quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Postura digna

Caros Colegas.

O Blog Previ Plano 1 tem sido censurado e atacado por manter uma postura de isenção quanto à boataria e divulgação de notícias desencontradas relativamente ao crédito dos benefícios do superávit. Indivíduos eleitos e reeleitos como nossos representantes teimam em posar na crista do noticiário como arautos de boas novas, mesmo sem ter o que divulgar.

O Blog Previ Plano 1 mantém a postura adotada desde seu nascedouro: somente cuidamos do que possa ser comprovado. Não nos move o propósito de simplesmente aparecer no noticiário para justificar condicionamentos defendidos anteriormente. Do mesmo modo que não nos aproveitamos do espaço que temos disponível para atacar graciosamente quem quer que seja.

Mas usamos e usaremos sempre o direito de defesa que nos é dado. Aqui ninguém foi eleito à custa de mentiras e ajuda do poder publicitário. Aqui ninguém é candidato a coisa alguma. Daqui somente pode-se esperar firmeza de caráter e honradez. Jamais faremos uso da credibilidade adquirida para ludibriar aqueles que em nós confiam. E os nossos erros são assumidos, sem uso deste ou de outro canal para tentar justificar comportamento condenável.

Para dar sustentação à indignação com que enfrentamos nossos detratores, divulgamos a seguir uma inserção do Colega João Rossi Neto que, no seu modo franco e isento de subterfúgios, atesta o que alegamos sem, no entanto, ter sido convidado a assim interferir. Pois, acima de tudo, guarda isenção e liberdade de ação em suas participações, somente comparecendo voluntariamente, mesmo assim quando sente a necessidade de defender sua liberdade e faculdade de livre expressão:

“Marcos,

A colega se prontificou a atender e dar notícias aos participantes e assistidos, prestando contas diariamente sobre o andamento do processo. Pois bem, fiz-lhe a pergunta abaixo e ela simplesmente fechou-se em copas. Efetivamente, não podemos confiar em ninguém da Previ. Os eleitos porque prometem e não cumprem e os nomeados, estes, por natureza, são capachos do patrocinador. É incrível a capacidade de guardar segredo desse pessoal, nem com Habeas Corpus Preventivo ou na presença de Juiz essa corriola fala.”

----- Original Message -----
From: João Rossi Neto
To: celialarichia@aafbb.org.br
Sent: Thursday, January 27, 2011 12:27 PM
Subject: Fw: Alteração do Regulamento do Plano 1 da Previ- Distribuição de superávit.

“Nós sabemos que a Secretaria Executiva da Fazenda aprovou o processo, todavia, exigiu que fossem feitos ajustes redacionais para retornar ao DEST e à própria Secretaria Executiva para aprovação final e, depois, seguir para a PREVIC, última instância de análise. Isto posto, informe-nos, por gentileza, na íntegra, o teor dessas alterações. De uma forma ou de outra nós ficaremos sabendo das mudanças, entretanto, parece mais sensato e confiável conhecê-las antes da aprovação pelos órgãos reguladores. Não justifica criar esse clima de mistério em torno de alterações que, a princípio, como já foi dito não afetam os direitos dos assistidos, pactuados no acordo. Aguardo a sua manifestação, sem subterfúgios e sem fugir do tema, com evasivas.”

João Rossi Neto

Marcos Cordeiro de Andrade – Curitiba (PR) – 27/01/2011.

74 comentários:

Anônimo disse...

Prezados Colegas,

Para a Sra. que publica somente agora o tramite do "processo" sobre a liberação do superavit, dizendo que está a postos para seguir cuidando com esmero da condução do mesmo, acha que todos são ingenuos ou parvos para acreditar no que ela apresenta no apagar das luzes de seu inferno.
Foi eleita por alguns e pensa que ilude a todos.
Onde estamos metidos!
Agora não dá mais tempo para limpar a barra, pois foi elemento "concordino" na reunião em que foi inescrupulosamente e ilegalmente doado ao Banco do Brasil metade do superavit.
Votem nela da próxima vez.

Marco Aurelio Damiano - Guaxupé-MG disse...

Colegas,

Não quero ser pessimista, mas, diante do segredo inédito que envolve essas mudanças exigidas pelo Ministério da Fazenda no regulamento do Plano 1 e que nem os próprios ditos "nossos representantes" nos podem repassar, então, eu só posso concluir que se trata de uma alteração altamente prejudicial aos nossos interesses e que podem colocar em risco o nosso futuro e de nossas famílias.

E porque as tais mudanças não podem ser divulgadas antecipadamente? Porque poderiam gerar revolta e mobilização até na frente do prédio da Previ, o panelaço. Além do risco eventual de alguma das associações entrar com um pedido de liminar, prejudicando a implantação dessas mudanças de imediato.

Agora, eles sabem que a repercussão dessas "mudanças" após a liberação do crédito terá um efeito muito menos devastador entre nós. Basta ver as manifestações de muitos que frequentam este e outros blogs.
Então, vamos torcer para que eu esteja totalmente errado. Tomara que sim.

Anônimo disse...

Caro Marcos e Caro Rossi,

Para ficarem neste mistério, deixando de informar-nos o que realmente estão processando e aprovando, pelos altos escalões, no Regulamento da Previ, boa coisa é que não é! se fosse, nossos falsos representantes estariam fazendo a maior algazarra na dita divulgação.
Agora,d.Célia vir com esse nhenhenhen! é demais! aqui não tem criança, nem imbecíl!

DIGA-NOS,DONA CÉLIA, POR FAVOR, QUAL ALTERAÇÃO OU AJUSTE FOI EFETUADO, NO REGULAMENTO DA NOSSA PREVI, PELO MINISTÉRIO DA FAZENDA, EM 21/01/2011?

Esta é a pergunta. Queremos e temos o direito de saber o que de fato aconteceu.

Pensionista sem voz fora da AAPREVI disse...

Já q a PREVI e seus dirigentes fazem questão de nos esconder quais foram os "ajustes" exigidos pelo Ministério da Fazenda, por que então não pedimos informações diretamente ao ministério, exigindo q nos diga realmente o q foi aletrado?

Anônimo disse...

REALMENTE É UMA POUCA VERGONHA; ATÉ O SR. JOSÉ MEDEIROS; ACREDITOU QUE ESTA "SENHORA"; QUE NEM SEI DE ONDE SAIU. PINTOU TODA DE PESSOA DISPOSTA A NOS AJUDAR E AGORA VEM DEMONSTRANDO; BOTANDO AS UNHAS DE FORA.
É TRISTE; NÃO DÁ PARA CONFIAR EM NINGUÉM MAIS. É TUDO O MESMO SACO DE GATOS; COMO PERDÃO AOS ANIMAIS.
ESTAMOS REALMENTE NO MATO SEM CACHORRO. SÃO TODOS MESMOS DA MESMA TURBA. QUE BANDO DE SAFADOS SE INSTALOU; TANTO NAS ASSOCIAÇÕES QUE ERAM SUPOSTAMENTE PARA NOS AJUDAR; COMO NA PREVI/BB. ISTO É REALMENTE UMA GRANDE QUADRILHA; QUE NÃO VAI DEIXAR DE CAUSAR PELO QUE SE VÊ UM GRANDE ESTRAGO EM NÓS.
É OS TEMPORAIS ESTÃO GRANDE; INICIADOS EM FINS DE 2.010 E VAI SE PROLONGAR. NÃO VEJO INFELIZMENTE NENHUMA PERSPECTIVA DE ALGUMA MELHORA. ESTOU FICANDO DESESPERANÇADO PARA UMA SOLUÇÃO RÁPIDA. AQUI HELENO PINTO NOBRE; MATRIC. 3.984.740-3; SEMPRE JAMAIS ANÔNIMO; DESDE O INÍCIO; PARA NÃO CAUSAR MAIS CONFUSÃO. NÃO TENHO MEDO DE ME IDENTIFICAR ; VENHA O QUE VIER; FAZER O QUE. CONTINUAREI INCENTIVANDO A TODOS .!
VAMOS NOS IDENTIFICAR; QUE EU SAIBA A DITADURA FICOU PARA TRÁS E SABEMOS O MAU QUE NOS CAUSOU NESTE PAÍS; COM VÁRIOS ANOS DE ATRASO; COM REFLEXOS ATÉ OS DIAS DE HOJE; POIS OS COLEGAS MUITOS AINDA TEM MEDO DE SE IDENTIFICAR.
E NÃO RETIRO O DIREITO DE QUEM ASSIM PENSA; ACHO QUE O DIA 31 IRÁ PASSAR EM BRANCO; DO JEITO QUE ESTÁ ANDANDO A CARRUAGEM. TCHAU. JAMAIS ANÔNIMO ; HELENO.

Anônimo disse...

Olá Marcos, também não vejo razão para tanto mistério sobre as alterações em nosso estatuto, até parece que estamos nos tempos da máquina de escrever e quem datilografou a alteração, um estagiário qualquer, esqueceu de botar papel carbono, e ninguem sabe onde raios andam esses documentos, e todo mundo esqueceu o que foi alterado, era só uma vírgula.
Se esta já não é mais a realidade em que vivemos, esqueceram de salvar uma cópia(já que imprimir não é ecológicamente correto), pifou o HD, nenhum dos nossos representantes tem memória, sairam de férias e apagaram tudo?
Elisabeth Oste

Anônimo disse...

Marcos e Rossi,

As respostas foram evasivas.

Com relação ao Memorando de Entendimento acredito com firmeza que não vai sofrer modificações com esse ajuste imposto pelo MF.

O que me preocupa é o que não foi acordado nesse memorando.

Os 50% do Banco.

Anônimo disse...

Será que a Previ não pode fazer o mesmo? Os dois fundos têm as mesmas caracteristicas. Já a transparencia....


Executivos Financeiros (17/01/2011)
Funcef: Superávit de 4,2 pontos percentuais em 2010

Encerrando o ano com um patrimônio total de R$ 43,8 bilhões, 12,6% maior que o registrado em 2009, a Fundação dos Economiários Federais (Funcef), terceiro maior fundo de pensão do País, fechou o ano de 2010 com superávit de 4,2 pontos percentuais. A rentabilidade do fundo foi 16,5% acima da meta atuarial de 12,3% (INPC + 5,5%).

Herberto disse...

Penso que o debate se esgotou.

Parece não haver dúvidas quanto à liberação do "benefício", mais dia, menos dia.

A questão maior continuará em aberto, que é o sangradouro dos recursos da Previ, que detém um patrimônio que deveria ser nosso de direito mas que persistirá em tomar rumo diferente.

Encerrado o debate, a respeito do qual o consenso parece evidente, urge que se tomem medidas concretas e objetivas, que vão muito além desse "benefício".

Não se confirmando a abertura das negociações acordadas no memorando, que já deveriam ter sido iniciadas e que precisam ser concluídas até junho, o que fazer?

Brigar com a Previ,com o Banco e com o governo é perder tempo, dificilmente a justiça decidirá qualquer coisa essas instituições.

Esperar qualquer coisa de políticos também é querer demais.

Mas os diretores, os eleitos e mesmo os outros, esses têm expresso compromisso conosco, e dentro de suas obrigações estatutárias, eles poderiam ser chamados a se explicar na justiça.

Alguém aí consegue enxergar outra saída?

Anônimo disse...

Eu sou de apostar que aparecerão várias pessoas tomando para a si a "antecipação" do crédito. Dirão que sairia bem mais tarde, mas, devido à sua prodigiosa intervenção o crédito saiu "mais cedo".
VOCÊS ESTÃO NOS TOMANDO POR IDIOTAS. NOSSA ÚNICA IDIOTICE FOI PERMITIR OCUPAREM OS CARGOS QUE VOCÊS ESTÃO OCUPANDO. ENTRETANTO ISSO SERÁ CORRIGIDO NA PRÓXIMA OPORTUNIDADE.

Anônimo disse...

D. Célia, a senhora precisa ter juizo quando diz que tem esperança de que as coisas serão resolvidas até o dia 31/01. Ou a senhora não sabe consultar o calendário ou então está necessitando urgentimente de um par de óculos.
Veja bem, o mês termina na segunda-feira, e que eu saiba, a senhora não tem uma corda amarrada ao processo para saber o paradeiro dele. Tendo em vista que os servidores do alto escalão governamental são bastantes "ágeis e determinados", na melhor das
hipóteses o processo deverá ser devolvido pelo MF no dia 31. Levando-se em consideração que provavelmente algum diretor da Previ se posicionará na segunda-feira, bem cedo, na porta do MF disposto a encaminhar pessoalmente o processo à PREVIC, o Sr Penna provavelmente só o assinará na terça-feira, isto é, se resolver não dar nenhuma "pennada" no texto.
De qualquer forma considero, embora tardia, a sua boa intenção de nos manter informados.

Ari Zanella disse...

Está bem evidente pela estratégia de não revelar até que o crédito seja feito, que o ajuste foi mesmo a inserção da cláusula de direito a 50% pelo BB no regulamento do PB1 da Previ. Até os eleitos se tornaram capachos do BB e do governo. Como diz a música do Nelly - Ride with me "hey must be the money!" (Deve ser por causa do dinheiro!) Altos salários para exercerem o cargo.

Roberto Varella disse...

Marcos.
Permita-me uma visão diferente do que está ocorrendo.
A redação do novo regulamento foi efetuada por um técnico da PREVI(ou um grupo sob orientação jurídica) tendo como norte o Memorando de Entendimento. Coube a esse tecnico transformar o referido texto em artigos e alíneas dentro de certos capitulos em linguagem jurídica sendo fiel ao Memorando de Entendimento. Voce ha de convir comigo que cada um de nós redigiria de forma diferente querendo dizer a mesma coisa. O tecnico do MF tem lá sua forma de redigir e como é autoridade prevalece. Diferente seria se a comissão eleborace não o memorando, mas os artigos e alineas mandando o texto pronto para os orgãos regulamentadores. Neste caso qualquer mudança seria preocupante e teria de haver transparencia. Não temos a mínima idéia de como foi construído o texto pela PREVI mas mesmo assim achamos que ele foi maculado.
Acho essa morosidade irritante, mas sei que esse é o papel dos burocratas, tornar a nossa vida mais complicada.
Paciencia.
Roberto Varella

Anônimo disse...

Pelo que tomei conhecimento, a alteração redacional no Acordo se resume apenas de: "que futuras alterações que venham ocorrer no Plano de Benefícios 1 sejam aprovadas por estes órgãos dos Ministérios do Planejamento e Fazenda, além, é claro, da PREVIC".Se realmente é apenas isto, de fato não altera a essência do Acordo, e explica por que os negociadores não foram chamados para avalizar a alteração.

Anônimo disse...

Não entendi nada, quem é essa Dona Celia?

Anônimo disse...

Colegas,

Onde estamos, salve-se quem puder!
a conselheira que agora "sabe de Tudo", diz conforme está escrito lá no blog do Medeiros que -

circularam informações sobre a liberação -
Ora bolas, achismo de novo, que conselheira hein!

Anônimo disse...

Caro Heleno Nobre, tem mais coisa entre o céu e a terra, que não apenas aeronaves e urubus. Logo, a ditadura extinta era de um tipo. Todavia, as coisas evoluem.

Anônimo disse...

Marcos,
Não estou entendendo mais este blog. Voce como dono do blog leva a questão da Previ com tanto empenho, tanta seriedade e nunca saiu dessa postura, nunca fez piadinha de nada.Quem entra neste blog deveria ter o mesmo comportamento. Mas agora voce colega um texto e os comentários em vez de se referir ao texto ou a algum outro que voce já publicou passaram a só fazer gracinha e dizer coisas que não tem nada a ver. Será que na Previ, aqueles elementos que estão sempre tramando contra nós também ficam perdendo tempo com gracinha?

Julio disse...

Ao participante
Marco Aurelio Damiano,

Você matou a charada, se bem que não é uma charada, mas eles vão creditar o dinheiro no mesmo dia da revelação do grande "segredo", a tal mudança ordenada pelo MinFaz; assim, tentarão evitar uma reação por parte da grande maioria silenciosa e medrosa que votou o SIM. Justiça neles!
Como já disse em participações anteriores, a luta está só começando, estamos sob o jugo de um governo "socialista", coisa boa não deve vir a nosso favor.

Anônimo disse...

Procurar informação sobre superavit no site Anabb é pura perda de tempo.Parece um site de notícias só falta colocar fofoca de artistas.

Anônimo disse...

Onde consta "Mas agora vocÊ colega.." leia-se "Mas agora você coloca...

Desculpem
Anônimo 4:13

Anônimo disse...

Alô anônimo 04.13, você somente ocupou espaço e não disse nem acrescentou nada.

Anônimo disse...

Colega jvasconcellos, voce disse que tinha informacao que o processo estava indo para Previc, e as ultimas informacoes ainda relatam que o processo continua na Fazenda.
Tem alguma novidade concreta, com a fonte?

Raul Miranda

Anônimo disse...

FORA ANABB! ! ! !

FORA AAFBB! ! ! !

FORA DONA CÉLIA! ! !

VAMOS FECHAR A PREVI POR 48 HORAS,
COM TURNOS DE 6h, 100 PESSOAS POR TURNO, PRECISAREMOS DE 800 PESSOAS, PARTICIPANTES E/OU FAMILIARES! ! ! ! !
Alan rj/rj

Anônimo disse...

Otem encontrei um colega nosso que esta na ativa.

Conversamos sobre o superavit Previ e ele não sabe o que realmente esta ocorrendo. O que ele sabe são apenas as informações que chegam do Banco e da Anabb, bem diferente das informações que repassei.

As informações do Banco e da Anabb são manipuladas e só mostram as "vantagens" mas não sabem o preço que podem pagar por isso.


Quanto ao plano odontológico quando eu lhe disse que ele só vai vigorar para os funcionários enquanto ele estiver na ativa. Quando aposentar perde o direito ao plano.

Ele não tinha essa informação.

Chegou a hora da AAPPREVI fazer um manifesto a respeito das informações manipuladas e repassar para nós via e-mail e nós imprimiriamos e distribuiriamos em nossas agências de relacionamento e demais agências.

Que seja algo explicativo, sem ataques ou animosidades, mostrar apenas a realidade para aqueles que desconhecem a verdade.

Boa sorte a todos.

Henrique Soares disse...

Sr. Marcos Cordeiro, Alicerçado pela honradez e firmeza de cárater que lhe é peculiar, motivo pelo qual sou Associado AAPREVI, acredito ser de bom tom se o Sr. colocasse um CONTADOR DE VISITAS aqui no blog. O Sr Sabe que é muito fácil, e o que a princípio pode parecer desnecessário futuramente servirá para nos dar embasamento de com quem lidamos. Existe também um outro serviço que até uso no meu blog, cuja finalidade é nos mostrar de onde vieram as visitas e quais postagens foram visualizadas. Considero-me muito observador, e pra quem gosta de jogo da memória, perdoe-me, mas já está dando pra descobrir quem segue aqui e segue lá. Só sair da ANABB em forma de repúdio não extirpa todo o tumor, mas cortar falsas imediatistas esperanças colabora para nos trazer para a relidade. Quando peço pro Sr. pensar na possibilidade de colocar esses dois demonstradores de visitas é que como um pequeno associado me vem a pretensão de assim poder colaborar um pouquinho com nossa turma. Gostaria imensamente de possuir um bom texto, no mínimo mais esclarecedor. Mas infelizmente... Só sei que é totalmente compatível: MUITO TRABALHO E SILÊNCIO.

Eduardo disse...

Prezado Marcos,

Antes, quero agradecer-lhe pela postura digna com trata dos assuntos que nos dizem respeito. Obrigado!

Quanto a nota disparada pela Vice-Pres. da AAFBB e, Conselheira na PREVI, no meu modesto entendimento
é mero "balão-de-ensaio" para ludibriar e fustigar ainda mais os crédulos. Eu trabalhava na agência em que referida senhora tomou posse como Gerente, em primeira investidura, sendo oriunda da Super-RJ onde mantinha íntimo relacionamento com a cúpula na UF, tanto é que "decolou" de uma Ag. de bairro para o comando da Empresarial-Rio. E agora depois da aposentadoria se "arranja" na PREVI e AAFBB.

Saudações
Eduardo

Ricardo disse...

Caros amigos aposentados, tem gente sem o que fazer e acabam esculhabando este epaço, a estes peço por favor, vao pescar e deixe o espaço para aqueles que realmente querem conbribuir .
Ricaro

Anônimo disse...

Infelizmente o ministro da Fazenda, o sr.Guido Mantega, tem magoas passadas com os gestores da Previ, nao entrarei nos detalhes, mas foi disputa de cargos e a filha do ministro foi prejudicada,pela turma do Sasseron, Rosa e CIA, tenho duvidas se este processo nao voltara novamente para novas alteraçoes de redaçao, afim de dar um cansaço (liçao) nos gestores da Previ.
Espero que nao, mas quando se trata de politica e interesses pessoais, tenho medo das represalias, vamos aguardar que nao haja mais "pedras" rolando no caminho.
Sempre sobra para o lado mais fraco, neste momento somos nós.

Alfredo Locatelli

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caro Henrique Soares.

Será oportuno que divulgue o link para acessar o seu Blog.
Fique à vontade para fazê-lo por nosso intermédio.

Anônimo disse...

Gente,

O crédito vai sair até dia 20/02, não tem outro jeito>

Anônimo disse...

Ue, nao foi o Jvasconcellos que disse que o genro dele de Brasilia, de fonte segura, informou que o processo ja estava saindo da Fazenda e indo para Previc?
E ai Vasconcellos, o trem para Previc ja saiu ou foi somente mais especulaçao?

Dionisio Dutra

Anônimo disse...

Alô anônimo 5:01

Eu disse e acrescentei sim em respeito ao próprio dono do blog.Se ele não está brincando significa que este blog não é para brincadeira.Em nenhum dos seus textos e comentários consta nenhuma brincadeira ou piadinha. Também gosto de brincar mas não aqui. Inclusive são poucos os que estão fazendo isso o que prova que o que eu disse foi pertinente.
Anônimo 4:13

Anônimo disse...

Colega Ricardo,

Concordo com você. Tem gente que precisa se tocar que está no lugar errado. Estão fazendo uma palhaçada com a nossa causa.

Anônimo disse...

Marcos,
remeti tambem e-mail à Sra.Celia, e ate o momento não obtive retorno da mesma. Segue abaixo:


lendo sua informação através AAFBB, gostaria que fosse detalhada as alterações
que o ministerio da fazenda orientou ao BB que fossem efetuadas.
vocês simplesmente estão omitindo essas informações.

segundo informações que correm nos blogs, o processo foi devolvido,não para
alterações , mas sim, com RESTRIÇÕES, pelo Sr.Nelson.

TEMOS QUE TOMAR CONHECIMENTO DESSAS ALTERAÇÕES NO ESTATUTO!!!!

NÃO ESTAMOS SENDO CONSULTADOS OU INFORMADOS NA ÍNTEGRA!!!

ESTÃO VOCÊS QUE SE DIZEM NOSSOS REPRESENTANTES, ESCONDENDO ALGO,
QUE PROVAVELMENTE SERÁ SINISTRO PARA NÓS, ASSOCIADOS?

PORQUE VOCÊS (que se dizem nossos representantes ,será?) DEVEM ESTAR BEM AMPARADOS.

ANTONIO BARRETO
0858150-89
ALAGOINHAS-BA
75 34211962 begin_of_the_skype_highlighting 75 34211962 end_of_the_skype_highlighting / 75 99717673 begin_of_the_skype_highlighting 75 99717673 end_of_the_skype_highlighting

gue abaixo:

Anônimo disse...

Caro Marcos e demais Colegas,

O novo ajuste redacional no PB1, penso eu, será mais benéfico que a retirada contábil de 50% do Superávit da PREVI.

Colegas, 50% de todos os superávit's futuros nos farão falta.

Há "Assessores" no Banco que já estudam, nao só 50% de suverávit, mas 50% dos ativos do fundo, no futuro.

Pensemos nisso em outras votações.

A ditadura militar nos deixou, a a sua cultura não foi expurgada da cultura do Banco. É só fazer uma análise do dia-a-dia, tanto na parte de Atendimento ao Público como nas relações com funcionários e aposentados/pensionistas.

Um abraço de james.

Anônimo disse...

Sr. MARCOS,

Se morasse perto da sede da Previ ou onde funciona a DG do BB, não exitaria em reunir colegas aposentados para fazer qualquer manifestação contra essa sacanagem que estão submetendo os aposentados e pensionistas da PREVI. Agiria como agem os sindicatos. E por falar em sindicato, quem acha que essas entidades da categoria ligadas ao BB estão a nosso favor, engana-se. Eles não estão nem aí para nossos problemas. Até porque, por causa das greve, a parte dos funcionarios da ativa já foi paga, a PL. Afinal, para que brigar em favor de aposentados? Eles não contribuem mais com os sindicatos!É assim que os diretores sindicais pensam. Por isso, organizemo-nos e vamos a luta!Ou então vamos cobrar dos sindiatos uma posição em nosso favor!

Anônimo disse...

Alfredo, o superavit não tem nada a haver com magoas, esse dinheiro é nosso!Seria um absurdo protelarem mais essa vez por motivos que não somos responsaveis!! Ele que acerte as contas com o Sasseron e o Flores, não achas?Esta virando uma novela!

Marco Aurelio Damiano - Guaxupé-MG disse...

Colegas,

Alguém duvida que o patrimônio da nossa Previ corre sério risco e, portanto, as nossas aposentadorias? Então, dêem uma olhadinha nessa notícia. Saiu na Folha de S. Paulo, ontem, 27/01, no caderno Mercado. E dela retirei alguns trechos que achei mais importantes para nós:

“Governo freia investimento para cumprir meta fiscal
CAIXA DAS ESTATAIS TAMBÉM FOI USADO COMO ARTIFÍCIO PARA REFORÇAR AS CONTAS
......................
RECEITAS
O governo também operou pelo lado das receitas para tentar atingir sua meta anual de superávit primário, ou seja, a parcela do Orçamento a ser poupada para o abatimento da dívida pública.
RECORREU-SE, NOVAMENTE, AO CAIXA DAS EMPRESAS ESTATAIS, das quais o Tesouro extraiu em dezembro mais R$ 2,6 bilhões em dividendos, embora já tivesse estourado as previsões orçamentárias para o uso desse recurso.
Em tese, a TRANSFERÊNCIA DE PARTE DOS LUCROS DAS ESTATAIS PARA SEU CONTROLADOR deveria ter impacto zero para as contas públicas, uma vez que os ganhos de um correspondem às perdas das outras – ou impacto negativo, no caso das empresas que também têm acionistas privados.
No entanto, AS PRINCIPAIS ESTATAIS ESTÃO ATUALMENTE FORA DO CÁLCULO DO SUPERÁVIT PRIMÁRIO, caso do BANCO DO BRASIL, BNDES, Caixa Econômica Federal, Petrobrás e Eletrobrás. ASSIM, SÓ A RECEITA DO TESOURO COM OS DIVIDENDOS É CONTABILIZADA.”

Colegas, a verdade é que o governo gostaria de meter a mão diretamente no patrimônio da Previ para resolver os seus problemas de caixa. Mas, como não pode fazê-lo, ele criou a resolução 26.
Fazendo uma analogia, ao invés de ordenhar diretamente a vaca da Previ, que ele não pode fazer, ele transfere a ração para a vaca do BB, a qual, bem nutrida, vai produzir leite (dividendos) em abundância para fortalecer a meta do superávit fiscal. Só que não se trata de uma via de mão dupla. Diante de uma crise futura, o BB não vai nos socorrer. E o nosso rebanho vai, certamente, morrer de fome. E aí, adeus aposentadoria da Previ.

Agora, será que há risco de uma crise futura? O repórter Clóvis Rossi, enviado especial da Folha de S. Paulo à Davos, comenta na edição do jornal de hoje, 28/01:

“ESPECULAÇÃO TRAZ RISCO DE NOVA CRISE MUNDIAL
O fantasma de uma nova crise, tão ou mais grave do que a que assolou o mundo em 2008/09, flutuou ontem em reuniões reservadas em Davos, a partir da avaliação de que a não resolvida hipertrofia do sistema financeiro é um imenso risco.....”

É, colegas. Se esse patrimônio da Previ, pelo seu vulto, fosse objeto de disputa entre dois países, certamente haveria guerra e muitas vidas seriam perdidas. Entretanto, nós continuamos aí, com os braços cruzados.
Ainda bem que não estaremos sozinhos nesse futuro sombrio. Vamos ter a companhia dos ferroviários e dos aeroviários para chorarmos o leite derramado. Quem viver, verá.

Elias disse...

Pois é colega Damiano (das 06:46)colaborando com seu comentário, pergunto: "por acaso o bb respassou à previ R$ 13.000.000.000,00 (treze bilhões de reais) para cobrir 50% do PREJUÍZO que a previ teve de R$ 26 bilhões em 2008?".
Porque não?
Então, se não aportou valor algum num ou em muitos DÉFICITs é sinal de que também não aportará em momento algum.
Mas... "carregar" 50% dos superávit Ele quer???

Anônimo disse...

La vamos nós, rumo a 20 de fevereiro, será?

Nuno

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caro Henrique Soares (05:17)

Nos já temos esses dados. Eles são gerados pelo Google Analytics e consultados diariamente.
Apenas não publicamos, por questão de segurança e estratégia.

carlosdomini disse...

Deu agora no site da Anabb aprovação do Ministerio da Fazenda e será entregue pela Previ ainda hoje a Previc

luiz carlos disse...

exta-feira, 28/01/2011 - 14h33m


prezados, vejam aí quem vai levar os "louros" da coisa toda..


Superávit: Ministério da Fazenda aprova. Agora só falta a Previc

O Ministério da Fazenda acaba de aprovar os ajustes feitos no regulamento do Plano 1 que contempla a utilização do superávit e o benefício especial temporário. A informação exclusiva é do presidente do Conselho Deliberativo da ANABB, Valmir Camilo, que representa a entidade nas negociações sobre o superávit.

luiz carlos disse...

PARTE II
(papagaio come milho, priquito leva a fama)


A Previ, segundo Valmir Camilo, deverá entregar o documento, ainda hoje, na Previc, Superintendência Nacional de Previdência Complementar, que é a última instância a se pronunciar. Assim que aprovado, o regulamento poderá ser implementado e os benefícios liberados aos participantes.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Informação não confirmada registrada no site das ANABB:

Sexta-feira, 28/01/2011 - 14h33m

Superávit: Ministério da Fazenda aprova. Agora só falta a Previc

João Rossi Neto disse...

Caros Colegas,

Vejam que a FAABB saiu do seu estado de letargia e, hoje, manifestou-se preocupada com as alterações( vide seu site)exigidas pela Fazenda e está exigindo que a Previ preste os esclarecimentos necessários, afirmando-se responsável apenas pelo Memorando de Entendimentos, nos estritos termos em que assinou.

Flavio Castro disse...

Pois é, Luiz Carlos e demais colegas,

Na vida publica brasileira tem sido sempre assim. Há sempre alguém para assumir essa posição de defensor dos fracos e oprimidos. Todos sabemos que nem sempre são aqueles que realmente "carregaram o piano" ao longo do processo.
Mas acho que, no momento, nossa posição precisa ser pragmática.
Temos urgência em receber ao menos parte do que nos é devido e que já está definida como tal.
Depois então o teremos outras lutas, como já comentado em várias ocasiões aqui neste espaço.
Quando me refiro a tudo que vivemos no Brasil neste início de século eu costumo dizer que "a História ainda vai contar a verdadeira história".
Acho que isso se aplica também a esse nebuloso episódio do NOSSO superávit.

João Rossi Neto disse...

Marcos,

Como o notícia partiu da ANABB e tirou a exclusividade da PREVI,será que vai haver beicinho e pirraça, no que respeita a divulgação da aprovação da Fazenda, no site da nossa Caixa?
Acho que talvez não, porque eles farinha do mesmo saco.Vamos aguardar para tirar a prova dos noves.

Anônimo disse...

Turma, vamos manter o otimismo e a cabeça fria, so falta a Previc, mas nao convem estourar foguetes sem o nosso garantido na conta.
Acredito que é realmente reta final, mas como ja tomamos choquss de 1000 volts desde o inicio deste processo, antes de ja cantarem vitorias, convem esperar o apito final.
Alem do mais, temos uma longa jornada pela frente, depois de virar esta encantada pagina.

Jair Castanho

Anônimo disse...

CAROS COLEGAS, AMIGOS SE ME PERMITEM,ACABO DE POSTAR NOS CORREIOS CARTA DE DESFILIAÇÃO DA ANABB COM CÓPIA PARA PREVI SOLICITANDO A SUSPENSÃO DA COBRANÇA DE MENSALIDADE. "Moral da história: R$ 26,00 da ANABB menos R$ 10,00 da AAPREVI, AINDA ME SOBRAM R$ 16,00 TÔ NO LUCRO E AINDA ME SINTO MAIS FELIZ POR SER FILIADO À ESSA HONRADA ASSOCIAÇÃO. COM RELAÇÃO À ANABB ACHO QUE ME LIVREI DE UM ENCOSTO, SARAVÁ!!!

Anônimo disse...

Agora é oficial, no site da PREVI:

Superávit do Plano 1: Regulamento já está na PREVIC para aprovação



Foi protocolado hoje, 28/1, na PREVIC, última instância de aprovação, o Regulamento do Plano 1 que contempla a utilização do superávit e o Benefício Especial Temporário. Assim que aprovado, o novo Regulamento poderá ser implantado e os Benefícios Especiais Temporários pagos pela PREVI.

A PREVI está acompanhando dia a dia o trâmite de aprovação que agora está na reta final

Anônimo disse...

NOTICIA SITE DA pREVI

Superávit do Plano 1: Regulamento já está na PREVIC para aprovação

Foi protocolado hoje, 28/1, na PREVIC, última instância de aprovação, o Regulamento do Plano 1 que contempla a utilização do superávit e o Benefício Especial Temporário. Assim que aprovado, o novo Regulamento poderá ser implantado e os Benefícios Especiais Temporários pagos pela PREVI.

A PREVI está acompanhando dia a dia o trâmite de aprovação que agora está na reta final.

Anônimo disse...

PARECE QUE O COMETÁRIO QUE FIZ ÀS 3:22 SE CONFIRMOU.

Anônimo disse...

Ate parece que a Isa nao sabe qual foi a alteraçao....E agora exige(?) que o credito seja feito ainda em Janeiro como se ela tambem nao soubesse.
Sandra Alves

Anônimo disse...

Finamente a PREVI resolve manifestar-se no tempo certo.

José Roberto Eiras Henriques disse...

Marcos,

Pelo jeito o governo está fazendo com a PREVI, o que o governo da Argentina fez com os fundos previdenciarios de lá, só que não tem a coragem de mostrar a cara como aquele o fez.

Anônimo disse...

Se meus colegas aposentados do PB1 caírem nessa armação que está montada, onde um dos vilões que mais nos prejudicam quer posar de bom moço; DEFINITIVAMENTE a situação fica mais complicada para parte dos beneficiários. Quero acreditar que aquelas pessoas com quem trabalhei lado a lado, que passaram pelo concorrido concurso do banco, abrirão seus olhos para toda maracutaia minuciosamente arquitetada.

Lena. disse...

Valmir Camilo disse...[camelo].Votar sim é participar,já,da parcela que deu certo e continuar na luta para corrigir o que está dando errado.Eu pergunto? Que luta seu Camelo? O senhor está lutando?Por quém? Ficam nesse "chove não molha".O senhor está com grana,dindim,bufufa e nós? Haja paciência! Lena.

Anônimo disse...

Espero que o Ricardo tenha Pena de nós e assine ainda hoje.

Anônimo disse...

SOCOOOOOOORRO!!!

O Dr. Medeiros, oráculo dos pampas, colou os pedaços de sua bola de cristal e anuncia que já foi tudo aprovado pela PREVIC. O pior de tudo é que ele diz que o crédito deverá sair, no máximo, até
terça-feira. SOCOOOOOORRO de novo!!!

Anônimo disse...

No dia que o Ministério Fazenda aprovou o superavit depois dos seus devidos ajustes é que a Dona ISA MUSA resolveu dar o ar de sua graça.

Por que não cobrou a divulgação dos ajustes feitos pela PREVI.

Por que ela não foi ao Rio e solicitou o livro das Atas de Reuniões do Conselho para ver o que foi ali regisatrado.

Isso não é falta de iniciativa? Falta de interesse? Medo de contrariar os "cumpanheiros"?

Depois que a vaca foi para o brejo pouca coisa pode ser feita ou mudado.

Dona ISA a senhora teve oportunidade de fazer sua história, mas infelizmente a senhora perdeu o bonde.

Boa sorte em outra atividade.

Anônimo disse...

Vamos torcer para que saia logo!!!UFAAAAAAAAAAA, graças a Deus!!! Já esta no site da PREVI!!!

Anônimo disse...

Sr Valmir , precisam lutar pelo aumento da porcentagem das pensionistas isso sim!Uma vergonha 60%, não acha?

Eliana Maria disse...

Marcos,
Boa Noite!
Paz e Bem!
Saiu no site de PREVi, não sei se voce já viu a notícia abaixo:
NOTÍCIAS :: 20110128 SUPERÁVIT PLANO 1





Superávit do Plano 1: Regulamento já está na Previc para aprovação



Foi protocolado na sexta-feira, 28/1, na Previc, última instância de aprovação, o Regulamento do Plano 1 que contempla a utilização do superávit e o Benefício Especial Temporário. Assim que aprovado, o novo Regulamento poderá ser implantado e os Benefícios Especiais Temporários pagos pela PREVI.

A PREVI está acompanhando dia a dia o trâmite de aprovação que agora está na reta final

Fraternal abraço,
Eliana Maria

Anônimo disse...

Lena, mais uma vez voce com seus trocadilhos me fez dar ooooootimas gargalhadas!
"Camelo" foi SENSACIONAL!!!!!!
Sandra Alves

Lena. disse...

Flores, tens piedades de nós.Amém.Lena.

Henrique Soares disse...

Caro Sr Marcos Cordeiro, muito obrigado por disponibilizar este espaço pra que eu divulgue o endereço de meu blog. Convém salientar que o mesmo tem um conteúdo eclético, sem um direcionamento específico. Poesias, Comportamento, Humor, Letras etc. O endereço é: parafernaliasepalavras.blogspot.com - Nossos colegas serão muito bem vindos. Meu email de contato: hacsoares@hotmail.com

Anônimo disse...

PÔ, será que o Medeiros não pode parar de tentar adivinhar datas para o crédito do superávit, já deu pô! ele crer por areia no caminho e atrazar mais ainda todo esse processo, toda vez que ele faz suas previsões, a Previ muda por pirraça, cala a boca Medeiros!

Lena. disse...

Marcos e Rossi:Nós só damos continuidade a profissão que escolhemos ainda na imaturidade,por amor.Vcs são o exemplo maior de honestidade,respeito e amor ao próximo.Porque estariam nessa batalha se não fosse por amor? Ficar horas e horas aguentando gente chatinha como eu e outros? Enfrentando e confrotando esses excrementos que é a chapa 3 da frevi.Vcs não precisam disso.É o amor que fazem vcs continuarem nessa guerra sem fim. Acredito que a grande maioria dos blogueiros que aqui entram, pensam da mesma maneira que eu. Aceite o meu carinho,
e muito obrigada por tudo e por nós pensionistas e aposentados.Abraços.Lena.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

INFORMATIVO PREVI

Número 281 - 28 de janeiro de 2011


Superávit: Regulamento já está na PREVIC para aprovação

Foi protocolado hoje, 28/1, na PREVIC, última instância de aprovação, o Regulamento do Plano 1 que contempla a utilização do superávit e o Benefício Especial Temporário. Assim que aprovado, o novo Regulamento poderá ser implantado e os Benefícios Especiais Temporários pagos pela PREVI.

Fonte: Site PREVI

Lena. disse...

Henrique,já estou lá.Gostei muito,muito!Fiquei emocionada com as lindas palavras dirigidas a senhora sua mãe.É bom demais ter mamãe,e que saudades da minha!Li tudo,e amei demais as poesias,e anos 80,90. Parabéns!!! Recomendo a tds. Um grande abraço da colega Lena.

Anônimo disse...

Obrigada,Marcos e Rossi por tudo que estão fazendo por nós pensionistas e pelos aposentados! Assino em baixo das palavras da Lena!!!
Um belo e santo final de semana para voces!!
Para voce Lena aquele abraço!!!

Herberto disse...

O BB que nós conhecemos, aquele no qual ingressamos cheios de esperanças e ilusões, era povoado de lendas muito conhecidas e repetidas em algumas regiões.

Uma delas falava de um cliente simples do interior que, todos os meses, comparecia à sua agência, pedia um cheque avulso e sacava todo o expressivo saldo de sua conta.

Pacientemente, minuciosamente, conferia o numerário. Em seguida, nessa mesma hora, pedia o preenchimento de uma ficha de depósitos e devolvia todo o dinheiro para a mesma conta.

Àqueles que se espantavam com esse gesto ele se justificava:
- Só queria ver se o meu dinheiro ainda continuava aí. Está tudo certo, muito obrigado.

Essa lenda faz lembrar a reunião de maio do ano passado, em Brasília, transmitida pela internet, para demonstração dos resultados da Previ no ano anterior.

Foi nessa ocasião que perdi qualquer ilusão quanto às intenções dessa gente.
Nunca tinha podido comparecer aos tais "cafés da manhã" que tinham o mesmo objetivo, Brasil afora.

Deu para sentir o desprezo com que eram ouvidas as perguntas e as sugestões dos participantes ali presentes, e dos que se manifestaram pela internet.

Algumas respostas:

- Como bom negociador, o patrocinador não iria liberar nem mesmo os 50% dos participantes, já que a sua metade estava sub-judice.

Em outras palavras, era a arma de que dispunha o patrocinador para pressionar os participantes a desistir das questões pendentes na justiça.

Nessa altura já se percebia nitidamente que o presidente parecia falar em nome do Banco, não da Previ.

- Para os participantes que não se conformassem com essa decisão a alternativa seria a via judicial.

- Um diretor que não conheço, com jeito de nordestino (com o perdão dos nordestinos, meu pai era pernambucano), respondeu que ninguém ali iria morrer esperando, já que segundo ele existe a previsão de que ninguém vai morrer antes dos 82 anos.

- O presidente emendou dizendo que ninguém deveria se preocupar por isso. Em último caso, os herdeiros não deixariam de receber a nossa cota.

- Disse também (e é aí que vem a história do velhinho lá no começo) que não haveria transferência de dinheiro da Previ para o BB.
Haveria apenas uma compensação de obrigações do Banco para com o fundo, como o caso do pessoal pré-67 e outros.

Ele talvez pensasse que estava falando para um bando de idiotas. Mas, pensando bem, podia ser mesmo puro cinismo.

Decepcionado com essa péssima impressão e indignado com tanta falta de respeito, disse para alguns colegas, que estavam aguardando novidades para aquele mês de maio, que desistissem de esperar qualquer coisa dali.

Não custa lembrar que o tal presidente ganhou de presente uma diretoria do BB, ao final do seu mandato na Previ.