ao período de 17.08.2004 a 31.12.2006, observado o teto, de acordo com as regras estabelecidas no Regulamento do Plano de Benefícios da PREVI para o cálculo dos aportes, tudo nos termos da fundamentação retro expendida que passa a fazer parte integrante desse decisum, apuradas em liquidação de sentença. Juros e correção monetária na forma da lei. A 2ª reclamada deverá recolher as contribuições previdenciárias e fiscais sobre as diferenças de complementação de aposentadoria ora deferidas na forma dos arts. 46 da lei n° 8.541/92, 43 da Lei n° 8.620/93, 28 da Lei n° 10.833/03 e 198 do Decreto n° 3.048/99, da Súmula n° 368/TST e dos Provimentos CG/TST nº 01/1996 e 03/2005. Honorários assistenciais, pelos reclamados, no importe de 10% sobre o valor da condenação. Custas pelas reclamadas no importe de R$ 400,00, incidente sobre o valor atribuído à condenação, R$ 20.000,00, para esse fim. Intimem-se as partes. Nada mais. Juiz do Trabalho SILVIA MARIOZI DOS SANTOS

Anônimo disse...

Marcos, ainda sobre a CCP.


(...)III - DECISÃO Ex positis, na 6ª Vara do Trabalho de Brasília - DF, conheço dos Embargos de Declaração opostos pelas partes, e no mérito: 1. REJEITO os Embargos de Declaração aviados pela 2ª Reclamada CAIXA DE PREVIDÊNCIA DOS FUNCIONÁRIOS DO BANCO DO BRASIL, tudo nos termos da fundamentação supra.Dado o caráter manifestamente protelatório dos presentes embargos, aplico à Reclamada/embargante a multa prevista no parágrafo único do art. 538 do CPC, no montante de 1% sobre o valor da causa.Publique-se. Juiz do Trabalho SILVIA MARIOZI DOS SANTOS

Vistos. Assino ao reclamante o prazo de 8 dias, para, querendo, contra-arrazoar o recurso ordinário interposto pela 2ª reclamada ((PREVI).Publique-se.

Fechar

"Vistos. Concedo aos dois reclamados o prazo sucessivo de 8 (oito) dias, a iniciar-se pelo primeiro, para contrarrazoarem os Recursos Ordinários interpostos. Publique-se".


Ultima data: 04/12/2010

sergioinocencio disse...

Marcos,

o dia de hj é um dos mais penosos para mim \( não por ser véspera dos meus 56 anos de idade), foi o dia da faxina, aqui nós mesmos a fazemos, e eu uso o dia para suar e pensar, colocar as idéias em dia.
pois, cheguei a seguinte conclusão e corrijam-me se puderem , e pode ser que devido ao calor e a esfrega nos azulejos do bwc me deixaram um tanto tonto:
VAMOS DISTRIBUIR O SUPERAVIT ,assim pensaram os que mandam em nosso fundo BB/PREVI.
1. mais temos que ganhar algum tempo, não podemos simplesmente pagar.
2. vamos fazer algumas reuniões
3. agora que ja estamos na reta final, a Contraf/cut com apoio da ANABB propõe um plebiscito , diz que é necessario para a legalidade do processo e coisa e tal
4. usem argumentos tipo, o MF a PREVIC, e ahi todos vão engolir e apoiar ( feito)
O que aconteceu depois foi lucro para eles, a mudança da redação e os outros diversos atrasos, qdo resolveram negociar, ja haviam negociado todos os detalhes com ANABB e Contraf/cut, eles fizeram a negociação, as outras entidades
só participaram do teatro.
TO FICANDO LOUCO ???
Quanto mais penso nisso, mais minha certeza aumenta, na reunião entre os 3, o BB estabeleceu a data
o resto foi o que se viu, e ainda levaram de lambuja uma mudança de redação solicitada pelo MF, que acho nem mesmo eles esperavam.
ESTAMOS F..... E MAL PAGOS.

foi a minha conclusão de hoje.

Lázara Rabelo disse...

Caro Marcos e demais colegas,

Notícias sobre a BrOi (PREVI faz parte) e Portugal Telecom:

http://www.teletime.com.br/26/01/2011/oi-conclui-acordos-para-a-entrada-da-portugal-telecom/tt/211295/news.aspx

http://www.teletime.com.br/26/01/2011/portugal-telecom-tera-poder-de-veto-sobre-controladores-da-oi/tt/211315/news.aspx


Abraços,
Lázara Rabelo

Carlos Norberto Kasper disse...

Caro Dr.Marcos e/ou Dr.Brito do Serviço Jurídico da AAPPREVI

Percebo muitas mensagens de pessoal decepcionado com a falta de informações da ANABB relativamente a ações por ela acompanhadas. O maior volume destas ações são do IR-licença prêmio, férias, abonos e IR-1/3 da Previ, sendo 90% ou mais conduzidas pelo Dr. Ivo Evangelista de Ávila. Ações que perambulam pelo Judiciário há 12/15 anos, ainda sem solução final. A ANABB, em dado momento, me propos renunciar a procuração outorgada ao Dr. Ivo, e passar o processo a outro advogado (parece que chegado ao Valmir Camilo). Embora muitos de nós, senão a maioria, acaba aceitando as ponderações que nos são propostas, lembro-me que manifei-me no sentido de que seria, minimamente, uma falta de consideração com o Dr. Ivo aceitar a proposta nestes termos, depois de tantos anos de condução e serviços a seus cuidados. Atualmente, somente estas duas ações, justificam minha filiação a ANABB. Gostaria de cair fora dessa entidade, hoje somente a serviço do BB e PREVI, mas temo pelo futuro das minhas ações de valor bem significativo. Penso que esta é uma dúvida de muitos, e pergunto há como delegar estes assuntos a outros, sem um tremendo constrangimento junto ao Dr. Ivo ?
Ou deixá-las com o Dr.Ivo, porem sem ingerência da ANABB ?

Anônimo disse...

A ATENÇÃO que a AAPPREVI dá a seus associados no acompanhamento das AÇÕES sob sua condução é IMPECÁVEL...PARABÉNS pelo esmero no serviço prestado...

carlosdomini disse...

Noticia da noite : Chegou ao ponto da semana passada, o acordo saiu do DEST e está no MF -vejam no site da aafbb. Agora será que mais uma vez voltará para outra nova redação?-Desculpem entrar em outro foco.
Aproveita agora Rossi e aciona o Sr.Diretor Executivo

Anônimo disse...

Colega das 19:53, do dia 26, concordo plenamente, a AAPREVI está de parabéns. Mas volto aqui a falar de uma Associação que não faz absolutamente NADA em nosso favor, parece uma múmia, nos seus informativos só constam notícias do BB e do Governo Federal. Vamos formar uma corrente e solicitar a nossa exclusão do quadro de Associados.

Anônimo disse...

Prezado Carlos Norberto Kasper,

Já me desfiliei da anabb e trato da ação 1/3 IRPF, diretamente com o Escritório do Dr. Ivo. Inicialmente fiz contatos telefônicos, depois via E-Mail. As informações que me dão são, de longe, mais completas.

Já me pronunciei sobre isto em diversas oportunidades, aqui no blog. No meu caso não foi tão difícil, é preciso contudo, VONTADE para concluir o assunto.

Também sei que a AAPPREVI está, através de seu jurídico, analisando como orientar os procedimentos dos casos da espécie. Fiz consulta pessoal, via e-mail. Pronto já não sou mais tão anônimo assim! Mas aqui no blog preciso sê-lo. Acredito que logo haverá um posicionamento a este respeito.

Anônimo disse...

ASSUNTO: ANÔNIMO

Aviso aos navegantes.

Tudo que é publicado neste blog é disponibilizado no GOOGLE.

Flavio Castro disse...

Realmente, isso eu tenho reparado, pois entro constantemente no site da ANABB:
Só tem noticias do BB, do Governo e da Economia como um todo.
Agora querem dar uma de psicólogos, tentando nos ensinar a criar os filhos.
Aliás, isso prova como são alienados. Aposentado está em idade de criar filhos pequenos? Eu quero é curtir meus NETOS. Os filhos eu já criei e bem criados, sem precisar, ora vejam, da ANABB. Valha-me Deus se precisasse deles!

Flavio Castro disse...

Sei que já escreveram sobre isso, mas se alguém tiver informações consolidadas, que levem a um processo mais eficiente e eficaz sobre o desligamento da ANABB, por favor, repasse.
Algo do tipo como já adiantar certos documentos, sem ter que esperar que eles peçam, atrasando o processo.
Também para onde enviar, e qualquer coisa que ajude a não deixar que os pedidos de desfiliação caiam nas malhas da burocracia e resvalem para algum "buraco negro", tipo daqueles espaciais donde nem a energia escapa. ;)

Anônimo disse...

Colegas, acabei de ligar para a PREVI
Sem previsão para pagar o superavit!!!
O que esta acontecendoooooooooooo?
Caso de policia.

Anônimo disse...

Parabéns Marcos pela tua sensibilidade.
Desviar um pouco o foco do Superavit, faz bem para para todos e acalma os ânimos, que já andavam bastante exaltados.

Anônimo disse...

Prezado Flávio Castro,

Você tem certeza que quer se desfiliar mesmo?

Anônimo disse...

Tambem colega de 03:54,voce esta dando oportunidade a eles para debocharem de voce.Vais perguntar para a Previ?Logico que a resposta e essa.
Aguarde mansamente que o que e seu vai chegar.
Muita PAZ!
Sandra Alves

Anônimo disse...

Marcos e colegas,

Reforçando a informação do Carlos Domini, conforme noticiado pela AAFBB, o processo do Superávit já está no Ministério da Fazenda.Da mesma forma que o Domini, peço ao Sr. Rossi se possível e em favor de todos nós, tentar novamente contato com aquele Ministério.
Carlos.

Anônimo disse...

Alguém sabe informar o que a AFABB-SP está fazendo para tentar resolver esta crise do superavit?

Anônimo disse...

O processo do superavit já saiu do Dest e foi devolvido a Previ, segundo informação da Coordenação de Informação e Previdência Complementar do MP/Dest.
O processo realmente pode estar no MF que é o próximo passo.

Vamos aguardar. Tenhamos paciência mais uma vez.

jvasconcellos disse...

colegas !!!!!!!

O PROCESSO jÀ ESTA NA PREFIC...SE ANDAR < HOJE A PREVIC DEVOLVE A PREVI.......

Anônimo disse...

A AFABB-SP faz bailinhos, almocinhos, cursinhos para os seus velhinhos se distrairem e algumas ações com um advogado que não presta nenhum atendimento de informação e orientação aos participantes porque possui um número muito grande de ações segundo ele.

Anônimo disse...

Colegas,

Parece que agora o processo sobre a destinação do superavit, correrá seu curso normal, sem sobressaltos.

Peço a Deus que todos nós possamos usufruir desses recursos com saúde e paz.

Um abraço.

ADEMAR disse...

A atenção de Carlosdomini,

Não entendi bem sua sugestão no Blog da Cecilia(25.01.11 às 17:20) , pois parece-me que se usarmos a ANABB para sugerir mudanças ou propostas estamos legetimando-a como nossa representante.
É bom lembrar que varias vezes a interferencia da ANABB,junto ao BB,defendendo nossos interesses só nos prejudicou.

Anônimo disse...

Alguém tem notícia do superavit?

O mesmo já está na Previc? alguém confirma?


José Carlos

iraci berviria disse...

27/01/2011
Anapar analisa projetos de lei que alteram gestão dos fundos de pensão

O boletim eletrônico desta semana da Associação Nacional dos Participantes de Fundos de Pensão (Anapar) traz a informação de que tramitam no Congresso Nacional projetos de lei que alteram o modelo de gestão das entidades fechadas de previdência complementar. Nessa publicação, a Anapar diz que acompanha o andamento desses projetos, sugere alternativas, faz propostas e reivindica alterações.

O foco, dessa vez, são três projetos. O primeiro, PLP 588/10, foi apresentado em julho do ano passado pelo deputado Ricardo Berzoini (PT/SP) e altera o artigo 13 da Lei Complementar 108. Propõe que alterações em estatutos de entidades de previdência e regulamentos de planos precisem de aprovação da maioria dos membros do conselho deliberativo, possibilitando ainda que esse conselho tenha a competência de aprovar planos de custeio e os critérios para retirada de patrocínio.

Esse projeto tem o apoio da Anapar, pois oferece alternativa ao fim do voto de minerva e impede que os patrocinadores alterem estatutos e regulamentos se os conselheiros eleitos pelos participantes forem contrários.

O projeto 77/09, do então senador Aloísio Mercandante - seu mandato encerrou-se no ano passado, tem pontos positivos e negativos. Entre os positivos, a Anapar enumera a estabilidade no emprego para dirigentes e exigência de que os mesmos sejam participantes do plano de benefícios. Entre os negativos, o fim da eleição de membros do conselho fiscal pelos participantes.

Esse projeto foi arquivado pela Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, o que põe fim à polêmica que envolvia alguns dos seus artigos. A Anapar esclarece que fez várias reuniões com Mercadante e seus assessores, propondo mudanças para aproximar o projeto das demandas dos participantes. Uma das alternativas sugeridas era mesmo o arquivamento.

No caso do projeto 140/07, do deputado Eudes Xavier (PT/CE), a Anapar apoia a extinção do voto de qualidade nos conselhos deliberativo e fiscal das entidades patrocinadas por empresas públicas. Foi rejeitado pela Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados e tem parecer favorável do relator na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, mas ainda não foi votado no plenário dessa comissão.


Fonte: Fenae com Anapar

carlosdomini disse...

Colega Ademar,
Minha sugestão foi de fato a Anabb, pode ser a AAPPREVI ou até mesmo a AAFBB o que não podemos é esperar iniciar o processo de modificação do Regulamento. A Cecília prometeu lançar o tópico e aqui aproveito para apelar para o Marcos e Rossi depois desta novela do Superavit lançar uma especie de aconsultar aos que aqui transitam sobre sugestões de mudança em nosso refulamento(Previ 1).

Não tenho preferência por nenhuma delas, sou associado de quase todas e as vezes sou bastante áspero e insistentes em meus questionamentos inclusive fustigando a Anabb, porém até hoje lido com todas senão já teria me desligado.

Obrigado Ademar pelo chamamento.

Anônimo disse...

Sr josé onde saiu a noticia que o processo do superavit esta na PREVIC?

Anônimo disse...

jvasconcellos, é o seguinte, segundo informes o processo esta na Fazenda, de onde voce tirou a informaçao que ja esta na Previc? Vamos começar a ter clareza de fontes aqui no blog, se nao fica o dito pelo nao dito ok.
Quem tiver informaçoes, otimo, mas diga o procedencia ok.

Alvaro Mendonça

Anônimo disse...

A Cecilia prometeu.....E ainda tem gente acreditando nela???????
Meu Deus!
Sandra Alves

iraci berviria disse...

Quem tiver o e-mail do Dr. Ivo, passe por favor. Preciso fazer o mesmo.

Anônimo disse...

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que em 10 de fevereiro voltará a ser nomeado presidente de honra do Partido dos Trabalhadores (PT), receberá do partido salário de R$ 13 mil, confirmou nesta quinta-feira .
Que beleza, heim? Para aumentar o salario minimo não tem dinheiro!!!

Anônimo disse...

Colegas,

Informações para todos , vinda de fontes diversas, está virando uma mixórdia.
Vamos ser mais sérios, se possível.

Anônimo disse...

O processo do Superavit está onde mesmo?

Fazena ou Previc?

Anônimo disse...

Sempre fui atormentado por anônimos: CIC, LIC, BB, CASSI, PREVI,ANABB, CUT, etc. Nunca identifiquei o RG e o CPF de ninguém. Agora na minha hora de largar o bambu querem que eu me identifique? Ceis tão é de gozação... CONTINUAREI NO ANONIMATO SIM. CADA QUAL SABE DO SEU CADA QUAL...

Anônimo disse...

Parece que nós ainda continuamos a ter receio de ligar para pedir informações.

Por favor se querem notícias sobre o superavit ligue para o Ministério da Fazenda e peça essa informação.


Hoje eu liguei para o Dest do Ministerio do Planejamento e o Sr. Toni da Coordenação de Informação e Previdência Complementar me informou que o processo já tinha sido liberado e devolvido a Previ.

Então liguem para o Minstério da Fazenda e peça informação.

Se quiser notícia ligue na fonte. Não tenham vergonha de exercer seu direito a informação que devem ser fornecida pelos orgãos públicos.

Ora essa. Saiam do marasmos e busquem a informação e deixem de especular.

Anônimo disse...

Oba!
Vai sair mesmo?
Vou correndo confirmar minhas reservas para o Costão do Santinho, em Floripa, pois ninguém é de ferro.
Estou precisando descansar deste estresse todo.

jvasconcellos disse...

Colega Alvaro Mendonça

O processo foi encaminhado da Fazenda (saiu) esta indo para a Previc....Aguarde , estou ,ligando para Brasilia, para o meu genro ,só poderei dar maiores detalhes a tudos os colegas..com a ciencia e autorização da fonte ,a noticia me foi passado pelo genro que sabe, como os demais colegas aposentados ...estamos aguardando um final feliz ,Não ha necessidade de informar aos colegas do Blog...qualquer noticia inveridica ou implantar boatos..principalmente da minha parte.Sempre pautei pela dignidade e Transparencia no convivio dos amigos.
atenciosamente
JVasconcellos

PREVI "em dia" com a TAFIC da PREVIC disse...

O "Plano 1" da PREVI é o único que paga a maior taxa (faixa 18) TAFIC para a PREVIC.
Pagou em 10 de janeiro de 2011 R$ 2.200.000,00 (Dois milhões e duzentos mil reais) relativo ao primeiro quadrimestre de 2011 .
Paga-se antecipado, de 4 em 4 meses a tal "TAXA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE", para a novel autarquia, empossada ha exatos 1 ano, conhecida superintendência por 'previc".

Tem 6 diretores ligados ao PT e PMDB e contratou 100 funcionários por concurso e outros 100 vieram da SPC, do Ministério da Previdência.
É Presidida por Ricardo Penna e será a última autarquia a aprovar a distribuição do nosso superavit !
R$ 7,5 bilhões à patrocinadora BB +
R$ 7,5 bilhões a 120 mil participantes.

carlosdomini disse...

Minha cara colega Sandra, enaquanto eu e mais ninguém acreditar nas pessoas, continuatei a respeitá-las.Muito longe do convío do Rio cá em minha Bahia tenho minhas razões para enquanto pessoas não me decepcionarem acreditar nelas. Sem polêmica e sem receio, apenas fiz uma sugestão de pesquisa e atendeu dizendo que ao invés de pesquisa faria o que sugerir, nada demais.

Anônimo disse...

Marcos,

Cesta Alimentação

Parece que a sentença de 1ª instância não nos foi favorável relativo ao Processo No 0129640-05.2010.8.19.0001, decisão datada de 17/01/2011.

Anônimo disse...

Ação judicial cesta alimentação

Referente ao Processo No 0129640-05.2010.8.19.0001 a sentença de 1ª instâsncia, de 17/01/2011, não foi favorável a nós.

Vamos ver se a gente consegue reverter em 2ª instância.

Anônimo disse...

Tem gente que não pode ver defunto sem chorar e, também tem os que se associam a tudo. Pior, permanecem pagando para serem traídos. Se fossem só eles os prejudicados, vá lá. Mas, por tabela, prejudicar os demais aí é dose. Quando ainda vejo defensores da anabb, é de ficar perplexo.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

A respeito da nossa Ação Cesta Alimentação - 1° lote, recebemos do Dr. José Tadeu de Almeida Brito, patrono da Causa:

Prezado Sr. Marcos e demais membros da diretoria da AAPPREVI,

Ação foi ajuizada e conduzida com muito esmero e fundamentada com todos elementos disponíveis (legislação, doutrina e jurisprudência).

NÃO PERDEMOS A AÇÃO. A ação foi julgada improcedente em primeira instância (assim como inúmeras ações da mesma natureza, pois, se todas tivessem sido julgadas procedentes em primeira instância, não teríamos precedentes jurisprudenciais no TJRJ sobre a matéria).

Nosso primeiro passo agora é interpor os recursos cabíveis (Embargos de Declaração - para corrigir eventuais lacunas da sentença /// Apelação - para revogar a sentença prolatada).

Tenho certeza que o TJRJ reformará a sentença em questão.

É importante ressaltar que, MESMO QUE A AÇÃO TIVESSE SIDO JULGADA PROCEDENTE, a PREVI iria recorrer.

Assim, quero tranquilizar a diretoria e os associados que o direito é assim mesmo - cada juiz tem o seu posicionamento - mas a decisão final é do Tribunal por meio de ACORDÃO e é a que vai prevalecer. E VAMOS GANHAR NO TRIBUNAL.

Fico a sua disposição para outros esclarecimentos que julgar necessário.

Atenciosamente,

JOSÉ TADEU DE ALMEIDA BRITO
Advogado

Lena. disse...

Eu para a previ:Porque me arrasto aos teus pés,porque me doei tanto assim?Eu quero tudo de volta,tudo de volta prá mim. A previ:Mas acontece que eu já posso viver
sem vc,as vezes apareço no site nem mesmo sei o porque.Eu: Vc é mais que um problema é uma loucura qualquer.Estou numa miséria completa na hora que vc quer. Colega, é só prá descontrai. R CARLOS[?]
Abraço .Lena

Julita disse...

Lena, estou rindo sozinha! Só voce mesmo para deixar um recado desses! Esse é para descontrair mesmo!!!KKKK
Julita, pensionista

Lena. disse...

Tem que rir amiga! Fafer o que? Beijos,Julita.Lena.Rio Até eu to rindo de mim.

Anônimo disse...

Só falta agora a Previc recomendar outra alteração na redação aprovada até aqui por todas as pertes. Como já dizia o filófoso: nada é tão ruim que não possa piorar...

Anônimo disse...

Parabéns Lena, me senti reconfortado. Grande espírito. Muito obrigado por mais esta pérola.

Anônimo disse...

É a Lei de Murphy rondando nossa Reserva.
Além do trâmite vai-vem do processo, o cenário economico também está preocupante. O Ibovespa, há alguns dias atrás, esta perto de atingir 71.000 pontos. Hoje já fechou em 68.000.
Essa renda variável.....
Acorda Previ!

WASHINGTON LOPES disse...

O fato da Bolsa estar em queda não perturba. Os técnicos da PREVI novamente inflarão os valores de participação em algumas companhias, afora os valores de imóveis, a nova vedete do plano de investimentos.
Nunca foi tão fácil fabricar dinheiro.

Anônimo disse...

Parabens Lena,voce tambem me fez rir muito com sua versao.QUE BOM QUE AINDA PODEMOS RIR!!!!!
Sandra Alves

Lena. disse...

Só para as colegas pensionistas.Vcs já repararam que quando vai chegando o final do ano,tudo na nossa casa pifa? Pois bem: Aqui em casa quase tudo já parou de funcionar.A máquina de lavar,a cafeteira,meu celular etc...e tal.Como essa infeliz disse que íamos receber,fui comprar tudo novo.Resultado? Vcs já sabem.Graças a DEUS sou sózinha senão,ia levar bronca.Vou mandar a conta prá ela. Abraço.Lena.

Anônimo disse...

Iraci,
o email do escritorio do Dr. Ivo evangelista: magno@ivoavila.adv.br

Grande abraço

Lourdes

Anônimo disse...

Lena, dia 15, após 40 anos de casamento, e a pedidos constantes da esposa, mudei, sozinho, para um apartamento de dois quartos. O casamento pifou! Ontem, às 19.30 horas, desci e entrei no meu escort 97, com vazamento de óleo (em setembro, com o empréstimo simples, dei à esposa um Corola)e, ao virar na segunda esquina, estorou a embreagem. O carro pifou!
Estava chovendo torrencialmente. Acionei a seguradora que encaminhou um guincho, após 70 minutos. Deixei o carro na oficina e voltei para casa, à pé. A vontade de tomar um chopp também pifou!

Anônimo disse...

Enquanto o superávit não vem:Este ano teremos 4 datas fora do comum:
1/11/11; 11/1/11; 1/11/11e 11/11/11
Entenda isto: separe os dois últimos números do ano em que você nasceu (1946 - 46)e some com a idade que você fará este ano (65), some os dois números 46+65=111.

Anônimo disse...

Olá anônimo 01:19, recebi um e-mail relatando que isso só acontece se bem me lembro a cada 800 e tantos anos É ANO DE GANHAR DINHEIRO. Seraaaaa???????
Elisabeth Oste

iraci berviria disse...

Oi, Lurdes, obrigada pela atenção com o e-mail do Dr. Ivo.

Lena. disse...

Querido colega e anônimo das 01:06. Eu fique triste com a sua separação,mas lembre-se que tem males que vem para o bem. Quanto ao carro vc irá ter outro. Fica bem e com DEUS.Abraços.Lena.