terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Mais Ações

Caros Colegas.

A AAPPREVI tem orgulho em anunciar o ajuizamento de mais quatro processos em favor de associados seus (RMI – grupos K/N). Faltando um mês para o primeiro aniversário, a Associação já tem o nome transitando pelos Tribunais do Rio com 18 processos ajuizados, sob os cuidados da Assessoria Jurídica:

Advocacia Almeida Brito – Curitiba (PR)

- RENDA CERTA - 1° lote – 45ª VC – Proc.No 0185131-94.2010.8.19.0001
- RENDA CERTA - 2° lote – 49ª VC – Proc.No 0365250-50.2010.8.19.0001
- CESTA ALIMENTAÇÃO – 1° lote - 44ª VC - No 0129640-05.2010.8.19.0001
- CESTA ALIMENTAÇÃO – 2° lote - 33ª VC - No 0365260-94.2010.8.19.0001

Escritório Sylvio Manhães Barreto – Rio de Janeiro (RJ)

1º lote
- RMI – Grupo A – 12ª VT - PROC. Nº. 0001411-44.2010.5.01.0012
- RMI – Grupo B – 12ª VT – PROC. Nº. 0001410-59.2010.5.01.0012
- RMI – Grupo C – 72ª VT – PROC. Nº. 0001450-55.2010.5.01.0072
- RMI – Grupo D – 78ª VT – PROC. Nº. 0001400-11.2010.5.01.0078
- RMI – Grupo E – 76ª VT – PROC. Nº. 0001427-97.2010.5.01.0076
- RMI - Grupo F – 14ª VT – Proc. Nº. 0001458-12.2010.5.01.0014
- RMI - Grupo G – 47ª VT – Proc. Nº. 0001470-24.2010.5.01.0047
- RMI - Grupo H – 47ª VT – Proc. Nº. 0001473-76.2010.5.01.0047
- RMI - Grupo I – 48ª VT – Proc. Nº. 0001461-59.2010.5.01.0048
- RMI - Grupo J – 47ª VT – Proc. Nº. 0001472-91.2010.5.01.0047
- RMI - Grupo K - 57ª VT - Proc. Nº. 0001466-54.2010.5.01.0057
- RMI – Grupo L - 47ª VT – Proc. Nº. 0001483-23.2010.5.01.0047
- RMI – Grupo M – 47ª VT – Proc. Nº. 0001488-45.2010.5.01.0047
- RMI – Grupo N – 68ª VT – Proc. Nº. 0001469-73.2010.5.01.0068

Os integrantes dos grupos acompanham o andamento das ações diretamente no Site como se estivessem no Fórum manuseando os processos. As ações judiciais impetradas pela AAPPREVI podem ser integradas pelos associados enquadrados nos pleitos, sem limite da quantidade de processos, e sem arcar com quaisquer despesas. O patrocínio da Associação é responsável pelo custeio integral (Custas processuais, honorários, perícias e até sucumbência, no caso de insucesso). Também não há taxas de adesão, incidência de comissões ou assinatura de contrato de prestação de serviços. A gratuidade assegurada ao associado é suportada pela mensalidade de R$ 10,00, devida pela condição de sócio, destinada ao pagamento de Honorários advocatícios estipulados em Contratos. A AAPPREVI sobrevive com a arrecadação por subordinar-se às despesas estritamente necessárias ao funcionamento, isto porque não paga aluguel e seus dirigentes não percebem salários ou outros benefícios pecuniários - todos se dedicam voluntariamente.

No momento encontra-se em fase de ajuizamento a Ação IR – 1/3 PREVI (Fazenda Nacional) e continuam abertas as inscrições para os lotes seguintes dos Processos ajuizados (Renda Certa, Cesta Alimentação e RMI). Outras Ações já têm estudos da viabilidade concluídos, cujos enquadramentos serão oportunamente divulgados.

Consulte o site www.aapprevi.com.br – Assessoria Jurídica - para conhecer seu enquadramento nas Ações e participe.

Atenciosamente,

Marcos Cordeiro de Andrade – Curitiba (PR) – 11/12/2010.

56 comentários:

Anônimo disse...

Reunião na Previ hoje à tarde.Aguardemos pois.Fonte:Medeiros

Anônimo disse...

Claro que ia ter reuniao hoje ou no maximo amanha na Previ, voltaram de ferias, e viram que o incendio esta começando a ficar feio e pode subir ate o andar da cupula.
ELES devem estar se perguntando: E agora? A casa caiu, como vamos proceder? Que explicaçoes daremos?(e alguem deve estar dizendo) Calma, quem manda ainda somos nós, os velhinhos so fazem mesmo é BARULHO, fogo em palha, sai so uma fumacinha...

Nilton Luis

Anônimo disse...

A Dona Rosângela nem esperou o colega Benvindo informar que ainda não recebeu o Superávit:

www.youtube.com/watch?v=GN3rQ79Rxrk

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Mensagens enviadas pelo Colega João Rossi Neto para publicação no Blog Previ Plano 1:

Se a Previ não aceitou o tema "A Lei da Mordaça", como assunto, no meu caso,
deve estar mexendo e manipulando assuntos de outros colegas.
----- Original Message -----
From: "João Rossi Neto"
To:
Sent: Tuesday, January 11, 2011 3:20 PM
Subject: Fw: Sua mensagem foi recebida com sucesso.


> Causou-me estranheza, quando vi como assunto de minha reclamação: " Sua
> mensagem foi recebida com sucesso". Ocorre que, o que eu escrevi, como
> assunto, foi: "A Lei da Mordaça". Efetivamente, essa Previ manipulou o
> meu texto, deletando toda a frase e isto é crime porque afronta o artigo
> 5º, inciso IV e o artigo 220 caput, ambos da Constituição Federal. Exijo
> uma explicação, visto que a mensagem original seria: "outros assuntos" e
> "A lei da Mordaça"( Assunto). Aproveito o ensejo para ressaltar que nós
> precisamos acabar com a arrogância e intransigência arraigadas, no âmbito
> dessa Caixa, como uma doença incurável na estrutura administrativa. A
> palavra de ordem é: TRANSPARÊNCIA. Veja que a própria Diretoria Executiva
> do BB divulga o nome do Presidente, dos Vice-Presidentes e de todos os
> Diretores, declinando os e-mails e telefones. Somente essa Caixa é
> hermeticamente fechada, já que, hoje, as empresas de grande porte são
> todas transparentes e não se escondem dos problemas e administram
> soberbamente os conflitos. Nós estamos no século 21 e a tecnologia da
> informação é global e irreversível. Esse negócio de ficar encastelado em
> gabinetes é anacronismo.
> ----- Original Message -----
> From:
> To:
> Sent: Tuesday, January 11, 2011 1:54 PM
> Subject: Sua mensagem foi recebida com sucesso.
>
>
> Senhor(a) JOAO ROSSI NETO
>
> A PREVI confirma o recebimento da mensagem abaixo.
> Aguarde nosso retorno em breve.
>
> Gerência de Atendimento
> PREVI
>
> Data: 11/1/2011
> Tipo: Reclamação
>
> Mensagem: A impressão que passa é que existe um péssimo clima
> organizacional em toda extratificação administrativa dessa Caixa, onde, à
> exceção dos Presidentes ( Executivo e Deliberativo), ninguém tem liberdade
> para expressar sobre nenhum assunto.
> Essa autocracia inibe a criatividade, reduz a produtividade e veta o
> surgimento de lideranças espontâneas e aparece o sentimento de revolta, de
> indignação e de servidores infelizes e insatisfeitos.
> Administradores tacanhos e autoritários há muito que estão fora de
> moda, devendo prevalecer um clima de cordialidade, transparência,
> confiança e amizade. Se a Previ continuar na contramão da história,
> alardear a Governança Corporativa para que?
>
> Matrícula: 4986560
> Nome: JOAO ROSSI NETO
> E-mail: jrossineto1@uol.com.br
>

Anônimo disse...

O Medeiro mencionou em seu comentário relativo a PREVI o que esta acontecnedo com a novela Ronaldinho. O Ronaldinho é adepto da Lei de Gerson, só quer levar vantagem.

Espero estar enganado, mas acredito que o Flamengo vai entar num fria. O Ronaldinho tem demonstrado ao longo do tempo que não é um cidadão exemplar.

Ninguém vai contestar que o "craque" sabe jogar bem com a bola, mas é preciso ter produtividade e isso falta ao "craque".

Tem muitos craques de futebol hoje em dia que ganhasse seu salário baseado em sua produtividade morreriam de fome.

Espero que o Ronaldinho não decepcione o torcedor do Flamengo, pois, ele (o torcedor) não merece isso.

Espero que ele não faça como os eleitos, contam "bravatas" que vão fazer isso e aquilo e depois não apresentam nenhuma atitude em benefício dos assistidos, não apresentam produtividade, apenas recebem seus contra-cheques polpudos e demosntram uma impecável subserviência ao patrocinador.

Anônimo disse...

Ao se confirmar a informação de uma reunião hoje na Previ significa que estão se movimentando é justamente por causa da cobrança que sta sendo efetivada.

Eles sabem que o descontentamento é geral e precisam dar um resposta imediata as cobranças que estão ocorrendo e não ficar no filtro dos gerentes de atendimento.

É preciso dar um basta nisso e caminho nós sabemos. Nosso caminho é a AAPPREVI.

Jose Francisco disse...

Sei não.
Acho que tem cobra grande nesta macega, e ela é muito venenosa.
Jose F. Rovere

Anônimo disse...

O problema gerencial está na GEPAB, vinculada a Diretoria de Seguridade (Sasseron).

Estão tratando disso, hoje na reunião de Diretoria da Previ.

(é muito "acho que sim...acho que não" só achismo...)

(3 twiter's)

Anônimo disse...

Colegas,

Não se iludam com esses dirigentes do bb/Previ, anabb, eles se julgam inatingíveis, venha de onde vier o questionamento.
Não temem nem mesmo a Justiça dos homens ou a Justiça Divina.
O dinheiro "deles" compra tudo, até segurança às custas da Previ/governo/bb.

Anônimo disse...

Escutem so pode ser gozacao a ultima chamada do blog do Romildo

Blog do Romildo


eu so adicionaria o seguinte neste destaque de capa...

Blog do Romildo
Endividado tenta se equilibrar entre especial e rotativo, "por conta do atraso do credito do superavit pela Previ"

Pronto, melhorou o destaque.

Juarez Soares

Anônimo disse...

Dizem que foram os dirigentes do Fluminense que agilizaram a ida do Ronaldinho ex-gaúcho para o Flamengo. Espero também que o tricolor Thiago Neves jogue a favor do seu querido Fluzão. O Flamengo perdendo e o superávit 100% na conta (derrubada resolução 26) tornarão 2011 um super ano...

paraguassú disse...

Depois de toda maldade cometida pela nefasta diretoria da PREVI, quando do aumento do ES, novamente voltam a agredir-nos, com verdadeiro sadismo, para se concretizar a distribuição do que sobrou do roubo efetivado pelo banco em nossa caixa. Deveriámos, a partir de agora, a cada óbito de colegas, coisa que acontece todos os dias, passar a culpar essa diretoria incompetente e vendida, dando apoio e orientação para que os familiares das vítimas, acionem juridicamente esses monstros, com ações de danos morais e materiais.

Anônimo disse...

De novo a mesma historia lá no site da previ. Não aguento mais, esta na fazenda e indo para previc.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Extraído hoje do Site da PREVI (sem data):



Superávit do Plano 1: Implementação da proposta depende de aprovação



A PREVI está acompanhando dia a dia o trâmite de aprovação da proposta de alteração do Regulamento do Plano 1 que trata da utilização do superávit. O material ainda encontra-se no Ministério da Fazenda e, depois de aprovado, será encaminhado à Superintendência Nacional de Previdência Complementar – Previc.

A PREVI só poderá implementar as mudanças depois de aprovadas pela Previc.

Jane Torres de Melo disse...

Caros Colegas e Queridas Pensionistas,

Notícia postada, agora à tarde, no site da Previ:

Superávit do Plano 1: Implementação da proposta depende de aprovação



A PREVI está acompanhando dia a dia o trâmite de aprovação da proposta de alteração do Regulamento do Plano 1 que trata da utilização do superávit. O material ainda encontra-se no Ministério da Fazenda e, depois de aprovado, será encaminhado à Superintendência Nacional de Previdência Complementar – Previc.

A PREVI só poderá implementar as mudanças depois de aprovadas pela Previc.


Gente, o Chefe de Gabinete da Fazenda respondeu a Rossi que o processo já tinha sido despachado em dezembro/2010.
A Previ vem de novo com essa conversa.
Aonde eles querem chegar??
Dizem que estão acompanhando dia a dia o tramite de processo !!! Imagina se não tivesse esse acompanhamento.
Parece samba do crioulo doido. Francamente !!!

Senhores eleitos, "representantes", já passou da hora de cobrança.
Queremos nosso crédito já !!!!!

Jane

Anônimo disse...

Colegas,

Alguém está mentindo!

Anônimo disse...

Vou resumir a noticia de hoje da Previ numa frase só:

"Näo tem credito no dia 20/01, thauzinho velharada, vao pros emprestimos e cdc" (esta é a verdade)

Diogo Ramalho

Anônimo disse...

Quem mente? A Previ? O Ministério da Fazenda? Esta nota serve para municiar nossa Divisão Panzer (O Sr. Rossi) para um novo contra-ataque.

Anônimo disse...

EU COMO PENSIONISTA SO TEM UMA COISA PARA DIZER: SOCORRO !!

OBRIGADA, CANDIDA XAVIER

Anônimo disse...

A quem interessar possa.
A leitura é longa, mas explica tudo.
http://blogdosbancarios.wordpress.com/tag/previ/

Anônimo disse...

Na postagem do Rossi me parece que a data em que o Ministério da Fazenda divulgou foi em novembro (29).

Se confirmar novembro, foi relativo ao "acordo em discussão" na época e não a sua aprovação do no âmbito do MF para efeito de cumprimento dos normativos.

Por favor confirmar a minha observação.

Anônimo disse...

Colegas,

É bom ler no site do contraf-cut a matéria intitulada " Estudo mostra que o bb (banco) seria o mais afetado pelas novas regras do Basiléia 3 "
Fala sobre o acordão que salvou o bb em parte!
Saudações

Anônimo disse...

É, nobres colegas Marcos e Rossi, depois de hoje a coisa tende a ficar dramatica para os que contavam com credito na folha de janeiro.
Preparem os lenços...

Wilson Correa

Anônimo disse...

Somente em 27/12/2010 que o controle das estatais aprovou a distribuição se não foi por erro de data 29/12/2010 por 29/11/2010.

Vale a pena verificar.

Anônimo disse...

Ja sabem né, a nova musica da Previ em homenagem a chapa 3 e a toda esta gestao.

"PEGA NA MENTIRA, PEGA NA MENTIRA, CORTA O RABO DELA E PISA NELA, PEGA NA MENTIRA.."

Rafael

Anônimo disse...

Eles estão nos subestimando a nossa paciência e o pior é que me sinto de pés e mãos atadas, totalmente impotente, como se a minha vida estivesse suspensa até uma decisão que Deus sabe quando virá, não é possível que nada de realmente concreto possa ser feito pelos aposentados que estão se humilhando e o que transparece é que a PREVI está nos fazendo um favor quando na verdade é um direito nosso.

Sds,
Lobo

Anônimo disse...

Colegas, quanto a ultima noticia deprimente do site da Previ, tenho uma pergunta a fazer:

Alguem anotou a placa do trator que passou por cima de nós?

Acho que agora, quem sabe no Carnaval saia, para sairmos todos de palhaço.

Valdomiro

Anônimo disse...

Realmente na mensagem encaminhada ao Rossi pela MF a data mencionada foi de 29/11/2010.

Parece que seria uma data em que o Ministério estava acompanhando a "discussão do acordo" concordando com os termos do "acordo" e não sua aprovação o que realmente poderia ter ocorrido efetivamente em 29/12/2010.

Dúvida ficou.

Anônimo disse...

Eu disse que o ano só começava depois do carnaval...Mas muitos se apegaram a promessas de mestres de rabo preso!Disseram dia 14/01, depois dia 20/01, mas a Previ deu banana para janeiro já e fevereiro tem maracatu, tem festa do boi bumbá, tem frevo, tem encosta, e tem trio elétrico, esqueci de alguma coisa?Ah AH AH!Ah, bem depois começa 2011 no Brasil, ai os políticos vão sentar e vão ver se sobraram migalhas para os velhinhos!Vejam a Câmara Federal e o Senado, não tem uma alma viva!Só depois do carnaval gente!Pistas antes,falatório, promessas, messias, e dicas de um ou outro não contam.Só em Março GENTE!

Anônimo disse...

Colegas,

O bb vai comprar banco nos Estados Unidos, este mes, com respaldo na contabilidade da Previ.
É bom ou não é bom?
Querem mais?

Anônimo disse...

BEM AMIGOS DA REDE BOBO, VAMOS A TRANSMISSAO DA SEMI-FINAL DO JOGO PREVI X CABEÇAS BRANCAS.
PELA TAÇA SUPERAVIT

E COMEÇA A PARTIDA, BB PASSA PARA FAZENDA, QUE RETORNA PARA BB, QUE PASSA PARA SASSERON, QUE TABELA COM FLORES E É GOOLLLL, GOOOOLLLLLLLL....
DA PREVI.

QUE BELEZA, GOL DE PLACA NOS CABEÇAS BRANCAS.
O TECNICO ROSSI E SEU PREPARADOR FISICO MARCOS VAO TER QUE MELHORAR PARA O SEGUNDO TEMPO.

DILSON A.

João Rossi Neto disse...

Anônimo 11/01 - 13:21,

Muito bem observado. O Sr.Waldir equivocou-se, pois aquela aprovação é da primeira parte do acordo, relativa a incorporação dos benefícios de 2007, na folha de pagamento de dez/10.
Deste modo, resta a Secretaria Executiva examinar a parte dos superávits, devolver ao BB, este remeterá o processo para a PREVI e, esta, finalmente, para a PREVIC.
Por tudo isso, vejo que não há tempo hábil para que o crédito saia no dia 20. Pode ser que a PREVI resolva correr atrás de forma mais efetiva e quem sabe resolver o problema. Hoje falei com funcionários da Diref(BB) e eles alegaram que fizeram contato na Sec. Exec. Fazenda visando apressar o trâmite.
De manhã o Sr. Waldir Quintiliano da Fazenda me ligou e disse que iria fazer o possivel para agilizar o andamento.
Tentei convencer o pessoal da PREVIC para, assim que sair o de "acordo", fosse feito um e-mail para a PREVI, mas não houve concordância e o processo vai via sedex para o Rio(RJ), o que leva cerca de três dias. Isso é tudo que eu sei.

Anônimo disse...

É!
A coisa esta ficando mais para urubu do que para colibri.
E a formiguinha da PREVI, segue indiferente à dor, às alegrias e aos desgostos, carregando nosso Superavit.

Anônimo disse...

A pressão tem que continuar...por favor não parem de brigar...esses caras vão ter que pagar se não vai ficar ruim para eles.

Elizene disse...

Caros participantes do PB1,

Eis a resposta da ANABB a uma pergunta enviada p/ meu marido, tbém aposentado do pb1.

Sua resposta foi postada para o seu tema de interesse no Sistema de duvidas do site ANABB.
Pergunta:
SUPERAVIT - PREVI PLANO 1. POR QUE NOSSOS REPRESENTANTES/ASSOCIAÇÕES DOS FUNCIONÁRIOS DA ATIVA E INATIVOS ENCONTRAM-SE CALADOS A RESPEITO DO ANDAMENTO DO PROCESSO DE DISTRIBUIÇÃO DO SUPERAVIT. FALAVA-SE TANTO, ANTES DA CONSULTA AOS PARTICIPANTES. E, AGORA, NADA?
Resposta:
Prezado Associado, após a aprovação das propostas de utilização do superávit pelos participantes do plano de benefícios 1 da PREVI, as alterações foram homologadas pelo Conselho Deliberativo da PREVI e Conselho Diretor do BB. O Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (DEST) do Ministério do Planejamento aprovou a proposta de alteração, conforme parecer emitido pelo órgão no dia 27/12/10. É necessário aguardar a aprovação do Ministério da Fazenda e, em última instância, da Secretaria de Previdê ncia Complementar - PREVIC. Só depois de aprovadas pela PREVIC as mudanças poderão ser implementadas. Como a aprovação ainda depende de diversos órgãos, não é possível determinar o prazo de implementação, mas a PREVI afirma que isso deverá ocorrer em breve. Agradecemos seu contato.
Atenciosamente,

Leandro Neves
Atendimento ao Associado
ANABB/VIREF


Que neste Natal e em 2011 nossos desejos de felicidade

Anônimo disse...

O Rossi, o processo sai da Previc por sedex e vai para o Rio de Janeiro, para Previ, se for no voo dos correios a grande possibilidade do aviao cair ka, ka. ka so rindo mesmo.

e o grito da torcida..

DA-LHE, DA-LHE, DA-LHE ROSSI !!!!

Alfredo Gaston

Anônimo disse...

Gente se o Medeiros sabe de podres de gente da Previ, pq tem tanto receio por entregar os culpados pelo atraso?Pq tanta proteção contra aqueles que tem tanto descaso por nós cabeças brancas?Ele vive-se gabando de fontes,influências, e de cargos que ocupou na PREVI, mas se viu algo de errado pq não denunciou ao MP, a PF, ou sei lá a quem!Se ele conhece os corruptos, e aqueles que atrasam os processos pq não revela?

WASHINGTON LOPES disse...

Depois dessa história do processo engavetado, tenho de forçosamente concordar com quem, lá na tal da praia, disse: só rindo mesmo.
A minha margem consignável aumentou sabe-se lá porque, mas certamente não são os 20%.
Mais dia, menos dia, o din-din sai. Enquanto isso, a tal da resolução vai se mantendo sem meios de derrubá-la.
Se aquilo que a D. Isa disse quanto a cooptar um partido nanico no congresso é a única saída, parece que teremos de esperar muito, e no fim ainda podem se vender ao governo por trinta moedas e nos deixar na mão...

Henrique Soares disse...

Se nós não nos entendemos... Leio em outro blog alguém dizer que o crédito ficou pra janeiro em face do aumento concedido pelo INSS em janeiro, o que diminuiria o valor a ser creditado pela PREVI. E acrescenta: "Não será muito o que diminuirá. Cerca de 200, R$ 300,00 a menos. Eu rio disso tudo. A parte a qual acredito ter direito é R$ 340,00. UFA. Estou cansado, mas mesmo assim continuo acreditando que qualquer coisa só muda se também mudarmos. Pena que eu seja tão ignorante no que tange tratar com bandidos. Já que de lei, quanto menos as conheço, menos adoeço. Mas, por um momento pude visualizar um OUTDOOR e UMA FAIXA com o seguinte dizer: CUMPRAM O QUE NÓS ACORDAMOS, ANTES QUE FIQUEMOS DE PÉ. Bem na frente da PREVI. Dois meninos levando outra faixa de cima pra baixo lá na Praia de Botafogo. Ia chamar atenção de algum paparazzi. Agora esperar pelo que estar escrito? Onde, quando, porque? Nesta porcaria quem tem medo de que, de quem? Meus R$ 4.080,00 (doze parcelas) estão a disposição. Garanto que pago as faixas.

Anônimo disse...

Vamos dizer Alerta Máximo ou CHOQUE Máximo?

Anônimo disse...

Bem pessoal vamos nos acalmar.
Tomaremos guaraná em pó, e aguardaremos o carnaval chegar.

Se preferir, tem maracujina,
para curtir essa triste sina.

Acho que tem coisa vindo por ai! Espero que venha mesmo ... pela frente!

Anônimo disse...

CHOQUE MAXIMO? VOCE QUER DIZER CADEIRA ELETRICA PARA OS VELHINHOS!!
DIA 20 VAI SER COMO SE DIZ LA NA FRANÇA: A QUEDA DA BASTILHA!!
QUERO VER QUANDO MEU GERENTE DE CONTAS PERGUNTAR: "MAS O QUE HOUVE SEU TALDO, SEUS CHEQUES NAO TINHAM FUNDO NA SUA CONTINHA"
E VOU DIZER: POIS ENTAO VOCES E A PREVI TRATEM DE COLOCAR OS DEVIDOS FUNDOS NA MINHA CONTA SEUS ENROLOES!!

TALDO MESQUITA

AIRTON disse...

AIRTON disse...
Caro colega Ari Zanella,e outros que estão receiosos com o aumento do INSS. Os 20% referente ao ano de 2010 ou seja 240% da verba 300 devida pela PREVI é sobre a verba do ano de 2010 e não a de agora 2011 em que o INSS AUMENTOU A APOSENTADORIA em 6,41% para quem ganha mais de um salário minimo. Portanto a PREVI TEM QUE NOS DAR 20% X 12 = 240% DA VERBA RECEBIDA EM 2010.
ESTOU CERTO OU ERRADO?(Como dizia o Sinhozinho Malta = Lima Duarte).
Abraços do colega
Airton

luiz carlos disse...

COMPANHEIROS - Realmente a razão para o BB se apoderar do lucro da previ tá explicado... nós estivemos com tudo na mão e entregamos de bandeja... é importante lermos a matéria (anonimo 13:26-11:01) eis um trecho:


Os recursos originados do superávit do Plano 1 de benefício definido da Previ, fundo de pensão do BB, e reconhecidos nos balanços do banco desde 2008, deixaram de ser o calcanhar-de-aquiles da instituição no que se refere a Basileia 3.

Um acordo firmado com as entidades representantes de funcionários e aposentados, no fim do ano passado, tornou irrestrito o acesso a essa fonte de capital, avaliada em R$ 7,5 bilhões - condição para que a soma entrasse no cálculo do capital de nível 1.

Flavio Castro disse...

Eu não entendo essa informação que hoje saiu no site da PREVI. No geral ela e a mesma que aquela do final de dezembro (lá já informavam que ia para o MF e depois para a PREVIC - o mesmo que informam hoje). Então, o que aconteceu nesses 10 ou 12 dias?

Flávio Castro

Anônimo disse...

Caro Marcos e demais colegas,

Vejam o que a FAABB publicou em seu site, nesta data:

http://www.faabb.com.br/Noticia.asp?ID=201

Anônimo disse...

Colega Rossi, mesmo com toda esta situaçao bastante desfavoravel para o credito no dia 20, mas voce ja deu e esta dando uma baita força com seus contatos, e se acontece um milagre, hein Säo Rossi, nao ta morto quem peleia, temos 8 dias de luta, pela causa de milhares, é complicado, porem nada é impossivel.

Abraço Odair Passos
Novo Hamburgo RS

Anônimo disse...

Prezados(as) colegas,

Gostaria muito que as previsões de Airton se confirmassem. Mais, estas são otimistas e, eles são céticos.

Após uma vida de trabalho ferrenho e honesto, não tivemos tempo, nem oportunidade para aprender a lidar com a outra banda. Eles sabem disso e tripudiam em cima de nossa decência.

Pelo andar do processo, quem está se beneficiando da demora é:

- a) a Previ que aufere renda em cima do recurso alheio (nosso);

- b) a Previ que reduzirá suas obrigações em 6,41% (INSS) sobre os complementos dos aposentados pré-97;

- c) o BB que, se aproveitando do nosso sufoco financeiro, deflagra campanha agressiva para venda do CDC (vivem me telefonando, coisa que nunca fizeram antes);

- d) o BB, que mantém "em ser" grande estoque operaçoes que seriam quitadas se ...

- e) etc., etc ...

Também acho que a ocultação de informações acerca de possíveis desvios de condutas, torna o agente, no mínimo, conivente e, no todo: quem se coaduna com a desonestidade é desonesto também.

Anônimo disse...

REAJUSTE DO INSS X PREVI.

Eu me aposentei em 2007 já com a "parcela previ" e por causa disso qualquer alteração no valor do benefício do INSS, independente da motivação, não altera o benefício da PREVI.

Acho estranho alguns colegas mencionarem que o valor do reajuste anual do benefício do INSS, agora em janeiro, é deduzido no valor do benefício da PREVI para aqueles que aposentaram antes do advento da Parcela Previ.

Acredito que há um equívoco nessa informação pois se o valor do reajuste é deduzido o aumento do INSS na prática deixa de existir.

A não ser que quando do reajuste da Previ em junho ele incide sobre o INSS também o que seria incorreto pois os índices de reajuste são diferentes além da perda do aumento do INSS por 5 meses.

Além do mais a Previ não poderia esperar 5 meses para promover o reajuste anual do benefício do INSS.

Fica em dúvida a qualidade da informação.

Ivan Rezende disse...

Anônimo 02:38 - Aposentei em 02.01.1996 e por ocasião do resjuste do INSS (agora em janeiro) o meu benefício fica inalterado. Ou seja, R$ 2.000,00 de INSS, reajustado em 6%, passa para R$2.120,00. Esta diferença de R$ 120,00 é deduzido do meu benefício da Previ.
Em junho, havendo um reajuste de 6%, o percentual é sobre os dois benefícios.

Anônimo disse...

Prezado Anônimo das 02:38 hs.,

Sua situação é diferente. No meu caso, pré-97, sempre que há aumento do INSS, há simultânea redução do complemento Previ, em igual valor. Logo, os pré-97 e, acredito que sejam todos, salvo exceções que desconheço, serão atingidos por esta engenharia. Isto quer dizer e vou comparar oportunamente, que os meus 6,41%, de Jan/11 pagos pelo INSS, serão, na prática, revertidos para a Previ, tendo em conta que o Acordo foi fechado em Dez/10 e os pagamentos serão posteriores. Portanto, os 20% do Benefício Temporário da Previ vão incidir sobre um complemento menor que o de Dez/10, sem dúvida. Assim, a Previ, nestes casos, vai pagar menos.

Anônimo disse...

Anonimo de 17:40,sera que alguem ainda acredita na Faabb?
Sandra

Anônimo disse...

Ainda o anônimo de 12/01/2011 das 02:38.

REAJUSTE DO INSS X PREVI

Acredito que no caso a PREVI esta cometendo um equívoco abominável.

O que a PREVI esta aprontando neste caso é inadmissível, pois, ela não pode substituir o índice de reajuste ocorrido no INSS em janeiro pelo índice da PREVI de junho, apesar de ser o INPC, mas que os percentuais podem ser diferentes.

O que a PREVI deve fazer é simplesmente acolher o reajuste de janeiro do INSS na fopag e continuar pagando o complemento PREVI sem alteração e que teria seu reajuste em junho.

A PREVI parece que esta considerando o reajuste anual do INSS como se fosse um recálculo do benefício motivado por outras questões que não o reajuste anual o que passa a ser uma aberração.

Os que se julgam prejudicados deveriam solicitar da PREVI a mudança da metodologia ora adotada, pois, visto que o complemento PREVI, no caso, não deve sofrer a redução sob pena de estar cumprindo os normativos.

Volto a frizar, a PREVI não pode considerar reajuste anual como se fosse um recálculo do benefício do INSS.

Anônimo disse...

REAJUSTE INSS X PREVI

Correção:


"Os que se julgam prejudicados deveriam solicitar da PREVI a mudança da metodologia ora adotada, pois, visto que o complemento PREVI, no caso, não deve sofrer a redução sob pena de estar cumprindo os normativos".

...sob pena de estar "descumprindo" os normativos.

Anônimo disse...

Prezado Anônimo das 02:38hs,

REAJUSTE INSS x PREVI

Fico muito grato pelas suas ponderações. Há tempos esta situação me incomodava. Diante disto vou consultar um advogado e ver o que pode ser feito.

De resto, fica aqui mais uma grande DECEPÇÃO com as tais Associações que dizem nos representar. Questões desta ordem deveriam receber atendimento priopritário de parte delas. Coisa nunca feita.

Abraço fraterno e Boa Sorte para todos.

Henrique Soares disse...

Ajudem-me. Que tipo de reação eu devo ter quando ler coisas como essa? - Recebi a informação e repasso . "A Casa Civil do Ministro Paloccii me avisou que o crédito sai na próxima semana. Possivelmente na sexta feira. Pauzinhos foram mexidos por quem tem poder e determinação.Ao menos me garantiram que sai a informação. Dizem que a Previ preparou a folha para o dia 20 de janeiro com tudo incluido" MEDEIROS. O jogo de vaidades é uma arma perigosa.